• Notamos que no Apocalipse Deus, mostra
fatos que João pode ver e ouvir. Ao comunica
as visões; João disse: eu vi, eu olh...
 EVENTOS ESCATOLOGICOS
1ª AS SETENTA SEMANAS DE DANIEL- ISRAEL-VT-DN 9.24-27
2ª A MORTE E O ESTADO INTERMEDIÁRIO
3ª O QUE...
22ª As Sete Visões
13ª A Ressurreição dos Motos em Cristo
14ª O Encontro nos Ares
15ª O Tribunal de Cristo
16ª As bodas do...
AS SETENTA SEMANAS DE DANIEL
Afirma o Dr.A . J. McClain, que início da contagem
das semanas tem como base em Ne 2.1 “Suced...
Ascensão de Artaxerxes
Vigésimo ano de seu reinado 445 a.c
Calendário hebraico Mês de Nisã 1ª dia
Nosso calendário Dia 14 ...
A MORTE E O ESTARDO
INTERMEDIÁRIO
• É UM INIMIGO ( 1Co 15.26. Ap 21.4 ) . QUE ENTROU NO MUNDO ATRAVÉS DO
PECADO (Rm 5.12)....
Estado dos morto
• Antes da ressurreição de Cristo (Luc 16.19-31)
• Depois da ressurreição de Crista (Luc 23.43; Ef
4.8,9)...
O estado dos Ímpios falecidos
• Para os ímpios mortos não houve qualquer alteração quanto ao seu
estado. Continuam descend...
O CÉU
• O céu fica em cima (At 1.9; Ap 21.3,4;22.3-5;Pv
15.24)
• O céu é um lugar espaçoso (Ap 7.9 )
• O céu é um lugar in...
O INFERNO
• Jesus ensinou. Que há um lugar de castigo eterno para aqueles que
são condenados por rejeitarem a salvação. (M...
a) A vinda de Jesus se dará em duas
fases distintas:
1) primeira fase:
Jesus virá para a Igreja (1Ts 4.16-17)
Será uma sur...
O ARREBATAMENTO DA IGREJA
• Vivendo ainda a atmosfera da ascensão do Cristo, pensavam os
crentes primitivos que a parousia...
continuação
• O termo “arrebatamento” deriva da palavra raptus em
latim, que significa “arrebatado rapidamente e com força...
CONTINUAÇÃO
 Ao mesmo tempo em que ocorre a ressurreição dos mortos em
Cristo, os crentes vivos serão transformados; seus...
ASSIM VIRÁ JESUS
A vinda de Jesus está relacionada com os três grupos de povos em que
Deus mesmo divide a raça humana: jud...
SINAIS DA VINDA DE JESUS
A humanidade atual, em todas as camadas sociais, em todos os países, torno-se cada
vez mais indif...
• Ódio, traição e morte (Mt 24 9,10)
• O aumento da ciência (Dn 112.4); automóvel (Na 2.4);
avião (Sl 55.6; Is 60.8); o ho...
Mateus 24:5,24
5 - Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o
Cristo; e enganarão a muitos.
24 - Porque surgirão f...
Mateus 24:6
6 - E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não
vos assusteis, porque é mister que isso tudo aco...
Mateus 24:7
7 - Porquanto se levantará nação contra nação, e
reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e
terremotos, e...
Mateus 24:7
7 - Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra
reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, e...
Mateus 24:7
7 - Porquanto se levantará nação contra nação, e
reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e
terremotos, e...
Mateus 24:7
7 - Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra
reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, e...
Ódio, traição e morte (Mt 24 9,10)
 O aumento da ciência (Dn 12.4);
4 - E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do
tempo; muitos ...
Propagação do ocultismo e satanismo
II Coríntios 4:4
4 - nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos
incrédul...
Indiferentismo, tempos trabalhosos (2Tm 3.1,6;Jd18)
II Tessalonicenses 3:1-6
6 - Mandamos-vos, porém, irmãos, em nome de n...
Propósitos do Arrebatamento
Ele virá com finalidade definida;
• Levar sua Igreja para si (Jo 14.3; Ts 4.17) livrando-a ass...
A Ressurreição dos Mortos em Cristo
A ressurreição dos mortos, será seguida pela
transformação dos vivos, sendo estes, tod...
