SlideShare uma empresa Scribd logo
Avanços e desafios das políticas de prevenção as DANTS
As políticas implementadas ampliaram o escopo da ação da preocupação tradicional
com o cuidado médico para a prevenção, promoção da saúde e ação intersetorial.
Dentre as iniciativas brasileiras elaboradas para responder ao desafio das doenças
crônicas, estão:
Aprovação da Política De Promoção De Saúde (2006), cujo foco está em dietas
saudáveis, atividade física, redução do tabagismo e do uso prejudicial de álcool.
Política Nacional De Alimentação E Nutrição (1999) - reconhece a natureza complexa
da obesidade e de outras DCNT relacionadas à nutrição e define um conjunto de ações
no âmbito da área da saúde e em outros setores para assegurar ambientes que favoreçam
dietas saudáveis e estilos de vida ativos para todos.
 Aulas de atividades físicas gratuitas em muitas cidades;
 Inclusão de produtos agrícolas locais na merenda escolar;
 Regulamentação da propaganda de alimentos ricos em açúcar, sal ou gorduras
não saudáveis.
Política Nacional Do Álcool que inclui:
 Ações educacionais,
 Regulamentação de propaganda e venda,
 Cumprimento da lei para quem ingerir álcool e dirigir;
 Atendimento a indivíduos com problemas relacionados ao álcool.
O controle do tabagismo é um grande sucesso e, talvez, responsável por grande
parte da diminuição das DCNT.
 Propaganda de produtos do tabaco foi proibida
 Fotos alertando os consumidores sobre os riscos foram estampadas nas
embalagens de cigarros
 um Comitê Nacional para o Controle do Tabaco foi criado, envolvendo vários
setores.
 Um número de telefone foi colocado nas embalagens de cigarros, com ligação
gratuita dentro do país, oferece orientações sobre como parar de fumar.
 Novos projetos de lei sobre controle do tabaco têm sido amplamente discutidos
e aprovados nos níveis nacional, estadual e municipal.
 Em alguns estados, o fumo foi proibido em todos os ambientes coletivos
fechados, públicos ou privados.
Outros avanços no controle do tabaco são necessários como, por exemplo a
elevação do preço dos cigarros.
O sucesso do Brasil em ações legislativas e regulatórias, inclusive fiscais, para o
controle do tabaco deveria orientar o desafio atual de implantar ações adicionais
relacionadas ao controle do consumo excessivo de álcool e à dieta saudável e atividade
física.
 Maior investimento financeiro;
O aumento rápido e continuado da obesidade, hipertensão, diabetes e consumo
excessivo de álcool denuncia a inadequação das estratégias atuais e coloca o desafio de
tomar outras providencias.
DESAFIOS
 Providências fiscais que aumentem o acesso da população a alimentos
saudáveis, e desencorajem o consumo de alimentos altamente processados;
 Intervenções que orientem o design urbano com o objetivo de promover o hábito
da atividade física regular;
 Outras ações para reduzir o teor de sódio dos alimentos;
 Elevação do preço dos cigarros.
 Combater o lobby das indústrias, que tem exercido pressão negativa ex:
propaganda de cervejas em eventos esportivos e culturais importantes.
Avanços e Desafios no Atendimento as DANTS no SUS
Avanços
 Melhoria no diagnóstico e tratamento do diabetes a nível da atenção básica.
 Normas baseadas em evidências, orientando o cuidado com o diabetes, foram
implementadas.
 Medicamentos genéricos de baixo custo foram amplamente disponibilizados
sem custo.
 Expansão do programa Farmácia Popular, que passou a oferecer gratuitamente
medicamentos básicos para diabetes, hipertensão e para outras doenças crônicas.
 Programa para cessação do hábito de fumar
 Diminuição de internação por doenças crônicas;
 O rastreamento do câncer de colo do útero e o teste de Papanicolau amplamente
disponível;
Desafios
 Um grande desafio é a eliminação das longas listas de espera para assistência
ambulatorial especializada, serviços de diagnóstico e cirurgias;
 Fragilidade da Atenção Básica nas ações de saúde mental;
 Falta treinamento e apoio para que a equipe da AB possa fornecer cuidado
paliativo a pacientes de câncer com prognóstico ruim.
 A falta de acesso ainda é grande, principalmente nas áreas mais pobres;
 Transferência do tratamento da maioria das complicações de condições crônicas
das emergências hospitalares para tratamento ambulatorial;
 Pressão exercida pela indústria e as sociedades médicas para incorporação de
tecnologias de saúde de alto custo, cujo custo-efetividade é incerto ou
questionável;
 Judicialização da saúde;
 Alocação inadequada de recursos;
 Redução da mortalidade por DCNT, quando as tendências para as principais
doenças e fatores de risco não são desfavoráveis, além da crescente epidemia de
obesidade;
 Necessidade de ação política combinada mundialmente – por exemplo, pressão
internacional para retirar subsídios injustos a alimentos baratos e não saudáveis;

