35 41

242 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
242
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

35 41

  1. 1. www.portaldecoracao.com.br |35Casa&Deco 50 10.indd 35 23/9/2011 17:35:03
  2. 2. Morar só TEXTO FERNANDA EMMERICK FOTOS SIDNEY DOLL ARTE BETH NITO 36|Casa&Deco 50 10.indd 36 23/9/2011 17:35:10
  3. 3. É possível ser feliz sozinho Chegar e ter a casa inteira só para você é bom demais! Dá para fazer barulho, mudar a cor da parede ou mesmo decorá-la com lembranças da sua vida. Conheça a morada de quem optou por viver as alegrias de ter todos os cômodos à disposição só para si Antes só do que mal acomodado. de quem vive só e muito bem. Casa & A adaptação ao ditado popular apenas Decoração encontrou dois projetos resume o quanto morar sozinho pode bem peculiares que refletem o estilo de ser sinônimo de independência e pra- quem habita cada cantinho e imprimiu ticidade. Mas, antes de tudo, saiba que ali suas histórias e seus porquês. A gra- o conforto deve ser aliado à eficiência ça está em deixar tudo “a sua cara”, e é dos espaços, podendo ainda privilegiar nesse momento que as cores, as peças, o design (caso você seja fã de peças os acabamentos e os materiais usados diferentes) e o apelo pessoal, que ca- se destacam de acordo com a definição racterizam o charme daquele ambiente e a vontade do home alone. www.portaldecoracao.com.br |37Casa&Deco 50 10.indd 37 23/9/2011 17:35:13
  4. 4. Morar só | É POSSÍVEL SER FELIZ SOZINHO Estilo singular Muita cor, classe e um bom gosto irrepreensível. São esses os ingredientes que de- ram origem ao projeto de Toninho Noronha, feito para um rapaz que adora liberdade, espaços disponíveis e a possibilidade de tudo se transformar em decoração. Trata-se de um apartamento de 370 m², cujo dono é um empresário carioca recém-chegado a São Paulo. Solteiro, ele alugou o espaçoso imóvel e solicitou que não fossem feitas muitas intervenções na planta e nos acabamentos. Esse, então, foi o maior desafio para Toninho: fazer com que aquele lar antigo e tradicional ficasse com um ar jovial e descolado. Com isso, o corredor que liga o escritório à sala, por exemplo, foi tomado por uma mesa branca acompanhada de bancos desenhados pelo próprio Toninho Noronha.“Transformar o retorno de circulação em sala de jantar foi a solução en- Para chegar ao segundo andar, é impossí- vel não reparar na bicicleta vintage – lembrança de uma temporada em Lon- dres – a qual se contrapõe à proposta atual da obra de Cláudio Tozzi e ao banco em forma de caveira. Esse hall de entrada faz jus à intenção de modernidade e refinamento requisitada pelo empresário 38|Casa&Deco 50 10.indd 38 23/9/2011 17:35:21
  5. 5. “ O resultado foi tão positivo que o morador estuda a possibilidade de comprar o imóvel. Se acontecer, podere- mos reformar outros ambientes da casa, como a cozinha e os banheiros, e deixar tudo com a cara dele.” Toninho Noronha, arquiteto www.portaldecoracao.com.br |39Casa&Deco 50 10.indd 39 23/9/2011 17:35:24
  6. 6. Morar só | É POSSÍVEL SER FELIZ SOZINHO A mesa serve como palco de um espirituoso bulldog vestido de Homem-Aranha, da artista Evelyn Tannus, que harmoniza com os quadros grafitados de Highraff e a cadeira de cores complementares. Ainda no corredor, chega-se à chaise Oscar Niemeyer, ao lado da obra Ejé, de Wagner Pinto, e da char- mosa mesa branca, de Silvio Romero. Ponto ideal para um olhar mais amplo sobre o surpreendente living, muito iluminado e extenso. Ao seu redor, as amplas janelas proporcionam a vista para a área externa do imóvel e, também, do bairro, sem falar na luz natural bela e inebriante contrada para ganhar metragem no living”, conta Renato Tudo foi decorado com um contraste que vai do con- Andrade, arquiteto colaborador no projeto. Mesmo entre temporâneo ao retrô. O piso, que era de tábuas de madei- tantos detalhes, a parede não passa despercebida. Toni- ra em cor natural, foi raspado, polido e escurecido no tom nho sugeriu que fosse feita uma pintura especial, com de preto, o que contribuiu para que o lugar ficasse ainda stucco veneziano na cor cinza, já que, além do forro de mais elegante e diferente. O tapete persa, o qual recebeu gesso, seria um dos poucos itens de reforma. Ela ficou tratamento especial para ganhar um aspecto mais antigo, com um aspecto de cimento queimado e agregou mais é fruto do interesse do jovem por mesclar tendências e personalidade ao local. artigos clássicos. 40|Casa&Deco 50 10.indd 40 23/9/2011 17:35:31
  7. 7. No home theater, o ponto forte começa pelo telão eletrônico acoplado ao móvel de laca branca, parte de um aconchegante local para entretenimento e diversão, que abriga cadeiras Charles Eames, o colorido das minimesas laterais, um tapete in- diano artesanal e modernas gravuras compradas pelo proprietário em Nova York. São peças que combinam com o propósito de conforto e tecnologia www.portaldecoracao.com.br |41Casa&Deco 50 10.indd 41 23/9/2011 17:35:37

×