Dissertaçao

1.993 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.993
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dissertaçao

  1. 1. Numere os períodos na ordem em que formem um texto coeso e coerente, e marque o itemcorrespondente.( ) Essa invenção permitiu o sofisticado gosto dos reis franceses de colecionar livros, e amesma revolução que os degolou foi responsável por abrir suas coleções ao povo.( ) Há cerca de 2.300 anos, os homens encontraram uma maneira peculiar de guardar oconhecimento escrito juntando-o num mesmo espaço. A biblioteca foi uma entre outras dasbrilhantes ideias dos gregos, que permanecem até hoje.( ) Apesar da resistência da Igreja, a informação começou a girar mais rápido com a invençãoda imprensa de Gutemberg.( ) Assim, as bibliotecas passaram a ser "serviço de todos", como está escrito nos anais damaior biblioteca do mundo, a do Congresso, em Washington, que tem 85 milhões dedocumentos em 400 idiomas diferentes.( ) Depois deles, a Idade Média trancou nos mosteiros os escritos da antigüidade clássica e osmonges copistas passavam o tempo produzindo obras de arte.a) 1, 3, 5, 2, 4.b) 3, 2, 4, 5, 1.c) 2, 3, 5, 4, 1.d) 4, 1, 3, 5, 2.e) 5, 4, 1, 3, 2.Exercício 1: (UDESC 2008)Identifique a ordem em que os períodos devem aparecer, para que constituam um texto coesoe coerente. (Texto de Marcelo Marthe: Tatuagem com bobagem. Veja, 05 mar. 2008, p. 86.)I – Elas não são mais feitas em locais precários, e sim em grandes estúdios onde há cuidadocom a higiene.II – As técnicas se refinaram: há mais cores disponíveis, os pigmentos são de melhor qualidadee ferramentas como o laser tornaram bem mais simples apagar uma tatuagem que já não sequer mais.III – Vão longe, enfim, os tempos em que o conceito de tatuagem se resumia à velha âncora demarinheiro.IV – Nos últimos dez ou quinze anos, fazer uma tatuagem deixou de ser símbolo de rebeldia deum estilo de vida marginal .Assinale a alternativa que contém a seqüência correta, em que os períodos devem aparecer. a) II,I,III,IV b) IV,II,III,I c) IV,I,II,III d) III,I,IV,II e) I,III,II,IV
  2. 2. Exercício 2: (FCC 2007)O emprego do elemento sublinhado compromete a coerência da frase: Cada época tem os adolescentes que merece, pois estes são influenciadosA) pelos valores socialmente dominantes. Os jovens perderam a capacidade de sonhar alto, por conseguinte algunsB) ainda resistem ao pragmatismo moderno. * Nos tempos modernos, sonhar faz muita falta ao adolescente, bem comoC) alimentar a confiança em sua própria capacidade criativa. A menos que se mudem alguns paradigmas culturais, as gerações seguintesD) serão tão conformistas quanto a atual. Há quem fique desanimado com os jovens de hoje, porquanto parece faltar-E) lhes a capacidade de sonhar mais alto.Exercício 3: (ACAFE 2009)Assinale a frase correta quanto às normas gramaticais do português padrão, à coesãotextual e à coerência. Em Florianópolis, os salários são, em média, 50% menores do que os deA) Brasília, mas, apesar do custo de vida ser menor. O Chico Oliveira foi o único namorado que tive; eu conheci ele através daB) internet e logo fiquei locamente apaixonada.
