SlideShare uma empresa Scribd logo
Parabéns!
Agora, você possui um seguro-saúde que oferece amplas
coberturas, além de contar com a qualidade da Bradesco
Saúde, seguradora com atuação exclusiva no seguro-saú-
de médico e hospitalar, integrante do Grupo Bradesco de
Seguros.
A busca permanente da excelência dos padrões de aten-
dimento e dos serviços prestados é o objetivo central que
vem habilitando a Bradesco Saúde a manter-se na lideran-
ça do mercado, fazendo com que a sua marca seja reco-
nhecida como sinônimo de solidez e qualidade.
É muito importante que você conheça seus direitos e saiba
usar corretamente seu seguro-saúde.
Então, leia este Manual atentamente e, sempre que tiver
necessidade, consulte-o.
Em caso de dúvidas referentes ao seguro, ligue para
a Central de Relacionamento com o Cliente, cujo nú-
mero do telefone consta no verso do seu Cartão de
Identi cação, ou acesse o Portal da Bradesco Saúde
(www.bradescosaude.com.br) e consulte o Site do Bene ciário.
Para outros serviços, consulte os demais telefones dispo-
níveis no item Canais de Comunicação da Bradesco Saúde
ou no verso do seu Cartão de Identi cação.
Este Manual contém informações resumidas, sendo válido
para as apólices contratadas a partir de 04/01/1999.
O Seguro Bradesco Saúde SPG Top é regido por condições
gerais próprias, as quais de nem direitos e obrigações, e
cuja versão integral encontra-se em poder da sua empresa.
Índice
Cartão de Identi cação 5
Quem está Coberto? 6
Coberturas 7
Despesas não Cobertas
pelo Seguro-saúde 13
Cobertura Parcial
Temporária (CPT) 17
Carência 18
Coparticipação 20
O que é Rede Referenciada? 20
De nição das Redes 22
Critérios de Seleção
da Rede Referenciada 23
Como utilizar os Serviços da
Rede Referenciada Bradesco Saúde 24
- Consulta Médica 24
- Exames 25
- Atendimento Ambulatorial 25
- Internações 26
- Remoção em Ambulância 27
- Terapias 28
54
Cartão de Identi cação
O Cartão de Identi cação é o seu principal documento quando
você precisar de serviços médico-hospitalares ou demais servi-
ços que guram na sua Lista de Referência.
Cartão de Identi cação:
ele é pessoal e intrans-
ferível. Cada pessoa de
seu grupo familiar que
tiver inscrito na apólice
de seguro-saúde (seus
dependentes) terá um
Cartão Próprio de Iden-
ti cação.
Lista que indica todos os ser-
viços médico-hospitalares e
de exames de apoio diagnós-
tico que estão à sua disposi-
ção, e que você ou qualquer
um de seus dependentes po-
dem usar sem precisar fazer
qualquer desembolso no ato
do atendimento, desde que
seja caracterizada a cobertu-
ra contratual do procedimen-
to realizado.
São as pessoas da famí-
lia do funcionário titular
inscritas na apólice e que
têm direito ao Seguro
Bradesco Saúde SPG Top.
Veja quem são essas pes-
soas na pág. 7.
Atenção Na hora de usar qualquer serviço da Lista de Referência,
é preciso apresentar o Cartão de Identi cação do Bene -
ciário com o documento de identidade.
Como solicitar Auxílio em Caso
de Encerramento de Atividades
de um Pro ssional ou Serviço 30
Prazos para Liberação de Senha 30
Atendimento por Reembolso 31
Prévia de Reembolso 32
Processamento do Reembolso 33
Reanálise do Reembolso 33
Documentos que você precisa
apresentar para solicitar Reembolso 33
Assistência Pessoal 42
Manutenção do Seguro-saúde
após Desligamento da Empresa 51
Informações Importantes 55
Orientações Básicas aos
Bene ciários quanto ao Melhor
Aproveitamento de suas
Consultas Médicas 56
Direitos e Deveres do Bene ciário 57
Canais de Comunicação
da Bradesco Saúde 59
Núcleos de Atendimento
Bradesco Saúde 62
76
Menores sem Documento de Identidade
No caso de menores que ainda não tiraram o documento de iden-
tidade, deve ser apresentado, com o cartão do menor, um docu-
mento de identidade do responsável acompanhante.
Fica assegurada a cobertura prevista neste Manual ao recém-
nascido, lho natural ou adotivo do Bene ciário titular ou de seu
dependente no seguro, durante os primeiros 30 (trinta) dias após
o parto coberto, com a apresentação do cartão do pai ou da mãe,
sendo vedada à seguradora qualquer alegação de Doenças ou
Lesões Preexistentes ou aplicação de Cobertura Parcial Tempo-
rária ou Agravo, nos termos da legislação vigente.
Cuide bem do seu cartão.
Ele é sua garantia de atendimento.
Se houver perda ou extravio de um dos Cartões de Identi cação
de sua família, contate, imediatamente, a sua empresa ou o seu
corretor e solicite a 2ª via. O prazo para entrega é de até 15
(quinze) dias úteis, podendo variar de acordo com a localidade e
a modalidade de entrega utilizada.
Jamais empreste seu Cartão de Identi cação a outra pessoa.
Quem está Coberto?
O Bene ciário titular e seus dependentes incluídos no seguro.
Quem pode ser Bene ciário Titular?
Os empregados, sócios com poderes de gestão, administradores,
diretores estatutários, diretores com vínculo empregatício, traba-
lhadores temporários, estagiários e menores aprendizes da em-
presa Cliente.
Além disso, podem permanecer na condição de Bene ciário titular os
inativos, assim considerados aqueles contributários na forma pre-
vista nos artigos 30 e 31 da Lei nº 9656/98 e suas regulamentações.
Consulte a sua empresa ou a Central de Relacionamento com o
Cliente para obter informações especí cas do seguro contratado.
Quem são os Dependentes?
Você pode identi car, na relação abaixo, quais as pessoas do seu
grupo familiar que têm direito ao Seguro Bradesco Saúde SPG Top:
cônjuge (esposa ou marido) do Bene ciário titular;
companheiro(a) do Bene ciário titular, havendo união estável na
forma da lei, sem eventual concorrência com o cônjuge, salvo
por decisão judicial;
lhos solteiros do Bene ciário titular (naturais, adotivos ou en-
teados) com até 21 (vinte e um) anos de idade ou, se estudantes
universitários, até 24 (vinte e quatro) anos de idade; e
lhos inválidos, assim considerados aqueles elegíveis para efei-
to da Declaração de Imposto de Renda do Bene ciário titular.
Inclusão de Dependentes
Em geral, os novos Bene ciários têm até 30 (trinta) dias, após a
data de admissão, para inclusão de seus dependentes nos planos
disponíveis.
No caso de cônjuges e lhos recém-nascidos, naturais ou ado-
tivos, são 30 (trinta) dias para inclusão nos planos disponíveis, a
contar da data de casamento ou nascimento/adoção.
Consulte a sua empresa para obter informações especí cas do
seguro contratado.
Coberturas
Conheça o que está coberto pelo Seguro Bradesco Saúde SPG Top:
Consultas médicas, em número ilimitado, prestadas por
clínicos ou especialistas legalmente habilitados, em clínicas
básicas e especializadas, e reconhecidos pelo Conselho
Federal de Medicina
98
Cirurgias de urgência/emergência ou eletiva, inclusive
transplantes de todos os tipos. Para mais informações
a respeito da cobertura de transplantes, consulte a sua
empresa ou a Central de Relacionamento com o Cliente
Cirurgia refrativa
Para funcionários e dependentes maiores de 18 (dezoito) anos e
grau estável há, pelo menos, 1 (um) ano, nas seguintes situações:
- Miopia moderada e grave: entre – 5,0 e – 10,0 graus, com ou sem
astigmatismo associado com grau até – 4,0.
- Hipermetropia até grau 6,0, com ou sem astigmatismo associa-
do com grau até 4,0.
Internações hospitalares (sem limite de prazo de internação,
inclusive em UTI)
Internações podem ser eletivas (com dia e hora marcados) ou
de emergência.
O tipo de acomodação pode ser em quarto individual ou enfer-
maria, de acordo com o padrão de seguro contratado.
Na hora de escolher um hospital na Lista de Referência, procure
o que ofereça a mesma opção de acomodação indicada em seu
Cartão de Identi cação.
Haverá direito à cobertura para acomodação e alimentação,
caso fornecidas pelo hospital, para 1 (um) acompanhante de pa-
ciente internado em quarto individual ou enfermaria, desde que
seja criança ou adolescente com menos de 18 (dezoito) anos
ou idoso a partir de 60 (sessenta) anos de idade, bem como
paciente portador de de ciência, conforme indicação do mé-
dico assistente ou cirurgião-dentista assistente, e parturiente,
durante o trabalho de parto, no parto e no pós-parto imediato
(48 horas), salvo por contraindicação do médico assistente, ou,
quando houver indicação, limitada ao previsto no Rol de Pro-
cedimentos e Eventos em Saúde, vigente à época do evento, e
ao custo relativo à paramentação de seu acompanhante. Para
paciente com direito à acomodação em enfermaria, haverá a
cobertura desde que haja disponibilidade de acomodação para
acompanhante.
Atendimento ambulatorial
Atendimento de emergência ou eletivo (com hora marcada), re-
alizado em consultório médico ou pronto-socorro, para fazer
curativos, pequenas cirurgias e procedimentos que não preci-
sam de internação hospitalar.
Alguns atendimentos ambulatoriais necessitam de autorização
prévia da Bradesco Saúde. Para saber quais são, utilize uma das
opções a seguir:
- pergunte ao médico referenciado;
- ligue para a Central de Relacionamento com o Cliente;
- consulte www.bradescosaude.com.br.
Exames
O médico pode solicitar exames para completar o diagnóstico.
Alguns exames necessitam de autorização prévia da Bradesco
Saúde. Para saber quais são, utilize uma das opções a seguir:
- pergunte ao médico referenciado;
- ligue para a Central de Relacionamento com o Cliente;
- consulte www.bradescosaude.com.br.
Fique atento: exames só podem ser realizados com a solicita-
ção do médico.
Terapias
As terapias abaixo relacionadas serão cobertas quando forem
realizadas por indicação médica e necessidade clínica e desde
que sejam previamente autorizadas pela Bradesco Saúde:
- Fisioterapia, realizada por sioterapeuta ou siatra, sendo
decorrente de acidente ou doença, inclusive ocupacional.
1110
- Quimioterapia oncológica ambulatorial.
- Radioterapia, incluindo radiomoldagem, radioimplante e bra-
quiterapia.
- Litotripsia.
- Hemodiálise e diálise peritoneal.
- Hemoterapia e hemodinâmica ambulatoriais.
- Nutrição: limitada a 6 (seis) sessões, que podem ser estendi-
das até 18 (dezoito), desde que sejam preenchidos os critérios
estabelecidos na Diretriz de Utilização e Rol de Procedimen-
tos e Eventos em Saúde, editados pela Agência Nacional de
Saúde Suplementar (ANS), se forem realizadas a cada período
de 12 (doze) meses, contados a partir do início de vigência da
apólice.
- Terapia ocupacional: limitada a 12 (doze) sessões, que podem
ser estendidas até 40 (quarenta), desde que sejam preenchi-
dos os critérios estabelecidos na Diretriz de Utilização e Rol
de Procedimentos e Eventos em Saúde, editados pela Agên-
cia Nacional de Saúde Suplementar (ANS), se forem realizadas
a cada período de 12 (doze) meses, contados a partir do início
de vigência da apólice.
- Fonoaudiologia: limitada a 6 (seis) sessões, que podem ser es-
tendidas até 24 (vinte e quatro), desde que sejam preenchidos
os critérios estabelecidos na Diretriz de Utilização e Rol de
Procedimentos e Eventos em Saúde, editados pela Agência
Nacional de Saúde Suplementar (ANS), se forem realizadas a
cada período de 12 (doze) meses, contados a partir do início
de vigência da apólice.
- Psicologia: limitada a 12 (doze) sessões nos casos de psico-
terapia, que podem ser estendidas até 40 (quarenta) nos de-
mais atendimentos, desde que sejam preenchidos os critérios
estabelecidos na Diretriz de Utilização e Rol de Procedimen-
tos e Eventos em Saúde, editados pela Agência Nacional de
Saúde Suplementar (ANS), se forem realizadas a cada período
de 12 (doze) meses, contados a partir do início de vigência da
apólice.
- Procedimentos de reeducação e reabilitação física, listados
no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, editado pela
Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
- Demais terapias integrantes do Rol de Procedimentos e Even-
tos em Saúde, editado pela Agência Nacional de Saúde Suple-
mentar (ANS) e vigente à época do evento.
Psiquiatria
No tratamento de transtornos psiquiátricos, a cobertura ambu-
latorial sem internação garantirá ao Bene ciário:
- Atendimento de emergência em situações que impliquem ris-
co de vida ou lesão irreparável a ele ou a terceiros, incluídas as
lesões autoin igidas;
- Tratamento básico, assim entendido aquele prestado pelo
médico assistente ou sob sua orientação, com número ilimita-
do de consultas, cobertura de serviços de apoio diagnóstico e
outros procedimentos ambulatoriais;
- Atendimentos clínicos ambulatoriais decorrentes de transtor-
nos psiquiátricos, inclusive os procedimentos médicos neces-
sários ao atendimento de lesões autoin igidas.
A cobertura hospitalar psiquiátrica garantirá ao Bene ciário, por
ano de vigência do seguro:
a) 30 (trinta) dias de internação em hospital psiquiátrico em uni-
dade de terapia ou em enfermaria psiquiátrica em hospital
geral, no caso de Bene ciário portador de transtornos psiqui-
átricos em situação de crise;
b) 30 (trinta) dias de internação em hospital geral, para Bene -
ciário portador de transtornos psiquiátricos que apresente
quadro de intoxicação ou abstinência provocado por alcoo-
lismo ou outras formas de dependência química, por isso ne-
cessitando de hospitalização.
Haverá coparticipação do Bene ciário, na forma de percentual,
sobre o valor das despesas médicas e hospitalares ocorridas a
1312
partir do primeiro dia que ultrapassar os prazos de nidos ante-
riormente, dentro de um mesmo período anual de vigência do
seguro.
Somente em Psiquiatria, o percentual de coparticipação equiva-
lerá ao máximo admitido por norma editada pela Agência Nacio-
nal de Saúde Suplementar (ANS) que estiver vigente à época da
contratação do seguro, e, na ausência do percentual máximo, a
participação será de 50% (cinquenta por cento).
O Bene ciário dispõe de dias ilimitados para tratamento em re-
gime de hospital-dia, de acordo com as Diretrizes de Utilização
de nidas pela ANS.
Terão cobertura os atendimentos com internação clínica ou ci-
rúrgica decorrentes de transtornos psiquiátricos, inclusive os
procedimentos médicos necessários ao atendimento de lesões
autoin igidas.
Remoção em ambulância
O Bene ciário tem cobertura para remoção em ambulância, por
via terrestre, para outro estabelecimento hospitalar dentro dos
limites de abrangência geográ ca previstos no seguro contra-
tado, em território brasileiro, quando for solicitada e justi cada
pelo médico assistente.
Planejamento familiar
Prevê cobertura para os seguintes procedimentos:
- Laqueadura Tubária e Vasectomia: realizadas de acordo com
as diretrizes do Ministério da Saúde (Lei nº 9263/96);
- Dispositivo Intrauterino (DIU): direito não apenas à colocação,
mas também à cobertura do DIU. A Bradesco Saúde cobrirá
também a retirada.
Remissão por falecimento do Bene ciário titular
Garante, em caso de falecimento do Bene ciário titular, a conti-
nuidade de cobertura dos seus dependentes pelo período pre-
visto no contrato de seguro, sem a necessidade de pagamento
de mensalidade.
As condições necessárias são que o falecimento tenha decor-
rido de evento passível de cobertura, que o contrato de seguro
esteja ativo durante o período de remissão, que a cobertura não
esteja suspensa por motivo de atraso no pagamento de alguma
mensalidade e que o vínculo empregatício com a empresa es-
teja mantido na data do falecimento e possa ser comprovado.
Não terão direito à cobertura de remissão os dependentes inclu-
ídos na apólice nos 12 (doze) meses anteriores ao falecimento
do Bene ciário titular, a não ser que a morte tenha decorrido de
acidente pessoal. Exceção será feita ao(à) lho(a) do titular que
tiver nascido ou sido efetivamente adotado(a) nesses 12 (doze)
meses ou após a data de seu óbito e ao cônjuge comprovada-
mente elegível nesse período e incluído no seguro no prazo má-
ximo de 30 (trinta) dias contados do casamento/união estável.
Atenção O benefício da remissão não implicará dispensa dos pra-
zos de carência que estejam sendo cumpridos pelos Be-
ne ciários.
Veri que, com a sua empresa ou com a Central de Rela-
cionamento com o Cliente, o direito a esse benefício e
suas particularidades.
Despesas não Cobertas pelo Seguro-saúde
Estão expressamente excluídas da cobertura desse seguro as
despesas médico-hospitalares não previstas nas Condições Ge-
rais de sua apólice e no Rol de Procedimentos e Eventos em Saú-
de, editado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e
1514
vigente à época da ocorrência do evento, bem como nas Diretri-
zes de Utilização da ANS, decorrentes de ou realizadas com:
Tratamento clínico ou cirúrgico experimental, conforme de ni-
do pela ANS e demais órgãos competentes.
Consultas domiciliares.
Assistência domiciliar, internação domiciliar ou qualquer outra
assistência realizada por pro ssional de saúde em ambiente
domiciliar (home care).
Procedimentos clínicos ou cirúrgicos para ns estéticos, exceto:
a) a dermolipectomia abdominal em consequência de trata-
mento clínico para obesidade mórbida ou após a cirurgia de
redução do estômago;
b) a cirurgia plástica reconstrutiva de mama, utilizando-se de
todos os meios e técnicas necessárias para correção decor-
rente do tratamento cirúrgico do câncer de mama.
Inseminação arti cial, entendida como técnica de reprodu-
ção assistida que inclui a manipulação de oócitos e esperma
para alcançar a fertilização, por meio de injeções de esperma
intracitoplasmáticas, transferência intrafalopiana de gameta,
doação de oócitos, indução da ovulação, concepção póstuma,
recuperação espermática ou transferência intratubária do zi-
goto, entre outras técnicas.
Tratamento de rejuvenescimento ou de redução de peso em
clínica de emagrecimento, spas, clínica de repouso e estâncias
hidrominerais.
Tratamento esclerosante de varizes.
Tratamento ou acolhimento de idosos ou portadores de neces-
sidades especiais em clínica de repouso, estâncias hidromine-
rais e clínicas, bem como internações em ambiente hospitalar
que não sejam decorrentes de indicação médica.
Medicamentos importados não nacionalizados.
Exames de genética realizados fora do território nacional, in-
dependente da coleta do material realizada no Brasil.
Vacinas e medicações orais de qualquer natureza administra-
das em ambiente domiciliar ou no atendimento ambulatorial.
Medicamentos e materiais cirúrgicos cuja e cácia tenha sido
reprovada pela Comissão de Incorporação de Tecnologias do
Ministério da Saúde – CITEC.
Curativo simples, exceto se realizado durante a internação
hospitalar ou, em nível ambulatorial, se houver prescrição mé-
