Aula5

3.257 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.257
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.023
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
97
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula5

  1. 1. Tiago Cruz [email_address] Materiais 1
  2. 2. Desafio
  3. 3. Como envergar madeira?
  4. 4. Madeiras
  5. 5. Definição É um material produzido a partir do tecido formado pelas plantas lenhosas com funções de sustentação mecânica. É um material orgânico, sólido, de composição complexa, onde predominam as fibras de celulose e hemicelulose unidas por lenhina.
  6. 6. Carac. Físicas <ul><li>Grande diversidade de características como: </li></ul><ul><ul><li>Higroscopia (facilidade na absorção de água) </li></ul></ul><ul><ul><li>Ortropia (diferentes comportamentos nos 3 eixos) </li></ul></ul><ul><ul><li>Densidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Higroscopia </li></ul></ul><ul><ul><li>Cor </li></ul></ul><ul><ul><li>Grão </li></ul></ul><ul><ul><li>Resistência ao apodrecimento e ao fogo </li></ul></ul><ul><ul><li>Odor </li></ul></ul><ul><ul><li>Retração </li></ul></ul>
  7. 7. Cuidados <ul><li>sensível a fatores naturais </li></ul><ul><li>luz do sol (raios ultravioletas) descolore a madeira </li></ul><ul><li>bactérias se cultivam na madeira formando fungos </li></ul><ul><li>insetos usam as árvores como alimento, habitação etc. </li></ul><ul><li>umidade causa o apodrecimento </li></ul>
  8. 8. Matéria-prima
  9. 9. Estrutura Cerne Alburno Medula
  10. 10. Estrutura Ciclo de crescimento Primavera/Verão: anel mais claro e largo Outono/Inverno: anel mais escuro e estreito
  11. 11. Árvores <ul><li>Crescem em média 12 cm por ano </li></ul><ul><li>Para utilização da madeira, pode-se esperar dezenas ou centenas de anos </li></ul><ul><li>Diferenciação Radial e Longitudinal </li></ul><ul><li>Diferenciação nos nós </li></ul><ul><li>Variedade enorme de espécies </li></ul>
  12. 12. Abiu branco• Abiu-Pitomba› Abiurana branca• Abiuruna seca› Açacu• Açai› Acapu• Acariquara› Acariquara branca• Achichá› Açoita-Cavalo• Alecrim› Amapá• Amapá amargoso› Amarelinho• Amendoim› Amesclão• Amoreira› Anani• Andiroba› Angelim• Angelim da mata› Angelim rajado• Angelim-Pedra› Angelim-Vermelho• Angico branco› Angico cascudo• Angico-Preto› Angico-vermelho• Arapari› Araracanga• Araribá› Araribá-amarelo• Araribá-rosa› Araruva• Ariticum-cagão› Aroeira• Aroeira pimenteira› Aroeira salsa• Aroeira verdadeira› Bacuri• Baguaçu› Baru• Bicuíba› Boleira• Bracatinga› Bracatinga-de-camo-mourão• Bragatinga-argentina› Branquinho• Braúna-Preta› Breu• Breu manga› Breu sucuruba• Cabreúva-Vermelha› Cabriúva• Caixeta (A. triplinervia)› Caixeta (s. versicolor)• Caju› Caju-Açu• Cajuí› Cambará• Canafístula› Canela-branca• Canela-guaicá› Canela-Parda• Canela-preta› Canela-Sassafrás• Capixinguí› Capororoca• Caraipé› Cardeiro• Caroba› Carvalho Brasileiro• Casca doce› Cássia-rósea• Castanha de arara› Castanha de galinha• Castanha de macaco› Castanha de paca• Castanha-Sapucaia› Castanheira• Castelo› Caviúna• Cedrinho› Cedro• Cedro-rosa› Cedrorana• Cerejeira› Cinamomo• Copaíba› Coração de negro• Corticeira› Cuiarana• Cumaru› Cumarurana• Cupiúba› Curupixá• Dedaleiro› Envira• Envira bobó› Envira branca• Envira preta› Erva-mate• Eucalipto-citriodora› Eucalipto-grandis• Faia› Faieira• Fava arara tucupi› Fava de rosca• Fava visgueiro› Fava-amargosa• Fava-Bolota› Fava-orelha-de-negro• Faveira› Faveira folha fina• Faveira tamboril› Faveira-bolota• Faveira-branca› Freijó• Garapa› Garapeira• Gitó› Glícia• Goiabão› Grapia• Grevilea› Grumixava• Guaiuvira› Guanandí• Guapeva› Guapuruvú• Guaraperê› Guaricica• Guaricica› Guaritá• Guariúba› Imbaúba-prateada• Imbiruçu› Imbuia• Ingá-ferradura› Ingarana• Ipê› Ipê-amarelo• Ipê-felpudo› Ipê-rosa• Ipê-roxo› Itaúba• Jacarandá› Jacarandá-da-bahia• Jacarandá-do-pará› Jacarandá-paulista• Jacareúba› Jacataúva• Jacatirão-açu› Janitá• Jarana› Jatobá• Jenipapeiro› Jequitibá-Branco• Jequitibá-rosa› Jutaí-pororoca• Louro› Louro gamela• Louro-branco› Louro-faia• Louro-inhamui› Louro-Pardo• Louro-Preto› Louro-vermelho• Macacarecuia› Macacaúba• Maçaranduba› Macucu de