SlideShare uma empresa Scribd logo
Escola Secundária Manuel Cargaleiro
Pág. 1
Daniela Almeida nº5
Disciplina: Design, Comunicação e Audiovisuais
Professora: Maria Isabel Martins
Curso Profissional Técnico de Multimédia
Escola Secundária Manuel Cargaleiro
Pág. 2
Sumol
A Sumol é um tipo de refrigerante com uma definição normal. Teve origem em Portugal,
fundado por António Eusébio, foi lançado em 1954 (60 anos). O seu fabricante é a
Sumol+Compal. A sua comercialização é internacional. Slogan é “Original desde 1954”. Website:
www.sumol.pt
Sumol é uma marca produzida em Portugal e vendida em mais de 60 países. É uma bebida de
sumo de fruta pasteurizada e levemente gaseificada, com a polpa do fruto em suspensão e sem
corantes nem conservantes, em vários sabores. A sua comercialização é realizada em
embalagens de consumo individual de 0.25L, 0.30L, 0.33L, 0.5L, 1.5L e 2.0L, e consumo exclusivo
no ponto de venda (venda a copo).
História
Em 1945 um grupo de amigos decidiu abrir, com pouco mais de 100 mil escudos (cerca de
500 euros), uma pequena fábrica em Algés dedicada ao fabrico de gelo, laranjadas e gasosas, a
Refrigor, Lda. Cinco anos depois, a pequena empresa recebeu a entrada de um novo sócio,
António João Eusébio, que viria a transformar a empresa.
A fórmula de Sumol Laranja, a primeira bebida de sumo de
fruta pasteurizada a surgir em Portugal, foi criada em 1954,
tendo sido oficialmente apresentada aos consumidores no
início do verão desse ano, numa garrafa de vidro pirogravada
de 0.25L, na esplanada do café Caravela D'Ouro, em Algés. A
marca Sumol seria registada a 20 de Dezembro de
1954. Quatro anos depois, em 1958, surge o Sumol Ananás,
sendo a diferenciação feita pela cor da carica da garrafa: cor
de laranja para o sabor laranja e verde para o ananás.
A Sumol foi a primeira bebida não alcoólica portuguesa a
adotar uma estratégia de marketing moderna. Numa época
em que apenas se fazia propaganda em jornais, letreiros ou
nos toldos dos locais de venda, a Sumol espalhou cartazes
com slogans por todo o país e em 1965 lança um anúncio de
televisão que se mostra diferenciador: "Um gato é um gato,
um cão é um cão. Sumol é aquilo que os outros não são”.
Na década de 1970, a popularidade da marca era tal que chegaram a existir vinte imitações de
Sumol (Supol, Sumolara, Frutex, entre outros), algumas das quais chegaram mesmo a reutilizar
garrafas de Sumol. O segundo anúncio de televisão surgiria em 1978, tendo sido escolhida pela
primeira vez uma figura mediática para a apresentação da marca, o humorista Herman José.
Na década de 1980 são introduzidos novos formatos de embalagem, nomeadamente as latas de
0.33L e as garrafas de plástico de 1.5L e 2L, tendo a Sumol sido a primeira marca em Portugal a
lançar um formato nesse material. A primeira aproximação da marca ao segmento jovem
ocorreu também nessa altura, com o anúncio "Stôra, como é que se diz Sumol em inglês?", de
1984.
Figura 1-Sumol Laranja, 1954
Escola Secundária Manuel Cargaleiro
Pág. 3
Modernização
A década de 1990 foi de viragem para a Sumol, com a primeira grande mudança de
imagem da marca a acontecer em 1991 com a adoção de rótulos com riscas nas
garrafas de vidro de 0,25L. Com este novo visual, as tradicionais garrafas de vidro
pirogravadas são definitivamente abandonadas e as cores verde e vermelho
começam a assumir-se como uma das principais características associadas à imagem
da marca. Em 1994 surge o primeiro dos novos sabores, Sumol Maracujá, mais de 35
anos após o lançamento dos sabores tradicionais. A marca deu igualmente
seguimento à sua aposta no segmento jovem, estabelecendo logo no início de 1990
e um acordo de patrocínio com a banda rock Xutos & Pontapés para uma digressão
pelo país com quarenta atuações ao vivo, que marcou a entrada da marca no meio
