Tarefa 2 grupo 4 (3G e 4G)

325 visualizações

Publicada em

Tecnologias 3G eG

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
325
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tarefa 2 grupo 4 (3G e 4G)

  1. 1. Alunas: Cristiane Zucoloto Bigui Gianne de Oliveira Vascouto Paula da Costa de Andrade Raylaine Moreira Gualandi Lopes Instituto Federal do Espírito Santo Campus Mimoso do Sul
  2. 2. As tecnologias 3G e 4G vêem sendo foco quando o assunto é internet móvel, aguçando o interesse dos internautas de plantão que procuram velocidade na informação e a comunicação imediata, colocando em destaque tais tecnologias como solução para a melhora significativa da internet via celular. Atualmente a tecnologia 2G ainda é predominante nas redes brasileiras apesar da tecnologia 3G já possuir cobertura em 3700 municípios, tal cobertura foi impulsionada pela necessidade da adequação aos padrões da telefonia mundial devido aos eventos que ocorrerão no Brasil nos próximos anos. Assim como a 3G a 4G vêem ganhando espaço e mercado, contudo o crescimento é mais lento devido aos valores de aparelhos e indisponibilidade nas torres das prestadoras. O uso de dispositivos móveis como auxiliar na educação e as possibilidades acessíveis propiciadas por uma conexão mais veloz, pode servir para criar momentos de reflexão e motivação para os alunos. O processo de aprendizagem dentro e fora de sala poderá ser estimulado pela possibilidade e facilidade de informação, tornando o aluno mais exigente. Tais tecnologias são crucias para a sociedade, e as mudanças propiciadas por elas não devem ficar a par no contexto educacional. Introdução
  3. 3. Objetivos  A tecnologia 3G tem como objetivo aprimorar a transmissão de dados e voz, oferecendo velocidades maiores de conexão;  A 4 ª Geração (4G) de redes celulares tem como objetivo oferecer serviços de dados com taxas de transmissão mais elevadas do que as oferecidas por redes HSPA+.
  4. 4. Conteúdos A internet móvel 3G. A 3G (terceira geração de padrões e tecnologias de telefonia móvel) avança com a velocidade da transmissão e troca de dados em tecnologia de internet móvel. Usa tecnologias WCDMA ou CDMA e oferece velocidades mínimas de 200 kbps, segundo padrão do IMT-2000. O WCDMA (Wide-Band Code-Division Multiple Access) é uma tecnologia de interface de banda larga a radio e o CDMA (Code Division Multiple Access) é um método de acesso a canais em sistemas de comunicação, utilizado para a telefonia celular e o rastreamento por satélite GPS através do acesso múltiplo por divisão de código. A velocidade da tecnologia 3G registrada no Brasil encontra-se abaixo do índice de países da America Latina como o Chile e Argentina. No país alcança uma velocidade média de 1,12 mbps, enquanto o índice mundial é de 2 mbps, podendo chegar até velocidades de 7 mbps. As frequências alocadas pela Anatel para a internet 3G no Brasil são de 1900/2100 MHz, contudo, não existe impedimento para se utilizar outras freqüências, algumas prestadoras brasileiras implantaram suas redes 3G em 850 MHz.
  5. 5. Conteúdos A internet móvel 4G Considerada a evolução da 3G, é a mais nova geração da internet móvel, podendo chegar a uma velocidade 10 vezes maiores que a antecessora. A velocidade alcançada pela internet 4G é comparada a velocidades de conexões via cabo e modem. O 4G permitirá melhor acesso a conteúdos multimídia como vídeos em alta definição, videoconferências e músicas diretamente da internet. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) realizou o leilão da faixa de frequência de 2,5 GHz para implantar o 4G no Brasil. Contudo a tecnologia opera em outros países em varias frequências alguns utilizam frequência de 1,8 GHz ou de 2,1 GHz e outros ainda a faixa de 700 MHz. A internet móvel 4G no Brasil ira ser implantada utilizando a tecnologia LTE, possui uma rede de dados que em laboratório alcançou 300 Mbps de downstream e 75 Mbps de upstream. Entretanto, a velocidade real de navegação beira aos 100 Mbps de download e 50 Mbps de upload.
  6. 6. Tecnologia Abordada O respectivo trabalho aborda a questão das novas tecnologias nos dias de hoje, dando ênfase ao tema: Internet 3G e 4G e suas possibilidades no campo educacional.
  7. 7. Como está sendo Utilizada Acredito que a utilização das tecnologias 3G e 4G não estão sendo utilizadas com êxito no âmbito educacional, uma vez que A Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovou, em maio de 2008, uma lei que proíbe alunos de usar celulares e aparelhos eletrônicos como MP3 players e videogames em escolas públicas e privadas da Educação Básica. O projeto de lei que originou a norma diz que o uso do telefone pode desviar a atenção dos alunos, possibilitar fraudes durante as avaliações e provocar conflitos entre professores e alunos e alunos entre si, influenciando o rendimento escolar. Se por um lado, a tecnologia serve de apoio às ações educacionais, por outro o seu uso exacerbado se torna um empecilho. PROJETO DE LEI N.º 2.246 -A, DE 2007 (Do Sr. Pompeo de Mattos) Veda o uso de telefones celulares nas escolas públicas de todo o país; tendo parecer da Comissão de Educação e Cultura, pela aprovação deste e dos de nºs 2.547/07 e 3.486/08, apensados, com substitutivo (relatora: DEP. ANGELA PORTELA).