Há duas ressurreição
• A dos justos e a dos injustos, havendo um intervalo de
mil anos entre elas (Jo 5,28,29;Ap 20.5;Dn 1...
Encontramos na Bíblia Sagrada três grupos de ressurretos. Todos, mesmo em
condições distintas estão relacionados com a pri...
O Encontro nos Ares
• (1Ts 4.17c). Os santos que se encontram no Paraíso ressuscitarão
primeiro,e nós que estivermos vivos...
CONSIDERAÇÕES SOBRE O TRIBUNAL
 Será um julgamento dos crentes em Jesus Cristo (Ap 22.12;1Co 3.13-15);
 Ocorrerá logo ap...
NOSSAS VIDAS E OBRAS SUBMETIDAS
Á PROVA NO TIRBUNAL
• Nossa conduta cristão (2Co 5.10), nossos
passos são acompanhados pel...
MATERIAIS A SEREM JULGADOS.
• Ouro: Simboliza a glória de Deus, relaciona-se com as coisas celestiais,
divinas (Ap 3.18;Jó...
AS RECOMPENSAS DE CADA UM
• A coroa da vida (Tg 1.12; Ap 2.10), para os que foram
fiéis, mesmo nas horas difíceis, e não r...
AS BODAS DO CORDEIRO
• “Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe
glória porque vindas são as bodas do cordeiro, e
já a ...
CONSIDERAÇÕES SOBRE AS BODAS DO
CORDEIRO
• Será após o tribunal de Cristo;
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Eventos escatolottt

386 visualizações

Publicada em

no mundo totalmente esquecido.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
386
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eventos escatolottt

  1. 1. • Notamos que no Apocalipse Deus, mostra fatos que João pode ver e ouvir. Ao comunica as visões; João disse: eu vi, eu olhei, eu ouvir, 73 vezes pelo menos, Deus esta apresentando acontecimentos, países, movimentos religiosos e organizações, como no filme sinomatro-gráfIico. Para transmite idéias e sentimentos
  2. 2.  EVENTOS ESCATOLOGICOS 1ª AS SETENTA SEMANAS DE DANIEL- ISRAEL-VT-DN 9.24-27 2ª A MORTE E O ESTADO INTERMEDIÁRIO 3ª O QUE SERIA PURGATÓRIO 4ª INFERNO, GEENA, HADES, SEIO DE ABRAÃO E TÁRTARO 5ª ESTADO DOS MORTE 6ª O CÉU 7ª O INFERNO 8ª A VINDA DE JESUS 9ª O ARREBATAMENTO DA IGREJA 10ª ASSIM VIRÁ JESUS 11ª SINAIS DA VINADA DE JESUS 12ª PROPÓSITO DO ARREBATAMENTO
  3. 3. 22ª As Sete Visões 13ª A Ressurreição dos Motos em Cristo 14ª O Encontro nos Ares 15ª O Tribunal de Cristo 16ª As bodas do Cordeiro 17ª A Grande Tribulação 18ª O Anticristo 19ª A Trindade Satânica 20ª Visão panorâmica da Grande tribulação 21ª Os primeiros Sete Selos Abertos
  4. 4. AS SETENTA SEMANAS DE DANIEL Afirma o Dr.A . J. McClain, que início da contagem das semanas tem como base em Ne 2.1 “Sucedeu no mês de Nisã, no ano vigésimo do rei Artaxerxes”. GRUPOS DE SEMANAS SEMANA REFERÊCIAS BIBLÍCA PRIMEIRA 7 SEMANAS OU 49 ANOS Dn 9.25 SEGUNDA 62 SEMANAS OU 434 ANOS Dn 9.25,26 TERCEIRRO 1 SEMANA OU 7ANOS Dn 9.27 7+62+1= 70 49+434+7 = 490 ANOS
  5. 5. Ascensão de Artaxerxes Vigésimo ano de seu reinado 445 a.c Calendário hebraico Mês de Nisã 1ª dia Nosso calendário Dia 14 de março Conclusão 465 – 20 = 445 a.c
  6. 6. A MORTE E O ESTARDO INTERMEDIÁRIO • É UM INIMIGO ( 1Co 15.26. Ap 21.4 ) . QUE ENTROU NO MUNDO ATRAVÉS DO PECADO (Rm 5.12). A BÍ BLIA NOS REVELA TRÊS TIPOS DE MORTE: • Morte física .Separação entre o corpo, a alma e o espírito (Gn 3. 19; Jo 11-14; Luc 16.19-31); • Morte espiritual. Separação entre Deus, a alma e o espírito (Gn 2.17; 3.6,7; Ef 2.1) • Morte eterna. Também chamada segunda morte, sofrimento final do corpo novamente unido à alma e ao espírito, caso do pecador não regenerado, ficando completamente separado de Deus e dos redimidos por toda a eternidade (Ap 20.11-15; 21.8) • O Que Seria Purgatório ? • Geena , Sheol, Seio de Abraão e tártaro
