SlideShare uma empresa Scribd logo
1
Aprender a maquilhar

É certo que a moda influencia as maquilhagens.

Aprender a maquilhar somente em função do que está na moda, seria deixar-lhe sem recursos,
para quando essa moda variasse. Para tal, vamos prescindir destas cores e destas formas que
hoje são moda, no entanto que amanhã estarão desfasadas, indo-nos dedicar a estudar uma
teoria e uma maquilhagem.


A maquilhagem e a constituição da pessoa

Diz-se que segundo a constituição morfológica da pessoa, a esta irão corresponder umas
determinadas características, tanto físicas como de carácter. Estas características irão traduzir-
se fisicamente por uns traços, aos quais a maquilhagem não se deve tornar alheia.

Assim, a maquilhagem deve adaptar-se ao estilo de vida e carácter da pessoa que o leva. Não
devemos ter a intenção de trocar nem standardizar as nossas clientes. Ao contrário, iremos sim
adaptar o seu estilo e a sua forma de modo a obter conhecimentos que realcem a sua beleza.




                                                                                       2
Entre as diversas classificações da constituição da pessoa, iremos tomar uma delas, discutidas
por alguns, no entanto, adaptada por muitos.

Esta é a seguinte:




Sujeito Endomorfo
Neste tipo de sujeito, domina o ventre, sinal que é amigo da boa alimentação.
O seu rosto responde a uma tipologia de rosto redondo ou quadrado. Muitas das vezes, estão
sempre a sorrir, e o queixo, dado o arredondamento do rosto, não se desenha, é um queixo de
tendência esquiva.

O sujeito pícneo, é uma pessoa extrovertida, que gosta de ter amigos e de se comprazer com
meiguices.

Passa da alegria à tristeza com extrema facilidade. Tem um sentido prático, e gosta da
comodidade. Este tipo de pessoas, gostam de se maquilhar atrevidamente, no entanto, sem
chegar a extravagâncias.
                                                                                       3
Sujeito Ectomorfo
Os órgãos que dominam o seu corpo são o cérebro e o sistema nervoso.

São pessoas introvertidas, intimistas, reservadas, retraídas, solitárias e um pouco feias. Possuem
uma rica vida interior e um sentido artístico. Têm problemas de postura, visto que se sentem
frequentemente cansadas.

O seu aspecto é algo desalinhado, com o rosto em forma de pêra ou em forma de diamante.
Os olhos são bastante móveis.

Gostam de maquilhagens que passem quase despercebidas.



Sujeito Mesomorfo
No seu corpo, domina o coração e os músculos. São aficcionados à aventura, gostam do risco e
do azar, desejam o exercício e não suportam lugares fechados.

São de carácter dominante e agressivo e vestem desportivamente. O seu rosto é da tipologia
rectangular ou alargada.

São sofisticados e gostam de maquilhagens agressivas e espectaculares.




                                                                                       4
Tal como qualquer outro serviço, que iremos
                                          oferecer num gabinete, todo o ambiente que deve
                                          rodear a cliente, e todos os elementos que irá
                                          necessitar,   deverão     estar   perfeitamente
                                          condicionados.



É importante que a cliente se sinta bem num gabinete. Para isso, irá dispor de um confortável
cadeirão, situado a favor da luz, quer esta seja natural, através de uma janela ou então,
artificial.

A melhor iluminação para executar uma maquilhagem é a luz natural. Quando esta luz não
for possível, iremos utilizar lâmpadas de incandescência, e tentaremos evitar as luzes
fluorescentes, pois estas podem variar o tom das cores.

Ao realizar uma maquilhagem, deveremos ter em conta o local, onde se trabalha; as cores e
as suas intensidades podem não ser as mesmas se, por exemplo, a maquilhagem se fizer em
plena luz do sol, ou então, iluminada pela luz avermelhada de velas.

As paredes da cabine, deverão ser brancas, para que o seu reflexo não cause interferências
com as cores que estamos a usar.

É muito importante conhecer a temperatura que a maquilhagem tem, quando brilhar, de
modo a que fique perfeita, sem quaisquer modificações ópticas de côr.     5
   Deve estar sempre limpa, a higiene é a regra nº 1
   Usar farda adequada, assim como sapatos
   Cabelos bem apanhados
   Brincos só muito pequenos e discretos
   Não deve usar fios, pulseiras e anéis, alianças ou piercings
   Usar máscara
   Unhas rentes e bem arranjadas
   Se tiver feridas nas mãos deve usar luvas na massagem mas estas
    também vão ser necessárias para a realização de vários outros
    tratamentos (esfoliação e envolvimentos)
   Usar maquilhagem leve para um aspecto natural e saudável
   Deve ter uma pele cuidada
   Não deve exalar qualquer odor, seja corporal, seja de perfume,




                                                                      6
Para a cliente, irá necessitar no mínimo, do seguinte:

   Uma bata, para cobrir o vestuário.
   Guardanapos, para proteger o decote.
   Um turbante ou uma faixa para proteger o cabelo




                                            Materiais necessários

                                               Forra de marquesa
                                               Toalhão turco ou lençol para baixo
                                               Toalhão turco ou lençol para tapar a
                                                cliente se esta tiver frio
                                               Touca/fita e bata de cliente



                                                                                       7
Materiais necessários

                               Ficha de Anamnese, Lápis ou Caneta
                               3 Taças (Desmaq. Olhos, Leite Limpeza e Tónico
                               Taça para mistura de bases, se necessário
                               Taça para desperdícios
                               Pinça
                               Discos de Algodão
                               Cotonetes
                               Esponjas



Desmaquilhagem              Maquilhagem
 Desmaquilhante de olhos    Pincéis de maquilhagem
 Leite de limpeza           Anti-Cernes,
 Tónico                     Bases
                             Pó solto
                             Sombras, (em pó, liquidas, creme)
                             Lápis Contorno de Olhos e Lábios
                             Blush
                             Rimel


                                                                   8
Tipo de produto                 Nome que recebe

Maquilhagem de fundo para uma   Fond de teint, Make- up
mesma cor
Pós incolores                   Poudre

Rouge                           Fard rouge a joues, Glow

Sombras de olhos                Ombre paupiéres, Eye shadow, Fard

Corrector de olheiras           Anticerne


Lápis para sobrancelhas         Crayon pour les cils, Eye pencils


Lápis para olhos                Crayon yeux, Eye liner, khol

Lápis delineadores de lábios    Contour bouche, Lipspencil


Batôn Rouge                     Lipstick

Máscara                         Rimmel, Mask




                                                                    9
10
Pincéis

1- Pincel para pó
2- Pincel para Blush
3 - Pincel para Blush
4 - Croupion
5, 15 e 16 - Pincéis para lábios
6 - Pincel para “varrer” sombra e pó solto
7 - Eyeliner
8 - Escova/pente para sobrancelhas
9, 11, 12, 13 e 14 – Pincel para sombra
10, 18 e 20: Chanfrado, delineador, sombra,
corrector
17 – Esponja para sombras claras
19 – Pincel para base



                                              11
Sombras

As mais comuns e conhecidas são as sombras de olhos
compactas.

Podem ser acetinadas, com um brilho discreto e textura
aveludada, opacas (sem brilho) ou muito brilhantes. A
aplicação destas sombras compactas deve ser feita com
pincel apropriado.

É importante a qualidade e quantidade de sombra que se
aplica.

Existem também as sombras de olhos em pó solto. Como o pó
é extremamente fino deve usar-se um pincel pequeno.

Também se podem comprar pigmentos para maquilhar os
olhos, como o próprio nome indica, o produto é muito mais
rico em pigmento.

Existem também as sombras de olhos cremosas ou em mousse
que devem ser aplicadas com pincéis específicos (pequenos
e chanfrados) ou com o pincel de aplicar os correctores de
rosto. Este tipo de sombras tem uma menor duração e
precisam de mais retoques se for para usar durante varias
horas seguidas.


                                               12
Batons
Tipos de acabamentos:

                    A cremosidade do produto dá-se pela grande quantidade de
                    hidratante presente na fórmula, por isso, são ideais para o inverno – época
                    em que a pele sofre mais agressões pelo frio e pelo vento. Por ser muito
                    cremoso, costuma escorrer em lábios que apresentam fissuras muito
                    profundas. Para evitar esse incómodo, antes de aplicar o batom utilize um
                    lápis de contorno.

                    Intensidade da Cor ****
                    Aplicação ****
                    Brilho ****
                    Duração ****
                    Hidratação ****


                    Cintilantes
                    Entre os cintilantes, é bem comum encontrar batons com efeito nacarado
                    ou metálico. Por esse motivo, a intensidade da cor não é o forte desse
                    acabamento mas o brilho é incomparável. Pode aplicar-se uma pequena
                    quantidade apenas na região central dos lábios – isso dá uma sensação
                    de que os lábios são maiores, deixando a boca mais sexy.

                    Intensidade da Cor ***
                    Aplicação ***
                    Brilho *****
                    Duração ***
                    Hidratação ***                                                13
Brilhantes
Estes batons assemelham-se mais ao que se costuma chamar de gloss.
Quase transparente e com um efeito molhado, dificilmente este batom vai
ser usado sozinho. No entanto dá um efeito muito bonito se aplicado por
cima de qualquer outro baton.

Intensidade da Cor *
Aplicação ****
Brilho *****
Duração **
Hidratação ****




Foscos
Sem brilho, estes são os melhores batons para quem deseja abusar de
toda a intensidade da cor, pois são muito pigmentados. Como não têm
brilho nenhum, são perfeitos para completar um look com os olhos bem
marcados. Para facilitar a aplicação, deve hidratar os lábios antes de usar
este tipo de batom, caso contrário, eles podem parecer rachados.

Intensidade da Cor *****
Aplicação **
Brilho *
Duração ****
Hidratação **
                                                              14
Acetinados
Bastante parecidos com os batons de acabamento fosco, os acetinados
contam com mais brilho e maior hidratação. A intensidade da cor está
garantida com este acabamento. É a melhor opção para quem gosta de
batons bem pigmentados, mas não se dá bem com o acabamento
fosco.

Intensidade da Cor *****
Aplicação ***
Brilho **
Duração ****
Hidratação ***



Envernizados
Os batons envernizados têm esse nome devido ao efeito que deixam nos
lábios, que é um pouco diferente do acabamento brilhante. São
excelentes para serem usados no dia a dia, pois são muito práticos. Fácil
de ser aplicado, este acabamento possui uma pigmentação fraca que
permite que a cor dos lábios apareça sob o batom, criando efeitos bem
interessantes. Mas muita atenção na hora de comprar: quando aplicado,
este tipo de batom pode mudar bastante de cor.

Intensidade da Cor **
Aplicação ****
Brilho *****
Duração **
Hidratação ***
                                                            15
Bases

           Ultrafluida: é praticamente transparente e garante um efeito
            luminoso, ideal para um look mais leve e bem natural. Pode ser
            usada no dia a dia e em todos os tipos de pele. Combina
            factor de proteção solar, hidratação e baixa cobertura - pois
            não é capaz de cobrir cicatrizes e grandes comedons ou
            manchas.


           Stick: como se fosse um bastão, pode ser usada como base e
            corrector. Garante boa cobertura, mas pode ser um pouco
            oleosa. O ideal é que seja usada mais a noite e em dias mais
            frios. Aplicar no rosto com os dedos ou com uma esponja para
            espalhar melhor.


           Compacta: com cobertura leve ou média, é capaz de fazer
            um look natural. Usar pouca quantidade com a ajuda de uma
            esponja para fazer uma cobertura transparente.


           Líquida: fácil de aplicar, dá um efeito muito natural, pois pode
            controlar-se a quantidade de cobertura na pele com um
            pincel. Deve ser não comedogénica.



                                                               16
Pó: garante uma cobertura média, ainda maior do que a base compacta. Ideal
para peles oleosas porque o pó ajuda a absorver a oleosidade do rosto. São
preferíveis as versões minerais, que são sem óleo e contêm ingredientes benéficos, e
aplicam-se com pincel molhado ou seco.

Creme a pó ou duo base: é o meio termo entre pó e líquido cremoso e garante uma
cobertura bem potente. Se for usar de dia, certifique-se de que o visual não ficou
pesado, pois essa textura pode deixar a o rosto artificial e enfatizar as rugas,
especialmente se a pele for seca ou se estiver a descamar. Aplicar com uma esponja
seca para um efeito mate ou humedecer com água termal para uma maquilhagem
mais transparente.




                                                                               17
Correctores ou Anti-Cerne

Corrector verde - É usado para tapar a vermelhidão, em certa zonas
do rosto. Nos olhos, para camuflar os vermelhos perto da raiz das
pestanas e borbulhas. O seu uso é apenas pontual. Não aplicar em
quantidade excessiva e esbater sempre com os dedos, a sua
aplicação é feita com um pincel.

Corrector amarelo - Camufla as manchas liláses e serve para dar
pontos de luz em peles escuras.

Corrector Branco - Unifica tons de pele muito pálidas, dá pontos de
luz.

Corrector bege - Dá volume, por exemplo, numa olheira bastante
funda é aplicado este tipo de corrector.

Corrector laranja - Camufla as manchas castanhas e para olheiras
com bastante volume, papos, e zonas escuras.

Corrector Castanho escuro - Para sombrear e diminuir volume.

Corrector lilás - Camufla os tons de pele amarelos.




