SlideShare uma empresa Scribd logo
O QUE É OBSESSÃO
 A obsessão é a ação persistente ou
domínio que alguns Espíritos logram
adquirir sobre certas pessoas. É praticada
pelos Espíritos inferiores, que procuram
dominar.
 Apresenta caracteres muito diversos,
desde a simples influência moral, sem
perceptíveis sinais exteriores, até a
perturbação completa do organismo e das
faculdades mentais.
O livro dos Médiuns, XXIII/237
Um dos caracteres distintivos dos
maus Espíritos é a imposição; eles
dão ordens e querem ser
obedecidos; os bons nunca se
impõem; dão conselhos, e, se não
são atendidos, retiram-se. Resulta
daí que a impressão que em nós
produzem os maus Espíritos é
sempre penosa, fatigante e muitas
vezes desagradável.
O Que É O Espiritismo, II/72.
CAUSA DA OBSESSÃO
Do mesmo modo que
as doenças resultam das
imperfeições físicas, que
tornam o corpo acessível
às influências perniciosas
exteriores, a obsessão é
sempre o resultado de
uma imperfeição moral,
que dá acesso a um
Espírito mau.
O Evangelho segundo o Espiritismo;XXVIII/81
GRAUS DA OBSESSÃO
 Obsessão simples: ação inoportuna e
desagradável, em que um Espírito se agarra
à pessoa com tenacidade, causando mal-
estar generalizado.
 Fascinação: é uma ilusão produzida pela
diretamente na mente do obsidiado (idéias
fixas, imagens hipnotizantes, mágoas,
fantasias etc.). Nessa situação, o obsessor é
ardiloso e hipócrita, simulando falsa virtude.
 Subjugação: é uma constrição, moral ou
física, que paralisa a vontade do que a sofre
e o faz agir a seu mau grado.
O livro dos Médiuns, XXIII/237-241
CARACTERÍSTICAS DA
OBSESSÃO
 Os Espíritos maus pululam em torno da
Terra, em virtude da inferioridade moral
de seus habitantes. A ação malfazeja que
eles desenvolvem faz parte dos flagelos
com que a Humanidade se vê a braços
neste mundo.
 A obsessão, como as enfermidades e
todas as tribulações da vida, deve ser
considerada prova ou expiação e como tal
aceita.
O Evangelho segundo o Espiritismo;XXVIII/81
 Quase sempre, a obsessão
exprime a vingança que um Espírito
tira e que com freqüência se radica
nas relações que o obsidiado
manteve com ele em precedente
existência.
 Nos casos de obsessão grave, o
obsidiado se acha como que
envolvido e impregnado de um
fluido pernicioso, que neutraliza a
ação dos fluidos salutares e os
repele.
O Evangelho segundo o Espiritismo;XXVIII/81
1. Tendências instintivas
2. Lesões perispirituais
3. Imperfeições morais
4. Estrutura psicológica da
pessoa
5. Educação familiar
6. Influência do meio social
FATORES PREDISPONENTES
•São observadas desde a
infância:
“Donde a precoce
perversidade, senão da
inferioridade do Espírito,
uma vez que a educação
em nada contribuiu para
isso? As que se revelam
viciosas, é porque seus
Espíritos muito pouco hão
progredido”- Allan Kardec
O Livro dos Espíritos,q. 199-a.
Tendências Instintivas
LESÕES PERIPIRITUAIS
 Alterações da atividade mental
 Dessensibilização de pontos específicos
do perispírito, seguida de lesões que
refletem no corpo físico: mal-formação
congênita, distúrbios hormonais, etc.
 “A alma ressurge no equipamento físico
