SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
PREVENÇÃO E COMBATE
A INCÊNDIO
NR - 23
23.1 Disposições gerais.
23.1.1 Todas as empresas deverão possuir:
a) proteção contra incêndio;
b) saídas suficientes para a rápida retirada do pessoal em
serviço, em caso de incêndio;
c) equipamento suficiente para combater o fogo em seu
início;
d) pessoas adestradas no uso correto desses
equipamentos.
e) Saídas
NR - 23
23.2 Os locais de trabalho deverão dispor de saídas,
em número suficiente e dispostas de modo que
aqueles que se encontrem nesses locais possam
abandoná-los com rapidez e segurança, em caso de
emergência.
NR - 23
23.7 Combate ao fogo.
23.7.1 Tão cedo o fogo se manifeste, cabe:
a) acionar o sistema de alarme;
b) chamar imediatamente o Corpo de Bombeiros;
c) desligar máquinas e aparelhos elétricos, quando a
operação do desligamento não envolver riscos
adicionais;
d) atacá-lo, o mais rapidamente possível, pelos meios
adequados.
NR - 23
23.7.2 As máquinas e aparelhos elétricos que não devam
ser desligados em caso de incêndio deverão conter placa
com aviso referente a este fato, próximo à chave de
interrupção.
23.7.3 Poderão ser exigidos, para certos tipos de
indústria ou de atividade em que seja grande o risco de
incêndio, requisitos especiais de construção, tais como
portas e paredes corta-fogo ou diques ao redor de
reservatórios elevados de inflamáveis.
NR - 23
23.8 Exercício de alerta.
23.8.1 Os exercícios de combate ao fogo deverão ser
feitos periodicamente, objetivando:
a) que o pessoal grave o significado do sinal de alarme;
b) que a evacuação do local se faça em boa ordem;
c) que seja evitado qualquer pânico;
d) que sejam atribuídas tarefas e responsabilidades
específicas aos empregados;
e) que seja verificado se a sirene de alarme foi ouvida
em todas as áreas.
NR - 23
23.8.4 Nas fábricas que mantenham equipes organizadas
de bombeiros, os exercícios devem se realizar
periodicamente, de preferência, sem aviso e se
aproximando, o mais possível, das condições reais de
luta contra o incêndio.
23.8.5 As fábricas ou estabelecimentos que não
mantenham equipes de bombeiros deverão ter alguns