  8. 8. Como está sendo Utilizada Mas, vista toda essa mudanças tecnológicas que estamos vivenciando nos dias atuais, acredito que esta proibição irá acabar. Os jovens estão precisando de incentivo e reformulação na maneira do ensinar, para que seu olhar crítico reflexivo para o saber se transforme em algo atrativo e satisfatório as suas necessidades. A nova geração dos “nativos digitais”, estão inseridos em uma sociedade contaminada pelas TICs, todas as suas ações giram em torno de tecnologia, ficando a educação tradicional monótona e insatisfatória a sua “sede” de aprender pelo novo.
  9. 9. As possibilidades da utilização da internet móvel no contexto educacional Ao contrario do que muitos docentes acreditam a utilização do celular em sala de aula não é um vilão. Listas de exercícios, livros digitais, apostilas, calendários, laboratórios virtuais, wikis, bloggers, simuladores, animações, filmes, redes sociais, jogos educativos são uma forma de usufruir das possibilidades abertas pela utilização da telefonia móvel em conexão com a tecnologia 3 e 4G dentro do contexto escolar. Graças aos dispositivos moveis é possível unir de forma integrada o mundo dentro e fora da escola. Para a utilização consciente e precisa faz- se necessário que o docente tenha um objetivo claro, aulas bem planejadas, conhecimento prévio da metodologia escolhida e escolha eficaz de conteúdo a ser trabalhado. A potencialidade das novas tecnologias deve ser utilizada para integrar o cenário educacional e apoiar o ensino aprendizagem. O grande desafio para educação atualmente é fazer destas tecnologias ferramentas pedagógicas.
  10. 10. Conclusão De acordo com as informações apresentadas no decorrer do trabalho, percebe-se que as tecnologias 3G e 4G, possibilitaram um avanço muito grande mediante a utilização da internet em dispositivos móveis, mas quando se trata de sua utilização como ferramenta pedagógica, ainda é um recurso pouco utilizado devido a proibição da utilização de aparelhos celulares nas salas de aulas, pois falta uma preparação principalmente para os profissionais da educação, na construção de propostas pedagógicas que facilitem e auxiliam a melhor utilização desses recursos tecnológicos como forma de contribuir diretamente para o ensino e aprendizagem. Dessa forma, ainda necessita de se criar algumas políticas educacionais que viabilizem meios inovadores para se trabalhar essas tecnologias como recurso educacional.
  11. 11. Bibliografia http://gestaoescolar.abril.com.br/politicas-publicas/lei-proibe-uso-celular-sala-aula-739266.shtml; http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegracodteor=517286&filename=Avulso+ Roberto Hammerschmidt. O que é 3G? A terceira geração da telefonia móvel trouxe melhoria significativas e popularizou o uso da internet nos celulares. Disponível em: http://www.tecmundo.com.br/celular/226-o-que-e-3g-.htm#ixzz2zZV8MROe, acesso em 21/04/2014. LUCAS BRAGA . LTE: saiba como o 4G funciona Conexão móvel de alta velocidade pode chegar aos 100 Mbps. Disponível em: http://tecnoblog.net/88088/lte-4g-como-funciona/, acesso em 21/04/2014. OLHAR DIGITAL. Conheça as diferenças entre 1G, 2G, 3G e 4G. Disponível em: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/conheca-as-diferencas-entre-1g,-2g,-3g-e-4g/34225, acesso em 21/04/2014
  12. 12. Bibliografia Lincoln Satudi. 3G X 4G: Entenda as diferenças entre as tecnologia de internet móvel. Disponível em: http://www.agenciars.com.br/blog/3g-x-4g-entenda-as-diferencas-entre-as-tecnologia-de-internet-movel/, acesso em 21/04/2014 CONEXAO MINICOM. Veja o que você precisa saber sobre a tecnologia 4G. Disponível em: http://www.conexaominicom.mc.gov.br/ acesso em 21/04/2014 LUCIANO DE SAMPAIO. Entenda as diferenças entre 3G e 4G. Novas tecnologias de redes celulares estão chegando às operadoras americanas e não devem demorar a aparecer no Brasil. Disponível em: http://www.tecmundo.com.br/wi-fi/8081-entenda-as-diferencas-entre-3g-e-4g.htm#ixzz2zZT6XQ7d , acesso em 21/04/2014 Teresa Avalos Pereira, Rita Maria Lino Tarcia, Daniel Sigulem. Tecnologias Móveis: Aliadas na Educação e na Saúde. Disponível em: http://www.sbis.org.br/cbis2012/arquivos/769.pdf, acesso em 21/04/2014. TELECO. 3G: 3ª Geração de Celular no Brasil. Disponível em: http://www.teleco.com.br/3g_freq.asp, acesso 20/04/2014 Anne Warth. Apesar dos investimentos para Copa, 2G ainda domina no Brasil. Disponível em: http://blogs.estadao.com.br/link/apesar-dos-investimentos-para-a-copa-internet-2g-ainda-e-dominante-no- pais/, acesso em: 21/04/2014.

×