Uma Breve História da Ciência
William Bynum – 2015
Capítulo 32
A VIRADA DE JOGO: EINSTEIN.
Famoso pelos volumosos cabelos ...
chamada de fótom ou quantum de luz.
O 2º artigo revolucionário de Einstein tratava sobre a Teoria da
Relatividade Especial...
de que massa e energia são apenas dois aspectos de uma mesma coisa.
Revela a natureza como um “tanto quanto” e não apenas ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A virada de jogo einstein

51 visualizações

Publicada em

AS bases da Teoria de Einstein. História da Ciência.

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
51
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A virada de jogo einstein

  1. 1. Uma Breve História da Ciência William Bynum – 2015 Capítulo 32 A VIRADA DE JOGO: EINSTEIN. Famoso pelos volumosos cabelos brancos e por sua teoria sobre matéria, energia, espaço e tempo. Einstein trabalhava em uma escrivaninha ou em um quadro-negro. Era um pensador e não um executor, por isso em seus estudos fez uso dos experimentos do físico alemão Max Planck. Planck era um pesquisador sua descoberta mais essencial aconteceu em 1890 na Universidade de Berlim enquanto estudava uma forma de produzir uma lâmpada que gerasse o máximo de luz gastando pouca energia. Estudava um objeto hipotético chamado “corpo negro” que absorvesse toda luz sem que esta fosse refletida. Isso lhe gerou uma questão: não sendo o corpo negro capaz de absorver toda energia, como a refletiria de volta? Na busca de responder esta questão Planck formulou uma equação onde existia uma constante. O valor desta constante necessariamente deveria ser um número inteiro pois isto revelaria que a luz vinha em pacotinhos individuais que Planck denominou de quantum que significa “apenas uma quantidade”. O trabalho de Planck foi publicado em 1900 e modificando o mundo e a física, o número fixo da equação desenvolvida por Planck foi chamado de constante de planck. O artigo que rendeu a Einstein o prêmio Nobel elevou os estudos de Planck pois Einstein refletiu sobre a radiação do corpo negro e, valendo-se da quântica e de vários e de vários cálculos comprovou que a luz era transmitida em pacotes de energia que se moviam de forma independente, apesar de juntos constituírem uma onda. A luz podia ser uma partícula
  2. 2. chamada de fótom ou quantum de luz. O 2º artigo revolucionário de Einstein tratava sobre a Teoria da Relatividade Especial. Nela dizia que todo movimento é relativo, ou seja, só pode ser medido em relação a outra coisa. Então todo movimento depende de um observador. Einstein argumentou, com auxílio de equações complexas que o tempo é uma dimensão essencial da realidade. O tempo não é absoluto é relativo. Muda de acordo com a velocidade com que nos deslocamos. Em 1916 Einstein elaborou uma estrutura mais geral para o universo que resultou na Teoria da Relatividade Geral onde demonstrou que gravidade e aceleração, na realidade eram equivalentes e que o espaço tempo é curvo. Einstein trabalhou com o muito pequeno (fotom de luz) e o muito grande o universo. Através da frase: “Deus não joga dados” mostra acreditar que os eventos sempre acontecem em padrões regulares e previsíveis. Para se trabalhar com a quântica era muito importante conhecer o elétron. Niels Bohr descreveu que os elétrons estavam em órbitras fixas com energias definidas girando com grande rapidez em torno de um núcleo central. Werner Heisemberg propôs o “princípio da incerteza”. Este princípio afirmava que o simples fato de conduzir experimentos com elétrons bastava para alterá-los. O que foi proposto por Heisemberg era parte filosófico parte experimental. Einstein dedicou-se a refutar este princípio mas não teve sucesso. Desta maneira este princípio permanece até hoje. O elétron também foi foco de estudo de Paul Dirac, ele descobriu o pósitron, um elétron com carga positiva, isto era como dizer que existia tanto matéria quanto antimatéria. A existência do pósitron mostrou aos físicos que os átomos eram compostos por mais do que prótons, elétrons e nêutrons. Os estudos de Max Planck sobre o quantum e a percepção de Einstein
  3. 3. de que massa e energia são apenas dois aspectos de uma mesma coisa. Revela a natureza como um “tanto quanto” e não apenas um “ou, ou”.

×