membros do pessoal operário, bem como os guardas e
vigias, especialmente exercitados no correto manejo do
material de luta contra o fogo e o seu emprego.
PRINCÍPIOS BASICO
DO FOGO
COMBATER DE IMEDIATO NOS PRIMEIROS
CINCO MINUTOS;
DAR O ALARME DE INCÊNDIO;
DESLIGAR A ENERGIA ELÉTRICA;
ACIONAR OS BOMBEIROS;
SABER AVALIAR O INCÊNDIO;
FOGO
É UMA COMBUSTÃO NA QUAL PODEMOS VISUALIZAR
PRODUÇÃO DE CHAMAS COM A LIBERAÇÃO DE ENERGIA
(CALOR E LUZ)
COMBUSTÃO
É UMA REAÇÃO QUIMICA ENTRE DOIS REAGENTES,
COMBUSTÍVEL E COMBURENTE, MEDIANTE UMA
CONDIÇÕES FAVORÁVEL, O CALOR
INCÊNDIO
É O FOGO QUE FOGE DO CONTROLE
TRIÂNGULO DO FOGO
Para que exista o
fogo, é necessário
a condição favorável,
juntamente com os três
elementos citados ao
lado, que são os
comburente (ou oxigênio),
o combustível e o calor.
MÉTODOS DE EXTINÇÃO
OS MÉTODOS DE EXTINÇÃO VISAM
RETIRAR UM, OU MAIS DE UM, DOS
TRÊS COMPONENTES O TRIÂNGULO
DO FOGO, AO FALTAR QUALQUER
UM DOS TRÊS COMPONENTES
O FOGO NÃO EXISTIRÁ
MÉTODO DE EXITINÇÃO
AO JOGARMOS ÁGUA EM UM INCÊNDIO,
ESTAREMOS RESFRIANDO, OU SEJA,
RETIRANDO O COMPONENTE CALOR
MÉTODO DE EXTINÇÃO
AO ABAFARMOS, IMPEDIREMOS QUE OXIGÊNIO
ENTRE NA REAÇÃO, ESTAREMOS RETIRANDO
O COMPONENTE COMBURENTE (OXIGÊNIO)
MÉTODOS DE EXTINÇÃO
AO SEPARARMOS O COMBUSTÍVEL DA REAÇÃO,
ESTAREMOS ISOLANDO, COMO POR EXEMPLO,
SE ABRIR UMA TRILHA (ACEIRO) NO MATO
PARA QUE O FOGO NÃO PASSE.
DESTA FORMA ESTAREMOS TIRANDO
O COMPONENTE COMBUSTÍVEL
CLASSE DE INCÊNDIO
CARACTERÍSTICA
QUEIMA NA SUPERFÍCIE E EM
PROFUNDIDADE
QUEIMA DEIXANDO RESÍDUOS
OU CINZAS
EXEMPLO – CLASSE A
PAPEL
BORRACHA
TECIDO MADEIRA
CARACTERÍSTICA
QUEIMA SOMENTE NA SUPERFÍCIE E
NÃO QUEIMA
EM PROFUNDIDADE
GASOLINA
ACETONA
ÉTER
GÁS DE COZINHA
ÁLCOOL
EXEMPLO CLASSE B
CLASSE C
CARACTERÍSTICA
MATERIAL ELÉTRICOS ENERGIZADO
CLASSE D
METAIS PIROFÓRICOS
ESTES METAIS SÃO ENCONTRADOS EM FÁBRICAS
E INDUSTRIAS AUTOMOBILÍSTICA POR EXEMPLOS
RASPA DE ZINCO. LIMALHA DE MAGNÉSIO, ETC.
ALGUNS TIPOS DE EXTINTORES
ÁGUA CO2 PQS ESPUMA
CLASSE A: SIM
CLASSE B: NÃO
CLASSE C: NÃO
CLASSE D: NÃO
EXTINTOR ÁGUA
ÁGUA-10 L
RESFRIAMENTO
EXTINTOR DE ÁGUA BAIXA PRESSÃO
DURAÇÃO DE 60 SEGUNDO
PESA MAIS OU MENOS 12 Kgs.