  7. 7. Estado dos morto • Antes da ressurreição de Cristo (Luc 16.19-31) • Depois da ressurreição de Crista (Luc 23.43; Ef 4.8,9). • Ao ressuscitar, Jesus levou para o paraíso os crentes dos Antigo testamento que estavam no “Seio de Abraão” (Mt 27 .52,53). Portanto, hoje o estado dos justos é muito mais glorioso, todos os mortos em Cristo, estão no Paraíso, também chamado der terceiro céu (2Co 12.1-4). • O Estado dos Justos Falecidos • (2Co 12.1-4) • As almas dos mártires da Grande tribulação (Ap 6.9,10; 20.4). • (2Co 5.8) . Obra redentora do Senhor Jesus Cristo. • Estão com Deus (Ec 12.7: Hb 12.22,23); • Por ocasião da morte os crente entram no paraíso (2Co 12.4; Luc 23.42,43); • Os justos estão vivos e conscientes (Mt 22.32) • Estão em descanso (Ap 14.13).
  8. 8. O estado dos Ímpios falecidos • Para os ímpios mortos não houve qualquer alteração quanto ao seu estado. Continuam descendo ao Hades, o “império da Morte”, onde ficarão em sofrimento consciente até o juízo Final. Após o Milênio, onde serão julgados e condenados ao inferno eterno (Ap 20.13-15). Assim sendo, qualquer fantasma ou “alma do outro mundo” que porventura aparecer por aqui, é coisa diabólica, porque do Hades não sai ninguém. É uma prisão, cuja chave está nas mãos de Jesus (Ap 1.18). Alma de outro mundo não vem a terra, pois os salvos estão em Jesus e os perdidos que morreram estão encerrados para o grande dia do juízo do Grande Trono Branco. • Estão vivos e conscientes (Luc 16.23); • Estão separados de Deus (Luc 16.23); • Encontram-se em prisão (1Pe 3.19); • Estão debaixo da punição (2Pe 2.4,9)
  9. 9. O CÉU • O céu fica em cima (At 1.9; Ap 21.3,4;22.3-5;Pv 15.24) • O céu é um lugar espaçoso (Ap 7.9 ) • O céu é um lugar indescritível. • Deus habitará com os homens (Ap 21.3) • No céu não haverá qualquer dor (Ap 22.4) • Na verdade ainda não é manifestado o que adquiriremos no “Céu” e nem o que havemos de ser (1Co 13.12; Jo 13.7;1Jo 3.2)
  10. 10. O INFERNO • Jesus ensinou. Que há um lugar de castigo eterno para aqueles que são condenados por rejeitarem a salvação. (Mt 5.22,29,30;10.18;18.9;23.15,33;Mc 9.43,45,47;Luc 10.16;12.5).Trata-se da realidade do inferno, como lugar onde o fogo nunca se apaga (Mc 9.43); um local com fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos (Mt 13.42,50); onde os perdidos ficarão aprisionados nas trevas (22.13); lugar de tormento e angústia e de separação do céu (Lc16.23). • As epístolas ensinam.(2Ts 1.5-9) • De uma separação da glória do Senhor (2Ts 1.9) • Da destruição dos inimigos de Deus (Fp3.18,19;Rm 9.22; 1Co 16.22; Gl 1.9; Hb 10.27; Jd 7; 2Pe 2.4; Ap 14.10; 19.20; 20.10,14). • É inevitável o castigo dos malfeitores. • Um alerta. (Jo3.16),(Rm 1.16; 2.10)
  11. 11. a) A vinda de Jesus se dará em duas fases distintas: 1) primeira fase: Jesus virá para a Igreja (1Ts 4.16-17) Será uma surpresa, pois Jesus virá secretamente(Mt 24.39-41; 1Co 15.52;1Ts 5.2); como um acontecimento profético-histórico o arrebatamento tem como centro de atenção a Igreja triunfante que velando aguarda o Salvador. Segunda fase; Jesus virá para livra Israel (Zc1.17; Rm 11.25-29);Virá publicamente. Todo olho o verá (Ap 1.7).Tomará publicamente vingança contra os rebeldes (Ap 19.11-21); Estabelecerá o Trono de Davi (Is 9.6,7); Estabelecerá um governo teocrático(Sl 2.1-9; Dn 2.44,45).
