Linux, como funciona esta fera!
Por Luiz Henrique Rauber e Samuel Flores Moraes
Kernel
Usuário
Shell
Programas
Kernel
Hardware
Camadas do Linux
Linux, como funciona esta fera!
(Fonte da imagem: http://www.c3technology.com.br)
Linux, como funciona esta fera!
Hardware
(Fonte das imagens: átomo: http://www.grupoescolar.com; Tux: linux/distibuição)
Linux, como funciona esta fera!
Kernel
Linux, como funciona esta fera!
Diretórios e subdiretórios/
Linux, como funciona esta fera!
Hardware e o Kernel
HD1 HD2sda sdb
sda1
sda2
sda3
sda4
sdb1
sdb2
sdb3
sdb4
SCSI = sd IDE =...
0 - Halt - encerra atividades e desliga
1 - monousuário
2 - multiusuário
3 - multiusuário com serviços de rede
4 - não usa...
ls | grep *.mp3
ls
grep
Processo pai
Processo filho
Linux, como funciona esta fera!
Comunicação entre processos
ls | grep b | sort -r | tee saida.txt | wc -l
Linux, como funciona esta fera!
Comunicação entre processos
Nivel ExpertList...
(Fonte da imagem: http://ggpht.com/)
Linux, como funciona esta fera!
Programas
(Fonte das imagens: distribuição/linux - kde - gnome)
(Fonte das imagens: Distribuição/Linux – KDE - Gnome)
Linux, como fu...
(Fonte da imagem: http://www.frci.org.uk)
Linux, como funciona esta fera!
Usuário
(Fonte da imagem: Ubuntu/Distribuição)
Linux, como funciona esta fera!
O processo de instalação
Linux, como funciona esta fera!
Perguntas?
Luiz Henrique Rauber Rodrigues
https://www.facebook.com/luizrauber
luizhrr@gmai...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Linux, como funciona esta fera! - II Fórum Tchêlinux de Software Livre de Sant'Ana do Livramento

416 visualizações

Publicada em

Versão atualizada dos slides anteriores que foram apresentados durante o II Fórum TchêLinux de Software Livre de Sant'Ana do Livramento

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
416
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • -> O linux se divide em 5 camadas: usuário, shell, programas, kernel e hardware -> Vamos conhecer a fundo somente a camada do kernel, pois somente ele é o padrão
  • -> O hardware é cada peça do computador -> As vezes é nescessário a instalação de módulos(drivers no windows) no kernel para podermos usar algum componente -> o conceito de modulos é mais funcional que o de drivers pois o kernel se comunica diretamente com o hadrware sem precisar que o driver “traduza” os comandos para o hardware. ex.: melhor aprender o inglês do que ficar pedindo ajuda a um tradutor.
  • - o linux é estruturado a partir do sistema de arquivos(qualquer coisa que possa ser manipulada é tratada como um arquivo, incluindo o hardware, ou seja, se você copiar um texto para o arquivo correspondente a placa de audio, um ruido irá sair) - o linux possui uma padronização rigida do sistema de arquivos(a linux standart base) - o linux possui um kernel em que tudo está embutido, então ele pode controlar o hardware, os processos e os arquivos dos usuários diretamente, diferente do windows que possui um conceito de microkernel, com apenas os serviços básicos - como o hardware também é tratado pelo sistema de arquivos, podemos definir o kernel do linux como um supergerenciador inteligente de arquivos - o linux é independente da bios do pc, ele nescessita apenas do serviço de inicialização, o resto está tudo acoplado no kernel
  • /bin/ - Binários principais dos usuários /boot/ - Arquivos do sistema de boot /dev/ - Arquivos de dispositivos /etc/ - Arquivos de configurações do sistema, todos os segredos estão nele, em arquivos bem documentados /home/ - Diretório dos usuários comuns do sistema /lib/ - Bibliotecas essencias do sistema e os módulos do kernel /media/ - Diretório de montagem de dispositivos /mnt/ - Diretório de montagem de dispositivos /opt/ - Instalação de programas não oficiais da distribuição ou por conta do usuário /sbin/ - Arquivos executáveis que representam comandos administrativos /srv/ - Dados fornecidos pelo sistema /tmp/ - Arquivos temporários /usr/ - Segunda hierarquia do sistema onde ficam os usuários comuns do sistema e programas /var/ - Arquivos gerados pelos programas do sistema como por exemplo: logs, emails, cache... /root/ - Diretório de arquivos do usuário root /proc/ - Diretório virtual controlado pelo kernel com arquivos utilizados por ele para controlar o sistema
  • - Os nomes de dispositivos são organizados de formas simples, basicamente um grupo que 4 letras e opcionalmente numeros, ex.: primeiro disco rigido= sda / primeira partição do primeiro disco rigido = sda1 - segundo disco rigido = sdb/ primeira partição do primeiro disco rigido = sdb1 - endereços de rede - placa de rede = eth0 - placa wireless = wlan0 - localhost/loopback = lo - Como o hardware é reconhecido como um arquivo, você pode copiar um arquivo qualquer para o arquivo correspondente no diretório /dev/ e do nada um ruido tocará.
  • - Runlevels são niveis de execução em que o usuário pode operar - Os runlevels são estes: 0 - Halt - encerra atividades e desliga 1 - monousuário 2 - multiusuário 3 - multiusuário com serviços de rede 4 - não usado 5 - x11: o mesmo que o runlevel 3, mas com modo gráfico 6 - reboot - encerra atividades e reinicia - Em algumas distribuições eles podem sofrer alterações - Cada runlevel possui um lista de programas que devem ser iniciados e encerrados quem ficam em /etc/rcN.d, onde N = número do runlevel - Ao iniciar o computador, primeiramente o kernel é carregado, e após o termino do carregamento ele inicia o 1º processo, o "init" - Ele lê o arquivo inittab, que geralmente fica em /etc/ e vê em que runlevel o computador deverá operar e iniciará os programas do diretório já visto
  • - cada vez que pedimos pra rodar algum programa o kernel cria um processo - Tudo que é efetuado no linux é baseado em um processo - Como o linux é multitarefa, ele permite que mais de um processo seja executado ao mesmo tempo, assim, você pode usar um computador como servidor web, de emails, banco de dados e uma rádio online. cada um destes serviços são chamados de daemons, eles disparam mais de um processo ao mesmo tempo, por exemplo, um servidor web possui muitos processos somente para manter-se “no ar” e, ao site ser acessado, é disparado mais um processo. - Um processo executado por outro processo é chamado de filho e, o processo que deu origem a este processo filho é chamado de processo pai - Um problema que ocorria era que um daemon gerava muitos processos, e estes processos consumiam recursos da máquina mesmo quando o serviço nem estava sendo utilizado, assim surgiu o inetd, um serviço que , ao ser requisitado um serviço, como um site da web, ele inicia o daemon responsável pelo serviço, e ao término da conexão, ele encerra e descarrega o daemon da memória - uso do pipe para comunicação entre processos e exemplo de processos pai e processos filhos
  • - cada vez que pedimos pra rodar algum programa o kernel cria um processo - Tudo que é efetuado no linux é baseado em um processo - Como o linux é multitarefa, ele permite que mais de um processo seja executado ao mesmo tempo, assim, você pode usar um computador como servidor web, de emails, banco de dados e uma rádio online. cada um destes serviços são chamados de daemons, eles disparam mais de um processo ao mesmo tempo, por exemplo, um servidor web possui muitos processos somente para manter-se “no ar” e, ao site ser acessado, é disparado mais um processo. - Um processo executado por outro processo é chamado de filho e, o processo que deu origem a este processo filho é chamado de processo pai - Um problema que ocorria era que um daemon gerava muitos processos, e estes processos consumiam recursos da máquina mesmo quando o serviço nem estava sendo utilizado, assim surgiu o inetd, um serviço que , ao ser requisitado um serviço, como um site da web, ele inicia o daemon responsável pelo serviço, e ao término da conexão, ele encerra e descarrega o daemon da memória - uso do pipe para comunicação entre processos e exemplo de processos pai e processos filhos
  • -> Programas são “acessórios” para o dia-a-dia, um exemplo de programa é o libreoffice, o programa em si é a parte em que nós não vemos, os calculos e dados porcessados por ele, o que nós vemos, a interface, é apenas o shell ou interação com o usuário
  • -> É a interação do linux e seus programas com o usuário, é o que nós vemos tanto em modo texto quanto em modo gráfico
  • -> Quem faz parte desta camada somos nós -> Devemos ser curiosos e procurarmos respostas para todas as nossas dúvidas.
  • Linux, como funciona esta fera! - II Fórum Tchêlinux de Software Livre de Sant'Ana do Livramento