ALCANÇA 7 METROS E MEIO
ÁGUA TEM GRANDE PODER DE
INFILTRAÇÃO;
EFICIENTE EM INCÊNDIO
CLASSE “A” QUE QUEIMA EM
SUPERFÍCIE E PROFUNDIDADE
ATACA O FOGO DIRIGINDO JATO
PARA SUA BASE
EXTINTOR CO2 ALTA PRESSÃO
CO2
06 Kg
ABAFAMENTO E RESFRIMANTO
CLASSE A: NÃO
CLASSE B: SIM
CLASSE C: SIM
CLASSE D: NÃO
CHAPA DE 8 MM – SEM SOLDA;
DURAÇÃO DE 45 SEGUNDO;
FORMA DE GELO SECO QUE QUEIMA;
POSSUI EPUNHAMENTO E DIFUSOR;
2.100 LIBRAS DE PRESSÃO;
NÃO POSSUI MANÔMETRO;
APÓS 6 MESES, PESAR E SE ESTIVER
CONSTANDO PERDA DE MAIS DE 10%
DE CARGA, ENVIAR PARA RECARGA;
PESA 22 Kgs. CARREGADO,
16 Kgs. VAZIO;
ATACA O FOGO, PROCURANDO
ABAFAR TODA A ÁREA ATINGIDA.
EXTINTOR DE CO2 ALTA PRESSÃO
EXTINTOR PÓ QUÍMICO ALTA PRESSÃO
PQS
PÓ QUÍMICO
SECO
4 Kgs
ABAFAMENTO
CLASSE A: SIM
CLASSE B: SIM
CLASSE C: NÃO
CLASSE D: NÃO
EXTINTOR PQS ALTA PRESSÃO
DURAÇÃO DE 50 SEGUNDO;
PÓ BICARBONATO;
POSSUI MANOMENTRO;
VERDE PRESSÃO NORMAL;
VERMELHO PRESSÃO INSUFICIENTE;
NÃO SE UTILIZA NA BASE DO FOGO,
USAR FORMANDO NUVEM POR CIMA
DAS CHAMAS;
ATACA O FOCO PROCURANDO FORMAR
UMA NUVEM DE PÓ A FIM DE COBRIR
A ÁREA ATINGIDA.
EXTINTOR ESPUMA QUÍMICA
ESPUMA
QUÍMICA
10 LITROS
ABAFAMENTO E RESFRIAMENTO
CLASSE A: SIM
CLASSE B: SIM
CLASSE C: NÃO
CLASSE D: NÃO
MODO DE USAR OS EXTINTORES
ROMPA O LACRE E APERTE
O GATILHO, DIRIGINDO O
DIFUSOR PARAA BASE DO
FOGO. NÃO TOQUE NO
DIFUSOR, PODERÁ GELAR
E “COLAR” NA PELE
CAUSANDO LESÕES
MANDAR OS EXTINTORES SEMPRE VAZIO PARA
RECARGA;
APRENDA A USAR OS EXTINTOR DE INCÊNDIO;
CONHEÇA OS LOCAIS ONDE ESTÃO INSTALADOS OS
OUTROS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO AO FOGO;
NUNCA OBSTRUA OS ACESSOS AO EXTINTORES OU
HIDRANTES;
NÃO MÊXA NOS EXTINTORES DE INCÊNDIO E
HIDRANTES A MENOS QUE SEJA NECESSÁRIO
A SUA UTILIZAÇÃO OU REVISÃO PERIODICA.
RECOMENDAÇÕES
MANGUEIRAS – CONFECCIONADA EM FIBRA
SINTÉTICA, TECEDUTA PARALELA, COM
REVESTIMENTO INTERNO (TUBO),
PRODUZIDA COM COMPOSTO DE BORRACHA
VULCANIZADA. MEDINDO 15 MTS E 30 MTS.
HIDRANTE – CORPO EM CHAPA SAE 1020
LAMINADA A FRIO, FROTA COM VENTILAÇÃO
E VISOR COM INSCRIÇÃO
“INÇÊNDIO”
MANGUEIRAS HIDRANTES
ALGUNS COMPONENTES DOS HIDRANTES
FIM
TEL. DO CORPO DE
BOMBEIROS NO
BRASIL
193

