vicenteventura2112@yahoo.com.br - Lista 201: Espelhos Planos - vicenteventura.blogspot.com 1

      UNIFESP 55b Numa sala,...
vicenteventura2112@yahoo.com.br - Lista 201: Espelhos Planos - vicenteventura.blogspot.com 2


                           ...
vicenteventura2112@yahoo.com.br - Lista 201: Espelhos Planos - vicenteventura.blogspot.com 3

       UNESP 45d) Um rapaz f...
vicenteventura2112@yahoo.com.br - Lista 201: Espelhos Planos - vicenteventura.blogspot.com 4

       Essa visitante, ao de...
vicenteventura2112@yahoo.com.br - Lista 201: Espelhos Planos - vicenteventura.blogspot.com 5


                           ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

201 espelhos planos

3.299 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.299
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

201 espelhos planos

  1. 1. vicenteventura2112@yahoo.com.br - Lista 201: Espelhos Planos - vicenteventura.blogspot.com 1 UNIFESP 55b Numa sala, onde foram UNIFESP 55A. A figura representa um colocados espelhos planos em duas paredes objeto e cinco espelhos planos, E1, E2, E3, E4 e opostas e no teto, um rapaz observa a imagem E5. do desenho impresso nas costas da sua camisa. A figura 1 mostra a trajetória seguida por um raio de luz, do desenho ao rapaz, e a figura 2, o desenho impresso nas costas da camiseta. Assinale a seqüência que representa corretamente as imagens do objeto conjugadas nesses espelhos. A imagem vista pelo rapaz será UNIFESP 55B. Considere as situações seguintes. I. Você vê a imagem ampliada do seu rosto, conjugada por um espelho esférico. II. Um motorista vê a imagem reduzida de um carro atrás do seu, conjugada pelo espelho retrovisor direito. III. Uma aluna projeta, por meio de uma lente, a imagem do lustre do teto da sala de aula sobre o tampo da sua carteira. A respeito dessas imagens, em relação aos dispositivos ópticos referidos, pode-se afirmar que (A) as três são virtuais. (B) I e II são virtuais; III é real. (C) I é virtual; II e III são reais. (D) I é real; II e III são virtuais. (E) as três são reais. UNESP 43e) Dois objetos, A e B, encontram-se em frente de um espelho plano E, como mostra a figura. Um observador tenta ver as imagens desses objetos formadas pelo espelho, colocando-se em diferentes posições, 1, 2, 3, 4 e 5, como mostrado na figura.
  2. 2. vicenteventura2112@yahoo.com.br - Lista 201: Espelhos Planos - vicenteventura.blogspot.com 2 a) xA = 100cm b) xB = 100cm e yB = –30cm UNESP 43e) O objeto ABC encontra-se em frente de um pequeno espelho plano E, como mostra a figura. O observador verá as imagens de A e B A figura que melhor representa o espelho superpondo-se uma à outra quando se colocar na E, o objeto ABC e sua imagem I é posição a) 1. b) 2. c) 3. d) 4. e) 5. UNESP 16) A figura representa um espelho plano E e uma linha CD a sua frente. Há um ponto xA no eixo x, de onde um dos olhos do observador vê, por reflexão, a linha em toda a sua extensão e ocupando o espelho todo. UNESP 14) Em uma aula de dança, uma bailarina está de frente para um espelho plano, a uma distância de 1,5 m deste, e a professora, mais alta que a aluna, encontra-se atrás da aluna, a uma distância de 0,7 m desta. a) Determine a distância da professora à imagem da aluna. b) Construa uma figura, indicando o traçado dos raios de luz que, partindo da a) Determine o valor de xA . bailarina, refletem no espelho e incidem nos b) A seguir, desloca-se o espelho 10 cm olhos da professora, e dê as características da para baixo, paralelamente ao eixo y. Determine imagem da bailarina. as coordenadas xB e yB do ponto onde deve estar a) 3,7m o olho do observador para que ele possa ver a b) figura, virtual, direita e do mesmo linha CD ocupando todo o espelho. tamanho que o objeto.
