Arquitetura Protomoderna

671 visualizações

Publicada em

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
671
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arquitetura Protomoderna

  1. 1. Arquitetura Protomoderna Bruna Batista, Eduarda Hiller e Ingrid Letelier Fotografia de Arquitetura 2014/1 Curso Superior de Tecnologia em Fotografia / ULBRA Professor Fernando Pires
  2. 2. ARQUITETURA PROTOMODERNA Trata-se da produção arquitetônica do fim do século XIX e início do século XX, quando a pauta era a renovação da linguagem arquitetônica em face das novas técnicas e demandas da sociedade industrial.
  3. 3. As características mais marcantes são: predominância das composições simétricas com acessos centralizados utilizando os volumes geométricos e a aplicação de varandas semi-embutidas para propiciar conforto e privacidade.
  4. 4. O estilo protomoderno esteve ainda presente, de forma significativa, nos prédios de apartamentos, que propagavam novos modos de morar e de relação entre cidade e moradia. A tipologia mais frequente entre os prédios vinculados ao estilo era aquela de uso misto, destinadas à habitação multifamiliar, com pavimento térreo utilizado para fins comerciais.
  5. 5. Em muitos outros casos, o repertório foi empregado em construções inovadoras em termos de programa – arranha-céus, lojas de departamentos, prédios de apartamentos etc. e de técnicas construtivas, como as estruturas de concreto armado, os caixilhos de metal e outros mais. Entre os arquitetos protomodernos destacam- se Adolf Loos, Louis Sullivan, William Van Alen.
  6. 6. CARACTERISTICAS ARQUITETONICAS: 1.Composição de Matriz clássica: - simétrica, com acesso centralizado ou valorizando a esquina; - Tripartida em base, corpo e coroamento escalonado (plano vertical). 2. Tratamento volumétrico das partes constituintes e superfície. À maneira moderna: - Predominância de cheio sobre vazios; - Articulação de volumes geometrizados; - Linguagem formal 3. Articulação entre arquitetura, interiores e Design (mobiliário,luminárias e serralheria artística);
  7. 7. 4. Estruturas em concreto armado. - Embasamento revestidos em granito, mármores e materiais nobres; 5. Plantas flexíveis com acesso por hall, circulação ou galeria; 6. Iluminação cenográfica, intenção esta manifesta desde as perspectivas que acompanham os projetos (influência cinematográfica). - Revestimentos altos em pó-de- pedra (mica).

×