Adesão de empresas à rede Rota Vicentina

373 visualizações

Publicada em

Neste documento encontra de forma detalhada os pressupostos de adesão à Rede de Empresas Rota Vicentina, incluindo deveres, benefícios e custos associados.

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
373
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
59
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Adesão de empresas à rede Rota Vicentina

  1. 1. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 TÓPICOS ABORDADOS NESTE DOCUMENTO:   1.  A REDE ROTA VICENTINA 2 2.  TIPOLOGIA “EMPRESAS PARCEIRAS” 11 3.  TIPOLOGIA “EMPRESAS LISTADAS” 20 4.  QUADRO RESUMO DAS TIPOLOGIAS 26 5.  ASSOCIAÇÃO ROTA VICENTINA 27 1  
  2. 2. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 1. REDE ROTA VICENTINA 1.1. Quem pode aderir? 1.2. Quais as modalidades de adesão? 1.3. Quando posso aderir? 1.4. Como foram definidos os custos de adesão? 1.5. Quanto custa aderir? 1.6. Que garantias de retorno posso ter? 1.7. O que é necessário fazer para aderir? 2  
  3. 3. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 1.1. QUEM PODE ADERIR? Desde  que  concordem  com  o  es/pulado  na  carta   de   compromisso,   Estatutos   e   Regulamento   Interno   da   Associação   Rota   Vicen/na,   poderão,   aderir  à  rede  as:     Empresas   nacionais   ou   estrangeiras   que   Não   havendo   critérios   objec/vos   de   qualidade,   será  garan/do  o  seu  controlo  sobretudo  através   da   gestão   de   feedback   dos   clientes   e   dos   restantes  membros  da  rede.       Será   assegurada   a   correcção   de   eventuais   o f e r e ç a m   s e r v i ç o s   n e s t a   r e g i ã o ,   problemas   detectados,   caso   contrário   será   v o c a c i o n a d a s   p a r a   c a m i n h a n t e s ,                    suspenso   o   serviço   em   causa   dos   canais   web   da     com   vontade   de   trabalhar   em   rede                    RV   para   posterior   votação   entre   todos   os       membros   da   rede   rela/vamente   à   sua   e   de   par/cipar   num   esforço   conjunto   pelo   permanência.     desenvolvimento  sustentado  do  Sw  *.   *   apenas   empresas   com   as   devidas   licenças,   nos   termos   da   legislação  em  vigor;  consultar  Estatutos,  Artº  4º   3  
  4. 4. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 1.2. QUAIS AS MODALIDADES DE ADESÃO? Foram  criadas  duas  modalidades  de  adesão,  detalhadamente  apresentadas  nas  páginas  10  a  24:   Empresas  Parceiras:     São   empresas   que   se   associam   ao   projecto,   usufruindo   plenamente   dos   seus   beneTcios   enquanto   “co-­‐responsá-­‐ veis”,   contribuindo   para   o   seu   sucesso   de   todas   as   formas   que   estejam   ao   seu   alcance.     Empresas  Listadas:     São   empresas   que   se   associam   ao   projecto,   e   optam   por   uma   modalidade   simplificada   e   menos   visível   de   presença   nos  canais  web  de  promoção  do  projecto.   Categorias  previstas:     •  Alojamento   •  Parques  de  Campismo   •  Restaurantes   •  Animação  Turís/ca   •  Comércio  e  Serviços   •  Taxis  e  Transferes   Categorias  previstas:     •  Alojamento   •  Restaurantes   •  Cafés/Snacks/Mercearias   •  Taxis  e  Transferes   4  