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Sucessos e falhas das políticas de prevenção as dants

Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSicaEstrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
cipasap
 
Diabetes 22.pptx
Diabetes 22.pptxDiabetes 22.pptx
Diabetes 22.pptx
AnaCeliaTorres1
 
Dia mundial contra_cancro
Dia mundial contra_cancroDia mundial contra_cancro
Dia mundial contra_cancro
PESES
 
Alimentos pnam (1)
Alimentos pnam (1)Alimentos pnam (1)
Alimentos pnam (1)
Sander Santiago
 
Discurso do ministro Alexandre Padilha na 65ª Assembleia Mundial de Saúde
Discurso do ministro Alexandre Padilha na 65ª Assembleia Mundial de SaúdeDiscurso do ministro Alexandre Padilha na 65ª Assembleia Mundial de Saúde
Discurso do ministro Alexandre Padilha na 65ª Assembleia Mundial de Saúde
Ministério da Saúde
 
Obesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicasObesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicas
Oncoguia
 
Dia Mundial de Luta Contra a Sida
Dia Mundial de Luta Contra a SidaDia Mundial de Luta Contra a Sida
Dia Mundial de Luta Contra a Sida
PESES
 
Alimentação saudavel
Alimentação saudavelAlimentação saudavel
Alimentação saudavel
Keylla Tayne
 
212539042-Slides-Do-Programa-Hiperdia.pptx
212539042-Slides-Do-Programa-Hiperdia.pptx212539042-Slides-Do-Programa-Hiperdia.pptx
212539042-Slides-Do-Programa-Hiperdia.pptx
Franzinha2
 
Bases legais na saúde pública
Bases legais na saúde públicaBases legais na saúde pública
Bases legais na saúde pública
bel_c
 
Discurso de encerramento na sessão especial da Assembleia-Geral das Nações Un...
Discurso de encerramento na sessão especial da Assembleia-Geral das Nações Un...Discurso de encerramento na sessão especial da Assembleia-Geral das Nações Un...
Discurso de encerramento na sessão especial da Assembleia-Geral das Nações Un...
Ministério da Saúde
 
Pnps
Pnps   Pnps
Oferta de medicamentos gratuitos freia crescimento de internações por diabetes
Oferta de medicamentos gratuitos freia crescimento de internações por diabetesOferta de medicamentos gratuitos freia crescimento de internações por diabetes
Oferta de medicamentos gratuitos freia crescimento de internações por diabetes
Ministério da Saúde
 
estudo de caso
estudo de casoestudo de caso
estudo de caso
Luciano José Raimundo
 
Alimentos pnam
Alimentos pnamAlimentos pnam
Alimentos pnam
nairlgomes
 
09042012 tcc da aluna polyanna bezerra de psf 3
09042012 tcc da aluna polyanna bezerra de psf  309042012 tcc da aluna polyanna bezerra de psf  3
09042012 tcc da aluna polyanna bezerra de psf 3
Luciano José Raimundo
 
Promocaosaude políticas
Promocaosaude políticasPromocaosaude políticas
Promocaosaude políticas
Marcos Nery
 
Trabalho politicas
Trabalho politicasTrabalho politicas
Trabalho politicas
Fernando Biscaia Fraga
 
