SlideShare uma empresa Scribd logo
Celebramos hoje com alegria o Cristo Ressuscitado
e com renovada esperança a vida nova de ressuscitados.
        O Dia de Páscoa é o Domingo primordial,
   do qual derivam todos os outros domingos do ano.
Cada domingo é uma Páscoa semanal, é o Dia do Senhor.
As Leituras aprofundam
essa realidade:
Na 1ª leitura, Pedro
anuncia a RESSURREIÇÃO.
                (At 10,34.37-43)

- Na casa do centurião
romano Cornélio,
   expõe o KERIGMA:
              o núcleo central
da fé cristã:
anuncia Jesus
       como o ungido de
Deus,
descreve a atividade
     de Jesus fazendo o bem
            e curando os
oprimidos,
testemunha a Morte de Jesus
na cruz e sua Ressurreição
e conclui:
- BATIZA Cornélio
       e toda a sua
família.
É o primeiro pagão
      a ser admitido
           ao
cristianismo
  por um dos Doze.
Significa
   que a vida nova
            que nasce
de Jesus é
       para todos os
        homens.

  * A fé em Cristo
  ressuscitado suscita

  o TESTEMUNHO.
Na 2ª Leitura,
Paulo recorda
  que no Batismo
fomos sepultados
com Cristo
e com ele
ressuscitados,
      e nos exorta
              a
viver com Cristo
uma vida nova.
"Se ressuscitastes
com Cristo, buscai
as coisas do alto."
        (1Cor 5, 6-8)

* É um convite
     a abandonar
          o velho
fermento          e
celebrar a vida
nova que Cristo
No Evangelho, João descreve a reação dos discípulos
diante da descoberta do "sepulcro vazio". (Jo 20,1-9)
É uma catequese sobre a Ressurreição de Jesus:
- Maria Madalena, no "primeiro dia da semana",
ainda "no escuro" procura no túmulo o Cristo morto.
Diante do túmulo vazio, se retira horrorizada
pensando que haviam roubado o corpo do Senhor.
Mas quando ela o encontra, a fé desponta em seu coração.
É o encontro feliz com o Senhor Ressuscitado.
* Ela representa a Comunidade dos discípulos,
                      que sente a falta de Jesus.
- Pedro,
para quem a morte
significava fracasso,
recusava aceitar que
  a vida nova passasse
pela humilhação da cruz.
Para ele a Ressurreição
          de Jesus era
          uma hipótese
absurda         e sem
sentido.
Com surpresa,
  ele viu o túmulo vazio
      e os panos
dobrados...
Mas continuou
* Representa o discípulo
que tem dificuldade
        em aceitar Jesus
        e           seus
    valores.
Estava acostumado
       a valorizar outros
      valores e padrões.
Representa também
     a velha prudência
          dos dirigentes,
que impede a caminhada
do Povo de Deus.

            Nesse novo,
incompreensível
          à luz da lógica
                humana,
tantas vezes se revela
      o Mistério de Deus
- João

identificou-se
  com Jesus e
             aos seus
              valores.
Para ele,
        a ausência do
 corpo
não impediu
                  que
     compreendesse
            que Jesus
 continuava presente
           entre eles.
O Amor faz
     "correr mais
João reconhece
  nos sinais da ausência
             (as faixas, o
                 sudário)
a presença transformada
 e gloriosa do Cristo.
          Por isso, "viu e
                   creu".

* Representa o discípulo
      ideal, que vive em
  comunhão com Jesus.
É Modelo
           do verdadeiro
               discípulo.
Ele nos convida
          à identificação
              com Jesus,
à escuta atenta
        e comprometida
+ A Páscoa é o Triunfo da Vida:
A Páscoa expressa o drama profundo da realidade humana:
a luta permanente da vida, para reverter a dinâmica da morte.
A Páscoa celebra o triunfo da vida sobre a morte, no momento
   em que a vida parece sucumbir e a morte parece vencer.
       É a garantia de que Deus assumiu a causa da vida.
- A Páscoa
não é apenas