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a NR - 23 Incendio.ppt

Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/Transparncia
Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/TransparnciaNr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/Transparncia
Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/TransparnciaAna Paula Santos de Jesus Souza
 
plano de ação emergencial plano de abondano
plano de ação emergencial plano de abondanoplano de ação emergencial plano de abondano
plano de ação emergencial plano de abondanojulianaestagiariasol
 
treinamentobrigadaincendio.ppt
treinamentobrigadaincendio.ppttreinamentobrigadaincendio.ppt
treinamentobrigadaincendio.pptssuser9940aa
 
0021
00210021
0021idiv
 
Segurança e medicina do trabalho aula5
Segurança e medicina do trabalho aula5Segurança e medicina do trabalho aula5
Segurança e medicina do trabalho aula5Augusto Junior
 
CIPA_PARTE5_PREV_COMBAT_INCENDIO.pptx
CIPA_PARTE5_PREV_COMBAT_INCENDIO.pptxCIPA_PARTE5_PREV_COMBAT_INCENDIO.pptx
CIPA_PARTE5_PREV_COMBAT_INCENDIO.pptxclaudinei Nascimento
 
12235937_incendio.ppt
12235937_incendio.ppt12235937_incendio.ppt
12235937_incendio.pptCladiaRocha
 
Evacuacaodeemergencia
EvacuacaodeemergenciaEvacuacaodeemergencia
EvacuacaodeemergenciaJosé Gomes
 
Item 55 procedimento de proteção contra incêndios
Item 55   procedimento de proteção contra incêndiosItem 55   procedimento de proteção contra incêndios
Item 55 procedimento de proteção contra incêndiosR.A. DA SILVA BECKMA-ME
 
Salvamento em local de incêndio
Salvamento em local de incêndioSalvamento em local de incêndio
Salvamento em local de incêndiocristiano Santos
 
Slides incendios.ppt teste 17 02-2011
Slides incendios.ppt teste 17 02-2011Slides incendios.ppt teste 17 02-2011
Slides incendios.ppt teste 17 02-2011rafaelpicanco
 
APOSTILA BRIGADA - TREINAMENTO BÁSICO 4 HORAS
APOSTILA BRIGADA - TREINAMENTO BÁSICO 4 HORASAPOSTILA BRIGADA - TREINAMENTO BÁSICO 4 HORAS
APOSTILA BRIGADA - TREINAMENTO BÁSICO 4 HORASTalitaVerdadeiro1
 
Treinamento para utilização de aquecedor de asfalto.
Treinamento para utilização de aquecedor de asfalto.Treinamento para utilização de aquecedor de asfalto.
Treinamento para utilização de aquecedor de asfalto.charles veloso
 
Combate a incendios_treinamento_para_brigadista_2011
Combate a incendios_treinamento_para_brigadista_2011Combate a incendios_treinamento_para_brigadista_2011
Combate a incendios_treinamento_para_brigadista_2011rubenssilva101
 
Combate a incêndios
Combate a incêndiosCombate a incêndios
Combate a incêndiosj3oj3
 

Semelhante a NR - 23 Incendio.ppt (20)

Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/Transparncia
Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/TransparnciaNr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/Transparncia
Nr.33 Segurança nos Serviços em Espaços confinados/Transparncia
 
plano de ação emergencial plano de abondano
plano de ação emergencial plano de abondanoplano de ação emergencial plano de abondano
plano de ação emergencial plano de abondano
 
Treinamento PAE
Treinamento PAETreinamento PAE
Treinamento PAE
 
treinamentobrigadaincendio.ppt
treinamentobrigadaincendio.ppttreinamentobrigadaincendio.ppt
treinamentobrigadaincendio.ppt
 
0021
00210021
0021
 
Segurança e medicina do trabalho aula5
Segurança e medicina do trabalho aula5Segurança e medicina do trabalho aula5
Segurança e medicina do trabalho aula5
 
CIPA_PARTE5_PREV_COMBAT_INCENDIO.pptx
CIPA_PARTE5_PREV_COMBAT_INCENDIO.pptxCIPA_PARTE5_PREV_COMBAT_INCENDIO.pptx
CIPA_PARTE5_PREV_COMBAT_INCENDIO.pptx
 
Brigada de incendio
Brigada de incendioBrigada de incendio
Brigada de incendio
 
12235937_incendio.ppt
12235937_incendio.ppt12235937_incendio.ppt
12235937_incendio.ppt
 
215389891 treinamento-nr-23
215389891 treinamento-nr-23215389891 treinamento-nr-23
215389891 treinamento-nr-23
 
Evacuacaodeemergencia
EvacuacaodeemergenciaEvacuacaodeemergencia
Evacuacaodeemergencia
 
Item 55 procedimento de proteção contra incêndios
Item 55   procedimento de proteção contra incêndiosItem 55   procedimento de proteção contra incêndios
Item 55 procedimento de proteção contra incêndios
 