  5. 5. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 1.3. QUANDO POSSO ADERIR? Por   uma   questão   de   estabilização   da   rede   de   parceiros   e   contribuição   para   um   melhor   trabalho   conjunto,   será   aberta   a   entrada   às   empresas   semestralmente,   durante   os   meses   de   Abril   e   Outubro.   Em   2013,   o   período   de   entrada   ocorrerá   apenas   em   Junho,   depois   de   formalizada   a   nova   associação.     A  empresas  que  o  pretendam  fazer  fora  destes  períodos,  podem  fazê-­‐lo  mas   apenas   na   modalidade   “Listadas”,   podendo   o   upgrade   ser   feito   posteriormente  (desde  que  validados  os  critérios  de  adesão)  e  os  respec/vos   custos  de  adesão  acertados  de  acordo  com  o  valor  inicial  entretanto  pago.     De   salientar   que   será   futuramente   discu/do   o   alargamento   do   período   de   adesão   mínimo   (nesta   fase   de   1   ano),   que   garanta   o   retorno   do   esforço   do   inves/mento  feito  pelas  empresas  e  pelo  próprio  projecto.   5  
  6. 6. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 1.4. COMO FORAM DEFINIDOS OS CUSTOS DE ADESÃO? Depois   de   definida   a   estratégia   e   objec/vos   para   o   projecto,   foi   feito   um   levantamento  dos  custos  inerentes  ao  seu   bom   funcionamento   e   desenvolvimento,   numa   perspec/va   tão   ambiciosa   quanto   realista.     Foram   equacionadas   as   diferentes   fontes   de   financiamento   eventualmente   dispo-­‐ níveis   e   definido   o   caminho   que   melhor   pode  conduzir  à  sustentabilidade  económi-­‐ ca   do   projecto,   tornando-­‐o   mais   sólido   e   resistente   a   eventuais   alterações   da   conjuntura   socio-­‐económica   e   à   depen-­‐ dência   de   um   número   muito   reduzido   de   en/dades  financiadoras.   Acreditando   que   um   dos   principais   propósitos  do  projecto  é  contribuir  para  o   desenvolvimento   económico   do   Sw,   entendeu-­‐se   ser   necessário   vincular   a   par@cipação   das   empresas   interessadas   com   uma   contribuição   financeira   que   lhes   permita   valorizar   o   projecto   e   contribuir   ac/vamente  para  o  seu  sucesso.     Os   valores   definidos   /veram   em   conta   as   necessidades   do   projecto   quanto   à   oferta   turís/ca   da   região,   numa   perspec/va   de   cons/tuição   de   um   produto   consistente,   atrac/vo  e  autónomo.   6  
  7. 7. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 1.4. COMO FORAM DEFINIDOS OS CUSTOS DE ADESÃO? ÁREAS  DE  ACTUAÇÃO   •  •  •  •  •  •  •  •  •  •  Gestão  financeira  e  administra/va   Actualização  conteúdos  promocionais  papel  +  web   Gestão  parceiros  e  potenciais  parceiros   Representação  ins/tucional   Sensibilização  local   Promoção  junto  dos  media   Contactos  com  trade   Desenvolvimento  de  novos  projectos     Controlo  de  manutenção  dos  caminhos   Iden/ficação  e  desenvolvimento  de  novos  caminhos   7  
  8. 8. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 1.5. QUANTO CUSTA ADERIR? O  custo  de  adesão  dependerá:     •  da  modalidade  de  adesão     •  da  /pologia     Todos  os  detalhes  são  dados  nas  páginas   11  a  25  deste  documento.     O   Custo   de   Adesão   foi   aprovado   pela   Assembleia   Geral   da   Associação   Rota   estabelecido   pela   en/dade   promotora   do  projecto,  a  Associação  Casas  Brancas,   mas   poderá   ser   reequacionada   no   futuro,   no   quadro   da   associação   Rota   Vicen/na.   De   salientar   que   os   custos   de   adesão   prevêm  uma  componente  de  quo/zação   ( fi x a ,   p a r a   q u a l q u e r   e n / d a d e ) ,   correspondente   à   entrada   da   empresa   enquanto   sócia,   e   uma   componente   adicional  que  corresponde  à  modalidade   escolhida  e  à  /pologia  da  empresa.     8  