                                                      18
19
ROSTO REDONDO - A maquilhagem deve alongar e
suavizar o formato.
Característica: Bochechas bem evidentes. Laterais
da testa e maxilar inferior com formas acentuadas.
Centro da testa e queixo pequenos e salientes.
Recomenda-se: Escurecer as saliências e escurecer
as laterais.




                                       ROSTO QUADRADO - A maquilhagem é indicada
                                       para alongar o formato.
                                       Característica: Testa e queixo com pouca altura.
                                       Ângulos acentuados no maxilar. Testa e laterais em
                                       linha recta.
                                       Recomenda-se: Escurecer os ângulos e clarear o
                                       centro da testa e o queixo (zona T).


                                                                               20
ROSTO OVAL - A maquilhagem deve
atenuar o formato.
Característica: Mais estreito do que o
rosto quadrado. Testa, queixo e laterais
em linha recta.
Recomenda-se: Escurecer os ângulos da
testa e do queixo. Iluminar as maçãs do
rosto.




                                       ROSTO TRIANGULAR - A maquilhagem deve
                                       atenuar o formato.
                                       Característica: Ângulos no alto da testa, nas
                                       laterais, na altura das maçãs do rosto e no
                                       queixo.
                                       Recomenda-se: Escurecer os ângulos da testa e
                                       do queixo. Clarear as laterais da testa e o
                                       maxilar inferior.



                                                                            21
Este formato é totalmente proporcional e
simplesmente não há nada para se tentar
corrigir.

O básico da maquilhagem aplica-se aqui:
passar uma sombra (de cor de clara
a mediana) na pálpebra inteira e contornar a
linha das pestanas (superiores e inferiores) com
sombra mais escura.

Defina o côncavo. Una a marca do côncavo
ao contorno das pestanas superiores numa
marca “V”, reforçada com sombra mais
escura, esfumando bem. Se desejar, destacar
os olhos com delineador como preferir.

O makeup para este tipo de olhos pode
ser super flexível. Escolha a técnica e o efeito
que quiser. Brinque bastante!



                                   22
Quando há uma distância grande entre os
olhos, a maquilhagem pode criar a ilusão de
proximidade.

O segredo está em reforçar o canto interno dos
olhos com sombra levemente mais escura, pois
assim eles parecerão mais próximos.

O mesmo para o côncavo, vá do canto interno
do olho até no máximo o centro. Se quiser, crie
uma “barreira” óptica aplicando sombra
mais escura também no canto externo dos
olhos, com cuidado para não ultrapassar de
maneira nenhuma os limites da pálpebra. Não
é aconselhável que se “puxe” olhos de
gatinho, pois o efeito irá acentuar mais ainda a
distância entre os olhos.

Mas reparem que as duas belas moças ao lado
não estão nem aí para isso e preferem usar
a         maquilhagem          como          bem
entenderem, certas vezes de modo a
ressaltar ainda mais a distância entre os olhos.



                                   23
Neste caso, quanto mais o foco estiver no
canto externo dos olhos, melhor.

Defina o côncavo da metade dos olhos
para fora e aplique sombra escura
extrapolando os limites da pálpebra.

Delineado do tipo “gatinho” também é
uma boa pedida para alongar a distância
entre os olhos, principalmente se for feito
somente a partir da metade dos olhos em
direcção à área externa.

Aplique rímel preferencialmente nos cantos
externos dos cílios.

Não esqueça do iluminador no canto
interno dos olhos, para aumentar mais
ainda a ilusão de distância.




                              24
Os olhos mais saltados podem ser
suavizados com efeitos de sombra e luz.

Tente escurecer todo o contorno dos
olhos,   começando         pela      linha
d’água dos cílios superiores e exteriores.

O côncavo e a linha dos cílios devem
ser reforçados com sombra mais
escura.

A ideia é criar efeitos de sombras para
parecer que os olhos estão mais
profundos.

O delineado pode ir do canto interno
até ultrapassar o canto externo, tanto
na pálpebra superior quanto na inferior,
engrossando o traçado na direcção
externa.

A intenção é “achatar” um pouco os
olhos.



                             25
Olho fundo? Quanto mais “luz” na
área, melhor.

Por isso, em primeiro lugar, use uma
sombra     iluminadora    em     toda
pálpebra.

Você até pode escurecer um pouco
a área do côncavo e o canto exterior
os olhos, mas sem marcar muito.

Evite passar maquilhagem escura no
canto interno dos olhos, prefira
iluminar essa área.

Não use tons muito luminosos logo
abaixo da sobrancelha, pois essa
área normalmente já é mais alta e
destacada neste caso.




                         26
Lápis branco na linha d’água inferior,
para os olhos parecerem maiores
(aumentar a área branca).

Uma sombra luminosa por toda a
pálpebra e no canto externo uma
sombra levemente mais escura.

Aplique curvex de maneira intensa e
rímel    (principalmente  no   canto
externo), para abrir bem o olhar. Não
se esqueça de passar o rímel nos cílios
inferiores também!

Cuidado com o lápis preto na linha
d’água: ele diminui mais ainda os
olhos!

Nesse caso, se quiser delinear os
olhos, é melhor fazê-lo só por fora,
tanto na linha dos cílios superiores
quanto na inferior.




                            27
Pálpebra encoberta, côncavo escondido. É um
saco, pois a sombra só aparece se você está de
olhos fechados (e a maquilhagem borra com
muito mais facilidade)!

Procure criar a impressão de que tem mais
pálpebra à mostra.

Na aplicação da cor escolhida para a pálpebra
superior, procure ultrapassar o côncavo. Defina o
côncavo      mais     alto   do    que   definiria
normalmente.

Na pálpebra inferior, logo abaixo dos cílios,
aplique a cor do canto externo até somente o
centro dos olhos.

Procure focar o delineador também do centro
dos olhos até o canto externo, num traçado mais
fino. Iluminador abaixo das sobrancelhas? Pode,
mas bem rente a sobrancelha, para colaborar
com o efeito de pálpebras aumentadas.

E o mais importante: esqueça os produtos
cremosos ou oleosos demais! Vão borrar,
manchar ou transferir, com certeza!

                                    28
No caso em que o formato dos olhos é meio “caidinho”,
                                         principalmente no canto externo inferior, a solução é
                                         tentar voltar toda a atenção para a parte superior.

                                         Evite   passar   maquilhagem        na   área      inferior,
                                         principalmente lápis preto, pois isso só intensifica mais
                                         ainda o caidinho dos olhos.

                                         Trabalhe a área superior, sempre de maneira a levantar
                                         o olhar.




Procure reconstruir o amendoado dos olhos, aplicando a sombra mais escura voltada para o
canto externo superior dos olhos, ultrapassando área da pálpebra e do côncavo, criando um
efeito de “olhos de gatinho”.

O delineador também deve ser aplicado na direcção do final da sobrancelha, sempre puxando
para cima nos cantos externos.

O traçado pode ser mais fino, quase imperceptível na parte interna dos olhos e ir engrossando até
a parte externa, ou simplesmente começar a partir da metade dos olhos.

Reforce a sobrancelha e aplique um pouco de iluminador logo abaixo dela. Capriche no rímel
nos cílios superiores, principalmente na parte externa. Nessa caso, tufinhos de cílios postiços nessa
área podem ajudar. Iluminador no cantinho interno dos olhos também é bem vindo! 29
Tipo de rosto da cliente:

   Tipologia do rosto (oval, redondo, comprido, quadrado, em diamante, ...)
   Forma e estado das sobrancelhas (finas, grossas, rectas, simétricas, juntas, separadas, depiladas
    ou não, ...) e a distância entre sobrancelhas e olhos
   Tipo de olhos (grande, pequeno, salientes, descaídos, ...)
   Forma do nariz e a distância entre o nariz e o lábio superior
   Forma da boca e distância entre a boca e o queixo
   Forma do queixo
   Cor da pele, dos olhos, dos lábios, das sobrancelhas e do cabelo
   Observações sobre a sua pele (seca, granulosa, oleosa, com penugem, etc.)
   Armação dos óculos e da sua cor


Seguidamente pode-se planear a maquilhagem:

   Variações a fazer (rectificações de sobrancelhas, depilação de penugem, ...)
   Correcções a fazer
    Tipo de maquilhagem pretendida (dia, noite, noiva, ...)
   Idade da cliente
   Cores a usar e a zona de aplicação das mesmas


                                                                                       30
31
A maquilhagem simples, sem qualquer tipo de correcção, é reservada para os rostos de forma
ovalada, que são os mais harmoniosos.

Também se pode utilizar como maquilhagem de dia, para os restantes rostos e para os
muito jovens, seja qual for o seu tipo de rosto.

Esta maquilhagem, serve somente para igualar o tom da pele, deixando-a com um aspecto suave
e sedoso.

1 – Desmaquilhagem do rosto

2 - Tratamento das sobrancelhas

3 - Aplicação de uma base hidratante do tom da pele, com protecção solar

4 - Aplicação do pó solto

5 – Aplicação de sombras para as pálpebras em tons pastel, sem brilho, e contorno dos olhos

6 – Aplicação do Blush

7 – Aplicação do Rímel

7 – Aplicação do Baton

                                                                                    32
1 – Desmaquilhagem

2 – Tratamento da Sobrancelha

3 - Correcções de tons claros ou escuros, segundo o caso

4 - Aplicação da base

5 - Aplicação de pó

6 - Delineamento do contorno da borda das pálpebras

7 - Aplicação de sombras nas pálpebras

8 - Demarcar e modelar o rosto com blushes em pó

9- Aplicação do rímel

10 - Traçado dos lábios e aplicação do batom




                                                           33
34
A luz solar não é a mesma em todas as horas do dia.

Precisamente por isso, a nossa pele adquire matizes novos, à medida que o dia transcorre.

A maquilhagem que chamamos ser de dia, deve ser adequada à iluminação ambiental,
acentuando a sua intensidade quando a noite se aproxima.

A luz solar é bastante dura, acentua demasiado as cores e é um pouco azulada.

A maquilhagem terá de ser, pois, apenas um leve realce das feições naturais.

Por isso, se se eleger os tons naturais que, debaixo da luz solar, não resultam demasiadamente
agressivos.




                                                                                     35
Passo 1
Previamente a pele da cliente deverá ser totalmente desmaquilhada. Procede-se então à
aplicação de uma base hidratante. Aplica-se uma pequena quantidade, repartida pela
fronte, maçãs do rosto e queixo. A base hidratante, será distribuída, com esponja própria ou
pincel, até que fique completamente absorvida pela pele. É importante deixá-la descansar uns
minutos, antes de proceder à aplicação da maquilhagem de fundo.
Sugestão: A base hidratante com cor, pode fazê-la a própria esteticista, misturando em partes
iguais o creme de base e maquilhagem. Uma vez bem misturados ambos os produtos,
procede-se à sua aplicação sobre a pele.

Passo 2
Em seguida, passamos à aplicação da maquilhagem de fundo. Escolher-se-á uma
maquilhagem de fundo, do mesmo tom da pele, ou um ponto mais claro, para que assim não
se notem as zonas maquilhadas.
Para ficarmos seguras que escolhemos a cor adequada faz-se uma prova na zona interna do
antebraço.
Não deve duvidar, que a maquilhagem de fundo, serve para igualar a pele, e não para dar
cor a uma pele pálida. Aplica-se pouca quantidade, distribuindo-a sobre a superfície do rosto
da seguinte forma:

- Dois pontos sobre o queixo, até à altura das mandíbulas
- Um ponto em cada lado do nariz
- Dois pontos em cada maçã do rosto
-Cinco pontos na fronte

A distribuição realizada desta forma, permite-nos logo estendê-la correctamente e
uniformemente por todo o rosto. Se o vestuário da cliente, for de amplo decote, iremos aplicar
também maquilhagem nessa zona que fica descoberta, para unificar a cor de toda a pele
que se vê , e assim evitar o efeito de uma máscara.
                                                                                    36
Passo 3
Proceder agora, à aplicação da maquilhagem. suavemente, trabalhando bem todos os vincos e
rugas de expressão do rosto, para que cubra regularmente toda a superfície. Com a
maquilhagem, irá cobrir-se todo o rosto, incluindo pálpebras e lábios, tendo especial atenção, ao
chegar à zona do nascimento do cabelo.
Ao espalhar a maquilhagem, deve-se trabalhar com a ponta dos dedos. Espalha-se sempre de
dentro para fora, de baixo para cima, quer dizer, desde o queixo até à fronte. O pescoço, pelo
contrário, trabalha-se desde o queixo até ao peito. Para que a maquilhagem dure o mais tempo
possível, há que procurar que a camada que reveste a superfície da pele, seja homogénea.
De seguida, e se a tipologia da cliente o permitir, ir-se-á proceder às correcções, aplicando outro
tom de cor de maquilhagem de fundo, nas zonas mais adequadas.

Passo 4
Uma vez aplicada a maquilhagem de fundo, há que retirar o seu excesso. Para tal, recorremos a
um lenço papel e efectuamos ligeiras pressões por todo o rosto, sem friccionar. Esta operação,
permite eliminar os excessos de maquilhagem não absorvidos pela pele, e ajuda também a
matizar a maquilhagem.
Se quisermos que a maquilhagem de fundo, fique uniforme e fixa, iremos recorrer a uma esponja
em forma de cone, humedecida em loção tónica ou água de rosas. A maquilhagem, perante o
efeito de luz natural, não deve distinguir, entre a zona onde se aplicou e o resto do rosto. Se caso
for disso, será sinal que ficou bem esbatida.