a comemoração

de um FATO
PASSADO...
É sempre um novo
apelo de Deus,

que nos convida
                   a
morrermos
         com Cristo,
a nos separarmos
           do homem
   velho
        (do pecado),
        a fim de nos
revestirmos
- A Páscoa não é apenas
UM DIA DO ANO...
mas um processo
dinâmico e permanente
dentro de nós.
Todos os dias, o cristão
celebra a Páscoa,
quando combate
 o homem velho do
pecado,
para se revestir do
homem novo, em Cristo.
TODO DOMINGO,
revivendo os mistérios
pascais na celebração
    da Eucaristia, deve ser
       o momento forte
           da vivência
dessa Páscoa,          que
Desejo-lhe uma FELIZ PÁSCOA...
A Páscoa, que lhe desejo, não é a de um Cristo morto,
perdido no passado, mas sim de um Cristo vivo, glorioso,
que faz vibrar o seu coração e dar sentido novo a seu
viver.




            Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS -   12.04.2012
MEU DOMINGO
            Com a Palavra de Deus

   Meditada por: Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS


    Ilustração: Nelso Geraldo Ferronatto




      Música: Aleluia de Haendel
      Gil de Roca Sales
      CD: Aleluia
      Paulinas COMEP




Acesse o Endereço: http://www.buscandonovasaguas.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Batismo:compromisso e obediência
Batismo:compromisso e obediênciaBatismo:compromisso e obediência
Batismo:compromisso e obediência
Paulo Dias Nogueira
 
O Maior Presente de Natal
O Maior Presente de NatalO Maior Presente de Natal
O Maior Presente de Natal
Ricardo Azevedo
 
A santa cei apub
A santa cei apubA santa cei apub
Ressuscitou
RessuscitouRessuscitou
Ressuscitou
pr_afsalbergaria
 
Aula 03 a ceia do senhor - santidade para o site
Aula 03   a ceia do senhor - santidade para o siteAula 03   a ceia do senhor - santidade para o site
Aula 03 a ceia do senhor - santidade para o site
pbmarcelo
 
Catequese, lição 4 + Páscoa
Catequese, lição 4 + PáscoaCatequese, lição 4 + Páscoa
Catequese, lição 4 + Páscoa
João Pereira
 
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano c
José Luiz Silva Pinto
 
P1203 testemunhas
P1203 testemunhasP1203 testemunhas
P1203 testemunhas
José Luiz Silva Pinto
 
Esquema da-missa
Esquema da-missaEsquema da-missa
Esquema da-missa
Jadson Costa
 
A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...
A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...
A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...
Márcio Batista
 
Ressuscitou
RessuscitouRessuscitou
Ressuscitou
pr_afsalbergaria
 
Santa Ceia do Senhor
Santa Ceia do SenhorSanta Ceia do Senhor
Santa Ceia do Senhor
Almy Alves
 
A pascoa na visão espírita (2)
A pascoa na visão espírita (2)A pascoa na visão espírita (2)
A pascoa na visão espírita (2)
Jackson Façanha Damasceno
 
4º módulo 2ª aula
4º módulo   2ª aula4º módulo   2ª aula
4º módulo 2ª aula
Joel Silva
 
Formação paroquial para Ministros Extraordinários da Palavra - O que é homil...
 Formação paroquial para Ministros Extraordinários da Palavra - O que é homil... Formação paroquial para Ministros Extraordinários da Palavra - O que é homil...
Formação paroquial para Ministros Extraordinários da Palavra - O que é homil...
José Luiz Silva Pinto
 
A pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsohA pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsoh
jesussalveoshumildes
 
Palestra de natal
Palestra de natalPalestra de natal
Palestra de natal
Sergio Lino
 
Batismo em aguas
Batismo em aguasBatismo em aguas
Batismo em aguas
jonasfreitasdejesus
 
Reposiçao 14,15
Reposiçao 14,15Reposiçao 14,15
Reposiçao 14,15
Paulo Mattos
 
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
Luís Carvalho
 

Mais procurados (20)

Batismo:compromisso e obediência
Batismo:compromisso e obediênciaBatismo:compromisso e obediência
Batismo:compromisso e obediência
 
O Maior Presente de Natal
O Maior Presente de NatalO Maior Presente de Natal
O Maior Presente de Natal
 
