SlideShare uma empresa Scribd logo
TIPOS DETIPOS DE
INDÚSTRIAINDÚSTRIA
Classificação dos tipos de indústriaClassificação dos tipos de indústria
http://jografia.blogspot.com
FORMA DE PRODUÇÃOFORMA DE PRODUÇÃO
 De acordo com a forma de produção, asDe acordo com a forma de produção, as
indústrias podem ser extrativas, deindústrias podem ser extrativas, de
beneficiamento, de construção ou debeneficiamento, de construção ou de
transformação.transformação.
http://jografia.blogspot.com
INDÚSTRIA EXTRATIVAINDÚSTRIA EXTRATIVA
 Retira os recursos da natureza para seremRetira os recursos da natureza para serem
utilizados por outras indústrias.utilizados por outras indústrias.
 Ex.: extração de minérios, exploração deEx.: extração de minérios, exploração de
florestas, pesca.florestas, pesca.
http://jografia.blogspot.com
INDÚSTRIA EXTRATIVAINDÚSTRIA EXTRATIVA
http://jografia.blogspot.com
INDÚSTRIA DEINDÚSTRIA DE
BENEFICIAMENTOBENEFICIAMENTO
 É aquela que beneficia ou refina um produtoÉ aquela que beneficia ou refina um produto
primário para que possa ser utilizado por outrasprimário para que possa ser utilizado por outras
indústrias ou consumido diretamente por nós.indústrias ou consumido diretamente por nós.
 Ex.: Indústria petroquímica, grãos, etc.Ex.: Indústria petroquímica, grãos, etc.
http://jografia.blogspot.com
BENEFICIAMENTOBENEFICIAMENTO
http://jografia.blogspot.com
INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃOINDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO
É responsável pelo planejamento eÉ responsável pelo planejamento e
construção de edifícios, residências,construção de edifícios, residências,
estradas, usinas hidrelétricas, pontes,estradas, usinas hidrelétricas, pontes,
utilizando diferentes matérias-primas.utilizando diferentes matérias-primas.
http://jografia.blogspot.com
INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃOINDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO
http://jografia.blogspot.com
INDÚSTRIA DEINDÚSTRIA DE
TRANSFORMAÇÃOTRANSFORMAÇÃO
 Produz bens destinados a satisfazer asProduz bens destinados a satisfazer as
necessidades dos seres humanos e de outrasnecessidades dos seres humanos e de outras
indústrias.indústrias.
 Ex.: indústrias mecânicas, têxtil eEx.: indústrias mecânicas, têxtil e
automobilística.automobilística.
http://jografia.blogspot.com
INDÚSTRIA DEINDÚSTRIA DE
TRANSFORMAÇÃOTRANSFORMAÇÃO
http://jografia.blogspot.com
USO DE MATÉRIA-PRIMA EUSO DE MATÉRIA-PRIMA E
ENERGIAENERGIA
 Quanto à quantidade de matéria-prima utilizadaQuanto à quantidade de matéria-prima utilizada
e de energia consumida, as indústrias podem sere de energia consumida, as indústrias podem ser
classificadas em:classificadas em:
 INDÚSTRIA LEVE (de bebidas, têxtil,INDÚSTRIA LEVE (de bebidas, têxtil,
alimentícia etc.);alimentícia etc.);
 INDÚSTRIA PESADA (de veículos, máquinas,INDÚSTRIA PESADA (de veículos, máquinas,
navios etc.).navios etc.).
http://jografia.blogspot.com
DESTINO DA PRODUÇÃODESTINO DA PRODUÇÃO
 Quanto ao destino da produção, podemosQuanto ao destino da produção, podemos
classificar as indústrias em bens de produção,classificar as indústrias em bens de produção,
bens de capital ou bens de consumo.bens de capital ou bens de consumo.
http://jografia.blogspot.com
BENS DE PRODUÇÃOBENS DE PRODUÇÃO
 Utilizam a matéria-prima em estado bruto, comoUtilizam a matéria-prima em estado bruto, como
o minério de ferro, e a transformam em matéria-o minério de ferro, e a transformam em matéria-
prima secundária (aço) para ser aproveitada porprima secundária (aço) para ser aproveitada por
outras indústrias.outras indústrias.
http://jografia.blogspot.com
BENS DE CAPITALBENS DE CAPITAL
 Produzem equipamentos, como máquinas, peçasProduzem equipamentos, como máquinas, peças
e motores para outras indústrias.e motores para outras indústrias.
http://jografia.blogspot.com
BENS DE CONSUMOBENS DE CONSUMO
 Produzem bens que serão consumidos pelaProduzem bens que serão consumidos pela
população, podendo ser classificados em:população, podendo ser classificados em:
 * Bens de consumo duráveis: têm relativa* Bens de consumo duráveis: têm relativa
durabilidade e demoram mais tempo para seremdurabilidade e demoram mais tempo para serem
substituídos, como automóveis e geladeiras.substituídos, como automóveis e geladeiras.
 * Bens de consumo não-duráveis: são de rápido* Bens de consumo não-duráveis: são de rápido
consumo ou desgaste e exigem reposiçãoconsumo ou desgaste e exigem reposição
constante, como alimentos, roupas e calçados.constante, como alimentos, roupas e calçados.
http://jografia.blogspot.com
DESENVOLVIMENTODESENVOLVIMENTO
TECNOLÓGICOTECNOLÓGICO
 Do ponto de vista tecnológico, as indústriasDo ponto de vista tecnológico, as indústrias
podem ser classificadas como de alta tecnologiapodem ser classificadas como de alta tecnologia
ou tradicionais.ou tradicionais.
http://jografia.blogspot.com
INDÚSTRIAS DE ALTAINDÚSTRIAS DE ALTA
TECNOLOGIATECNOLOGIA
 Informática, telecomunicações, biotecnologia,Informática, telecomunicações, biotecnologia,
engenharia genética são exemplos de indústriasengenharia genética são exemplos de indústrias
de alta tecnologia, ou seja, indústrias quede alta tecnologia, ou seja, indústrias que
utilizam métodos e inovações tecnológicas eutilizam métodos e inovações tecnológicas e
mão-de-obra altamente qualificada.mão-de-obra altamente qualificada.
http://jografia.blogspot.com
INDÚSTRIAS TRADICIONAISINDÚSTRIAS TRADICIONAIS
 São mais antigas e apresentam nível tecnológicoSão mais antigas e apresentam nível tecnológico
mais baixo. Algumas delas, como a naval, estãomais baixo. Algumas delas, como a naval, estão
passando por um processo de transformação epassando por um processo de transformação e
modernização.modernização.
http://jografia.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
Cristina Gouveia
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundial
Artur Lara
 