transportando consigo as próprias falhas
a se refletirem na veste carnal, como
zonas favoráveis à eclosão de
determinadas moléstias.” André Luiz.
Ação e Reação, cap. 19, p.260
IMPERFEIÇÕES MORAIS
 São comportamentos contrários à Lei de
Deus.(LE,q. 269)
 O interesse pessoal, o apego às coisas
materiais (LE , q. 895)
 O egoísmo (“daí deriva todo o mal”- LE, q.
913)
 O egoísmo, o orgulho, a sensualidade são
paixões que nos aproximam da natureza
animal, prendendo-nos à matéria (LE,intr/VI).
 Transgride a Lei de Deus aquele que abusa
da força e do poder para oprimir o seu
semelhante
ESTRUTURA PSICOLÓGICA
 Pessoas que revelam imaturidade da
personalidade.
 Indivíduos portadores de neuroses e
psicoses, fobias.
 Criaturas reprimidas, complexadas,
inseguras.
 Personalidades autoritárias,
egoísticas, vaidosas, mentirosas,
submissas etc.
psiquiatra brasileiro,
EDUCAÇÃO FAMILIAR
“Nenhuma influência exercem os
Espíritos dos pais sobre o filho depois
do nascimento deste?” O
“Ao contrário, bem grande influência
exercem. (...) os pais têm por missão
desenvolver os seus filhos pela
educação.(...) Tornar-se-ão culpados,
se vierem a falir no seu desempenho”
Livro dos Espíritos, q. 208
O Livro dos Espíritos, q. 208.
EDUCAÇÃO FAMILIAR
 “A educação, convenientemente
entendida, constitui a chave do progresso
moral. Quando se conhecer a arte de
manejar os caracteres, como se conhece a
de manejar as inteligências, conseguir-se-
á corrigi-los, do mesmo modo que se
aprumam plantas novas. Essa arte, porém,
exige muito tato, muita experiência e
profunda observação”. Allan Kardec
O Livro dos Espíritos, q. 917-comentário.
INFLUÊNCIA DO MEIO SOCIAL
“Quando o homem se acha, de certo
modo, mergulhado na atmosfera do
vício, o mal não se lhe torna um
arrastamento quase irresistível?”
Arrastamento, sim; irresistível, não;
porquanto,mesmo dentro da atmosfera do
vício, com grandes virtudes às vezes deparas.
São Espíritos que tiveram a força de resistir e
que, ao mesmo tempo, receberam a missão de
exercer boa influência sobre os seus
semelhantes.” Livro dos Espíritos, q. 645.
é a idade que o Espírito
está mais sujeito às
influências, em razão
das alterações
hormonais no veículo
somático e das
mudanças no caráter.
Nesse período (...), “o
Espírito retoma a
natureza que lhe é
própria e se mostra qual
era. (...) Conservam-se
bons, se era
fundamentalmente bons.”
O Livro dos Espíritos, q. 385.
Adolescência
MEDIDAS PREVENTIVAS DA
OBSESSÃO
 Fazer aos outros o que quereríamos
que os outros nos fizessem, isto é,
fazer o bem e não o mal. Neste
princípio encontra o homem uma
regra universal de proceder, mesmo
para as suas menores ações.
(O Livro dos Espíritos, Intr. 6)
 Prática do amor, “que, acima de
tudo, é serviço aos semelhantes”.
Emmanuel: Pensamento e Vida/4.
DESOBSESSÃO
 REFORMA MORAL.
 CONHECIMENTO.
 ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL NA
CASA ESPÍRITA E NO LAR
 PRECE.
 PASSE, ÁGUA FLUIDIFICADA.
 EVANGELHO NO LAR.
 SERVIÇO AO SEMELHANTE.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Obsessao espiritual Allan Kardec Doutrina Espirita

A ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãOA ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãO
Roque Souza
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritual
grupodepaisceb
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
Elias Evangelista
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
meebpeixotinho
 
Desobsessao
DesobsessaoDesobsessao
Desobsessao
paikachambi
 
A mediunidade e os seu despertar iv
A mediunidade e os seu despertar  ivA mediunidade e os seu despertar  iv
A mediunidade e os seu despertar iv
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Procrastinação e Obsessão Espiritual
Procrastinação e Obsessão EspiritualProcrastinação e Obsessão Espiritual
Procrastinação e Obsessão Espiritual
Ricardo Azevedo
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Claudio Macedo
 
Comunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos Espíritos Comunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos Espíritos
Leonardo Pereira
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
paikachambi
 
Mediunidade _ Estudo para Mocidade
Mediunidade _ Estudo para MocidadeMediunidade _ Estudo para Mocidade
Mediunidade _ Estudo para Mocidade
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
Influencias espirituais
Influencias espirituaisInfluencias espirituais
Influencias espirituais
Lisete B.
 
54 obesessão e desobsessão
54 obesessão e desobsessão54 obesessão e desobsessão
54 obesessão e desobsessão
Antonio SSantos
 
A natureza dos espíritos
A natureza dos espíritosA natureza dos espíritos
A natureza dos espíritos
Dreyson Burity
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
Neusa Lustosa
 
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o ServicoNos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o Servico
Patricia Farias
 
Apostila 10
Apostila 10Apostila 10
Apostila 10
Apostila 10Apostila 10
Amorterapia pensamento e vontade
Amorterapia pensamento e vontadeAmorterapia pensamento e vontade
Amorterapia pensamento e vontade
Prof. Paulo Ratki
 

Semelhante a Obsessao espiritual Allan Kardec Doutrina Espirita (20)

A ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãOA ObsessãO E A DesobsessãO
A ObsessãO E A DesobsessãO
 
Obsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritualObsessão e influenciação espiritual
Obsessão e influenciação espiritual
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
Desobsessao
DesobsessaoDesobsessao
Desobsessao
 
A mediunidade e os seu despertar iv
A mediunidade e os seu despertar  ivA mediunidade e os seu despertar  iv
A mediunidade e os seu despertar iv
 
Procrastinação e Obsessão Espiritual
Procrastinação e Obsessão EspiritualProcrastinação e Obsessão Espiritual
Procrastinação e Obsessão Espiritual
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidadeInimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
Inimigos desencarnados obsessao mal da humanidade
 
Comunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos Espíritos Comunicabilidade dos Espíritos
Comunicabilidade dos Espíritos
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
Mediunidade _ Estudo para Mocidade
Mediunidade _ Estudo para MocidadeMediunidade _ Estudo para Mocidade
Mediunidade _ Estudo para Mocidade
 
Influencias espirituais
Influencias espirituaisInfluencias espirituais
Influencias espirituais
 
54 obesessão e desobsessão
54 obesessão e desobsessão54 obesessão e desobsessão
54 obesessão e desobsessão
 
A natureza dos espíritos
A natureza dos espíritosA natureza dos espíritos
A natureza dos espíritos
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o ServicoNos dominios da mediunidade   Cap. 4 Ante o Servico
Nos dominios da mediunidade Cap. 4 Ante o Servico
 
Apostila 10
Apostila 10Apostila 10
Apostila 10
 
Apostila 10
Apostila 10Apostila 10
Apostila 10
 
Amorterapia pensamento e vontade
Amorterapia pensamento e vontadeAmorterapia pensamento e vontade
Amorterapia pensamento e vontade
 

Último

O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
ceciliafonseca16
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Janilson Noca
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 

Último (16)