dica para a sua realização por pro ssional habilitado.
Tratamentos ilícitos ou antiéticos, assim de nidos sob o as-
pecto médico, bem como exames e medicamentos não reco-
nhecidos pelos órgãos governamentais competentes nem por
sociedades médico-cientí cas brasileiras.
Qualquer atendimento prestado por pro ssional de saúde não
habilitado para a sua realização.
Casos de cataclismos, guerras e comoções internas, quando
forem declarados pela autoridade competente.
Procedimentos odontológicos, ainda que decorrentes de aci-
dente pessoal, exceto cirurgias bucomaxilofaciais listadas no
Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, editado pela Agên-
cia Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que necessitem de
ambiente hospitalar, além dos honorários do cirurgião-dentista
e o custo dos materiais odontológicos.
Sessão/consulta de fonoaudiologia, terapia ocupacional, psi-
cologia e nutrição excedente ao limite estabelecido na Diretriz
de Utilização e no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde,
editados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).
Enfermagem em caráter particular, seja em hospital ou em resi-
dência, mesmo que as condições do paciente exijam cuidados
especiais ou extraordinários.
Órteses ou próteses não implantadas cirurgicamente (ex-
ternas) ou que possuam nalidade estética e que não visem
restaurar função parcial ou total de órgão ou parte do corpo
humano lesionada por enfermidade, traumatismo ou anomalia
congênita, assim entendidas como:
1716
a) prótese, qualquer material permanente ou transitório que
substitua, total ou parcialmente, um membro, órgão ou te-
cido; e
b) órtese, qualquer material permanente ou transitório que au-
xilie as funções de um membro, órgão ou tecido.
Procedimentos relacionados com a manutenção de Programa
de Controle Médico de Saúde Ocupacional, com a realização
de exames admissionais, periódicos, de retorno ao trabalho, de
mudança de função e demissionais, conforme Norma Regula-
mentadora nº 7 do Ministério do Trabalho.
Check-up, entendido como a solicitação e realização de exa-
mes na ausência de sintomas ou doença.
Cirurgia refrativa em condições diferentes das estabelecidas,
inclusive quanto ao grau, pela Agência Nacional de Saúde Su-
plementar (ANS), por meio do Rol de Procedimentos e Even-
tos em Saúde e da respectiva Diretriz de Utilização, vigentes à
época da ocorrência do evento.
Internações, exames e terapias não prescritos ou não solicita-
dos pelo médico assistente.
Remoção aérea ou marítima.
Despesas com a internação após a alta hospitalar concedida
pelo médico assistente.
Quaisquer despesas não relacionadas com o atendimento, tais
como serviços telefônicos, frigobar, TV etc.
Equipamentos e aparelhos para utilização após a alta conce-
dida pelo médico assistente, mesmo que relacionados com o
atendimento médico-hospitalar e/ou necessários à continui-
dade do tratamento do Bene ciário.
Despesas com acompanhante de pacientes, exceto as previs-
tas no item Coberturas deste Manual.
Outros procedimentos não constantes expressamente nas
Condições Gerais, na cláusula de Cobertura do Seguro, nas Di-
retrizes de Utilização e no Rol de Procedimentos e Eventos em
Saúde, previstos na regulamentação da Agência Nacional de
Saúde Suplementar (ANS) e vigentes à época do evento.
Atenção Alguns itens não contemplados na cobertura do seu se-
guro-saúde estão sujeitos à cobrança direta por parte do
prestador de serviço.
Cobertura Parcial Temporária (CPT)
Considera-se Cobertura Parcial Temporária (CPT) o período de 24
(vinte e quatro) meses, contados a partir da inclusão do Bene ci-
ário na apólice, no qual o mesmo, quando portador e sabedor de
doença e lesão preexistentes, não poderá fazer uso da cobertura
de Procedimentos de Alta Complexidade (PAC), de internação em
leitos de alta tecnologia e de eventos cirúrgicos, desde que sejam
relacionados a doenças ou lesões preexistentes declaradas pelo
Bene ciário ou por seu representante legal, bem como constar do
Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, editado pela Agência
Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e suas atualizações.
Sendo constatada a existência de doença ou lesão preexistentes
que possa gerar a necessidade de eventos cirúrgicos, de uso de
leitos de alta tecnologia e de Procedimentos de Alta Complexida-
de (PAC), a Bradesco Saúde aplicará a Cobertura Parcial Temporá-
ria (CPT).
As condições estabelecidas acima se aplicam, exclusivamen-
te, aos Bene ciários que se enquadrem em uma das situações
adiante:
Bene ciários que ingressem em apólices cujo número de vidas
seja inferior a 30 (trinta), considerando a data do seu ingresso;
Bene ciários cuja solicitação de inclusão seja feita à segura-
dora após 30 (trinta) dias do início de vigência da apólice, para
1918
aqueles que já pertenciam ao Grupo Segurável na época de con-
tratação do seguro; e
Bene ciários cuja solicitação de inclusão seja feita à segurado-
ra após 30 (trinta) dias de sua elegibilidade, para aqueles que
ingressem no Grupo Segurável após a data do início da apólice.
Atenção Caso a seguradora identi que, durante a vigência do
seguro, possível omissão de informações, por parte do
Bene ciário ou de seu representante legal, relativa a do-
enças ou lesões preexistentes que saiba ser portador à
época da contratação, deverá comunicá-lo, imediatamen-
te, mediante envio de Termo de Comunicação ao Bene ci-
ário, e poderá, a seu critério:
Oferecer a Cobertura Parcial Temporária (CPT) na forma de nida
nas Condições Gerais e nas informações constantes na Carta de
OrientaçãoaoBene ciário(anexaàDocumentaçãodeInclusão);ou
Solicitar a abertura de processo administrativo junto à ANS em
razão dessa omissão. Se houver deferimento por parte desse
órgão, após julgamento do referido processo, serão permitidos
à seguradora o cancelamento do grupo familiar e a cobrança ao
Bene ciário ou ao seu representante legal pelos custos havidos
em decorrência da realização de procedimento(s) relativo(s) à
doença ou lesão não declarada oportunamente.
Em alguns casos, poderá haver a isenção da CPT. Consulte a sua
empresa ou a Central de Relacionamento com o Cliente para sa-
ber mais detalhes sobre essa condição.
Carência
Entende-se por carência o tempo, corrido e ininterrupto, contado
a partir da data de ingresso do Bene ciário na apólice, durante
o qual esse não poderá usufruir das coberturas garantidas pelo
seguro até que sejam cumpridos os prazos previstos em contrato.
As coberturas garantidas ao Bene ciário titular e aos seus de-
pendentes por esse seguro somente terão efeito após serem
cumpridos os períodos de carência, contados a partir da data de
seu ingresso na apólice.
Os períodos de carência estão diretamente relacionados à quan-
tidade de vidas seguradas da empresa Cliente. Portanto, procure
a sua empresa para obter mais informações.
Estão isentos do cumprimento dos prazos de carência os Bene -
ciários que ingressarem no seguro, cujo número de vidas segura-
das seja igual ou superior a 30 (trinta), considerando a data do seu
ingresso, desde que:
O pedido de inclusão seja feito à seguradora em até 30 (trinta)
dias da data do início de vigência da apólice, para os Bene ciá-
rios que já pertenciam ao Grupo Segurável na época da contra-
tação do seguro; ou
O pedido de inclusão seja feito à seguradora em até 30 (trinta)
dias a contar de sua elegibilidade, para aqueles que ingressem
no Grupo Segurável após a data do início da apólice.
Além disso, cam garantidas as seguintes situações:
- a inclusão do recém-nascido, lho natural ou adotivo do Bene-
ciário, desde que se enquadre na condição de dependente,
isento do cumprimento dos períodos de carência, desde que a
inclusão na apólice ocorra no prazo máximo de 30 (trinta) dias
do nascimento ou da adoção;
- a inclusão na apólice de lho adotivo do Bene ciário titular,
menor de 12 (doze) anos de idade, aproveitando os períodos
de carência já cumpridos pelo Bene ciário adotante; e
- a inclusão de inativos, assim considerados aqueles contribu-
tários na forma prevista nos artigos 30 e 31 da Lei nº 9656/98
e suas regulamentações.
2120
Coparticipação
O percentual de coparticipação será descontado do Bene ciário
titular todas as vezes que ele e/ou seus dependentes utilizarem
atendimentos ambulatoriais (consultas e exames simples), tor-
nando mais equilibradas as utilizações por grupo familiar.
Caso haja coparticipação em internação, essa será cobrada em
valor por evento. Para internação, não haverá coparticipação em
percentual, exceto nos casos de saúde mental, conforme previsto
no item Psiquiatria.
Informe-se, com a sua empresa ou com a Central de Relaciona-
mento com o Cliente, sobre as condições de coparticipação ado-
tadas, caso tenha havido opção pela mesma.
O que é Rede Referenciada?
São todos os prestadores de serviços médico-hospitalares, am-
bulatoriais e de exames de apoio diagnóstico constantes na Lista
de Referência do plano contratado, e que você e seus dependen-
tes podem utilizar apresentando apenas o Cartão de Identi ca-
ção e o documento de identidade (não é preciso fazer qualquer
desembolso no ato do atendimento, desde que seja caracterizada
a cobertura contratual do procedimento realizado).
O Seguro Bradesco Saúde SPG Top possui as seguintes redes re-
ferenciadas:
Rede Referenciada Per l;
Rede Referenciada Preferencial Plus;
Rede Referenciada Nacional Flex;
Rede Referenciada Nacional;
Rede Referenciada Nacional Plus.
Veja como identi car, no seu Cartão, qual é a sua rede
referenciada, o tipo de acomodação, o padrão de seguro
e, sempre que zerem parte desse, a cobertura de
Assistência Pessoal e Dental.
Este cam-
po de ne o
padrão de
seguro: Top.
Este cam-
po de ne a
abrangência
da rede de
atendimento:
Per l, Prefe-
rencial Plus,
Nacional Flex,
Nacional ou
Nacional Plus.
Este campo
de ne o tipo
de acomoda-
ção: Quarto ou
Enfermaria.
Se a empre-
sa contra-
tou, além de
assistência
médica, a
assistência
odontológi-
ca e existe
apenas um
cartão para
ambas as
coberturas.
Este campo
só estará
preenchido
quando o
plano con-
tratado
prever a
Assistência
Pessoal.
Atenção Na utilização da rede referenciada, o Bene ciário deverá
recorrer aos prestadores de serviços indicados na Lista
de Referência especí ca do seu plano.
2322
De nição das Redes
Rede Referenciada Per l
É formada por um conjunto de médicos, hospitais, laboratórios,
clínicas e prontos-socorros cujos serviços são pagos diretamen-
te pela seguradora, por conta e ordem do Bene ciário, desde que
seja caracterizada a cobertura contratual para o evento pretendi-
do e/ou realizado. A utilização de pro ssionais e estabelecimen-
tos, na Rede Referenciada Per l, deverá ser realizada nos muni-
cípios que compõem a região contratada, dentro dos limites da
apólice. Também será observada a composição dos municípios da
região contratada no caso de reembolso de despesas realizadas
em sistema de livre escolha.
Conheça, abaixo, as áreas de atuação da Rede Per l:
Áreas de Atuação Municípios que compõem cada Região
Belo Horizonte Belo Horizonte, Betim, Contagem e Nova Lima.
Blumenau Blumenau e Brusque.
Campinas
Americana, Campinas, Campo Limpo Paulista, Cosmópolis,
Hortolândia, Itatiba, Itupeva, Jundiaí, Louveira, Paulínia, São
Bernardo do Campo, São Sebastião, Sumaré, Valinhos e
Vinhedo.
Curitiba
Campo Largo, Colombo, Curitiba, Pinhais e
São José dos Pinhais.
Porto Alegre Canoas, Gravataí, Novo Hamburgo e Porto Alegre.
Recife
Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, Olinda,
Paulista e Recife.
Rio de Janeiro
Duque de Caxias, Magé, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Rio
de Janeiro, São Gonçalo e São João de Meriti.
Salvador
Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Lauro de Freitas, Salvador
e Simões Filho.
São Paulo
Americana, Arujá, Barueri, Bertioga, Caieiras, Campinas,
Campo Limpo Paulista, Carapicuíba, Cosmópolis, Cubatão,
Diadema, Franco da Rocha, Ferraz de Vasconcelos, Guarujá,
Guarulhos, Hortolândia, Itapevi, Itaquaquecetuba, Itatiba,
Itupeva, Jundiaí, Louveira, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco,
Paulínia, Poá, Praia Grande, Ribeirão Pires, Santa Isabel,
Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano
do Sul, São Paulo, São Vicente, Sumaré, Suzano, Taboão da
Serra, Valinhos e Vinhedo.
Na Rede Per l, não haverá reembolso das despesas efetuadas
fora dos municípios que compõem a região contratada.
Rede Referenciada Preferencial Plus
A utilização de pro ssionais e estabelecimentos da Rede Preferen-
cial Plus será permitida em qualquer região onde exista essa rede,
nos casos de urgência e emergência ou de atendimento eletivo.
Para utilizar qualquer outro serviço coberto pelo seguro fora da
Rede Preferencial Plus, é necessário pagar pelo serviço prestado
e solicitar o reembolso, o qual será feito de acordo com os limites
estabelecidos pelo seu seguro.
Rede Referenciada Nacional Flex
O Bradesco Saúde Nacional Flex oferece cobertura completa em
todos os estados brasileiros, com uma rede referenciada bem
dimensionada, composta por prestadores de diversas especiali-
dades, em consultórios médicos, clínicas, laboratórios, prontos-
socorros e hospitais.
Rede Referenciada Nacional
A utilização de pro ssionais e estabelecimentos dessa rede po-
derá ser realizada em âmbito nacional.
Rede Referenciada Nacional Plus
Além da utilização da Rede Referenciada Nacional, a Rede Plus
oferece ao Bene ciário outros prestadores de serviços médico-
hospitalares no Brasil.
Critérios de Seleção da Rede Referenciada
Para a composição da rede referenciada, a Bradesco Saúde pro-
cura levar, em consideração, a qualidade dos serviços prestados
2524
por hospitais, clínicas ou serviços diagnósticos, a formação pro-
ssional dos médicos e a avaliação das instalações físicas e geo-
grá cas, buscando sempre manter a excelência dos serviços.
A inclusão dos pro ssionais na rede referenciada estará sujeita à
concordância do prestador e à análise e aceitação da Bradesco
Saúde.
Como utilizar os Serviços da Rede
Referenciada Bradesco Saúde
Consulta Médica
Consulte a Lista de Referência e escolha o médico da especiali-
dade que necessita.
Ligue e marque a consulta.
Compareça ao consultório médico no horário marcado, levando
o seu Cartão de Identi cação e o seu documento de identidade.
O prestador de serviço preencherá a Guia de Consulta.
Caso o médico identi que a necessidade de realizar algum pro-
cedimento além da consulta, o prestador de serviço preencherá
a Guia de Serviço Pro ssional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e
Terapia (SP/SADT). Esse comprovante de serviço terá a função
de efetivar o pagamento de alguns exames realizados no pró-
prio consultório, tais como eletrocardiogramas, ultrassonogra-
a, exames de vista, entre outros.
Nunca assine a Guia de Consulta ou a Guia de Serviço Pro s-
sional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT) em
branco.
Atenção Se ocorrer um imprevisto que o impossibilite de ir ao mé-
dico no dia marcado, ligue, com antecedência de 24 (vinte
e quatro) horas, para desmarcar a consulta.
Havendo necessidade de exames complementares que
não possam ser avaliados na mesma consulta, o ato mé-
dico terá continuidade para sua nalização, com tempo
determinado a critério do médico. Nesse caso, não deven-
do gerar cobrança de honorários.
Exames
Escolha, na Lista de Referência, um estabelecimento para rea-
lizar os exames solicitados (se necessário, peça uma indicação
para o médico).
Ligue para o estabelecimento onde vai ser realizado o exame
para saber se é preciso marcar hora e se há procedimentos que
devem ser realizados antes do exame (por exemplo: fazer jejum,
colher a primeira urina do dia etc.).
No local do exame, apresente a solicitação feita pelo médico, o
seu Cartão de Identi cação e o seu documento de identidade.
O prestador de serviço preencherá a Guia de Serviço Pro ssio-
nal/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT), a qual
não deverá ser assinada se estiver em branco.
No caso de exames que necessitam de autorização prévia, o
referenciado entrará em contato com a Bradesco Saúde e soli-
citará a senha para realizar o procedimento.
Atendimento Ambulatorial
Escolha, na Lista de Referência, um consultório ou, no item pron-
tos-socorros, uma clínica ou hospital.
2726
Apresente, no local, o seu Cartão de Identi cação e o seu docu-
mento de identidade.
O prestador de serviço preencherá a Guia de Serviço Pro ssional/
Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT), a qual não
deverá ser assinada se estiver em branco.
No caso de atendimento ambulatorial que necessite de autoriza-
ção prévia, o referenciado entrará em contato com a Bradesco
Saúde e solicitará a senha para realizar o procedimento.
Internações
Se o médico que está realizando um atendimento no consultório
ou pronto-socorro diagnosticar a necessidade de uma interna-
ção de emergência ou eletiva (cirurgia ou tratamento), escolha
um hospital, na Lista de Referência, que tenha o tipo de acomo-
dação que está marcado em seu Cartão de Identi cação: Enfer-
maria ou Quarto.
No ato da internação, apresente o seu Cartão de Identi cação e
o seu documento de identidade.
O pedido de internação pode ser entregue ao hospital pelo mé-
dico ou Bene ciário e precisa estar carimbado e assinado.
Nas internações de emergência, o hospital deve solicitar a auto-
rização de internação (senha) à Bradesco Saúde imediatamen-
te. Nas eletivas, a solicitação deve ser feita com, no mínimo, 5
(cinco) dias úteis de antecedência para a internação.
Se houver a utilização de materiais especiais, as senhas deve-
rão ser solicitadas com, no mínimo, 15 (quinze) dias úteis de an-
tecedência da data prevista para o procedimento cirúrgico.
A liberação de internação da Bradesco Saúde é feita por um
período necessário para o tratamento. Poderá haver uma pror-
rogação desse período, desde que seja solicitada pelo médico
assistente antes do término do primeiro prazo e com a devida
justi cativa.
No caso de haver indicação para internação cirúrgica eletiva, a
seguradora poderá solicitar ao Bene ciário que compareça a um
dos Centros de Referência da Bradesco Saúde para avaliação
quanto às condições de sua realização. A autorização (senha)
para internação clínica ou cirúrgica eletiva deverá ser solicitada
à seguradora com a antecedência acordada com o estabeleci-