Atividade industrial
Atividade industrialAtividade industrial
Atividade industrial
Professor
 
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
Nefer19
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
Prof.Paulo/geografia
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
Professor
 
Conceitos demográficos
Conceitos demográficosConceitos demográficos
Conceitos demográficos
Professor
 
Divisão internacional do trabalho
Divisão internacional do trabalhoDivisão internacional do trabalho
Divisão internacional do trabalho
Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais
 
Conceitos geograficos
Conceitos geograficosConceitos geograficos
Conceitos geograficos
João José Ferreira Tojal
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
Artur Lara
 
A formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º anoA formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º ano
Josi Zanette do Canto
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
REVOLUÇÃO INDUSTRIALREVOLUÇÃO INDUSTRIAL
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
Franciny Wagner da Silva
 
Aula 3 - fluxos migratórios
Aula 3 -  fluxos migratóriosAula 3 -  fluxos migratórios
Aula 3 - fluxos migratórios
Isabela Espíndola
 
O Território Brasileiro
O Território BrasileiroO Território Brasileiro
O Território Brasileiro
André Luiz Marques
 
Geografia para o enem
Geografia para o enemGeografia para o enem
Geografia para o enem
LEONARDO RODRIGUES DA SILVA
 
Agropecuária geral e do brasil
Agropecuária   geral e do brasilAgropecuária   geral e do brasil
Agropecuária geral e do brasil
Professor
 