                                                                                       37
Passo 5
Neste passo, aplica-se o blush, que serve para dar côr ao rosto.
Para aplicar correctamente o blush, a profissional deve estar situada á frente da cliente.
Se trabalharmos com blush em pó prensado, este deve ser aplicado com a ajuda de um
pincel.
No entanto, se trabalharmos com blush em creme, em barra ou em lápis, aplica-se pouca
quantidade com o dedo polegar na zona dos pómulos e esfuma-se com o dedo médio da
mão direita.
O blush deve ficar bem unificado na maquilhagem de fundo, de modo a que, a
separação entre eles, seja imperceptível, quer dizer, que os seus limites não se notem.

Passo 6
Na aplicação dos pós, deve ter em conta, que estes, quando são soltos, absorvem as secreções
gordurosas, e portanto, impedem que a pele brilhe. Os pós protegem a pele das impurezas e
permitem a sua respiração. É importante que sejam muito ligeiros e finos, pois irão dar um aspecto
mais aveludado.
Para aplicar os pós, é aconselhável utilizar uma borla distinta para cada cliente. Para isso, é
preferível as borlas que nós próprios fabricamos. Para aplicação de pós, pegamos num pedaço
de algodão hidrófilo, (hidrófilo, significa que absorve com facilidade a água e outras substâncias
líquidas), de forma rectangular, e não muito espesso, e iremos dividi-lo com a ajuda de uma
espátula, sem separar totalmente todos os pedaços e depositamos então uma pequena
quantidade de pó sobre a superfície interior do algodão. Depois juntamos de novo os pedaços de
algodão, para ficarem idênticos à forma inicial. Apertamo-los bem, golpeando ligeiramente se for
preciso, para que o pó filtre através do algodão.
Seguidamente, seguramos o rectângulo entre os dedos indicador e anelar e procedemos à
distribuição do pó, por toda a superfície da pele, dando pequenos golpes, cada vez que se
exerce a pressão, com o fim de que eles se adiram à pele .
O polvilhamento, inicia-se desde o centro do rosto (fronte, nariz,. queixo), para depois se estender
até às maçãs do rosto, fontes, maxilares e finalmente o pescoço.
O excesso de pó, se existir, retira-se com um pincel grosso, estilo vassoura.

                                                                                          38
Seguidamente, seguramos o rectângulo entre os dedos indicador e anelar e procedemos
à distribuição do pó, por toda a superfície da pele, dando pequenos golpes, cada vez que
se exerce a pressão, com o fim de que eles se adiram à pele .
O polvilhamento, inicia-se desde o centro do rosto (fronte, nariz,. queixo), para depois se
estender até às maçãs do rosto, fontes, maxilares e finalmente o pescoço.
O excesso de pó, se existir, retira-se com um pincel grosso, estilo vassoura.


Passo 7
Passamos agora, ao delinear das sobrancelhas.
Começa-se por eliminar com um pequeno pau enrolado em algodão, qualquer resíduo de
pó que existir sobre as sobrancelhas, e depois, iremos penteá-las em todas as direcções.
Com um lápis para sobrancelhas, que normalmente tem uma mina ligeiramente mais dura,
ir-se-ão traçar as correcções necessárias, começando sempre pela parte cercania ao
nariz, e seguindo em direcção às fontes. A cor do lápis utilizada, será aquela que mais se
assemelhar aos pêlos das sobrancelhas. Finalmente, iremos escová-las novamente. Deve-se
evitar tocar com os dedos, na pele já maquilhada.


Passo 8
Seguimos agora, com o sombreado dos olhos, e o delineamento das pálpebras.
Se utilizarmos eyeliner para o delineamento dos olhos, esta, será então a primeira tarefa a
ser feita. Pelo contrário, e se o delineado for a lápis, iremos primeiramente proceder à
aplicação das sombras dos olhos, para finalizar com a aplicação do lápis que delineia a
pálpebra).
O fim a que se destina, aplicar primeiro o eyeliner, é porque este é líquido, e ao secar
permite-nos passar depois outra camada sem correr o risco de borrar. Nos traços feitos com
lápis, estes borram e escorrem, sendo então impossível aplicar-se com um pincel. Por esta
razão, se deve realizar esta tarefa no fim.                                       39
Passo 9
Agora, aplicamos o cosmético de pestanas ou máscara na pálpebra superior. Para realizar esta
operação, iremos colocar-nos de novo, atrás da cliente. Para que as pestanas fiquem compridas,
deve-se proceder da seguinte forma:
- Aplicar o cosmético, seguindo a direcção que vai desde a raiz até à ponta do
pêlo). Esta operação deve-se repetir três vezes.
- Escovar as pestanas com a escova adaptada em espiral para evitar que fiquem os
pêlos unidos, formando uma zona empastada, visto que seria bastante antiestético.
- Aplicar de novo a máscara, mas desta vez, apenas desde a metade do pêlo até à ponta,
dando às pestanas uma ligeira curvatura para cima. Depois escovam-se novamente para evitar
colá-las.
-Por último, aplicar cosmético só na ponta dos pêlos. Isto permite dar um efeito de maior
comprimento. Escovar uma última vez as pestanas com a tal escova em espiral para as deixar
compridas e bem separadas, umas das outras.


Passo 10
Agora, colocamo-nos de novo em frente à cliente, que deverá manter os seus olhos abertos,
olhando para cima, procedendo então, à aplicação da máscara na pálpebra inferior. Para não
manchar a pele dessa zona, iremos cobrir essa pálpebra com um lencinho de papel.




                                                                                  40
Passo 11

A maquilhagem da boca, é o último passo, a ser feito, numa maquilhagem de rosto. Com ele,
dá -se por finalizada a maquilhagem. Ainda que a côr dos batôns possam adoptar tons muito
escuros, a tons completamente transparentes, será praticamente impossível prescindir do
batom.

   Os lábios devem estar secos e polvilhados.
   Com um lápis delineador, deve-se procurar seguir o contorno dos lábios.
   Esfrega-se o pincel adequado na barra do batom, para que os pêlos fiquem impregnados
    de pintura.
   A pintura reparte-se de forma homogénea, desde o centro do lábio superior, em direcção
    às comissuras, pela parte de dentro do traço da boca. A camada de côr, deve ficar sem
    grumos, lisa e pouco grossa
   No lábio inferior, o trajecto será de comissura a comissura,
   A maquilhagem da boca, irá acabar por unir a pintura com o lápis delineador,
   pois é muito mais elegante, e não se notam as diferenças entre um e outro. Para tal
    prosseguiremos o traçado do lápis delineador, com o pincel, utilizando o seu lado mais
    estreito.




                                                                                 41
42
43
Em relação à maquilhagem de dia a suavidade tem que subir de tom. Esta será uma
maquilhagem intermédia entre a manhã e a noite.




                                                                       44
45
A noite, é o momento, em que as maquilhagens devem brilhar e adquirir importância. Iremos
distinguir entre a luz incandescente e a luz fluorescente:

   A luz incandescente, suaviza as cores, pelo que se de vem preferir tons azulados e roxos.
   A luz fluorescente, dá um aspecto amarelado, pelo que se devem evitar maquilhagens
    beges amareladas.

Convém utilizar cores rosadas. As cores morango ficariam arnoradas e os mármores iriam
   parecer tristes.




                                                                                   46
Passo 1
Limpeza da Pele




Passo 2

As sobrancelhas também são muito
importantes para deixar o rosto mais
limpo.

Remova os pelinhos que estiverem forem
de ordem com uma pinça e corte os fios
que estiverem muito longos.

Mas tome muito cuidado ao fazer isso
sozinha.

Retire apenas o que estiver realmente fora
de linha e não altere o formato de suas
sobrancelhas.




                                             47
Passo 4

Em seguida, aplique o pó facial para remover
possíveis brilhos e disfarçar bem os poros.

O pó ajuda a manter a maquilhagem fixa por
mais tempo e dá um aspecto mais natural
para a pele.

Mas se você tiver muitas marcas de
expressão, evite exagerar no pó, já que ele
acentua as linhas.



Passo 3

Aplique a base com um pincel ou com os dedos, fazendo
movimentos sempre ascendentes na pele.

Espalhe bem para não deixar nenhuma parte marcada.

O ideal é usar um tom mais escuro que a sua pele, já que o protector
solar de cada dia deixa nosso rosto mais claro que o restante do
corpo.

Se necessário, misture mais de um tom de base para encontrar o
ideal.

Lembrando que ela deve ser aplicada nos lábios também. 48
Passo 5

Depois da pele, iremos para os olhos e
para eles será necessária uma paleta de
tons nude e naturais.

Use uma sombra castanha em toda a
pálpebra móvel dos olhos.




Passo 6

Depois aplique um iluminador puxado para
o rosa, bem rente às sobrancelhas e nos
cantos internos da parte inferior dos olhos.




                                               49
Passo 7

Entre o iluminador e o castanho, você
deve marcar o côncavo dos olhos com
um castanho um pouco mais escuro,
dando profundidade ao olhar.




            Passo 8

            Esfume bem as cores para que não
            fiquem marcadas em faixas e reaplique o
            primeiro castanho se necessário.




                                                      50
Passo 9

Aplique a máscara de cílios na parte superior e inferior
dos olhos.
O ideal é que sejam pelo menos três camadas de
máscara.

Alterne os olhos para que os cílios sequem antes que
você aplique a próxima camada e faça movimentos
sempre de baixo para cima.




Passo 10

Com um cotonete, limpe as possíveis manchas feitas
com a máscara de cílios e aplique base sobre ela,
apagando os erros.




                                               51
Passo 11

           Use a sombra castanha opaca para definir ainda mais
           as sobrancelhas e disfarçar as possíveis falhas. Aplique
           essa sombra com um pincel chanfrado, dando leves
           toques nos fios.




Passo 12

Contorne os lábios com um lápis cor de
boca, mantendo o traço sempre firme e
dentro do lábio.

Nada de tentar aumentar o tamanho
dos lábios com o lápis.




                                                         52
Passo 13

Aplique   um     batom
também cor de boca com
o pincel.




             Passo 14

             Para afinar o rosto e o nariz, aplique um pouco de
             bronzer ou blush terroso, ao lado do nariz. Este é o
             blush de correcção e pode ser aplicado também
             abaixo das maçãs do rosto, entre os lábios e
             queixo, na raiz do cabelo e nas orelhas.




                                                     53
Passo 15

Passe um blush mais rosado nas maçãs do rosto.




Passo 16

E para finalizar, use um gloss transparente apenas
no meio da boca, para não ficar com um aspecto
muito pegajoso.




                                       54
55
56
É importante escolher para este caso uma maquilhagem de fundo translúcido, no entanto
ligeiramente bronzeado para ressaltar mais o branco da roupa e seguir todo o processo da
maquilhagem, procurando que fique bem fixo ao rosto.

As correcções, se as houver, deverão estar muito esfumadas, para que não se notem.

Deve-se prestar especial cuidado às olheiras, já que é bastante fácil que se tenham nesse dia,
devido às alterações dos dias anteriores.

As sombras das pálpebras, serão mates, preferentemente em cores pastel, rosas, azuis, beges,
visons, turquesas e verdes.

Assim, evitar-se-ão os tons fortes, como poderia ser o caso das côres ameixa, mármores, cinzas ou
verdes e os nacarados ou sombras brancas.

Traça-se uma linha muito fina, pegada à linha das próprias pestanas para ajudar a realçá-las,
utilizando um lápis castanho ou cinzento.

O rouge será muito ligeiro, porque normalmente a noiva terá muitos momentos em que terá
tendência a corar.

A cor da boca, será preferentemente suave, e depois iremos fixar a cor, fazendo com que
aperte contra os lábios um pequeno lenço de papel. Depois iremos pintá-los de novo,
procurando que não fiquem muito brilhantes.

As pestanas serão realçadas com máscara waterpoof, que é um tipo de máscara que suporta a
água. Se a noiva for propensa a chorar, irá maquilhar apenas a pálpebra superior.
                                                                                     57
58
É importante escolher para este caso uma maquilhagem de fundo translúcido, no entanto
ligeiramente bronzeado para ressaltar mais o branco da roupa e seguir todo o processo da
maquilhagem, procurando que fique bem fixo ao rosto.

As correcções, se as houver, deverão estar muito esfumadas, para que não se notem.

Deve-se prestar especial cuidado às olheiras, já que é bastante fácil que se tenham nesse dia,
devido às alterações dos dias anteriores.

As sombras das pálpebras, serão mates, preferentemente em cores pastel, rosas, azuis, beges,
visons, turquesas e verdes.

Assim, evitar-se-ão os tons fortes, como poderia ser o caso das cores ameixa, mármores, cinzas ou
verdes e os nacarados ou sombras brancas.

Traça-se uma linha muito fina, pegada à linha das próprias pestanas para ajudar a realçá-las,
utilizando um lápis castanho ou cinzento.

O blush será muito ligeiro, porque normalmente a noiva terá muitos momentos em que terá
tendência a corar.

A cor da boca, será preferentemente suave, e depois iremos fixar a cor, fazendo com que
aperte contra os lábios um pequeno lenço de papel. Depois iremos pintá-los de novo,
procurando que não fiquem muito brilhantes.