  3. 3. “O Estatuto da Cidade avançou com relação à CF, ao prever aC) obrigatoriedade do Plano Diretor não-só para cidades com mais de vinte mil habitantes (art. 182, parágrafo 2º), como também em outras hipóteses [...]” O MPE encaminhou um oficio à Secretaria Municipal de Meio Ambiente eD) Desenvolvimento Urbano solicitando informações sobre estágio que está o projeto e a execução do projeto, se foram feitos EIA/RIMA, EIV e GDU da obra e se esta possui Licença Ambiental de Operação e se foi realizada audiência pública para esclarecer à população sobre a obra. A taxa de desemprego subiu para 9,4% em maio, a maior desde 1983, mas aE) perda de postos de trabalho ficou em 345 mil, bem inferior ao esperado, de 520 mil vagas*Exercício 4: (UFPR 2010)Entrou em vigor a lei que converte em presunção de paternidade a recusa dos homensem fazer teste de DNA.Assinale a alternativa cujo texto pode ser concluído coerentemente com essa afirmação. Sara Mendes deu início a um processo na justiça, para que Tiago CostaA) assuma a paternidade de seu filho Cássio. Tiago não fez o exame de DNA, mas assume como muito provável ser ele o pai do menino. Cássio alega que o exame não é conclusivo, pois entrou em vigor a lei que converte em presunção de paternidade a recusa dos homens em fazer teste de DNA. Adriano é um rapaz muito presunçoso e não admite que lhe cobrem nada. AB) namorada lhe pediu um exame de DNA, para esclarecer a paternidade de Amanda, sua filha. Adriano disse que não faria o exame. A namorada disse que toda essa presunção serviria para o juiz atestar a paternidade, pois entrou em vigor a lei que converte em presunção de paternidade a recusa dos homens em fazer teste de DNA. Carlos de Almeida responde processo na justiça por não querer reconhecerC) como seu o filho de Diana Santos, sua exnamorada. Carlos se recusou a fazer o exame de DNA, o que permite ao juiz lavrar a sentença que o indica como pai da criança, porque entrou em vigor a lei que converte em presunção de paternidade a recusa dos homens em fazer teste de DNA. * Alessandro presume que Caio seja seu filho. Sugeriu a Telma um exame deD) DNA. Telma disse não ser necessário, pois entrou em vigor a lei que converte em presunção de paternidade a recusa dos homens em fazer teste de DNA. Mário e Felipe são primos. Mário é extremamente vaidoso, pretensioso.E) Felipe é um rapaz calmo e muito simples. Os dois namoraram Teresa na mesma época. Teresa teve uma filha e entrou na justiça para exigir dos dois
  4. 4. primos um exame de DNA. O juiz disse que não era necessário, pois entrou em vigor a lei que converte em presunção de paternidade a recusa dos homens em fazer teste de DNA.Exercício 5: (UFPR 2010)Considere as seguintes sentenças. 1. Ainda que os salários estejam cada vez mais defasados, o aumento de preços diminui consideravelmente seu poder de compras. 2. O Governo resolveu não se comprometer com nenhuma das facções formadas no congresso. Desse modo, todos ficarão à vontade para negociar as possíveis saídas. 3. Embora o Brasil possua muito solo fértil com vocação para o plantio, isso conseguiu atenuar rapidamente o problema da fome. 4. Choveu muito no inverno deste ano. Entretanto, novos projetos de irrigação foram necessários.As expressões grifadas NÃO estabelecem as relações de significado adequadas, criandoproblemas de coerência, em:A) 2 apenas.B) 1 e 3 apenas. *C) 1 e 4 apenas.D) 2, 3 e 4 apenas.E) 2 e 4 apenas.
  5. 5. Redação passo a passo:Tema:É o assunto sobre o qual se escreve, ou seja: a idéia que será defendida ao longo da dissertaçãoTítulo: É uma expressão, geralmente curta e sem verbo, colocada antes da dissertação. Se não houververbo no título, não se usa ponto final. Não se deve pular linha depois do título. A colocação de letrasmaiúsculas em todas as palavras, menos artigos, preposições e conjunções, é facultativa. O título éimportante para uma boa redação. Mas é também perigoso, pois o vestibulando corre o risco de dar umtítulo que não tenha relação com o assunto do texto. Alguns professores aconselham os estudantes atitular uma redação apenas quando o vestibular o exigirIntrodução: A introdução é a informação do assunto sobre o qual a dissertação tratará. O parágrafointrodutório (apenas um) é fundamental. Precisa ser bem claro e chamar a atenção para os tópicos maisimportantes do desenvolvimentoDesenvolvimento: O desenvolvimento é a redação propriamente dita. No desenvolvimento, o alunodeverá discutir os argumentos apresentados na introdução. Em cada parágrafo, escreve-se sobre um, esomente um, argumentoConclusão: A conclusão deve ser objetiva, conter apenas 01 parágrafo e deve retomar à idéia principal,desenvolvida no texto, de forma clara e convincente. Deve conter a síntese