Aula revolução industrial
Aula revolução industrialAula revolução industrial
Aula revolução industrial
Marcos Azevedo
 
Regionalização
RegionalizaçãoRegionalização
Regionalização
Prof. Francesco Torres
 
TIPOS DE INDÚSTRIAS
TIPOS DE INDÚSTRIASTIPOS DE INDÚSTRIAS
TIPOS DE INDÚSTRIAS
flornomandacaru
 

Mais procurados (20)

Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundial
 
Atividade industrial
Atividade industrialAtividade industrial
Atividade industrial
 
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
 
A regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasilA regionalização e as divisões regionais no brasil
A regionalização e as divisões regionais no brasil
 
Conceitos demográficos
Conceitos demográficosConceitos demográficos
Conceitos demográficos
 
Divisão internacional do trabalho
Divisão internacional do trabalhoDivisão internacional do trabalho
Divisão internacional do trabalho
 
Conceitos geograficos
Conceitos geograficosConceitos geograficos
Conceitos geograficos
 
Blocos econômicos
Blocos econômicosBlocos econômicos
Blocos econômicos
 
A formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º anoA formação do território brasileiro - 7º ano
A formação do território brasileiro - 7º ano
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
REVOLUÇÃO INDUSTRIALREVOLUÇÃO INDUSTRIAL
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
 
Aula 3 - fluxos migratórios
Aula 3 -  fluxos migratóriosAula 3 -  fluxos migratórios
Aula 3 - fluxos migratórios
 
O Território Brasileiro
O Território BrasileiroO Território Brasileiro
O Território Brasileiro
 
Geografia para o enem
Geografia para o enemGeografia para o enem
Geografia para o enem
 
Agropecuária geral e do brasil
Agropecuária   geral e do brasilAgropecuária   geral e do brasil
Agropecuária geral e do brasil
 
Aula revolução industrial
Aula revolução industrialAula revolução industrial
Aula revolução industrial
 
Regionalização
RegionalizaçãoRegionalização
Regionalização
 
TIPOS DE INDÚSTRIAS
TIPOS DE INDÚSTRIASTIPOS DE INDÚSTRIAS
TIPOS DE INDÚSTRIAS
 

Destaque

3 tipos de industria
3  tipos de industria3  tipos de industria
3 tipos de industria
Mayjö .
 
Apresentação de Slides
Apresentação de SlidesApresentação de Slides
Apresentação de Slides
Jhuan Nascimento
 
Geografia industrialização (em)
Geografia industrialização (em)Geografia industrialização (em)
Geografia industrialização (em)
Adriana Gomes Messias
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundial
Portal do Vestibulando
 
Classificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústriasClassificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústrias
magdacostaa
 
A GEOGRAFIA DAS INDÚSTRIAS
A GEOGRAFIA DAS INDÚSTRIASA GEOGRAFIA DAS INDÚSTRIAS
A GEOGRAFIA DAS INDÚSTRIAS
Paes Viana
 
Geografia da indústria introdução.ppt
Geografia da indústria introdução.pptGeografia da indústria introdução.ppt
Geografia da indústria introdução.ppt
Daniel Montarroyos
 
Geografia das indústrias
Geografia das indústriasGeografia das indústrias
Geografia das indústrias
estevaolima
 
Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 1
Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 1Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 1
Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 1
edsonfgodoy
 
A indústria
A indústriaA indústria
A indústria
Mayjö .
 

Destaque (10)

3 tipos de industria
3  tipos de industria3  tipos de industria
3 tipos de industria
 
Apresentação de Slides
Apresentação de SlidesApresentação de Slides
Apresentação de Slides
 
Geografia industrialização (em)
Geografia industrialização (em)Geografia industrialização (em)
Geografia industrialização (em)
 
Industrialização mundial
Industrialização mundialIndustrialização mundial
Industrialização mundial
 
Classificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústriasClassificação dos tipos de indústrias
Classificação dos tipos de indústrias
 
A GEOGRAFIA DAS INDÚSTRIAS
A GEOGRAFIA DAS INDÚSTRIASA GEOGRAFIA DAS INDÚSTRIAS
A GEOGRAFIA DAS INDÚSTRIAS
 
Geografia da indústria introdução.ppt
Geografia da indústria introdução.pptGeografia da indústria introdução.ppt
Geografia da indústria introdução.ppt
 
