REDES MOVEIS CELULARES 
GERAÇÃO DAS REDES CELULARES 
Ângelo Lopes 
Manuela Gonçalves
INTRODUÇÃO 
DESENVOLVIMENTO 
CONCLUSÃO 
BIBLIOGRAFIA 
SUMARIO
INTRODUSÃO 
 As redes móveis são sistemas de comunicação sem fio que utiliza sinais 
rádios com determinada frequência (h...
PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE AS GERAÇÕES E TECNOLOGIAS UTILIZADO 
 FDMA- Frequency Division Multiple Access 
 GSM - Globa...
1ª GERAÇÃO (1G) E TECNOLOGIA 
Os sistemas móveis de comunicação de voz de primeira geração foram 
introduzidos em 1980. Es...
2ª GERAÇÃO (2G) TECNOLOGIA 
Os sistemas de segunda geração (2G) apareceram por volta de 1990, no sentido de 
colmatar as l...
TECNOLOGIA 2ª GERAÇÃO (2G) 
Rede GSM - Arquitetura 
A rede GSM é subdividida em duas camadas: 
Switching System (SS), ou C...
ARQUITETURA BÁSICA DAS REDES CELULARES 
Centro de Comutação de Serviços Móveis (MSC); 
Registro de Localização de Unidade ...
TECNOLOGIA 2ª GERAÇÃO E MEIA (2.5G) 
A tecnologia móvel 2.5G serviu de transição entre os sistemas de segunda geração 
(2G...
TECNOLOGIA 3ª GERAÇÃO (3G) 
A terceira geração permite o acesso a alta velocidade a conteúdos multimédia, revolucionando a...
TECNOLOGIA DA QUARTA GERAÇÃO (4G) 
O 4G é a nova geração de comunicações móveis que vem melhorar os sistemas 3G e 
estão a...
5ªG GERAÇÃO PARA CELULARES 
5ª GERAÇÃO!!!... 
SERA!!! 
A empresa Huawei, maior fabricante de equipamentos de telefonia e r...
BIBLIOGRAFIA 
 - Livro: Redes Celulares - Autor Sérgio Pinto 
 - Pesquisa internet 
 - http://canaltech.com.br/dica/mob...
Obrigado!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Redes moveis celulares

