A Estrada de Ferro de Campos do Jordão
foi idealizada pelos médicos sanitaristas
Emilio Marcondes Ribas e Victor
Godinho.
...
A estrada de ferro foi
construída como
via de acesso aos
sanatórios
estabelecidos em
Campos do
Jordão, concebidos
para con...
A construção foi iniciada em 1912 e foi
inaugurada em 15 de novembro de 1914.
CONSTRUÇÃO (1912) INAUGURAÇÃO (1914)
 Os primeiros trens que trafegaram na ferrovia
eram a vapor, substituídos por trens a gasolina
em 1916 e pelos elétricos,...
A partir da década de 20, com o crescimento de
Campos do Jordão, a ferrovia se consolidou como
principal meio de acesso à ...
 Todos os
veículos
elétricos da
EFCJ foram
adquiridas da
cidade de
Guarujá a
partir de 1924.
 Todas as peças vieram da I...
 Hoje em dia os
bondes são
utilizados
apenas para
fins turísticos.
EXISTEM 4 TIPOS DE BONDES E UMA
MARIA FUMAÇA NA EFCJ:
 2 unidades
 3 unidades
 1 unidade
 7 unidades
V-1 V-2
G1
G2
G3
Réplica do SS3
A1 A2
(modelo antigo)
A2
(modelo novo)
‘
A3 A4
(modelo antigo)
A4
(modelo novo)‘
 Os
veículos
de
alumínio
são
chamado
s de
automotri
A5 A6
A7
 Os
bondes
vermelho
s são
chamado
s de
BARONESA
INTERIOR DOS BONDES
A3 A4
INTERIOR DOS BONDES
SS3
A5
V1
CABINE DO MOTORISTA
BONDE SUBURBIO
CABINE DO MOTORISTA
AUTOMOTRIZ
FORMAS DE VIRAR O BONDE
SUBURBIO
 Possui duas
cabines de
motorista
(localizadas na
frente e outra
atrás).
 Dependendo da...
FORMAS DE VIRAR O BONDE
AUTOMOTRIZES
 Utiliza-se a
rotunda.
 Se estaciona o
bonde sobre
ela,depois 2
pessoas giram a
rot...
Depois do acidente com a locomotiva
A2,todos os bondes tiveram os bancos
soldados ao piso.
(A locomotiva A2 teve perda tot...
É utilizado a energia elétrica nos
bondes,pois é uma forma limpa e
que não polui.
(Preservando assim,o ar e a
natureza da ...
Em caso de queda de energia,os
bondes com sua
modernização,continuam a
funcionar por um período de 1hora
utilizando energi...
É possível levar uma descarga
elétrica de 1500v,caso alguém
encoste no fio de transmissão
ou em uma das bobinas do
motor e...
Apenas a Maria Fumaça utiliza
madeira como combustível
(madeira retirada de trilhos
reformados).
1500 V
1500V
1500 V
coletor
Rede aérea
Fonte de
energia
Fio terra
 Capta se energia por meio de um coletor
que acompanha de forma linear o trajeto
 Rede aérea (linha acima do veiculo)
en...
•Cada bonde possui 4 motores
(2 atrás e 2 na frente)
•Os bondes de alumínio possuem
freios por eletro ímã,e podem ser
para...
Estrada de ferro de Campos do Jordão
Estrada de ferro de Campos do Jordão
Estrada de ferro de Campos do Jordão
Estrada de ferro de Campos do Jordão
Estrada de ferro de Campos do Jordão
Estrada de ferro de Campos do Jordão
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estrada de ferro de Campos do Jordão

237 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre a história da estrada de ferro da cidade de Campos do Jordão e sua modernização

escola:univap 2014

Publicada em: Turismo
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
237
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Parte da Gabriella
  • Parte da Gabriella
  • Parte da Gabriella
  • Estrada de ferro de Campos do Jordão