Geografia das indústrias
Geografia das indústriasGeografia das indústrias
Geografia das indústrias
 
Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 1
Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 1Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 1
Taylorismo, fordismo e toyotismo 3 1
 
A indústria
A indústriaA indústria
A indústria
 

Semelhante a Tipos de indústria

TIPOS DE INDÚSTRIA.pdf
TIPOS DE INDÚSTRIA.pdfTIPOS DE INDÚSTRIA.pdf
TIPOS DE INDÚSTRIA.pdf
Henrique Pontes
 
Artesanato, Indústria
Artesanato, IndústriaArtesanato, Indústria
Artesanato, Indústria
Roberta Sumar
 
Tipos de Indústrias (1).pdf
Tipos de Indústrias (1).pdfTipos de Indústrias (1).pdf
Tipos de Indústrias (1).pdf
GEICIANIPRICILAWISNE
 
Tipos de indústrias 2
Tipos de indústrias 2Tipos de indústrias 2
Tipos de indústrias 2
Google
 
Indstrias conceitos basicos
Indstrias conceitos basicosIndstrias conceitos basicos
Indstrias conceitos basicos
Alexsandro Silva
 
Indústriass.pot
 Indústriass.pot  Indústriass.pot
Indústriass.pot
Francisco
 
Indústriass.pot
 Indústriass.pot  Indústriass.pot
Indústriass.pot
Francisco
 
Aula - industria 3 ANO
Aula -  industria 3 ANOAula -  industria 3 ANO
Aula - industria 3 ANO
CADUCOC
 
Aula5industria_Prof Cadu
Aula5industria_Prof CaduAula5industria_Prof Cadu
Aula5industria_Prof Cadu
Ademir Aquino
 
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Ma
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º MaA IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Ma
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Ma
ProfMario De Mori
 
Atesanatoindustriarevindustriais 140309195140-phpapp02
Atesanatoindustriarevindustriais 140309195140-phpapp02Atesanatoindustriarevindustriais 140309195140-phpapp02
Atesanatoindustriarevindustriais 140309195140-phpapp02
Magno Rodrigues
 
Atividade industrial
Atividade industrialAtividade industrial
Atividade industrial
Professor
 
Indústria1
Indústria1Indústria1
Os tipos de indústrias
Os tipos de indústriasOs tipos de indústrias
Os tipos de indústrias
Google
 
Material complementar atividade industrial
Material complementar   atividade industrialMaterial complementar   atividade industrial
Material complementar atividade industrial
flaviocosac
 
13. revolução industrial
13. revolução industrial13. revolução industrial
13. revolução industrial
José Augusto Fiorin
 
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Mb
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º MbA IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Mb
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Mb
ProfMario De Mori
 
Atividade Industrial (Setor Secundário)
Atividade Industrial (Setor Secundário)Atividade Industrial (Setor Secundário)
Atividade Industrial (Setor Secundário)
Ministério da Educação
 
Aula 7 indústria
Aula 7   indústriaAula 7   indústria
Industrialização Mundial.
Industrialização Mundial.Industrialização Mundial.
Industrialização Mundial.
Camila Brito
 

Semelhante a Tipos de indústria (20)

TIPOS DE INDÚSTRIA.pdf
TIPOS DE INDÚSTRIA.pdfTIPOS DE INDÚSTRIA.pdf
TIPOS DE INDÚSTRIA.pdf
 
Artesanato, Indústria
Artesanato, IndústriaArtesanato, Indústria
Artesanato, Indústria
 
Tipos de Indústrias (1).pdf
Tipos de Indústrias (1).pdfTipos de Indústrias (1).pdf
Tipos de Indústrias (1).pdf
 
Tipos de indústrias 2
Tipos de indústrias 2Tipos de indústrias 2
Tipos de indústrias 2
 
Indstrias conceitos basicos
Indstrias conceitos basicosIndstrias conceitos basicos
Indstrias conceitos basicos
 