  12. 12. O ARREBATAMENTO DA IGREJA • Vivendo ainda a atmosfera da ascensão do Cristo, pensavam os crentes primitivos que a parousia dar-se ia naquela geração. E eles não estavam de todo errados. Se o fim haveria de vir somente depois da proclamação universal da mensagem do Reino, então chegara o momento. Pois o Evangelho não necessitara mais que três décadas para alcançar os recanto mais distantes do Império Romanos. A Segunda Vinda de Jesus é um fato real: • Mencionado 1.847 vezes; só no Antigo testamento 1.527 e Novo testamento 318 vezes; • A promessa da Sua Vinda,A bendita esperança (Tt 2.13); • Jesus afirmou que voltaria (Jo 14.3;Mt 25.31; Ap 22.7,12,20); • Anjos afirmaram que Jesus voltará (At 1.10,11); • Os escritores sacros afirmaram (Hb 9.27,28).
  13. 13. continuação • O termo “arrebatamento” deriva da palavra raptus em latim, que significa “arrebatado rapidamente e com força”. O termo latino raptus equivale a harpazo em grego, traduzido por”arrebatamento “ em 1 tessalonicenses 4.17. Esse evento, descrito aqui e em 1Co 13, refere-se á ocasião em a Igreja do Senhor será arrebatada da terra para encontrar-se com Ele nos ares.O arrebatamento abrange apenas os salvos em Cristo. • No arrebatamento, ao descer Cristo do céu para busca Sua igreja, ocorrerá a ressurreição dos “que morreram em Cristo” (1Ts 4.16). Não se trata da mesma ressurreição referida em Apocalipse 20.4, que somente ocorrerá depois de Cristo voltar a terra, julgar os ímpios e prender satanás (Ap 19.11;20.3)
  14. 14. CONTINUAÇÃO  Ao mesmo tempo em que ocorre a ressurreição dos mortos em Cristo, os crentes vivos serão transformados; seus corpos se revestirão de imortalidade (1Co 15.51-53). Isso acontecerá num instante, “num abrir e fechar de olhos” (1Co 15.52)(7 décimos de segundo)  Estarão unidos com Cristo (1Ts 4.16,17)  Levado à casa do Pai, no céu(Jo 14.2,3; 1Ts4.13-18).  Estarão livre de todas aflições (2Co5.2,4;Fp 3.21), de toda perseguição e opressão (Ap 3.10). De todo domínio do pecado e da morte (1Co 15.51-56); o arrebatamento os livros da “ira futura” (1Ts 1.10;5.10) ou seja: da Grande tribulação.  Após o arrebatamento,virá o Dia do Senhor, um tempo de sofrimento e ira sobre os ímpios (1Ts 5.2-10).Seguir-se-á a segunda fase da vinda de Cristo, quando , Ele virá para julgar os ímpios e reinar sobre a terra (Mt 24. 42,44)
  15. 15. ASSIM VIRÁ JESUS A vinda de Jesus está relacionada com os três grupos de povos em que Deus mesmo divide a raça humana: judeus – Israel , gentios e a Igreja de Deus (1Co 10.32) 1) primeira: para a Igreja. • Jesus virá como seu noivo a fim de levá–la para si, para a glória celestial (Mt 25.1-13; Jo 14.3) 2) Segunda: para Israel. • Jesus virá como seu Messias e libertador a pós prová-la e expurgá- lo, mediante a Grande Tribulação (Rm 11.26; Mt 23.39; 26.64) 3) Terceira: para os gentios. • São as nações em geral. Jesus virá como Rei dos reis, e Senhor dos Senhores e juiz, para julgá-las e após reinar sobre elas com vara de ferro, isto é, com justiça e paz (Mt 25.)31-36; Sl 96.13; Ap 19.11-15; 20.1-4
  16. 16. SINAIS DA VINDA DE JESUS A humanidade atual, em todas as camadas sociais, em todos os países, torno-se cada vez mais indiferente a Deus, à sua Palavra, e tudo o mais que lhe diz respeito, isto precede a vinda de Jesus,conforme ele fez ciente em Lucas (18.8b; 17.26-30) A vinda de Jesus será procedida de sinais já preditos na Bíblia como: • Falsos Cristo (Mt 24.5); • Guerras e rumores de guerras(Mt 24.6); • Nação contra nação (MAT 24.7); • Fome (Mt 24.7). Exemplos: Índia, Etiópia, Angola e outros. • Pestes (Mt 24.7). Atualmente podemos destacar: o câncer,enfermidades psicossomáticas, praga bubônica, AIDS, dengue, HNUM, e algumas mais; • Terremotos(Mt 24.7). Um bom exemplo é o grande e terrível maremoto que provocou a morte de quase 300.000 (trezentas mil ) pessoas em vários países do sudeste asiático em dezembro de 2004;
