MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
ESPECIALIZAÇÃO EM INOVAÇÃO EM MÍDIAS INTERATIVAS
DIÔGO RODRIGUES DA S...
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
ESPECIALIZAÇÃO EM INOVAÇÃO EM MÍDIAS INTERATIVAS
DIÔGO RODRIGUES DA S...
SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO .......................................................................................................
5
1. INTRODUÇÃO
Desde o surgimento da rede mundial de computadores (Internet) a busca
por informação está em ascensão, vár...
6
1. JUSTIFICATIVA
A busca por informação constantemente influencia o surgimento de novos
sites de notícias, a proposta de...
7
2. OBJETIVOS
2.1. OBJETIVO GERAL
• Desenvolver um site de notícias para informar a população de Uruana sobre
os aconteci...
8
3. REFERENCIAL TEÓRICO
O projeto de sistema que ora se inicia, se pautará em alguns autores que já
pesquisaram sobre o a...
9
para alavancar a grande rede mundial de computadores, e garantir que o usuário
mantenha informado sobre acontecimentos a...
10
separar o formato e o conteúdo de um documento, ela possui uma sintaxe de fácil
entendimento e apresenta muitos element...
11
4. ESPECIFICAÇÃO DO PROJETO DE SOFTWARE
4.1. TABELAS DE REQUISITOS FUNCIONAIS E NÃO FUNCIONAIS
As tabelas a seguir busc...
12
Descrição O sistema deverá oferecer dois ambientes:
1-Site de notícias
2-Sistema de gerenciamento de conteúdo do inglês...
13
Especificação O cadastro de notícias deve possuir os seguintes campos: título da notícia,
categoria da notícia, imagem ...
14
adequação na notícia. Esse sistema será implementado no cadastro de usuário e
de notícias, a codificação deve ser na li...
15
4.2. DIAGRAMA DE CASO DE USO
O diagrama de caso de uso é essencial para especificar as funcionalidades do
sistema, send...
16
4.2.1 DOCUMENTAÇÃO DO CASO DE USO
Identificação UC 1
Nome Ler Notícia.
Ator principal Internauta
Interessados e Interes...
17
Identificação UC 2
Nome Pesquisar notícia por categoria
Ator principal Internauta
Interessados e Interesses 1. Internau...
18
Identificação UC 3
Nome Pesquisar notícia de forma textual.
Ator principal Internauta
Interessados e Interesses 1. Inte...
19
sistema e para acessar a parte administrativa do sistema.
3. Escritor: Para acessar o sistema e poder cadastrar as notí...
20
Identificação UC 5
Nome Visualizar contato.
Ator principal Internauta.
Interessados e Interesses 1. Internauta: Para qu...
21
Identificação UC 6
Nome Autenticar.
Ator principal Escritor.
Interessados e Interesses 1. Escritor: Para acessar o sist...
22
Identificação UC 7
Nome Escrever Notícia.
Ator principal Escritor.
Interessados e Interesses 1. Escritor: Para manter o...
23
Identificação UC 8
Nome Visualizar Perfil.
Ator principal Escritor
Interessados e Interesses 1. Escritor: Para poder vi...
24
Principal (ou Fluxo
Básico)
seus dados todos preenchidos para a alteração.
Extensões (ou Fluxos
Alternativos)
FA1.
1. O...
25
Identificação UC 10
Nome Manter Notícia.
Ator principal Administrador.
Interessados e Interesses 1. Administrador: Para...
26
necessário
Identificação UC 11
Nome Manter Perfis.
Ator principal Administrador.
Interessados e Interesses 1. Administr...
27
Pré-condições 1. Estar logado no sistema, e logado como administrador
Garantia de Sucesso (Pós-
Condições)
Estar com to...
28
Identificação UC 14
Nome Cadastrar usuário.
Ator principal 1. Administrador
Interessados e Interesses 1. Administrador:...
29
Básico) da notícia.
Extensões (ou Fluxos
Alternativos)
FA1.
1. O escritor pode estar escrevendo e necessitar de um
cada...
30
Ator principal Escritor.
Interessados e Interesses 1. Escritor: para poder manter informado sobre quais notícias
dele e...
31
as categorias cadastradas nas notícias.
Pré-condições Ter categorias cadastradas no sistema ,visualizar as notícias
sel...
32
Condições) publicada.
Cenário de Sucesso
Principal (ou Fluxo
Básico)
Apos a seleção de listagem o sistema exibirá todas...
33
Alternativos) 1. O escritor deve no site clicar em restrito logo em seguida
informar usuário e senhas .
2. O administra...
34
4.2.2 DIAGRAMA ENTIDADE RELACIONAMENTO (DER)
O Diagrama Entidade Relacionamento (DER) busca representar de forma
gráfic...
35
4.2.3 PROTÓTIPOS
Os protótipos buscam demonstrar a interface do sistema em questão, que será apresentado ao
usuário. Os...
36
A Figura 4 ilustra a seleção de notícias por uma determinada categoria
Figura 4: Filtro de notícia por categoria
37
A Figura 5 apresenta o protótipo principal do sistema, este que e de uso restrito do usuário,
possuindo um menu de nave...
38
39
A Figura 6 ilustra a pagina inicial do sistema, e suas demais funcionalidades, a pagina possui
em sua lateral esquerda ...
40
as notícias pendentes e as publicadas.
41
A Figura 7 ilustra o cadastro de notícia onde são cadastradas todas as notícias, o
cadastro acima possui um editor de t...
42
A Figura 8 ilustra o protótipo onde será editadas as notícias, para ser feitas alterações
tais como categoria titulo e ...
43
A Figura 9 ilustra a tabela de listagem de notícias e as suas demais funcionalidade
onde serão feitas as alterações de ...
44
A Figura 10 ilustra a exclusão de uma notícia cadastrada no sistema, onde o sistema
pede uma autorização,se esta for po...
45
A Figura 11 ilustra a ação de se publicar uma notícia pendente, o usuário deve fornecer
uma autorização ao sistema,caso...
46
A Figura12 ilustra a retira da publicação de uma notícia que está publicada no site, o
usuário deve fornecer a autoriza...