Indústriass.pot
 Indústriass.pot  Indústriass.pot
Indústriass.pot
 
Indústriass.pot
 Indústriass.pot  Indústriass.pot
Indústriass.pot
 
Aula - industria 3 ANO
Aula -  industria 3 ANOAula -  industria 3 ANO
Aula - industria 3 ANO
 
Aula5industria_Prof Cadu
Aula5industria_Prof CaduAula5industria_Prof Cadu
Aula5industria_Prof Cadu
 
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Ma
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º MaA IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Ma
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Ma
 
Atesanatoindustriarevindustriais 140309195140-phpapp02
Atesanatoindustriarevindustriais 140309195140-phpapp02Atesanatoindustriarevindustriais 140309195140-phpapp02
Atesanatoindustriarevindustriais 140309195140-phpapp02
 
Atividade industrial
Atividade industrialAtividade industrial
Atividade industrial
 
Indústria1
Indústria1Indústria1
Indústria1
 
Os tipos de indústrias
Os tipos de indústriasOs tipos de indústrias
Os tipos de indústrias
 
Material complementar atividade industrial
Material complementar   atividade industrialMaterial complementar   atividade industrial
Material complementar atividade industrial
 
13. revolução industrial
13. revolução industrial13. revolução industrial
13. revolução industrial
 
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Mb
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º MbA IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Mb
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Mb
 
Atividade Industrial (Setor Secundário)
Atividade Industrial (Setor Secundário)Atividade Industrial (Setor Secundário)
Atividade Industrial (Setor Secundário)
 
Aula 7 indústria
Aula 7   indústriaAula 7   indústria
Aula 7 indústria
 
Industrialização Mundial.
Industrialização Mundial.Industrialização Mundial.
Industrialização Mundial.
 

Mais de Henrique Pontes

BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
Henrique Pontes
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
Henrique Pontes
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
Henrique Pontes
 
SUL - Aspectos Físicos e Sociais.pdf
SUL - Aspectos Físicos e Sociais.pdfSUL - Aspectos Físicos e Sociais.pdf
SUL - Aspectos Físicos e Sociais.pdf
Henrique Pontes
 
PRINCIPAIS TENSÕES REGIONAIS - Europa e CEI.pdf
PRINCIPAIS TENSÕES REGIONAIS - Europa e CEI.pdfPRINCIPAIS TENSÕES REGIONAIS - Europa e CEI.pdf
PRINCIPAIS TENSÕES REGIONAIS - Europa e CEI.pdf
Henrique Pontes
 
As Conferencias em Defesa do Meio Ambiente.pdf
As Conferencias em Defesa do Meio Ambiente.pdfAs Conferencias em Defesa do Meio Ambiente.pdf
As Conferencias em Defesa do Meio Ambiente.pdf
Henrique Pontes
 
MINAS GERAIS.pdf
MINAS GERAIS.pdfMINAS GERAIS.pdf
MINAS GERAIS.pdf
Henrique Pontes
 
A GUERRA DO PARAGUAI.pdf
A GUERRA DO PARAGUAI.pdfA GUERRA DO PARAGUAI.pdf
A GUERRA DO PARAGUAI.pdf
Henrique Pontes
 
OCEANIA.pdf
OCEANIA.pdfOCEANIA.pdf
OCEANIA.pdf
Henrique Pontes
 
DO ARTESANATO À INDÚSTRIA.pdf
DO ARTESANATO À INDÚSTRIA.pdfDO ARTESANATO À INDÚSTRIA.pdf
DO ARTESANATO À INDÚSTRIA.pdf
Henrique Pontes
 
RECURSOS HÍDRICOS - terminologia.pdf
RECURSOS HÍDRICOS - terminologia.pdfRECURSOS HÍDRICOS - terminologia.pdf
RECURSOS HÍDRICOS - terminologia.pdf
Henrique Pontes
 
OCEANOS e MARES.pdf
OCEANOS e MARES.pdfOCEANOS e MARES.pdf
OCEANOS e MARES.pdf
Henrique Pontes
 