de tudo o que foi apresentadono texto, e não somente em relação às idéias apresentadas no último parágrafo do desenvolvimento. Nãoé aconselhável acrescentar novas idéias no parágrafo de conclusão, uma vez que não vai haveroportunidade de explicá-lasOutras dicas para redigir um bom texto:1) Leia atentamente o tema e o interprete, elaborando perguntas sobre o tema2) Delimite a idéia apresentada pelo tema3) Em uma dissertação, nada é proibido, nada é obrigatório, e tudo depende do bom senso4) Evite repetições de sons, de palavras e de idéias: palavras terminadas em ção, são, ssão, dade, menteprovocam eco na sua redação. A repetição de palavras denota vocabulário escasso. A repetição de idéiasdemonstra falta de cultura, de conhecimento geral. Em vez de substituir as repetições por sinônimos,reestruture o período, pois a idéia continuará sendo repetida5) Evite o exagero de conectivos (conjunções e pronomes relativos): é importante evitar repetição e nãoconstruir períodos longos6) Não generalize; seja específico: utilize argumentos concretos, fatos importantes. Uma redação cheia degeneralizações demonstra a falta de cultura de seu autor, a falta de conhecimentos gerais, a falta decontato com a realidade atual. Para evitar esse problema, leia bastante; leia jornais, revistas, livros;assista a programas de reportagens, a filmes; interesse-se pela cultura; alimente sua inteligência7) Não faça afirmações levianas. Exemplo: todo político é corrupto... Não é bom escrever o que não podeser provado8) Estruture adequadamente os períodos: períodos mal-estruturados demonstram falta de conhecimentoda língua9) Observe a pontuação10) Não use expressões vulgares: por ser um trabalho técnico, não há espaço para vulgaridades11) Não use linguagem figurada: todas as palavras da dissertação devem ser usadas em seu sentidoexato12) Se for usar título, faça-o por meio de expressão curta: alguns concursos vestibulares exigem título nadissertação. Se for o caso, use poucas palavras e só coloque ponto final, se usar verbo13) Cuidado com usos de conjunções14) Não deixe os parágrafos soltos: há de haver ligação entre eles. A ausência de elementos coesivosentre orações, períodos e parágrafos é erro grave15) Não use as primeiras pessoas dos tempos verbais (eu, nós etc)16) Não use palavras estrangeiras nem gírias17) Não construa frases com duplo sentido18) Preste atenção nas concordâncias verbal e nominalOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOA nota dada à redação deve obedecer aos seguintes critérios:- adequação ao tema. A banca examinadora avalia se o vestibulando entendeu o tema proposto e redigiuum texto adequado a ele. "Fugir do assunto", como se diz na gíria estudantil, implica "nota zero";- coerência no desenvolvimento do tema. As idéias contidas no texto devem estar interligadas de maneiralógica. O vestibulando não pode propor uma opinião no início do texto e desmenti-la no final;- norma culta. O candidato a uma vaga nas faculdades e universidades precisa usar a língua portuguesade maneira adequada, estruturas sintáticas (regência verbal e concordância) corretas e termossemanticamente precisos; portanto, não se deve usar uma palavra cujo sentido real você não conhece.Norma culta não quer dizer termos sofisticados, mas palavras simples e precisas no contexto dadissertação. Não pense que preciosismos (palavras complicadas) valorizam sua redação; pelo contrário,são ridículos. Em síntese, o vestibulando deve usar termos correntes com significados adequados;- criatividade. É claro que uma abordagem original do tema valoriza seu texto. Mas, o vestibulando deve
  6. 6. ter cuidado em não confundir criatividade com idéias esdrúxulas. Na gíria estudantil, não "viaje".Lembre-se:Ninguém pode exigir que você escreva bem, pois isto pressupõe talento; as faculdades querem que seescreva certo.Meia dúzia de perigos (evitáveis) no seu caminho para uma boa RedaçãoÉ longo o caminho para se escrever bem, mas há um conjunto de regrinhas simples que ajudam a errarmenos nessa importante atividade do vestibular.Vejamos algumas das coisas que você pode evitar.1. "Não sei bem o que dizer da especialização precoce dos jovens, mas a eliminação do juvenil doCorinthians foi também muito precoce no campeonato!"Está aí um bom exemplo de bola fora. Comece sua Redação lendo com atenção todos os elementos queo examinador apresentou para você utilizar. Procure ver se realmente entendeu o que se pede. Pensenum caminho, faça um esquema se preferir, e veja se você não está forçando, inventando algo fora docontexto. Sim, porque conta demais o fato de você escrever dentro ou fora do tema pedido. Já pensou seacharem que você fugiu do assunto? ...