47
A Figura 13 ilustra o cadastro de categoria, onde e adicionado ao sistema uma nova
categoria, e logo em seguida sendo l...
48
A Figura 14 ilustra a tabela de listagem de categorias, onde são listadas todas as
categorias cadastradas no sistema, e...
49
A Figura 15 ilustra o cadastro de usuário, onde este e realizado pelo o administrador
do sistema, onde são cadastrados ...
50
A Figura 16 ilustra a exclusão de um escritor, o sistema deve pedir uma autorização,
caso esta seja positiva será então...
51
A Figura 17 ilustra a edição de nível de usuário da equipe uruana.net para escritor.
Figura 17: Alteração de nível de u...
52
5. CONSIDERAÇÕES FINAIS
O presente trabalho buscou demonstrar que no momento atual frente a tantas
mudanças e acontecim...
53
6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
ABRANET, Associação Brasileira de Provedores de Internet. A História da Internet.
Disponí...
Documento final   atividade integradora desenvolvimento 10 01 2015
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Documento final atividade integradora desenvolvimento 10 01 2015

290 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
290
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Documento final atividade integradora desenvolvimento 10 01 2015

  1. 1. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESPECIALIZAÇÃO EM INOVAÇÃO EM MÍDIAS INTERATIVAS DIÔGO RODRIGUES DA SILVA RENATA ALVES DA COSTA URUANA.NET: SITE DE NOTÍCIAS URUAÇU - GO JANEIRO – 2015
  2. 2. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESPECIALIZAÇÃO EM INOVAÇÃO EM MÍDIAS INTERATIVAS DIÔGO RODRIGUES DA SILVA RENATA ALVES DA COSTA URUANA.NET: SITE DE NOTÍCIAS Rúbio Dorneles de Bessa Tutor Projeto elaborado para fins de avaliação, como requisito final para obtenção de nota no módulo Atividade Integradora Desenvolvimento do curso de Especialização em Inovação em Mídias Interativas da Universidade Federal de Goiás. URUAÇU - GO JANEIRO – 2015
  3. 3. SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO ....................................................................................................................5 1. JUSTIFICATIVA.....................................................................................................................6 2. OBJETIVOS...........................................................................................................................7 2.1. OBJETIVO GERAL........................................................................................................7 2.2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS..........................................................................................7 3. REFERENCIAL TEÓRICO...................................................................................................8 4. ESPECIFICAÇÃO DO PROJETO DE SOFTWARE...........................................................11 4.1. TABELAS DE REQUISITOS FUNCIONAIS E NÃO FUNCIONAIS......................11 4.1.1 REQUISITOS NÃO FUNCIONAIS......................................................................11 4.1.2. Requisitos Funcionais............................................................................................12 4.2. DIAGRAMA DE CASO DE USO...............................................................................15 4.2.1 DOCUMENTAÇÃO DO CASO DE USO ....................................................................16 ............................................................................................................................................28 4.2.2 DIAGRAMA ENTIDADE RELACIONAMENTO (DER).......................................34 4.2.3 PROTÓTIPOS............................................................................................................35 5. CONSIDERAÇÕES FINAIS................................................................................................52 6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS..................................................................................53
  4. 4. 5 1. INTRODUÇÃO Desde o surgimento da rede mundial de computadores (Internet) a busca por informação está em ascensão, vários sites de notícias surgiram para atender a necessidade de milhões de internautas ao redor do mundo. Diante da percepção em relação as notícias e os sites cada vez mais com foco em notícias no âmbito mundial, surgiu então a ideia de criação do site uruana.net com informações da cidade de Uruana e da região do Vale do São Patrício. A proposta do site vai utilizar como forma de desenvolvimento as diferentes tecnologias, PHP, HTML, Javascript e CSS. O modelo de desenvolvimento utilizado teve como fase de análise identificar objetivos e metas a ser atingidas, identificação das restrições que devem ser respeitadas, especificação dos requisitos que o software deverá possuir, o resultado é um documento de especificação de requisitos, a criação desse projeto ainda será pautada na busca de informações sobre a proposta de desenvolvimento do site. Buscando obter o resultado final desejado pelo grupo, enfatizou-se cada etapa de forma transparente, desde a ideia inicial até chegar ao produto final. A apresentação detalhada dos casos de uso, requisitos funcionais e não funcionais, protótipos entre outros se faz necessária para um melhor entendimento do público- alvo do site. Sendo assim a concretização e desenvolvimento deste projeto busca oferecer aos internautas da cidade de Uruana e região do Vale do São Patrício uma nova forma de obtenção de notícias na rede mundial de computadores, e também divulgar essa cidade e região no Brasil e no mundo, afinal a Internet já está em quase todos os lugares do planeta e a cada dia rompe novas fronteiras.
  5. 5. 6 1. JUSTIFICATIVA A busca por informação constantemente influencia o surgimento de novos sites de notícias, a proposta de elaboração desse projeto é manter as pessoas informadas através de um website. Atualmente a Internet se tornou um grande veículo de comunicação em massa, diante disso várias formas de comunicação estão surgindo, o mundo online está em grande expansão, a cada minuto surgem diversas formas de interação do internauta com a grande rede, são sites, blogs, vídeos entre outros. Essas ferramentas que estão surgindo tem como principal objetivo deixar o usuário bem informado e relacionado com o mundo ao seu redor. Com base nessa perspectiva surgiu a ideia de criação do uruana.net, um site de notícias pautado na apresentação de informações da cidade de Uruana e região do Vale do São Patrício, que busca entre outros fatores divulgar essa região para o mundo e deixar a população informada acerca de notícias verídicas.
  6. 6. 7 2. OBJETIVOS 2.1. OBJETIVO GERAL • Desenvolver um site de notícias para informar a população de Uruana sobre os acontecimentos da cidade e região. 2.2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS • Criar uma documentação para desenvolver um sistema de fácil interação com o usuário; • Implementar o site utilizando ferramentas de codificação de licença gratuita; • Utilizar o cronograma como referencial para o bom andamento das tarefas.