Salvamento em local de incêndio
Salvamento em local de incêndioSalvamento em local de incêndio
Salvamento em local de incêndio
 
Slides incendios.ppt teste 17 02-2011
Slides incendios.ppt teste 17 02-2011Slides incendios.ppt teste 17 02-2011
Slides incendios.ppt teste 17 02-2011
 
SLIDE TESTE
SLIDE TESTE SLIDE TESTE
SLIDE TESTE
 
APOSTILA BRIGADA - TREINAMENTO BÁSICO 4 HORAS
APOSTILA BRIGADA - TREINAMENTO BÁSICO 4 HORASAPOSTILA BRIGADA - TREINAMENTO BÁSICO 4 HORAS
APOSTILA BRIGADA - TREINAMENTO BÁSICO 4 HORAS
 
Seg do trabalho
Seg do trabalhoSeg do trabalho
Seg do trabalho
 
Treinamento para utilização de aquecedor de asfalto.
Treinamento para utilização de aquecedor de asfalto.Treinamento para utilização de aquecedor de asfalto.
Treinamento para utilização de aquecedor de asfalto.
 
Combate a incendios_treinamento_para_brigadista_2011
Combate a incendios_treinamento_para_brigadista_2011Combate a incendios_treinamento_para_brigadista_2011
Combate a incendios_treinamento_para_brigadista_2011
 