PAÍSES DO NORTE X PAÍSES DO SUL.pdf
PAÍSES DO NORTE X PAÍSES DO SUL.pdfPAÍSES DO NORTE X PAÍSES DO SUL.pdf
PAÍSES DO NORTE X PAÍSES DO SUL.pdf
Henrique Pontes
 
PRINCIPAIS FORMAÇÕES VEGETAIS.pdf
PRINCIPAIS FORMAÇÕES VEGETAIS.pdfPRINCIPAIS FORMAÇÕES VEGETAIS.pdf
PRINCIPAIS FORMAÇÕES VEGETAIS.pdf
Henrique Pontes
 
ESTRUTURA GEOLÓGICA DA TERRA - 3oANO.pdf
ESTRUTURA GEOLÓGICA DA TERRA - 3oANO.pdfESTRUTURA GEOLÓGICA DA TERRA - 3oANO.pdf
ESTRUTURA GEOLÓGICA DA TERRA - 3oANO.pdf
Henrique Pontes
 
EUROPA - Quadro Natural.pdf
EUROPA - Quadro Natural.pdfEUROPA - Quadro Natural.pdf
EUROPA - Quadro Natural.pdf
Henrique Pontes
 
EUROPA - Pós-Guerra.pdf
EUROPA - Pós-Guerra.pdfEUROPA - Pós-Guerra.pdf
EUROPA - Pós-Guerra.pdf
Henrique Pontes
 
UNIÃO EUROPEIA 3oANO.pdf
UNIÃO EUROPEIA 3oANO.pdfUNIÃO EUROPEIA 3oANO.pdf
UNIÃO EUROPEIA 3oANO.pdf
Henrique Pontes
 
CARTOGRAFIA.pdf
CARTOGRAFIA.pdfCARTOGRAFIA.pdf
CARTOGRAFIA.pdf
Henrique Pontes
 
URBANIZAÇÃO BRASILEIRA.pdf
URBANIZAÇÃO BRASILEIRA.pdfURBANIZAÇÃO BRASILEIRA.pdf
URBANIZAÇÃO BRASILEIRA.pdf
Henrique Pontes
 

Mais de Henrique Pontes (20)

BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
 
SUL - Aspectos Físicos e Sociais.pdf
SUL - Aspectos Físicos e Sociais.pdfSUL - Aspectos Físicos e Sociais.pdf
SUL - Aspectos Físicos e Sociais.pdf
 
PRINCIPAIS TENSÕES REGIONAIS - Europa e CEI.pdf
PRINCIPAIS TENSÕES REGIONAIS - Europa e CEI.pdfPRINCIPAIS TENSÕES REGIONAIS - Europa e CEI.pdf
PRINCIPAIS TENSÕES REGIONAIS - Europa e CEI.pdf
 
As Conferencias em Defesa do Meio Ambiente.pdf
As Conferencias em Defesa do Meio Ambiente.pdfAs Conferencias em Defesa do Meio Ambiente.pdf
As Conferencias em Defesa do Meio Ambiente.pdf
 
MINAS GERAIS.pdf
MINAS GERAIS.pdfMINAS GERAIS.pdf
MINAS GERAIS.pdf
 
A GUERRA DO PARAGUAI.pdf
A GUERRA DO PARAGUAI.pdfA GUERRA DO PARAGUAI.pdf
A GUERRA DO PARAGUAI.pdf
 
OCEANIA.pdf
OCEANIA.pdfOCEANIA.pdf
OCEANIA.pdf
 
DO ARTESANATO À INDÚSTRIA.pdf
DO ARTESANATO À INDÚSTRIA.pdfDO ARTESANATO À INDÚSTRIA.pdf
DO ARTESANATO À INDÚSTRIA.pdf
 
RECURSOS HÍDRICOS - terminologia.pdf
RECURSOS HÍDRICOS - terminologia.pdfRECURSOS HÍDRICOS - terminologia.pdf
RECURSOS HÍDRICOS - terminologia.pdf
 