    1. 1. A Estrada de Ferro de Campos do Jordão foi idealizada pelos médicos sanitaristas Emilio Marcondes Ribas e Victor Godinho. Dr. Emilio Ribas Dr. Victor Godinho
    2. 2. A estrada de ferro foi construída como via de acesso aos sanatórios estabelecidos em Campos do Jordão, concebidos para contribuir na recuperação das vítimas de doenças pulmonares.
    3. 3. A construção foi iniciada em 1912 e foi inaugurada em 15 de novembro de 1914. CONSTRUÇÃO (1912) INAUGURAÇÃO (1914)
    4. 4.  Os primeiros trens que trafegaram na ferrovia eram a vapor, substituídos por trens a gasolina em 1916 e pelos elétricos, em 1924. VAPOR GASOLINA ELÉTRICO
    5. 5. A partir da década de 20, com o crescimento de Campos do Jordão, a ferrovia se consolidou como principal meio de acesso à região, atendendo às necessidades de seus moradores e visitantes, transportando não só passageiros doentes, mas carga geral e também veículos Transporte de moradores Transporte de carga
    6. 6.  Todos os veículos elétricos da EFCJ foram adquiridas da cidade de Guarujá a partir de 1924.  Todas as peças vieram da Inglaterra,da empresa “The English Eletric Co.”
    7. 7.  Hoje em dia os bondes são utilizados apenas para fins turísticos.
    8. 8. EXISTEM 4 TIPOS DE BONDES E UMA MARIA FUMAÇA NA EFCJ:  2 unidades  3 unidades  1 unidade  7 unidades
    9. 9. V-1 V-2
    10. 10. G1 G2 G3
    11. 11. Réplica do SS3
    12. 12. A1 A2 (modelo antigo) A2 (modelo novo) ‘
    13. 13. A3 A4 (modelo antigo) A4 (modelo novo)‘  Os veículos de alumínio são chamado s de automotri
    14. 14. A5 A6 A7  Os bondes vermelho s são chamado s de
    15. 15. BARONESA
    16. 16. INTERIOR DOS BONDES A3 A4
    17. 17. INTERIOR DOS BONDES SS3 A5 V1
    18. 18. CABINE DO MOTORISTA BONDE SUBURBIO
    19. 19. CABINE DO MOTORISTA AUTOMOTRIZ
    20. 20. FORMAS DE VIRAR O BONDE SUBURBIO  Possui duas cabines de motorista (localizadas na frente e outra atrás).  Dependendo da direção a ser seguida,se utiliza uma das cabines.
    21. 21. FORMAS DE VIRAR O BONDE AUTOMOTRIZES  Utiliza-se a rotunda.  Se estaciona o bonde sobre ela,depois 2 pessoas giram a rotunda até a direção em que se pretende ir.
    22. 22. Depois do acidente com a locomotiva A2,todos os bondes tiveram os bancos soldados ao piso. (A locomotiva A2 teve perda total,e não foi substituída).
    23. 23. É utilizado a energia elétrica nos bondes,pois é uma forma limpa e que não polui. (Preservando assim,o ar e a natureza da cidade,que são os principais atrativos turísticos).
    24. 24. Em caso de queda de energia,os bondes com sua modernização,continuam a funcionar por um período de 1hora utilizando energia acumulada em seu reservatório.
    25. 25. É possível levar uma descarga elétrica de 1500v,caso alguém encoste no fio de transmissão ou em uma das bobinas do motor enquanto o bonde estiver ligado.
    26. 26. Apenas a Maria Fumaça utiliza madeira como combustível (madeira retirada de trilhos reformados).
    27. 27. 1500 V 1500V 1500 V coletor Rede aérea Fonte de energia Fio terra
    28. 28.  Capta se energia por meio de um coletor que acompanha de forma linear o trajeto  Rede aérea (linha acima do veiculo) energizada  A direita (fonte de energia)  A energia parte da fonte vai passa por transformadores e segue para a rede aérea numa tensão de 1500v  Através do coletor a corrente eletrica entra no circuito do veiculo,por onde circula alimentando e acionando os motores de tração  E por fim completando o circuito e saindo pela roda ao aterramento (trilhos)
    29. 29. •Cada bonde possui 4 motores (2 atrás e 2 na frente) •Os bondes de alumínio possuem freios por eletro ímã,e podem ser parados imediatamente se tiverem em até 70 km/h. •Os bondes tipo subúrbio possuem freios a ar e demoram mais para parar.

    ×