  3. 3. vicenteventura2112@yahoo.com.br - Lista 201: Espelhos Planos - vicenteventura.blogspot.com 3 UNESP 45d) Um rapaz foi encarregado de (C) não enxergaria nem o espelho, nem o fixar um espelho plano em um provador de raio de luz. roupas de uma boutique. No entanto, não lhe foi (D) enxergaria somente o espelho em toda dito a que altura, na parede, o espelho deveria sua extensão. ser fixado. Desejando que os clientes se vissem (E) enxergaria o espelho em toda sua de corpo inteiro (da cabeça aos pés) no espelho, extensão e também o raio de luz. verificou que a altura do espelho era suficientemente grande, mas, ainda assim, UNESP 17) O fenômeno de retrorreflexão resolveu determinar a menor distância da pode ser descrito como o fato de um raio de luz extremidade inferior do espelho ao solo, para emergente, após reflexão em dois espelhos atingir seu objetivo. Para tanto, o rapaz planos dispostos convenientemente, retornar precisaria conhecer, em relação ao solo, apenas aparalelo ao raio incidente. Esse fenômeno tem altura muitas aplicações práticas. No conjunto de dois (A) do cliente mais alto. espelhos planos mostrado na figura, o raio (B) até os olhos, do cliente mais alto. emergente intersecta o raio incidente em um (C) do cliente mais baixo. ângulo β. Da forma que os espelhos estão (D) até os olhos, do cliente mais baixo. dispostos, esse conjunto não constitui um (E) até a cintura, do cliente mais alto. retrorrefletor. Determine o ângulo β, em função do ângulo θ, para a situação apresentada na UNESP 71C) Um professor de física figura e o valor que o ângulo θ deve assumir, em propôs aos seus alunos que idealizassem uma radianos, para que o conjunto de espelhos experiência relativa ao fenômeno luminoso. constitua um retrorrefletor. Pediu para que eles se imaginassem numa sala completamente escura, sem qualquer material em suspensão no ar e cujas paredes foram pintadas com uma tinta preta ideal, capaz de absorver toda a luz que incidisse sobre ela. Em uma das paredes da sala, os alunos deveriam imaginar uma fonte de luz emitindo um único raio de luz branca que incidisse obliquamente em um extenso espelho plano ideal, capaz de refletir toda a luz nele incidente, fixado na β=π −2θ parede oposta àquela na qual o estudante estaria π encostado (observe a figura). θ= rad 2 Fuvest 64a) Em uma exposição, organizada em dois andares, foi feita uma montagem com dois espelhos planos E1 e E2, dispostos a 45˚ entre os andares, como na figura. Uma visitante, quando no andar superior, no ponto A, fotografa um quadro (Q), obtendo a foto 1, tal como vista no visor. Se tal experiência pudesse ser realizada nas condições ideais propostas pelo professor, o estudante dentro da sala (A) enxergaria somente o raio de luz. (B) enxergaria somente a fonte de luz.
  4. 4. vicenteventura2112@yahoo.com.br - Lista 201: Espelhos Planos - vicenteventura.blogspot.com 4 Essa visitante, ao descer as escadas, fotografa, no ponto B, o mesmo quadro através dos espelhos. A nova foto, tal como vista no visor, é Fuvest 15c) A janela de uma casa age como se fosse um espelho e reflete a luz do Sol nela incidente, atingindo, às vezes, a casa vizinha. Para a hora do dia em que a luz do Sol incide na direção indicada na figura, o esquema que melhor representa a posição da janela capaz de refletir o raio de luz na direção de P é 26 Um raio de luz de uma lanterna acesa em A ilumina o ponto B, ao ser refletido por um espelho horizontal sobre a semi-reta DE da figura, estando todos os pontos num mesmo plano vertical. Determine a distância entre a imagem virtual da lanterna A e o ponto B. Considere AD=2 m, BE=3 m e DE=5 m.
  5. 5. vicenteventura2112@yahoo.com.br - Lista 201: Espelhos Planos - vicenteventura.blogspot.com 5 5 2 m

×