 Nome: Mina do Lousal
 Localização: na freguesia de Azinheira dos Barros
e São Mamede do Sádão, concelho de Grândola,
di...
 A mina do Lousal localizada na região Sudoeste
da FPI (faixa piritosa ibérica) inclui-se na Zona Sul
Portuguesa (ZSP), u...
Mapa geológico e
minério
simplificado da
Mina do Lousal
 Durante a década de 1940 a aquisição das "Mines et
Industrie" e da "Minas da Caveira" por Antoine Velge,
presidente da S...
 Em 1988, foi encerrada a extracção no Lousal.
 Com o encerramento da mina a aldeia entra em
decadência até que, no iníc...
 Prevê-se as seguintes atividades para a recuperação
da antiga área mineira do Lousal:
 Selagem de poços e galerias;
 C...
Mina do Lousal
Mina do Lousal
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mina do Lousal

577 visualizações

Publicada em

Apresentação da mina do Lousal

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
577
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mina do Lousal

  1. 1.  Nome: Mina do Lousal  Localização: na freguesia de Azinheira dos Barros e São Mamede do Sádão, concelho de Grândola, distrito de Setúbal.  Início da exploração: 1900  Fim da exploração: 1988  Durante a década de 60 e início dos anos 70, a produção anual foi de 230 000 a 250 000 toneladas.
  2. 2.  A mina do Lousal localizada na região Sudoeste da FPI (faixa piritosa ibérica) inclui-se na Zona Sul Portuguesa (ZSP), uma das unidades geotectónicas principais do Orógeno Varisco.  Mineral explorado: Pirite  A pirite é um mineral de cor amarela latão, de brilho metálico.
  3. 3. Mapa geológico e minério simplificado da Mina do Lousal
  4. 4.  Durante a década de 1940 a aquisição das "Mines et Industrie" e da "Minas da Caveira" por Antoine Velge, presidente da SAPEC de Setúbal, empresa de fabricação da adubos químicos, conduziu ao incremento dos trabalhos mineiros.  É durante os anos 1950, sob a direcção de Frédéric Velge e Günter Strauss que esta mina de pirite se vai tornar numa das mais modernas de Portugal.
  5. 5.  Em 1988, foi encerrada a extracção no Lousal.  Com o encerramento da mina a aldeia entra em decadência até que, no início dos anos noventa, a Câmara Municipal de Grândola e a Fundação Frédéric Velge iniciam um programa de revitalização do Lousal (RELOUSAL).  O programa tem por base a criação de uma nova espacialização territorial assente no turismo cultural, com reforço da identidade mineira, destacando-se o Museu Mineiro do Lousal e o Centro Ciência Viva do Lousal. Museu Mineiro do Lousal Centro Ciência Viva do Lousal
  6. 6.  Prevê-se as seguintes atividades para a recuperação da antiga área mineira do Lousal:  Selagem de poços e galerias;  Canal de lixiviados e de arejamento;  Barragens de evapotranspiração;  Vedações e sinalização de segurança;  Construção de pantanais e canais de arejamento;  Vedações e sinalização dos pantanais;  Construção de pantanais de ribeira;  Revegetação;  Plano de vigilância, controlo e monitorização.

×