OCEANOS e MARES.pdf
OCEANOS e MARES.pdfOCEANOS e MARES.pdf
OCEANOS e MARES.pdf
 
PAÍSES DO NORTE X PAÍSES DO SUL.pdf
PAÍSES DO NORTE X PAÍSES DO SUL.pdfPAÍSES DO NORTE X PAÍSES DO SUL.pdf
PAÍSES DO NORTE X PAÍSES DO SUL.pdf
 
PRINCIPAIS FORMAÇÕES VEGETAIS.pdf
PRINCIPAIS FORMAÇÕES VEGETAIS.pdfPRINCIPAIS FORMAÇÕES VEGETAIS.pdf
PRINCIPAIS FORMAÇÕES VEGETAIS.pdf
 
ESTRUTURA GEOLÓGICA DA TERRA - 3oANO.pdf
ESTRUTURA GEOLÓGICA DA TERRA - 3oANO.pdfESTRUTURA GEOLÓGICA DA TERRA - 3oANO.pdf
ESTRUTURA GEOLÓGICA DA TERRA - 3oANO.pdf
 
EUROPA - Quadro Natural.pdf
EUROPA - Quadro Natural.pdfEUROPA - Quadro Natural.pdf
EUROPA - Quadro Natural.pdf
 
EUROPA - Pós-Guerra.pdf
EUROPA - Pós-Guerra.pdfEUROPA - Pós-Guerra.pdf
EUROPA - Pós-Guerra.pdf
 
UNIÃO EUROPEIA 3oANO.pdf
UNIÃO EUROPEIA 3oANO.pdfUNIÃO EUROPEIA 3oANO.pdf
UNIÃO EUROPEIA 3oANO.pdf
 
CARTOGRAFIA.pdf
CARTOGRAFIA.pdfCARTOGRAFIA.pdf
CARTOGRAFIA.pdf
 
URBANIZAÇÃO BRASILEIRA.pdf
URBANIZAÇÃO BRASILEIRA.pdfURBANIZAÇÃO BRASILEIRA.pdf
URBANIZAÇÃO BRASILEIRA.pdf
 

Último

A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 

Último (20)

