Partes do Computador

59.061 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
59.061
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
91
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
371
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Partes do Computador

  1. 1. Universidade Lusófona do Porto Claudia Garcia Psicopedagoga Clínica Porto, 31 de Março de 2009
  2. 2. Buscas 1. Partes do computador (internas) 2. Partes do computador+externas 3. “Periféricos do computador”
  3. 3. Resultados
  4. 4. Partes do computador (internas) Resultados: http://members.tripod.com/~edornellas/partes.html http://pt.wikipedia.org/wiki/Hardware http://www.slideshare.net/Bugui94/estrutura-interna-de-um- computador-presentation-644641 Processador: CPU (Central Processing Unit) os circuitos que controlam a operação do computador Hard Disk Drive ou disco rígido: armazena os programas do computador
  5. 5. Partes do computador (internas) Memória: responsável pelo armazenamento de dados e instruções em forma de sinais digitais em computadores; para que o processador possa executar as suas tarefas, ele busca na memória todas as informações necessárias ao processamento existem 2 tipos de memória, ROM e RAM Memória ROM (Read Only Memory = memória somente de leitura): só permite leitura, ou seja, as suas informações são gravadas pelo fabricante uma única vez e após isso não podem ser alteradas ou apagadas, somente acessadas o seu conteúdo é gravado permanentemente existem três tipos básicos de memória ROM: PROM, EPROM e EAROM
  6. 6. Partes do computador (internas) Memória PROM (Programmable Read Only Memory = programável): um dos primeiros tipos de memória ROM, o PROM tem sua gravação feita por aparelhos especiais que trabalham através de uma reacção física com elementos eléctricos; os dados gravados na memória PROM não podem ser apagados ou alterados Memória EPROM (Electrically Programmable Read Only Memory = eléctrica): tipo de memória ROM geralmente usado para armazenar a BIOS do computador a tecnologia EPROM permite a regravação de seu conteúdo através de equipamentos especiais
  7. 7. Partes do computador (internas) Memória EAROM (Electrically Alterable Read Only Memory = alteração eléctrica): similar à EPROM; o seu conteúdo pode ser apagado aplicando-se uma voltagem específica aos pinos de programação Memória RAM (Random Access Memory = memória de acesso aleatório): permite tanto a leitura como a gravação e regravação de dados, no entanto, assim que elas deixam de ser alimentadas electricamente, ou seja, quando o usuário desliga o computador, a memória RAM perde todos os seus dados existem 2 tipos de memória RAM: estáticas e dinâmicas
  8. 8. Partes do computador (internas) Memória DRAM (Dynamic Random Access Memory = dinâmica): geralmente é armazenada em cápsulas CMOS (Complementary Metal Oxide Semiconductor) possui capacidade alta, isto é, pode comportar grandes quantidades de dados, no entanto, o acesso a essas informações costuma ser mais lento que o acesso a memórias estáticas a memória DRAM costuma ter preços bem menores que a do tipo estático, porque a sua estruturação é menos complexa, ou seja, utiliza uma tecnologia mais simples, porém viável Memória SRAM (Static Random Access Memory = estática): é muito mais rápida que a DRAM, porém armazena menos dados e possui preço elevado costuma ser usada em chips de cache
  9. 9. Partes do computador (internas) Memória SDRAM (Synchronous Dynamic Random Access Memory): tem capacidade de algumas centenas de KB e funciona como uma espécie de intermediária entre a memória RAM e o processador; permite a leitura ou o armazenamento de 2 dados por vez; opera em frequências mais altas, variando entre 66 MHz e 133 MHz; a memória SDRAM utiliza o encapsulamento DIMM Memória EDO (Extended Data Out): chegou ao mercado no início de 1997 e possui como característica essencial a capacidade de permitir ao processador acessar um endereço da memória ao mesmo tempo em que esta ainda estava fornecendo dados de uma solicitação anterior este método permite um aumento considerável no desempenho da memória RAM