mento hospitalar, se o Bene ciário optar pelo atendimento na
rede referenciada.
Atenção Con rme, previamente com o hospital, se a internação foi
autorizada pela Bradesco Saúde.
Veri que, com o médico, se toda a equipe que vai parti-
cipar do atendimento ou cirurgia faz parte da Lista de
Referência para que não tenha que ser feito qualquer de-
sembolso na hora da alta.
Caso algum médico da equipe cirúrgica ou de tratamento
não pertença à Lista de Referência, você terá que pagá-lo
e depois solicitar o reembolso, o qual será feito de acordo
com os limites estabelecidos pelo seu seguro.
Remoção em Ambulância
Escolha, na Lista de Referência, a empresa prestadora de ser-
viço de remoção mais próxima que tenha condições de prestar
atendimento.
Apresente o seu Cartão de Identi cação e o seu documento de
identidade.
O prestador de serviço preencherá a Guia de Serviço Pro ssio-
nal/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT), a qual
não deverá ser assinada se estiver em branco.
2928
Terapias
Com a solicitação do médico em mãos, ligue e marque hora para
o tratamento.
Compareça ao local onde será realizada a terapia com o seu
Cartão de Identi cação e o seu documento de identidade.
O prestador de serviço preencherá a Guia de Serviço Pro ssio-
nal/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT), a qual
não deverá ser assinada se estiver em branco.
O referenciado solicitará a autorização (senha) à Bradesco Saú-
de para realizar a terapia.
Conheça os formulários utilizados para realização de
consultas, exames, terapias, atendimento ambulatorial
e remoção em ambulância.
Guia de Consulta
Guia de Serviço Pro ssional/Serviço Auxiliar de
Diagnóstico e Terapia (SP/SADT)
3130
Como solicitar Auxílio em Caso de
Encerramento de Atividades de um Pro ssional
ou Serviço
Em caso de encerramento de atividades de um pro ssional ou
serviço médico-hospitalar referenciado, o Bene ciário poderá
obter auxílio por meio da Lista de Referência ou pelo Portal da
Bradesco Saúde (www.bradescosaude.com.br), na área exclusiva
para o Bene ciário, ou, ainda, entrar em contato com a Central de
Relacionamento com o Cliente, cujo número do telefone consta no
verso do seu Cartão de Identi cação, que o auxiliará a encontrar
outro prestador.
Prazos para Liberação de Senha
O prazo para emissão de senha (autorização prévia) dependerá
do tipo de procedimento a ser realizado e somente começará a
contar a partir do fornecimento de todas as informações neces-
sárias.
Conheça abaixo os prazos:
Internação de Urgência
Liberação imediata, desde
que não haja necessidade de
relatório médico
Radioterapia 3 (três) dias úteis
Oncologia 5 (cinco) dias úteis
Transplante 5 (cinco) dias úteis
Internação Eletiva/Cirurgia sem
Material Especial
5 (cinco) dias úteis
Obesidade Mórbida 10 (dez) dias úteis
Cirurgia com Material Especial 15 (quinze) dias úteis
Atendimento por Reembolso
Você pode utilizar qualquer serviço que esteja coberto pelo seguro-
saúde com um prestador de sua livre escolha que não faça parte da
sua Lista de Referência, desde que sejam respeitadas a abrangên-
cia geográ ca e a área de atuação do produto contratado.
O reembolso aos Bene ciários pertencentes a produtos com
Rede Referenciada Per l e Preferencial Plus só será efetuado para
as despesas relativas à cobertura assistencial médica, ambulato-
rial e hospitalar, exclusivamente nos municípios que compõem a
região do produto contratado por sua empresa.
No caso de optar por serviço médico-hospitalar não referenciado,
você escolhe um prestador de seu interesse, paga pelo serviço
utilizado, solicita a documentação necessária referente ao servi-
ço utilizado e a apresenta à Bradesco Saúde para reembolso, o
qual será feito de acordo com os limites estabelecidos pelo seu
seguro.
Para isso, basta que você procure um dos Núcleos de Atendimen-
to Bradesco Saúde (veja os endereços na pág. 62) e preencha uma
Solicitação de Reembolso, anexando os documentos necessários.
O valor do reembolso apresentado será de acordo com os limites
previstos na apólice. Eventuais diferenças serão de sua respon-
sabilidade.
Antes de solicitar o reembolso, tire cópia dos recibos para sua De-
claração de Imposto de Renda.
Atenção O valor do reembolso é limitado à quantidade de CRS da
Tabela Bradesco Saúde, multiplicada pelo seu valor na
data do evento e pelo múltiplo de reembolso correspon-
dente ao padrão de seguro em que você e seus depen-
dentes estão incluídos.
3332
O múltiplo de reembolso indica até quantas vezes o seu
padrão de seguro reembolsa o valor do serviço médico-
hospitalar mencionado na Tabela Bradesco Saúde.
Essas informações podem ser consultadas no Portal da
Bradesco Saúde (www.bradescosaude.com.br), na área
exclusiva do Bene ciário, acessando a opção “Valor da
US/URS/CRS e Múltiplos de Reembolso” ou, ainda, pela
Central de Relacionamento com o Cliente, cujo número do
telefone consta no verso do seu Cartão de Identi cação.
Prévia de Reembolso
Para conhecer os valores de reembolso a que você tem direito na
utilização de um determinado serviço coberto pelo seguro-saúde,
ligue para a Central de Relacionamento com o Cliente, cujo núme-
ro do telefone consta no verso do seu Cartão de Identi cação, e
forneça o nome técnico do procedimento ou cirurgia a ser realiza-
da e a data.
O prazo para cálculo do valor de reembolso é de aproximadamen-
te 5 (cinco) dias úteis, desde que todas as informações necessá-
rias sejam fornecidas.
Atenção Os valores fornecidos por telefone estão sujeitos a alte-
rações quando da análise técnica dos documentos, pois
é com base neles que a seguradora veri ca o tratamento
efetivamente realizado.
Processamento do Reembolso
A Bradesco Saúde fará a análise técnica e o processamento do re-
embolso, conforme as coberturas e limites contratuais do seguro.
O prazo para pagamento é de 30 (trinta) dias, inclusive nos casos
de urgência e emergência, contados a partir do recebimento pela
seguradora de toda a documentação relacionada no item Docu-
mentos que você precisa apresentar para solicitar Reembolso, de
acordo com o procedimento realizado.
O crédito do valor a ser reembolsado será efetuado diretamente
na conta-corrente do Bene ciário titular. Para que o reembolso seja
efetuado com segurança, é importante que os dados de sua conta-
corrente estejam sempre atualizados junto à sua empresa.
Reanálise do Reembolso
Em caso de discordância quanto ao reembolso, o Bene ciário po-
derá solicitar a reanálise no prazo máximo de 12 (doze) meses, a
contar da data de resposta da seguradora. Essa solicitação deve-
rá ser feita por escrito e enviada à Bradesco Saúde, por intermé-
dio de um Núcleo de Atendimento Bradesco Saúde, ou por meio
da Central de Relacionamento com o Cliente, cujo número do tele-
fone consta no verso do seu Cartão de Identi cação.
Documentos que você precisa apresentar para
solicitar Reembolso
O Bene ciário deverá observar o prazo máximo de 1 (um) ano, a
partir da data de ocorrência do evento, para apresentação dos
pedidos de reembolso.
3534
Para o efetivo reembolso, o Bene ciário deverá apresentar for-
mulário especí co, devidamente preenchido com seus dados ca-
dastrais, acompanhado da documentação completa, relacionada
adiante:
Consulta Médica
Para a solicitação de reembolso das consultas médicas realiza-
das em prestadores não integrantes da rede referenciada do pro-
duto contratado, o Bene ciário deverá apresentar os seguintes
documentos:
a) Consulta realizada em consultório médico: Recibo, original e
quitado, emitido pelo médico, no qual devem constar: nome do
paciente, descrição e data do atendimento, valor pago e dados
do médico (nome, CRM, CPF, endereço, telefone, especialidade,
assinatura e carimbo).
b) Consulta realizada em clínica ou hospital: Nota Fiscal, original
e quitada, emitida pelo hospital ou clínica, contendo: razão so-
cial e CNPJ do estabelecimento, nome do paciente, descrição e
data do atendimento, valor pago, especialidade e carimbo do
médico.
Exames
Nos casos em que o Bene ciário realizar exames clínicos ou de
imagem em prestador não integrante da rede referenciada do
produto contratado, ele deverá solicitar o reembolso mediante a
apresentação de:
a) Pedido médico, datado, assinado e carimbado, no qual devem
constar: nome do paciente, nome técnico de cada exame re-
alizado, sem siglas ou códigos, bem como a correspondente
metodologia, caso exista mais de um método diagnóstico
disponível, e justi cativa para a respectiva solicitação.
b) Nota Fiscal ou recibo, original e quitado, emitido pelo presta-
dor que realizou o exame, contendo: nome do paciente, data
do atendimento, valor pago, nome de cada exame realizado
com seu valor unitário, razão social e CNPJ do estabeleci-
mento.
b.1) No caso de apresentação de recibo de pessoa física,
adicionalmente, deverão ser informados CPF, endereço e
telefone do pro ssional que realizou o exame.
Quando forem realizados exames de imagem (Raio-X, Tomogra-
a Computadorizada, Ressonância Magnética etc.), na documen-
tação apresentada para reembolso, deverão constar também a
região examinada e, se for o caso, a descrição dos materiais e
medicamentos, com seus valores unitários discriminados.
Nos casos de realização de exames genéticos, adicionalmente,
deverão ser enviados:
a) Relatório médico acompanhado da justi cativa relacionada à
conduta terapêutica, quadro clínico, histórico familiar, laudo dos
exames realizados para o diagnóstico da doença, indicação de
um geneticista clínico e a metodologia utilizada, se forem reali-
zados em território nacional.
Procedimentos Ambulatoriais
Quando da realização de cirurgias de pequeno porte ou atendi-
mentos em prontos-socorros, em prestadores não integrantes da
rede referenciada do produto contratado, o Bene ciário deverá
apresentar:
a) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, no qual devem
constar: nome do paciente, diagnóstico e tratamento realiza-
do. Nos casos de pequenas cirurgias, deverá ser apresentada
a correspondente indicação clínica, contendo a descrição de-
talhada das lesões e os procedimentos realizados para cada
uma delas e os resultados dos principais exames pré e pós-
operatórios;
b) Laudo anatomopatológico, se houver;
c) Boletim operatório, se houver; e
3736
d) Recibo, original e quitado, contendo: nome do paciente, des-
crição e data do atendimento, valor pago e dados do médico
(nome, CRM, CPF, endereço, telefone, especialidade, assinatura
e carimbo); ou
e) Nota Fiscal, original e quitada, contendo: nome do paciente,
descrição e data do atendimento, valor pago, razão social e
CNPJ do estabelecimento.
Caso o procedimento realizado seja a Vasectomia/Laqueadura
Tubária, deverá ser enviado documento complementar, rmado
com a expressa manifestação da vontade do Bene ciário/pacien-
te, em que constem informações a respeito dos riscos da cirurgia,
possíveis efeitos colaterais, di culdades de sua reversão e op-
ções de contracepção reversíveis existentes. Em se tratando de
casais, também deve ser enviado documento em que conste o
expresso consentimento do cônjuge/companheiro(a).
Quando da realização de Cirurgias Refrativas, será necessário o
envio, em complemento à documentação constante no item Pro-
cedimentos Ambulatoriais, de relatório do médico assistente in-
formando o erro de refração (expresso em graus) que justi cou o
referido procedimento cirúrgico.
Nos documentos citados nas alíneas “a”, “d” e “e”, devem constar
as descrições dos materiais, medicamentos, taxas e outras even-
tuais despesas, com seus respectivos valores unitários.
Internação, inclusive as de Natureza Obstétrica
As internações clínicas ou cirúrgicas que venham a ser realizadas
em hospitais que não façam parte da rede referenciada do produ-
to contratado serão reembolsadas mediante o atendimento, por
parte do Bene ciário, das seguintes condições:
Despesas Hospitalares
a) Apresentação de relatório médico no qual devem constar: nome
do paciente, diagnóstico, tempo de evolução da doença, justi -
cativa para a internação e descrição e período do atendimento;
b) Apresentação de Nota Fiscal, original e quitada, emitida pelo
hospital, contendo: nome do paciente, data do evento, valor
pago, razão social e CNPJ do hospital; e
c) Apresentação de Fatura emitida pelo hospital com a descrição
detalhada da conta hospitalar, inclusive diárias, taxas, relação
de materiais e medicamentos utilizados e exames efetuados e
cobrados do Bene ciário durante a internação, com os respec-
tivos valores unitários, data da alta e período de cobrança.
Honorários Médicos
Para a solicitação do reembolso da equipe médica e/ou do médico
assistente que tenha realizado o atendimento durante o período
de internação, o Bene ciário deverá apresentar:
a) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, no qual devem
constar: nome do paciente, diagnóstico, tempo de evolução da
doença, justi cativa para a internação, descrição e período do
atendimento;
b) Laudo anatomopatológico, se houver;
c) Boletim operatório com a descrição do ato cirúrgico;
d) Laudo dos exames de imagem e laboratoriais pré e pós-opera-
tórios relacionados à doença;
e) Pareceres de especialistas relacionados à doença, se houver; e
f) Recibo, original e quitado, emitido pelo médico, contendo: nome
do paciente, valor pago, descrição e período do atendimento e
dados do médico (nome, CRM, CPF, endereço, telefone, especia-
lidade, assinatura e carimbo); ou
g) Nota Fiscal, original e quitada, emitida pelo hospital, contendo:
nome do paciente, valor pago, descrição e período do atendi-
mento, razão social e o CNPJ do estabelecimento.
Caso o procedimento realizado seja a Vasectomia/Laqueadura
Tubária, deverá ser enviado o documento complementar descrito
no item Procedimentos Ambulatoriais.
3938
Adicionalmente, devem constar, em um dos documentos citados
nas alíneas “a”, “f” e “g”, a participação e os valores correspon-
dentes a cada membro da equipe que realizou o atendimento (ci-
rurgião, 1º auxiliar, 2º auxiliar etc.). No caso de atendimento clíni-
co, devem ser informados a especialidade, o número e as datas
das visitas cobradas.
Remoção em Ambulância
Nos casos em que haja necessidade de remoção do Bene ciário
entre prestadores hospitalares, sendo utilizada empresa de re-
moção não integrante da rede referenciada do produto contrata-
do, a solicitação do reembolso deverá ser feita mediante a apre-
sentação de:
a) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, informando o
nome do paciente, diagnóstico e justi cativa clínica para a re-
moção; e
b) Nota Fiscal, original e quitada, emitida pela empresa de remo-
ção,contendo:onomedopaciente,datadaremoção,valorpago,
quilometragem percorrida, local de partida e destino, tempo de
espera, se houver, tipo de ambulância (UTI ou simples), descri-
ção do valor dos honorários médicos, se houver, razão social e
CNPJ da empresa.
Terapias
Fisioterapia, Fonoterapia, Psicologia, Fonoaudiologia,
Terapia Ocupacional
Quando o Bene ciário optar por um prestador não integrante da
rede referenciada do produto contratado para realização das te-
rapias descritas nesse item, o reembolso deverá ser solicitado
mediante a apresentação de:
a) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, realizado ex-
clusivamente por pro ssional médico regularmente inscrito no
CRM, no qual devem constar: nome do paciente, diagnóstico,
quadro clínico atual, descrição e justi cativa para a terapia indi-
cada e o correspondente planejamento terapêutico (quantida-
de de sessões programadas para um determinado período de
tempo); e
b) Recibo, original e quitado, contendo: nome do paciente, número
de sessões e as datas em que foram realizadas, valores pagos,
descrição da terapia e dados do pro ssional que realizou a te-
rapia (nome, CPF e número de inscrição no respectivo Conselho
Regional - CREFITO-F, CRP/CRM, CRFa, CREFITO-TO, endereço,
telefone, assinatura e carimbo); ou
c) Nota Fiscal, original e quitada, contendo, além de todas as in-
formações descritas na alínea anterior, razão social e CNPJ do
estabelecimento onde foi/foram realizada(s) a(s) sessão(ões)
de terapia.
d) Caso a terapia seja realizada de forma continuada, o relatório
médico, descrito na alínea “a”, deverá ser atualizado 4 (quatro)
meses após sua emissão.
Quando da realização de sioterapia, adicionalmente, deverá ser
enviado laudo do exame de imagem realizado relacionado à pa-
tologia, se houver, e que justi que a indicação da referida terapia.
Quimioterapia, Radioterapia e Diálise
Nos casos em que o Bene ciário realizar os procedimentos de
quimioterapia, radioterapia e diálise em prestador não integrante
da rede referenciada do produto contratado, o reembolso deverá
ser solicitado mediante a apresentação de:
a) Relatório emitido pelo médico assistente, datado, assinado e
carimbado, no qual devem constar: nome do paciente, número
de sessões e suas datas, diagnóstico, descrição e justi cativa
para o tratamento solicitado, histórico dos tratamentos já rea-
lizados e planejamento terapêutico; e
b) Recibo, original e quitado, contendo: nome do paciente, número
de sessões e as datas em que foram realizadas, valores pagos,
descrição do tratamento e dados do médico (nome, CRM, CPF,
endereço, telefone, assinatura e carimbo); ou
4140
c) Nota Fiscal, original e quitada, contendo: nome do paciente, nú-
mero de sessões e as datas em que foram realizadas, valores
pagos, descrição do tratamento, razão social e CNPJ do esta-
belecimento; e
d) Fatura descrevendo todos os itens da conta (materiais, medi-
camentos, taxas etc.) com seus valores unitários.
Quando da realização de quimioterapia, deverá ser enviada a se-
guinte documentação complementar:
a) Laudos dos exames relacionados à patologia em questão (ana-
tomopatológico, imuno-histoquímico, imagem etc.);
b) Laudo dos exames, no caso da utilização de adjuvantes, assim
como justi cativa médica para o seu uso; e
c) Novo relatório médico, em caso de troca de esquema terapêu-
tico, contendo a justi cativa e laudo de exames, se houver.
Acupuntura
O Bene ciário poderá realizar os procedimentos de acupuntura
em prestador que não faça parte da rede referenciada do produ-
to contratado e solicitar, posteriormente, o reembolso, desde que
apresente:
a) Recibo, emitido pelo médico, no qual devem constar: nome do
paciente, número de sessões e as datas em que foram realiza-