  9. 9. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 1.6. QUE GARANTIAS DE RETORNO POSSO TER? A   Rota   Vicen/na   não   é   nesta   fase   um   serviço   ou   uma   empresa   de   consultoria.   Trata-­‐se   antes   de   uma   inicia/va   sem   fins   lucra@vos,   que   assenta   na   comunidade   da   região  –  social,  empresarial  e  ins/tucional   –   para   obter   os   melhores   resultados   para   todos   os   intervenientes   e,   em   úl/ma   análise,   para   o   desenvolvimento   da   região.     Nesta   perspec/va,   e   apesar   do   sucesso   e   notoriedade   que   o   projecto   já   conquistou,   não   são   dadas   garan/as,   mas   antes   o   mote  para  um  inves@mento  conjunto  em   prol   de   uma   estratégia   e   objec/vos   comuns.     O   sucesso   e   retorno   de   cada   parceiro   dependerá   do   seu   empenho   face   a   uma   oportunidade   de   negócio   consistente   e   estruturada,   que   é   nesta   fase   evidente   e   inques/onável.     O   que   podemos   garan/r   é   um   compro-­‐ me@mento   semelhante   ao   que   foi   assumido   até   aqui,   para   que   haja   uma   verdadeira  ar@culação  de  esforços  e  uma   estratégia   de   sinergia   que   potencie   o   esforço   individual   para   o   bem   comum,   e   que  coloque  o  bem  comum  ao  serviço  de   cada  um.     9    
  10. 10. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 1.7. O QUE É NECESSÁRIO FAZER PARA ADERIR? A  primeira  coisa  a  fazer  é  informar-­‐se  com  algum  detalhe  sobre  o  projecto,  através  da   informação  que  já  está  online  no  website  www.rotavicen/na.com  e  ler  atentamente  os   estatutos   e   regulamento   interno   da   Associação   Rota   Vicen/na.   Deverá   ainda   estar   de   acordo  com  a  Carta  de  Compromisso  da  rede  Rota  Vicen@na.   Caso   pretenda   aderir,   deverá   solicitar   a   Ficha   de   Adesão,   imprimi-­‐la,   preenchê-­‐la   e   anexar   todos   os   elementos   indicados.   Deverá   enviá-­‐la   via   email   ou   correio   para   os   contactos  indicados,  durante  os  meses  de  Abril  e  Outubro  (apenas  em  2013  será  entre   Agosto   e   Setembro).   Os   procedimentos   para   pagamento   serão   dados   após   aceitação   do   pedido  de  adesão.   Poderá   contactar-­‐nos   para   qualquer   questão   adicional,   via   email   ou   telefone,   para   os   contactos:   •  E-­‐mail:  info@rotavicen/na.com   •  T:  (+351)  283  327  669   10  
  11. 11. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 2. EMPRESAS PARCEIRAS 2.1. Tipologias de Adesão 2.2. Benefícios e Direitos 2.3. Contributos e Deveres 2.4. Contribuição Financeira Nota:  Vide  enquadramento  na  pág.  4   11  
  12. 12. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 2.1. EMPRESAS PARCEIRAS - TIPOLOGIAS DE ADESÃO PREVISTAS ALOJAMENTO   ACTIVIDADES  DE  NATUREZA   COMÉRCIO   Turismo  em  Espaço  Rural   Guias  de  Caminhada   Ar/gos  para  caminhada     Alojamento  Local   Organização  de  passeios  de  grupo   Produtos  Locais   Hotéis   Hostels   Pousadas  de  Juventude   OUTROS   Passeios  ornitológicos   Passeios  de  barco   Observação  de  fauna  marinha   Trekking  com  burros  de  carga   PARQUES  DE  CAMPISMO   Passeios  a  cavalo   Artesanato   Mapas,  guias,  livros  de  natureza   Merchandising  e  presentes   Produtos  naturais   OUTROS   Expedições  fotográficas   RESTAURANTES   Regionais   Fusão,  Vegetarianos   Aver  hours   Take  Away   OUTROS   SERVIÇOS   Snorkwalking   Taxis  e  Transferes  (pessoas  e   bagagens)   Circuitos  de  BTT   Orientação  e  Geocaching   Assistência  técnica  bibicletas   Mergulho,  surf,  canoagem,  etc   Massagens  e  terapias  para   caminhantes   OUTROS   OUTROS   12  