  10. 10. Partes do computador (internas) CD-ROM: CD (compact disc) que contém informações que podem ser vistas mas não podem ser alteradas Cache: tipo de memória muito rápida para segurar informações frequentemente indo e voltando Power Supply: parte do computador que converte AC POWER para Low Level DC Power para o computador Software: parte lógica, ou seja, o conjunto de instruções e dados processados pelos circuitos electrónicos do hardware toda a interacção dos usuários de computadores é realizada através do software, a camada colocada sobre o hardware que transforma o computador em algo útil
  11. 11. Partes do computador+externas Resultado: http://pt.wikipedia.org/wiki/Hardware CPU (Central Processing Unit = Unidade Central de Processamento): parte do computador que processa as instruções contidas no software a sua função é reconhecer um conjunto básico de instruções utilizadas para escrever programas que comandam o seu funcionamento, ou seja, que controlam toda a operação e funcionamento do computador é constituída por: ALU (Unidade Aritmética e Lógica), CU (Unidade de Controlo) e vários registos
  12. 12. Partes do computador+externas Monitor: dispositivo de saída do computador que serve de interface visual para o usuário, na medida em que permite a visualização dos dados e sua interacção com eles os monitores são classificados de acordo com a tecnologia de amostragem de vídeo utilizada na formação da imagem; actualmente, essas tecnologias são duas: CRT e LCD à superfície do monitor sobre a qual se projecta a imagem chamamos ecrã Hardware: parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes electrónicos, circuitos integrados e placas, que se comunicam através de barramentos
  13. 13. Partes do computador+externas Rato: periférico de entrada que auxilia no processo de entrada de dados tem como função movimentar o cursor pelo ecrã do computador o formato mais comum do cursor é uma seta, mas é possível personalizar o cursor do rato funciona como um apontador sobre o ecrã do computador e disponibiliza normalmente quatro tipos de operações: movimento, clique, duplo clique e arrastar e largar (drag and drop) existem modelos com 1, 2, 3 ou mais botões cuja funcionalidade depende do ambiente de trabalho e do programa que está a ser utilizado o botão esquerdo é o mais utilizado é normalmente ligado ao computador através de fichas ou portas: serial, PS2 ou, mais recentemente, USB (Universal Serial Bus) também existem conexões sem fio, as mais antigas por infravermelho, as actuais por bluetooth
  14. 14. Partes do computador+externas Teclado: tipo de periférico utilizado pelo usuário para a entrada manual no sistema de dados e comandos possui teclas representando letras, números, símbolos e outras funções, baseado no modelo de teclado das antigas máquinas de escrever basicamente, os teclados são projectados para a escrita de textos, onde são usadas para esse meio cerca de 50% delas As teclas são ligadas a um chip dentro do teclado, onde identifica a tecla pressionada e manda para o PC as informações o meio de transporte dessas informações entre o teclado e o computador pode ser sem fio (wireless) ou por cabo (PS/2 e USB) o teclado tem vindo a adaptar-se com a tecnologia e é um dos poucos periféricos que mais se destacam na computação
  15. 15. Partes do computador+externas Placa de vídeo: componente de um computador que envia sinais deste para o monitor, de forma que possam ser apresentadas imagens ao utilizador normalmente possui memória própria, com capacidade medida em bytes nos computadores de baixo custo, as placas de vídeo estão incorporadas na placa-mãe, não possuem memória dedicada e por isso utilizam a memória RAM do sistema (normalmente denomina-se memória partilhada) como a memória RAM é geralmente mais lenta do que as utilizadas pelos fabricantes de placas de vídeo, e ainda dividem o barramento com o processador e outros periféricos para acessá-la, este método torna o sistema mais lento – isto nota-se especialmente quando se usam recursos tridimensionais.