  7. 7. 8 3. REFERENCIAL TEÓRICO O projeto de sistema que ora se inicia, se pautará em alguns autores que já pesquisaram sobre o assunto em evidência, tendo em vista que se faz necessário buscar junto a estes as principais teorias que os mesmos produziram. A análise dos dados obtidos será feita numa perspectiva de reflexão crítica e transparente para o enriquecimento do trabalho. A Internet desde o seu surgimento está presente na vida de milhões de pessoas ao redor do planeta. No começo apenas alguns órgãos governamentais possuiam o direito ao acesso. Sobre o surgimento da Internet Tait (2007) ressalta: A internet nasceu em 1969, nos Estados Unidos, interligava originalmente laboratórios de pesquisas e se chamava ARPAnet (ARPA: Advanced Research Projects Agency). Era uma rede do Departamento de defesa norte-americano, no auge da guerra fria (era o nome dado à disputa entre EUA e a União Soviética). A Internet nas últimas décadas se popularizou e seu uso deixou de ser restrito, uma grande parcela da população mundial hoje possui acesso a ela, esse fato foi um grande salto em vários setores da economia e permitiu a interação das pessoas em diversas partes do mundo, esse grande salto da rede mundial de computadores ocorreu por consequência do surgimento da Web (World Wide Web). Em 1991 surgiu a Web, Tim Berners-Lee foi seu criador, ele jamais imaginou que a sua criação se tornaria mundialmente popular, a Web disseminou rapidamente, para entender um pouco sobre Web Marcondes (2007, p. 30) destaca: A web (como é chamada) representa uma forma revolucionaria de divulgar informações por meio de um sistema de multimídia de comunicação. Essa comunicação pode ser feita entre diferentes tipos de computador, permitindo a introdução de textos com imagens, animações, filmes e sons. Estes são chamados de hipertextos (hipermídia) e criados normalmente pela linguagem HTML. Com o crescimento da Web surgiu os sites que ainda hoje são essenciais
  8. 8. 9 para alavancar a grande rede mundial de computadores, e garantir que o usuário mantenha informado sobre acontecimentos ao seu redor e realize tarefas com comodidade no seu dia a dia. Os sites são desenvolvidos através de linguagem de programação. Essas linguagens buscam garantir acessibilidade e interatividade com o site a ser visitado. Buscando garantir os recursos de relacionamento com o usuário, o projeto será desenvolvido nas linguagens PHP, HTML, CSS e Javascript. Para entender um pouco mais sobre estas linguagens que serão utilizadas no projeto recorreu-se a Dall’Oglio (2007, p. 20) que descreve a linguagem PHP como: A linguagem de programação PHP, (…) foi criada no outono de 1994 por Rasmus Lerdorf. No início era formada por um conjunto de scrips voltados à criação de páginas dinâmicas que Rasmus utilizava para monitorar o acesso ao seu currículo na internet. À medida que essa ferramenta foi crescendo em funcionalidades, Rasmus teve de escrever uma implementação em C, a qual permitia às pessoas desenvolverem de forma simples suas aplicações para web, Rasmus nomeou essa versão de PHP/FI (Personal Home Pages/Forms Interpreter) e decidiu disponibilizar seu código na web, em 1995, para compartilhar com outras pessoas, bem como receber ajuda e correção de bugs. Outra importante linguagem muito utilizada na Web é o HTML. De acordo com Marcondes (2007, p. 40), HTML é: A HTML (Hypertext Markup Language) é uma linguagem baseada em uma mais antiga e muito mais complexa chamada SGML (Standart Generalized Markup Language). Por este motivo, uma das maiores caractéristicas da linguagem HTML é não ter uma estrutura rígida e exata. O Consórcio World Wide Web (W3C) regulamenta e proporciona o crescimento da Web, o mesmo está relacionado a linguagem de marcação HTML. O Consórcio World Wide Web caracteriza a W3C como: O Consórcio World Wide Web (W3C) é um consórcio internacional no qual organizações filiadas, uma equipe em tempo integral e o público trabalham juntos para desenvolver padrões para a Web. A missão do W3C é: Conduzir a World Wide Web para que atinja todo seu potencial, desenvolvendo protocolos e diretrizes que garantam seu crescimento de longo prazo. Outra tecnologia utilizada no projeto foi o CSS, essa linguagem busca
  9. 9. 10 separar o formato e o conteúdo de um documento, ela possui uma sintaxe de fácil entendimento e apresenta muitos elementos em inglês que servem para especificar os nomes de estilos das propriedades de página. Sobre a linguagem CSS Barros e Santos (2008, p. 3) aborda: A sigla CSS (Cascading Style Sheets) se refere a uma linguagem de estilos que define o layout de documentos escritos, geralmente, em linguagem HTML. O CSS define e controla, por exemplo, os parâmetros de texto e figuras, além de posicionamento dos elementos, imagens de fundo e etc. O HTML estrutura o conteúdo da página e o CSS formata esse conteúdo. O Javascript é uma das principais linguagens de programação para navegadores Web, sobre o surgimento dele Silva (2010, p. 23) destaca: JavaScript foi criada pela Netscape em parceria com a Sun Microsystems, com a finalidade de fornecer um meio de adicionar interatividade a uma página web. A primeira versão, denominada JavaScript 1.0, foi lançada em 1995 e implementada em março de 1996 no navegador Netscape Navigator 2.0 quando o mercado era dominado pela Netscape. Todas as linguagens supracitadas foram escolhidas para o desenvolvimento do projeto justamente porque elas permitiram um produto final de qualidade, interativo e de fácil usabilidade.