das, valores pagos, descrição do tratamento e dados do médico
(nome, CRM, CPF, endereço, telefone, assinatura e carimbo); ou
b) Nota Fiscal, emitida pelo prestador onde foi/foram realizada(s)
a(s) sessão(ões), contendo: nome do paciente, número de ses-
sões e as datas em que foram realizadas, valores pagos, des-
crição do tratamento, razão social e CNPJ do estabelecimento
e nome e CRM do médico que realizou a(s) sessão(ões).
c) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, realizado ex-
clusivamente por pro ssional médico regularmente inscrito no
CRM, no qual devem constar: nome do paciente, diagnóstico,
quadro clínico atual, descrição e justi cativa para o tratamento
indicado.
d) Caso as sessões de acupuntura sejam realizadas de forma
continuada, o relatório médico, descrito na alínea “c”, deverá
ser atualizado 4 (quatro) meses após sua emissão.
Nutrição
Para a solicitação de reembolso das sessões de nutrição indica-
das por pro ssional médico regularmente inscrito no CRM e reali-
zadas por pro ssionais não integrantes da rede referenciada do
produto contratado, o Bene ciário deverá apresentar a seguinte
documentação:
a) Recibo, emitido pelo pro ssional que realizou as sessões, no
qual devem constar: nome do paciente, número de sessões e
as datas em que foram realizadas, valores pagos, descrição do
atendimento e dados do nutricionista (nome, CRN, CPF, endere-
ço, telefone, assinatura e carimbo); ou
b) Nota Fiscal, emitida pelo pro ssional que realizou as sessões,
na qual devem constar: nome do paciente, número de sessões
e as datas em que foram realizadas, valores pagos, descrição
do atendimento e dados do nutricionista (nome, CRN, CPF, en-
dereço, telefone e carimbo).
c) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, realizado ex-
clusivamente por pro ssional médico regularmente inscrito no
CRM, no qual devem constar: nome do paciente, diagnóstico,
quadro clínico atual, descrição e justi cativa para o tratamento
indicado.
d) Caso as sessões de nutrição sejam realizadas de forma con-
tinuada, o relatório médico, descrito na alínea “c”, deverá ser
atualizado 4 (quatro) meses após sua emissão.
4342
Próteses e Órteses de Implantação Cirúrgica
A solicitação de reembolso referente a próteses e órteses implan-
tadas cirurgicamente e que estejam previstas na cobertura con-
tratada deve ser encaminhada mediante a apresentação de:
a) Relatório, emitido pelo médico assistente, contendo o nome do
paciente, descrição e data do procedimento, diagnóstico e jus-
ti cativa para a solicitação do material; e
b) Nota Fiscal, original e quitada, do fornecedor/distribuidor/fa-
bricante com nome do paciente, data da emissão, valor pago,
descrição do material, marca, modelo, fabricante, número de
registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA),
nome e CNPJ do emitente.
b.1) Não serão aceitos recibo do médico, Nota Fiscal ou recibo
do hospital ou clínica onde foi realizada a cirurgia.
Independente do procedimento realizado pelo Bene ciário, para o
efetivo reembolso, não serão aceitos, como documentos compro-
batórios da prestação de serviço: Recibos de Pagamentos de Au-
tônomos (RPA), Recibos Provisórios de Serviços (RPS) e/ou tem-
porários, nota de serviço, nota de débito, duplicatas e Documento
Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica (DANFE).
Atenção Antes de enviar todos os documentos originais com a
Solicitação de Reembolso, tire cópia e guarde com você
para sua Declaração de Imposto de Renda.
Assistência Pessoal
Caso o plano contratado ofereça essa cobertura, seu Cartão de
Identi cação trará impressas as palavras “ASSIST. PESSOAL”, na
parte da frente.
A Assistência Pessoal oferece a cobertura de uma série de servi-
ços de assistência pessoal no caso de acidente, acontecimentos
imprevistos e doenças com manifestação súbita e aguda, quando
o Bene ciário estiver em viagem no Brasil a mais de 100km do
município de sua residência e desde que não esteja afastado de
sua residência permanente por período superior a 90 (noventa)
dias em uma mesma viagem.
Basta acionar a Central de Alarme, que funciona 24 horas por dia,
inclusive domingos e feriados, e informar o número de seu cartão
(veja os telefones na pág. 51).
Qualquer pessoa pode acionar a Central de Alarme com o Cartão
de Identi cação do Bene ciário em mãos, caso o mesmo esteja
impossibilitado de comunicar-se.
Quando uma situação envolver risco de vida, o Bene ciário deve
tomar as providências cabíveis e depois contatar a Central de Alar-
me.
Telefone a cobrar (caso não seja possível, guarde o comprovante
de seu telefonema e solicite reembolso) e informe:
O nome do Bene ciário e o número do Cartão de Identi cação.
O tipo de emergência e a ajuda que necessita.
O local e um telefone em que o Bene ciário poderá ser encon-
trado para receber o atendimento.
Coberturas da Assistência Pessoal no Brasil e
Exterior
Remoção médica
No caso de acidente ou doença do Bene ciário ocorridos durante
viagem e de acordo com a natureza e gravidade dos ferimentos
ou enfermidade, a Assistência Pessoal se responsabilizará por:
4544
1. Remoção do Bene ciário para o hospital mais próximo do lo-
cal da ocorrência;
2. Transferência do Bene ciário para centro hospitalar mais ade-
quado ao seu atendimento, a critério do médico assistente, em
comum acordo com a equipe médica da empresa prestadora
de serviços, podendo ser feita por ambulância, carro, avião co-
mercial ou avião UTI. A transferência em avião UTI só será co-
berta quando for realizada dentro de um mesmo continente e
se a natureza dos ferimentos ou enfermidade exigir esse meio
de locomoção, a critério do médico assistente ou da equipe
médica da empresa prestadora de serviços. Se necessário, um
médico ou uma enfermeira deverá acompanhar o paciente.
Regresso domiciliar por razão médica
Se o Bene ciário, após tratamento no local da ocorrência, não es-
tiver em condições de retornar à sua residência permanente como
passageiro regular, a critério do médico assistente, em comum
acordo com a equipe médica indicada pela empresa prestadora
de serviços, essa organizará o regresso do Bene ciário pelo meio
de transporte mais adequado às suas condições clínicas.
Com essa nalidade, a empresa prestadora de serviços poderá,
em nome do Bene ciário, usar, negociar, providenciar, compensar,
junto a companhias aéreas, marítimas e terrestres ou a agentes
de viagem e operadores turísticos, os bilhetes de transporte do
Bene ciário, sejam esses tarifas integrais ou com limites espe-
ciais de fretamentos ou excursões, dentro ou fora do prazo esti-
pulado, de forma a assegurar o retorno do Bene ciário à sua resi-
dência permanente.
Localização e encaminhamento de bagagem extraviada
Em caso de extravio de bagagem do Bene ciário, dentro dos limi-
tes da área de responsabilidade da companhia transportadora, a
empresa prestadora de serviços prestará a assessoria necessária
para a denúncia do fato junto aos responsáveis, as providências
de busca, bem como o envio da bagagem até onde se encontra o
Bene ciário ou a sua residência permanente.
Ajuda nanceira por extravio de bagagem
No caso de extravio de bagagens que estejam sob responsabili-
dade de companhias aéreas regulares a liadas à IATA e que não
sejam entregues para o Bene ciário em 48 (quarenta e oito) horas
subsequentes à declaração de perda (PIR - Property Irregularity
Report), a empresa prestadora de serviços entregará ao Bene ci-
ário o equivalente a R$ 200,00 (duzentos reais) em vale-compras
ou em moeda local para gastos emergenciais.
Passagem aérea para visita de parente quando o
Bene ciário car internado por causa de emergência
médica fora de sua cidade
Se o Bene ciário permanecer hospitalizado por mais de 10 (dez)
dias no Brasil ou por mais de 5 (cinco) dias no exterior, estando
desacompanhado, a empresa prestadora de serviços colocará, à
disposição de um parente ou de uma pessoa residente no Bra-
sil indicada pelo Bene ciário, um bilhete aéreo de linha comercial,
classe econômica, de ida e volta, para que possa visitá-lo.
Hospedagem de parente do Bene ciário
Quando o Bene ciário permanecer hospitalizado por mais de 10
(dez) dias no Brasil ou por mais de 5 (cinco) dias no exterior, a em-
presa prestadora de serviços assumirá os gastos com a hospe-
dagem da pessoa que se bene ciar da cobertura prevista no subi-
tem anterior, no limite diário de até R$ 100,00 (cem reais), por até
10 (dez) dias, para o pagamento de diárias de hotel, com exclusão
de qualquer outra despesa.
Garantia de viagem de regresso
Quando o Bene ciário possuir uma passagem de transporte aé-
reo com data ou limitação de regresso e, em razão de doença ou
acidente, acompanhados pela equipe médica indicada pela em-
presa prestadora de serviços, estiver obrigado a retardar seu re-
gresso programado, a empresa prestadora de serviços assumirá
4746
a diferença de tarifa para o regresso do Bene ciário ou para o
prosseguimento da viagem interrompida.
Traslado de corpo
Na hipótese de falecimento do Bene ciário durante a viagem, a
empresa prestadora de serviços custeará e cuidará das formali-
dades necessárias ao retorno do corpo, inclusive dos restos mor-
tais, para o município de residência permanente do Bene ciário
no Brasil. Não estarão cobertas despesas relativas ao funeral,
enterro ou à cremação.
Coberturas válidas apenas no exterior
Além das coberturas previstas anteriormente, o Bene ciário, em
viagem ao exterior, terá, à sua disposição, as seguintes garantias:
Assistência médica
Caso o Bene ciário, em decorrência de acidente, doença ou en-
fermidade de manifestação súbita e aguda, necessite de atendi-
mento médico imediato, a empresa prestadora de serviços custe-
ará as despesas médicas e hospitalares até os seguintes limites:
1. R$ 10.000,00 (dez mil reais) para honorários de médicos, clíni-
cos e cirurgiões, diárias e outras despesas hospitalares, ser-
viços médicos, enfermagem e exames complementares pres-
critos por um médico;
2. R$ 500,00 (quinhentos reais) por evento, para despesas com
intervenções odontológicas de emergência e para medica-
mentos prescritos por um médico.
O atendimento imediato pode ser absoluto ou relativo.
Absoluto é aquele que envolve qualquer enfermidade que neces-
site de intervenção médica, clínica ou cirúrgica, nas 24 (vinte e
quatro) horas subsequentes à sua manifestação e de que depen-
da o prognóstico vital e/ou funcional do Bene ciário.
Relativo é aquele que envolve toda enfermidade que necessite
de intervenção médica, clínica ou cirúrgica, com ou sem inves-
tigação laboratorial e/ou radiológica, e que deva ser realizada,
impreterivelmente, antes do retorno do Bene ciário ao seu mu-
nicípio de domicílio.
As intervenções médicas ou cirúrgicas nas condições citadas aci-
ma deverão estar devidamente comprovadas e justi cadas por
meio de laudo médico detalhado, por escrito, no qual esteja cli-
nicamente claro que disso depende a expectativa de vida e/ou
funções orgânicas do Bene ciário.
Adiantamento de ança
Em caso de exigência de prestação de ança prevista em lei pro-
cessual penal, a empresa prestadora de serviços adiantará o
valor dessa ança, mediante a assinatura de um documento de
reconhecimento de dívida, até o limite de R$ 10.000,00 (dez mil re-
ais), valor esse que deverá ser devolvido, no prazo máximo de 60
(sessenta) dias, pelo Bene ciário ou por sua conta.
Indicação de assistência jurídica
Se o Bene ciário necessitar de um advogado, a empresa pres-
tadora de serviços fornecerá referências e informações, inclusive
com marcação de consultas, cabendo ao Bene ciário o pagamen-
to de eventuais despesas diretamente ao advogado indicado.
Regresso antecipado por morte de parente de primeiro
grau
A empresa prestadora de serviços organizará e assumirá as des-
pesas adicionais resultantes da volta antecipada do Bene ciário
à sua residência permanente, em virtude de falecimento de paren-
te de primeiro grau (cônjuge, lhos, pais e irmãos do Bene ciário).
Será providenciado o retorno do Bene ciário ao Brasil, em com-
panhia aérea comercial, caso não possa utilizar o bilhete original
emitido com prazo determinado.
4948
Orientação em caso de perda de documentos
A empresa prestadora de serviços indicará ao Bene ciário as pro-
vidências necessárias em caso de perda de documentos, infor-
mando-lhe endereços e telefones consulares e auxiliando-o no
cancelamento de cartões de crédito e na substituição de bilhetes
de transporte e de cheques de viagem.
Prolongamento de estada em hotel
A empresa prestadora de serviços arcará com as despesas ne-
cessárias para o prolongamento de estada em hotel escolhido
pelo Bene ciário, imediatamente após a alta hospitalar, se essa
permanência tiver sido prescrita pelo médico local ou por equipe
médica indicada pela empresa prestadora de serviços. Essa ga-
rantia limita-se ao valor de até R$ 100,00 (cem reais) por diária do
Bene ciário em hotel, até, no máximo, 10 (dez) dias, sendo exclu-
ídas da garantia quaisquer despesas que não integrem a diária.
Limitações
A Assistência Pessoal não será prestada em caso de situações
que venham a ocorrer durante a viagem do Bene ciário e que se-
jam decorrentes da inobservância de recomendações feitas pelo
médico que o assiste habitualmente.
Exclusões
Estão excluídos dessa cobertura os seguintes casos:
a) doenças ou lesões existentes anteriormente à data de viagem;
b) doenças, lesões ou processos resultantes de ação criminal
dolosa perpetrada pelo Bene ciário, salvo lesões ocasiona-
das por acidentes de trânsito;
c) doenças ou lesões resultantes de tentativa de suicídio ou
provocadas intencionalmente pelo Bene ciário em si mesmo;
Embarque de menores de 14 anos
Quando o Bene ciário estiver em viagem, tendo sob sua respon-
sabilidade crianças menores de 14 (quatorze) anos e, por razões
de acidente ou doença, não puder embarcá-las para o retorno ao
domicílio, a empresa prestadora de serviços cuidará dos seguin-
tes serviços:
acompanhamento do menor até o aeroporto;
formalidades de embarque;
coordenação com a companhia aérea para condição de “menor
desacompanhado”;
informação aos pais ou parentes, no Brasil, dos dados referen-
tes ao retorno do menor.
Adiantamento nanceiro em caso de roubo ou furto de
dinheiro
A empresa prestadora de serviços adiantará a importância de até
R$ 400,00 (quatrocentos reais) para o pagamento de despesas de
hospedagem e transporte do Bene ciário que tenha sido vítima
de roubo ou furto de dinheiro (excluindo cheques de viagem). O
adiantamento só será concedido se sua solicitação for acompa-
nhada de termo de reconhecimento de dívida, de declaração de
autoridade policial, assim como do nome do emissor ou cedente
das faturas e deverá ser restituído à empresa prestadora de ser-
viços, no prazo de 60 (sessenta) dias da data de sua efetivação,
em moeda local.
Repatriamento de familiar
Em caso de o Bene ciário ter sido vitimado por doença súbita ou
acidente que torne necessário o seu regresso antecipado ao Bra-
sil ou o prolongamento de sua permanência no país do evento, a
empresa prestadora de serviços tomará providências relaciona-
das à organização e ao custeio do regresso antecipado de fami-
liares do Bene ciário, se necessário.
5150
d) tratamentos de moléstias ou estados patológicos provoca-
dos pela ingestão intencional de drogas e narcóticos ou pelo
abuso de bebidas alcoólicas ou, ainda, pelo uso de remédios
sem prescrição médica;
e) doenças mentais de qualquer natureza;
f) eventos relacionados à gravidez após a 24ª semana de ges-
tação, exames pré-natais e parto;
g) próteses e órteses em geral;
h) viagens em aviões não projetados para o transporte de pas-
sageiros;
i) casos de calamidade pública, atos da natureza, comoções
sociais, guerras, revoluções, terrorismo e sabotagem, greves,
restrições ao livre trânsito, irradiações ou emanações nucle-
ares ou ionizantes, transmutação nuclear, desintegração ou
radioatividade, bem como casos de força maior, salvo se o
Bene ciário provar que a causa do atendimento solicitado
não teve relação com os referidos eventos;
j) serviços prestados por pessoas que tenham grau de paren-
tesco com o Bene ciário, salvo quando forem previamente
autorizados pela empresa prestadora de serviços.
Atenção O Bene ciário só terá direito às coberturas de remoção
médica, regresso domiciliar por razão médica, passagem
aérea para visita de parente e traslado de corpo se elas
tiverem sido informadas e autorizadas pela Assistência
Pessoal. Para mais informações, procure a sua empresa e
consulte as Condições Gerais do Seguro Bradesco Saúde
SPG Top.
Para acionar a Assistência Pessoal ou obter informações
sobre os serviços disponíveis, ligue, a qualquer hora, para:
Central de Alarme - Assistência Pessoal
Ligações no Brasil – 0800 14 02 02
Ligações no exterior – 55 11 4133 9111
(A ligação pode ser feita a cobrar.)
Manutenção do Seguro-saúde após
Desligamento da Empresa
De acordo com a Resolução Normativa – RN nº 279, de 24 de no-
vembro de 2011, o Bene ciário que contribuir, enquanto for fun-
cionário, para o pagamento do seguro-saúde tem direito de per-
manecer no plano quando for demitido ou exonerado sem justa
causa ou quando vier a se aposentar, desde que assuma o paga-
mento integral do prêmio (mensalidade).
São considerados contribuição:
o pagamento integral ou de parte do prêmio mensal do seguro-
saúde, inclusive com desconto em folha de pagamento; e/ou
o pagamento da diferença entre o valor do plano oferecido pela
empresa e o escolhido pelo Bene ciário em função de upgrade.
Não são considerados contribuição:
o pagamento integral ou de parte do prêmio mensal do seguro-
saúde relativo aos dependentes e agregados; e/ou
a coparticipação ou franquia paga única e exclusivamente na
utilização de procedimentos cobertos pelo seguro-saúde.
Atenção Não possuem direito ao benefício os Bene ciários demi-
tidos por justa causa, os demissionários, os estagiários,
os trabalhadores temporários após o m do contrato e os
administradores.
5352
O direito à manutenção no seguro-saúde não exclui
eventuais vantagens que o Bene ciário tenha direito em
função de negociações coletivas de trabalho. Em alguns
casos, o resultado obtido nessas negociações substitui-
rá ou agregará benefícios, devendo prevalecer o que for
mais favorável para o Bene ciário.
Período de Manutenção do Seguro-saúde
Rescisão ou Exoneração sem justa causa
O Bene ciário poderá permanecer no plano por período equivalen-