paca• Mandiocão› Mandioqueira• Mandioqueira (D. calvum)› Mandioqueira (Q. albiflora)• Marapú› Maria-preta• Maricá› Marmeleiro-bravo• Marupá› Matamatá-ci• Matamatá-vermelho› Melancieira• Mogno› Morototó• Muiracatiara› Muirajuba• Muirapiranga› Muirapixuna• Munguba-grande-da-terra-firme› Nim Indiano• Orelha-de-macaco› Paineira• Palmiteiro› Para-Pará• Paracuúba› Paricá grande da terra firme• Parinari› Pata de vaca• Pau d’arco› Pau-amarelo• Pau-branco› Pau-brasil• Pau-cigarra› Pau-de-balsa• Pau-d’alho› Pau-ferro• Pau-ferro-do-sul› Pau-jacaré• Pau-Marfim› Pau-óleo• Pau-pombo› Pau-rainha• Pau-Roxo› Pau-santo• Pente de macaco› Pequiá• Pequiarana› Peroba• Peroba-rosa› Pessegueiro bravo• Pinheiro-bravo› Pinho do Paraná• Pinus-elioti› Piquiá• Piquiá marfim do roxo› Piquiarana• Piranheira› Pracuúba da terra firme• Preciosa› Pupunharana• Quaruba› Quaruba rosa• Quarubarana› Rosadinho• Rosadinho› Roxinho• Saboarana› Saboneteira• Salseiro› Santa Rita• Sapucaia› Sobraji• Sorva› Sucará• Sucupira› Sucupira amarela• Sucupira preta› Sucupira vermelha• Sucupira-Parda› Sumarúma• Tacacazeiro› Tachi branco• Tachi pitomba› Taiúva• Tamboril› Tanimbuca• Taperebá› Tapiá• Tarumã branco› Tatajuba• Tatapiririca› Tauari• Taxi› Taxi-branco• Teca› Tento• Timbaúva› Timbó• Timborana› Uchirana• Ucuúba da terra firme› Ucuubarana• Urucu da mata› Uxi• Varoveira› Vassourão-branco• Violeta› Virola Espécies Brasileiras
  13. 13. Algumas espécies
  14. 14. Nós
  15. 15. Características dos Nós <ul><li>são classificados de acordo com a forma, tamanho, sanidade e firmeza com que estão presos ao caule </li></ul><ul><li>afetam a resistência da madeira a rachas e quebras, assim como sua maneabilidade e flexibilidade </li></ul><ul><li>enfraquecimento na tração e compressão </li></ul><ul><li>extensão da diminuição da força de uma viga depende da sua posição, tamanho, número, direção das fibras e condição </li></ul><ul><li>adicionam textura visual à madeira na fabricação de painéis </li></ul>
  16. 16. Base de Dados
  17. 17. ibama.gov.br
  18. 18. ibama.gov.br
  19. 19. ibama.gov.br
  20. 20. ibama.gov.br Visita: http://www.ibama.gov.br/lpf/madeira/introducao.htm
  21. 21. Ecologia
  22. 22. Experiência Revale
  23. 23. Extração da Madeira Embora a extração seletiva tenha por alvo apenas as árvores com valor comercial , os métodos de extração geralmente provocam danos colaterais . Segundo o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia – Imazon , para cada árvore comercial que é retirada, são danificadas outras 27 árvores com mais de 10 cm de diâmetro, são construídos 40 m de estradas e são abertos 600 m² no dossel florestal .
  24. 24. Extração Ilegal Caiu 22 por cento no mundo na última década, esta redução significou a preservação de 17 milhões de hectares de florestas, área equivalente à do Uruguai Caiu entre 50 e 75 por cento na Amazônia brasileira A madeira ilegal representa 35 a 72 por cento do total extraído na Amazônia brasileira A China é o maior importador e processador de madeira ilegal
  25. 25. Alto Valor Simbólico
  26. 26. Alto Valor Estético
  27. 27. Alto Valor Prático
  28. 28. Eames Lounge Chair
  29. 29. Processos
  30. 30. Possibilidade de curvar a madeira através da água, da cola quente e do vapor. Uma das particularidades do processo de envergamento da madeira está no fato de que as toras das árvores de açoita ficam de molho em água fluvial de 6 a 8 meses para amolecerem as fibras (curtas) - apropriadas para a envergamento; durante esse processo a madeira perde toda a sua seiva e como os cupins se alimentam dela, um móvel fabricado com esta madeira nunca será atacado por esses insetos tão temidos. Curvar a madeira
  31. 31. Processos
  32. 32. Secagem <ul><li>Natural: </li></ul><ul><ul><li>Arejamento ambiente uniforme </li></ul></ul><ul><ul><li>Cuidados com rachaduras, empenamentos, encruamentos, colapsos, abaulamentos, torções, encanoamentos. </li></ul></ul><ul><li>Artificial: estufas próprias </li></ul><ul><ul><li>Aumenta a velocidade de secagem </li></ul></ul><ul><ul><li>Torna a madeira mais flexível </li></ul></ul><ul><ul><li>Escurece o tom do material </li></ul></ul>
  33. 33. Vídeos
  34. 34. Oficina

×