1.435 visualizações

Publicada em

Engenharia Informatica

Publicada em: Engenharia
  • Seja o primeiro a comentar

Redes moveis celulares

  1. 1. REDES MOVEIS CELULARES GERAÇÃO DAS REDES CELULARES Ângelo Lopes Manuela Gonçalves
  2. 2. INTRODUÇÃO DESENVOLVIMENTO CONCLUSÃO BIBLIOGRAFIA SUMARIO
  3. 3. INTRODUSÃO  As redes móveis são sistemas de comunicação sem fio que utiliza sinais rádios com determinada frequência (hz), para o transporte de informação dos utilizadores. - Área geográfica - Subáreas (células) - Estação base
  4. 4. PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE AS GERAÇÕES E TECNOLOGIAS UTILIZADO  FDMA- Frequency Division Multiple Access  GSM - Global System for Mobile  EDGE - Enhanced Data Rates for Global Evolution  CDMA - Code Division Multiple Access  TDMA - Time Division Multiple Access  GPRS - General Packet Radio System  UMTS - Universal Mobile Telephony System  HSPDA - High Speed Downlink Packet Access  IMS - IP Multimedia Subsystem  DVBH - Digital Video Broadcast Handheld
  5. 5. 1ª GERAÇÃO (1G) E TECNOLOGIA Os sistemas móveis de comunicação de voz de primeira geração foram introduzidos em 1980. Estes tipo de sistemas permitiam a transferência de dados (voz apenas) através de ondas cuja forma variava de forma contínua. Este tipo de sistemas tinham grandes limitações, por se tratar de sistemas analógicos FDMA - Frequency Division Multiple Access, ou Múltiplo Acesso por Divisão de Frequência Os sistemas celulares de primeira geração não suportam qualquer tipo de encriptação da informação (problemas de segurança), a qualidade de som é fraca e a velocidade de transferência rondava os 9.6 Kbps.
  6. 6. 2ª GERAÇÃO (2G) TECNOLOGIA Os sistemas de segunda geração (2G) apareceram por volta de 1990, no sentido de colmatar as limitações dos sistemas móveis de comunicação de primeira geração (1G). A segunda geração executou a era digital nas comunicações móveis. Permitindo uma melhor aproveitamento do espectro de frequências. GSM - Global System for Mobile Communications, ou Sistema Global para Comunicações Móveis) TDMA-Time Division Multiple Access Divisão de Tempo com Acesso Múltiplo, é uma das tecnologias digitais. CDMA (Code Division Multiple Access) - dá a cada chamada um código único que se espalha por todas as frequências disponíveis no sistema.
  7. 7. TECNOLOGIA 2ª GERAÇÃO (2G) Rede GSM - Arquitetura A rede GSM é subdividida em duas camadas: Switching System (SS), ou CORE Network (Núcleo da Rede), e Base Station System (BSS), ou Access Network (Rede de Acesso). Base Station System (BSS) BSS é a camada que cuida do acesso do usuário à rede SS é a camada da rede que cuida da comutação de chamadas, do encaminhamento de mensagens e da sinalização
  8. 8. ARQUITETURA BÁSICA DAS REDES CELULARES Centro de Comutação de Serviços Móveis (MSC); Registro de Localização de Unidade Móvel Local (HLR); Registro de Localização de Unidade Móvel Visitante (VLR); Equipamento de Identificação de Registro (EIR); Centro de Autenticação de Unidade Móvel (AuC)
  9. 9. TECNOLOGIA 2ª GERAÇÃO E MEIA (2.5G) A tecnologia móvel 2.5G serviu de transição entre os sistemas de segunda geração (2G) e os sistemas de terceira geração (3G). GPRS - General Packet Radio System .Esta tecnologia permite aumentar as velocidades de transmissão nas redes GSM, utilizando canais TDMA não utilizados. O GPRS está introduzido no standard GSM desde a release’ 97. O sistema GSM com o GPRS integrado recebeu o nome de geração 2.5G, tendo sido uma evolução importantíssima para a comunicação de dados móvel. O GPRS permite taxas de transferência em torno de 40 kbps.
  10. 10. TECNOLOGIA 3ª GERAÇÃO (3G) A terceira geração permite o acesso a alta velocidade a conteúdos multimédia, revolucionando as comunicações móveis atuais. Atingindo valores de transferência de 384kbps, é possível um acesso de alta velocidade à Internet, novos serviços como a videochamada e acesso a conteúdos multimédia em tempo real. O UMTS é um sistema 3G regulamentado pela organização 3GPP, desenvolvido sobre o W-CDMA, uma evolução do CDMA e que é mais do que uma tecnologia de múltiplo acesso, trata-se de um conjunto de protocolos que define todo o sistema UMTS. O UMTS trabalha nas novas frequências de 1900 MHz (downlink) e 2100 MHz (uplink), não sendo assim compatível com o GSM. O UMTS será desenvolvido segundo etapas, designadas por releases. A release 6 irá implementar o HSPDA, que será considerado a 3.5G. Serão atingidas velocidade de transmissão de 10Mbps, sendo mais tarde atingido os 20Mbps.
  11. 11. TECNOLOGIA DA QUARTA GERAÇÃO (4G) O 4G é a nova geração de comunicações móveis que vem melhorar os sistemas 3G e estão associadas desde logo um conjunto de vantagens que equipará a experiência de utilização dos serviços móveis à das comunicações fixas em fibra: Maior velocidade, maior largura de banda, melhor cobertura e maior qualidade de rede. Através do 4G, os utilizadores terão a oportunidade de usufruir de maiores débitos de transferência de dados, assim como de uma maior eficiência e performance no acesso a serviços disponíveis na Internet. Comparativamente com o 3G, os utilizadores das comunicações móveis podem, ainda, através do 4G, beneficiar de uma melhor eficiência de utilização do espectro radio-eléctrico e de uma menor latência, usufruindo de serviços em mobilidade até agora só possíveis através da Fibra Ótica ou ADSL. Tecnologias como o WiMax ou Long term evolution (LTE) foram introduzidas no mercado em 2006, e devido as suas evoluções, têm sido “rotuladas” de tecnologias 4G.
  12. 12. 5ªG GERAÇÃO PARA CELULARES 5ª GERAÇÃO!!!... SERA!!! A empresa Huawei, maior fabricante de equipamentos de telefonia e redes chinesa, divulgou uma nota declarando que espera introduzir no mercado, até 2020, a tecnologia móvel 5G. A rede supera em até cem vezes a velocidade da 4G. A expectativa é de que a conexão 5G permita que a população tenha acesso à redes de banda larga móvel com velocidades de até 10 GB, enquanto o atual 4G atinge o limite máximo de 100 MB. Mesmo sendo inovadora, a rede de alta velocidade ainda depende da aprovação de agências reguladoras, tambem ainda não há frequências apropriadas para o seu funcionamento.
  13. 13. BIBLIOGRAFIA  - Livro: Redes Celulares - Autor Sérgio Pinto  - Pesquisa internet  - http://canaltech.com.br/dica/mobile/Quais-sao-as-diferencas-entre-redes-1G- 2G-3G-e-4G/  - http://www.teleco.com.br/tutoriais/tutorialredegsm/pagina_1.asp  - https://www.youtube.com/watch?v=qjXv7ZESpek
  14. 14. Obrigado!

×