[email_address] augustus slides apresenta março  2007 nas minhas mãos
tenho,  nas minhas mãos, dois caminhos duas decisões, mesmo quando tudo parece desabar cabe a mim decidir, entre rir ou ch...
se o mar  está revolto,  posso ficar na praia ou sair para pescar  e, talvez, nunca mais voltar [email_address]
[email_address] tenho,  nas minhas mãos,  o bem e o mal e entre eles  poucos pensamentos um diz para fazer  sem culpa, o o...
[email_address] enquanto o mundo  se perde em erros, posso me manter sereno, sem medo porque tenho a chave  da minha vida ...
[email_address] então, hoje, me sinto mais forte,  pois atravessei  os desertos da alma amei  quem não me amou e deixei de...
[email_address] atravessei caminhos nem sempre floridos, que deixaram marcas profundas em mim mas amei e fui amado
[email_address] por isso, tenho  nas minhas mãos  bem mais que a vida tenho a dúvida  e a certeza,  a esperança  e o medo,...
[email_address] e me dou  o direito de  errar  sem me cobrar e acertar  sem me gabar
[email_address] porque descobri  no caminho incerto da vida, que o mais importante  é o decidir e decidi, de uma vez  por ...
[email_address] texto paulo roberto gaefke formatação [email_address] 14-03-07 texto,  som e imagens retirados da internet
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Nas minhas Mãos

2.192 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.192
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.386
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nas minhas Mãos

  1. 1. [email_address] augustus slides apresenta março 2007 nas minhas mãos
  2. 2. tenho, nas minhas mãos, dois caminhos duas decisões, mesmo quando tudo parece desabar cabe a mim decidir, entre rir ou chorar, entre ir ou ficar, entre desistir ou lutar [email_address] clique
  3. 3. se o mar está revolto, posso ficar na praia ou sair para pescar e, talvez, nunca mais voltar [email_address]
  4. 4. [email_address] tenho, nas minhas mãos, o bem e o mal e entre eles poucos pensamentos um diz para fazer sem culpa, o outro pensa, reflete e pede para esperar
  5. 5. [email_address] enquanto o mundo se perde em erros, posso me manter sereno, sem medo porque tenho a chave da minha vida nas minhas mãos
  6. 6. [email_address] então, hoje, me sinto mais forte, pois atravessei os desertos da alma amei quem não me amou e deixei de lado quem muito me amava
  7. 7. [email_address] atravessei caminhos nem sempre floridos, que deixaram marcas profundas em mim mas amei e fui amado
  8. 8. [email_address] por isso, tenho nas minhas mãos bem mais que a vida tenho a dúvida e a certeza, a esperança e o medo, o desejo e a apatia, o trabalho e a preguiça
  9. 9. [email_address] e me dou o direito de  errar sem me cobrar e acertar sem me gabar
  10. 10. [email_address] porque descobri no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir e decidi, de uma vez por todas ser simplesmente feliz e esse caminho não tem volta
  11. 11. [email_address] texto paulo roberto gaefke formatação [email_address] 14-03-07 texto, som e imagens retirados da internet

×