  13. 13. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 2.2. EMPRESAS PARCEIRAS - BENEFÍCIOS E DIREITOS 1.  Ser   oficialmente   parceiro   da   Rota   V i c e n / n a ,   p a r / n d o   d e   c r i t é r i o s   apresentados  publicamente,  pressupondo   qualidade,   envolvimento   no   projecto   e   adequação  dos  serviços  aos  caminhantes,   depois   de   verificados   e   referenciados   estes  serviços   2.  Presença   no   Website,   incluindo   –   descrição   detalhada:   Nome,   localização   e   coordenadas   GPS,   descrição,   fotos   em   destaque   e   galeria   fotográfica,   info   s/   serviços   prestados   (bicicletas,   refeições,   picnics,   proximidade   da   RV,   trilhos   pedestres   adicionais,   transferes   de   passageiros   /   bagagens,   línguas   faladas,   wi-­‐fi,  situado  no  campo  /  numa  povoação,   cartões  de  crédito,  capacidade  total,  etc.),   icon   “Casas   Brancas”   p/   membros   da   rede,   módulo   TripAdvisor,   links,   contactos,  formulário  de  contacto   3.  Inclusão   no   mapa   interac@vo   –   disponível   no   website   e   nas   restantes   plataformas   que  vierem  a  ser  criadas   4.  Direito   a   u/lizar   a   marca   registada   e   logo@po  da  RV  nos  seus  materiais  promo-­‐ cionais   (sempre   mediante   aprovação   específica  prévia  da  equipa  da  RV)   13  
  14. 14. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 2.2. EMPRESAS PARCEIRAS - BENEFÍCIOS E DIREITOS (cont.) 5.  Acesso   privilegiado   aos   serviços   dos   restantes  parceiros  da  rede   6.  Estar   incluído   em   todas   as   acções   de   promoção  conjunta  e  algumas  individuais   7.  Ser   recomendado   e   apresentado   no   âmbito   do   apoio   técnico   dado   a   imprensa   e   operadores   turís@cos,   na   elaboração   de   ar/gos   jornalís/cos   e   programas   turís/cos,   sempre   que   aplicável   8.  Ter   acesso   a   material   promocional   da   RV,   incluindo   folhetos,   mapas,   guias,   etc   (gratuito  de  forma  limitada  e  em  quan/-­‐ dades   a   determinar,   mas   suficiente   para   uma   distribuição   ponderada   entre   potenciais  caminhantes)   9.  Em   fase   de   avaliação   estão   ainda   o   desenvolvimento   de   novas   inicia@vas,   como   uma   central   de   reservas   e   uma   apl i cação   mobile,   bem   co mo   as   respec/vas  condições  de  par/cipação  das   empresas.   Este   aspecto   será   ponderado   em  conjunto  com  as  empresas  aderentes   10.  Ser   associado   da   Associação   Rota   Vicen/na   14  
  15. 15. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 2.3. EMPRESAS PARCEIRAS - CONTRIBUTOS E DEVERES 1.  Pagar  contribuição  financeira  nos  prazos  previstos   2.  Par/cipar  das  discussões  e  decisões,  via  email  ou  em  reuniões  presenciais   3.  Disponibilizar  serviços  gratuitamente  para  acções  de  promoção  conjunta   4.  Reconhecer  restantes  membros  da  parceria  enquanto  tal   5.  Conhecer  princípios  e  orientações  gerais  do  projecto    (formação  RV  de  1  dia)   6.  Conhecer  RV  e  seus  detalhes  técnicos,  para  apoio  aos  clientes  (formação  RV  de  1  dia)   7.  Verificar  exigências  específicas  de  cada  uma  das  /pologias    (além  das  legais)   8.  Assinar  carta  de  compromisso  da  Rota  Vicen/na  e  cumprir  Estatutos  e  Regulamento   Interno  da  Associação   9.  Informar   a   equipa   da   RV   sobre   qualquer   alteração   rela/va   à   informação   disponibilizada  nos  canais  promocionais   10. Contributo  voluntário  de  qualquer  outra  forma     15  
  16. 16. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 2.4. EMPRESAS PARCEIRAS - CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA (princípios) O   custo   de   adesão   para   as   empresas   parceiras   tem   em   conta   os   seguintes   aspectos:     1.  Ausência  de  qualquer  inves/mento  da   empresa   no   projecto   até   à   data,   num   processo  que  tem  mais  de  10  anos  de   percurso   2.  Incorporação   numa   verdadeira   rede   empresarial,   cuja   animação   e   ar/culação   será   assegurada   pela   equipa  da  RV   3.  Usufruto   de   know   how   e   parcerias   já   estabelecidas  pelo  projecto   4.  O   custo   de   adesão   e   permanência   na   rede   será   reapreciado   no   prazo   de   dois   anos   pela   parceria   (incluindo   as   empresas   que   adiram   entretanto),   depois   de   terem   posse   de   todos   os   elementos   estratégicos,   operacionais   e  financeiros  do  projecto   5.  Todo   o   futuro   do   projecto   passará   a   estar  também  nas  mãos  das  empresas   aderentes,   que   terão   a   sua   palavra   a   dizer   nos   principais   momentos   decisivos  no  futuro   16  