As pestanas serão realçadas com máscara waterpoof, que é um tipo de máscara que suporta a
água. Se a noiva for propensa a chorar, irá maquilhar apenas a pálpebra superior.
                                                                                     59
60
Tenha em conta que na fotografia a P/B, toda a gama, de
                                cores, transforma-se em matizes de cinzentos. As cores l
                                transformam-se em sombras.

                                O fundo de maquilhagem, deve dar-se em cor marfim e as
                                correcções necessárias em tons claros e escuros. Deve- se
                                aplicar bastante pó transparente.

                                É conveniente voltar a fazer as correcções com os pós
                                compactos. As sombras das pálpebras, em qualquer cor
                                (estamos perante uma fotografia a p/b), mas nunca em
                                tonalidades muito escuras, evitando os brilhos.

                                Os olhos delineiam-se com lápis khol, não em negro, pois
                                endurece demasiado.

                                As sobrancelhas, desenham-se com um lápis de tonalidade
                                clara e nunca de tonalidade escura, pois ficaria demasiado
                                pesada.


Nos lábios há que evitar as cores escuras. O brilho deve-se procurar que seja moderado.
Não se deve utilizar rouge, pois transforma-se em' cinzentos e negros, e então m lugar de
ressaltar e dar relevo, aprofundava o rosto.

A boca delinea-se e maquilha-se em cores vivas, mas jamais escuras, pois resultavam em negro.
Nesta maquilhagem é bastante importante, evitar os brilhos.
Na fotografia a p/b, os azuis dão cinzentos intensos, os , rosas e laranjas,
cinzentos suaves e os verdes claros dão branco.
                                                                                  61
62
Neste tipo de maquilhagem, é importantíssimo que tenha
bastante atenção na combinação de cores, tendo em' conta
a harmonia entre a cor do cabelo, os olhos, a tez e o vestuário.

Aplica-se uma maquilhagem protectora, realizando as
correcções pertinentes, no entanto tendo o cuidado de não
resultarem demasiadamente fortes nas fotos em primeiro
plano.

É importante que a maquilhagem fique matizada e ausente de
brilhos. São mais recomendáveis as maquilhagens rosadas do
que aquelas de tom bege, pois estas, fornecem à pele um tom
pálido e amarelado.

Os tons da maquilhagem de fundo, podem ser acentuados,
mas evitando as cores nacaradas, que dariam brilhos
incontroláveis.

Delinearemos os olhos com lápis khol, as pestanas com
bastante máscara e inclusive poderão utilizar-se as postiças,
sempre que não sejam exageradamente grandes e tendo
muito cuidado na sua colocação.

O rouge será acentuado, no entanto, sem brilhos.

Nos lábios há que evitar as côres escuras. O brilho deve-se
procurar que seja moderado.
                                                   63
64
É fundamental Todos os produtos de beleza e maquilhagem
têm um prazo de validade que deve ser respeitado, a fim de
assegurar a eficácia do cosmético e evitar infecções
incómodas.

Atenção aos rótulos
Tal como lê as embalagens do leite ou dos ovos, aprenda a ler
os rótulos dos produtos de beleza. A lei dita que qualquer
cosmético com prazo de validade inferior a 30 meses deve
conter na sua embalagem a seguinte indicação: “utilizar de
preferência antes do final de ...”.

No caso dos produtos de beleza cuja esperança de vida é
superior a 30 meses, a embalagem deve apresentar o símbolo
do boião aberto com a indicação de quantos meses é que
esse produto pode ser utilizado de forma segura desde o dia
da sua abertura.


Causa…
Porquê um prazo de validade nos cosméticos? A explicação é,
no fundo, muito simples: a maquilhagem é um íman para todo
e qualquer tipo de bactéria, devido ao seu contacto
frequente com os microrganismos que povoam o ar.




                                                 65
Embora os conservantes que cada cosmético contém são
desenvolvidos precisamente para combater bactérias, fungos e
até vírus, a sua acção é limitada e daí a existência de um prazo
de validade. Finda a sua esperança de vida, os conservantes
perdem a sua eficácia e o contacto continuado com o
ambiente exterior aumenta os riscos de contaminação da pele,
olhos e boca.

… e Consequência
Para além de perder a sua eficácia – e se não for eficaz nos
seus tons, brilhos e embelezamento para o que é que a
queremos? – a maquilhagem fora de prazo tem efeitos
secundários     muito  pouco     agradáveis:     vermelhidão,
descamação, inchaço, irritação, dor e sensibilidade na pele e
arredores.

Ter sempre em atenção à validade dos cremes, batons, blush,
rimeis, sombras, gloss e afins, é uma forma de prevenir estes
efeitos

Tome nota
Só porque o seu batom preferido ou o rímel que lhe custou,
literalmente, os olhos da cara, ainda vão a meio, não significa
que deve continuar a usá-los.

Da mesma forma que não come iogurtes fora de prazo, não
deve aplicar no rosto produtos cosméticos fora de prazo.

                                                    66
Prazos de Validade:

   Rímel: 3 meses
   Base: 6 meses
   Corrector: 8 meses
   Pó de rosto: 12 meses
   Sombras: 12 meses
   Gloss e batom: 12 meses
   Blush em creme: 12 meses
   Lápis de olhos, sobrancelhas e lábios: 12 meses
   Verniz: 12 meses
   Blush em pó: 24 meses
   Pó bronzeador: 24 meses
   Creme de olhos: 3 meses
   Cremes de rosto hidratantes, de limpeza e desmaquilhantes: 6 meses
   Tónicos de rosto: 12 meses
   Protector solar: 12 meses
   Cosméticos naturais: regra geral, duram muito menos tempo do que os cosméticos
    tradicionais


Sugestão: colar uma pequena etiqueta em cada produto adquirido, com a data de início de
uso e prazo de validade do mesmo.




                                                                                67
Dicas para evitar alergia a cosméticos:

Os desmaquilhantes e sabonetes para limpeza são os que mais causam reacções alérgicas,
mesmo depois de muito tempo utilizando, atenção redobrada.

Pincéis, esponjas e aplicadores podem causar irritações se não estiverem limpos devido à
presença de fungos e bactérias.

O produto venceu? Lixo! Nada de ficar com dó.

Evitar sair ao sol quando a pele estiver irritada. Evitar usar produtos que não deixem a pele
respirar.

Dar preferência a produtos sem fragrância. O perfume, assim como os corantes e os
conservantes, são altamente irritantes.

Uma maneira simples e rápida de saber se somos alérgicos ou não a determinado produto é
fazer o teste de contacto.

Uma opção para fugir das alergias são os cosméticos hipoalergénicos, desenvolvidos com o
menor número possível de substâncias irritantes, de acção comedogénica (que obstruem os
poros), conservantes e aromas sintéticos.

A Pharmacosmética procura abolir das suas fórmulas cerca de 100 substâncias já
conhecidamente irritantes.



                                                                                 68
Principais substâncias causadoras de alergias contidas em perfumes e fragrâncias:

   Aldeído cinâmico
   Álcool cinâmico
   Álcool alfa-amil cinâmico
   Geraniol
   Eugenol
   Isoeugenol
   Oak moss absoluto
   Hidroxicitronelal




                                                                                    69
 Informação Retirada do Manual Prático do CEN
 Imagens e informação retirados da Internet




                                                 70
71

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apostila de automaquiagem
Apostila de automaquiagemApostila de automaquiagem
Apostila de automaquiagem
Bárbara Souza
 
DESIGNER DE SOBRANCELHA
DESIGNER DE SOBRANCELHA DESIGNER DE SOBRANCELHA
DESIGNER DE SOBRANCELHA
MARIA ELIZABETE DE LIMA MONTEIRO
 
Visagismo E Maquiagem
Visagismo E MaquiagemVisagismo E Maquiagem
Visagismo E Maquiagem
karolstahr
 
Curso Design Sobrancelha
Curso Design Sobrancelha Curso Design Sobrancelha
Curso Design Sobrancelha
escolaestetica23
 
maquiagem perfeita
maquiagem perfeitamaquiagem perfeita
maquiagem perfeita
simone felix
 
Auto maquiagem
Auto maquiagemAuto maquiagem
Auto maquiagem
Profissão Maquiagem
 
E-Book auto maquiagem
E-Book auto maquiagem E-Book auto maquiagem
E-Book auto maquiagem
Cristiane Biondi
 
Cuidados do-rosto
Cuidados do-rosto Cuidados do-rosto
Cuidados do-rosto
Rita Luz
 
Apostilas complementares micropigmentação
Apostilas complementares   micropigmentaçãoApostilas complementares   micropigmentação
Apostilas complementares micropigmentação
Mp-complementar
 
Atendimento Telefonico
Atendimento TelefonicoAtendimento Telefonico
Atendimento Telefonico
Kavaisver
 
Atendimento ao Cliente, Breves Reflexões
Atendimento ao Cliente, Breves ReflexõesAtendimento ao Cliente, Breves Reflexões
Atendimento ao Cliente, Breves Reflexões
Blan Tavares
 
Colorimetria matematica-das-cores-que-todo-cabeleireiro-prec
Colorimetria matematica-das-cores-que-todo-cabeleireiro-precColorimetria matematica-das-cores-que-todo-cabeleireiro-prec
Colorimetria matematica-das-cores-que-todo-cabeleireiro-prec
Valdir Santos
 
Tricologia
TricologiaTricologia
Tricologia
Bosco Magalhaex
 
Para que a técnica de micropigmentação seja bem aplicada é de extrema importâ...
Para que a técnica de micropigmentação seja bem aplicada é de extrema importâ...Para que a técnica de micropigmentação seja bem aplicada é de extrema importâ...
Para que a técnica de micropigmentação seja bem aplicada é de extrema importâ...
Rhealeza IT Services
 
curso de maquiagem
curso de maquiagemcurso de maquiagem
curso de maquiagem
Espaço Wal Oliver
 
Unhas de gel
Unhas de gelUnhas de gel
Unhas de gel
Srsecretnails Sonia
 
Tipos de pele
Tipos de peleTipos de pele
Tipos de pele
Rosi Dias
 
Visagismo sumara gil
Visagismo sumara gilVisagismo sumara gil
Visagismo sumara gil
Sumara Gil
 
Limpeza de Pele
Limpeza de PeleLimpeza de Pele
Limpeza de Pele
Julie Christie Do Brasil
 
Corte de cabelo
Corte de cabeloCorte de cabelo
Corte de cabelo
Sumara Gil
 

Mais procurados (20)

Apostila de automaquiagem
Apostila de automaquiagemApostila de automaquiagem
Apostila de automaquiagem
 
DESIGNER DE SOBRANCELHA
DESIGNER DE SOBRANCELHA DESIGNER DE SOBRANCELHA
DESIGNER DE SOBRANCELHA
 
Visagismo E Maquiagem
Visagismo E MaquiagemVisagismo E Maquiagem
Visagismo E Maquiagem
 
Curso Design Sobrancelha
Curso Design Sobrancelha Curso Design Sobrancelha
Curso Design Sobrancelha
 
maquiagem perfeita
maquiagem perfeitamaquiagem perfeita
maquiagem perfeita
 
Auto maquiagem
Auto maquiagemAuto maquiagem
Auto maquiagem
 
E-Book auto maquiagem
E-Book auto maquiagem E-Book auto maquiagem
E-Book auto maquiagem
 
Cuidados do-rosto
Cuidados do-rosto Cuidados do-rosto
Cuidados do-rosto
 
Apostilas complementares micropigmentação
Apostilas complementares   micropigmentaçãoApostilas complementares   micropigmentação
Apostilas complementares micropigmentação
 
Atendimento Telefonico
Atendimento TelefonicoAtendimento Telefonico
Atendimento Telefonico
 
Atendimento ao Cliente, Breves Reflexões
Atendimento ao Cliente, Breves ReflexõesAtendimento ao Cliente, Breves Reflexões
Atendimento ao Cliente, Breves Reflexões
 
Colorimetria matematica-das-cores-que-todo-cabeleireiro-prec
Colorimetria matematica-das-cores-que-todo-cabeleireiro-precColorimetria matematica-das-cores-que-todo-cabeleireiro-prec
Colorimetria matematica-das-cores-que-todo-cabeleireiro-prec
 
Tricologia
TricologiaTricologia
Tricologia
 
Para que a técnica de micropigmentação seja bem aplicada é de extrema importâ...
Para que a técnica de micropigmentação seja bem aplicada é de extrema importâ...Para que a técnica de micropigmentação seja bem aplicada é de extrema importâ...
Para que a técnica de micropigmentação seja bem aplicada é de extrema importâ...
 
curso de maquiagem
curso de maquiagemcurso de maquiagem
curso de maquiagem
 
Unhas de gel
Unhas de gelUnhas de gel
Unhas de gel
 
Tipos de pele
Tipos de peleTipos de pele
Tipos de pele
 
Visagismo sumara gil
Visagismo sumara gilVisagismo sumara gil
Visagismo sumara gil
 
Limpeza de Pele
Limpeza de PeleLimpeza de Pele
Limpeza de Pele
 
Corte de cabelo
Corte de cabeloCorte de cabelo
Corte de cabelo
 

Semelhante a Maquilhagem

Curso maquiagem profissional
Curso maquiagem profissionalCurso maquiagem profissional
Curso maquiagem profissional
OBSCURYCHASH
 
