Há muitos, muitos anos, oHá muitos, muitos anos, o
soldado Martinho seguia osoldado Martinho seguia o
seu caminho montando...
De repente, avistou umDe repente, avistou um
mendigo, quasemendigo, quase
despido, que lhedespido, que lhe
estendia a mãoe...
Martinho estendeu-Martinho estendeu-
lhe a mão e com alhe a mão e com a
sua espada cortousua espada cortou
a sua capa aoa ...
Cobriu o mendigoCobriu o mendigo
com uma metade ecom uma metade e
com a outracom a outra
metade, cobriu- semetade, cobriu-...
De repente, a chuvaDe repente, a chuva
parou, o vento deixou deparou, o vento deixou de
soprar, as nuvenssoprar, as nuvens...
Diz a lenda que Deus,Diz a lenda que Deus,
para manter vivo napara manter vivo na
memória dos homensmemória dos homens
est...
Temos assim o “Verão deTemos assim o “Verão de
S. Martinho”.S. Martinho”.
Martinho, devido à suaMartinho, devido à sua
von...
S.martinho
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

S.martinho

889 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Esportes
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
889
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
214
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

S.martinho

  1. 1. Há muitos, muitos anos, oHá muitos, muitos anos, o soldado Martinho seguia osoldado Martinho seguia o seu caminho montando oseu caminho montando o seu cavalo, quando desabouseu cavalo, quando desabou uma violenta tempestade.uma violenta tempestade. O vento soprava, a chuvaO vento soprava, a chuva caía a cântaros. O soldadocaía a cântaros. O soldado
  2. 2. De repente, avistou umDe repente, avistou um mendigo, quasemendigo, quase despido, que lhedespido, que lhe estendia a mãoestendia a mão trémula de frio emtrémula de frio em
  3. 3. Martinho estendeu-Martinho estendeu- lhe a mão e com alhe a mão e com a sua espada cortousua espada cortou a sua capa aoa sua capa ao meio.meio.
  4. 4. Cobriu o mendigoCobriu o mendigo com uma metade ecom uma metade e com a outracom a outra metade, cobriu- semetade, cobriu- se a si. Preparou- sea si. Preparou- se depois para seguirdepois para seguir viagem, apesar deviagem, apesar de pouco defendidopouco defendido
  5. 5. De repente, a chuvaDe repente, a chuva parou, o vento deixou deparou, o vento deixou de soprar, as nuvenssoprar, as nuvens desapareceram do céu.desapareceram do céu.
  6. 6. Diz a lenda que Deus,Diz a lenda que Deus, para manter vivo napara manter vivo na memória dos homensmemória dos homens este episódio deeste episódio de bondade e generosidade,bondade e generosidade, todos os anos, por estatodos os anos, por esta
  7. 7. Temos assim o “Verão deTemos assim o “Verão de S. Martinho”.S. Martinho”. Martinho, devido à suaMartinho, devido à sua vontade, foi consagradovontade, foi consagrado pela igreja como santo.pela igreja como santo.

×