ppt

135 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
135
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ppt

  1. 1. O Poder Público a as Redes Sociais
  2. 2. Base Legal • Lei de Acesso à Informação • Princípios Constitucionais (art. 5º e 37) • Direito administrativo: interesse público
  3. 3. Internet • 72 milhões de brasileiros (3º no mundo) • 43h57 por mês (10h26 em redes sociais) • Formadora de opinião • Usuários críticos, carentes e imediatistas • Não é o principal meio de comunicação • Nem para comunicação pública?
  4. 4. O meio é a mensagem! • Características próprias • Seu próprio formato • Sua própria linguagem • Horizontalidade:“compartilhismo” • Interatividade
  5. 5. Seu modelo de negócio • As pessoas não gostam da sua marca (em regra). • Planejamento? Replanejamento. • Sua vantagem? Procure até achar. • Seu público? Enorme, exigente, cheio de razão. • Riscos? Pessoais e institucionais. • Objetivos? Metas? Tenha-os. • Lucro? O interesse público. • Como mensurar? Sou eficiente? Sou lucrativo? • Compita!
  6. 6. O diferencial: a criação! • Testar, corrigir, inovar, melhorar • Adaptar-se • Assumir riscos • Desenvolvimento eficiente e em série (soluções criativas) • “Abriu a tampa, tem que brincar” • Espírito colaborativo (integração)
  7. 7. Criação Quanto ao tema: • Está dentro do nosso campo de atuação? • Está na boca do povo? • De 1 a 10, qual o interesse da população? • Quantos % de nosso público-alvo está diretamente envolvido com isso? • É fraco, mas é de interesse do órgão ou trará ganho de qualidade à página? • Você ou seus amigos compartilhariam aquilo ou só o Fraga? • O horário e o dia são adequados? • Não há perigo de má interpretação ou excessiva “personalização” que traga problemas? • Você não está assumindo uma posição em que deveria estar isento?
  8. 8. Criação Quanto ao formato: • O título está bom? Sonoro? Simples? Direto? Não pode ser melhor? • O texto não está muito longo? Não há excesso de informação? • O tema é fraco e exige algo especial? • A construção está boa? As fontes estão OK? A diagramação está dando destaque para pontos interessantes? Alguma palavra pode ser destacada? • Está seguindo a identidade visual do órgão ou não parece um post nosso sem qualquer justificativa? • A imagem traz algum diferencial? Não tem nenhum jeito de o próprio formato ser um atrativo (1 + 1 = 3)? • Não corro nenhum risco de direitos autorais, de ser mal interpretado ou de virar piada na Internet?
  9. 9. Criação Quanto à peça final (modelo McCann Erickson adaptado): Nota 10 - Ideia revolucionária que outros irão copiar (desafio!) 9 – Ideia que cria fenômeno`ou mobilização(desafio) 8 – Ideia que promove mudanças (uma por mês) 7 – Ideia ótima e muito bem executada (três por semana) 6 – Ideia boa, execução boa, mas nada fora de série (rotina) 5 – Ideia correta, com execução correta (exceção) 4 – Ideia comum e gasta (quando alguém faltar) 3 – Ideia chata que as pessoas vão evitar (uma por semana e por motivo justificado) 2 – Ideia que não deveria ter sido publicada 1 – Ideia que mancha imagem
  10. 10. Criação
  11. 11. Criação
  12. 12. CNJ no Facebook Página governamental mais repercutida há 20 meses!
  13. 13. tarso.rocha@cnj.jus.br (61) 2326-5469

×