    1. 1. Linux, como funciona esta fera! Por Luiz Henrique Rauber e Samuel Flores Moraes
    2. 2. Kernel Usuário Shell Programas Kernel Hardware Camadas do Linux Linux, como funciona esta fera!
    3. 3. (Fonte da imagem: http://www.c3technology.com.br) Linux, como funciona esta fera! Hardware
    4. 4. (Fonte das imagens: átomo: http://www.grupoescolar.com; Tux: linux/distibuição) Linux, como funciona esta fera! Kernel
    5. 5. Linux, como funciona esta fera! Diretórios e subdiretórios/
    6. 6. Linux, como funciona esta fera! Hardware e o Kernel HD1 HD2sda sdb sda1 sda2 sda3 sda4 sdb1 sdb2 sdb3 sdb4 SCSI = sd IDE = hd
    7. 7. 0 - Halt - encerra atividades e desliga 1 - monousuário 2 - multiusuário 3 - multiusuário com serviços de rede 4 - não usado 5 - x11: o mesmo que o runlevel 3, mas com modo gráfico 6 - reboot - encerra atividades e reinicia Linux, como funciona esta fera! inittab and the runlevels
    8. 8. ls | grep *.mp3 ls grep Processo pai Processo filho Linux, como funciona esta fera! Comunicação entre processos
    9. 9. ls | grep b | sort -r | tee saida.txt | wc -l Linux, como funciona esta fera! Comunicação entre processos Nivel ExpertListar arquivos da pasta Filtrar arquivos que contenham a letra B Classifica em ordem decrescente Insire os dados em um arquivo e no terminal simultaneamente Conta o numero de linhas, ou seja, de arquivos
    10. 10. (Fonte da imagem: http://ggpht.com/) Linux, como funciona esta fera! Programas
    11. 11. (Fonte das imagens: distribuição/linux - kde - gnome) (Fonte das imagens: Distribuição/Linux – KDE - Gnome) Linux, como funciona esta fera! Shell
    12. 12. (Fonte da imagem: http://www.frci.org.uk) Linux, como funciona esta fera! Usuário
    13. 13. (Fonte da imagem: Ubuntu/Distribuição) Linux, como funciona esta fera! O processo de instalação
    14. 14. Linux, como funciona esta fera! Perguntas? Luiz Henrique Rauber Rodrigues https://www.facebook.com/luizrauber luizhrr@gmail.com br.linkedin.com/in/luizrauber Samuel Flores Moraes https://www.facebook.com/samuelmoraesf contato@samuelmoraesf.tk www.samuelmoraesf.tk

    ×