Combate a incêndios
Combate a incêndiosCombate a incêndios
Combate a incêndios
 

Último

Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 

NR - 23 Incendio.ppt

  • 2. NR - 23 23.1 Disposições gerais. 23.1.1 Todas as empresas deverão possuir: a) proteção contra incêndio; b) saídas suficientes para a rápida retirada do pessoal em serviço, em caso de incêndio; c) equipamento suficiente para combater o fogo em seu início; d) pessoas adestradas no uso correto desses equipamentos. e) Saídas
  • 3. NR - 23 23.2 Os locais de trabalho deverão dispor de saídas, em número suficiente e dispostas de modo que aqueles que se encontrem nesses locais possam abandoná-los com rapidez e segurança, em caso de emergência.
  • 4. NR - 23 23.7 Combate ao fogo. 23.7.1 Tão cedo o fogo se manifeste, cabe: a) acionar o sistema de alarme; b) chamar imediatamente o Corpo de Bombeiros; c) desligar máquinas e aparelhos elétricos, quando a operação do desligamento não envolver riscos adicionais; d) atacá-lo, o mais rapidamente possível, pelos meios adequados.
  • 5. NR - 23 23.7.2 As máquinas e aparelhos elétricos que não devam ser desligados em caso de incêndio deverão conter placa com aviso referente a este fato, próximo à chave de interrupção. 23.7.3 Poderão ser exigidos, para certos tipos de indústria ou de atividade em que seja grande o risco de incêndio, requisitos especiais de construção, tais como portas e paredes corta-fogo ou diques ao redor de reservatórios elevados de inflamáveis.
  • 6. NR - 23 23.8 Exercício de alerta. 23.8.1 Os exercícios de combate ao fogo deverão ser feitos periodicamente, objetivando: a) que o pessoal grave o significado do sinal de alarme; b) que a evacuação do local se faça em boa ordem; c) que seja evitado qualquer pânico; d) que sejam atribuídas tarefas e responsabilidades específicas aos empregados; e) que seja verificado se a sirene de alarme foi ouvida em todas as áreas.
  • 7. NR - 23 23.8.4 Nas fábricas que mantenham equipes organizadas de bombeiros, os exercícios devem se realizar periodicamente, de preferência, sem aviso e se aproximando, o mais possível, das condições reais de luta contra o incêndio. 23.8.5 As fábricas ou estabelecimentos que não mantenham equipes de bombeiros deverão ter alguns membros do pessoal operário, bem como os guardas e vigias, especialmente exercitados no correto manejo do material de luta contra o fogo e o seu emprego.
  • 8. PRINCÍPIOS BASICO DO FOGO COMBATER DE IMEDIATO NOS PRIMEIROS CINCO MINUTOS; DAR O ALARME DE INCÊNDIO; DESLIGAR A ENERGIA ELÉTRICA; ACIONAR OS BOMBEIROS; SABER AVALIAR O INCÊNDIO;
  • 9. FOGO É UMA COMBUSTÃO NA QUAL PODEMOS VISUALIZAR PRODUÇÃO DE CHAMAS COM A LIBERAÇÃO DE ENERGIA (CALOR E LUZ) COMBUSTÃO É UMA REAÇÃO QUIMICA ENTRE DOIS REAGENTES, COMBUSTÍVEL E COMBURENTE, MEDIANTE UMA CONDIÇÕES FAVORÁVEL, O CALOR INCÊNDIO É O FOGO QUE FOGE DO CONTROLE
  • 10. TRIÂNGULO DO FOGO Para que exista o fogo, é necessário a condição favorável, juntamente com os três elementos citados ao lado, que são os comburente (ou oxigênio), o combustível e o calor.
  • 11. MÉTODOS DE EXTINÇÃO OS MÉTODOS DE EXTINÇÃO VISAM RETIRAR UM, OU MAIS DE UM, DOS TRÊS COMPONENTES O TRIÂNGULO DO FOGO, AO FALTAR QUALQUER UM DOS TRÊS COMPONENTES O FOGO NÃO EXISTIRÁ