  10. 10. 11 4. ESPECIFICAÇÃO DO PROJETO DE SOFTWARE 4.1. TABELAS DE REQUISITOS FUNCIONAIS E NÃO FUNCIONAIS As tabelas a seguir buscam descrever de forma detalhada os requisitos que são fundamentais para apresentar as funcionalidades do sistema. 4.1.1 REQUISITOS NÃO FUNCIONAIS O requisitos não funcionais são as características e aspectos internos do sistema, eles envolvem especificamente a parte técnica. Identificação R N 1 Descrição O sistema deve ser desenvolvido até a data: 30/06/2015 Responsável Diôgo Rodrigues da Silva Renata Alves da Costa Especificação Caso o projeto não seja concluído até a data prevista o mesmo não será apresentado ao financiador do projeto Identificação R N 2 Descrição O acesso ao sistema deve ser restrito aos administradores através de login e senha. Responsável Diôgo Rodrigues da Silva Especificação Não há classificação por categoria de usuário. Identificação R N 3 Descrição A codificação do sistema deve seguir as linguagens: PHP, HTML, Javascript, CSS e SQL. Responsável Diôgo Rodrigues da Silva Renata Alves da Costa Especificação A codificação em HTML deve seguir os padrões da W3C. Identificação R N 4
  11. 11. 12 Descrição O sistema deverá oferecer dois ambientes: 1-Site de notícias 2-Sistema de gerenciamento de conteúdo do inglês Content Management System (CMS) Responsável Diôgo Rodrigues da Silva Renata Alves da Costa Especificação O internauta possuirá acesso livre ao site, mas para acessar o CMS ele deverá estar cadastrado como administrador ou escritor para realizar o procedimento de login fornecendo seu nome e senha. Identificação R N 5 Descrição Navegador com suporte a HTML5, CSS3 e JavaScript ativo. Responsável Diôgo Rodrigues da Silva Especificação Para uma melhor utilização do site e do CMS devido a utilização das linguagens citadas acima. Identificação R N 6 Descrição Interface intuitiva.Diôgo Rodrigues da Silva Renata Alves da Costa Responsável Diôgo Rodrigues da Silva Renata Alves da Costa Especificação Utilizando conceitos de IHC para o desenvolvimento das interfaces tanto do site como do CMS, menus intuitivos, acesso a módulos através de ícones de atalho na tela principal. 4.1.2. REQUISITOS FUNCIONAIS Os requisitos funcionais são baseados na necessidade abordada pelo cliente, são a suas sugestão para o funcionamento do sistema. Identificação R 1 Descrição O sistema deve fornecer um cadastro de notícias Fonte do requisito Diôgo Rodrigues da Silva, Renata Alves da Costa Responsável Diôgo Rodrigues da Silva Renata Alves da Costa
  12. 12. 13 Especificação O cadastro de notícias deve possuir os seguintes campos: título da notícia, categoria da notícia, imagem da notícia, digite a notícia galeria de imagens. Dicionário de dados Titulo = [carácter_valido_texto] + [carácter_valido_numérico] + [carácter_valido_especial]; imagem = [ identificador + formato ]; categoria = [carácter_valido_texto] ; noticia = [carácter_valido_texto] + [carácter_valido_especial] + [carácter_valido_numérico]; identificador = [carácter_valido_texto | carácter_valido_texto + [ / | - ] ]; formato = [extensão_imagem]; [carácter_valido_texto] = [A – Z ] | [ a – z ]; [carácter_válido_numérico] = [0 – 9 ]; [carácter_válido_especial] = [@ ] + [ / | ] + [ _ ] + [ - ] + [ $ ] + [ * ] + [ “ ] + [ ' ]+ [ % ] + [ ¢ ] + [ < ] +[ > ] +[ º ]; Identificação R 2 Descrição O sistema fornece um cadastro de usuário para gestão de conteúdo. Fonte do requisito Diôgo Rodrigues da Silva, Renata Alves da Costa Responsável Diôgo Rodrigues da Silva Renata Alves da Costa Especificação O cadastro de usuário deve possuir os seguintes campos: nome, e-mail, telefone, usuário e senha. Dicionário de dados Nome = [carácter_valido_texto] ; Sobrenome = [carácter_valido_texto]; Login = [carácter_valido_texto]; Senha = [carácter_valido_texto] + [carácter_valido_numérico]; E-mail = [carácter_valido_texto] + [carácter_valido_especial]; Profissão = [carácter_valido_texto]; [carácter_válido_texto] = [A – Z ] | [a – z ]; [carácter_válido_numérico] = [0 – 9 ]; [carácter_válido_especial] = [@ ] + [ / ] + [ _ ] + [ - ]; Identificação R 3 Descrição O sistema deve possuir uma ferramenta para envio de imagens. Fonte do requisito Diôgo Rodrigues da Silva, Renata Alves da Costa Responsável Diôgo Rodrigues da Silva Renata Alves da Costa Especificação A ferramenta de envio vai proporcionar o redimensionamento de imagens, para a
  13. 13. 14 adequação na notícia. Esse sistema será implementado no cadastro de usuário e de notícias, a codificação deve ser na linguagem PHP. Dicionário de dados Envio = [imagem]; imagem = [ identificador + formato ]; identificador = [carácter_valido_texto | carácter_valido_texto + [ / | - _ ] ]; formato = [extensão_imagem] [carácter_valido_texto] = [A – Z ] | [ a – z ];
  14. 14. 15 4.2. DIAGRAMA DE CASO DE USO O diagrama de caso de uso é essencial para especificar as funcionalidades do sistema, sendo onde e mostrado os processo exercidos por cada autor e suas funcionalidades. Figura 1: Caso de uso
  15. 15. 16 4.2.1 DOCUMENTAÇÃO DO CASO DE USO Identificação UC 1 Nome Ler Notícia. Ator principal Internauta Interessados e Interesses 1. Escritor: verificar formatação; 2. Internauta: vara se manter atualizado; 3. Administrador: verificar se a notícia é legitima; Pré-Condições 1. O Internauta deve ter acesso a internet, e um navegador com suporte para HTML 5 e CSS 3, sendo necessário que o Javascript esteja ativo. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Será exibido o conteúdo completo da notícia. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) 1. O internauta acessa o endereço da página; 2. O internauta seleciona a notícia para leitura; 3. O sistema buscará a notícia no banco de dados devendo exibi-la; 4. O internauta visualizará a notícia. Extensões (ou Fluxos Alternativos FA1. 1. O internauta pode clicar em compartilhar a notícia; 2. O internauta deve estar com seu perfil do Facebook aberto para que a ação seja concluída. 3. O internauta pode preencher um comentário na notícia 4. O Facebook irá armazenar os comentários. Frequência de Ocorrência as notícias serão visualizadas aproximadamente 200 vezes por dia .
