Carlos relvas

519 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
519
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
47
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
64
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carlos relvas

  1. 1. Universidade de Trás – Os – Montes e Alto Douro
  2. 2. Biografia de Carlos Relvas       Carlos Augusto Mascarenhas Relvas de Campos, nasceu a 13 de Novembro de 1838, no Palácio do Outeiro na Golegã, Ribatejo. Educado por professores particulares, aprendeu ciências e línguas. Em 1853, casou-se com Margarida Mendes de Azevedo. Dessa união nascem 5 filhos. A sua profissão principal era fotógrafo mas além disso surgiram na sua vida outros interesses tais como a política, a agricultura, o hipismo, e a música. Na fotografia teve um grande destaque tendo produzido uma obra de grande envergadura, incluído a esplêndida Casa - Estúdio. À frente das propriedades da família, Relvas torna-se um agricultor de prestigio, onde introduziu máquinas e processos de produção pioneiros. Carlos Relvas e a mulher Margarida Mendes. Ano 1866 -1867.
  3. 3.       Começou a exportar os produtos originados nas suas terras, azeite, mel e vinho, sendo distinguidos em várias exposições internacionais Foi também um distinto toureiro e cavaleiro, chegando a ter uma praça de touros na Golegã. Relvas, sendo um homem de uma curiosidade insaciável e uma íntegra necessidade de inventar, concebeu um bote salva-vidas denominado “o sempre em pé”. Em 1887, morre-lhe a sua esposa, mas um ano depois casa-se novamente com Mariana Correia. Juntamente com a sua nova esposa vão viver para a casa- estúdio que foi adaptada para habitação. Carlos Relvas, morre a 23 de Janeiro de 1894, vítima de uma septicemia contraída após um acidente de cavalo. Demonstração do bote salva-vidas. Rio Douro, Porto. Ano 1880.
  4. 4. Obra de Relvas      Relvas começou a interessar-se pela fotografia no início dos anos 60 do século XIX. Fascinado pela nova arte, adquire livros e revistas da especialidade, mantendo-se a par da sua evolução. Compra também as suas primeiras máquinas e instala um pequeno atelier fotográfico no jardim da sua propriedade. Entretanto, viajou pela região centro do país e onde fotografou vários dos principais monumentos portugueses e enviou as suas fotografias para os maiores especialistas franceses e foi admitido em 1869 como membro da prestigiada Sociedade Francesa de Fotografia. Com sucesso alcançado projetou um novo e ambicioso empreendimento: uma casa-estúdio especificamente destinada ao desenvolvimento da arte fotográfica, que virá a concluir em 1876, Carlos Relvas é uma das figuras principais da fotografia portuguesa, com uma extensa obra premiada internacionalmente. Classificava-se com orgulho como fotografo amador, no entanto, estamos perante um experimentalista e investigador com um sentido de estética apuradíssimo e uma procura insaciável pela perfeição técnica. Castelo de Leiria. Ano1870-1880.
  5. 5. Torna-se uma tarefa difícil quando se tenta classifica-lo como fotografo visto que usava temáticas variadas, utilizava frequentemente o grande formato, o modo como executava a fotografia, os tipos de impressão e a aplicação da iluminação o que leva a confirma-lo como um exímio criador.  Foi um grande retratista mas fotografou também monumentos, paisagens e animais.  Inventou um aparelho para facilitar as focagens, aplica a fotografia estereoscópica, e introduz e divulga em Portugal o método da fototipia.  Já numa fase mais adiantada da sua carreira, adopta as novas possibilidades da fotografia, como a utilização de câmaras com lentes rápidas. Começa então a fazer fotografias que captam o conjunto de uma cena social, com indivíduos, movimento e acção, tornando-se no final da vida um fotógrafo moderno.  Retrato de uma minhota. Ano1880.
  6. 6. Casa - Estúdio       É em 1876 que inaugura o seu magnífico atelier, a Casa – Estúdio, situada no jardim da sua casa no Outeiro, única no seu género a nível mundial, para sempre ligada à sua obra e ao seu projecto de vida. A execução da obra, demorou cerca de quatro anos a ser concluída, foi entregue ao arquitecto Henrique Carlos Afonso, mas a exigência e o rigor postos na sua construção foram impostos por Relvas. A casa de dois pisos apresentava-se decorada de acordo com as tendências românticas da época, que lhe conferem uma certa monumentalidade. No rés-do-chão funcionavam os laboratórios e a recepção. No primeiro andar o espaço de maquilhagem e as enormes vidraças do estúdio. Aí, numa ampla área, encontrava-se todo o tipo de mobiliário e acessórios fotográficos. No seu estúdio fotografou toda a sociedade portuguesa, desde camponeses e mendigos até à aristocracia. Vista da Casa- estúdio. Golegã. Ano1876.
  7. 7.   Porém, não foi só em Portugal que a casa-estúdio causou impacto. O major-general James Waterhouse, homem que conhecia toda a Europa fotográfica, elogiou muito quando a visitou dizendo que se tratava do mais perfeito atelier fotográfico. Sujeita em 2003 a um projecto de reabilitação e restauro, a CasaEstúdio Relvas mantém-se, na sua traça original, como um monumento ímpar de um período heróico da história da fotografia. Sala de espera, rés-do-chão. Ano1876.
  8. 8. Prémios        Medalha do Progresso (Viena de Áustria, 1873) Medalha de prata (Madrid, 1873) Medalha de prata (Sociedade Fotográfica, de Viena de Áustria, 1875) Medalha (Filadélfia, 1876) Primeiro prémio (Cruz de Bronze dourado) (Exposição de Amesterdão, 1876) Medalha de ouro (Exposição hortícola do Palácio de Cristal do Porto, 1877) Medalha de ouro na Exposição da União Central das Artes decorativas, no palácio da Industria, de Paris.
  9. 9. Portefólio de Carlos Relvas  Auto – Retratos Auto – retrato de Carlos Relvas com traje de cavaleiro tauromáquico. Ano 1880. Auto – retrato de Carlos Relvas com traje de estudante. Ano 1867.
  10. 10.  Paisagens Vista do Castelo de Almourol. Ano 1880. Vista sobre a Nazaré. Ano 1870 – 1880.
  11. 11.  Viagens Vista da Torre Eiffel e dos edifícios da exposição universal. Paris. Ano 1889. Santíssima Trindade. Paris. Ano 1878.
  12. 12.  Retratos Retrato de figura masculina com traje de caçador. Ano 1870 Retrato de uma fiadeira. Ano 1870 - 1880.
  13. 13.  Pessoas Pessoas na estação ferroviária de Valado de Frades. Alcobaça. Ano1885-1893. Homens com traje transmontano Ano1870-1880.
  14. 14.  Objectos Violino Stradivarius Ano1880.  Animais Cabeça de boi. Golegã. Ano1870.
  15. 15. Webgrafia                   http://www.casarelvas.com/site/pt/php/vd_bemvindo.php http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopcat.php http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00205 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00044 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00103 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00149 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00158 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00168 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shoplist2.php http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00616 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00430 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00086 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00110 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00184 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00465 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00027 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00181 http://www.imagensrelvas.com/site/pt/scat/shopdet.php?foto=00606
  16. 16. Trabalho realizado por: Carlos Costa - Al55041  Para:   História das Artes Contemporâneas  Pedro Coutinho Martins Colaço  Universidade de Trás – Os – Montes e Alto Douro  2013/2014

×