O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 

Obsessao espiritual Allan Kardec Doutrina Espirita

  • 1. O QUE É OBSESSÃO  A obsessão é a ação persistente ou domínio que alguns Espíritos logram adquirir sobre certas pessoas. É praticada pelos Espíritos inferiores, que procuram dominar.  Apresenta caracteres muito diversos, desde a simples influência moral, sem perceptíveis sinais exteriores, até a perturbação completa do organismo e das faculdades mentais. O livro dos Médiuns, XXIII/237
  • 2. Um dos caracteres distintivos dos maus Espíritos é a imposição; eles dão ordens e querem ser obedecidos; os bons nunca se impõem; dão conselhos, e, se não são atendidos, retiram-se. Resulta daí que a impressão que em nós produzem os maus Espíritos é sempre penosa, fatigante e muitas vezes desagradável. O Que É O Espiritismo, II/72.
  • 3. CAUSA DA OBSESSÃO Do mesmo modo que as doenças resultam das imperfeições físicas, que tornam o corpo acessível às influências perniciosas exteriores, a obsessão é sempre o resultado de uma imperfeição moral, que dá acesso a um Espírito mau. O Evangelho segundo o Espiritismo;XXVIII/81
  • 4. GRAUS DA OBSESSÃO  Obsessão simples: ação inoportuna e desagradável, em que um Espírito se agarra à pessoa com tenacidade, causando mal- estar generalizado.  Fascinação: é uma ilusão produzida pela diretamente na mente do obsidiado (idéias fixas, imagens hipnotizantes, mágoas, fantasias etc.). Nessa situação, o obsessor é ardiloso e hipócrita, simulando falsa virtude.  Subjugação: é uma constrição, moral ou física, que paralisa a vontade do que a sofre e o faz agir a seu mau grado. O livro dos Médiuns, XXIII/237-241
  • 5. CARACTERÍSTICAS DA OBSESSÃO  Os Espíritos maus pululam em torno da Terra, em virtude da inferioridade moral de seus habitantes. A ação malfazeja que eles desenvolvem faz parte dos flagelos com que a Humanidade se vê a braços neste mundo.  A obsessão, como as enfermidades e todas as tribulações da vida, deve ser considerada prova ou expiação e como tal aceita. O Evangelho segundo o Espiritismo;XXVIII/81
  • 6.  Quase sempre, a obsessão exprime a vingança que um Espírito tira e que com freqüência se radica nas relações que o obsidiado manteve com ele em precedente existência.  Nos casos de obsessão grave, o obsidiado se acha como que envolvido e impregnado de um fluido pernicioso, que neutraliza a ação dos fluidos salutares e os repele. O Evangelho segundo o Espiritismo;XXVIII/81
  • 7. 1. Tendências instintivas 2. Lesões perispirituais 3. Imperfeições morais 4. Estrutura psicológica da pessoa 5. Educação familiar 6. Influência do meio social FATORES PREDISPONENTES
  • 8. •São observadas desde a infância: “Donde a precoce perversidade, senão da inferioridade do Espírito, uma vez que a educação em nada contribuiu para isso? As que se revelam viciosas, é porque seus Espíritos muito pouco hão progredido”- Allan Kardec O Livro dos Espíritos,q. 199-a. Tendências Instintivas
  • 9. LESÕES PERIPIRITUAIS  Alterações da atividade mental  Dessensibilização de pontos específicos do perispírito, seguida de lesões que refletem no corpo físico: mal-formação congênita, distúrbios hormonais, etc.  “A alma ressurge no equipamento físico transportando consigo as próprias falhas a se refletirem na veste carnal, como zonas favoráveis à eclosão de determinadas moléstias.” André Luiz. Ação e Reação, cap. 19, p.260
  • 10. IMPERFEIÇÕES MORAIS  São comportamentos contrários à Lei de Deus.(LE,q. 269)  O interesse pessoal, o apego às coisas materiais (LE , q. 895)  O egoísmo (“daí deriva todo o mal”- LE, q. 913)  O egoísmo, o orgulho, a sensualidade são paixões que nos aproximam da natureza animal, prendendo-nos à matéria (LE,intr/VI).  Transgride a Lei de Deus aquele que abusa da força e do poder para oprimir o seu semelhante
  • 11. ESTRUTURA PSICOLÓGICA  Pessoas que revelam imaturidade da personalidade.  Indivíduos portadores de neuroses e psicoses, fobias.  Criaturas reprimidas, complexadas, inseguras.  Personalidades autoritárias, egoísticas, vaidosas, mentirosas, submissas etc. psiquiatra brasileiro,
  • 12. EDUCAÇÃO FAMILIAR “Nenhuma influência exercem os Espíritos dos pais sobre o filho depois do nascimento deste?” O “Ao contrário, bem grande influência exercem. (...) os pais têm por missão desenvolver os seus filhos pela educação.(...) Tornar-se-ão culpados, se vierem a falir no seu desempenho” Livro dos Espíritos, q. 208 O Livro dos Espíritos, q. 208.
  • 13. EDUCAÇÃO FAMILIAR  “A educação, convenientemente entendida, constitui a chave do progresso moral. Quando se conhecer a arte de manejar os caracteres, como se conhece a de manejar as inteligências, conseguir-se- á corrigi-los, do mesmo modo que se aprumam plantas novas. Essa arte, porém, exige muito tato, muita experiência e profunda observação”. Allan Kardec O Livro dos Espíritos, q. 917-comentário.
  • 14. INFLUÊNCIA DO MEIO SOCIAL “Quando o homem se acha, de certo modo, mergulhado na atmosfera do vício, o mal não se lhe torna um arrastamento quase irresistível?” Arrastamento, sim; irresistível, não; porquanto,mesmo dentro da atmosfera do vício, com grandes virtudes às vezes deparas. São Espíritos que tiveram a força de resistir e que, ao mesmo tempo, receberam a missão de exercer boa influência sobre os seus semelhantes.” Livro dos Espíritos, q. 645.
  • 15. é a idade que o Espírito está mais sujeito às influências, em razão das alterações hormonais no veículo somático e das mudanças no caráter. Nesse período (...), “o Espírito retoma a natureza que lhe é própria e se mostra qual era. (...) Conservam-se bons, se era fundamentalmente bons.” O Livro dos Espíritos, q. 385. Adolescência
  • 16. MEDIDAS PREVENTIVAS DA OBSESSÃO  Fazer aos outros o que quereríamos que os outros nos fizessem, isto é, fazer o bem e não o mal. Neste princípio encontra o homem uma regra universal de proceder, mesmo para as suas menores ações. (O Livro dos Espíritos, Intr. 6)  Prática do amor, “que, acima de tudo, é serviço aos semelhantes”. Emmanuel: Pensamento e Vida/4.
  • 17. DESOBSESSÃO  REFORMA MORAL.  CONHECIMENTO.  ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL NA CASA ESPÍRITA E NO LAR  PRECE.  PASSE, ÁGUA FLUIDIFICADA.  EVANGELHO NO LAR.  SERVIÇO AO SEMELHANTE.