  16. 16. 17 Identificação UC 2 Nome Pesquisar notícia por categoria Ator principal Internauta Interessados e Interesses 1. Internauta: ter facilidade na hora de executar a busca de determinadas categorias; 2. Administrador: fornecer facilidade ao usuário no momento da pesquisa. Pré-condições 1. Estar no site, selecionar o link destinado a pesquisa por categoria. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Obter uma janela interna no sistema onde aparece dinamicamente as demais categorias existente no sistema. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) O internauta deverá visualizar uma seleção de todas as notícias cadastradas de acordo com a categoria escolhida. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. Caso o internauta clique no link pesquisar por categoria abrirá então um janela interna mostrando todas as categorias cadastradas. 2. Se houver a seleção de uma das categorias então parecerá todas as notícias cadastradas. Frequência de Ocorrência Sempre que estiver no site.
  17. 17. 18 Identificação UC 3 Nome Pesquisar notícia de forma textual. Ator principal Internauta Interessados e Interesses 1. Internauta: ter facilidade quando executar a busca ; 2. Administrador: fornecer facilidade ao usuário no momento da pesquisa. Pré-condições 1. Estar no site, digitar o testo dentro da caixa de texto reservado a pesquisa e ter certeza de que digitou corretamente a palavra. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) O sistema deverá exibir o resultado da busca, sendo ela com o conteúdo desejado ou com uma pagina de busca não encontrada. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) Caso o sistema reconheça que há notícias com o tópico pesquisado, então ele exibirá o conteúdo requisitado. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O internauta deverá inserir o conteúdo de sua busca dentro da da caixa de texto reservado a pesquisa; 2. Caso o sistema tenha arquivado em seu banco de dados retornará uma seleção de notícias contendo o assunto pesquisado; 3. Caso o sistema não tenha então ele deve informar ao internauta que não há conteúdo com o assunto pesquisado. Frequência de Ocorrência Sempre que estiver no site. Identificação UC 4 Nome Visualizar pagina inicial do site. Ator principal Internauta Interessados e Interesses 1. Internauta: Para poder acessar as notícias e as demais funcionalidades do sistema. 2. Administrador: Para que possa ver como está funcionado o
  18. 18. 19 sistema e para acessar a parte administrativa do sistema. 3. Escritor: Para acessar o sistema e poder cadastrar as notícias. Pré-condições 1. Acessar o endereço do site: em www.uruana.net. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) A visualização do site com as notícias nele postadas. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) A exibição da pagina inicial em seu navegador. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O internauta deve abrir seu navegado e digitar o endereço do site; 2. O site será exibido. FA2. 1. O administrador deve abrir seu navegado e digitar o endereço do site; 2. O site será exibido. FA3. 1. O escritor deve abrir seu navegado e digitar o endereço do site; 2. O site será exibido. Frequência de Ocorrência FO1. 1. Internauta : Estima-se que seja visualizado pelo menos 800 vezes por dia; 2. Administrador: Estima-se que este visualize pelo menos 5 vezes por dia; 3. Escritor: Estima-se que este visualize pelo menos 5 vezes ao dia.
  19. 19. 20 Identificação UC 5 Nome Visualizar contato. Ator principal Internauta. Interessados e Interesses 1. Internauta: Para que possa enviar notícias fotos e outras informações através de seu e-mail; 2. Escritor: Para que possa receber informações dos internautas; 3. Administrador: Para receber informações, e verificar se estás são legitimas. Pré-condições 1. Estar no site Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Visualização da equipe de gerencia do sistema uruana.net. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) Visualização dos escritores e equipe administrativa, com link para e- mail. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O internauta entra no site; 2. O internauta clica em contato; 3. O sistema apresentará os escritores e a equipe de administradores; 4. O internauta seleciona um dos escritores ou administradores e envia um e-mail . Frequência de Ocorrência Estima-se que sejam enviados pelo menos 10 e-mail diariamente para a equipe.
  20. 20. 21 Identificação UC 6 Nome Autenticar. Ator principal Escritor. Interessados e Interesses 1. Escritor: Para acessar o sistema; 2. Administrador: Para acessar o sistema. Pré-Condições Não estar logado. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) 1. Visualizar a pagina home do sistema ou seja a pagina principal sistema de gestão de conteúdo. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) Estar logado no sistema. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. Estar no site; 2. Clicar em restrito no lado superior direito do sistema; 3. inserir os dados de login e senha FA2. 1. Caso o login ou senha estejam errado o sistema irá informa ló; 2. Caso ele ele queira voltar ao site e só clicar no botão voltar ao site; Frequência de Ocorrência FO1. 1. Internauta : Estima-se que seja visualizado pelo menos 800 vezes por dia; 2. Administrador: Estima-se que este visualize pelo menos 5 vezes por dia; 3. Escritor: Estima-se que este visualize pelo menos 5 vezes ao dia.
  21. 21. 22 Identificação UC 7 Nome Escrever Notícia. Ator principal Escritor. Interessados e Interesses 1. Escritor: Para manter o site atualizado com as informações mais recentes; 2. Administrador: Para que esta noticia seja por ele aprovada Pré-Condições 1. Estar logado no sistema. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Se a noticia for escrita e cadastrada e todos os campos obrigatório estiverem preenchidos, então ela aparecerá na tabela de listagem de notícias Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) A notícia cadastrada deve aparecer na tabela de listagem com status de pendente. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O escritor deve selecionar cadastrar notícia; 2. O sistema deve abrir a pagina de cadastro; 3. O escritor deve preencher todos os campos obrigatórios e salvar; 4. O sistema deve verificar a validade dos dados digitados se forem validos então ele irá cadastrar; 5. O sistema deve gerar uma mensagem informando o escritor sobre a ação realizada sendo ela cadastro concluído ou erro ao cadastrar. Frequência de Ocorrência Estima-se pelo menos duas noticias cadastradas diariamente.
