SlideShare uma empresa Scribd logo
Como se escreve um diálogo?

1ª parte

Narrador/Personagens
Como se escreve um diálogo?
 Lê o diálogo escrito nos balões.

Um diálogo é uma conversa entre
duas ou mais pessoas.
Lê agora o mesmo diálogo escrito de outra maneira
(sem os balões).
Vamos observar bem as diferenças.
O Nuno perguntou à Teresa:
-Já foste ao circo?
A Teresa respondeu:
-Ao circo? Claro que já fui ao circo!
Nuno

Teresa

Então o Nuno disse:
-Um circo é tão engraçado! Tem
palhaços que fazem rir tanto!
A Teresa acrescentou:
- É verdade! Também gosto muito
de os ver trabalhar!
Num diálogo há o narrador (aquele que conta a história) e as
personagens (aqueles que participam na história e conversam).

As palavras do narrador

O Nuno perguntou à Teresa:
-Já foste ao circo?
A Teresa respondeu:
-Ao circo? Claro que já fui ao circo!
Então o Nuno disse:
-Um circo é tão engraçado! Tem
palhaços que fazem rir tanto!
A Teresa acrescentou:
- É verdade! Também gosto muito

As palavras das personagens

de os ver trabalhar!
Agora vamos saber se estiveste com atenção.
Vais fazer uma ficha com os seguintes textos:

Poderão ser pequenos extractos retirados de uma
história que se tenha lido aos alunos e que tenha
diálogo

Nos textos sublinha a fala do narrador a azul e
a fala das personagens a vermelho.
2ª parte
Regras do diálogo
Quando escreves um diálogo deves lembrar-te das
seguintes regras:
1- Antes de alguém começar a
falar escrevo dois pontos (:).
2- Devo pôr um travessão (-)
atrás da fala de cada personagem.
3- Quando se faz uma pergunta
escrevo no fim um ponto de
interrogação (?).

O Nuno perguntou à Teresa:
- Já foste ao circo?
A Teresa respondeu:
- Ao circo? Claro que já fui ao
circo!
Então o Nuno disse:

4Quando
quero
exprimir
admiração,
alegria,
tristeza,
escrevo um ponto de exclamação
(!).

- Um circo é tão engraçado! Tem

3- Depois da fala de uma
personagem, mudo de linha e faço
um parágrafo.

- É verdade! Também gosto muito

palhaços que fazem rir tanto!
A Teresa acrescentou:
de os ver trabalhar!
Observa a banda desenhada. Lê o diálogo escrito
nos balões.

Agora, a pares, escreve este diálogo no teu caderno.
Não te esqueças das regras do diálogo.
Agora vamos corrigir coletivamente o vosso trabalho.
Propor outras bandas desenhadas aos alunos
para transformarem em diálogos

Acabar esta sequência propondo aos alunos completar um diálogo.
Um gato queria apanhar um rato. E para o fazer sair do buraquito disselhe:
- Se visses o queijo delicioso que está na mesa da sala! Não sentes
este cheirinho tão bom...
Referências Bibliográficas:
A Gramática da Abelhinha, Porto Editora

Apresentação realizada por:
Ana Maria Calvário

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Classes Gramaticais - Revisão
Classes Gramaticais - RevisãoClasses Gramaticais - Revisão
Classes Gramaticais - Revisão
Mary Alvarenga
 
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcv
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcvManual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcv
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcv
Ana Madrinha
 
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...
orientadoresdeestudopaic
 
Fichas de Avaliação Mensal - LP 1.ºano
Fichas de Avaliação Mensal - LP 1.ºanoFichas de Avaliação Mensal - LP 1.ºano
Fichas de Avaliação Mensal - LP 1.ºano
Paty Matheus
 
Superlativo absoluto sintético irregulares
Superlativo absoluto sintético irregularesSuperlativo absoluto sintético irregulares
Superlativo absoluto sintético irregulares
Pedro Tadeu
 
Nomes coletivos.doc
Nomes coletivos.docNomes coletivos.doc
Nomes coletivos.doc
Elza Melo
 
Fichas de avaliação mensal de estudo do meio do 2º ano
Fichas de avaliação mensal de estudo do meio do 2º anoFichas de avaliação mensal de estudo do meio do 2º ano
Fichas de avaliação mensal de estudo do meio do 2º ano
Crescendo EAprendendo
 