  17. 17. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 2.4. EMPRESAS PARCEIRAS - CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA (regras) 1.  O  valor  inicial  +  total  do  1º  ano  inclui  a   quota   associa@va   (60€)   e   conclui   o   processo   de   adesão,   sendo   condição   para   a   par/cipação   em   qualquer   dos   materiais  ou  inicia/vas  promocionais.   2.  O   valor   anual   será   pago   até   ao   dia   31   de   Outubro  ou  30  de  Abril,  dependendo  da   adesão   ter   ocorrido   em   Outubro   ou   em   Abril,   respec/vamente.   O   atraso   no   pagamento   anual   acarretará   suspensão   imediata   no   website   do   projeco   e   mapa   interac/vo.   3.  As   empresas   podem   optar   por   uma   ou   outra  categoria,  quando  aplicável.     4.  No   caso   das   ac@vidades   de   natureza,   a   adesão   e   respec/va   visibilidade   pode   ser   feita   por   empresa   (incluindo   diversas   ac/vidades,   apresentadas   sumaria-­‐ mente)   ou   por   ac/vidade   (caso   pretenda   um   destaque   individual   a   cada   uma).   O   pagamento   será   feito   de   acordo   com   a   opção  tomada.   17  
  18. 18. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 2.4. EMPRESAS PARCEIRAS - CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA (descontos) 1.  No   caso   de   empresas   que   optem   por   aderir   com   mais   do   que   um   negócio,   será   dado   um   desconto   de   10%   em   cada   um   deles,   no   valor   inicial   e   na   contribuição   anual.   2.  Para   empresas   parceiras   que   venham  a  aderir  igualmente  à  Via   A l g a r v i a n a ,   s e r á   d a d o   u m   desconto   a   definir   consoante   ar/culação   que   venha   a   ser   desenvolvida   com   a   Associação   Almargem,   mas   que   será   no   mínimo  de  10%.   3.  Para   empresas   parceiras   que   venham   igualmente   a   aderir   à   Associação   Casas   Brancas,   será   dado   um   desconto   de   20%   no   val o r   i n i ci al   e   tamb ém   n a   contribuição   anual,   beneficiando   de  igual  desconto  na  jóia  e  quotas   daquela  Associação.     18  
  19. 19. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 2.4. EMPRESAS PARCEIRAS - CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA (valores) Nº ALOJAMENTO Quota  Anual   Camas PARQUES DE CAMPISMO*   **   60€ Exemplos: 1 quarto 2 casa T2 3 TER com 3 quartos 6 TER com 6 quartos 12 60€ 5 quartos, 1 T0 e 2 T2 18 15 quartos duplos 30 30 quartos duplos 60 100 quartos duplos 200 Valor Inicial ***   80€ 80€ Contrib. Mensal ****   Contrib. Anual ****   12 meses Quota + Contrib. 28 € 29,5 € 34 € 43 € 52 € 70 € 115 € 115 € 336 € 354 € 408 € 516 € 624 € 840 € 1 380 € 1 380 € 396 € 414 € 468 € 576 € 684 € 900 € 1 440 € 1 440 € 25€+1,5€*nºcamas Total Anual Notas:     *              Os  parques  de  campismo  apenas  pagam  pelo  nº  de  camas  em  bungalows    e  não  têm  disponível  outra  categoria  alterna/va  ;  caso  não   tenham  bungalows,  pagarão  o  valor  mínimo,  correspondente  a  um  único  quarto  duplo   **          Apenas  contam  as  camas  fixas,  excepto  T0  que  conta  como  2  camas;  as  camas  de  casal  contam  como  2  camas;  no  caso  de  unidade   de  alojamento  com  mais  do  que  1  quarto  (T2,  T3,  etc),  as  camas  adicionais  face  ao  primeiro  quarto  contam  como  1  cama  por  cada   quarto  duplo  (ao  invés  de  2  camas,  como  se  aplica  aos  quartos  independentes)   ***      O  valor  inicial  é  pago  uma  única  vez,  no  momento  de  adesão,  e  acresce  à  quota  e  à  contribuição  anual.  