Dicas de Maquiagem
Dicas de MaquiagemDicas de Maquiagem
Dicas de Maquiagem
Valoni72
 
Insitituto Abihpec - De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer - Manual de m...
Insitituto Abihpec - De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer - Manual de m...Insitituto Abihpec - De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer - Manual de m...
Insitituto Abihpec - De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer - Manual de m...
Instituto Abihpec
 
Automaquiagem 140526005627-phpapp01
Automaquiagem 140526005627-phpapp01Automaquiagem 140526005627-phpapp01
Automaquiagem 140526005627-phpapp01
Kesiabertoli
 
Aula maquiagem
Aula maquiagemAula maquiagem
Aula maquiagem
Luciana Velasquez
 
Dicas de maquiagem para secretárias
Dicas de maquiagem para secretáriasDicas de maquiagem para secretárias
Dicas de maquiagem para secretárias
09108303
 
Dicas e Truques de Maquiagem!
Dicas e Truques de Maquiagem!Dicas e Truques de Maquiagem!
Dicas e Truques de Maquiagem!
Keila Feltran
 
Dicas de maquiagem perfeita
Dicas de maquiagem perfeitaDicas de maquiagem perfeita
Dicas de maquiagem perfeita
JooPauloFernandesBra
 
100 dicas de_maquiagem
100 dicas de_maquiagem100 dicas de_maquiagem
100 dicas de_maquiagem
Elaine Barros
 
Aula de automaquiagem
Aula de automaquiagemAula de automaquiagem
Aula de automaquiagem
Vanessa Alexandre
 
Curso de maquiagem comissários
Curso de maquiagem comissários Curso de maquiagem comissários
Curso de maquiagem comissários
Margit Didjurgeit
 
DICAS DE MAQUIAGEM
DICAS DE MAQUIAGEMDICAS DE MAQUIAGEM
Manual teens De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer
Manual teens De Bem com Você -  A Beleza Contra o CâncerManual teens De Bem com Você -  A Beleza Contra o Câncer
Manual teens De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer
Instituto Abihpec
 
Automaquiagem1
Automaquiagem1Automaquiagem1
Automaquiagem1
Canal Maktub
 
Manual maquilhagem deluxe
Manual maquilhagem deluxeManual maquilhagem deluxe
Manual maquilhagem deluxe
Rita Luz
 
Olho
OlhoOlho
Lbel dezembro 2012
Lbel dezembro 2012Lbel dezembro 2012
Lbel dezembro 2012
Meus Cosméticos
 
Apresentação Produtos Novembro 2010
Apresentação Produtos Novembro 2010Apresentação Produtos Novembro 2010
Apresentação Produtos Novembro 2010
Alfeu Gomes
 
apostila alongamento de cilios
apostila alongamento de ciliosapostila alongamento de cilios
apostila alongamento de cilios
Suéllen Araújo
 
Lbel - Catálogo julho 2012
Lbel - Catálogo julho 2012Lbel - Catálogo julho 2012
Lbel - Catálogo julho 2012
Meus Cosméticos
 

Semelhante a Maquilhagem (20)

Curso maquiagem profissional
Curso maquiagem profissionalCurso maquiagem profissional
Curso maquiagem profissional
 
Dicas de Maquiagem
Dicas de MaquiagemDicas de Maquiagem
Dicas de Maquiagem
 
Insitituto Abihpec - De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer - Manual de m...
Insitituto Abihpec - De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer - Manual de m...Insitituto Abihpec - De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer - Manual de m...
Insitituto Abihpec - De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer - Manual de m...
 
Automaquiagem 140526005627-phpapp01
Automaquiagem 140526005627-phpapp01Automaquiagem 140526005627-phpapp01
Automaquiagem 140526005627-phpapp01
 
Aula maquiagem
Aula maquiagemAula maquiagem
Aula maquiagem
 
Dicas de maquiagem para secretárias
Dicas de maquiagem para secretáriasDicas de maquiagem para secretárias
Dicas de maquiagem para secretárias
 
Dicas e Truques de Maquiagem!
Dicas e Truques de Maquiagem!Dicas e Truques de Maquiagem!
Dicas e Truques de Maquiagem!
 
Dicas de maquiagem perfeita
Dicas de maquiagem perfeitaDicas de maquiagem perfeita
Dicas de maquiagem perfeita
 
100 dicas de_maquiagem
100 dicas de_maquiagem100 dicas de_maquiagem
100 dicas de_maquiagem
 
Aula de automaquiagem
Aula de automaquiagemAula de automaquiagem
Aula de automaquiagem
 
Curso de maquiagem comissários
Curso de maquiagem comissários Curso de maquiagem comissários
Curso de maquiagem comissários
 
DICAS DE MAQUIAGEM
DICAS DE MAQUIAGEMDICAS DE MAQUIAGEM
DICAS DE MAQUIAGEM
 
Manual teens De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer
Manual teens De Bem com Você -  A Beleza Contra o CâncerManual teens De Bem com Você -  A Beleza Contra o Câncer
Manual teens De Bem com Você - A Beleza Contra o Câncer
 
Automaquiagem1
Automaquiagem1Automaquiagem1
Automaquiagem1
 
Manual maquilhagem deluxe
Manual maquilhagem deluxeManual maquilhagem deluxe
Manual maquilhagem deluxe
 
Olho
OlhoOlho
Olho
 
Lbel dezembro 2012
Lbel dezembro 2012Lbel dezembro 2012
Lbel dezembro 2012
 
Apresentação Produtos Novembro 2010
Apresentação Produtos Novembro 2010Apresentação Produtos Novembro 2010
Apresentação Produtos Novembro 2010
 
apostila alongamento de cilios
apostila alongamento de ciliosapostila alongamento de cilios
apostila alongamento de cilios
 
Lbel - Catálogo julho 2012
Lbel - Catálogo julho 2012Lbel - Catálogo julho 2012
Lbel - Catálogo julho 2012
 

Mais de Teresa Castilho

Quick massage
Quick massageQuick massage
Quick massage
Teresa Castilho
 
Corpo - Manual de procedimentos teórico-praticos
Corpo - Manual de procedimentos teórico-praticosCorpo - Manual de procedimentos teórico-praticos
Corpo - Manual de procedimentos teórico-praticos
Teresa Castilho
 
Tratamentos de estética de corpo
Tratamentos de estética de corpoTratamentos de estética de corpo
Tratamentos de estética de corpo
Teresa Castilho
 
Sistema veno linfático
Sistema veno linfáticoSistema veno linfático
Sistema veno linfático
Teresa Castilho
 
Mitos alimentares
Mitos alimentaresMitos alimentares
Mitos alimentares
Teresa Castilho
 
Estética masculina
Estética masculinaEstética masculina
Estética masculina
Teresa Castilho
 
Epilação e depilação
Epilação e depilaçãoEpilação e depilação
Epilação e depilação
Teresa Castilho
 
Antioxidantes
AntioxidantesAntioxidantes
Antioxidantes
Teresa Castilho
 
Tratamentos de estética da grávida e criança
Tratamentos de estética da grávida e criançaTratamentos de estética da grávida e criança
Tratamentos de estética da grávida e criança
Teresa Castilho
 

Mais de Teresa Castilho (9)

Quick massage
Quick massageQuick massage
Quick massage
 
Corpo - Manual de procedimentos teórico-praticos
Corpo - Manual de procedimentos teórico-praticosCorpo - Manual de procedimentos teórico-praticos
Corpo - Manual de procedimentos teórico-praticos
 
Tratamentos de estética de corpo
Tratamentos de estética de corpoTratamentos de estética de corpo
Tratamentos de estética de corpo
 
Sistema veno linfático
Sistema veno linfáticoSistema veno linfático
Sistema veno linfático
 
Mitos alimentares
Mitos alimentaresMitos alimentares
Mitos alimentares
 
Estética masculina
Estética masculinaEstética masculina
Estética masculina
 
Epilação e depilação
Epilação e depilaçãoEpilação e depilação
Epilação e depilação
 
Antioxidantes
AntioxidantesAntioxidantes
Antioxidantes
 
Tratamentos de estética da grávida e criança
Tratamentos de estética da grávida e criançaTratamentos de estética da grávida e criança
Tratamentos de estética da grávida e criança
 