te a 1/3 (um terço) do tempo de sua contribuição, sendo o prazo
mínimo de 6 (seis) meses e o máximo de 24 (vinte e quatro) meses.
Aposentadoria
Quando o período de contribuição durante o contrato de
trabalho for inferior a 10 (dez) anos
O Bene ciário poderá permanecer no plano por período corres-
pondente a 1 (um) ano para cada ano de contribuição.
Quando o período de contribuição durante o contrato de
trabalho for igual ou superior a 10 (dez) anos
Nesse caso, é garantida a permanência do Bene ciário no plano
por prazo indeterminado.
Atenção Serão considerados, para cálculo do período de contribui-
ção, os pagamentos efetuados a qualquer tempo, mesmo
que não esteja ocorrendo contribuição no momento da
demissão, exoneração sem justa causa ou aposentadoria.
Caso sua empresa tenha contratado planos com mais de
uma seguradora/operadora, após 1º de janeiro de 1999,
ou adaptados à Lei nº 9656/98, o período de contribuição
nesses planos também será considerado no cálculo, des-
de que não tenha havido descontinuidade de cobertura.
Também deverá ser contabilizado o período de contribui-
ção realizada anteriormente à adaptação ou migração de
sua apólice à Lei 9656/98, quando for o caso.
É de responsabilidade do Bene ciário (demitido ou apo-
sentado), quando for admitido em novo emprego, comu-
nicar o fato imediatamente ao contratante, para que seja
processado o cancelamento do seguro-saúde.
Condições para Manutenção do Seguro-saúde
Será de responsabilidade de sua empresa a comunicação expres-
sa e clara do seu direito à permanência no seguro-saúde, no ato
da comunicação do aviso prévio ou da aposentadoria.
Nesse caso, você poderá optar por permanecer no seguro-saúde,
mas, para isso, deverá manifestar-se formalmente no prazo de 30
(trinta) dias a contar da comunicação da empresa. Havendo a op-
ção, será assegurada a permanência no mesmo plano em que se
encontrava quando da vigência do contrato de trabalho, podendo
manter todo o seu grupo familiar.
No decorrer de sua permanência, não serão admitidas inclusões, ex-
ceto quando se tratar de novo cônjuge e lhos. Caso essa inclusão
se dê fora dos prazos previstos, haverá aplicação de carência e CPT.
Em caso de morte do titular, os dependentes cobertos pelo segu-
ro-saúde poderão permanecer na apólice, sendo mantida a obri-
gatoriedade de pagamento do prêmio.
Cobrança do Prêmio
Para permanecer no seguro-saúde, o Bene ciário deverá arcar com
o valor total do prêmio (mensalidade), que poderá ser cobrado por
Faixa Etária ou por Custo Médio, conforme opção de sua empresa.
5554
Quando a cobrança for por Faixa Etária
O Bene ciário terá acesso, por intermédio de sua empresa ou no
Portal da Bradesco Saúde (www.bradescosaude.com.br), na área
exclusiva do Bene ciário, à Tabela de Custos correspondente a
seu prêmio, que conterá os valores por Faixa Etária.
Quando a cobrança for por Custo Médio
Caso a empresa tenha optado por um preço único (custo médio)
para o grupo de inativos, serão disponibilizados, em uma única
tabela:
- O valor do Custo Médio que, de fato, será cobrado do Bene ciá-
rio a título de prêmio; e
- Os valores por Faixa Etária, meramente indicativos, que deram
origem ao prêmio e que serão utilizados para efeito da Portabili-
dade Especial de Carências para o Plano Individual ou Familiar ou
Coletivo por Adesão em outra seguradora/operadora.
A eventual diferença entre o prêmio efetivamente pago e o valor
estabelecido para sua faixa etária corresponderá ao subsídio da
empresa ou dos ativos.
O valor do prêmio será reajustado anualmente, tendo, por base,
a data de aniversário da apólice, independente da data em que o
Bene ciário tenha optado por sua permanência no plano.
Cancelamento do Seguro-saúde
O seguro-saúde será cancelado nas seguintes hipóteses:
a) ao nal dos prazos estabelecidos no item Período de Manuten-
ção do Seguro-saúde;
b) por solicitação formal do Bene ciário à empresa, mediante co-
municação dessa à seguradora;
c) se o Bene ciário (demitido ou aposentado) deixar de pagar o
prêmio por mais de 60 (sessenta) dias, consecutivos ou não, a
cada ano de vigência do seguro-saúde;
d) por inexatidão ou omissão no preenchimento do documento de
inclusão, que tenha in uenciado na aceitação do seguro-saúde,
mediante apresentação de prova pela seguradora e comunica-
ção escrita à empresa;
e) em caso de infrações ou fraudes comprovadas;
f) se a apólice de seguro-saúde for cancelada.
Atenção O Bene ciário poderá exercer a portabilidade especial de
carências para plano individual ou familiar ou coletivo por
adesão, em outra seguradora/operadora, nos termos da
legislação em vigor.
Informações Importantes
Sintonizada com as melhores tecnologias do mercado, dispomos
de um Portal na internet que oferece várias funcionalidades que
podem ser acessadas a qualquer hora e de qualquer lugar. Por
meio do site www.bradescosaude.com.br, você terá, dentre outros
serviços, acesso à Lista de Referência atualizada.
Sempre que for utilizar um serviço da Lista de Referência, não se
esqueça de levar o seu Cartão de Identi cação e o seu documen-
to de identidade. Caso seja menor, sem a referida documentação,
o acompanhante deverá apresentar sua própria identi cação.
No caso de internação em hospital, veri que, na Lista de Referên-
cia, se o estabelecimento de sua escolha traz a mesma opção de
acomodação indicada em seu cartão:
- Enfermaria: internação em quarto coletivo.
- Quarto: internação em quarto individual com banheiro privativo.
5756
Procure fazer as consultas de rotina em consultório médico, evite
fazê-las em hospital ou pronto-socorro. Deixe o atendimento em
hospital e pronto-socorro para os casos de urgência.
O Bene ciário deve estar sempre atento às mudanças quanto à
cobertura mínima de procedimentos determinada pela Agência Na-
cional de Saúde Suplementar (ANS). Para isso, basta acessar o site
www.ans.gov.br.
Orientações Básicas aos Bene ciários quanto
ao Melhor Aproveitamento de suas Consultas
Médicas
A consulta médica é o momento no qual você obtém informações
a respeito de algum problema de saúde. É nesse momento que o
médico toma conhecimento da sua condição de saúde. Portanto,
as informações devem ser as mais precisas possíveis.
Para melhor aproveitamento de sua consulta médica, relate, com
clareza, todos os seus sintomas, leve os resultados dos exames
realizados anteriormente e informe os procedimentos aos quais
foi submetido, a lista dos medicamentos usados atualmente e, se
possível, apresente receitas médicas anteriores.
Existem diferentes tipos de consultas médicas, seja para acom-
panhamento de rotina, seja em caso de doença. Nesse último
caso, é importante conhecer melhor sobre todos os aspectos que
envolvem a doença. Certi que-se de que, ao sair da consulta, você
tenha os seguintes questionamentos respondidos:
- Diagnóstico: o primeiro passo em conjunto com seu médico é
conhecer a causa de sua doença e o surgimento dela, se é con-
tagiosa ou não, se ela tem causa hereditária (se transmite de
pais para lhos), quais são os principais sintomas dessa doença
ou se a mesma apresenta complicações. Seu médico também
informará qual o tipo de alimentação ou quais restrições você
poderá fazer a partir de então.
- Exames:comrelaçãoaosexamesqueseumédicosolicitaráavocê,
é interessante conhecer se o exame requer alguma recomendação
(preparo) para a realização e se apresenta riscos ou não.
- Tratamento: nesse aspecto, é necessário esclarecer, com seu
médico, quais são as alternativas possíveis de tratamento, seja
medicamentoso, seja por cirurgia. Em relação aos medicamen-
tos, veri que, com seu médico, quais são os efeitos colaterais,
qual é a duração do tratamento e se você poderá receber suas
receitas com o nome genérico do medicamento. Já em relação à
cirurgia, conhecer melhor o tipo de intervenção, suas complica-
ções e as chances de cura após o procedimento torna melhores
as decisões relativas ao cuidado.
Lembre-se:
Não leve dúvida para casa!
O resultado do tratamento depende muito de você, de suas infor-
mações, de sua dedicação em tomar a medicação e do cumpri-
mento dos cuidados recomendados.
Direitos e Deveres do Bene ciário
Direitos:
Ter acesso a informações adequadas e claras sobre o seu se-
guro-saúde por intermédio do seu corretor, pelo Cliente de seu
contrato ou pela Bradesco Saúde, que poderá auxiliá-lo por
meio dos Canais de Atendimento;
Ser tratado com dignidade, ética e respeito;
Receber o Cartão de Identi cação;
Ter acesso à relação atualizada da rede referenciada por
meio da Lista de Referência ou do Site da Bradesco Saúde
(www.bradescosaude.com.br);
5958
Receber informações claras relativas à negativa de procedi-
mentos, se houver;
Ter conhecimento de que as informações de natureza médica a
que a seguradora venha a ter acesso, em razão da assistência
médico-hospitalar prestada por médicos, hospitais, clínicas e la-
boratórios aos Bene ciários cobertos pela apólice contratada,
carão sob a égide da legislação concernente ao sigilo médico,
e o uxo dessas informações observará, ainda, a forma prevista
na regulamentação em vigor;
Ser reembolsado das despesas cobertas de acordo com as con-
dições gerais de seu seguro-saúde, quando o atendimento co-
berto se der fora da rede referenciada Bradesco Saúde;
Ter acesso a orientações sobre promoção da saúde e preven-
ção de doenças oferecidas pela Bradesco Saúde;
Ter acesso aos Canais de Atendimento ao Bene ciário para diri-
mir dúvidas, registrar reclamações ou denúncias.
Os telefones são:
Central de Relacionamento com o Cliente: veja o número no
verso do seu Cartão de Identi cação.
SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente: 0800 727 99 66.
CAS – Central de Atendimento ao Surdo: 0800 701 27 08.
Ter garantido o sigilo pro ssional acerca de suas informações
médicas, desde que não acarrete riscos a terceiros ou à saúde
pública;
Ter acesso ao Manual de Orientação para Contratação de Pla-
nos de Saúde – MPS e ao Guia de Leitura Contratual – GLC, se
contratou ou foi incluído no contrato de seguro-saúde após
03/11/2009;
Consultar a Bradesco Saúde sobre a previsão de cobertura do
tratamento indicado pelo pro ssional de saúde.
Deveres:
Fornecer informações corretas e completas sobre seu estado
de saúde e/ou de seus familiares à Bradesco Saúde e a todos
os pro ssionais de saúde;
Ler seu contrato de seguro-saúde com atenção;
Manter o pagamento em dia, garantindo a cobertura contrata-
da, evitando a suspensão do atendimento e consequente can-
celamento do seguro-saúde;
Tratar os pro ssionais que o atendem com ética, dignidade e
respeito;
Comunicar à Bradesco Saúde situações que possam indicar
fraude ou prejuízos ao seu seguro-saúde;
Cuidar de forma consciente do seu contrato, utilizando-o quan-
do for necessário;
Não emprestar o Cartão de Identi cação para o atendimento de
outras pessoas. Isso é considerado fraude, com consequente
penalidade prevista em lei;
Apresentar recibos originais e outros documentos para reem-
bolso de procedimentos efetivamente realizados.
Saber sobre os seus direitos e deveres como Bene ciário é fun-
damental para garantir a qualidade ao acesso às ações e aos
serviços de saúde. Para mais informações a respeito dos seus
direitos e deveres, consulte a Carta dos Direitos dos Usuários da
Saúde elaborada pelo Ministério da Saúde, acessando o site con-
selho.saude.gov.br/biblioteca/livros/cartaaosusuarios02.pdf.
Canais de Comunicação da Bradesco Saúde
Para garantir a comodidade de seus Bene ciários, a Bradesco
Saúde coloca, à sua disposição, canais de comunicação que fun-
cionam 24 horas por dia, 365 dias por ano, e que oferecem ampla
6160
gama de informações e diversos serviços on-line. Com atendi-
mento rápido e fácil, os Bene ciários poderão esclarecer dúvidas
e obter informações a qualquer hora e de qualquer lugar.
Conheça, a seguir, as opções:
Central de Relacionamento com o Cliente
Presta serviços e informações de caráter pessoal em todo aten-
dimento que demande consulta à apólice e envolva identi cação
detalhada do cliente, tais como informações sobre coberturas
contratadas, rede referenciada, prévia de reembolso, Assistência
24 horas, entre outros. Com uma simples ligação, você esclarece
dúvidas, dá sugestões e solicita informações e serviços.
A Bradesco Saúde tem sempre um número personalizado para
você; portanto, consulte o verso do seu Cartão de Identi cação
para conhecer o telefone da Central de Relacionamento com o
Cliente.
SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente
Serviço telefônico gratuito, disponível todos os dias, ininterrupta-
mente, para resolução de problemas na relação de consumo, por
meio do fornecimento de informações públicas e de recebimento
de reclamações de todos os produtos e serviços comercializados
e pedidos de cancelamento de produtos e serviços que o estabe-
lecimento disponibilize por telefone.
São informações públicas aquelas de caráter institucional do
Grupo Bradesco de Seguros, endereços e telefones de sucursais,
corretores e prestadores de serviços vinculados ao negócio, ho-
rários de funcionamento das sucursais e canais de atendimento,
endereços de sites do Grupo Bradesco de Seguros, dentre outras.
Ligue para: 0800 727 9966
CAS – Central de Atendimento ao Surdo
Serviço colocado à disposição pela Bradesco Seguros para aten-
der aos surdos que utilizam telefones especiais, dotados de te-
clado alfanumérico e visor. O atendimento é realizado por troca de
mensagens, permitindo que o cliente se comunique diretamente
com os pro ssionais da Central de Relacionamento com o Cliente
e SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) sem a ajuda de inter-
mediários. A Central de Atendimento ao Surdo vai facilitar o con-
tato do surdo com a Bradesco Seguros, oferecendo uma solução
simples e e ciente para a troca de informações e prestação de
serviços.
Ligue para: 0800 701 2708
Ouvidoria
Além dos canais mencionados acima, a Bradesco Seguros dispõe
de uma Ouvidoria. Trata-se de um sistema exclusivo de relacio-
namento com os clientes e corretores, destinado a receber e a
responder a reclamações, sugestões e elogios. A ótima relação
com seus clientes e a excelência no atendimento são prioridades
absolutas da Bradesco Seguros. A Ouvidoria foi instituída para
garantir um atendimento de qualidade, nos segmentos de segu-
ro, previdência complementar aberta e capitalização, em qualquer
canal de comunicação: telefone, e-mail, carta etc. O prazo de res-
posta é de até cinco dias úteis.
Reconhecido pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados),
o Ouvidor é um diretor designado pela alta administração para
exercer suas funções com autonomia e encaminhar internamente
as sugestões, as reclamações e os elogios, atuando junto a todas
as empresas do Grupo em defesa dos direitos dos clientes e vi-
sando à correção de falhas ou omissões.
Entre em contato com a Ouvidoria pelo canal Alô Bradesco Segu-
ros, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h (horário de Brasília).
Ligue para: 0800 701 7000
6362
Florianópolis/SC
Rua Dom Jaime Câmara,
nº 229 – Centro
CEP 88015-120
Horário: 8h30min às 17h
Fortaleza/CE
Av. Desembargador
Moreira, 1.250
Aldeota
CEP 60170-001
Horário: 8h30min às 17h
Goiânia/GO
Rua Sete, 800, 1º andar
Setor Oeste
CEP 74130-011
Horário: 8h30min às 17h
Joinville/SC
Rua XV de Novembro,
nº 672 – Centro
CEP 89201-600
Horário: 8h30min às 17h
Núcleos de Atendimento Bradesco Saúde
Matriz
Rio de Janeiro/RJ
Rua Barão de Itapagipe, 225 – Rio Comprido
Rio de Janeiro – RJ – CEP 20261-901
Demais Dependências
Belém/PA
Rua Santo Antônio, 317,
sobreloja – Campina
CEP 66010-105
Horário: 8h30min às 17h
Belo Horizonte/MG
Rua da Bahia, 951,
3º andar – Centro
CEP 30160-011
Horário: 8h30min às 17h
Blumenau/SC
Rua Sete de Setembro,
nº 431 – Centro
CEP 89010-201
Horário: 8h30min às 17h
Brasília/DF
SCS – Quadra 2,
bloco A, 81, 5º andar
Asa Sul
CEP 70329-900
Horário: 8h30min às 17h
Campinas/SP
Av. Dr. Moraes Salles, 668,
6º andar – Centro
CEP 13010-000
Horário: 8h30min às 17h
Campo Grande/MS
Rua 13 de Maio, 2.929
Centro – CEP 79002-356
Horário: 8h30min às 17h
Juiz de Fora/MG
Rua Espírito Santo, 967
Centro – CEP 36010-041
Horário: 8h30min às 17h
Macaé/RJ
Rua Marechal Deodoro,
nº 421, loja – Centro
CEP 27910-310
Horário: 8h30min às 17h
Maceió/AL
Rua do Imperador, 272
Centro – CEP 57020-670
Horário: 8h30min às 17h
Manaus/AM
Av. Constantino Nery,
nº 1.408 A – São Geraldo
CEP 69050-000
Horário: 8h30min às 17h
Niterói/RJ
Av. Ernani do Amaral
Peixoto, 211, 5º andar
Centro – CEP 24020-071
Horário: 10h às 16h
Porto Alegre/RS
Av. Independência,
nº 1.299, 2º andar
Moinhos de Vento
CEP 90035-077
Horário: 8h30min às 17h
Porto Velho/RO
Av. Sete de Setembro,
nº 711, 1º andar
Centro – CEP 76801-073
Horário: 8h30min às 17h
Recife/PE
Av. Agamenon Magalhães,
3.139 – Boa Vista
CEP 50070-160
Horário: 8h30min às 17h
Rio de Janeiro/RJ
Centro
Rua da Candelária, 19,
térreo – CEP 20091-020
Horário: 10h às 16h
Copacabana
Av. N. S. de Copacabana,
nº 1.380, 1º andar
CEP 22070-010
Horário: 10h às 16h
Cuiabá/MT
Rua Barão de Melgaço,
nº 3.445 – Centro
CEP 78005-300
Horário: 8h30min às 17h
Curitiba/PR
Rua Comendador Araújo,
nº 120, 6º andar – Centro
CEP 80420-000
Horário: 8h30min às 17h
Feira de Santana/BA
Rua Barão de Cotegipe,
nº 1.140 – Centro
CEP 44001-170
Horário: 8h30min às 17h
64
Salvador/BA
Av. Antônio C. Magalhães,
nº 3.752, 3º andar
Pituba – CEP 41820-020
Horário: 8h30min às 17h
Santo André/SP
Rua Bernardino
de Campos, 241,
2º andar – Centro
CEP 09015-900
Horário: 8h30min às
16h30min
Santos/SP
Av. Ana Costa, 434
Gonzaga
CEP 11060-002
Horário: 8h30min às 17h
São José dos
Campos/SP
Av. Dr. Nélson D’Ávila,
nº 282 – Centro
CEP 12245-031
Horário: 8h30min às 17h
São Luís/MA
Av. Magalhães de
Almeida, 300 e 334
Centro – CEP 65015-250
Horário: 8h30min às 17h
São Paulo/SP
Av. Ipiranga, 210,
1º subsolo – República
CEP 01046-010
Horário: 10h às 16h
Uberlândia/MG
Av. dos Municípios,
nº 146 – 3º andar
Sala 7 – Tabajaras
CEP 38400-254
Horário: 8h30min às 17h
Vitória/ES
Av. Desembargador
Santos Neves, 98
Praia de Santa Helena
CEP 29055-720
Horário: 8h30min às 17h
Volta Redonda/RJ
Rua 33, nº 124
Vila Santa Cecília
CEP 27261-310
Horário: 8h30min às 17h
Qualquer dúvida ligue para a
Central de Relacionamento com o Cliente.
O número do telefone consta no verso do
seu Cartão de Identi cação.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

