Animação e vídeo - Equipe 02

499 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado pela equipe 02, visando obtenção de nota na nota da disciplina de Software de Autoria do Mestrado em Computação Aplicada - UECE/IFCE.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
499
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Animação e vídeo - Equipe 02

  1. 1. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ – UECEINSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ – IFCEMESTRADO PROFISSIONAL EM COMPUTAÇÃO APLICADA–ECE/IFCE<br />SOFTWARE DE AUTORIA E MULTIMÍDIA<br />PROFESSOR DR. JOÃO BATISTA<br />Animação e Vídeo<br />
  2. 2. Animação e vídeo<br />Adriana Ramalho<br />Genilson César<br />Jefrei Rocha<br />
  3. 3. Roteiro<br />Animação<br />Definição<br />Discutindo os princípios da animação<br />Discutindo as técnicas de animação<br />Escolhendo o formato para animação<br />Criando animação em Flash<br />
  4. 4. Roteiro<br />2. Vídeo<br />Conceitos iniciais<br />Reprodução de vídeos<br />Discutindo os formatos de transmissão de vídeo<br />Formato de vídeo e codecs<br />A guerra dos codecs<br />Conversores de vídeo<br />Edição de vídeo<br />
  5. 5. Roteiro<br />3. Considerações Finais<br />4. Referências <br />
  6. 6.
  7. 7. ANIMAÇÃO<br />Definição:<br /><ul><li> Mudança visual ao longo do tempo;
  8. 8. Dá vida a apresentações estáticas;
  9. 9. Você pode animar seu projeto como um todo, ou em partes.</li></ul>Usar excessivamente alerta de animação e efeitos visuais indevidos, podem arruinar uma projeto! <br />
  10. 10. Princípios da animação<br />Persistência da visão e PHI;<br />Frames;<br />Animação por<br /> computador.<br />
  11. 11.
  12. 12. Discutindo as técnicas de animação<br />Stop Motion: assim como uma Filmadora filma em Frames, imitamos isso com o Stop-motion, dando sequência nas fotos.<br />2D: é um termo, duas dimensões, o mais conhecido e o próprio papel. Ao desenhar um “frame” tira-se uma foto desse e continua ao próximo.<br /> <br />Exemplos de 2D: Os desenhos do Walt Disney, são feitos em 2D. <br /> <br />
  13. 13. Discutindo as técnicas de animação<br />2D em computador: Para fazer uma animação 2D digital precisa-se de 1(Computador), 1(software). A diferença e que não precisa desenhar em papel ou algo parecido, e sim, direto no computador. Por isso o nome Digital. Animações Digitais nem sempre se caracterizam em 3D.<br />
  14. 14.
  15. 15. Discutindo as técnicas de animação<br />2D em computador: Para fazer uma animação 2D digital precisa-se de 1(Computador), 1(software). A diferença e que não precisa desenhar em papel ou algo parecido, e sim, direto no computador. <br />3D-stop-motion: O termo 3D- três dimensões. Basicamente tudo que existe no mundo real pode-se usar para fazer uma animação. E, com o stop-motion, usa-se para criar a animação com as seqüências de fotos.<br />
  16. 16. Discutindo as técnicas de animação<br />3D-Digital:  um mundo virtual é criado em três dimensões, sendo que mudanças (movimento) são calculados ao longo de todos os três eixos (x, y, e z).<br />Exemplos: “Toystory”,<br />“Procurando Nemo”, <br />“Monstros S.A, Carros”,<br />“Vida de inseto”, “Shrek” etc.<br />
  17. 17.
  18. 18. Discutindo as técnicas de animação<br />Morphing: um efeito (se não em demasia) popular em que uma imagem se transforma em outra. <br />Flipbook: várias folhas ou um “Livrinho” contendo uma imagem ou desenho em cada folha. Ao segurar o livrinho e soltar as folhas com o dedo, cria-se a ilusão da animação. <br />
  19. 19. Escolhendo o formato de uma animação<br />Director (. Dir . Dcr); <br />AnimatorPro(. Fli . flc); <br />3D Studio Max (. max); <br />GIF89a (. gif); <br />Flash (. fla . swf).<br />Obs: Em alguns casos são utilizados uma das digitais padrão recipientes de vídeo de arquivo, como o formato de áudio e vídeo do Windows Interleaved(. Avi), QuickTime (. Qt,. Mov), ou de vídeo Motion Picture Experts Group (. Mpeg ou. Mpg). <br />
  20. 20. Construindo uma animação no computador<br />
  21. 21. VÍDEO<br />Compressão(descompressão)<br />Codecs<br /> Caso você controle a plataforma de entrega do seu projeto multimídia, você poderá:<br />especificar hardware especiais e melhorias de software;<br />ou montar um projeto para atender um padrão de compressão específicos.<br />
  22. 22. Reprodução de vídeos<br />A luz refletida por um objeto passa através de uma lente de câmera de vídeo, sendo convertida em um sinal eletrônico por um sensor especial chamado charge-coupleddevice (CCD);<br />
  23. 23. Analógico x Digital<br />
  24. 24. Analógico x Digital<br />
  25. 25. Comparando...<br />
  26. 26. Comparando...<br />
  27. 27. Escaneamento progressivo x entrelaçado<br />
  28. 28. Formato de vídeo e codecs<br />Ogg(. ogg, Theora para vídeo, Vorbispara áudio); <br />Flash Video (. Flv);<br />MPEG (. Mp4);<br />QuickTime(. Mov);<br />Windows Media Format (. Wmv);<br />WebM(. Webm);<br />RealMedia(. Rm).<br />
  29. 29. A guerra dos codecs<br />
  30. 30. Conversores de vídeo<br />Any Vídeo Converter;<br />FormatFactory;<br />Handbrake.<br />
  31. 31. Edição de vídeo<br />Pensando no ambiente de produção;<br />Obtenção de videoclipes;<br />Storyboarding;<br />Iluminando;<br />Chroma keys;<br />Composição;<br />Título e<br /> texto.<br />
  32. 32. CONSIDERAÇÕES FINAIS<br /> É inegável o poder da animação e do vídeo. O papel que ambas desempenham em um projeto de multimídia, pode significar o sucesso ou o fracasso. Por tal razão, conhecer e escolher adequadamente é imprescindível para quem deseja criar um software de autoria.<br />
  33. 33. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS<br />

×