musical, e lançando duas campanhas publicitárias (1993/1997) protagonizadas por
Alex, um cão inteligente e cúmplice do seu dono no prazer de beber Sumol.
Os anúncios e o slogan "Alex, busca!". Foi igualmente nessa altura que a marca
deu início ao lançamento de passatempos em que são oferecidos prémios aos
consumidores de Sumol.
No início da década de 2000 a marca apostou na consolidação da sua posição no segmento
jovem, procedendo a duas novas mudanças na sua imagem (2000, 2003) e lançando em 2000 a
campanha Sumol SKA, cujos anúncios usavam um jingle interpretado pela banda ska Despe e
Siga. A partir dessa altura, a marca iniciou um novo ciclo com novidades quer em termos de
lançamentos quer em termos de comunicação. Para além do lançamento em 2006 do Sumol
Manga e de uma nova linha de refrigerantes destinados especificamente ao segmento jovem,
Sumol Z (Zero), que transmitia a mensagem de produto saudável sem nenhuma perda de
sabor, são lançadas diversas edições especiais orientadas para esse segmento, como o Sumol Ice
Manga-Mint (2004) e o Sumol Intense (2007). Em termos de comunicação com os
consumidores, foi lançada em 2003 a campanha Sumólicos Anónimos, que introduziu o conceito
dos Sumólicos, fãs de Sumol que defendem a marca e mostram aos outros o porquê de ser uma
marca de culto, e em 2004 a marca começou a patrocinar eventos musicais, tais como o Rock in
Rio Lisboa (2004, 2006, 2008), o Sumol Lisboa Parade (2005), as Ice Beach Party’s (2005) em
parceria com a Cachaça 51, as Festas de Lisboa (desde 2009) e o Sumol Summer Fest (desde
2009). 2004 marcou igualmente o início da presença da marca no meio desportivo, com a
criação dos Sumólicos Futebol Clube, um clube de futebol virtual que pretende unir todos os
adeptos do futebol e Sumol independentemente do seu clube, associando-se a jogadores
internacionais dos três maiores clubes portugueses: Deco, Tiago, Ricardo, Maniche e Miguel. A
aposta nos desportos radicais teve início no ano seguinte, com o patrocínio de campeonatos e
reconhecidos atletas de bodyboard (João Barciela, Teresa Duarte) e kit surf (Francisco Lufinha),
parcerias com campeonatos e escolas de surf, o patrocínio da etapa Porto/Gaia da Red Bull Air
Race World Series (2008) e a organização do Sumol SnowTrip (2009) em Pas de la
Casa, Andorra, no qual participaram 2 500 estudantes finalistas do ensino secundário. Entre
2005 e 2009 a marca associou-se igualmente à série juvenil Morangos com Açúcar, surgindo
neste contexto a edição especial Sumol Morango e o passatempo Endless Summer. Cada vez
mais ligada ao segmento jovem, a marca rejuvenesceu novamente a sua imagem em 2008 e
lançou uma campanha retratando os jovens de hoje, diferentes na forma de estar mas unidos
pelo sabor: "Hippies com Skaters, Góticos com Reaggers, Punks com Betos, Heavis com Surfistas
e Rockabillys com Rappers'".
Figura 2- Garrafa de vidro de
0,25L de 1991
Escola Secundária Manuel Cargaleiro
Pág. 4
No início da década de 2010 a Sumol procurou transmitir um novo posicionamento da marca,
lançando em 2010 o manifesto "Mantém-te Original", apelando aos portugueses para não se
acomodarem nem conformarem, mantendo-se originais independentemente da idade. Este
manifesto culminou na bem-sucedida campanha "Um dia...", centrada na juventude como
estado de espírito. Em 2011 a Sumol apresentou aos consumidores uma nova imagem inspirada
na iconografia de 1954, em homenagem à história da marca.
Sabores
Sabor Ano de lançamento
Laranja 1954
Ananás 1958
Maracujá 1994
Light Laranja 2000
Light Ananás 2002
Ice Manga-Mint (Manga-Menta) 2004
Zero Green (Maça-Kiwi) 2006
Zero Red (Laranja sanguínea-Toranja) 2006
Manga 2006
Morango 2007
Intense (Chocolate-Laranja) 2007
Zero Laranja 2008
Zero Ananás 2009
Bliss Maçã 2009
Escola Secundária Manuel Cargaleiro
Pág. 5
Bliss Frutos Vermelhos 2009
Summer Fest 2011
Limão 2012