A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 

Tipos de indústria

  • 1. TIPOS DETIPOS DE INDÚSTRIAINDÚSTRIA Classificação dos tipos de indústriaClassificação dos tipos de indústria http://jografia.blogspot.com
  • 2. FORMA DE PRODUÇÃOFORMA DE PRODUÇÃO  De acordo com a forma de produção, asDe acordo com a forma de produção, as indústrias podem ser extrativas, deindústrias podem ser extrativas, de beneficiamento, de construção ou debeneficiamento, de construção ou de transformação.transformação. http://jografia.blogspot.com
  • 3. INDÚSTRIA EXTRATIVAINDÚSTRIA EXTRATIVA  Retira os recursos da natureza para seremRetira os recursos da natureza para serem utilizados por outras indústrias.utilizados por outras indústrias.  Ex.: extração de minérios, exploração deEx.: extração de minérios, exploração de florestas, pesca.florestas, pesca. http://jografia.blogspot.com
  • 5. INDÚSTRIA DEINDÚSTRIA DE BENEFICIAMENTOBENEFICIAMENTO  É aquela que beneficia ou refina um produtoÉ aquela que beneficia ou refina um produto primário para que possa ser utilizado por outrasprimário para que possa ser utilizado por outras indústrias ou consumido diretamente por nós.indústrias ou consumido diretamente por nós.  Ex.: Indústria petroquímica, grãos, etc.Ex.: Indústria petroquímica, grãos, etc. http://jografia.blogspot.com
  • 7. INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃOINDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO É responsável pelo planejamento eÉ responsável pelo planejamento e construção de edifícios, residências,construção de edifícios, residências, estradas, usinas hidrelétricas, pontes,estradas, usinas hidrelétricas, pontes, utilizando diferentes matérias-primas.utilizando diferentes matérias-primas. http://jografia.blogspot.com
  • 8. INDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃOINDÚSTRIA DE CONSTRUÇÃO http://jografia.blogspot.com
  • 9. INDÚSTRIA DEINDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃOTRANSFORMAÇÃO  Produz bens destinados a satisfazer asProduz bens destinados a satisfazer as necessidades dos seres humanos e de outrasnecessidades dos seres humanos e de outras indústrias.indústrias.  Ex.: indústrias mecânicas, têxtil eEx.: indústrias mecânicas, têxtil e automobilística.automobilística. http://jografia.blogspot.com
  • 11. USO DE MATÉRIA-PRIMA EUSO DE MATÉRIA-PRIMA E ENERGIAENERGIA  Quanto à quantidade de matéria-prima utilizadaQuanto à quantidade de matéria-prima utilizada e de energia consumida, as indústrias podem sere de energia consumida, as indústrias podem ser classificadas em:classificadas em:  INDÚSTRIA LEVE (de bebidas, têxtil,INDÚSTRIA LEVE (de bebidas, têxtil, alimentícia etc.);alimentícia etc.);  INDÚSTRIA PESADA (de veículos, máquinas,INDÚSTRIA PESADA (de veículos, máquinas, navios etc.).navios etc.). http://jografia.blogspot.com
  • 12. DESTINO DA PRODUÇÃODESTINO DA PRODUÇÃO  Quanto ao destino da produção, podemosQuanto ao destino da produção, podemos classificar as indústrias em bens de produção,classificar as indústrias em bens de produção, bens de capital ou bens de consumo.bens de capital ou bens de consumo. http://jografia.blogspot.com
  • 13. BENS DE PRODUÇÃOBENS DE PRODUÇÃO  Utilizam a matéria-prima em estado bruto, comoUtilizam a matéria-prima em estado bruto, como o minério de ferro, e a transformam em matéria-o minério de ferro, e a transformam em matéria- prima secundária (aço) para ser aproveitada porprima secundária (aço) para ser aproveitada por outras indústrias.outras indústrias. http://jografia.blogspot.com
  • 14. BENS DE CAPITALBENS DE CAPITAL  Produzem equipamentos, como máquinas, peçasProduzem equipamentos, como máquinas, peças e motores para outras indústrias.e motores para outras indústrias. http://jografia.blogspot.com
  • 15. BENS DE CONSUMOBENS DE CONSUMO  Produzem bens que serão consumidos pelaProduzem bens que serão consumidos pela população, podendo ser classificados em:população, podendo ser classificados em:  * Bens de consumo duráveis: têm relativa* Bens de consumo duráveis: têm relativa durabilidade e demoram mais tempo para seremdurabilidade e demoram mais tempo para serem substituídos, como automóveis e geladeiras.substituídos, como automóveis e geladeiras.  * Bens de consumo não-duráveis: são de rápido* Bens de consumo não-duráveis: são de rápido consumo ou desgaste e exigem reposiçãoconsumo ou desgaste e exigem reposição constante, como alimentos, roupas e calçados.constante, como alimentos, roupas e calçados. http://jografia.blogspot.com
  • 16. DESENVOLVIMENTODESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICOTECNOLÓGICO  Do ponto de vista tecnológico, as indústriasDo ponto de vista tecnológico, as indústrias podem ser classificadas como de alta tecnologiapodem ser classificadas como de alta tecnologia ou tradicionais.ou tradicionais. http://jografia.blogspot.com
  • 17. INDÚSTRIAS DE ALTAINDÚSTRIAS DE ALTA TECNOLOGIATECNOLOGIA  Informática, telecomunicações, biotecnologia,Informática, telecomunicações, biotecnologia, engenharia genética são exemplos de indústriasengenharia genética são exemplos de indústrias de alta tecnologia, ou seja, indústrias quede alta tecnologia, ou seja, indústrias que utilizam métodos e inovações tecnológicas eutilizam métodos e inovações tecnológicas e mão-de-obra altamente qualificada.mão-de-obra altamente qualificada. http://jografia.blogspot.com
  • 18. INDÚSTRIAS TRADICIONAISINDÚSTRIAS TRADICIONAIS  São mais antigas e apresentam nível tecnológicoSão mais antigas e apresentam nível tecnológico mais baixo. Algumas delas, como a naval, estãomais baixo. Algumas delas, como a naval, estão passando por um processo de transformação epassando por um processo de transformação e modernização.modernização. http://jografia.blogspot.com