Maquilhagem

  • 1. 1
  • 2. Aprender a maquilhar É certo que a moda influencia as maquilhagens. Aprender a maquilhar somente em função do que está na moda, seria deixar-lhe sem recursos, para quando essa moda variasse. Para tal, vamos prescindir destas cores e destas formas que hoje são moda, no entanto que amanhã estarão desfasadas, indo-nos dedicar a estudar uma teoria e uma maquilhagem. A maquilhagem e a constituição da pessoa Diz-se que segundo a constituição morfológica da pessoa, a esta irão corresponder umas determinadas características, tanto físicas como de carácter. Estas características irão traduzir- se fisicamente por uns traços, aos quais a maquilhagem não se deve tornar alheia. Assim, a maquilhagem deve adaptar-se ao estilo de vida e carácter da pessoa que o leva. Não devemos ter a intenção de trocar nem standardizar as nossas clientes. Ao contrário, iremos sim adaptar o seu estilo e a sua forma de modo a obter conhecimentos que realcem a sua beleza. 2
  • 3. Entre as diversas classificações da constituição da pessoa, iremos tomar uma delas, discutidas por alguns, no entanto, adaptada por muitos. Esta é a seguinte: Sujeito Endomorfo Neste tipo de sujeito, domina o ventre, sinal que é amigo da boa alimentação. O seu rosto responde a uma tipologia de rosto redondo ou quadrado. Muitas das vezes, estão sempre a sorrir, e o queixo, dado o arredondamento do rosto, não se desenha, é um queixo de tendência esquiva. O sujeito pícneo, é uma pessoa extrovertida, que gosta de ter amigos e de se comprazer com meiguices. Passa da alegria à tristeza com extrema facilidade. Tem um sentido prático, e gosta da comodidade. Este tipo de pessoas, gostam de se maquilhar atrevidamente, no entanto, sem chegar a extravagâncias. 3
  • 4. Sujeito Ectomorfo Os órgãos que dominam o seu corpo são o cérebro e o sistema nervoso. São pessoas introvertidas, intimistas, reservadas, retraídas, solitárias e um pouco feias. Possuem uma rica vida interior e um sentido artístico. Têm problemas de postura, visto que se sentem frequentemente cansadas. O seu aspecto é algo desalinhado, com o rosto em forma de pêra ou em forma de diamante. Os olhos são bastante móveis. Gostam de maquilhagens que passem quase despercebidas. Sujeito Mesomorfo No seu corpo, domina o coração e os músculos. São aficcionados à aventura, gostam do risco e do azar, desejam o exercício e não suportam lugares fechados. São de carácter dominante e agressivo e vestem desportivamente. O seu rosto é da tipologia rectangular ou alargada. São sofisticados e gostam de maquilhagens agressivas e espectaculares. 4
  • 5. Tal como qualquer outro serviço, que iremos oferecer num gabinete, todo o ambiente que deve rodear a cliente, e todos os elementos que irá necessitar, deverão estar perfeitamente condicionados. É importante que a cliente se sinta bem num gabinete. Para isso, irá dispor de um confortável cadeirão, situado a favor da luz, quer esta seja natural, através de uma janela ou então, artificial. A melhor iluminação para executar uma maquilhagem é a luz natural. Quando esta luz não for possível, iremos utilizar lâmpadas de incandescência, e tentaremos evitar as luzes fluorescentes, pois estas podem variar o tom das cores. Ao realizar uma maquilhagem, deveremos ter em conta o local, onde se trabalha; as cores e as suas intensidades podem não ser as mesmas se, por exemplo, a maquilhagem se fizer em plena luz do sol, ou então, iluminada pela luz avermelhada de velas. As paredes da cabine, deverão ser brancas, para que o seu reflexo não cause interferências com as cores que estamos a usar. É muito importante conhecer a temperatura que a maquilhagem tem, quando brilhar, de modo a que fique perfeita, sem quaisquer modificações ópticas de côr. 5
  • 6. Deve estar sempre limpa, a higiene é a regra nº 1  Usar farda adequada, assim como sapatos  Cabelos bem apanhados  Brincos só muito pequenos e discretos  Não deve usar fios, pulseiras e anéis, alianças ou piercings  Usar máscara  Unhas rentes e bem arranjadas  Se tiver feridas nas mãos deve usar luvas na massagem mas estas também vão ser necessárias para a realização de vários outros tratamentos (esfoliação e envolvimentos)  Usar maquilhagem leve para um aspecto natural e saudável  Deve ter uma pele cuidada  Não deve exalar qualquer odor, seja corporal, seja de perfume, 6
  • 7. Para a cliente, irá necessitar no mínimo, do seguinte:  Uma bata, para cobrir o vestuário.  Guardanapos, para proteger o decote.  Um turbante ou uma faixa para proteger o cabelo Materiais necessários  Forra de marquesa  Toalhão turco ou lençol para baixo  Toalhão turco ou lençol para tapar a cliente se esta tiver frio  Touca/fita e bata de cliente 7
  • 8. Materiais necessários  Ficha de Anamnese, Lápis ou Caneta  3 Taças (Desmaq. Olhos, Leite Limpeza e Tónico  Taça para mistura de bases, se necessário  Taça para desperdícios  Pinça  Discos de Algodão  Cotonetes  Esponjas Desmaquilhagem Maquilhagem  Desmaquilhante de olhos  Pincéis de maquilhagem  Leite de limpeza  Anti-Cernes,  Tónico  Bases  Pó solto  Sombras, (em pó, liquidas, creme)  Lápis Contorno de Olhos e Lábios  Blush  Rimel 8
  • 9. Tipo de produto Nome que recebe Maquilhagem de fundo para uma Fond de teint, Make- up mesma cor Pós incolores Poudre Rouge Fard rouge a joues, Glow Sombras de olhos Ombre paupiéres, Eye shadow, Fard Corrector de olheiras Anticerne Lápis para sobrancelhas Crayon pour les cils, Eye pencils Lápis para olhos Crayon yeux, Eye liner, khol Lápis delineadores de lábios Contour bouche, Lipspencil Batôn Rouge Lipstick Máscara Rimmel, Mask 9
  • 10. 10
  • 11. Pincéis 1- Pincel para pó 2- Pincel para Blush 3 - Pincel para Blush 4 - Croupion 5, 15 e 16 - Pincéis para lábios 6 - Pincel para “varrer” sombra e pó solto 7 - Eyeliner 8 - Escova/pente para sobrancelhas 9, 11, 12, 13 e 14 – Pincel para sombra 10, 18 e 20: Chanfrado, delineador, sombra, corrector 17 – Esponja para sombras claras 19 – Pincel para base 11
  • 12. Sombras As mais comuns e conhecidas são as sombras de olhos compactas. Podem ser acetinadas, com um brilho discreto e textura aveludada, opacas (sem brilho) ou muito brilhantes. A aplicação destas sombras compactas deve ser feita com pincel apropriado. É importante a qualidade e quantidade de sombra que se aplica. Existem também as sombras de olhos em pó solto. Como o pó é extremamente fino deve usar-se um pincel pequeno. Também se podem comprar pigmentos para maquilhar os olhos, como o próprio nome indica, o produto é muito mais rico em pigmento. Existem também as sombras de olhos cremosas ou em mousse que devem ser aplicadas com pincéis específicos (pequenos e chanfrados) ou com o pincel de aplicar os correctores de rosto. Este tipo de sombras tem uma menor duração e precisam de mais retoques se for para usar durante varias horas seguidas. 12
  • 13. Batons Tipos de acabamentos: A cremosidade do produto dá-se pela grande quantidade de hidratante presente na fórmula, por isso, são ideais para o inverno – época em que a pele sofre mais agressões pelo frio e pelo vento. Por ser muito cremoso, costuma escorrer em lábios que apresentam fissuras muito profundas. Para evitar esse incómodo, antes de aplicar o batom utilize um lápis de contorno. Intensidade da Cor **** Aplicação **** Brilho **** Duração **** Hidratação **** Cintilantes Entre os cintilantes, é bem comum encontrar batons com efeito nacarado ou metálico. Por esse motivo, a intensidade da cor não é o forte desse acabamento mas o brilho é incomparável. Pode aplicar-se uma pequena quantidade apenas na região central dos lábios – isso dá uma sensação de que os lábios são maiores, deixando a boca mais sexy. Intensidade da Cor *** Aplicação *** Brilho ***** Duração *** Hidratação *** 13
  • 14. Brilhantes Estes batons assemelham-se mais ao que se costuma chamar de gloss. Quase transparente e com um efeito molhado, dificilmente este batom vai ser usado sozinho. No entanto dá um efeito muito bonito se aplicado por cima de qualquer outro baton. Intensidade da Cor * Aplicação **** Brilho ***** Duração ** Hidratação **** Foscos Sem brilho, estes são os melhores batons para quem deseja abusar de toda a intensidade da cor, pois são muito pigmentados. Como não têm brilho nenhum, são perfeitos para completar um look com os olhos bem marcados. Para facilitar a aplicação, deve hidratar os lábios antes de usar este tipo de batom, caso contrário, eles podem parecer rachados. Intensidade da Cor ***** Aplicação ** Brilho * Duração **** Hidratação ** 14
  • 15. Acetinados Bastante parecidos com os batons de acabamento fosco, os acetinados contam com mais brilho e maior hidratação. A intensidade da cor está garantida com este acabamento. É a melhor opção para quem gosta de batons bem pigmentados, mas não se dá bem com o acabamento fosco. Intensidade da Cor ***** Aplicação *** Brilho ** Duração **** Hidratação *** Envernizados Os batons envernizados têm esse nome devido ao efeito que deixam nos lábios, que é um pouco diferente do acabamento brilhante. São excelentes para serem usados no dia a dia, pois são muito práticos. Fácil de ser aplicado, este acabamento possui uma pigmentação fraca que permite que a cor dos lábios apareça sob o batom, criando efeitos bem interessantes. Mas muita atenção na hora de comprar: quando aplicado, este tipo de batom pode mudar bastante de cor. Intensidade da Cor ** Aplicação **** Brilho ***** Duração ** Hidratação *** 15
  • 16. Bases  Ultrafluida: é praticamente transparente e garante um efeito luminoso, ideal para um look mais leve e bem natural. Pode ser usada no dia a dia e em todos os tipos de pele. Combina factor de proteção solar, hidratação e baixa cobertura - pois não é capaz de cobrir cicatrizes e grandes comedons ou manchas.  Stick: como se fosse um bastão, pode ser usada como base e corrector. Garante boa cobertura, mas pode ser um pouco oleosa. O ideal é que seja usada mais a noite e em dias mais frios. Aplicar no rosto com os dedos ou com uma esponja para espalhar melhor.  Compacta: com cobertura leve ou média, é capaz de fazer um look natural. Usar pouca quantidade com a ajuda de uma esponja para fazer uma cobertura transparente.  Líquida: fácil de aplicar, dá um efeito muito natural, pois pode controlar-se a quantidade de cobertura na pele com um pincel. Deve ser não comedogénica. 16
  • 17. Pó: garante uma cobertura média, ainda maior do que a base compacta. Ideal para peles oleosas porque o pó ajuda a absorver a oleosidade do rosto. São preferíveis as versões minerais, que são sem óleo e contêm ingredientes benéficos, e aplicam-se com pincel molhado ou seco. Creme a pó ou duo base: é o meio termo entre pó e líquido cremoso e garante uma cobertura bem potente. Se for usar de dia, certifique-se de que o visual não ficou pesado, pois essa textura pode deixar a o rosto artificial e enfatizar as rugas, especialmente se a pele for seca ou se estiver a descamar. Aplicar com uma esponja seca para um efeito mate ou humedecer com água termal para uma maquilhagem mais transparente. 17
  • 18. Correctores ou Anti-Cerne Corrector verde - É usado para tapar a vermelhidão, em certa zonas do rosto. Nos olhos, para camuflar os vermelhos perto da raiz das pestanas e borbulhas. O seu uso é apenas pontual. Não aplicar em quantidade excessiva e esbater sempre com os dedos, a sua aplicação é feita com um pincel. Corrector amarelo - Camufla as manchas liláses e serve para dar pontos de luz em peles escuras. Corrector Branco - Unifica tons de pele muito pálidas, dá pontos de luz. Corrector bege - Dá volume, por exemplo, numa olheira bastante funda é aplicado este tipo de corrector. Corrector laranja - Camufla as manchas castanhas e para olheiras com bastante volume, papos, e zonas escuras. Corrector Castanho escuro - Para sombrear e diminuir volume. Corrector lilás - Camufla os tons de pele amarelos. 18
  • 19. 19
  • 20. ROSTO REDONDO - A maquilhagem deve alongar e suavizar o formato. Característica: Bochechas bem evidentes. Laterais da testa e maxilar inferior com formas acentuadas. Centro da testa e queixo pequenos e salientes. Recomenda-se: Escurecer as saliências e escurecer as laterais. ROSTO QUADRADO - A maquilhagem é indicada para alongar o formato. Característica: Testa e queixo com pouca altura. Ângulos acentuados no maxilar. Testa e laterais em linha recta. Recomenda-se: Escurecer os ângulos e clarear o centro da testa e o queixo (zona T). 20
  • 21. ROSTO OVAL - A maquilhagem deve atenuar o formato. Característica: Mais estreito do que o rosto quadrado. Testa, queixo e laterais em linha recta. Recomenda-se: Escurecer os ângulos da testa e do queixo. Iluminar as maçãs do rosto. ROSTO TRIANGULAR - A maquilhagem deve atenuar o formato. Característica: Ângulos no alto da testa, nas laterais, na altura das maçãs do rosto e no queixo. Recomenda-se: Escurecer os ângulos da testa e do queixo. Clarear as laterais da testa e o maxilar inferior. 21
  • 22. Este formato é totalmente proporcional e simplesmente não há nada para se tentar corrigir. O básico da maquilhagem aplica-se aqui: passar uma sombra (de cor de clara a mediana) na pálpebra inteira e contornar a linha das pestanas (superiores e inferiores) com sombra mais escura. Defina o côncavo. Una a marca do côncavo ao contorno das pestanas superiores numa marca “V”, reforçada com sombra mais escura, esfumando bem. Se desejar, destacar os olhos com delineador como preferir. O makeup para este tipo de olhos pode ser super flexível. Escolha a técnica e o efeito que quiser. Brinque bastante! 22
  • 23. Quando há uma distância grande entre os olhos, a maquilhagem pode criar a ilusão de proximidade. O segredo está em reforçar o canto interno dos olhos com sombra levemente mais escura, pois assim eles parecerão mais próximos. O mesmo para o côncavo, vá do canto interno do olho até no máximo o centro. Se quiser, crie uma “barreira” óptica aplicando sombra mais escura também no canto externo dos olhos, com cuidado para não ultrapassar de maneira nenhuma os limites da pálpebra. Não é aconselhável que se “puxe” olhos de gatinho, pois o efeito irá acentuar mais ainda a distância entre os olhos. Mas reparem que as duas belas moças ao lado não estão nem aí para isso e preferem usar a maquilhagem como bem entenderem, certas vezes de modo a ressaltar ainda mais a distância entre os olhos. 23