A obesidade
A obesidadeA obesidade
A obesidade
Obesidade11
 
Trabalho final
Trabalho finalTrabalho final
Trabalho final
fabiano.bento
 

Semelhante a Sucessos e falhas das políticas de prevenção as dants (20)

Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSicaEstrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
Estrategia Global Em AlimentaçãO E Atividade FíSica
 
Diabetes 22.pptx
Diabetes 22.pptxDiabetes 22.pptx
Diabetes 22.pptx
 
Dia mundial contra_cancro
Dia mundial contra_cancroDia mundial contra_cancro
Dia mundial contra_cancro
 
Alimentos pnam (1)
Alimentos pnam (1)Alimentos pnam (1)
Alimentos pnam (1)
 
Discurso do ministro Alexandre Padilha na 65ª Assembleia Mundial de Saúde
Discurso do ministro Alexandre Padilha na 65ª Assembleia Mundial de SaúdeDiscurso do ministro Alexandre Padilha na 65ª Assembleia Mundial de Saúde
Discurso do ministro Alexandre Padilha na 65ª Assembleia Mundial de Saúde
 
Obesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicasObesidade e câncer nas políticas públicas
Obesidade e câncer nas políticas públicas
 
Dia Mundial de Luta Contra a Sida
Dia Mundial de Luta Contra a SidaDia Mundial de Luta Contra a Sida
Dia Mundial de Luta Contra a Sida
 
Alimentação saudavel
Alimentação saudavelAlimentação saudavel
Alimentação saudavel
 
212539042-Slides-Do-Programa-Hiperdia.pptx
212539042-Slides-Do-Programa-Hiperdia.pptx212539042-Slides-Do-Programa-Hiperdia.pptx
212539042-Slides-Do-Programa-Hiperdia.pptx
 
Bases legais na saúde pública
Bases legais na saúde públicaBases legais na saúde pública
Bases legais na saúde pública
 
Discurso de encerramento na sessão especial da Assembleia-Geral das Nações Un...
Discurso de encerramento na sessão especial da Assembleia-Geral das Nações Un...Discurso de encerramento na sessão especial da Assembleia-Geral das Nações Un...
Discurso de encerramento na sessão especial da Assembleia-Geral das Nações Un...
 
Pnps
Pnps   Pnps
Pnps
 
Oferta de medicamentos gratuitos freia crescimento de internações por diabetes
Oferta de medicamentos gratuitos freia crescimento de internações por diabetesOferta de medicamentos gratuitos freia crescimento de internações por diabetes
Oferta de medicamentos gratuitos freia crescimento de internações por diabetes
 
estudo de caso
estudo de casoestudo de caso
estudo de caso
 
Alimentos pnam
Alimentos pnamAlimentos pnam
Alimentos pnam
 
09042012 tcc da aluna polyanna bezerra de psf 3
09042012 tcc da aluna polyanna bezerra de psf  309042012 tcc da aluna polyanna bezerra de psf  3
09042012 tcc da aluna polyanna bezerra de psf 3
 
Promocaosaude políticas
Promocaosaude políticasPromocaosaude políticas
Promocaosaude políticas
 
Trabalho politicas
Trabalho politicasTrabalho politicas
Trabalho politicas
 
A obesidade
A obesidadeA obesidade
A obesidade
 
Trabalho final
Trabalho finalTrabalho final
Trabalho final
 

Último

Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 

Último (20)

Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 

Sucessos e falhas das políticas de prevenção as dants

  • 1. Avanços e desafios das políticas de prevenção as DANTS As políticas implementadas ampliaram o escopo da ação da preocupação tradicional com o cuidado médico para a prevenção, promoção da saúde e ação intersetorial. Dentre as iniciativas brasileiras elaboradas para responder ao desafio das doenças crônicas, estão: Aprovação da Política De Promoção De Saúde (2006), cujo foco está em dietas saudáveis, atividade física, redução do tabagismo e do uso prejudicial de álcool. Política Nacional De Alimentação E Nutrição (1999) - reconhece a natureza complexa da obesidade e de outras DCNT relacionadas à nutrição e define um conjunto de ações no âmbito da área da saúde e em outros setores para assegurar ambientes que favoreçam dietas saudáveis e estilos de vida ativos para todos.  Aulas de atividades físicas gratuitas em muitas cidades;  Inclusão de produtos agrícolas locais na merenda escolar;  Regulamentação da propaganda de alimentos ricos em açúcar, sal ou gorduras não saudáveis. Política Nacional Do Álcool que inclui:  Ações educacionais,  Regulamentação de propaganda e venda,  Cumprimento da lei para quem ingerir álcool e dirigir;  Atendimento a indivíduos com problemas relacionados ao álcool. O controle do tabagismo é um grande sucesso e, talvez, responsável por grande parte da diminuição das DCNT.  Propaganda de produtos do tabaco foi proibida  Fotos alertando os consumidores sobre os riscos foram estampadas nas embalagens de cigarros  um Comitê Nacional para o Controle do Tabaco foi criado, envolvendo vários setores.  Um número de telefone foi colocado nas embalagens de cigarros, com ligação gratuita dentro do país, oferece orientações sobre como parar de fumar.  Novos projetos de lei sobre controle do tabaco têm sido amplamente discutidos e aprovados nos níveis nacional, estadual e municipal.  Em alguns estados, o fumo foi proibido em todos os ambientes coletivos fechados, públicos ou privados. Outros avanços no controle do tabaco são necessários como, por exemplo a elevação do preço dos cigarros. O sucesso do Brasil em ações legislativas e regulatórias, inclusive fiscais, para o controle do tabaco deveria orientar o desafio atual de implantar ações adicionais relacionadas ao controle do consumo excessivo de álcool e à dieta saudável e atividade física.  Maior investimento financeiro; O aumento rápido e continuado da obesidade, hipertensão, diabetes e consumo excessivo de álcool denuncia a inadequação das estratégias atuais e coloca o desafio de tomar outras providencias.
  • 2. DESAFIOS  Providências fiscais que aumentem o acesso da população a alimentos saudáveis, e desencorajem o consumo de alimentos altamente processados;  Intervenções que orientem o design urbano com o objetivo de promover o hábito da atividade física regular;  Outras ações para reduzir o teor de sódio dos alimentos;  Elevação do preço dos cigarros.  Combater o lobby das indústrias, que tem exercido pressão negativa ex: propaganda de cervejas em eventos esportivos e culturais importantes. Avanços e Desafios no Atendimento as DANTS no SUS Avanços  Melhoria no diagnóstico e tratamento do diabetes a nível da atenção básica.  Normas baseadas em evidências, orientando o cuidado com o diabetes, foram implementadas.  Medicamentos genéricos de baixo custo foram amplamente disponibilizados sem custo.  Expansão do programa Farmácia Popular, que passou a oferecer gratuitamente medicamentos básicos para diabetes, hipertensão e para outras doenças crônicas.  Programa para cessação do hábito de fumar  Diminuição de internação por doenças crônicas;  O rastreamento do câncer de colo do útero e o teste de Papanicolau amplamente disponível; Desafios  Um grande desafio é a eliminação das longas listas de espera para assistência ambulatorial especializada, serviços de diagnóstico e cirurgias;  Fragilidade da Atenção Básica nas ações de saúde mental;  Falta treinamento e apoio para que a equipe da AB possa fornecer cuidado paliativo a pacientes de câncer com prognóstico ruim.  A falta de acesso ainda é grande, principalmente nas áreas mais pobres;  Transferência do tratamento da maioria das complicações de condições crônicas das emergências hospitalares para tratamento ambulatorial;  Pressão exercida pela indústria e as sociedades médicas para incorporação de tecnologias de saúde de alto custo, cujo custo-efetividade é incerto ou questionável;  Judicialização da saúde;  Alocação inadequada de recursos;  Redução da mortalidade por DCNT, quando as tendências para as principais doenças e fatores de risco não são desfavoráveis, além da crescente epidemia de obesidade;  Necessidade de ação política combinada mundialmente – por exemplo, pressão internacional para retirar subsídios injustos a alimentos baratos e não saudáveis;