A santa cei apub
A santa cei apubA santa cei apub
A santa cei apub
 
Ressuscitou
RessuscitouRessuscitou
Ressuscitou
 
Aula 03 a ceia do senhor - santidade para o site
Aula 03   a ceia do senhor - santidade para o siteAula 03   a ceia do senhor - santidade para o site
Aula 03 a ceia do senhor - santidade para o site
 
Catequese, lição 4 + Páscoa
Catequese, lição 4 + PáscoaCatequese, lição 4 + Páscoa
Catequese, lição 4 + Páscoa
 
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano c
 
P1203 testemunhas
P1203 testemunhasP1203 testemunhas
P1203 testemunhas
 
Esquema da-missa
Esquema da-missaEsquema da-missa
Esquema da-missa
 
A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...
A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...
A importância da Ceia do Senhor para a formação espiritual da comunidade de m...
 
Ressuscitou
RessuscitouRessuscitou
Ressuscitou
 
Santa Ceia do Senhor
Santa Ceia do SenhorSanta Ceia do Senhor
Santa Ceia do Senhor
 
A pascoa na visão espírita (2)
A pascoa na visão espírita (2)A pascoa na visão espírita (2)
A pascoa na visão espírita (2)
 
4º módulo 2ª aula
4º módulo   2ª aula4º módulo   2ª aula
4º módulo 2ª aula
 
Formação paroquial para Ministros Extraordinários da Palavra - O que é homil...
 Formação paroquial para Ministros Extraordinários da Palavra - O que é homil... Formação paroquial para Ministros Extraordinários da Palavra - O que é homil...
Formação paroquial para Ministros Extraordinários da Palavra - O que é homil...
 
A pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsohA pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsoh
 
Palestra de natal
Palestra de natalPalestra de natal
Palestra de natal
 
Batismo em aguas
Batismo em aguasBatismo em aguas
Batismo em aguas
 
Reposiçao 14,15
Reposiçao 14,15Reposiçao 14,15
Reposiçao 14,15
 
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
PASCOA 2014 .... A nossa Páscoa (4/4)
 

Destaque

SYoungbloodResume.
SYoungbloodResume.SYoungbloodResume.
SYoungbloodResume.
syblood
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
marcoscampos555
 
Leyes de la espiritualidad
Leyes de la espiritualidadLeyes de la espiritualidad
Leyes de la espiritualidad
Elisa Navarro
 
Web 2.0 Flickr
Web 2.0   FlickrWeb 2.0   Flickr
Web 2.0 Flickr
Marta Duarte
 
Redes Sociais
Redes SociaisRedes Sociais
Redes Sociais
Idalina Silva
 
LA CRÓNICA 603
LA CRÓNICA 603LA CRÓNICA 603
Kaplan Case Study
Kaplan Case StudyKaplan Case Study
Kaplan Case Study
Kris Babe
 
Apresentação final 16_12
Apresentação final 16_12Apresentação final 16_12
Apresentação final 16_12
ivairx
 
Flor misteriosa 4.º A
Flor misteriosa 4.º AFlor misteriosa 4.º A
Flor misteriosa 4.º Aceabib
 
Balanço do Grêmio 2011
Balanço do Grêmio 2011Balanço do Grêmio 2011
Balanço do Grêmio 2011
Cleuber Carlos Nascimento
 
Guia trabalhodecasa
Guia trabalhodecasaGuia trabalhodecasa
Guia trabalhodecasa
Arthur P.Oliveira
 
Dual e privilege reformulado
Dual e privilege reformuladoDual e privilege reformulado
Dual e privilege reformulado
Annelyse Alves
 
Catalogo navidad regalos x galería & gourmet
Catalogo navidad regalos x galería & gourmetCatalogo navidad regalos x galería & gourmet
Catalogo navidad regalos x galería & gourmet
Vixi Mexico
 
Desenvolvimento de games
Desenvolvimento de gamesDesenvolvimento de games
Desenvolvimento de games
Ana Grasi
 
Conheça Aline
Conheça AlineConheça Aline
Conheça Aline
AlineDanielly
 
Por favor eu existo..
Por favor eu existo..Por favor eu existo..
Por favor eu existo..
Giovanni Rinaldi
 
Distribuição alimentar
Distribuição alimentarDistribuição alimentar
Distribuição alimentar
Sinergreen, Lda
 
