Sistema genital masculino

9.841 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.841
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
196
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
120
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema genital masculino

  1. 1. SISTEMA GENITAL MASCULINO
  2. 2. Formado por testículos, epidídimo, canais deferentes, ductos ejaculadores, glândulas anexas (vesículas seminais, próstata e glândulas bulbouretrais), uretra e pênis.
  3. 3. TESTÍCULOS Funções: produção de espermatozoides e secreção da testosterona (glândula mista). Os espermatozoides são produzidos dentro dos túbulos seminíferos. Na parede dos túbulos seminíferos há as células intersticiais de Leydig, onde é produzida a testosterona.
  4. 4. EPIDÍDIMO Em seu interior, os espermatozoides amadurecem e aguardam sua liberação. CANAIS DEFERENTES Partem do epidídimo e conduz o espermatozoide para a vesícula seminal, uretra, ducto ejaculador que desemboca na uretra. <ul><li>GLÂNDULAS ANEXAS </li></ul><ul><li>Secretam o líquido seminal, que nutrem e facilitam a locomoção dos espermatozoides. São elas: </li></ul><ul><li>Vesículas seminais; </li></ul><ul><li>Próstata; </li></ul><ul><li>Glândulas bulbouretrais. </li></ul>Sêmen ou esperma Formado pela mistura dos espermatozoides com o líquido seminal. Normalmente, o homem ejacula cerca de 3 a 4 mm de sêmen. Cada mm de sêmen contém cerca de 120 milhões de espermatozoides. Apenas 10% do volume do sêmen correspondem aos espermatozoides.
  5. 6. PÊNIS
  6. 7. EXERCÍCIOS PÁGINAS 14 E 15
  7. 8. HORMÔNIOS RELACIONADOS À REPRODUÇÃO Gonadotrofinas: São hormônios produzidos na hipófise e atuam sobre as gônadas. A hipófise possui duas porções: uma anterior, chamada adenoipófise, e outra posterior, chamada neuroipófise. A adenoipófise produz dois hormônios gonadotróficos, o FSH (hormônio folículo estimulante) e o LH (hormônio luteinizante) ou ICSH (hormônio estimulante das células intersticiais de Leydig). O controle de FSH e LH é realizado pelo hipotálamo através de outro hormônio, o GnRH (hormônio liberador de gonadotrofina).
  8. 10. <ul><li>LH ou hormônio luteinizante </li></ul><ul><li>Atua nas células de Leydig, no testículo, estimula a produção de testosterona. </li></ul><ul><li>FSH ou hormônio folículo estimulante </li></ul><ul><li>Atua nas células do túbulo seminífero, promovendo a produção de espermatozoide (espermatogênese). </li></ul><ul><li>Testosterona </li></ul><ul><li>Promove significativo desenvolvimento dos órgãos do sistema genital e também aparecimento de características sexuais secundárias, como: </li></ul><ul><li>pêlos; </li></ul><ul><li>engrossamento da voz; </li></ul><ul><li>aumento de massa muscular e óssea; </li></ul><ul><li>estímulo ao desenvolvimento das glândulas sebáceas. </li></ul><ul><li>É produzida durante a vida fetal e por aproximadamente após 10 semanas após o nascimento, deixando de ser produzida na infância e, entre 10 e 13 anos volta a ser produzida. Sua secreção diminui após os 50 anos. </li></ul>
  9. 12. <ul><li>ESPERMATOGÊNESE (produção de espermatozoides) </li></ul><ul><li>É dividida em 4 fases: </li></ul><ul><li>Fase de multiplicação ou período germinativo: durante a fase embrionária, as células germinativas primordiais, migram para os túbulos seminíferos e transformam-se em espermatogônias (células diplóides – 2n), que se multiplicam por mitose. </li></ul><ul><li>Fase ou período de crescimento: algumas espermatogônias param a divisão mitótica, crescem e se transformam em espermatócitos primários (2n). </li></ul><ul><li>Fase ou período de maturação: ocorre meiose. Cada espermatócito primário sofre a meiose I (ou reducional), formando dois espermatócitos secundários (células haplóides – n). Cada espermatócito secundário sofre a meiose II (ou equacional), formando duas espermátides haplóides. </li></ul><ul><li>Espermeiogênese: não há divisão celular. As espermátides amadurecem a viram espermatozoides. </li></ul>
  10. 14. Espermatozoide

×