  22. 22. 23 Identificação UC 8 Nome Visualizar Perfil. Ator principal Escritor Interessados e Interesses 1. Escritor: Para poder visualizar os demais escritores e administradores cadastrados no sistema. Pré-Condições 1. Estar logado no sistema. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Visualização de seu perfil. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) Na tabela de usuários deve ter um ícone de visualização de seu perfil e dos outros usuários. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O escritor deve estar logado; 2. O escritor deve selecionar todos os usuários; 3. O escritor deve clicar no ícone de perfil; 4. O sistema então exibirá o perfil do usuário selecionado . Frequência de Ocorrência Estima se que o escritor visualize seu perfil pelo menos 3 vezes na semana. Identificação UC 9 Nome Editar Perfil. Ator principal Escritor Interessados e Interesses 1. Escritor: Para que este possa manter seus dados pessoais; 2. Administrador: Para que os dados de seus escritores estejam sempre atualizados. Pré-Condições 1. Estar logado no sistema e que a funcionalidade de edição esteja disponível para seu perfil; 2. O sistema do deve habilitar edição para o escritor logado. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) A exibição de seus dados disponíveis para a edição. Cenário de Sucesso O sistema disponibilizara uma tela como seu os campos referentes ao
  23. 23. 24 Principal (ou Fluxo Básico) seus dados todos preenchidos para a alteração. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O escritor selecionar a tabela de usuários; 2. O sistema deve mostrar a tabela de usuários com apenas o ícone de edição habilitado para o usuário logado; 3. O usuário deve clicar no ícone e então editar seus dados. FA2. 1. Para salvar o escritor deve alterar pelo menos um dado alterado; 2. O escritor deve salvar. 3. O sistema deve salvar este dados e voltar para a tabela de listagem de usuário. FA3. 1. Caso o escritor solicite a alteração de dados e estes não forem atualizados, então o sistema deve informa ló que não foi possível atualizar o cadastro; 2. Caso o escritor deixe um campo em branco o sistema deve informa lo. Frequência de Ocorrência Estima se que pelo menos uma vez a cada trimestre.
  24. 24. 25 Identificação UC 10 Nome Manter Notícia. Ator principal Administrador. Interessados e Interesses 1. Administrador: Para que este possa manter as notícias atualizadas e publicar estas no site. E para que possa se necessário excluir uma noticia. Pré-Condições Estar logado no sistema e ser o usuário administrador. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) 1. Visualizar a notícia no site; 2. Visualizar seu status com publicada ou pendente se for o caso de retirar um publicação do site. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) 1. Edição de notícias; 2. Exclusão de notícias; 3. Publicação da notícias; 4. Retirada das notícias publicadas. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O Administrador deve requisitar uma das opções de tratamento da notícia; 2. Caso Administrador selecione publicar a notícia então o sistema irá pedir uma autorização para o administrador caso esta seja positiva então o sistema postará a notícia no site ; 3. Caso o administrador selecione retirar publicação o sistema irá pedir uma autorização para o administrador caso esta seja positiva então o sistema deve retirar a notícia postada do site; 4. Caso o administrador selecione excluir publicação o sistema irá pedir uma autorização para o administrador caso esta seja positiva então o sistema exclui lá; 5. Caso o administrador selecione edição da notícia o exibi- la em um campos para edição. Frequência de Ocorrência Estima se que seja atualizados excluídas as noticias sempre que
  25. 25. 26 necessário Identificação UC 11 Nome Manter Perfis. Ator principal Administrador. Interessados e Interesses 1. Administrador: para que possas ver se os dados estão realmente atualizados. Pré-condições 1. Estar logado no sistema Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Ter todos os cadastros atualizados. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) Visualização dos dados atualizados e se for o caso fazer a própria se for o case de ele ter estas informações, efetuando assim a atualização destes. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O administrador deve analisar os dados cadastrais. FA2. 1. Caso os dados esteja desatualizados o administrador deve entrar em contato com o escritor e avisa lo que deve fazer a atualização de seus dados; 2. Caso o escrito não possa atualizar no momento; requisitado o administrador deverá ficar destas e atualizá- las. Frequência de Ocorrência Estimasse que esta atualização aconteça pelo menos uma vez a cada trimestre Identificação UC 12 Nome Manter usuários. Ator principal 1. Administrador. Interessados e Interesses 1. Administrador: Para poder ter controle das ações que serão realizadas pelos escritores no sistema influenciando assim no seus postes de notícias no sistema.
  26. 26. 27 Pré-condições 1. Estar logado no sistema, e logado como administrador Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Estar com todos os usuários atualizados e manter controle sobre suas permissões dentro do sistema. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) Estar com todos os usuários atualizados para que se possa ter controle sobre suas ações dentro do sistema, tais como permissões e ações destes. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O administrador deve manter os dados e permissões de seus escritores. 2. O administrador deve manter este escritores, alterando permissões e se necessário excluindo ó. FA2. 1. O administrador pode alterar o escritor para administrador ou outro administrar para escritor. 2. O administrador pode excluir qualquer usuário. Frequência de Ocorrência Sempre que necessário. Identificação UC 13 Nome Manter categoria. Ator principal 1. Administrador. Interessados e Interesses 1. Administrador: para que se possa ter controle sobre a categoria em que estão sendo classificadas as notícias. Pré-Condições Estar logado e ser administrador. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) 1. Cadastrar alterar ou excluir uma categoria. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) Estar editando uma categoria e se deparar com a necessidade se criar uma nova categoria. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O administrador poderá excluir alterar e editar uma categoria. Frequência de Ocorrência Sempre que necessário.