É zzzzzzzero!2. "Esse tipo de gente merece ser exterminado"Radical demais, não parece? É até grosseiro. Nas dissertações, como recomendação geral, evite osriscos desnecessários de posições extremistas. Vale a pena procurar desenvolver um texto equilibrado,mostrando as coisas de forma ampla e assumindo posições sem partidarismos extremos.3. "De uma perspectiva pedagógica e heuristicamente viesada o numerário foi ínfimo."Pois é. Veja aí que escrever com clareza é muito importante. Os outros devem entender o que vocêescreveu (especialmente os examinadores). Não use palavras que você acha bonitas mas não entende oque significam. Aliás, a frase acima não é apenas complexa - apesar de usar termos que existem, ela édesprovida de sentido. Um pequeno truque: procure colocar-se no lugar do leitor - ele entenderia seuargumento?4. "Fazem muitos anos que eu queria isso. Se ela quizer deixar isso para mim fazer, a muito tempo estouafins".Evite erros básicos (um exercício: corrija os vários erros que estão na frase entre aspas). Fuja de palavrasde grafia duvidosa para você. Use só termos que você conhece. Respeite a gramática e as regras degrafia. Isso pega bem.5. "Ele deu um pum fedido pacas. Foi aquele auê!"Gostou disso? E o examinador também iria gostar? Hoje, a linguagem parece que "liberou geral" -- comocostuma-se dizer. Será que entramos na era do vale-tudo? Cuidado! Esse território é perigoso. Sugerimosque deixe a "franqueza" vocabular para lançar alguma nova versão de "sabão crá-crá". Aí, pode deitar erolar -- o público irá agradecer, se você for bem-sucedido. Agora, no vestibular, cuide-se. Evite grosseriasna sua Redação. Não é só você que tem mãe, irmã etc. Os examinadores também têm e nem todos sãoapaixonados pelo "exótico".6. Ahxxvdfjkkl ...gfgdfg 34tgggNem precisava ser dito, mas limpeza conta. Procure manter uma letra razoável. Nada de emporcalhar afolha. É o mínimo para seu cuidado com o conteúdo e para a qualidade do texto não desaparecer no meiode rabiscos.Afastar pedras do caminho não constrói a boa Redação. Apenas evita que vocêcomprometa seu trabalho. O trabalho deformular um bom texto também tem suas regras, mas esse é outro problema...3º ano- DISSERTAÇÃO- Tema e título- Estrutura da dissertação: introdução, desenvolvimento e conclusão- Tese, monografia- Argumentação, evidência e análise- Coesão, coerência, concisão, correção e clareza- Prolixidade- A dissertação em vestibulares e concursos- Interpretação de textos filosóficos- Dissertação e níveis de linguagem
  7. 7. - Produção de textos dissertativos-argumentativos- Oficinas de argumentação / debates- Gêneros: texto de divulgação científica, textos didáticos, textos religiosos, textos legais- Letras de músicas com temática descritiva, narrativa e dissertativa- Temas recentes de vestibulares e concursos- Realização da prova (questões de interesse e dissertação) do ENEM do ano anterior- As questões de quotas universitárias- O projeto de lei da homofobia que tramita no congresso- A lei 10.639/2003, que trata do ensino de “africanidades”Argumentação Cada grupo vai vender um produto. É preciso convencer os ouvintes de que esse produto é fantástico,tem algo diferente e espetacular.Sugestões:a) uma cebola;b) uma garrafa pet;c) uma folha de jornal;d) um tomate;e) outros, a critério do dinamizador e/ou do grupo.ADOLESCERDepoimentos1. “É a parte da vida que você está resolvendo que adulto você quer ser.” (Paula Gil, 16 anos)2. “É poder aproveitar cada minuto de vida, sem muita pressa, pois há tempo pra tudo!” (Renata, 15 anos)3. “... vontade de ter um carinho diferente, um amor que não seja só dos pais, realizar fantasias e sepreparar para o mundo que será o amanhã.” (Renata Cezar, 17 anos)4. “Adolescer feliz é quando os pais não descontam seus problemas nos filhos, quando tentam entender,que nessa idade, estar com amigos e namorados é mais importante do que ir em casa de parentes.... Époder ser, poder gostar, poder falar. É quando me ouvem sem terem a pré-idéia de que eu vou falarbesteira. Não está com nada esta história de que todo adolescente é igual. Não fiquem cobrando tanto dagente; crítica sim, bronca não! Eu ia ser feliz se pudesse fazer coisas importantes.” (Petra de Andrade, 15anos)5. “Nem sempre sabemos o que queremos.”(Fernando Rodrigues, 16 anos)Objetivo: promover uma reflexão sobre como os jovens percebem o processo da adolescência.· Cada participante fará um desenho representando como percebem esta fase;· Cada participante deverá mostrar seu desenho e falar a respeito dele, relatando como caracterizou aadolescência.· Cada participante deverá produzir um pequeno texto: “Adolescência é......”Pontos para discussão:b) Vantagens e desvantagens de ser adolescente.c) Como o adolescente é visto pela família e pela sociedade.

×