O  valor  inicial  +  total  1º  ano   conclui  o  processo  de  adesão,  e  é  condição  para  a  par/cipação  em  qualquer  dos  materiais  ou  inicia/vas  promocionais.   ****  O  total  anual  mínimo  é  de  396€  (1  quarto)  e  o  valor  máximo  é  de  1.440€  (a  par/r  de  30  quartos)   RESTAURANTES Quota anual Valor inicial 60€ 80€ ACTIVIDADES DE NATUREZA (P/ EMPRESA OU P/ ACTIV.) Quota anual Valor inicial 60€ 80€ Quota anual Valor inicial 60€ 80€ COMÉRCIO E SERVIÇOS*****   Contrib. mensal Contrib. anual 20 € 240 € Contrib. mensal Contrib. anual 20 € 240 € Contrib. mensal Contrib. anual 20 € 240 € Total Anual 300€ Total Anual 300€ Total Anual 300€ Notas:     *****  Algumas  situações  exigem  uma  ar/culação  com  os  empresários,  como  no  caso  dos  taxis/transferes,  em  que  poderá  ser  feita  uma   adesão  conjunta,  ou  encontrada  uma  outra  solução  que  responda  adequadamente  às  necessidades  do  sector  e  do  projecto.   19  
  20. 20. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 3. EMPRESAS LISTADAS 3.1. Tipologias de Adesão 3.2. Benefícios e Direitos 3.3. Contributos e Deveres 3.4. Contribuição Financeira Nota:  Vide  enquadramento  na  pág.  4   20  
  21. 21. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 3.1. EMPRESAS LISTADAS - TIPOLOGIAS DE ADESÃO PREVISTAS ALOJAMENTO*   RESTAURANTES**   Turismo  em  Espaço  Rural   Regionais   Alojamento  Local   Fusão,  Vegetarianos   Hotéis   Aver  hours   Hostels   Take  Away   Pousadas  de  Juventude   Apoios  de  praia   OUTROS   OUTROS   CAFÉS,  SNACKS,   MERCEARIAS**   Cafés   Snacks   TAXIS  E  TRANSFERES   Taxis   Transferes   OUTROS   Tascas   Quiosques   Apoios  de  praia   Mercearias   OUTROS   Nota:     *   Os   Parques   de   Campismo   não   têm   disponível   a   categoria   “Alojamento   Listado”,   pelo   que   apenas   podem   aderir   na   categoria   ”Empresa   Parceira”;   de   facto,   entender   que   a   pouca   oferta   disponível   e   a   enorme   importância   deste   /po   de   oferta   para   os   caminhantes  da  RV  jus/fica  que  toda  a  informação  adicional  deva  ser  devidamente  apresentada  no  website  da  RV.   **   Os   cafés/snacks   que   sirvam   refeições   poderão   optar   pela   /pologia   “Cafés/Snacks   Listados”,   “Restaurantes   Listados”   ou   “Restaurantes  Parceiros”,  desde  que  cumpram  os  respec/vos  requisitos  e  concordem  com  os  custos  de  adesão  inerentes   -­‐  Os  cafés/snacks  e  taxis/transferes  terão  direito  a  um  autocolante  Rota  Vicen/na   21  
  22. 22. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 3.2. EMPRESAS LISTADAS - BENEFÍCIOS E DIREITOS •  As  empresas  listadas  não  terão  publicada   qualquer  informação  qualita/va  sobre  as   mesmas,   mas   apenas   os   contactos   básicos.   Esta   é   uma   forma   de   presença   “mínima”   no   website   que   não   pretende   vincular   o   projecto   à   qualidade   e   adequabilidade  dos  serviços  prestados   •  Referência   no   website   RV,   como   forma   de   prestar   um   serviço   ú/l   ao   caminhan-­‐ te,   ainda   que   sem   informação   adicional,   que   apenas   estará   disponível   a   par/r   do   link  para  o  website  da  empresa  –  Nome,   localização   e   coordenadas   GPS,   links,   contactos,   formulário   de   contacto   (excepto  nos  cafés/snacks/mercearias)   •  Mapa  interac@vo  –  disponível  no  website   •  No   caso   dos   cafés/snacks/mercearias,   a   referência   não   será   listada   com   informações   de   contacto   mas   apenas   incluída  no  mapa  interac/vo   •  Presença   na   base   de   dados   do   projecto   para   acompanhamento   de   algumas   alterações  e  novidades  de  interesse  para   empresários   •  Ser  sócio  da  Associação  Rota  Vicen/na   22  