Trem bala de Ana Vilela - Análise e entendimento da música
Trem bala de Ana Vilela  - Análise e entendimento da músicaTrem bala de Ana Vilela  - Análise e entendimento da música
Trem bala de Ana Vilela - Análise e entendimento da música
Mary Alvarenga
 
Ficha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivosFicha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivos
Célia Gonçalves
 
Anexo 8 (5ªsessão)texto descritivo ficha de trabalho
Anexo 8 (5ªsessão)texto descritivo  ficha de trabalhoAnexo 8 (5ªsessão)texto descritivo  ficha de trabalho
Anexo 8 (5ªsessão)texto descritivo ficha de trabalho
Telma Sá
 
Grau dos nomes.pdf
Grau dos nomes.pdfGrau dos nomes.pdf
Grau dos nomes.pdf
Beatriz Garcia
 
Ficha de trabalho as conjunções
Ficha de trabalho   as conjunçõesFicha de trabalho   as conjunções
Ficha de trabalho as conjunções
Teresa Rocha
 
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Mary Alvarenga
 
Português: onomatopeias e palavras onomatopaicas
Português: onomatopeias e palavras onomatopaicasPortuguês: onomatopeias e palavras onomatopaicas
Português: onomatopeias e palavras onomatopaicas
A. Simoes
 
Determinantes e pronomes (5.º ano)
Determinantes e pronomes (5.º ano)Determinantes e pronomes (5.º ano)
Determinantes e pronomes (5.º ano)
suzanamar
 
Ficha literária "Primeiras Impressões"
Ficha literária "Primeiras Impressões"Ficha literária "Primeiras Impressões"
Ficha literária "Primeiras Impressões"
Kenia A. P. Fumian
 
Produção textual
Produção textualProdução textual
Produção textual
Mary Alvarenga
 
Frações iniciação
Frações iniciaçãoFrações iniciação
Frações iniciação
Marcela Figueiredo Gonçalves
 
Descrição de paisagens
Descrição de paisagensDescrição de paisagens
Descrição de paisagens
João Manuel
 
Atividade ortográfica - caçando erros
Atividade ortográfica - caçando erros Atividade ortográfica - caçando erros
Atividade ortográfica - caçando erros
Mary Alvarenga
 

Mais procurados (20)

Classes Gramaticais - Revisão
Classes Gramaticais - RevisãoClasses Gramaticais - Revisão
Classes Gramaticais - Revisão
 
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcv
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcvManual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcv
Manual metodo 28-palavras-outras-fichas.pdf.z65lmcv
 
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...
 
Fichas de Avaliação Mensal - LP 1.ºano
Fichas de Avaliação Mensal - LP 1.ºanoFichas de Avaliação Mensal - LP 1.ºano
Fichas de Avaliação Mensal - LP 1.ºano
 
Superlativo absoluto sintético irregulares
Superlativo absoluto sintético irregularesSuperlativo absoluto sintético irregulares
Superlativo absoluto sintético irregulares
 
Nomes coletivos.doc
Nomes coletivos.docNomes coletivos.doc
Nomes coletivos.doc
 
Fichas de avaliação mensal de estudo do meio do 2º ano
Fichas de avaliação mensal de estudo do meio do 2º anoFichas de avaliação mensal de estudo do meio do 2º ano
Fichas de avaliação mensal de estudo do meio do 2º ano
 
Trem bala de Ana Vilela - Análise e entendimento da música
Trem bala de Ana Vilela  - Análise e entendimento da músicaTrem bala de Ana Vilela  - Análise e entendimento da música
Trem bala de Ana Vilela - Análise e entendimento da música
 
Ficha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivosFicha dos determinantes e pronomes possessivos
Ficha dos determinantes e pronomes possessivos
 
Anexo 8 (5ªsessão)texto descritivo ficha de trabalho
Anexo 8 (5ªsessão)texto descritivo  ficha de trabalhoAnexo 8 (5ªsessão)texto descritivo  ficha de trabalho
Anexo 8 (5ªsessão)texto descritivo ficha de trabalho
 
Grau dos nomes.pdf
Grau dos nomes.pdfGrau dos nomes.pdf
Grau dos nomes.pdf
 
Ficha de trabalho as conjunções
Ficha de trabalho   as conjunçõesFicha de trabalho   as conjunções
Ficha de trabalho as conjunções
 
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
Gênero textual: cartão, convite. biografia, narração, história em quedrinho (...
 