Manual completo de_html 01
Manual completo de_html 01Manual completo de_html 01
Manual completo de_html 01
Reinaldo Vieira dos Santos
 
Msmacom 2011
Msmacom 2011Msmacom 2011
Msmacom 2011
ivairx
 
Palestra de planejamento estratégico valini & associados
Palestra de planejamento estratégico valini & associadosPalestra de planejamento estratégico valini & associados
Palestra de planejamento estratégico valini & associados
Valini & Associates
 

Destaque (20)

SYoungbloodResume.
SYoungbloodResume.SYoungbloodResume.
SYoungbloodResume.
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Leyes de la espiritualidad
Leyes de la espiritualidadLeyes de la espiritualidad
Leyes de la espiritualidad
 
Web 2.0 Flickr
Web 2.0   FlickrWeb 2.0   Flickr
Web 2.0 Flickr
 
Redes Sociais
Redes SociaisRedes Sociais
Redes Sociais
 
LA CRÓNICA 603
LA CRÓNICA 603LA CRÓNICA 603
LA CRÓNICA 603
 
Kaplan Case Study
Kaplan Case StudyKaplan Case Study
Kaplan Case Study
 
Apresentação final 16_12
Apresentação final 16_12Apresentação final 16_12
Apresentação final 16_12
 
Flor misteriosa 4.º A
Flor misteriosa 4.º AFlor misteriosa 4.º A
Flor misteriosa 4.º A
 
Balanço do Grêmio 2011
Balanço do Grêmio 2011Balanço do Grêmio 2011
Balanço do Grêmio 2011
 
Guia trabalhodecasa
Guia trabalhodecasaGuia trabalhodecasa
Guia trabalhodecasa
 
Dual e privilege reformulado
Dual e privilege reformuladoDual e privilege reformulado
Dual e privilege reformulado
 
Catalogo navidad regalos x galería & gourmet
Catalogo navidad regalos x galería & gourmetCatalogo navidad regalos x galería & gourmet
Catalogo navidad regalos x galería & gourmet
 
Desenvolvimento de games
Desenvolvimento de gamesDesenvolvimento de games
Desenvolvimento de games
 
Conheça Aline
Conheça AlineConheça Aline
Conheça Aline
 
Por favor eu existo..
Por favor eu existo..Por favor eu existo..
Por favor eu existo..
 
Distribuição alimentar
Distribuição alimentarDistribuição alimentar
Distribuição alimentar
 
Manual completo de_html 01
Manual completo de_html 01Manual completo de_html 01
Manual completo de_html 01
 
Msmacom 2011
Msmacom 2011Msmacom 2011
Msmacom 2011
 
Palestra de planejamento estratégico valini & associados
Palestra de planejamento estratégico valini & associadosPalestra de planejamento estratégico valini & associados
Palestra de planejamento estratégico valini & associados
 

Semelhante a Páscoa

Roteiro homilético do domingo de páscoa da ressurreição ano c
Roteiro homilético do domingo de páscoa da ressurreição ano cRoteiro homilético do domingo de páscoa da ressurreição ano c
Roteiro homilético do domingo de páscoa da ressurreição ano c
José Luiz Silva Pinto
 
A Vida venceu a morte
A Vida venceu a morteA Vida venceu a morte
A Vida venceu a morte
pr_afsalbergaria
 
Ressuscitou
RessuscitouRessuscitou
Ressuscitou
pr_afsalbergaria
 
Comentário: Domingo de Pascoa - Ano A, B e C
Comentário: Domingo de Pascoa - Ano A, B e CComentário: Domingo de Pascoa - Ano A, B e C
Comentário: Domingo de Pascoa - Ano A, B e C
José Lima
 
Comentário: Domingo de Páscoa
Comentário: Domingo de PáscoaComentário: Domingo de Páscoa
Comentário: Domingo de Páscoa
José Lima
 
Comentário: Domingo de Pascoa - Anos A, B e C
Comentário: Domingo de Pascoa - Anos A, B e CComentário: Domingo de Pascoa - Anos A, B e C
Comentário: Domingo de Pascoa - Anos A, B e C
José Lima
 
Comentário: Domingo de pascoa
Comentário: Domingo de pascoaComentário: Domingo de pascoa
Comentário: Domingo de pascoa
José Lima
 