  23. 23. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 3.3. EMPRESAS LISTADAS - CONTRIBUTOS E DEVERES A  categoria  “Empresa  Listada”  tem  como  principais  vantagens  o  custo  mais  reduzido  e   uma   par/cipação   menos   interven/va   na   promoção   da   Rota   Vicen/na,   já   que   a   sua   oferta  não  será  considerada  na  organização  de  acções  promocionais,  como  fam/press   trips,  página  website,  etc.  Para  empresas  que  não  estejam  seguras  de  terem  interesse   e/ou   possibilidade   de   inves/r   no   mercado   alvo   da   Rota   Vicen/na,   esta   poderá   ser   a   solução  ideal,  ainda  que  por  um  determinado  período.     Os  contributos  que  se  esperam  destas  empresas  são,  maioritariamente:   •  Pagar  contribuição  financeira  nos  prazos  previstos     •  Informar   a   equipa   da   RV   sobre   qualquer   alteração   rela/va   à   informação   disponibilizada   •  Contributo  voluntário  de  qualquer  outra  forma     23  
  24. 24. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 3.4. EMPRESAS LISTADAS - CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA O   custo   de   adesão   para   as   empresas   listadas   tem   em   conta   os   seguintes   aspectos:   •  Ausência   de   qualquer   inves/mento   da   empresa   no   projecto   até   à   data,   num  processo  que  tem  mais  de  10  anos  de  percurso;   •  Usufruto   de   uma   plataforma   promocional   altamente   especializada   na   oferta   da   região   vocacionada   para   as   caminhadas   e   o   turismo   de   natureza,   e   necessariamente   muito   apela/va   para   as   épocas   média   e   baixa.   •  Contributo   importante   para   a   sustentabilidade   de   um   projecto   que   envolve  todas  as  ac/vidades  socio-­‐económicas  da  região   •  No  caso  dos  Cafés/Snacks/Mercearias  a  sua  adesão  terá  que  ser  feita  por   um   período   mínimo   de   3   anos,   findo   o   qual   poderão   ser   revistas   as   condições  de  permanência   24  
  25. 25. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 3.4. EMPRESAS LISTADAS - CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA ALOJAMENTO* RESTAURANTES TAXIS E TRANSFERES CAFÉS / SNACKS MERCEARIAS ** Quota Anual 60€ Quota Anual 60€ Quota Anual 60€ Quota Anual 60€ Contribuição Anual 90€ Total Anual 150€ Contribuição Anual 90€ Total Anual 150€ Contribuição Anual 90€ Total Anual 150€ Contribuição Anual 0€ Total Anual 60€ Nota:     *  Os  Parques  de  Campismo  não  têm  disponível  a  categoria  “Alojamento  Listado”,  pelo  que  apenas  podem  aderir   na   categoria   ”Alojamento   Parceiro”;   de   facto,   entender   que   a   pouca   oferta   disponível   e   a   enorme   importância   deste  /po  de  oferta  para  os  caminhantes  da  RV  jus/fica  que  toda  a  informação  adicional  possa  ser  devidamente   apresentada  no  website  da  RV.   **   Os   café/snacks   que   sirvam   refeições   poderão   optar   pela   /pologia   “Restaurantes   Listados”   ou   “Restaurantes   Parceiros”,   desde   que   cumpram   os   respec/vos   requisitos   e   concordem   com   os   custos   de   adesão   inerentes.   O   valor  anual  apenas  é  garan/do  por  um  período  de  3  anos,  findo  o  qual  será  reapreciado  pela  parceria.   25  