  27. 27. 28 Identificação UC 14 Nome Cadastrar usuário. Ator principal 1. Administrador Interessados e Interesses 1. Administrador: O administrador deve cadastrar escritores para cadastrarem notícias. Pré-Condições Estar cadastrado no Sistema e logado como administrador. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) 1. Estar habilitado no menu do sistema a opção cadastrar novo usuário. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) 1. Ter cadastrado um usuário e ter obtido sucesso. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O administrador deve estar o sistema; 2. O administrador deve ir até o menu; 3. O administrador deve procurar o ícone de cadastro de usurário e clicar nele; 4. O administrador deve colocar os dados pessoais e junto com eles dados tais como usuário e senha. Frequência de Ocorrência Estima se que seja cadastrado novos escritores no sistema quando se necessitar. Identificação UC 15 Nome Criar Categoria. Ator principal 1. Escritor. Interessados e Interesses 1. Escritor: sempre que se esteja cadastrando uma notícia e esta seja de uma categoria que não exista o escritor deve cadastrar uma nova. Pré-Condições 1. Estar logado no sistema e escrevendo uma notícia ou no cadastro de categoria Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Cadastrar uma nova categoria e adiciona lá em uma notícia Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Escrever uma nova notícia e adicionar uma nova categoria sem sair
  28. 28. 29 Básico) da notícia. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O escritor pode estar escrevendo e necessitar de um cadastrar uma nova categoria. 2. O escritor pode ir a até o menu de categorias e cadastar uma nova. Frequência de Ocorrência Sempre que esteja cadastrando uma notícia e necessitar de uma nova categoria. Identificação UC 16 Nome Listar notícias. Ator principal Sistema. Interessados e Interesses 1. Escritor: para que possa ter controle sobre as notícias escritas por ele saber qual de suas notícias foram publicadas. 2. Administrador: para que possa ter controle sobre as notícias. Pré-Condições Possuir notícias cadastradas no sistema. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Conseguir visualizar na tabela de notícia todas as notícias cadastradas. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) Estar sendo listaras na pagina inicial onde são por autor, ou na tabela de notícias onde há todas as notícias cadastradas o sistema. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O sistema deve exibir uma listagem de notícias na pagina inicial do sistema e na tabela de notícias . Frequência de Ocorrência Sempre deve ser listadas as notícias cadastradas no sistema. Identificação UC 17 Nome Listar notícia por autor.
  29. 29. 30 Ator principal Escritor. Interessados e Interesses 1. Escritor: para poder manter informado sobre quais notícias dele estão cadastradas, quantas estão publicadas e quantas estão pendentes; 2. Administrador: para que possa manter se atualizado sobres os autores e suas respectivas notícias cadastradas no sistema. Pré-Condições Estar cadastrado no sistema e logado. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Listagem de todas as notícias pelo o autor que as cadastrou. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) Após o escritor ou administrador ter clicado no nome do autor que escreveu a notícia serão listadas todas as notícias por ele cadastradas. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O escritor deve logar no sistema. 2. O escritor deve ir até a tabela de listagem. 3. O escritor deve clicar no nome do autor que desejas. 4. O administrador deve logar no sistema. 5. O administrador deve ir até a tabela de listagem. 6. O administrador deve clicar no nome do autor que desejas. FA2. 1. Após a seleção de listagem do autor o sistema deve exibir todas as suas notícias. Frequência de Ocorrência Estima se que este recurso seja usado cerca de 20 vezes por dia. Identificação UC 18 Nome Listar notícia por categoria. Ator principal Escritor. Interessados e Interesses 1. Escritor: para poder manter informado sobre quais notícias são pertencentes a cadas categoria. 2. Administrador: para que possa manter se atualizado sobres
  30. 30. 31 as categorias cadastradas nas notícias. Pré-condições Ter categorias cadastradas no sistema ,visualizar as notícias selecionadas por categoria. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Listagem de todas as notícias pela categoria selecionada. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) Apos a seleção de listagem o sistema exibirá todas as notícias cadastradas no sistema com a categoria selecionada seja ela pulicada ou pendente. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O escritor deve logar no sistema. 2. O escritor deve ir até a tabela de listagem. 3. O escritor deve clicar no nome da categoria. 4. O administrador deve logar no sistema. 5. O administrador deve ir até a tabela de listagem. 6. O administrador deve clicar nome da categoria. FA2. 1. O sistema deve exibir as notícias de acordo com a categoria selecionada. Frequência de Ocorrência Estima se que este recurso seja usado cerca de 20vezes por dia. Identificação UC 19 Nome Listar notícia por status. Ator principal Interessados e Interesses 1. Escritor: para poder manter informado sobre quais notícias dele estão publicadas. 2. Administrador: para que possa manter se atualizado sobres as notícias que estão publicadas no sistema. Pré-Condições 1. Estar logado no sistema e possuir notícias cadastradas por ele se for o caso do escritor. 2. Caso seja o administrador estar logado. Garantia de Sucesso (Pós- Visualizar as notícias selecionadas por status seja ele pendente ou
  31. 31. 32 Condições) publicada. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico) Apos a seleção de listagem o sistema exibirá todas as notícias cadastradas no sistema com a status selecionado seja ele pulicada ou pendente. Extensões (ou Fluxos Alternativos) FA1. 1. O escritor deve logar no sistema. 2. O escritor deve ir até a tabela de listagem. 3. O escritor deve clicar no status da notícia. 4. O administrador deve logar no sistema. 5. O administrador deve ir até a tabela de listagem. 6. O administrador deve clicar no status da notícia. FA2. P 1. O sistema deve exibir as notícias de acordo com o status selecionado. Frequência de Ocorrência Estima se que este recurso seja usado cerca de 20 vezes por dia. Identificação UC 20 Nome Visualizar painel inicial do CMS. Ator principal 1. Escritor 2. Administrador. Interessados e Interesses 1. Escritor: Para poder ter uma melhor visualização das opções de funcionalidades do sistema e acesso a estas. 2. Administrador: Para poder ter uma melhor visualização das opções de funcionalidades do sistema e acesso a estas. Pré-Condições Estar cadastrado no sistema e logado. Garantia de Sucesso (Pós- Condições) Visualização da pagina inicial do sistema. Cenário de Sucesso Principal (ou Fluxo Básico Após ter informado o usuário e senha na tela de login o mesmo deve ter acesso a pagina inicial do sistema e ao restante de suas funcionalidade. Extensões (ou Fluxos FA1.
  32. 32. 33 Alternativos) 1. O escritor deve no site clicar em restrito logo em seguida informar usuário e senhas . 2. O administrador deve no site clicar em restrito logo em seguida informar usuário e senhas. FA2. 1. Após p informe de usuário e senha a pagina inicial será iniciada. Frequência de Ocorrência Estima se que seja visualizadas diariamente umas 50 vezes.