Cat05
Cat05Cat05
A vida
A vidaA vida
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano BComentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
José Lima
 
A vida
A vidaA vida
Domingo de Ramos
Domingo de RamosDomingo de Ramos
Domingo de Ramos
pr_afsalbergaria
 
Símbolos da pascoa
Símbolos da pascoaSímbolos da pascoa
Símbolos da pascoa
Escola Vilanir
 
A Vida
A VidaA Vida
P1302 a comunidade
P1302 a comunidadeP1302 a comunidade
P1302 a comunidade
Paroquia Arronches
 
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano c
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano cRoteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano c
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano c
José Luiz Silva Pinto
 
Mensagem de bento xvi para a quaresma 2011
Mensagem de bento xvi para a quaresma 2011Mensagem de bento xvi para a quaresma 2011
Mensagem de bento xvi para a quaresma 2011
Nuno Bessa
 
A ceia
A ceiaA ceia
Natal 2.pptx
Natal 2.pptxNatal 2.pptx
Natal 2.pptx
M.R.L
 
Ss7 vigília pascal
Ss7 vigília pascalSs7 vigília pascal
Ss7 vigília pascal
maedivinoamor
 

Semelhante a Páscoa (20)

Roteiro homilético do domingo de páscoa da ressurreição ano c
Roteiro homilético do domingo de páscoa da ressurreição ano cRoteiro homilético do domingo de páscoa da ressurreição ano c
Roteiro homilético do domingo de páscoa da ressurreição ano c
 
A Vida venceu a morte
A Vida venceu a morteA Vida venceu a morte
A Vida venceu a morte
 
Ressuscitou
RessuscitouRessuscitou
Ressuscitou
 
Comentário: Domingo de Pascoa - Ano A, B e C
Comentário: Domingo de Pascoa - Ano A, B e CComentário: Domingo de Pascoa - Ano A, B e C
Comentário: Domingo de Pascoa - Ano A, B e C
 
Comentário: Domingo de Páscoa
Comentário: Domingo de PáscoaComentário: Domingo de Páscoa
Comentário: Domingo de Páscoa
 
Comentário: Domingo de Pascoa - Anos A, B e C
Comentário: Domingo de Pascoa - Anos A, B e CComentário: Domingo de Pascoa - Anos A, B e C
Comentário: Domingo de Pascoa - Anos A, B e C
 
Comentário: Domingo de pascoa
Comentário: Domingo de pascoaComentário: Domingo de pascoa
Comentário: Domingo de pascoa
 
Cat05
Cat05Cat05
Cat05
 
A vida
A vidaA vida
A vida
 
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano BComentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
Comentário: 3º Domingo da Páscoa - Ano B
 
A vida
A vidaA vida
A vida
 
Domingo de Ramos
Domingo de RamosDomingo de Ramos
Domingo de Ramos
 
Símbolos da pascoa
Símbolos da pascoaSímbolos da pascoa
Símbolos da pascoa
 
A Vida
A VidaA Vida
A Vida
 
P1302 a comunidade
P1302 a comunidadeP1302 a comunidade
P1302 a comunidade
 
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano c
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano cRoteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano c
Roteiro homilético do 2.º domingo da páscoa – ano c
 
Mensagem de bento xvi para a quaresma 2011
Mensagem de bento xvi para a quaresma 2011Mensagem de bento xvi para a quaresma 2011
Mensagem de bento xvi para a quaresma 2011
 