O que há de novo no TISS 3.02 - CBIS 2014
O que há de novo no TISS 3.02 - CBIS 2014 O que há de novo no TISS 3.02 - CBIS 2014
O que há de novo no TISS 3.02 - CBIS 2014
Efrain Saavedra
 
Trabalho de Gerenciamento de Crise na BI International: Case de sucesso Banco...
Trabalho de Gerenciamento de Crise na BI International: Case de sucesso Banco...Trabalho de Gerenciamento de Crise na BI International: Case de sucesso Banco...
Trabalho de Gerenciamento de Crise na BI International: Case de sucesso Banco...
Israel Degasperi
 
Check up virtual - social week
Check up virtual - social weekCheck up virtual - social week
Check up virtual - social week
Alexandre Amato
 
Bradesco Seguros - Bonita
Bradesco Seguros - BonitaBradesco Seguros - Bonita
Bradesco Seguros - Bonita
Insula_2012
 
BRADESCO - Panorama Organizacional
BRADESCO - Panorama OrganizacionalBRADESCO - Panorama Organizacional
Руководство по работе в электронном журнале для Родителей и Учеников (скачать)
Руководство по работе в электронном журнале для Родителей и Учеников (скачать)Руководство по работе в электронном журнале для Родителей и Учеников (скачать)
Руководство по работе в электронном журнале для Родителей и Учеников (скачать)
lelya2709
 
Palestra do Meio-Dia: Bradesco seguros a hora da virada.
Palestra do Meio-Dia:  Bradesco seguros a hora da virada.Palestra do Meio-Dia:  Bradesco seguros a hora da virada.
Palestra do Meio-Dia: Bradesco seguros a hora da virada.
Associação Paulista dos Técnicos de Seguro
 
Apresentação módulo saúde suplementar bsmn
Apresentação módulo saúde suplementar bsmnApresentação módulo saúde suplementar bsmn
Apresentação módulo saúde suplementar bsmn
nilsonpazjr
 
Amil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de ServiçosAmil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de Serviços
Elliah Pernas
 

Destaque (9)

O que há de novo no TISS 3.02 - CBIS 2014
O que há de novo no TISS 3.02 - CBIS 2014 O que há de novo no TISS 3.02 - CBIS 2014
O que há de novo no TISS 3.02 - CBIS 2014
 
Trabalho de Gerenciamento de Crise na BI International: Case de sucesso Banco...
Trabalho de Gerenciamento de Crise na BI International: Case de sucesso Banco...Trabalho de Gerenciamento de Crise na BI International: Case de sucesso Banco...
Trabalho de Gerenciamento de Crise na BI International: Case de sucesso Banco...
 
Check up virtual - social week
Check up virtual - social weekCheck up virtual - social week
Check up virtual - social week
 
Bradesco Seguros - Bonita
Bradesco Seguros - BonitaBradesco Seguros - Bonita
Bradesco Seguros - Bonita
 
BRADESCO - Panorama Organizacional
BRADESCO - Panorama OrganizacionalBRADESCO - Panorama Organizacional
BRADESCO - Panorama Organizacional
 
Руководство по работе в электронном журнале для Родителей и Учеников (скачать)
Руководство по работе в электронном журнале для Родителей и Учеников (скачать)Руководство по работе в электронном журнале для Родителей и Учеников (скачать)
Руководство по работе в электронном журнале для Родителей и Учеников (скачать)
 
Palestra do Meio-Dia: Bradesco seguros a hora da virada.
Palestra do Meio-Dia:  Bradesco seguros a hora da virada.Palestra do Meio-Dia:  Bradesco seguros a hora da virada.
Palestra do Meio-Dia: Bradesco seguros a hora da virada.
 
Apresentação módulo saúde suplementar bsmn
Apresentação módulo saúde suplementar bsmnApresentação módulo saúde suplementar bsmn
Apresentação módulo saúde suplementar bsmn
 
Amil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de ServiçosAmil - Marketing de Serviços
Amil - Marketing de Serviços
 

Semelhante a Manual padrao pos-lei_876

Plano de saude tudo o que voce precisa saber antes de contratar
Plano de saude tudo o que voce precisa saber antes de contratarPlano de saude tudo o que voce precisa saber antes de contratar
Plano de saude tudo o que voce precisa saber antes de contratar
Segmental - Seguros e Planos de Saúde BH
 
Bradesco Conscierge
Bradesco ConsciergeBradesco Conscierge
Bradesco Conscierge
analysishealthplan
 
Como Contratar seu Plano de Saúde
Como Contratar seu Plano de SaúdeComo Contratar seu Plano de Saúde
Como Contratar seu Plano de Saúde
WebPlanos
 
Guia do membro_Platina (1).pptx
Guia do membro_Platina (1).pptxGuia do membro_Platina (1).pptx
Guia do membro_Platina (1).pptx
manuelantonioOuane
 
ANS - Aula 2
ANS - Aula 2ANS - Aula 2
ANS - Aula 2
Marcelo VERMUDT
 
Prevecorp Planos de Saúde PME
Prevecorp Planos de Saúde PMEPrevecorp Planos de Saúde PME
Prevecorp Planos de Saúde PME
Paulo Bergmann
 
Declaracao1 saude unimed
Declaracao1 saude unimedDeclaracao1 saude unimed
Declaracao1 saude unimed
Edward Lange
 
Seguro de Saude Accive
Seguro de Saude AcciveSeguro de Saude Accive
Seguro de Saude Accive
Accive Insurance
 
As diferenças e vantagens de um seguro e um plano de saúde
As diferenças e vantagens de um seguro e um plano de saúdeAs diferenças e vantagens de um seguro e um plano de saúde
As diferenças e vantagens de um seguro e um plano de saúde
MDS Portugal
 
Cartilha de direitos covid 19
Cartilha de direitos covid 19Cartilha de direitos covid 19
Cartilha de direitos covid 19
Vilma Longuini
 
Plano de saúde para empresário individual tem novas regras
Plano de saúde para empresário individual tem novas regrasPlano de saúde para empresário individual tem novas regras
Plano de saúde para empresário individual tem novas regras
R7dados
 
Nossos benefícios
Nossos benefíciosNossos benefícios
Nossos benefícios
comcorp_crural
 
Convocação de parceiros
Convocação de parceirosConvocação de parceiros
Convocação de parceiros
Ismael Costa
 
Previdencia trabalho
Previdencia trabalhoPrevidencia trabalho
Previdencia trabalho
Lucas Jordann Alvarenga Drumond
 
Guia do Imposto de Renda 2014
Guia do Imposto de Renda 2014Guia do Imposto de Renda 2014
Guia do Imposto de Renda 2014
HS CONTÁBIL LTDA
 
operadoras quem sao e o que fazem.pdf
operadoras quem sao e o que fazem.pdfoperadoras quem sao e o que fazem.pdf
operadoras quem sao e o que fazem.pdf
NorivalRaulinoSilva
 
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdf
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdfConvenio Medico Intermedica Notredame.pdf
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdf
PlanosdesaudeSP
 
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdf
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdfConvenio Medico Intermedica Notredame.pdf
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdf
PlanosdesaudeSP
 
Como atrair pacientes particulares
Como atrair pacientes particularesComo atrair pacientes particulares
Como atrair pacientes particulares
Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 
Os Direitos do Paciente
Os Direitos do PacienteOs Direitos do Paciente
Os Direitos do Paciente
Reumatoguia
 

Semelhante a Manual padrao pos-lei_876 (20)

Plano de saude tudo o que voce precisa saber antes de contratar
Plano de saude tudo o que voce precisa saber antes de contratarPlano de saude tudo o que voce precisa saber antes de contratar
Plano de saude tudo o que voce precisa saber antes de contratar
 
Bradesco Conscierge
Bradesco ConsciergeBradesco Conscierge
Bradesco Conscierge
 
Como Contratar seu Plano de Saúde
Como Contratar seu Plano de SaúdeComo Contratar seu Plano de Saúde
Como Contratar seu Plano de Saúde
 
Guia do membro_Platina (1).pptx
Guia do membro_Platina (1).pptxGuia do membro_Platina (1).pptx
Guia do membro_Platina (1).pptx
 
ANS - Aula 2
ANS - Aula 2ANS - Aula 2
ANS - Aula 2
 
Prevecorp Planos de Saúde PME
Prevecorp Planos de Saúde PMEPrevecorp Planos de Saúde PME
Prevecorp Planos de Saúde PME
 
Declaracao1 saude unimed
Declaracao1 saude unimedDeclaracao1 saude unimed
Declaracao1 saude unimed
 
Seguro de Saude Accive
Seguro de Saude AcciveSeguro de Saude Accive
Seguro de Saude Accive
 
As diferenças e vantagens de um seguro e um plano de saúde
As diferenças e vantagens de um seguro e um plano de saúdeAs diferenças e vantagens de um seguro e um plano de saúde
As diferenças e vantagens de um seguro e um plano de saúde
 
Cartilha de direitos covid 19
Cartilha de direitos covid 19Cartilha de direitos covid 19
Cartilha de direitos covid 19
 
Plano de saúde para empresário individual tem novas regras
Plano de saúde para empresário individual tem novas regrasPlano de saúde para empresário individual tem novas regras
Plano de saúde para empresário individual tem novas regras
 
Nossos benefícios
Nossos benefíciosNossos benefícios
Nossos benefícios
 
Convocação de parceiros
Convocação de parceirosConvocação de parceiros
Convocação de parceiros
 
Previdencia trabalho
Previdencia trabalhoPrevidencia trabalho
Previdencia trabalho
 
Guia do Imposto de Renda 2014
Guia do Imposto de Renda 2014Guia do Imposto de Renda 2014
Guia do Imposto de Renda 2014
 
operadoras quem sao e o que fazem.pdf
operadoras quem sao e o que fazem.pdfoperadoras quem sao e o que fazem.pdf
operadoras quem sao e o que fazem.pdf
 
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdf
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdfConvenio Medico Intermedica Notredame.pdf
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdf
 
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdf
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdfConvenio Medico Intermedica Notredame.pdf
Convenio Medico Intermedica Notredame.pdf
 
Como atrair pacientes particulares
Como atrair pacientes particularesComo atrair pacientes particulares
Como atrair pacientes particulares
 
Os Direitos do Paciente
Os Direitos do PacienteOs Direitos do Paciente
Os Direitos do Paciente
 