  17. 17. • Ódio, traição e morte (Mt 24 9,10) • O aumento da ciência (Dn 112.4); automóvel (Na 2.4); avião (Sl 55.6; Is 60.8); o homem na lua (Jr 51.53; Ob 4); • Propagação do ocultismo e satanismo (2Co 4.4; 1Tm 4.1); • Indiferentismo, tempos trabalhosos (2Tm 3.1,6;Jd18) • O derramamento do Espírito Santo (Jl 2.28,29; At 2.1-18); • A Igreja morna (Ap 3.15,16); • Restauração de Israel como nação (Is 66.8; Ez 36.33,35; Mt 24. 32,33); • Apostasia (Mt 24.11;2Ts 2.3; 2Tm 4.3; Jd 4) • Tempo abreviado ou dias que passa mais rápido (Mt 24.22)
  18. 18. Mateus 24:5,24 5 - Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. 24 - Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.
  19. 19. Mateus 24:6 6 - E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.
  20. 20. Mateus 24:7 7 - Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.
  21. 21. Mateus 24:7 7 - Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Exemplos: Índia, Etiópia, Angola e outros.
  22. 22. Mateus 24:7 7 - Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Atualmente podemos destacar: o câncer,enfermidades psicossomáticas, praga bubônica, AIDS, dengue, HNUM, e algumas mais;
  23. 23. Mateus 24:7 7 - Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Um bom exemplo é o grande e terrível maremoto que provocou a morte de quase 300.000 (trezentas mil ) pessoas em vários países do sudeste asiático em dezembro de 2004;
  24. 24. Ódio, traição e morte (Mt 24 9,10)
  25. 25.  O aumento da ciência (Dn 12.4); 4 - E tu, Daniel, encerra estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e o conhecimento se multiplicará.  automóvel (Na 2.4); 4 - Os carros correrão furiosamente nas ruas, colidirão um contra o outro nos largos caminhos; o seu aspecto será como o de tochas, correrão como relâmpagos.  avião (Sl 55.6) 6 - Assim eu disse: Oh! quem me dera asas como de pomba! Então voaria, e estaria em descanso. Isaías 60:8 8 - Quem são estes que vêm voando como nuvens, e como pombas às suas janelas? o homem na lua (Jr 51.53; Ob 4); 4 - Se te elevares como águia, e puseres o teu ninho entre as estrelas, dali te derrubarei, diz o SENHOR.
  26. 26. Propagação do ocultismo e satanismo II Coríntios 4:4 4 - nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus I Timóteo 4:1 1 - MAS o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios;
  27. 27. Indiferentismo, tempos trabalhosos (2Tm 3.1,6;Jd18) II Tessalonicenses 3:1-6 6 - Mandamos-vos, porém, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo o irmão que anda desordenadamente, e não segundo a tradição que de nós recebeu. Judas 1:18 18 - Os quais vos diziam que nos últimos tempos haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências. II Timóteo 3:1-6 1 - SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. 2 - Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, 3 - Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, 4 - Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, 5 - Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te. 6 - Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;
  28. 28. Propósitos do Arrebatamento Ele virá com finalidade definida; • Levar sua Igreja para si (Jo 14.3; Ts 4.17) livrando-a assim da Grande Tribulação(1Ts 1.10; Ap 3.10;7.14; 12.1 Jr 30.7,8; Jl 2.11,21,32); • Consumar a salvação do crente (1Pe 1.5;Rm 13.11; 8.7,8,3); • Glorificar os seus (Cl 3.4; Rm 8.16-18); • Julgar e recompensar a todos (Mt 13.30,40,43;16.27;2Co 5.10;Ap 22.12). A recompensa do crente terá por base sua fidelidade ao Senhor (Mt 25.14,35); • Promover o casamento entre o Cordeiro e sua Noiva (Ap 19.7).