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Sumol

História Marketing Publicitário Coca-Cola
História Marketing Publicitário Coca-ColaHistória Marketing Publicitário Coca-Cola
História Marketing Publicitário Coca-Cola
Matheus Antônio
 
Coca-Cola
Coca-ColaCoca-Cola
Coca-Cola
CarolinaShiroma
 
Case: Coca - Cola
Case: Coca - Cola  Case: Coca - Cola
Ruffles colunistas
Ruffles colunistasRuffles colunistas
Ruffles colunistas
digaicom
 
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02
Neil Azevedo
 
Liliane coca cola
Liliane coca colaLiliane coca cola
Liliane coca cola
Liliane Ennes
 
História da Coca - Cola
História da Coca - ColaHistória da Coca - Cola
História da Coca - Cola
Jeisivam Silva
 
Lollo
LolloLollo
ApresentaçãO1.Ppt
ApresentaçãO1.PptApresentaçãO1.Ppt
ApresentaçãO1.Ppt
gueste27026cb
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
gueste27026cb
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
gueste27026cb
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
gueste27026cb
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
gueste27026cb
 
Apresentação johnnie walker
Apresentação johnnie walkerApresentação johnnie walker
Apresentação johnnie walker
Maycon Jean Domingos Costa
 
Apresentação coca cola
Apresentação   coca colaApresentação   coca cola
Apresentação coca cola
Neil Azevedo
 
Arte publicitária artes
Arte publicitária artesArte publicitária artes
Arte publicitária artes
Rudolf Rotchild Costa Cavalcante
 
Replay Corporate Profile
Replay Corporate ProfileReplay Corporate Profile
Replay Corporate Profile
mthomas
 
Cartazes
CartazesCartazes
Cartazes
ascensao
 
Briefing - Projeto 5º semestre PP - 2014-2
Briefing - Projeto 5º semestre PP - 2014-2Briefing - Projeto 5º semestre PP - 2014-2
Briefing - Projeto 5º semestre PP - 2014-2
Cíntia Dal Bello
 
Apresomo
ApresomoApresomo
Apresomo
Marianne Meni
 

Semelhante a Sumol (20)

História Marketing Publicitário Coca-Cola
História Marketing Publicitário Coca-ColaHistória Marketing Publicitário Coca-Cola
História Marketing Publicitário Coca-Cola
 
Coca-Cola
Coca-ColaCoca-Cola
Coca-Cola
 
Case: Coca - Cola
Case: Coca - Cola  Case: Coca - Cola
Case: Coca - Cola
 
Ruffles colunistas
Ruffles colunistasRuffles colunistas
Ruffles colunistas
 
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02
Apresentao1 ppt-090623093937-phpapp02
 
Liliane coca cola
Liliane coca colaLiliane coca cola
Liliane coca cola
 
História da Coca - Cola
História da Coca - ColaHistória da Coca - Cola
História da Coca - Cola
 
Lollo
LolloLollo
Lollo
 
ApresentaçãO1.Ppt
ApresentaçãO1.PptApresentaçãO1.Ppt
ApresentaçãO1.Ppt
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Apresentação johnnie walker
Apresentação johnnie walkerApresentação johnnie walker
Apresentação johnnie walker
 
Apresentação coca cola
Apresentação   coca colaApresentação   coca cola
Apresentação coca cola
 
Arte publicitária artes
Arte publicitária artesArte publicitária artes
Arte publicitária artes
 
Replay Corporate Profile
Replay Corporate ProfileReplay Corporate Profile
Replay Corporate Profile
 
Cartazes
CartazesCartazes
Cartazes
 
Briefing - Projeto 5º semestre PP - 2014-2
Briefing - Projeto 5º semestre PP - 2014-2Briefing - Projeto 5º semestre PP - 2014-2
Briefing - Projeto 5º semestre PP - 2014-2
 
Apresomo
ApresomoApresomo
Apresomo
 

Mais de Nome Sobrenome

PAP
PAPPAP
Arte urbana
Arte urbanaArte urbana
Arte urbana
Nome Sobrenome
 
Future Career
Future CareerFuture Career
Future Career
Nome Sobrenome
 
Glossário
GlossárioGlossário
Glossário
Nome Sobrenome
 
Luís de Miranda Pereira de Meneses
Luís de Miranda Pereira de MenesesLuís de Miranda Pereira de Meneses
Luís de Miranda Pereira de Meneses
Nome Sobrenome
 