  33. 33. 34 4.2.2 DIAGRAMA ENTIDADE RELACIONAMENTO (DER) O Diagrama Entidade Relacionamento (DER) busca representar de forma gráfica a relação das tabelas do banco de dados. Essa ferramenta é muito importante para demonstrar o modelo de entidade de relacionamento. Figura 2: Diagrama Entidade Relacionamento
  34. 34. 35 4.2.3 PROTÓTIPOS Os protótipos buscam demonstrar a interface do sistema em questão, que será apresentado ao usuário. Os modelos representados nas figura abaixo apresentam a ideia para o produto final. A Figura 3 apresenta o protótipo da página inicial do site, essa será acessada por internautas, escritores e administradores. Figura 3: Protótipo da página inicial do sistema
  35. 35. 36 A Figura 4 ilustra a seleção de notícias por uma determinada categoria Figura 4: Filtro de notícia por categoria
  36. 36. 37 A Figura 5 apresenta o protótipo principal do sistema, este que e de uso restrito do usuário, possuindo um menu de navegação entre as funcionalidades do sistema. Figura 5: Acesso restrito
  37. 37. 38
  38. 38. 39 A Figura 6 ilustra a pagina inicial do sistema, e suas demais funcionalidades, a pagina possui em sua lateral esquerda um menu onde e feita a navegação para as demais funcionalidade do sistema, ela também lista todas as notícias cadastradas pelo o usuário que está logado, sendo Figura 6: Home pagina inicial reservada ao usuários do CMS
  39. 39. 40 as notícias pendentes e as publicadas.
  40. 40. 41 A Figura 7 ilustra o cadastro de notícia onde são cadastradas todas as notícias, o cadastro acima possui um editor de texto onde são feitas todas as formatações textuais, um campo para cadastrar uma nova categoria, outro para adicionar categoria para a notícia o campo reservado ao titulo e o campo reservado para o upload de imagens. Figura 7: Cadastro de notícia
  41. 41. 42 A Figura 8 ilustra o protótipo onde será editadas as notícias, para ser feitas alterações tais como categoria titulo e do texto. Figura 8: Edição da notícia
  42. 42. 43 A Figura 9 ilustra a tabela de listagem de notícias e as suas demais funcionalidade onde serão feitas as alterações de notícias, publicação, a retirada e exclusão. Figura 9:Tabela de listagem de notícias
  43. 43. 44 A Figura 10 ilustra a exclusão de uma notícia cadastrada no sistema, onde o sistema pede uma autorização,se esta for positiva a notícia será excluída, sendo informado ao usuário que a notícia foi realmente excluída e o usuário do sistema será redirecionado para a pagina de listagem de notícia, se não ele somente será redirecionado para a pagina de listagem. Figura 10: Exclusão da notícia
  44. 44. 45 A Figura 11 ilustra a ação de se publicar uma notícia pendente, o usuário deve fornecer uma autorização ao sistema,caso seja positiva o sistema deve informa lo sobre a publicação e deve redireciona lo para a tabela de listagem de notícias. Figura 11: Publicação da notícia
  45. 45. 46 A Figura12 ilustra a retira da publicação de uma notícia que está publicada no site, o usuário deve fornecer a autorização ao sistema uma mensagem deverá ser informa lo sobre o sucesso da ação, logo em seguida redireciona lo para o a tabela de listagem de notícias. Figura12: Retirada da publicação da notícia
  46. 46. 47 A Figura 13 ilustra o cadastro de categoria, onde e adicionado ao sistema uma nova categoria, e logo em seguida sendo listada na tabela da da frente sem ser carregada a pagina. Figura 13: Cadastro de categoria
  47. 47. 48 A Figura 14 ilustra a tabela de listagem de categorias, onde são listadas todas as categorias cadastradas no sistema, e suas respeitavas ações sendo esta de exclusão da notícia. Figura 14: Tabela de listagem de categorias
  48. 48. 49 A Figura 15 ilustra o cadastro de usuário, onde este e realizado pelo o administrador do sistema, onde são cadastrados dados tais como: nome, endereço, e-mail senha usuário, senha, profissão e o nível de acesso do usuário seja ele ele escritor ou administrador. Figura 15: Cadastro de usuário
  49. 49. 50 A Figura 16 ilustra a exclusão de um escritor, o sistema deve pedir uma autorização, caso esta seja positiva será então excluído e redirecionado a tabela de listagem de usuários. Figura 16: Exclusão de usuário
  50. 50. 51 A Figura 17 ilustra a edição de nível de usuário da equipe uruana.net para escritor. Figura 17: Alteração de nível de usuário
  51. 51. 52 5. CONSIDERAÇÕES FINAIS O presente trabalho buscou demonstrar que no momento atual frente a tantas mudanças e acontecimentos um site de notícias é fundamental para manter as pessoas informadas, o desenvolvimento desse projeto foi pensado visando facilitar o acesso a informação da região do Vale do São Patrício. Sendo assim buscamos desenvolver nossa proposta de forma eficiente e claro pensando na facilidade de uso do usuário para que o nosso objetivo de apresentar informação seja alcançado. Durante o desenvolvimento deste trabalho, percebemos que o projeto de desenvolvimento possui um caminho amplo e que nos enquanto profissionais devemos buscar ao máximo conhecimento a cerca dessa área sendo que a cada dia há transformações que afetam o modo de como trabalharemos. Isso é essencial para tornarmos um profissional apto ao mercado de trabalho.
  52. 52. 53 6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ABRANET, Associação Brasileira de Provedores de Internet. A História da Internet. Disponível em <http://www.abranet.org.br/>. Acesso em 02 de Abril de 2013. BARROS. I.G. M. O de. SANTOS, C. F. A. dos. Apostila de Introdução ao CSS. Disponível em < http://www.telecom.uff.br/pet/petws/downloads/tutoriais/css/css2k80 912.pdf >. Acesso em 03 de Abril de 2013. DALL’OGLIO, Pablo. PHP: programando com orientação a objetos. 2ª Edição. São Paulo: Novatec, 2007. MARCONDES, Christian. Alfim, Html 4.0 Fundamental. São Paulo, Editora Érica, 2009. PRESSMAN, Roger S. Engenharia de Software. São Paulo: Makron Books, 1995. SILVA, Maurício Samy. JavaScript - Guia do programador. São Paulo: Novatec Editora, 2010. TAIT, Tania F. C.. Internet: do início secreto à explosão mundial. Jornal PET Informática, Maringá, 2007. WORLD WIDE WEB, Consórcio. Sobre a W3C. Disponível em <http://www.w3c.br/sobre/> Acesso em 05 de Abril de 2013.

×