  • 24. Neste caso, quanto mais o foco estiver no canto externo dos olhos, melhor. Defina o côncavo da metade dos olhos para fora e aplique sombra escura extrapolando os limites da pálpebra. Delineado do tipo “gatinho” também é uma boa pedida para alongar a distância entre os olhos, principalmente se for feito somente a partir da metade dos olhos em direcção à área externa. Aplique rímel preferencialmente nos cantos externos dos cílios. Não esqueça do iluminador no canto interno dos olhos, para aumentar mais ainda a ilusão de distância. 24
  • 25. Os olhos mais saltados podem ser suavizados com efeitos de sombra e luz. Tente escurecer todo o contorno dos olhos, começando pela linha d’água dos cílios superiores e exteriores. O côncavo e a linha dos cílios devem ser reforçados com sombra mais escura. A ideia é criar efeitos de sombras para parecer que os olhos estão mais profundos. O delineado pode ir do canto interno até ultrapassar o canto externo, tanto na pálpebra superior quanto na inferior, engrossando o traçado na direcção externa. A intenção é “achatar” um pouco os olhos. 25
  • 26. Olho fundo? Quanto mais “luz” na área, melhor. Por isso, em primeiro lugar, use uma sombra iluminadora em toda pálpebra. Você até pode escurecer um pouco a área do côncavo e o canto exterior os olhos, mas sem marcar muito. Evite passar maquilhagem escura no canto interno dos olhos, prefira iluminar essa área. Não use tons muito luminosos logo abaixo da sobrancelha, pois essa área normalmente já é mais alta e destacada neste caso. 26
  • 27. Lápis branco na linha d’água inferior, para os olhos parecerem maiores (aumentar a área branca). Uma sombra luminosa por toda a pálpebra e no canto externo uma sombra levemente mais escura. Aplique curvex de maneira intensa e rímel (principalmente no canto externo), para abrir bem o olhar. Não se esqueça de passar o rímel nos cílios inferiores também! Cuidado com o lápis preto na linha d’água: ele diminui mais ainda os olhos! Nesse caso, se quiser delinear os olhos, é melhor fazê-lo só por fora, tanto na linha dos cílios superiores quanto na inferior. 27
  • 28. Pálpebra encoberta, côncavo escondido. É um saco, pois a sombra só aparece se você está de olhos fechados (e a maquilhagem borra com muito mais facilidade)! Procure criar a impressão de que tem mais pálpebra à mostra. Na aplicação da cor escolhida para a pálpebra superior, procure ultrapassar o côncavo. Defina o côncavo mais alto do que definiria normalmente. Na pálpebra inferior, logo abaixo dos cílios, aplique a cor do canto externo até somente o centro dos olhos. Procure focar o delineador também do centro dos olhos até o canto externo, num traçado mais fino. Iluminador abaixo das sobrancelhas? Pode, mas bem rente a sobrancelha, para colaborar com o efeito de pálpebras aumentadas. E o mais importante: esqueça os produtos cremosos ou oleosos demais! Vão borrar, manchar ou transferir, com certeza! 28
  • 29. No caso em que o formato dos olhos é meio “caidinho”, principalmente no canto externo inferior, a solução é tentar voltar toda a atenção para a parte superior. Evite passar maquilhagem na área inferior, principalmente lápis preto, pois isso só intensifica mais ainda o caidinho dos olhos. Trabalhe a área superior, sempre de maneira a levantar o olhar. Procure reconstruir o amendoado dos olhos, aplicando a sombra mais escura voltada para o canto externo superior dos olhos, ultrapassando área da pálpebra e do côncavo, criando um efeito de “olhos de gatinho”. O delineador também deve ser aplicado na direcção do final da sobrancelha, sempre puxando para cima nos cantos externos. O traçado pode ser mais fino, quase imperceptível na parte interna dos olhos e ir engrossando até a parte externa, ou simplesmente começar a partir da metade dos olhos. Reforce a sobrancelha e aplique um pouco de iluminador logo abaixo dela. Capriche no rímel nos cílios superiores, principalmente na parte externa. Nessa caso, tufinhos de cílios postiços nessa área podem ajudar. Iluminador no cantinho interno dos olhos também é bem vindo! 29
  • 30. Tipo de rosto da cliente:  Tipologia do rosto (oval, redondo, comprido, quadrado, em diamante, ...)  Forma e estado das sobrancelhas (finas, grossas, rectas, simétricas, juntas, separadas, depiladas ou não, ...) e a distância entre sobrancelhas e olhos  Tipo de olhos (grande, pequeno, salientes, descaídos, ...)  Forma do nariz e a distância entre o nariz e o lábio superior  Forma da boca e distância entre a boca e o queixo  Forma do queixo  Cor da pele, dos olhos, dos lábios, das sobrancelhas e do cabelo  Observações sobre a sua pele (seca, granulosa, oleosa, com penugem, etc.)  Armação dos óculos e da sua cor Seguidamente pode-se planear a maquilhagem:  Variações a fazer (rectificações de sobrancelhas, depilação de penugem, ...)  Correcções a fazer  Tipo de maquilhagem pretendida (dia, noite, noiva, ...)  Idade da cliente  Cores a usar e a zona de aplicação das mesmas 30
  • 31. 31
  • 32. A maquilhagem simples, sem qualquer tipo de correcção, é reservada para os rostos de forma ovalada, que são os mais harmoniosos. Também se pode utilizar como maquilhagem de dia, para os restantes rostos e para os muito jovens, seja qual for o seu tipo de rosto. Esta maquilhagem, serve somente para igualar o tom da pele, deixando-a com um aspecto suave e sedoso. 1 – Desmaquilhagem do rosto 2 - Tratamento das sobrancelhas 3 - Aplicação de uma base hidratante do tom da pele, com protecção solar 4 - Aplicação do pó solto 5 – Aplicação de sombras para as pálpebras em tons pastel, sem brilho, e contorno dos olhos 6 – Aplicação do Blush 7 – Aplicação do Rímel 7 – Aplicação do Baton 32
  • 33. 1 – Desmaquilhagem 2 – Tratamento da Sobrancelha 3 - Correcções de tons claros ou escuros, segundo o caso 4 - Aplicação da base 5 - Aplicação de pó 6 - Delineamento do contorno da borda das pálpebras 7 - Aplicação de sombras nas pálpebras 8 - Demarcar e modelar o rosto com blushes em pó 9- Aplicação do rímel 10 - Traçado dos lábios e aplicação do batom 33
  • 34. 34
  • 35. A luz solar não é a mesma em todas as horas do dia. Precisamente por isso, a nossa pele adquire matizes novos, à medida que o dia transcorre. A maquilhagem que chamamos ser de dia, deve ser adequada à iluminação ambiental, acentuando a sua intensidade quando a noite se aproxima. A luz solar é bastante dura, acentua demasiado as cores e é um pouco azulada. A maquilhagem terá de ser, pois, apenas um leve realce das feições naturais. Por isso, se se eleger os tons naturais que, debaixo da luz solar, não resultam demasiadamente agressivos. 35
  • 36. Passo 1 Previamente a pele da cliente deverá ser totalmente desmaquilhada. Procede-se então à aplicação de uma base hidratante. Aplica-se uma pequena quantidade, repartida pela fronte, maçãs do rosto e queixo. A base hidratante, será distribuída, com esponja própria ou pincel, até que fique completamente absorvida pela pele. É importante deixá-la descansar uns minutos, antes de proceder à aplicação da maquilhagem de fundo. Sugestão: A base hidratante com cor, pode fazê-la a própria esteticista, misturando em partes iguais o creme de base e maquilhagem. Uma vez bem misturados ambos os produtos, procede-se à sua aplicação sobre a pele. Passo 2 Em seguida, passamos à aplicação da maquilhagem de fundo. Escolher-se-á uma maquilhagem de fundo, do mesmo tom da pele, ou um ponto mais claro, para que assim não se notem as zonas maquilhadas. Para ficarmos seguras que escolhemos a cor adequada faz-se uma prova na zona interna do antebraço. Não deve duvidar, que a maquilhagem de fundo, serve para igualar a pele, e não para dar cor a uma pele pálida. Aplica-se pouca quantidade, distribuindo-a sobre a superfície do rosto da seguinte forma: - Dois pontos sobre o queixo, até à altura das mandíbulas - Um ponto em cada lado do nariz - Dois pontos em cada maçã do rosto -Cinco pontos na fronte A distribuição realizada desta forma, permite-nos logo estendê-la correctamente e uniformemente por todo o rosto. Se o vestuário da cliente, for de amplo decote, iremos aplicar também maquilhagem nessa zona que fica descoberta, para unificar a cor de toda a pele que se vê , e assim evitar o efeito de uma máscara. 36
  • 37. Passo 3 Proceder agora, à aplicação da maquilhagem. suavemente, trabalhando bem todos os vincos e rugas de expressão do rosto, para que cubra regularmente toda a superfície. Com a maquilhagem, irá cobrir-se todo o rosto, incluindo pálpebras e lábios, tendo especial atenção, ao chegar à zona do nascimento do cabelo. Ao espalhar a maquilhagem, deve-se trabalhar com a ponta dos dedos. Espalha-se sempre de dentro para fora, de baixo para cima, quer dizer, desde o queixo até à fronte. O pescoço, pelo contrário, trabalha-se desde o queixo até ao peito. Para que a maquilhagem dure o mais tempo possível, há que procurar que a camada que reveste a superfície da pele, seja homogénea. De seguida, e se a tipologia da cliente o permitir, ir-se-á proceder às correcções, aplicando outro tom de cor de maquilhagem de fundo, nas zonas mais adequadas. Passo 4 Uma vez aplicada a maquilhagem de fundo, há que retirar o seu excesso. Para tal, recorremos a um lenço papel e efectuamos ligeiras pressões por todo o rosto, sem friccionar. Esta operação, permite eliminar os excessos de maquilhagem não absorvidos pela pele, e ajuda também a matizar a maquilhagem. Se quisermos que a maquilhagem de fundo, fique uniforme e fixa, iremos recorrer a uma esponja em forma de cone, humedecida em loção tónica ou água de rosas. A maquilhagem, perante o efeito de luz natural, não deve distinguir, entre a zona onde se aplicou e o resto do rosto. Se caso for disso, será sinal que ficou bem esbatida. 37
  • 38. Passo 5 Neste passo, aplica-se o blush, que serve para dar côr ao rosto. Para aplicar correctamente o blush, a profissional deve estar situada á frente da cliente. Se trabalharmos com blush em pó prensado, este deve ser aplicado com a ajuda de um pincel. No entanto, se trabalharmos com blush em creme, em barra ou em lápis, aplica-se pouca quantidade com o dedo polegar na zona dos pómulos e esfuma-se com o dedo médio da mão direita. O blush deve ficar bem unificado na maquilhagem de fundo, de modo a que, a separação entre eles, seja imperceptível, quer dizer, que os seus limites não se notem. Passo 6 Na aplicação dos pós, deve ter em conta, que estes, quando são soltos, absorvem as secreções gordurosas, e portanto, impedem que a pele brilhe. Os pós protegem a pele das impurezas e permitem a sua respiração. É importante que sejam muito ligeiros e finos, pois irão dar um aspecto mais aveludado. Para aplicar os pós, é aconselhável utilizar uma borla distinta para cada cliente. Para isso, é preferível as borlas que nós próprios fabricamos. Para aplicação de pós, pegamos num pedaço de algodão hidrófilo, (hidrófilo, significa que absorve com facilidade a água e outras substâncias líquidas), de forma rectangular, e não muito espesso, e iremos dividi-lo com a ajuda de uma espátula, sem separar totalmente todos os pedaços e depositamos então uma pequena quantidade de pó sobre a superfície interior do algodão. Depois juntamos de novo os pedaços de algodão, para ficarem idênticos à forma inicial. Apertamo-los bem, golpeando ligeiramente se for preciso, para que o pó filtre através do algodão. Seguidamente, seguramos o rectângulo entre os dedos indicador e anelar e procedemos à distribuição do pó, por toda a superfície da pele, dando pequenos golpes, cada vez que se exerce a pressão, com o fim de que eles se adiram à pele . O polvilhamento, inicia-se desde o centro do rosto (fronte, nariz,. queixo), para depois se estender até às maçãs do rosto, fontes, maxilares e finalmente o pescoço. O excesso de pó, se existir, retira-se com um pincel grosso, estilo vassoura. 38
  • 39. Seguidamente, seguramos o rectângulo entre os dedos indicador e anelar e procedemos à distribuição do pó, por toda a superfície da pele, dando pequenos golpes, cada vez que se exerce a pressão, com o fim de que eles se adiram à pele . O polvilhamento, inicia-se desde o centro do rosto (fronte, nariz,. queixo), para depois se estender até às maçãs do rosto, fontes, maxilares e finalmente o pescoço. O excesso de pó, se existir, retira-se com um pincel grosso, estilo vassoura. Passo 7 Passamos agora, ao delinear das sobrancelhas. Começa-se por eliminar com um pequeno pau enrolado em algodão, qualquer resíduo de pó que existir sobre as sobrancelhas, e depois, iremos penteá-las em todas as direcções. Com um lápis para sobrancelhas, que normalmente tem uma mina ligeiramente mais dura, ir-se-ão traçar as correcções necessárias, começando sempre pela parte cercania ao nariz, e seguindo em direcção às fontes. A cor do lápis utilizada, será aquela que mais se assemelhar aos pêlos das sobrancelhas. Finalmente, iremos escová-las novamente. Deve-se evitar tocar com os dedos, na pele já maquilhada. Passo 8 Seguimos agora, com o sombreado dos olhos, e o delineamento das pálpebras. Se utilizarmos eyeliner para o delineamento dos olhos, esta, será então a primeira tarefa a ser feita. Pelo contrário, e se o delineado for a lápis, iremos primeiramente proceder à aplicação das sombras dos olhos, para finalizar com a aplicação do lápis que delineia a pálpebra). O fim a que se destina, aplicar primeiro o eyeliner, é porque este é líquido, e ao secar permite-nos passar depois outra camada sem correr o risco de borrar. Nos traços feitos com lápis, estes borram e escorrem, sendo então impossível aplicar-se com um pincel. Por esta razão, se deve realizar esta tarefa no fim. 39