  29. 29. A Ressurreição dos Mortos em Cristo A ressurreição dos mortos, será seguida pela transformação dos vivos, sendo estes, todos santos do Senhor. Tudo será secreto, e num instante(1Co 15.52), pelo seu poder (1Co 6.14). O arrebatamento da Igreja será precedido pelo soar, no céu, do brado de Jesus, a voz do arcanjo de Deus. Será o suave soar dessa orquestra celeste que propiciará a ressurreição dos mortos em Cristo. Quanto a isto, escreveu o apóstolo Paulo; (1Ts 4.14-16).
  30. 30. Há duas ressurreição • A dos justos e a dos injustos, havendo um intervalo de mil anos entre elas (Jo 5,28,29;Ap 20.5;Dn 12.2). A expressão “ressurreição dentre os mortos” em Lucas 20.35 e Filipenses 3.11, implica numa ressurreição em que somente os justos participarão. • A ressurreição dos justos é o corruptível revestido de incorruptibilidade.É o mortal se revestindo da imortalidade. Dar-se-á de forma gloriosa. • Os santos que descansam em Cristo no Paraíso ressuscitarão no momento do arrebatamento da Igreja(1Ts 4.14-17 ). São todos os santos desde o tempo de Adão.
  31. 31. Encontramos na Bíblia Sagrada três grupos de ressurretos. Todos, mesmo em condições distintas estão relacionados com a primeira ressurreição: 1) As primícias da primeira ressurreição • Composto por Cristo e os santos que ressuscitaram após sua morte na cruz do calvário (1Co 15-20-23;Mt 27.53; Cl 1.18). A Festa das primícias movida perante o Senhor, são os primeiros frutos da colheita que se avizinhava. Graças a Deus que a ressurreição dos fiéis já começou! Cristo – as Primícias da Ressurreição – já ressuscitou! (Mt 27.52,53), foi o cumprimento da profecia típica de Levítico 23.10,12, referente à ressurreição de Jesus. 2) A colheita geral da ressurreição: • Composta por todos os santos que haverão de ressuscitar no momento do arrebatamento da Igreja(1Ts 4.16). 3) Os rabiscos da colheita: • É composto pelos gentios e judeus salvos e martirizados durante a grande tribulação, os quais (com o grupo anterior ) ressuscitarão à revelação de Cristo, logo antes do Milênio (Ap 6.9-11; 7.9-14;15.2 20.4 – Compare com Lv 23.22; Rt115-17) Quanto a segunda ressurreição, ela abrange todos os ímpios mortos, e ocorrerá ao findar o milênio (Ap 20.5,6:Jo 5.28,29: Dn 12,2). A palavra ressurreição implica em ressurreição num corpo glorioso em vários sentidos (1Co15), e os ímpios, num corpo ignominioso, em que sofrerão pela eternidade (Mt 19.28)
  32. 32. O Encontro nos Ares • (1Ts 4.17c). Os santos que se encontram no Paraíso ressuscitarão primeiro,e nós que estivermos vivos seremos transformados, num abrir e fechar de olhos (1Co 15.52). • O Tribunal de Cristo • “Porque todos devem comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal” (1Co 5.10). • O tribunal de Cristo nada tem a ver com o Grande Trono Branco, que ocorrerá após a segunda ressurreição, mas sim com todos os fiéis de todas as épocas, em que receberão as recompensas pelos trabalhos prestados ao Senhor da seara (Is 40.10;Ap 22.12) • O crente foi julgado como pecador através da pessoa de Cristo, como o Cordeiro de Deus sacrificado em seu lugar. Foi julgado como filho de Deus durante a sua vida. Agora no tribunal de Cristo, será julgado como servo, isto é, quanto ao serviço prestado a Deus e seu testemunho.