  • 12. MÉTODO DE EXITINÇÃO AO JOGARMOS ÁGUA EM UM INCÊNDIO, ESTAREMOS RESFRIANDO, OU SEJA, RETIRANDO O COMPONENTE CALOR
  • 13. MÉTODO DE EXTINÇÃO AO ABAFARMOS, IMPEDIREMOS QUE OXIGÊNIO ENTRE NA REAÇÃO, ESTAREMOS RETIRANDO O COMPONENTE COMBURENTE (OXIGÊNIO)
  • 14. MÉTODOS DE EXTINÇÃO AO SEPARARMOS O COMBUSTÍVEL DA REAÇÃO, ESTAREMOS ISOLANDO, COMO POR EXEMPLO, SE ABRIR UMA TRILHA (ACEIRO) NO MATO PARA QUE O FOGO NÃO PASSE. DESTA FORMA ESTAREMOS TIRANDO O COMPONENTE COMBUSTÍVEL
  • 16. CARACTERÍSTICA QUEIMA NA SUPERFÍCIE E EM PROFUNDIDADE QUEIMA DEIXANDO RESÍDUOS OU CINZAS
  • 17. EXEMPLO – CLASSE A PAPEL BORRACHA TECIDO MADEIRA
  • 18. CARACTERÍSTICA QUEIMA SOMENTE NA SUPERFÍCIE E NÃO QUEIMA EM PROFUNDIDADE
  • 21. CLASSE D METAIS PIROFÓRICOS ESTES METAIS SÃO ENCONTRADOS EM FÁBRICAS E INDUSTRIAS AUTOMOBILÍSTICA POR EXEMPLOS RASPA DE ZINCO. LIMALHA DE MAGNÉSIO, ETC.
  • 22. ALGUNS TIPOS DE EXTINTORES ÁGUA CO2 PQS ESPUMA
  • 23. CLASSE A: SIM CLASSE B: NÃO CLASSE C: NÃO CLASSE D: NÃO EXTINTOR ÁGUA ÁGUA-10 L RESFRIAMENTO
  • 24. EXTINTOR DE ÁGUA BAIXA PRESSÃO DURAÇÃO DE 60 SEGUNDO PESA MAIS OU MENOS 12 Kgs. ALCANÇA 7 METROS E MEIO ÁGUA TEM GRANDE PODER DE INFILTRAÇÃO; EFICIENTE EM INCÊNDIO CLASSE “A” QUE QUEIMA EM SUPERFÍCIE E PROFUNDIDADE ATACA O FOGO DIRIGINDO JATO PARA SUA BASE
  • 25. EXTINTOR CO2 ALTA PRESSÃO CO2 06 Kg ABAFAMENTO E RESFRIMANTO CLASSE A: NÃO CLASSE B: SIM CLASSE C: SIM CLASSE D: NÃO
  • 26. CHAPA DE 8 MM – SEM SOLDA; DURAÇÃO DE 45 SEGUNDO; FORMA DE GELO SECO QUE QUEIMA; POSSUI EPUNHAMENTO E DIFUSOR; 2.100 LIBRAS DE PRESSÃO; NÃO POSSUI MANÔMETRO; APÓS 6 MESES, PESAR E SE ESTIVER CONSTANDO PERDA DE MAIS DE 10% DE CARGA, ENVIAR PARA RECARGA; PESA 22 Kgs. CARREGADO, 16 Kgs. VAZIO; ATACA O FOGO, PROCURANDO ABAFAR TODA A ÁREA ATINGIDA. EXTINTOR DE CO2 ALTA PRESSÃO
  • 27. EXTINTOR PÓ QUÍMICO ALTA PRESSÃO PQS PÓ QUÍMICO SECO 4 Kgs ABAFAMENTO CLASSE A: SIM CLASSE B: SIM CLASSE C: NÃO CLASSE D: NÃO
  • 28. EXTINTOR PQS ALTA PRESSÃO DURAÇÃO DE 50 SEGUNDO; PÓ BICARBONATO; POSSUI MANOMENTRO; VERDE PRESSÃO NORMAL; VERMELHO PRESSÃO INSUFICIENTE; NÃO SE UTILIZA NA BASE DO FOGO, USAR FORMANDO NUVEM POR CIMA DAS CHAMAS; ATACA O FOCO PROCURANDO FORMAR UMA NUVEM DE PÓ A FIM DE COBRIR A ÁREA ATINGIDA.
  • 29. EXTINTOR ESPUMA QUÍMICA ESPUMA QUÍMICA 10 LITROS ABAFAMENTO E RESFRIAMENTO CLASSE A: SIM CLASSE B: SIM CLASSE C: NÃO CLASSE D: NÃO
  • 30. MODO DE USAR OS EXTINTORES ROMPA O LACRE E APERTE O GATILHO, DIRIGINDO O DIFUSOR PARAA BASE DO FOGO. NÃO TOQUE NO DIFUSOR, PODERÁ GELAR E “COLAR” NA PELE CAUSANDO LESÕES
  • 31. MANDAR OS EXTINTORES SEMPRE VAZIO PARA RECARGA; APRENDA A USAR OS EXTINTOR DE INCÊNDIO; CONHEÇA OS LOCAIS ONDE ESTÃO INSTALADOS OS OUTROS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO AO FOGO; NUNCA OBSTRUA OS ACESSOS AO EXTINTORES OU HIDRANTES; NÃO MÊXA NOS EXTINTORES DE INCÊNDIO E HIDRANTES A MENOS QUE SEJA NECESSÁRIO A SUA UTILIZAÇÃO OU REVISÃO PERIODICA. RECOMENDAÇÕES
  • 32. MANGUEIRAS – CONFECCIONADA EM FIBRA SINTÉTICA, TECEDUTA PARALELA, COM REVESTIMENTO INTERNO (TUBO), PRODUZIDA COM COMPOSTO DE BORRACHA VULCANIZADA. MEDINDO 15 MTS E 30 MTS. HIDRANTE – CORPO EM CHAPA SAE 1020 LAMINADA A FRIO, FROTA COM VENTILAÇÃO E VISOR COM INSCRIÇÃO “INÇÊNDIO” MANGUEIRAS HIDRANTES
  • 34. FIM TEL. DO CORPO DE BOMBEIROS NO BRASIL 193