Fernando Pessoa
Fernando PessoaFernando Pessoa
Fernando Pessoa
Nome Sobrenome
 
Interação sol terra
Interação sol terraInteração sol terra
Interação sol terra
Nome Sobrenome
 
Constituição da república portuguesa e leis da família
Constituição da república portuguesa e leis da famíliaConstituição da república portuguesa e leis da família
Constituição da república portuguesa e leis da família
Nome Sobrenome
 
Trabalho final do tema 2.1 do módulo 6
Trabalho final  do tema 2.1 do módulo 6Trabalho final  do tema 2.1 do módulo 6
Trabalho final do tema 2.1 do módulo 6
Nome Sobrenome
 
Dimensão média das famílias em portugal
Dimensão média das famílias em portugalDimensão média das famílias em portugal
Dimensão média das famílias em portugal
Nome Sobrenome
 
Empreendedorismo jovem
Empreendedorismo jovemEmpreendedorismo jovem
Empreendedorismo jovem
Nome Sobrenome
 
Taxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidadeTaxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidade
Nome Sobrenome
 
Famílias clássicas total e por tipo de famílias
Famílias clássicas total e por tipo de famíliasFamílias clássicas total e por tipo de famílias
Famílias clássicas total e por tipo de famílias
Nome Sobrenome
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
Nome Sobrenome
 
Poster
PosterPoster
Realizador
RealizadorRealizador
Realizador
Nome Sobrenome
 
Projeto de tic
Projeto de ticProjeto de tic
Projeto de tic
Nome Sobrenome
 
Diagrama e esquema
Diagrama e esquema Diagrama e esquema
Diagrama e esquema
Nome Sobrenome
 
Fernando pessoa
Fernando pessoaFernando pessoa
Fernando pessoa
Nome Sobrenome
 
Escola secundária manuel cargaleiro
Escola secundária manuel cargaleiroEscola secundária manuel cargaleiro
Escola secundária manuel cargaleiro
Nome Sobrenome
 

Mais de Nome Sobrenome (20)

PAP
PAPPAP
PAP
 
Arte urbana
Arte urbanaArte urbana
Arte urbana
 
Future Career
Future CareerFuture Career
Future Career
 
Glossário
GlossárioGlossário
Glossário
 
Luís de Miranda Pereira de Meneses
Luís de Miranda Pereira de MenesesLuís de Miranda Pereira de Meneses
Luís de Miranda Pereira de Meneses
 
Fernando Pessoa
Fernando PessoaFernando Pessoa
Fernando Pessoa
 
Interação sol terra
Interação sol terraInteração sol terra
Interação sol terra
 
Constituição da república portuguesa e leis da família
Constituição da república portuguesa e leis da famíliaConstituição da república portuguesa e leis da família
Constituição da república portuguesa e leis da família
 
Trabalho final do tema 2.1 do módulo 6
Trabalho final  do tema 2.1 do módulo 6Trabalho final  do tema 2.1 do módulo 6
Trabalho final do tema 2.1 do módulo 6
 
Dimensão média das famílias em portugal
Dimensão média das famílias em portugalDimensão média das famílias em portugal
Dimensão média das famílias em portugal
 
Empreendedorismo jovem
Empreendedorismo jovemEmpreendedorismo jovem
Empreendedorismo jovem
 
Taxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidadeTaxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidade
 
Famílias clássicas total e por tipo de famílias
Famílias clássicas total e por tipo de famíliasFamílias clássicas total e por tipo de famílias
Famílias clássicas total e por tipo de famílias
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
Poster
PosterPoster
Poster
 
Realizador
RealizadorRealizador
Realizador
 
Projeto de tic
Projeto de ticProjeto de tic
Projeto de tic
 
Diagrama e esquema
Diagrama e esquema Diagrama e esquema
Diagrama e esquema
 
Fernando pessoa
Fernando pessoaFernando pessoa
Fernando pessoa
 
Escola secundária manuel cargaleiro
Escola secundária manuel cargaleiroEscola secundária manuel cargaleiro
Escola secundária manuel cargaleiro
 