  33. 33. CONSIDERAÇÕES SOBRE O TRIBUNAL  Será um julgamento dos crentes em Jesus Cristo (Ap 22.12;1Co 3.13-15);  Ocorrerá logo após o arrebatamento da Igreja (2Tm4.8;1Pe5.4);  O juiz será o Senhor Jesus Cristo(2Tm 4.7,8;Jo 5.22;2Co5.10)  O instrumento de juízo será o fogo (Ap 1.14); o juízo pelo fogo mostra a grande seriedade do tribunal de Cristo, e nos revela a ação disciplinadora de Deus sobre nossos atos;  A base do julgamento será a fidelidade dos crentes (1Co4.2;Ef 1.1;Mt 24.45)  O tribunal de Cristo terá lugar nas regiões celestiais (1Ts 4.17). Paulo ao escrever, usou a expressão grega, “Bema” que originalmente quer dizer “uma plataforma elevada, ao ar livre, com acesso por meio de degraus “. O termo técnico conhecido pelos leitores a quem o apóstolo falava era empregado com revelação aos jogos olímpicos, quando o juiz recebia na plataforma o vencedor da justiça atlética e lhe entrega como recompensa uma coroa de Glória  O seu propósito é galardoar os servos que foram achados fiéis (Ap 22.12;Mt 25.21).
  34. 34. NOSSAS VIDAS E OBRAS SUBMETIDAS Á PROVA NO TIRBUNAL • Nossa conduta cristão (2Co 5.10), nossos passos são acompanhados pelo olhar onisciente do Senhor (Sl 139.1-3) • Nossas obras (Rm 14.10); • O tratamento dispensado aos irmãos (Tg 5.4;Mt 18.23-25; Rm 14.10) • A evangelização (2Co5.11 a; Ez 33.8); • Pastores (Hb 13.17).
  35. 35. MATERIAIS A SEREM JULGADOS. • Ouro: Simboliza a glória de Deus, relaciona-se com as coisas celestiais, divinas (Ap 3.18;Jó 22.23-25); • Prata: Símbolo de redenção, e tudo que se relaciona com sacrifício e resgate – A redenção de Cristo (Êx 30.11-16; 1Co 1.23); • Pedras preciosas: Simboliza tudo que se faz através do Espírito Santo (Fp 3.3; Cl 1.29;Rm 15.18-20; Ez 16.11-14;Gn 24.53; 1Co 12.4-6); Os materiais que resistem ao teste de fogo ilustram a Trindade Divina: ouro (Deus), prata (Cristo), e pedras preciosas (Espírito Santo). • Madeira: Representa a natureza humana (1Co3.3; Gl 6.8; Lc 6.33,34); • Feno: Representa aquilo que é seco, sem renovação (Jr 23.28; Is 15-16); • Palha: Representa a ausência de estabilidade (Ef 4.14) e servidão (Êx 5.7). A palha também não tem sabor, isto fala de crentes que não alcançam expressão no trabalho cristão.
  36. 36. AS RECOMPENSAS DE CADA UM • A coroa da vida (Tg 1.12; Ap 2.10), para os que foram fiéis, mesmo nas horas difíceis, e não recuaram em face da morte; • A coroa da glória (1Pe 5.4; 2Tm 4.8; 1Co 9.24,25) para os que agiram com humildade e submissão; • A coroa da justiça (2Tm 4.8), para aqueles que ansiosamente aguardavam a vinda de Cristo; • A coroa da alegria (1Ts 2.19,20; Fp 4.1),para os ganhadores de almas; • A coroa incorruptível (1Co 9.25-27), para aqueles que venceram a própria carne, sujeitando-se a Deus
  37. 37. AS BODAS DO CORDEIRO • “Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória porque vindas são as bodas do cordeiro, e já a sua esposa se aprontou”(Ap 19.7). • A Bíblia tem início com o casamento de Adão e Eva (Gn 2.18) e termina com o casamento de Cristo (o segundo Adão) e a noiva (igreja). • Após termos recebidos a salvação pela fé, no sangue de Cordeiro, e os galardões pela fidelidade e trabalhos prestados a Deus, entraremos nas bodas do cordeiro para a grande festa.
  38. 38. CONSIDERAÇÕES SOBRE AS BODAS DO CORDEIRO • Será após o tribunal de Cristo;

×