Manual padrao pos-lei_876

  • 1. Parabéns! Agora, você possui um seguro-saúde que oferece amplas coberturas, além de contar com a qualidade da Bradesco Saúde, seguradora com atuação exclusiva no seguro-saú- de médico e hospitalar, integrante do Grupo Bradesco de Seguros. A busca permanente da excelência dos padrões de aten- dimento e dos serviços prestados é o objetivo central que vem habilitando a Bradesco Saúde a manter-se na lideran- ça do mercado, fazendo com que a sua marca seja reco- nhecida como sinônimo de solidez e qualidade. É muito importante que você conheça seus direitos e saiba usar corretamente seu seguro-saúde. Então, leia este Manual atentamente e, sempre que tiver necessidade, consulte-o. Em caso de dúvidas referentes ao seguro, ligue para a Central de Relacionamento com o Cliente, cujo nú- mero do telefone consta no verso do seu Cartão de Identi cação, ou acesse o Portal da Bradesco Saúde (www.bradescosaude.com.br) e consulte o Site do Bene ciário. Para outros serviços, consulte os demais telefones dispo- níveis no item Canais de Comunicação da Bradesco Saúde ou no verso do seu Cartão de Identi cação. Este Manual contém informações resumidas, sendo válido para as apólices contratadas a partir de 04/01/1999. O Seguro Bradesco Saúde SPG Top é regido por condições gerais próprias, as quais de nem direitos e obrigações, e cuja versão integral encontra-se em poder da sua empresa.
  • 2. Índice Cartão de Identi cação 5 Quem está Coberto? 6 Coberturas 7 Despesas não Cobertas pelo Seguro-saúde 13 Cobertura Parcial Temporária (CPT) 17 Carência 18 Coparticipação 20 O que é Rede Referenciada? 20 De nição das Redes 22 Critérios de Seleção da Rede Referenciada 23 Como utilizar os Serviços da Rede Referenciada Bradesco Saúde 24 - Consulta Médica 24 - Exames 25 - Atendimento Ambulatorial 25 - Internações 26 - Remoção em Ambulância 27 - Terapias 28
  • 3. 54 Cartão de Identi cação O Cartão de Identi cação é o seu principal documento quando você precisar de serviços médico-hospitalares ou demais servi- ços que guram na sua Lista de Referência. Cartão de Identi cação: ele é pessoal e intrans- ferível. Cada pessoa de seu grupo familiar que tiver inscrito na apólice de seguro-saúde (seus dependentes) terá um Cartão Próprio de Iden- ti cação. Lista que indica todos os ser- viços médico-hospitalares e de exames de apoio diagnós- tico que estão à sua disposi- ção, e que você ou qualquer um de seus dependentes po- dem usar sem precisar fazer qualquer desembolso no ato do atendimento, desde que seja caracterizada a cobertu- ra contratual do procedimen- to realizado. São as pessoas da famí- lia do funcionário titular inscritas na apólice e que têm direito ao Seguro Bradesco Saúde SPG Top. Veja quem são essas pes- soas na pág. 7. Atenção Na hora de usar qualquer serviço da Lista de Referência, é preciso apresentar o Cartão de Identi cação do Bene - ciário com o documento de identidade. Como solicitar Auxílio em Caso de Encerramento de Atividades de um Pro ssional ou Serviço 30 Prazos para Liberação de Senha 30 Atendimento por Reembolso 31 Prévia de Reembolso 32 Processamento do Reembolso 33 Reanálise do Reembolso 33 Documentos que você precisa apresentar para solicitar Reembolso 33 Assistência Pessoal 42 Manutenção do Seguro-saúde após Desligamento da Empresa 51 Informações Importantes 55 Orientações Básicas aos Bene ciários quanto ao Melhor Aproveitamento de suas Consultas Médicas 56 Direitos e Deveres do Bene ciário 57 Canais de Comunicação da Bradesco Saúde 59 Núcleos de Atendimento Bradesco Saúde 62
  • 4. 76 Menores sem Documento de Identidade No caso de menores que ainda não tiraram o documento de iden- tidade, deve ser apresentado, com o cartão do menor, um docu- mento de identidade do responsável acompanhante. Fica assegurada a cobertura prevista neste Manual ao recém- nascido, lho natural ou adotivo do Bene ciário titular ou de seu dependente no seguro, durante os primeiros 30 (trinta) dias após o parto coberto, com a apresentação do cartão do pai ou da mãe, sendo vedada à seguradora qualquer alegação de Doenças ou Lesões Preexistentes ou aplicação de Cobertura Parcial Tempo- rária ou Agravo, nos termos da legislação vigente. Cuide bem do seu cartão. Ele é sua garantia de atendimento. Se houver perda ou extravio de um dos Cartões de Identi cação de sua família, contate, imediatamente, a sua empresa ou o seu corretor e solicite a 2ª via. O prazo para entrega é de até 15 (quinze) dias úteis, podendo variar de acordo com a localidade e a modalidade de entrega utilizada. Jamais empreste seu Cartão de Identi cação a outra pessoa. Quem está Coberto? O Bene ciário titular e seus dependentes incluídos no seguro. Quem pode ser Bene ciário Titular? Os empregados, sócios com poderes de gestão, administradores, diretores estatutários, diretores com vínculo empregatício, traba- lhadores temporários, estagiários e menores aprendizes da em- presa Cliente. Além disso, podem permanecer na condição de Bene ciário titular os inativos, assim considerados aqueles contributários na forma pre- vista nos artigos 30 e 31 da Lei nº 9656/98 e suas regulamentações. Consulte a sua empresa ou a Central de Relacionamento com o Cliente para obter informações especí cas do seguro contratado. Quem são os Dependentes? Você pode identi car, na relação abaixo, quais as pessoas do seu grupo familiar que têm direito ao Seguro Bradesco Saúde SPG Top: cônjuge (esposa ou marido) do Bene ciário titular; companheiro(a) do Bene ciário titular, havendo união estável na forma da lei, sem eventual concorrência com o cônjuge, salvo por decisão judicial; lhos solteiros do Bene ciário titular (naturais, adotivos ou en- teados) com até 21 (vinte e um) anos de idade ou, se estudantes universitários, até 24 (vinte e quatro) anos de idade; e lhos inválidos, assim considerados aqueles elegíveis para efei- to da Declaração de Imposto de Renda do Bene ciário titular. Inclusão de Dependentes Em geral, os novos Bene ciários têm até 30 (trinta) dias, após a data de admissão, para inclusão de seus dependentes nos planos disponíveis. No caso de cônjuges e lhos recém-nascidos, naturais ou ado- tivos, são 30 (trinta) dias para inclusão nos planos disponíveis, a contar da data de casamento ou nascimento/adoção. Consulte a sua empresa para obter informações especí cas do seguro contratado. Coberturas Conheça o que está coberto pelo Seguro Bradesco Saúde SPG Top: Consultas médicas, em número ilimitado, prestadas por clínicos ou especialistas legalmente habilitados, em clínicas básicas e especializadas, e reconhecidos pelo Conselho Federal de Medicina
  • 5. 98 Cirurgias de urgência/emergência ou eletiva, inclusive transplantes de todos os tipos. Para mais informações a respeito da cobertura de transplantes, consulte a sua empresa ou a Central de Relacionamento com o Cliente Cirurgia refrativa Para funcionários e dependentes maiores de 18 (dezoito) anos e grau estável há, pelo menos, 1 (um) ano, nas seguintes situações: - Miopia moderada e grave: entre – 5,0 e – 10,0 graus, com ou sem astigmatismo associado com grau até – 4,0. - Hipermetropia até grau 6,0, com ou sem astigmatismo associa- do com grau até 4,0. Internações hospitalares (sem limite de prazo de internação, inclusive em UTI) Internações podem ser eletivas (com dia e hora marcados) ou de emergência. O tipo de acomodação pode ser em quarto individual ou enfer- maria, de acordo com o padrão de seguro contratado. Na hora de escolher um hospital na Lista de Referência, procure o que ofereça a mesma opção de acomodação indicada em seu Cartão de Identi cação. Haverá direito à cobertura para acomodação e alimentação, caso fornecidas pelo hospital, para 1 (um) acompanhante de pa- ciente internado em quarto individual ou enfermaria, desde que seja criança ou adolescente com menos de 18 (dezoito) anos ou idoso a partir de 60 (sessenta) anos de idade, bem como paciente portador de de ciência, conforme indicação do mé- dico assistente ou cirurgião-dentista assistente, e parturiente, durante o trabalho de parto, no parto e no pós-parto imediato (48 horas), salvo por contraindicação do médico assistente, ou, quando houver indicação, limitada ao previsto no Rol de Pro- cedimentos e Eventos em Saúde, vigente à época do evento, e ao custo relativo à paramentação de seu acompanhante. Para paciente com direito à acomodação em enfermaria, haverá a cobertura desde que haja disponibilidade de acomodação para acompanhante. Atendimento ambulatorial Atendimento de emergência ou eletivo (com hora marcada), re- alizado em consultório médico ou pronto-socorro, para fazer curativos, pequenas cirurgias e procedimentos que não preci- sam de internação hospitalar. Alguns atendimentos ambulatoriais necessitam de autorização prévia da Bradesco Saúde. Para saber quais são, utilize uma das opções a seguir: - pergunte ao médico referenciado; - ligue para a Central de Relacionamento com o Cliente; - consulte www.bradescosaude.com.br. Exames O médico pode solicitar exames para completar o diagnóstico. Alguns exames necessitam de autorização prévia da Bradesco Saúde. Para saber quais são, utilize uma das opções a seguir: - pergunte ao médico referenciado; - ligue para a Central de Relacionamento com o Cliente; - consulte www.bradescosaude.com.br. Fique atento: exames só podem ser realizados com a solicita- ção do médico. Terapias As terapias abaixo relacionadas serão cobertas quando forem realizadas por indicação médica e necessidade clínica e desde que sejam previamente autorizadas pela Bradesco Saúde: - Fisioterapia, realizada por sioterapeuta ou siatra, sendo decorrente de acidente ou doença, inclusive ocupacional.
  • 6. 1110 - Quimioterapia oncológica ambulatorial. - Radioterapia, incluindo radiomoldagem, radioimplante e bra- quiterapia. - Litotripsia. - Hemodiálise e diálise peritoneal. - Hemoterapia e hemodinâmica ambulatoriais. - Nutrição: limitada a 6 (seis) sessões, que podem ser estendi- das até 18 (dezoito), desde que sejam preenchidos os critérios estabelecidos na Diretriz de Utilização e Rol de Procedimen- tos e Eventos em Saúde, editados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), se forem realizadas a cada período de 12 (doze) meses, contados a partir do início de vigência da apólice. - Terapia ocupacional: limitada a 12 (doze) sessões, que podem ser estendidas até 40 (quarenta), desde que sejam preenchi- dos os critérios estabelecidos na Diretriz de Utilização e Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, editados pela Agên- cia Nacional de Saúde Suplementar (ANS), se forem realizadas a cada período de 12 (doze) meses, contados a partir do início de vigência da apólice. - Fonoaudiologia: limitada a 6 (seis) sessões, que podem ser es- tendidas até 24 (vinte e quatro), desde que sejam preenchidos os critérios estabelecidos na Diretriz de Utilização e Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, editados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), se forem realizadas a cada período de 12 (doze) meses, contados a partir do início de vigência da apólice. - Psicologia: limitada a 12 (doze) sessões nos casos de psico- terapia, que podem ser estendidas até 40 (quarenta) nos de- mais atendimentos, desde que sejam preenchidos os critérios estabelecidos na Diretriz de Utilização e Rol de Procedimen- tos e Eventos em Saúde, editados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), se forem realizadas a cada período de 12 (doze) meses, contados a partir do início de vigência da apólice. - Procedimentos de reeducação e reabilitação física, listados no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, editado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). - Demais terapias integrantes do Rol de Procedimentos e Even- tos em Saúde, editado pela Agência Nacional de Saúde Suple- mentar (ANS) e vigente à época do evento. Psiquiatria No tratamento de transtornos psiquiátricos, a cobertura ambu- latorial sem internação garantirá ao Bene ciário: - Atendimento de emergência em situações que impliquem ris- co de vida ou lesão irreparável a ele ou a terceiros, incluídas as lesões autoin igidas; - Tratamento básico, assim entendido aquele prestado pelo médico assistente ou sob sua orientação, com número ilimita- do de consultas, cobertura de serviços de apoio diagnóstico e outros procedimentos ambulatoriais; - Atendimentos clínicos ambulatoriais decorrentes de transtor- nos psiquiátricos, inclusive os procedimentos médicos neces- sários ao atendimento de lesões autoin igidas. A cobertura hospitalar psiquiátrica garantirá ao Bene ciário, por ano de vigência do seguro: a) 30 (trinta) dias de internação em hospital psiquiátrico em uni- dade de terapia ou em enfermaria psiquiátrica em hospital geral, no caso de Bene ciário portador de transtornos psiqui- átricos em situação de crise; b) 30 (trinta) dias de internação em hospital geral, para Bene - ciário portador de transtornos psiquiátricos que apresente quadro de intoxicação ou abstinência provocado por alcoo- lismo ou outras formas de dependência química, por isso ne- cessitando de hospitalização. Haverá coparticipação do Bene ciário, na forma de percentual, sobre o valor das despesas médicas e hospitalares ocorridas a
  • 7. 1312 partir do primeiro dia que ultrapassar os prazos de nidos ante- riormente, dentro de um mesmo período anual de vigência do seguro. Somente em Psiquiatria, o percentual de coparticipação equiva- lerá ao máximo admitido por norma editada pela Agência Nacio- nal de Saúde Suplementar (ANS) que estiver vigente à época da contratação do seguro, e, na ausência do percentual máximo, a participação será de 50% (cinquenta por cento). O Bene ciário dispõe de dias ilimitados para tratamento em re- gime de hospital-dia, de acordo com as Diretrizes de Utilização de nidas pela ANS. Terão cobertura os atendimentos com internação clínica ou ci- rúrgica decorrentes de transtornos psiquiátricos, inclusive os procedimentos médicos necessários ao atendimento de lesões autoin igidas. Remoção em ambulância O Bene ciário tem cobertura para remoção em ambulância, por via terrestre, para outro estabelecimento hospitalar dentro dos limites de abrangência geográ ca previstos no seguro contra- tado, em território brasileiro, quando for solicitada e justi cada pelo médico assistente. Planejamento familiar Prevê cobertura para os seguintes procedimentos: - Laqueadura Tubária e Vasectomia: realizadas de acordo com as diretrizes do Ministério da Saúde (Lei nº 9263/96); - Dispositivo Intrauterino (DIU): direito não apenas à colocação, mas também à cobertura do DIU. A Bradesco Saúde cobrirá também a retirada. Remissão por falecimento do Bene ciário titular Garante, em caso de falecimento do Bene ciário titular, a conti- nuidade de cobertura dos seus dependentes pelo período pre- visto no contrato de seguro, sem a necessidade de pagamento de mensalidade. As condições necessárias são que o falecimento tenha decor- rido de evento passível de cobertura, que o contrato de seguro esteja ativo durante o período de remissão, que a cobertura não esteja suspensa por motivo de atraso no pagamento de alguma mensalidade e que o vínculo empregatício com a empresa es- teja mantido na data do falecimento e possa ser comprovado. Não terão direito à cobertura de remissão os dependentes inclu- ídos na apólice nos 12 (doze) meses anteriores ao falecimento do Bene ciário titular, a não ser que a morte tenha decorrido de acidente pessoal. Exceção será feita ao(à) lho(a) do titular que tiver nascido ou sido efetivamente adotado(a) nesses 12 (doze) meses ou após a data de seu óbito e ao cônjuge comprovada- mente elegível nesse período e incluído no seguro no prazo má- ximo de 30 (trinta) dias contados do casamento/união estável. Atenção O benefício da remissão não implicará dispensa dos pra- zos de carência que estejam sendo cumpridos pelos Be- ne ciários. Veri que, com a sua empresa ou com a Central de Rela- cionamento com o Cliente, o direito a esse benefício e suas particularidades. Despesas não Cobertas pelo Seguro-saúde Estão expressamente excluídas da cobertura desse seguro as despesas médico-hospitalares não previstas nas Condições Ge- rais de sua apólice e no Rol de Procedimentos e Eventos em Saú- de, editado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e
  • 8. 1514 vigente à época da ocorrência do evento, bem como nas Diretri- zes de Utilização da ANS, decorrentes de ou realizadas com: Tratamento clínico ou cirúrgico experimental, conforme de ni- do pela ANS e demais órgãos competentes. Consultas domiciliares. Assistência domiciliar, internação domiciliar ou qualquer outra assistência realizada por pro ssional de saúde em ambiente domiciliar (home care). Procedimentos clínicos ou cirúrgicos para ns estéticos, exceto: a) a dermolipectomia abdominal em consequência de trata- mento clínico para obesidade mórbida ou após a cirurgia de redução do estômago; b) a cirurgia plástica reconstrutiva de mama, utilizando-se de todos os meios e técnicas necessárias para correção decor- rente do tratamento cirúrgico do câncer de mama. Inseminação arti cial, entendida como técnica de reprodu- ção assistida que inclui a manipulação de oócitos e esperma para alcançar a fertilização, por meio de injeções de esperma intracitoplasmáticas, transferência intrafalopiana de gameta, doação de oócitos, indução da ovulação, concepção póstuma, recuperação espermática ou transferência intratubária do zi- goto, entre outras técnicas. Tratamento de rejuvenescimento ou de redução de peso em clínica de emagrecimento, spas, clínica de repouso e estâncias hidrominerais. Tratamento esclerosante de varizes. Tratamento ou acolhimento de idosos ou portadores de neces- sidades especiais em clínica de repouso, estâncias hidromine- rais e clínicas, bem como internações em ambiente hospitalar que não sejam decorrentes de indicação médica. Medicamentos importados não nacionalizados. Exames de genética realizados fora do território nacional, in- dependente da coleta do material realizada no Brasil. Vacinas e medicações orais de qualquer natureza administra- das em ambiente domiciliar ou no atendimento ambulatorial. Medicamentos e materiais cirúrgicos cuja e cácia tenha sido reprovada pela Comissão de Incorporação de Tecnologias do Ministério da Saúde – CITEC. Curativo simples, exceto se realizado durante a internação hospitalar ou, em nível ambulatorial, se houver prescrição mé- dica para a sua realização por pro ssional habilitado. Tratamentos ilícitos ou antiéticos, assim de nidos sob o as- pecto médico, bem como exames e medicamentos não reco- nhecidos pelos órgãos governamentais competentes nem por sociedades médico-cientí cas brasileiras. Qualquer atendimento prestado por pro ssional de saúde não habilitado para a sua realização. Casos de cataclismos, guerras e comoções internas, quando forem declarados pela autoridade competente. Procedimentos odontológicos, ainda que decorrentes de aci- dente pessoal, exceto cirurgias bucomaxilofaciais listadas no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, editado pela Agên- cia Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que necessitem de ambiente hospitalar, além dos honorários do cirurgião-dentista e o custo dos materiais odontológicos. Sessão/consulta de fonoaudiologia, terapia ocupacional, psi- cologia e nutrição excedente ao limite estabelecido na Diretriz de Utilização e no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, editados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Enfermagem em caráter particular, seja em hospital ou em resi- dência, mesmo que as condições do paciente exijam cuidados especiais ou extraordinários. Órteses ou próteses não implantadas cirurgicamente (ex- ternas) ou que possuam nalidade estética e que não visem restaurar função parcial ou total de órgão ou parte do corpo humano lesionada por enfermidade, traumatismo ou anomalia congênita, assim entendidas como:
  • 9. 1716 a) prótese, qualquer material permanente ou transitório que substitua, total ou parcialmente, um membro, órgão ou te- cido; e b) órtese, qualquer material permanente ou transitório que au- xilie as funções de um membro, órgão ou tecido. Procedimentos relacionados com a manutenção de Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, com a realização de exames admissionais, periódicos, de retorno ao trabalho, de mudança de função e demissionais, conforme Norma Regula- mentadora nº 7 do Ministério do Trabalho. Check-up, entendido como a solicitação e realização de exa- mes na ausência de sintomas ou doença. Cirurgia refrativa em condições diferentes das estabelecidas, inclusive quanto ao grau, pela Agência Nacional de Saúde Su- plementar (ANS), por meio do Rol de Procedimentos e Even- tos em Saúde e da respectiva Diretriz de Utilização, vigentes à época da ocorrência do evento. Internações, exames e terapias não prescritos ou não solicita- dos pelo médico assistente. Remoção aérea ou marítima. Despesas com a internação após a alta hospitalar concedida pelo médico assistente. Quaisquer despesas não relacionadas com o atendimento, tais como serviços telefônicos, frigobar, TV etc. Equipamentos e aparelhos para utilização após a alta conce- dida pelo médico assistente, mesmo que relacionados com o atendimento médico-hospitalar e/ou necessários à continui- dade do tratamento do Bene ciário. Despesas com acompanhante de pacientes, exceto as previs- tas no item Coberturas deste Manual. Outros procedimentos não constantes expressamente nas Condições Gerais, na cláusula de Cobertura do Seguro, nas Di- retrizes de Utilização e no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, previstos na regulamentação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e vigentes à época do evento. Atenção Alguns itens não contemplados na cobertura do seu se- guro-saúde estão sujeitos à cobrança direta por parte do prestador de serviço. Cobertura Parcial Temporária (CPT) Considera-se Cobertura Parcial Temporária (CPT) o período de 24 (vinte e quatro) meses, contados a partir da inclusão do Bene ci- ário na apólice, no qual o mesmo, quando portador e sabedor de doença e lesão preexistentes, não poderá fazer uso da cobertura de Procedimentos de Alta Complexidade (PAC), de internação em leitos de alta tecnologia e de eventos cirúrgicos, desde que sejam relacionados a doenças ou lesões preexistentes declaradas pelo Bene ciário ou por seu representante legal, bem como constar do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, editado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e suas atualizações. Sendo constatada a existência de doença ou lesão preexistentes que possa gerar a necessidade de eventos cirúrgicos, de uso de leitos de alta tecnologia e de Procedimentos de Alta Complexida- de (PAC), a Bradesco Saúde aplicará a Cobertura Parcial Temporá- ria (CPT). As condições estabelecidas acima se aplicam, exclusivamen- te, aos Bene ciários que se enquadrem em uma das situações adiante: Bene ciários que ingressem em apólices cujo número de vidas seja inferior a 30 (trinta), considerando a data do seu ingresso; Bene ciários cuja solicitação de inclusão seja feita à segura- dora após 30 (trinta) dias do início de vigência da apólice, para