  16. 16. Partes do computador+externas Impressora: uma impressora ou dispositivo de impressão é um periférico que, quando conectado a um computador ou a uma rede de computadores, tem a função de dispositivo de saída, imprimindo textos, gráficos ou qualquer outro resultado de uma aplicação herdando a tecnologia das máquinas de escrever, as impressoras sofreram drásticas mutações ao longo dos tempos também com o evoluir da computação gráfica, as impressoras foram-se especializando a cada uma das vertentes encontram-se impressoras optimizadas para desenho vectorial e para raster, e outras optimizadas para texto a tecnologia de impressão foi incluída em vários sistemas de comunicação, como o fax
  17. 17. Partes do computador+externas Scanner: periférico de entrada responsável por digitalizar imagens, fotos e textos impressos para o computador, um processo inverso ao da impressora é dividido em duas categorias: digitalizador de mão (parecido com um rato bem grande, no qual deve-se passar por cima do desenho ou texto a ser transferido para o computador; este tipo não é mais apropriado para trabalhos semi-profissionais devido à facilidade para o aparecimento de ruídos na transferência) e digitalizador de mesa (parecido com uma fotocopiadora, no qual deve- se colocar o papel e abaixar a tampa para que o desenho ou texto seja então transferido para o computador; fazem a leitura a partir dispositivos de carga dupla)
  18. 18. Partes do computador+externas Placa de som: dispositivo de hardware que envia e recebe sinais sonoros entre equipamentos de som e um computador executando um processo de conversão com um mínimo de qualidade e também para gravação e edição Webcam ou câmara de vídeo: capta imagens, transferindo-as de modo quase instantâneo para o computador, podendo ser utilizada numa grande gama de aplicações tais como videoconferência, editores de vídeo, editores de imagem, monitorização de ambientes… Geralmente, a conexão utilizada com o computador é do tipo USB e a captação da imagem é realizada através de um componente electrónico denominado CCD
  19. 19. Partes do computador+externas Microfone: transdutor que converte o som em sinais eléctricos microfones são usados em muitas aplicações como telefones, gravadores, aparelhos auditivos e na transmissão de rádio e televisão Joystick: periférico de computador ou dispositivo geral de controlo que consiste numa vara vertical na qual os pivôs se aproximam de uma extremidade e transmitem seu ângulo em duas ou três dimensões a um computador é usado frequentemente para controlar os jogos de vídeo e tem, geralmente, um ou mais botões de pressão cujo estado pode também ser lido pelo computador o termo joystick transformou-se num sinónimo para controladores do jogo que podem ser conectados ao computador desde que o computador defina a entrada como uma “porta de jogos”
  20. 20. Partes do computador+externas Coluna: caixa construída em volta de um altifalante para melhorar a sua reprodução sonora Geralmente, a caixa é construída em madeira ou plástico com uma abertura para se instalar o(s) altifalante(s) Modem: modem = modulador + demodulador dispositivo electrónico que modula um sinal digital em uma onda analógica, pronta a ser transmitida pela linha telefónica, e que demodula o sinal analógico e o reconverte para o formato digital original utilizado para conexão à Internet, BBS ou a outro computador
  21. 21. “Periféricos do computador” Resultado: http://pt.kioskea.net/contents/pc/periphi.php3 http://pt.kioskea.net/contents/pc/peripherique.php3 Periférico = material electrónico que pode ser conectado um computador através de uma das suas conversões de entrada/saída (porto classifica, porto paralelo, bus USB, bus firewire, conversão SCSI...) São os componentes do computador externos à unidade central
  22. 22. “Periféricos do computador” Categorias: Periféricos de afixação: periféricos de saída, fornecendo uma representação visual ao utilizador, como um monitor (ecrã) Periféricos de armazenamento : trata-se de um periférico de entrada/saída capaz de armazenar as informações permanentemente (disco rígido, leitor de CD-ROM, leitor de DVD- ROM…) Periféricos de aquisição: permitem ao computador adquirir dados específicos (scanner) Periféricos de entrada: são periféricos unicamente capazes de enviar informações ao computador, como por exemplo os dispositivos pointage (ratos) ou o teclado.

×