Visão da águia integral

12.044 visualizações

Publicada em

VISAO DA AGUIA

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.044
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
83
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Visão da águia integral

  1. 2. Visão integral <ul><li>A águia tem a capacidade fantástica de enxergar em todas as direções, por todos os ângulos, em todas as perspectivas. </li></ul><ul><li>Ela enxerga num raio de 360 graus. Sua visão é global. Ela vê tudo, percebe os detalhes e toma sempre a melhor direção. </li></ul><ul><li>Quando a bíblia diz que somos como a águia, ela tem algo a nos ensinar quanto a esta matéria. </li></ul>
  2. 3. <ul><li>Os que esperam no Senhor precisam, ter uma visão abrangente das coisas. </li></ul><ul><li>Não podemos ter uma visão bitolada, curta. </li></ul><ul><li>O crente precisa ter uma visão integral e holística das coisas. </li></ul><ul><li>Ter a mente de Cristo, olhar a vida como Deus olha. </li></ul><ul><li>Há pessoas que só enxergam seus interesses, só vê o universo ao seu redor pelas lentes de suas escassas experiências. Acham que a verdade está limitada àquilo que elas sabem. </li></ul>
  3. 4. I – EM RELAÇÃO A DOUTRINA <ul><li>Muitas pessoas são tão zelosas da doutrina e ortodoxia que se esquecem da prática da piedade. A única coisa que lhes interessa é não irem além das Escrituras, mas não se preocupam em ficar aquém. O importante é ser ortodoxo e não ortoprático. </li></ul><ul><li>Temos que ter o cuidado em brigar tanto pelas verdades doutrinárias e esquecermos de vivê-las. </li></ul><ul><li>Lembra da igreja de Éfeso? Ortodoxa e sem amor! </li></ul><ul><li>CUIDADO COM OS EXTREMOS: </li></ul><ul><li>Práticas religiosas estranhas à verdade revelada nas Escrituras; </li></ul><ul><li>Tem gente que é perito na bíblia, mas analfabeto no poder de Deus; </li></ul><ul><li>Não são como a ÁGUIA! </li></ul>
  4. 5. <ul><li>Por outro lado, há aqueles que querem ser doutores acerca do poder de Deus, fazem barulho e estardalhaço em nome de Deus, prometem milagres e parecem ser donos da agenda de Deus, mas não conhecem nada das Escrituras. Vivem de maneira mística e impressionam as pessoas de todo jeito, mas são analfabetos da bíblia. Vivem mergulhados num subjetivismo alienante e manipulador. Vivem comprometidos com um misticismo herege, traidor da verdade. Estes também são míopes, estrábicos, não tem a visão da águia. </li></ul><ul><li>Míope: pessoa que tem a vista curta. </li></ul><ul><li>Estrábico: visão com desvio de um ou ambos os olhos. </li></ul><ul><li>Doutrina X Costume </li></ul><ul><li>Doutrina é universal – Costume é local </li></ul><ul><li>Doutrina é divino - Costume é humano </li></ul><ul><li>Doutrina é geral - Costume é temporário </li></ul>
  5. 6. II – Em Relação à Liturgia <ul><li>Esta é uma área que tem existido muita confusão no meio evangélico. </li></ul><ul><li>Falta discernimento, amor e paciência no trato desta matéria. </li></ul><ul><li>Muitos defendem a tese de uma liturgia solene, tradicional, mas acabam caindo numa liturgia fria, gelada e morta. Esses, muitas vezes, afundam no marasmo do ritualismo engessado. </li></ul><ul><li>Pendem para o lado do cerimonialismo sem vida (lembram que eu disse aqui no culto passado: Só haverá vida no culto, se primeiro tiver culto na vida)? </li></ul><ul><li>O povo já sabe o que vai cantar, o que vai acontecer. </li></ul><ul><li>Não há espaço para o povo de Deus abrir o coração e louvar com entusiasmo. </li></ul><ul><li>Certas pessoas se fecham, na presença de Deus, se encolhem e prendem as emoções. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Vamos conhecer os vivas de júbilo. </li></ul><ul><li>Vamos, no bom sentido rasgar as vestes reais, como Daví. </li></ul><ul><li>Vamos dançar como Mirian. </li></ul><ul><li>Em algumas igrejas, o culto está mais pra uma solenidade fúnebre. </li></ul><ul><li>Ecl 9:4 – “um cão vivo é melhor do que um leão morto”. </li></ul><ul><li>Há outro extremo perigoso e nocivo – Há igrejas em que a liturgia é pura confusão, uma desordem, um emocionalismo exacerbado, em que as pessoas se alienam da razão e se lançam numa catarse escapista e irresponsável. Em vez de serem esclarecidas, ficam mais perturbadas. Em vez de serem curadas, ficam mais doentes. Essas posturas conduzem ao “antiintelectualismo”, ao “ao sobrenaturalismo” e à manipulação. </li></ul><ul><li>Precisamos buscar o equilíbrio de uma liturgia em que não joguemos fora os ricos legados do passado, nem nos fechemos para a bênção do novo. Priorizando a ordem, decência, mas cheia de vida, entusiasmo e calor. </li></ul>
  7. 8. III – Em relação à obra missionária <ul><li>Devemos ter o discernimento do avivalista do século XVIII, John Wesley, quando disse: “A minha paróquia é o mundo”. Jesus disse que o campo é o mundo. </li></ul><ul><li>Toda visão missionária que não seja o mundo inteiro não é a visão de Deus. Deus ama as nações. Em Abraão são benditas todas as nações da terra. </li></ul><ul><li>O testemunho da igreja deve cruzar as fronteiras da sua Jerusalém e ir por todo o mundo. </li></ul><ul><li>Não podemos ficar no limite de quatro paredes. Temos que ir lá fora onde os pecadores estão. </li></ul><ul><li>Temos que ampliar nossa visão quanto a missões. </li></ul><ul><li>Temos que fazer a obra de Deus com pressa, sem esquecer os campos que branquejam para a ceifa nos rincões mais distantes, e dos países mais longínquos. </li></ul><ul><li>É necessário uma visão abrangente. Somos como águia! </li></ul>
  8. 9. IV – Em Relação ao Avivamento <ul><li>A IGREJA E O VERDADEIRO AVIVAMENTO </li></ul><ul><li>Hc 3:2; Jl 2:28-29; At 2:17-18; Ef 5:18 </li></ul><ul><li>Pelo fato de estarmos vivendo os últimos dias, os dias que antecedem a vinda do Senhor Jesus para arrebatar a Igreja (os salvos), e a Bíblia declara que serão dias difíceis e trabalhosos II Tm 3:1-8 II Tm 4:3-4. </li></ul><ul><li>Os últimos dias da Igreja na terra seria caracterizado: </li></ul><ul><li>A) Pela multiplicação da iniqüidade-impiedade. Mt 24:12; </li></ul><ul><li>B) Pela frieza, pela mornidão espiritual Ap 3:15-18; </li></ul><ul><li>C) Pela apostasia generalizada no mundo I Tm 4:1-2; </li></ul><ul><li>II Tss 2:3; Hb 3:12; </li></ul><ul><li>D) Pelo esfriamento do verdadeiro amor Mt 24:12 </li></ul>
  9. 10. <ul><li>MODELO APOST ó LICO DO AVIVAMENTO - At 2:42-47 </li></ul><ul><li>Pregação da palavra de Deus com ousadia e unção do Espírito Santo; </li></ul><ul><li>Firmeza na doutrina genuinamente Bíblica - At 2:42; </li></ul><ul><li>Comunhão profunda com Deus e com o nosso semelhante - At 2:42-44; </li></ul><ul><li>Temor ao Senhor- a Deus - At 2:43; </li></ul><ul><li>Permanente vida de oração At 2:42; </li></ul><ul><li>Amor e apego a casa do Senhor – A Igreja - At 2:44,46; </li></ul><ul><li>Singeleza e Alegria de coração - At 2:46; </li></ul><ul><li>Adoração e louvor sincero a Deus - At 2:47; </li></ul><ul><li>Relacionamento social compatível; </li></ul><ul><li>Visão missionária; </li></ul><ul><li>Presença de milagres, maravilhas e sinais através da Igreja - At 2:43; </li></ul><ul><li>Generosidade entre todos os que se dizem cristãos - At 2:44-45; </li></ul><ul><li>Ausência de legalismo e de fanatismo - At 2:47; </li></ul><ul><li>Crescimento do número de fiéis - At 2:47; </li></ul>

×