Português: onomatopeias e palavras onomatopaicas
Português: onomatopeias e palavras onomatopaicasPortuguês: onomatopeias e palavras onomatopaicas
Português: onomatopeias e palavras onomatopaicas
 
Determinantes e pronomes (5.º ano)
Determinantes e pronomes (5.º ano)Determinantes e pronomes (5.º ano)
Determinantes e pronomes (5.º ano)
 
Ficha literária "Primeiras Impressões"
Ficha literária "Primeiras Impressões"Ficha literária "Primeiras Impressões"
Ficha literária "Primeiras Impressões"
 
Produção textual
Produção textualProdução textual
Produção textual
 
Frações iniciação
Frações iniciaçãoFrações iniciação
Frações iniciação
 
Descrição de paisagens
Descrição de paisagensDescrição de paisagens
Descrição de paisagens
 
Atividade ortográfica - caçando erros
Atividade ortográfica - caçando erros Atividade ortográfica - caçando erros
Atividade ortográfica - caçando erros
 

O diálogo

  • 1. Como se escreve um diálogo? 1ª parte Narrador/Personagens
  • 2. Como se escreve um diálogo?  Lê o diálogo escrito nos balões. Um diálogo é uma conversa entre duas ou mais pessoas.
  • 3. Lê agora o mesmo diálogo escrito de outra maneira (sem os balões).
  • 4. Vamos observar bem as diferenças. O Nuno perguntou à Teresa: -Já foste ao circo? A Teresa respondeu: -Ao circo? Claro que já fui ao circo! Nuno Teresa Então o Nuno disse: -Um circo é tão engraçado! Tem palhaços que fazem rir tanto! A Teresa acrescentou: - É verdade! Também gosto muito de os ver trabalhar!
  • 5. Num diálogo há o narrador (aquele que conta a história) e as personagens (aqueles que participam na história e conversam). As palavras do narrador O Nuno perguntou à Teresa: -Já foste ao circo? A Teresa respondeu: -Ao circo? Claro que já fui ao circo! Então o Nuno disse: -Um circo é tão engraçado! Tem palhaços que fazem rir tanto! A Teresa acrescentou: - É verdade! Também gosto muito As palavras das personagens de os ver trabalhar!
  • 6. Agora vamos saber se estiveste com atenção. Vais fazer uma ficha com os seguintes textos: Poderão ser pequenos extractos retirados de uma história que se tenha lido aos alunos e que tenha diálogo Nos textos sublinha a fala do narrador a azul e a fala das personagens a vermelho.
  • 8. Quando escreves um diálogo deves lembrar-te das seguintes regras: 1- Antes de alguém começar a falar escrevo dois pontos (:). 2- Devo pôr um travessão (-) atrás da fala de cada personagem. 3- Quando se faz uma pergunta escrevo no fim um ponto de interrogação (?). O Nuno perguntou à Teresa: - Já foste ao circo? A Teresa respondeu: - Ao circo? Claro que já fui ao circo! Então o Nuno disse: 4Quando quero exprimir admiração, alegria, tristeza, escrevo um ponto de exclamação (!). - Um circo é tão engraçado! Tem 3- Depois da fala de uma personagem, mudo de linha e faço um parágrafo. - É verdade! Também gosto muito palhaços que fazem rir tanto! A Teresa acrescentou: de os ver trabalhar!
  • 9. Observa a banda desenhada. Lê o diálogo escrito nos balões. Agora, a pares, escreve este diálogo no teu caderno. Não te esqueças das regras do diálogo.
  • 10. Agora vamos corrigir coletivamente o vosso trabalho.
  • 11. Propor outras bandas desenhadas aos alunos para transformarem em diálogos Acabar esta sequência propondo aos alunos completar um diálogo. Um gato queria apanhar um rato. E para o fazer sair do buraquito disselhe: - Se visses o queijo delicioso que está na mesa da sala! Não sentes este cheirinho tão bom...
  • 12. Referências Bibliográficas: A Gramática da Abelhinha, Porto Editora Apresentação realizada por: Ana Maria Calvário