  • 40. Passo 9 Agora, aplicamos o cosmético de pestanas ou máscara na pálpebra superior. Para realizar esta operação, iremos colocar-nos de novo, atrás da cliente. Para que as pestanas fiquem compridas, deve-se proceder da seguinte forma: - Aplicar o cosmético, seguindo a direcção que vai desde a raiz até à ponta do pêlo). Esta operação deve-se repetir três vezes. - Escovar as pestanas com a escova adaptada em espiral para evitar que fiquem os pêlos unidos, formando uma zona empastada, visto que seria bastante antiestético. - Aplicar de novo a máscara, mas desta vez, apenas desde a metade do pêlo até à ponta, dando às pestanas uma ligeira curvatura para cima. Depois escovam-se novamente para evitar colá-las. -Por último, aplicar cosmético só na ponta dos pêlos. Isto permite dar um efeito de maior comprimento. Escovar uma última vez as pestanas com a tal escova em espiral para as deixar compridas e bem separadas, umas das outras. Passo 10 Agora, colocamo-nos de novo em frente à cliente, que deverá manter os seus olhos abertos, olhando para cima, procedendo então, à aplicação da máscara na pálpebra inferior. Para não manchar a pele dessa zona, iremos cobrir essa pálpebra com um lencinho de papel. 40
  • 41. Passo 11 A maquilhagem da boca, é o último passo, a ser feito, numa maquilhagem de rosto. Com ele, dá -se por finalizada a maquilhagem. Ainda que a côr dos batôns possam adoptar tons muito escuros, a tons completamente transparentes, será praticamente impossível prescindir do batom.  Os lábios devem estar secos e polvilhados.  Com um lápis delineador, deve-se procurar seguir o contorno dos lábios.  Esfrega-se o pincel adequado na barra do batom, para que os pêlos fiquem impregnados de pintura.  A pintura reparte-se de forma homogénea, desde o centro do lábio superior, em direcção às comissuras, pela parte de dentro do traço da boca. A camada de côr, deve ficar sem grumos, lisa e pouco grossa  No lábio inferior, o trajecto será de comissura a comissura,  A maquilhagem da boca, irá acabar por unir a pintura com o lápis delineador,  pois é muito mais elegante, e não se notam as diferenças entre um e outro. Para tal prosseguiremos o traçado do lápis delineador, com o pincel, utilizando o seu lado mais estreito. 41
  • 42. 42
  • 43. 43
  • 44. Em relação à maquilhagem de dia a suavidade tem que subir de tom. Esta será uma maquilhagem intermédia entre a manhã e a noite. 44
  • 45. 45
  • 46. A noite, é o momento, em que as maquilhagens devem brilhar e adquirir importância. Iremos distinguir entre a luz incandescente e a luz fluorescente:  A luz incandescente, suaviza as cores, pelo que se de vem preferir tons azulados e roxos.  A luz fluorescente, dá um aspecto amarelado, pelo que se devem evitar maquilhagens beges amareladas. Convém utilizar cores rosadas. As cores morango ficariam arnoradas e os mármores iriam parecer tristes. 46
  • 47. Passo 1 Limpeza da Pele Passo 2 As sobrancelhas também são muito importantes para deixar o rosto mais limpo. Remova os pelinhos que estiverem forem de ordem com uma pinça e corte os fios que estiverem muito longos. Mas tome muito cuidado ao fazer isso sozinha. Retire apenas o que estiver realmente fora de linha e não altere o formato de suas sobrancelhas. 47
  • 48. Passo 4 Em seguida, aplique o pó facial para remover possíveis brilhos e disfarçar bem os poros. O pó ajuda a manter a maquilhagem fixa por mais tempo e dá um aspecto mais natural para a pele. Mas se você tiver muitas marcas de expressão, evite exagerar no pó, já que ele acentua as linhas. Passo 3 Aplique a base com um pincel ou com os dedos, fazendo movimentos sempre ascendentes na pele. Espalhe bem para não deixar nenhuma parte marcada. O ideal é usar um tom mais escuro que a sua pele, já que o protector solar de cada dia deixa nosso rosto mais claro que o restante do corpo. Se necessário, misture mais de um tom de base para encontrar o ideal. Lembrando que ela deve ser aplicada nos lábios também. 48
  • 49. Passo 5 Depois da pele, iremos para os olhos e para eles será necessária uma paleta de tons nude e naturais. Use uma sombra castanha em toda a pálpebra móvel dos olhos. Passo 6 Depois aplique um iluminador puxado para o rosa, bem rente às sobrancelhas e nos cantos internos da parte inferior dos olhos. 49
  • 50. Passo 7 Entre o iluminador e o castanho, você deve marcar o côncavo dos olhos com um castanho um pouco mais escuro, dando profundidade ao olhar. Passo 8 Esfume bem as cores para que não fiquem marcadas em faixas e reaplique o primeiro castanho se necessário. 50
  • 51. Passo 9 Aplique a máscara de cílios na parte superior e inferior dos olhos. O ideal é que sejam pelo menos três camadas de máscara. Alterne os olhos para que os cílios sequem antes que você aplique a próxima camada e faça movimentos sempre de baixo para cima. Passo 10 Com um cotonete, limpe as possíveis manchas feitas com a máscara de cílios e aplique base sobre ela, apagando os erros. 51
  • 52. Passo 11 Use a sombra castanha opaca para definir ainda mais as sobrancelhas e disfarçar as possíveis falhas. Aplique essa sombra com um pincel chanfrado, dando leves toques nos fios. Passo 12 Contorne os lábios com um lápis cor de boca, mantendo o traço sempre firme e dentro do lábio. Nada de tentar aumentar o tamanho dos lábios com o lápis. 52
  • 53. Passo 13 Aplique um batom também cor de boca com o pincel. Passo 14 Para afinar o rosto e o nariz, aplique um pouco de bronzer ou blush terroso, ao lado do nariz. Este é o blush de correcção e pode ser aplicado também abaixo das maçãs do rosto, entre os lábios e queixo, na raiz do cabelo e nas orelhas. 53
  • 54. Passo 15 Passe um blush mais rosado nas maçãs do rosto. Passo 16 E para finalizar, use um gloss transparente apenas no meio da boca, para não ficar com um aspecto muito pegajoso. 54
  • 55. 55
  • 56. 56
  • 57. É importante escolher para este caso uma maquilhagem de fundo translúcido, no entanto ligeiramente bronzeado para ressaltar mais o branco da roupa e seguir todo o processo da maquilhagem, procurando que fique bem fixo ao rosto. As correcções, se as houver, deverão estar muito esfumadas, para que não se notem. Deve-se prestar especial cuidado às olheiras, já que é bastante fácil que se tenham nesse dia, devido às alterações dos dias anteriores. As sombras das pálpebras, serão mates, preferentemente em cores pastel, rosas, azuis, beges, visons, turquesas e verdes. Assim, evitar-se-ão os tons fortes, como poderia ser o caso das côres ameixa, mármores, cinzas ou verdes e os nacarados ou sombras brancas. Traça-se uma linha muito fina, pegada à linha das próprias pestanas para ajudar a realçá-las, utilizando um lápis castanho ou cinzento. O rouge será muito ligeiro, porque normalmente a noiva terá muitos momentos em que terá tendência a corar. A cor da boca, será preferentemente suave, e depois iremos fixar a cor, fazendo com que aperte contra os lábios um pequeno lenço de papel. Depois iremos pintá-los de novo, procurando que não fiquem muito brilhantes. As pestanas serão realçadas com máscara waterpoof, que é um tipo de máscara que suporta a água. Se a noiva for propensa a chorar, irá maquilhar apenas a pálpebra superior. 57
  • 58. 58
  • 59. É importante escolher para este caso uma maquilhagem de fundo translúcido, no entanto ligeiramente bronzeado para ressaltar mais o branco da roupa e seguir todo o processo da maquilhagem, procurando que fique bem fixo ao rosto. As correcções, se as houver, deverão estar muito esfumadas, para que não se notem. Deve-se prestar especial cuidado às olheiras, já que é bastante fácil que se tenham nesse dia, devido às alterações dos dias anteriores. As sombras das pálpebras, serão mates, preferentemente em cores pastel, rosas, azuis, beges, visons, turquesas e verdes. Assim, evitar-se-ão os tons fortes, como poderia ser o caso das cores ameixa, mármores, cinzas ou verdes e os nacarados ou sombras brancas. Traça-se uma linha muito fina, pegada à linha das próprias pestanas para ajudar a realçá-las, utilizando um lápis castanho ou cinzento. O blush será muito ligeiro, porque normalmente a noiva terá muitos momentos em que terá tendência a corar. A cor da boca, será preferentemente suave, e depois iremos fixar a cor, fazendo com que aperte contra os lábios um pequeno lenço de papel. Depois iremos pintá-los de novo, procurando que não fiquem muito brilhantes. As pestanas serão realçadas com máscara waterpoof, que é um tipo de máscara que suporta a água. Se a noiva for propensa a chorar, irá maquilhar apenas a pálpebra superior. 59
  • 60. 60
  • 61. Tenha em conta que na fotografia a P/B, toda a gama, de cores, transforma-se em matizes de cinzentos. As cores l transformam-se em sombras. O fundo de maquilhagem, deve dar-se em cor marfim e as correcções necessárias em tons claros e escuros. Deve- se aplicar bastante pó transparente. É conveniente voltar a fazer as correcções com os pós compactos. As sombras das pálpebras, em qualquer cor (estamos perante uma fotografia a p/b), mas nunca em tonalidades muito escuras, evitando os brilhos. Os olhos delineiam-se com lápis khol, não em negro, pois endurece demasiado. As sobrancelhas, desenham-se com um lápis de tonalidade clara e nunca de tonalidade escura, pois ficaria demasiado pesada. Nos lábios há que evitar as cores escuras. O brilho deve-se procurar que seja moderado. Não se deve utilizar rouge, pois transforma-se em' cinzentos e negros, e então m lugar de ressaltar e dar relevo, aprofundava o rosto. A boca delinea-se e maquilha-se em cores vivas, mas jamais escuras, pois resultavam em negro. Nesta maquilhagem é bastante importante, evitar os brilhos. Na fotografia a p/b, os azuis dão cinzentos intensos, os , rosas e laranjas, cinzentos suaves e os verdes claros dão branco. 61
  • 62. 62
  • 63. Neste tipo de maquilhagem, é importantíssimo que tenha bastante atenção na combinação de cores, tendo em' conta a harmonia entre a cor do cabelo, os olhos, a tez e o vestuário. Aplica-se uma maquilhagem protectora, realizando as correcções pertinentes, no entanto tendo o cuidado de não resultarem demasiadamente fortes nas fotos em primeiro plano. É importante que a maquilhagem fique matizada e ausente de brilhos. São mais recomendáveis as maquilhagens rosadas do que aquelas de tom bege, pois estas, fornecem à pele um tom pálido e amarelado. Os tons da maquilhagem de fundo, podem ser acentuados, mas evitando as cores nacaradas, que dariam brilhos incontroláveis. Delinearemos os olhos com lápis khol, as pestanas com bastante máscara e inclusive poderão utilizar-se as postiças, sempre que não sejam exageradamente grandes e tendo muito cuidado na sua colocação. O rouge será acentuado, no entanto, sem brilhos. Nos lábios há que evitar as côres escuras. O brilho deve-se procurar que seja moderado. 63
  • 64. 64
  • 65. É fundamental Todos os produtos de beleza e maquilhagem têm um prazo de validade que deve ser respeitado, a fim de assegurar a eficácia do cosmético e evitar infecções incómodas. Atenção aos rótulos Tal como lê as embalagens do leite ou dos ovos, aprenda a ler os rótulos dos produtos de beleza. A lei dita que qualquer cosmético com prazo de validade inferior a 30 meses deve conter na sua embalagem a seguinte indicação: “utilizar de preferência antes do final de ...”. No caso dos produtos de beleza cuja esperança de vida é superior a 30 meses, a embalagem deve apresentar o símbolo do boião aberto com a indicação de quantos meses é que esse produto pode ser utilizado de forma segura desde o dia da sua abertura. Causa… Porquê um prazo de validade nos cosméticos? A explicação é, no fundo, muito simples: a maquilhagem é um íman para todo e qualquer tipo de bactéria, devido ao seu contacto frequente com os microrganismos que povoam o ar. 65
  • 66. Embora os conservantes que cada cosmético contém são desenvolvidos precisamente para combater bactérias, fungos e até vírus, a sua acção é limitada e daí a existência de um prazo de validade. Finda a sua esperança de vida, os conservantes perdem a sua eficácia e o contacto continuado com o ambiente exterior aumenta os riscos de contaminação da pele, olhos e boca. … e Consequência Para além de perder a sua eficácia – e se não for eficaz nos seus tons, brilhos e embelezamento para o que é que a queremos? – a maquilhagem fora de prazo tem efeitos secundários muito pouco agradáveis: vermelhidão, descamação, inchaço, irritação, dor e sensibilidade na pele e arredores. Ter sempre em atenção à validade dos cremes, batons, blush, rimeis, sombras, gloss e afins, é uma forma de prevenir estes efeitos Tome nota Só porque o seu batom preferido ou o rímel que lhe custou, literalmente, os olhos da cara, ainda vão a meio, não significa que deve continuar a usá-los. Da mesma forma que não come iogurtes fora de prazo, não deve aplicar no rosto produtos cosméticos fora de prazo. 66
  • 67. Prazos de Validade:  Rímel: 3 meses  Base: 6 meses  Corrector: 8 meses  Pó de rosto: 12 meses  Sombras: 12 meses  Gloss e batom: 12 meses  Blush em creme: 12 meses  Lápis de olhos, sobrancelhas e lábios: 12 meses  Verniz: 12 meses  Blush em pó: 24 meses  Pó bronzeador: 24 meses  Creme de olhos: 3 meses  Cremes de rosto hidratantes, de limpeza e desmaquilhantes: 6 meses  Tónicos de rosto: 12 meses  Protector solar: 12 meses  Cosméticos naturais: regra geral, duram muito menos tempo do que os cosméticos tradicionais Sugestão: colar uma pequena etiqueta em cada produto adquirido, com a data de início de uso e prazo de validade do mesmo. 67
  • 68. Dicas para evitar alergia a cosméticos: Os desmaquilhantes e sabonetes para limpeza são os que mais causam reacções alérgicas, mesmo depois de muito tempo utilizando, atenção redobrada. Pincéis, esponjas e aplicadores podem causar irritações se não estiverem limpos devido à presença de fungos e bactérias. O produto venceu? Lixo! Nada de ficar com dó. Evitar sair ao sol quando a pele estiver irritada. Evitar usar produtos que não deixem a pele respirar. Dar preferência a produtos sem fragrância. O perfume, assim como os corantes e os conservantes, são altamente irritantes. Uma maneira simples e rápida de saber se somos alérgicos ou não a determinado produto é fazer o teste de contacto. Uma opção para fugir das alergias são os cosméticos hipoalergénicos, desenvolvidos com o menor número possível de substâncias irritantes, de acção comedogénica (que obstruem os poros), conservantes e aromas sintéticos. A Pharmacosmética procura abolir das suas fórmulas cerca de 100 substâncias já conhecidamente irritantes. 68
  • 69. Principais substâncias causadoras de alergias contidas em perfumes e fragrâncias:  Aldeído cinâmico  Álcool cinâmico  Álcool alfa-amil cinâmico  Geraniol  Eugenol  Isoeugenol  Oak moss absoluto  Hidroxicitronelal 69
  • 70.  Informação Retirada do Manual Prático do CEN  Imagens e informação retirados da Internet 70
  • 71. 71