A República da Espada

2.668 visualizações

Publicada em

Apresentação da aula sobre a Proclamação da República e a República da Espada, do 2º ANO do Instituto Neuza Dutra. Elaborada pelo Prof. Gilmar Rodrigues.

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.668
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
141
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A República da Espada

  1. 1. A PRIMEIRA REPÚBLICA BRASILEIRA
  2. 2.  Instalação de um governo republicano forte e centralizado. Forte repressão de movimentos populares. Desentendimentos com as oligarquias rurais e os grandes cafeicultores que defendiam um governo descentralizado.
  3. 3. As representações da República
  4. 4. A Primeira Bandeira Republicana Bandeira provisória da República, que foi adotada durante 4 dias apenas
  5. 5. As representações da República
  6. 6. As representações da República
  7. 7. As representações da República
  8. 8. As representações da RepúblicaPrimeiras Cédulas da República - 1890 ( 500 Réis ) e ( 1000 Réis ). Acervo Ferrari D.
  9. 9. Tiradentes: o mito republicano
  10. 10.  Governo provisório de Deodoro da Fonseca entre 1889 e 1891. Em 1891 ocorrem eleições indiretas, e Deodoro é escolhido como o 1º presidente do Brasil. Criação da 1ª Constituição da República. Encilhamento: política econômica baseada na emissão de papel moeda, criada pelo ministro da fazenda Rui Barbosa, com o objetivo de industrializar o país. O plano acabou agravando a crise econômica, desvalorizando a moeda e aumentando a inflação. Crise política: sem apoio político, e com um governo autoritário e centralizador, Deodoro fecha o Congresso Nacional. Revolta da Armada: Deodoro da Fonseca é obrigado a renunciar pelas fortes pressões da marinha.
  11. 11.  Influenciada pela Constituição dos Estados Unidos da América; Adoção de um regime presidencialista representativo; Tripartição de Poderes: Legislativo, Executivo e Judiciário; As províncias passaram a ser denominadas estados; Implantação do Federalismo; Voto direto e aberto para presidente e membros do Poder Legislativo; Sufrágio universal masculino para maiores de 21 anos, com exceção dos analfabetos, mendigos, soldados e membros de ordens religiosas; Criação de um Estado Laico: A Igreja Católica foi desmembrada do Estado Brasileiro, deixando de ser a religião oficial do país; Instituição do registro de nascimento e casamento civis.
  12. 12.  Floriano Peixoto assume o poder de forma inconstitucional. II Revolta da Armada: a marinha liderada pelo Almirante Custódio de Melo exige a renuncia de Floriano Peixoto, que executa forte repressão aos revoltosos e se mantém no poder. Revolução Federalista: Floriano Peixoto controla a revolta dos federalistas gaúchos que queriam maior autonomia para o seu estado. Floriano fez um governo autoritário e centralizador, mas com grande apoio do Congresso Nacional. Pelo fato de ter feito um governo forte e ter conseguido consolidar a república no Brasil, Floriano Peixoto ficou conhecido como o “marechal de ferro”.

×