Treinamento
Backbone de
Serviços RTM
Agenda
Dia 1 - Manhã
• Apresentação Geral do Projeto
 Objetivo da Rede de Serviços RTM
• Conceitos de MPLS
 Comutação po...
Agenda
Dia 1 - Tarde
• Laboratório 1
• Configuração Básica
 Ativação de MPLS nos links
 Configuração de VPN Full Meshed
...
Agenda
Dia 2 - Manhã
• Configuração Avançada
 Configurações de VPNs Hub and Spoke
 Configurações de Filtros
 Configuraç...
Agenda
Dia 2 - Tarde
• Avaliação das Configurações do ASR e dos PEs
 VRFs Redes Internas e Rede Pública
 Rotas estáticas...
Agenda
Dia 1 - Manhã
• Apresentação Geral do Projeto
 Objetivo da Rede de Serviços RTM
• Conceitos de MPLS
 Comutação po...
Agenda
Dia 2 - Tarde
• Avaliação das Configurações do ASR e dos PEs
 VRFs Redes Internas e Rede Pública
 Rotas estáticas...
Justificativa do Projeto
Estudo de alternativa ao Backbone Embratel para acesso de Clientes
Avaliação de
alternativas para...
Colocation RJO POP RJO
Colocation SPO POP SPO
Internet
Redes de
Serviços
MPLS
Embratel
Estrutura de Serviços Atual
Conecti...
POP RJO
POP SPO
Redes de
Serviços
Rede RTM
Nacional
MPLS
Embratel
Provedores
Clientes com
Redundância
Clientes
Acesso Alte...
Premissas do Projeto
Premissas de comparação e execução
 Projetos comparados pelo atendimento de
100% (GEDDS).
 Análises...
Topologia Inicial
Acessos em Agregado STM-1 e MetroEthernet + Acessos G.703
Acessos
STM-1
Acessos
G.703
Acessos
Metro Ethe...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

MPLS Operações - Introdução ao Projeto

86 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
86
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MPLS Operações - Introdução ao Projeto

  1. 1. Treinamento Backbone de Serviços RTM
  2. 2. Agenda Dia 1 - Manhã • Apresentação Geral do Projeto  Objetivo da Rede de Serviços RTM • Conceitos de MPLS  Comutação por labels  Funcionamento do LDP  Plano de Controle e Encaminhamento • Conceitos de MPLS VPN  Arquitetura de VPNs – PE e P  MP-BGP – RFC 2547  Distribuição de Labels  Plano de Controle e Encaminhamento
  3. 3. Agenda Dia 1 - Tarde • Laboratório 1 • Configuração Básica  Ativação de MPLS nos links  Configuração de VPN Full Meshed • Testes de Conectividade e Segurança  Ping e Ping VRF  Telnet • Troubleshooting  Verificações no Plano de Controle – MP-BGP/OSPF  Verificação de Encaminhamento – Labels / LDP / CEF
  4. 4. Agenda Dia 2 - Manhã • Configuração Avançada  Configurações de VPNs Hub and Spoke  Configurações de Filtros  Configurações de Roteamento de Cliente • Laboratório  Importação e Exportação de Rotas  Filtragem de Rotas entre VPNs
  5. 5. Agenda Dia 2 - Tarde • Avaliação das Configurações do ASR e dos PEs  VRFs Redes Internas e Rede Pública  Rotas estáticas das VRFs Redes Internas e Públicas  Configurações de OSPF  Configurações de BGP  Configurações de MP-BGP
  6. 6. Agenda Dia 1 - Manhã • Apresentação Geral do Projeto  Objetivo da Rede de Serviços RTM • Conceitos de MPLS  Comutação por labels  Funcionamento do LDP  Plano de Controle e Encaminhamento • Conceitos de MPLS VPN  Arquitetura de VPNs – PE e P  MP-BGP – RFC 2547  Distribuição de Labels  Plano de Controle e Encaminhamento
  7. 7. Agenda Dia 2 - Tarde • Avaliação das Configurações do ASR e dos PEs  VRFs Redes Internas e Rede Pública  Rotas estáticas das VRFs Redes Internas e Públicas  Configurações de OSPF  Configurações de BGP  Configurações de MP-BGP • Testes de Conectividade e Segurança  Ping e Ping VRF  Telnet • Troubleshooting  Verificações no Plano de Controle – MP-BGP/OSPF  Verificação de Encaminhamento – Labels / LDP / CEF
  8. 8. Justificativa do Projeto Estudo de alternativa ao Backbone Embratel para acesso de Clientes Avaliação de alternativas para ampliar o nível de serviços do backbone RTM Projeto Cenário • Alta Disponibilidade  Elevado número de quedas  Tempo de recuperação acima do esperado.  SLA pouco efetivo • Flexibilidade na Contratação de Acessos  Novas Políticas de acesso das operadoras.  Necessidade de acesso redundante da RTM (política).
  9. 9. Colocation RJO POP RJO Colocation SPO POP SPO Internet Redes de Serviços MPLS Embratel Estrutura de Serviços Atual Conectividade principal através do MPLS Embratel Provedores Clientes
  10. 10. POP RJO POP SPO Redes de Serviços Rede RTM Nacional MPLS Embratel Provedores Clientes com Redundância Clientes Acesso Alternativo Clientes Acesso Embratel Internet Estrutura de Serviços Proposta Conectividade através de Rede Alternativa
  11. 11. Premissas do Projeto Premissas de comparação e execução  Projetos comparados pelo atendimento de 100% (GEDDS).  Análises pela escalabilidade e implantação escalonada.  Estruturas do POP consideradas à parte para a Comparação  Matriz de Tráfego de Clientes  Backbone de outra operadora com características semelhantes ao da Embratel.  Sites em RJO, SPO, BSA, POA, CTA, BHE Considerações de Projeto e Execução
  12. 12. Topologia Inicial Acessos em Agregado STM-1 e MetroEthernet + Acessos G.703 Acessos STM-1 Acessos G.703 Acessos Metro Ethernet ASR 1004 ASR1004 Acessos STM-1 Acessos Metro Ethernet Acessos G.703 RJO Rede de Acesso SDH Rede de Acesso Acessos Eth RJORede de Acesso MetroETH Operadora Longa Distância

×