Último

A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 

Último (20)

RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 

Sumol

  • 1. Escola Secundária Manuel Cargaleiro Pág. 1 Daniela Almeida nº5 Disciplina: Design, Comunicação e Audiovisuais Professora: Maria Isabel Martins Curso Profissional Técnico de Multimédia
  • 2. Escola Secundária Manuel Cargaleiro Pág. 2 Sumol A Sumol é um tipo de refrigerante com uma definição normal. Teve origem em Portugal, fundado por António Eusébio, foi lançado em 1954 (60 anos). O seu fabricante é a Sumol+Compal. A sua comercialização é internacional. Slogan é “Original desde 1954”. Website: www.sumol.pt Sumol é uma marca produzida em Portugal e vendida em mais de 60 países. É uma bebida de sumo de fruta pasteurizada e levemente gaseificada, com a polpa do fruto em suspensão e sem corantes nem conservantes, em vários sabores. A sua comercialização é realizada em embalagens de consumo individual de 0.25L, 0.30L, 0.33L, 0.5L, 1.5L e 2.0L, e consumo exclusivo no ponto de venda (venda a copo). História Em 1945 um grupo de amigos decidiu abrir, com pouco mais de 100 mil escudos (cerca de 500 euros), uma pequena fábrica em Algés dedicada ao fabrico de gelo, laranjadas e gasosas, a Refrigor, Lda. Cinco anos depois, a pequena empresa recebeu a entrada de um novo sócio, António João Eusébio, que viria a transformar a empresa. A fórmula de Sumol Laranja, a primeira bebida de sumo de fruta pasteurizada a surgir em Portugal, foi criada em 1954, tendo sido oficialmente apresentada aos consumidores no início do verão desse ano, numa garrafa de vidro pirogravada de 0.25L, na esplanada do café Caravela D'Ouro, em Algés. A marca Sumol seria registada a 20 de Dezembro de 1954. Quatro anos depois, em 1958, surge o Sumol Ananás, sendo a diferenciação feita pela cor da carica da garrafa: cor de laranja para o sabor laranja e verde para o ananás. A Sumol foi a primeira bebida não alcoólica portuguesa a adotar uma estratégia de marketing moderna. Numa época em que apenas se fazia propaganda em jornais, letreiros ou nos toldos dos locais de venda, a Sumol espalhou cartazes com slogans por todo o país e em 1965 lança um anúncio de televisão que se mostra diferenciador: "Um gato é um gato, um cão é um cão. Sumol é aquilo que os outros não são”. Na década de 1970, a popularidade da marca era tal que chegaram a existir vinte imitações de Sumol (Supol, Sumolara, Frutex, entre outros), algumas das quais chegaram mesmo a reutilizar garrafas de Sumol. O segundo anúncio de televisão surgiria em 1978, tendo sido escolhida pela primeira vez uma figura mediática para a apresentação da marca, o humorista Herman José. Na década de 1980 são introduzidos novos formatos de embalagem, nomeadamente as latas de 0.33L e as garrafas de plástico de 1.5L e 2L, tendo a Sumol sido a primeira marca em Portugal a lançar um formato nesse material. A primeira aproximação da marca ao segmento jovem ocorreu também nessa altura, com o anúncio "Stôra, como é que se diz Sumol em inglês?", de 1984. Figura 1-Sumol Laranja, 1954
  • 3. Escola Secundária Manuel Cargaleiro Pág. 3 Modernização A década de 1990 foi de viragem para a Sumol, com a primeira grande mudança de imagem da marca a acontecer em 1991 com a adoção de rótulos com riscas nas garrafas de vidro de 0,25L. Com este novo visual, as tradicionais garrafas de vidro pirogravadas são definitivamente abandonadas e as cores verde e vermelho começam a assumir-se como uma das principais características associadas à imagem da marca. Em 1994 surge o primeiro dos novos sabores, Sumol Maracujá, mais de 35 anos após o lançamento dos sabores tradicionais. A marca deu igualmente seguimento à sua aposta no segmento jovem, estabelecendo logo no início de 1990 e um acordo de patrocínio com a banda rock Xutos & Pontapés para uma digressão pelo país com quarenta atuações ao vivo, que marcou