  26. 26. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 4. QUADRO RESUMO DAS TIPOLOGIAS  Resumo  dos  Custos,  Benemcios  e  Obrigações  das  empresas  da  rede  ROTA  VICENTINA,  por  @pologia   Custo  de  adesão  inicial   Contribuição  anual  -­‐  alojamentos     Contribuição  anual  -­‐  parques  de  campismo   CUSTOS   Contribuição  anual  -­‐  restaurantes   Contribuição  anual  -­‐  ac/vidades,  comércio  e  serviços   Contribuição  anual  -­‐  taxis  e  transferes   Contribuição  anual  -­‐  cafés/snacks/mercearias   Sócio  da  Associação  Rota  Vicen/na   U/lização  da  marca  e  logo  RV   Referência  com  nome  e  contactos  no  mapa  interac/vo   Parceiro  oficial  no  website  da  RV   Descrição  detalhada  no  website  incluindo  elaboração  texto,  traduções,  serviços  para  caminhantes  e  fotos   Integração  na  rede  de  empresas  RV:  par/lha  de  know  how,  contactos,  parcerias,  inicia/vas  conjuntas   BENEFÍCIOS   Poder  de  decisão  sobre  estrutura  formal  da  RV   Inclusão  nas  acções  promocionais  do  projecto  RV   Inclusão  em  propostas  de  programas  para  parceiros  comerciais  e  media   Acesso  privilegiado  aos  serviços  dos  restantes  parceiros  da  rede:  serviços,  overbooking,  desistências,  etc   Acesso  ao  mat.  prom.  da  RV,  para  divulgação  e  distribuição  (guias,  mapas  e  folhetos,  quan/dade  limitada)   Acesso  ao  mat.  prom.  da  RV,  para  condivulgação  sob  consulta  (1  kit  +  folhetos)   Presença  na  Base  de  Dados  de  empresas  da  RV  para  informação  sobre  novidades  do  projecto   Pagar  contribuição  anual  dentro  dos  prazos  previstos   Informar  equipa  RV  acerca  de  qualquer  alteração  constante  do  website   Entregar  mínimo  de  10  fotografias  com  qualidade  profissional  para  fins  promocionais   Disponibilizar  serviços  gratuitamente  (quan/dade  a  definir)  para  inicia/vas  promocionais  da  RV   Par/cipar  das  discussões  e  decisões,  via  email  ou  em  reuniões  presenciais   OBRIGAÇÕES   Reconhecer  restantes  membros  da  parceria  enquanto  tal   Conhecer  princípios  e  orientações  técnicas  do  projecto   Conhecer  RV  e  seus  detalhes  técnicos,  para  apoio  aos  clientes   Par/cipar  em  acção  de  formação  RV  com  1  dias  de  formação   Assinar  carta  de  compromisso  da  Rota  Vicen/na   Verificar  exigências  específicas  de  cada  uma  das  /pologias   Contributo  voluntário  de  qualquer  outra  forma   PARCEIRAS   LISTADAS   ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ -­‐   ✓ n.a.   ✓ n.a.   ✓ -­‐   -­‐   ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ ✓ -­‐   ✓ -­‐   -­‐   -­‐   -­‐   -­‐   -­‐   -­‐   -­‐   ✓ ✓ ✓ ✓ -­‐   -­‐   -­‐   -­‐   -­‐   -­‐   *  no  caso  dos  Cafés/Snacks/Mercearias  a  presença  não  será  listada  mas  apenas  incluída  no  mapa  interac/vo   -­‐   ✓ ✓ 26  
  27. 27. Adesão de empresas à rede ROTA VICENTINA – Agosto 2013 5. ASSOCIAÇÃO ROTA VICENTINA PRINCÍPIOS:   1.  Aceitar  todo  o  @po  de  sócios,  en/dades  públicas  e  privadas,  colec/vas  ou  indivíduos   2.  Cada  sócio  terá  direito  a  1  voto,  independentemente  da  sua  natureza  ou  dimensão   *   3.  Será  criado  o  Conselho  Geral,  de  carácter  consul/vo,  cons/tuído  pelos  principais  parceiros   públicos  com  intervenção  na(s)  região(/ões)  /  sector(es)   DIREITOS  DOS  SÓCIOS:   1.  Par/cipar  na  vida  ac@va  da  associação  e  tomar  parte  das  decisões   2.  Ser  elegível  para  qualquer  cargo  dos  Órgãos  Sociais  da  Associação   3.  Beneficiar  de  descontos  e  outras  regalias  a  desenvolver   DEVERES  DOS  SÓCIOS:   1.  Pagar  contribuição  financeira  nos  prazos  previstos   2.  Par/cipar  das  discussões  e  decisões,  via  email  ou  em  reuniões  presenciais   3.  Conhecer  princípios  e  orientações  gerais  do  projecto       4.  Contributo  voluntário  de  qualquer  outra  forma     27  

×