A ceia
A ceiaA ceia
A ceia
 
Natal 2.pptx
Natal 2.pptxNatal 2.pptx
Natal 2.pptx
 
Ss7 vigília pascal
Ss7 vigília pascalSs7 vigília pascal
Ss7 vigília pascal
 

Páscoa

  • 1.
  • 2. Celebramos hoje com alegria o Cristo Ressuscitado e com renovada esperança a vida nova de ressuscitados. O Dia de Páscoa é o Domingo primordial, do qual derivam todos os outros domingos do ano. Cada domingo é uma Páscoa semanal, é o Dia do Senhor.
  • 3. As Leituras aprofundam essa realidade: Na 1ª leitura, Pedro anuncia a RESSURREIÇÃO. (At 10,34.37-43) - Na casa do centurião romano Cornélio, expõe o KERIGMA: o núcleo central da fé cristã: anuncia Jesus como o ungido de Deus, descreve a atividade de Jesus fazendo o bem e curando os oprimidos, testemunha a Morte de Jesus na cruz e sua Ressurreição e conclui:
  • 4. - BATIZA Cornélio e toda a sua família. É o primeiro pagão a ser admitido ao cristianismo por um dos Doze. Significa que a vida nova que nasce de Jesus é para todos os homens. * A fé em Cristo ressuscitado suscita o TESTEMUNHO.
  • 5. Na 2ª Leitura, Paulo recorda que no Batismo fomos sepultados com Cristo e com ele ressuscitados, e nos exorta a viver com Cristo uma vida nova. "Se ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas do alto." (1Cor 5, 6-8) * É um convite a abandonar o velho fermento e celebrar a vida nova que Cristo
  • 6. No Evangelho, João descreve a reação dos discípulos diante da descoberta do "sepulcro vazio". (Jo 20,1-9) É uma catequese sobre a Ressurreição de Jesus:
  • 7. - Maria Madalena, no "primeiro dia da semana", ainda "no escuro" procura no túmulo o Cristo morto. Diante do túmulo vazio, se retira horrorizada pensando que haviam roubado o corpo do Senhor. Mas quando ela o encontra, a fé desponta em seu coração. É o encontro feliz com o Senhor Ressuscitado. * Ela representa a Comunidade dos discípulos, que sente a falta de Jesus.
  • 8. - Pedro, para quem a morte significava fracasso, recusava aceitar que a vida nova passasse pela humilhação da cruz. Para ele a Ressurreição de Jesus era uma hipótese absurda e sem sentido. Com surpresa, ele viu o túmulo vazio e os panos dobrados... Mas continuou
  • 9. * Representa o discípulo que tem dificuldade em aceitar Jesus e seus valores. Estava acostumado a valorizar outros valores e padrões. Representa também a velha prudência dos dirigentes, que impede a caminhada do Povo de Deus. Nesse novo, incompreensível à luz da lógica humana, tantas vezes se revela o Mistério de Deus
  • 10. - João identificou-se com Jesus e aos seus valores. Para ele, a ausência do corpo não impediu que compreendesse que Jesus continuava presente entre eles. O Amor faz "correr mais
  • 11. João reconhece nos sinais da ausência (as faixas, o sudário) a presença transformada e gloriosa do Cristo. Por isso, "viu e creu". * Representa o discípulo ideal, que vive em comunhão com Jesus. É Modelo do verdadeiro discípulo. Ele nos convida à identificação com Jesus, à escuta atenta e comprometida
  • 12. + A Páscoa é o Triunfo da Vida: A Páscoa expressa o drama profundo da realidade humana: a luta permanente da vida, para reverter a dinâmica da morte. A Páscoa celebra o triunfo da vida sobre a morte, no momento em que a vida parece sucumbir e a morte parece vencer. É a garantia de que Deus assumiu a causa da vida.
  • 13. - A Páscoa não é apenas a comemoração de um FATO PASSADO... É sempre um novo apelo de Deus, que nos convida a morrermos com Cristo, a nos separarmos do homem velho (do pecado), a fim de nos revestirmos
  • 14. - A Páscoa não é apenas UM DIA DO ANO... mas um processo dinâmico e permanente dentro de nós. Todos os dias, o cristão celebra a Páscoa, quando combate o homem velho do pecado, para se revestir do homem novo, em Cristo. TODO DOMINGO, revivendo os mistérios pascais na celebração da Eucaristia, deve ser o momento forte da vivência dessa Páscoa, que
  • 15. Desejo-lhe uma FELIZ PÁSCOA... A Páscoa, que lhe desejo, não é a de um Cristo morto, perdido no passado, mas sim de um Cristo vivo, glorioso, que faz vibrar o seu coração e dar sentido novo a seu viver. Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS - 12.04.2012
  • 16. MEU DOMINGO Com a Palavra de Deus Meditada por: Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS Ilustração: Nelso Geraldo Ferronatto Música: Aleluia de Haendel Gil de Roca Sales CD: Aleluia Paulinas COMEP Acesse o Endereço: http://www.buscandonovasaguas.com