a entrada da marca no meio musical, e lançando duas campanhas publicitárias (1993/1997) protagonizadas por Alex, um cão inteligente e cúmplice do seu dono no prazer de beber Sumol. Os anúncios e o slogan "Alex, busca!". Foi igualmente nessa altura que a marca deu início ao lançamento de passatempos em que são oferecidos prémios aos consumidores de Sumol. No início da década de 2000 a marca apostou na consolidação da sua posição no segmento jovem, procedendo a duas novas mudanças na sua imagem (2000, 2003) e lançando em 2000 a campanha Sumol SKA, cujos anúncios usavam um jingle interpretado pela banda ska Despe e Siga. A partir dessa altura, a marca iniciou um novo ciclo com novidades quer em termos de lançamentos quer em termos de comunicação. Para além do lançamento em 2006 do Sumol Manga e de uma nova linha de refrigerantes destinados especificamente ao segmento jovem, Sumol Z (Zero), que transmitia a mensagem de produto saudável sem nenhuma perda de sabor, são lançadas diversas edições especiais orientadas para esse segmento, como o Sumol Ice Manga-Mint (2004) e o Sumol Intense (2007). Em termos de comunicação com os consumidores, foi lançada em 2003 a campanha Sumólicos Anónimos, que introduziu o conceito dos Sumólicos, fãs de Sumol que defendem a marca e mostram aos outros o porquê de ser uma marca de culto, e em 2004 a marca começou a patrocinar eventos musicais, tais como o Rock in Rio Lisboa (2004, 2006, 2008), o Sumol Lisboa Parade (2005), as Ice Beach Party’s (2005) em parceria com a Cachaça 51, as Festas de Lisboa (desde 2009) e o Sumol Summer Fest (desde 2009). 2004 marcou igualmente o início da presença da marca no meio desportivo, com a criação dos Sumólicos Futebol Clube, um clube de futebol virtual que pretende unir todos os adeptos do futebol e Sumol independentemente do seu clube, associando-se a jogadores internacionais dos três maiores clubes portugueses: Deco, Tiago, Ricardo, Maniche e Miguel. A aposta nos desportos radicais teve início no ano seguinte, com o patrocínio de campeonatos e reconhecidos atletas de bodyboard (João Barciela, Teresa Duarte) e kit surf (Francisco Lufinha), parcerias com campeonatos e escolas de surf, o patrocínio da etapa Porto/Gaia da Red Bull Air Race World Series (2008) e a organização do Sumol SnowTrip (2009) em Pas de la Casa, Andorra, no qual participaram 2 500 estudantes finalistas do ensino secundário. Entre 2005 e 2009 a marca associou-se igualmente à série juvenil Morangos com Açúcar, surgindo neste contexto a edição especial Sumol Morango e o passatempo Endless Summer. Cada vez mais ligada ao segmento jovem, a marca rejuvenesceu novamente a sua imagem em 2008 e lançou uma campanha retratando os jovens de hoje, diferentes na forma de estar mas unidos pelo sabor: "Hippies com Skaters, Góticos com Reaggers, Punks com Betos, Heavis com Surfistas e Rockabillys com Rappers'". Figura 2- Garrafa de vidro de 0,25L de 1991
  • 4. Escola Secundária Manuel Cargaleiro Pág. 4 No início da década de 2010 a Sumol procurou transmitir um novo posicionamento da marca, lançando em 2010 o manifesto "Mantém-te Original", apelando aos portugueses para não se acomodarem nem conformarem, mantendo-se originais independentemente da idade. Este manifesto culminou na bem-sucedida campanha "Um dia...", centrada na juventude como estado de espírito. Em 2011 a Sumol apresentou aos consumidores uma nova imagem inspirada na iconografia de 1954, em homenagem à história da marca. Sabores Sabor Ano de lançamento Laranja 1954 Ananás 1958 Maracujá 1994 Light Laranja 2000 Light Ananás 2002 Ice Manga-Mint (Manga-Menta) 2004 Zero Green (Maça-Kiwi) 2006 Zero Red (Laranja sanguínea-Toranja) 2006 Manga 2006 Morango 2007 Intense (Chocolate-Laranja) 2007 Zero Laranja 2008 Zero Ananás 2009 Bliss Maçã 2009
  • 5. Escola Secundária Manuel Cargaleiro Pág. 5 Bliss Frutos Vermelhos 2009 Summer Fest 2011 Limão 2012