  • 10. 1918 aqueles que já pertenciam ao Grupo Segurável na época de con- tratação do seguro; e Bene ciários cuja solicitação de inclusão seja feita à segurado- ra após 30 (trinta) dias de sua elegibilidade, para aqueles que ingressem no Grupo Segurável após a data do início da apólice. Atenção Caso a seguradora identi que, durante a vigência do seguro, possível omissão de informações, por parte do Bene ciário ou de seu representante legal, relativa a do- enças ou lesões preexistentes que saiba ser portador à época da contratação, deverá comunicá-lo, imediatamen- te, mediante envio de Termo de Comunicação ao Bene ci- ário, e poderá, a seu critério: Oferecer a Cobertura Parcial Temporária (CPT) na forma de nida nas Condições Gerais e nas informações constantes na Carta de OrientaçãoaoBene ciário(anexaàDocumentaçãodeInclusão);ou Solicitar a abertura de processo administrativo junto à ANS em razão dessa omissão. Se houver deferimento por parte desse órgão, após julgamento do referido processo, serão permitidos à seguradora o cancelamento do grupo familiar e a cobrança ao Bene ciário ou ao seu representante legal pelos custos havidos em decorrência da realização de procedimento(s) relativo(s) à doença ou lesão não declarada oportunamente. Em alguns casos, poderá haver a isenção da CPT. Consulte a sua empresa ou a Central de Relacionamento com o Cliente para sa- ber mais detalhes sobre essa condição. Carência Entende-se por carência o tempo, corrido e ininterrupto, contado a partir da data de ingresso do Bene ciário na apólice, durante o qual esse não poderá usufruir das coberturas garantidas pelo seguro até que sejam cumpridos os prazos previstos em contrato. As coberturas garantidas ao Bene ciário titular e aos seus de- pendentes por esse seguro somente terão efeito após serem cumpridos os períodos de carência, contados a partir da data de seu ingresso na apólice. Os períodos de carência estão diretamente relacionados à quan- tidade de vidas seguradas da empresa Cliente. Portanto, procure a sua empresa para obter mais informações. Estão isentos do cumprimento dos prazos de carência os Bene - ciários que ingressarem no seguro, cujo número de vidas segura- das seja igual ou superior a 30 (trinta), considerando a data do seu ingresso, desde que: O pedido de inclusão seja feito à seguradora em até 30 (trinta) dias da data do início de vigência da apólice, para os Bene ciá- rios que já pertenciam ao Grupo Segurável na época da contra- tação do seguro; ou O pedido de inclusão seja feito à seguradora em até 30 (trinta) dias a contar de sua elegibilidade, para aqueles que ingressem no Grupo Segurável após a data do início da apólice. Além disso, cam garantidas as seguintes situações: - a inclusão do recém-nascido, lho natural ou adotivo do Bene- ciário, desde que se enquadre na condição de dependente, isento do cumprimento dos períodos de carência, desde que a inclusão na apólice ocorra no prazo máximo de 30 (trinta) dias do nascimento ou da adoção; - a inclusão na apólice de lho adotivo do Bene ciário titular, menor de 12 (doze) anos de idade, aproveitando os períodos de carência já cumpridos pelo Bene ciário adotante; e - a inclusão de inativos, assim considerados aqueles contribu- tários na forma prevista nos artigos 30 e 31 da Lei nº 9656/98 e suas regulamentações.
  • 11. 2120 Coparticipação O percentual de coparticipação será descontado do Bene ciário titular todas as vezes que ele e/ou seus dependentes utilizarem atendimentos ambulatoriais (consultas e exames simples), tor- nando mais equilibradas as utilizações por grupo familiar. Caso haja coparticipação em internação, essa será cobrada em valor por evento. Para internação, não haverá coparticipação em percentual, exceto nos casos de saúde mental, conforme previsto no item Psiquiatria. Informe-se, com a sua empresa ou com a Central de Relaciona- mento com o Cliente, sobre as condições de coparticipação ado- tadas, caso tenha havido opção pela mesma. O que é Rede Referenciada? São todos os prestadores de serviços médico-hospitalares, am- bulatoriais e de exames de apoio diagnóstico constantes na Lista de Referência do plano contratado, e que você e seus dependen- tes podem utilizar apresentando apenas o Cartão de Identi ca- ção e o documento de identidade (não é preciso fazer qualquer desembolso no ato do atendimento, desde que seja caracterizada a cobertura contratual do procedimento realizado). O Seguro Bradesco Saúde SPG Top possui as seguintes redes re- ferenciadas: Rede Referenciada Per l; Rede Referenciada Preferencial Plus; Rede Referenciada Nacional Flex; Rede Referenciada Nacional; Rede Referenciada Nacional Plus. Veja como identi car, no seu Cartão, qual é a sua rede referenciada, o tipo de acomodação, o padrão de seguro e, sempre que zerem parte desse, a cobertura de Assistência Pessoal e Dental. Este cam- po de ne o padrão de seguro: Top. Este cam- po de ne a abrangência da rede de atendimento: Per l, Prefe- rencial Plus, Nacional Flex, Nacional ou Nacional Plus. Este campo de ne o tipo de acomoda- ção: Quarto ou Enfermaria. Se a empre- sa contra- tou, além de assistência médica, a assistência odontológi- ca e existe apenas um cartão para ambas as coberturas. Este campo só estará preenchido quando o plano con- tratado prever a Assistência Pessoal. Atenção Na utilização da rede referenciada, o Bene ciário deverá recorrer aos prestadores de serviços indicados na Lista de Referência especí ca do seu plano.
  • 12. 2322 De nição das Redes Rede Referenciada Per l É formada por um conjunto de médicos, hospitais, laboratórios, clínicas e prontos-socorros cujos serviços são pagos diretamen- te pela seguradora, por conta e ordem do Bene ciário, desde que seja caracterizada a cobertura contratual para o evento pretendi- do e/ou realizado. A utilização de pro ssionais e estabelecimen- tos, na Rede Referenciada Per l, deverá ser realizada nos muni- cípios que compõem a região contratada, dentro dos limites da apólice. Também será observada a composição dos municípios da região contratada no caso de reembolso de despesas realizadas em sistema de livre escolha. Conheça, abaixo, as áreas de atuação da Rede Per l: Áreas de Atuação Municípios que compõem cada Região Belo Horizonte Belo Horizonte, Betim, Contagem e Nova Lima. Blumenau Blumenau e Brusque. Campinas Americana, Campinas, Campo Limpo Paulista, Cosmópolis, Hortolândia, Itatiba, Itupeva, Jundiaí, Louveira, Paulínia, São Bernardo do Campo, São Sebastião, Sumaré, Valinhos e Vinhedo. Curitiba Campo Largo, Colombo, Curitiba, Pinhais e São José dos Pinhais. Porto Alegre Canoas, Gravataí, Novo Hamburgo e Porto Alegre. Recife Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista e Recife. Rio de Janeiro Duque de Caxias, Magé, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, São Gonçalo e São João de Meriti. Salvador Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Lauro de Freitas, Salvador e Simões Filho. São Paulo Americana, Arujá, Barueri, Bertioga, Caieiras, Campinas, Campo Limpo Paulista, Carapicuíba, Cosmópolis, Cubatão, Diadema, Franco da Rocha, Ferraz de Vasconcelos, Guarujá, Guarulhos, Hortolândia, Itapevi, Itaquaquecetuba, Itatiba, Itupeva, Jundiaí, Louveira, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco, Paulínia, Poá, Praia Grande, Ribeirão Pires, Santa Isabel, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Paulo, São Vicente, Sumaré, Suzano, Taboão da Serra, Valinhos e Vinhedo. Na Rede Per l, não haverá reembolso das despesas efetuadas fora dos municípios que compõem a região contratada. Rede Referenciada Preferencial Plus A utilização de pro ssionais e estabelecimentos da Rede Preferen- cial Plus será permitida em qualquer região onde exista essa rede, nos casos de urgência e emergência ou de atendimento eletivo. Para utilizar qualquer outro serviço coberto pelo seguro fora da Rede Preferencial Plus, é necessário pagar pelo serviço prestado e solicitar o reembolso, o qual será feito de acordo com os limites estabelecidos pelo seu seguro. Rede Referenciada Nacional Flex O Bradesco Saúde Nacional Flex oferece cobertura completa em todos os estados brasileiros, com uma rede referenciada bem dimensionada, composta por prestadores de diversas especiali- dades, em consultórios médicos, clínicas, laboratórios, prontos- socorros e hospitais. Rede Referenciada Nacional A utilização de pro ssionais e estabelecimentos dessa rede po- derá ser realizada em âmbito nacional. Rede Referenciada Nacional Plus Além da utilização da Rede Referenciada Nacional, a Rede Plus oferece ao Bene ciário outros prestadores de serviços médico- hospitalares no Brasil. Critérios de Seleção da Rede Referenciada Para a composição da rede referenciada, a Bradesco Saúde pro- cura levar, em consideração, a qualidade dos serviços prestados
  • 13. 2524 por hospitais, clínicas ou serviços diagnósticos, a formação pro- ssional dos médicos e a avaliação das instalações físicas e geo- grá cas, buscando sempre manter a excelência dos serviços. A inclusão dos pro ssionais na rede referenciada estará sujeita à concordância do prestador e à análise e aceitação da Bradesco Saúde. Como utilizar os Serviços da Rede Referenciada Bradesco Saúde Consulta Médica Consulte a Lista de Referência e escolha o médico da especiali- dade que necessita. Ligue e marque a consulta. Compareça ao consultório médico no horário marcado, levando o seu Cartão de Identi cação e o seu documento de identidade. O prestador de serviço preencherá a Guia de Consulta. Caso o médico identi que a necessidade de realizar algum pro- cedimento além da consulta, o prestador de serviço preencherá a Guia de Serviço Pro ssional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT). Esse comprovante de serviço terá a função de efetivar o pagamento de alguns exames realizados no pró- prio consultório, tais como eletrocardiogramas, ultrassonogra- a, exames de vista, entre outros. Nunca assine a Guia de Consulta ou a Guia de Serviço Pro s- sional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT) em branco. Atenção Se ocorrer um imprevisto que o impossibilite de ir ao mé- dico no dia marcado, ligue, com antecedência de 24 (vinte e quatro) horas, para desmarcar a consulta. Havendo necessidade de exames complementares que não possam ser avaliados na mesma consulta, o ato mé- dico terá continuidade para sua nalização, com tempo determinado a critério do médico. Nesse caso, não deven- do gerar cobrança de honorários. Exames Escolha, na Lista de Referência, um estabelecimento para rea- lizar os exames solicitados (se necessário, peça uma indicação para o médico). Ligue para o estabelecimento onde vai ser realizado o exame para saber se é preciso marcar hora e se há procedimentos que devem ser realizados antes do exame (por exemplo: fazer jejum, colher a primeira urina do dia etc.). No local do exame, apresente a solicitação feita pelo médico, o seu Cartão de Identi cação e o seu documento de identidade. O prestador de serviço preencherá a Guia de Serviço Pro ssio- nal/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT), a qual não deverá ser assinada se estiver em branco. No caso de exames que necessitam de autorização prévia, o referenciado entrará em contato com a Bradesco Saúde e soli- citará a senha para realizar o procedimento. Atendimento Ambulatorial Escolha, na Lista de Referência, um consultório ou, no item pron- tos-socorros, uma clínica ou hospital.
  • 14. 2726 Apresente, no local, o seu Cartão de Identi cação e o seu docu- mento de identidade. O prestador de serviço preencherá a Guia de Serviço Pro ssional/ Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT), a qual não deverá ser assinada se estiver em branco. No caso de atendimento ambulatorial que necessite de autoriza- ção prévia, o referenciado entrará em contato com a Bradesco Saúde e solicitará a senha para realizar o procedimento. Internações Se o médico que está realizando um atendimento no consultório ou pronto-socorro diagnosticar a necessidade de uma interna- ção de emergência ou eletiva (cirurgia ou tratamento), escolha um hospital, na Lista de Referência, que tenha o tipo de acomo- dação que está marcado em seu Cartão de Identi cação: Enfer- maria ou Quarto. No ato da internação, apresente o seu Cartão de Identi cação e o seu documento de identidade. O pedido de internação pode ser entregue ao hospital pelo mé- dico ou Bene ciário e precisa estar carimbado e assinado. Nas internações de emergência, o hospital deve solicitar a auto- rização de internação (senha) à Bradesco Saúde imediatamen- te. Nas eletivas, a solicitação deve ser feita com, no mínimo, 5 (cinco) dias úteis de antecedência para a internação. Se houver a utilização de materiais especiais, as senhas deve- rão ser solicitadas com, no mínimo, 15 (quinze) dias úteis de an- tecedência da data prevista para o procedimento cirúrgico. A liberação de internação da Bradesco Saúde é feita por um período necessário para o tratamento. Poderá haver uma pror- rogação desse período, desde que seja solicitada pelo médico assistente antes do término do primeiro prazo e com a devida justi cativa. No caso de haver indicação para internação cirúrgica eletiva, a seguradora poderá solicitar ao Bene ciário que compareça a um dos Centros de Referência da Bradesco Saúde para avaliação quanto às condições de sua realização. A autorização (senha) para internação clínica ou cirúrgica eletiva deverá ser solicitada à seguradora com a antecedência acordada com o estabeleci- mento hospitalar, se o Bene ciário optar pelo atendimento na rede referenciada. Atenção Con rme, previamente com o hospital, se a internação foi autorizada pela Bradesco Saúde. Veri que, com o médico, se toda a equipe que vai parti- cipar do atendimento ou cirurgia faz parte da Lista de Referência para que não tenha que ser feito qualquer de- sembolso na hora da alta. Caso algum médico da equipe cirúrgica ou de tratamento não pertença à Lista de Referência, você terá que pagá-lo e depois solicitar o reembolso, o qual será feito de acordo com os limites estabelecidos pelo seu seguro. Remoção em Ambulância Escolha, na Lista de Referência, a empresa prestadora de ser- viço de remoção mais próxima que tenha condições de prestar atendimento. Apresente o seu Cartão de Identi cação e o seu documento de identidade. O prestador de serviço preencherá a Guia de Serviço Pro ssio- nal/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT), a qual não deverá ser assinada se estiver em branco.
  • 15. 2928 Terapias Com a solicitação do médico em mãos, ligue e marque hora para o tratamento. Compareça ao local onde será realizada a terapia com o seu Cartão de Identi cação e o seu documento de identidade. O prestador de serviço preencherá a Guia de Serviço Pro ssio- nal/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT), a qual não deverá ser assinada se estiver em branco. O referenciado solicitará a autorização (senha) à Bradesco Saú- de para realizar a terapia. Conheça os formulários utilizados para realização de consultas, exames, terapias, atendimento ambulatorial e remoção em ambulância. Guia de Consulta Guia de Serviço Pro ssional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT)
  • 16. 3130 Como solicitar Auxílio em Caso de Encerramento de Atividades de um Pro ssional ou Serviço Em caso de encerramento de atividades de um pro ssional ou serviço médico-hospitalar referenciado, o Bene ciário poderá obter auxílio por meio da Lista de Referência ou pelo Portal da Bradesco Saúde (www.bradescosaude.com.br), na área exclusiva para o Bene ciário, ou, ainda, entrar em contato com a Central de Relacionamento com o Cliente, cujo número do telefone consta no verso do seu Cartão de Identi cação, que o auxiliará a encontrar outro prestador. Prazos para Liberação de Senha O prazo para emissão de senha (autorização prévia) dependerá do tipo de procedimento a ser realizado e somente começará a contar a partir do fornecimento de todas as informações neces- sárias. Conheça abaixo os prazos: Internação de Urgência Liberação imediata, desde que não haja necessidade de relatório médico Radioterapia 3 (três) dias úteis Oncologia 5 (cinco) dias úteis Transplante 5 (cinco) dias úteis Internação Eletiva/Cirurgia sem Material Especial 5 (cinco) dias úteis Obesidade Mórbida 10 (dez) dias úteis Cirurgia com Material Especial 15 (quinze) dias úteis Atendimento por Reembolso Você pode utilizar qualquer serviço que esteja coberto pelo seguro- saúde com um prestador de sua livre escolha que não faça parte da sua Lista de Referência, desde que sejam respeitadas a abrangên- cia geográ ca e a área de atuação do produto contratado. O reembolso aos Bene ciários pertencentes a produtos com Rede Referenciada Per l e Preferencial Plus só será efetuado para as despesas relativas à cobertura assistencial médica, ambulato- rial e hospitalar, exclusivamente nos municípios que compõem a região do produto contratado por sua empresa. No caso de optar por serviço médico-hospitalar não referenciado, você escolhe um prestador de seu interesse, paga pelo serviço utilizado, solicita a documentação necessária referente ao servi- ço utilizado e a apresenta à Bradesco Saúde para reembolso, o qual será feito de acordo com os limites estabelecidos pelo seu seguro. Para isso, basta que você procure um dos Núcleos de Atendimen- to Bradesco Saúde (veja os endereços na pág. 62) e preencha uma Solicitação de Reembolso, anexando os documentos necessários. O valor do reembolso apresentado será de acordo com os limites previstos na apólice. Eventuais diferenças serão de sua respon- sabilidade. Antes de solicitar o reembolso, tire cópia dos recibos para sua De- claração de Imposto de Renda. Atenção O valor do reembolso é limitado à quantidade de CRS da Tabela Bradesco Saúde, multiplicada pelo seu valor na data do evento e pelo múltiplo de reembolso correspon- dente ao padrão de seguro em que você e seus depen- dentes estão incluídos.
  • 17. 3332 O múltiplo de reembolso indica até quantas vezes o seu padrão de seguro reembolsa o valor do serviço médico- hospitalar mencionado na Tabela Bradesco Saúde. Essas informações podem ser consultadas no Portal da Bradesco Saúde (www.bradescosaude.com.br), na área exclusiva do Bene ciário, acessando a opção “Valor da US/URS/CRS e Múltiplos de Reembolso” ou, ainda, pela Central de Relacionamento com o Cliente, cujo número do telefone consta no verso do seu Cartão de Identi cação. Prévia de Reembolso Para conhecer os valores de reembolso a que você tem direito na utilização de um determinado serviço coberto pelo seguro-saúde, ligue para a Central de Relacionamento com o Cliente, cujo núme- ro do telefone consta no verso do seu Cartão de Identi cação, e forneça o nome técnico do procedimento ou cirurgia a ser realiza- da e a data. O prazo para cálculo do valor de reembolso é de aproximadamen- te 5 (cinco) dias úteis, desde que todas as informações necessá- rias sejam fornecidas. Atenção Os valores fornecidos por telefone estão sujeitos a alte- rações quando da análise técnica dos documentos, pois é com base neles que a seguradora veri ca o tratamento efetivamente realizado. Processamento do Reembolso A Bradesco Saúde fará a análise técnica e o processamento do re- embolso, conforme as coberturas e limites contratuais do seguro. O prazo para pagamento é de 30 (trinta) dias, inclusive nos casos de urgência e emergência, contados a partir do recebimento pela seguradora de toda a documentação relacionada no item Docu- mentos que você precisa apresentar para solicitar Reembolso, de acordo com o procedimento realizado. O crédito do valor a ser reembolsado será efetuado diretamente na conta-corrente do Bene ciário titular. Para que o reembolso seja efetuado com segurança, é importante que os dados de sua conta- corrente estejam sempre atualizados junto à sua empresa. Reanálise do Reembolso Em caso de discordância quanto ao reembolso, o Bene ciário po- derá solicitar a reanálise no prazo máximo de 12 (doze) meses, a contar da data de resposta da seguradora. Essa solicitação deve- rá ser feita por escrito e enviada à Bradesco Saúde, por intermé- dio de um Núcleo de Atendimento Bradesco Saúde, ou por meio da Central de Relacionamento com o Cliente, cujo número do tele- fone consta no verso do seu Cartão de Identi cação. Documentos que você precisa apresentar para solicitar Reembolso O Bene ciário deverá observar o prazo máximo de 1 (um) ano, a partir da data de ocorrência do evento, para apresentação dos pedidos de reembolso.
  • 18. 3534 Para o efetivo reembolso, o Bene ciário deverá apresentar for- mulário especí co, devidamente preenchido com seus dados ca- dastrais, acompanhado da documentação completa, relacionada adiante: Consulta Médica Para a solicitação de reembolso das consultas médicas realiza- das em prestadores não integrantes da rede referenciada do pro- duto contratado, o Bene ciário deverá apresentar os seguintes documentos: a) Consulta realizada em consultório médico: Recibo, original e quitado, emitido pelo médico, no qual devem constar: nome do paciente, descrição e data do atendimento, valor pago e dados do médico (nome, CRM, CPF, endereço, telefone, especialidade, assinatura e carimbo). b) Consulta realizada em clínica ou hospital: Nota Fiscal, original e quitada, emitida pelo hospital ou clínica, contendo: razão so- cial e CNPJ do estabelecimento, nome do paciente, descrição e data do atendimento, valor pago, especialidade e carimbo do médico. Exames Nos casos em que o Bene ciário realizar exames clínicos ou de imagem em prestador não integrante da rede referenciada do produto contratado, ele deverá solicitar o reembolso mediante a apresentação de: a) Pedido médico, datado, assinado e carimbado, no qual devem constar: nome do paciente, nome técnico de cada exame re- alizado, sem siglas ou códigos, bem como a correspondente metodologia, caso exista mais de um método diagnóstico disponível, e justi cativa para a respectiva solicitação. b) Nota Fiscal ou recibo, original e quitado, emitido pelo presta- dor que realizou o exame, contendo: nome do paciente, data do atendimento, valor pago, nome de cada exame realizado com seu valor unitário, razão social e CNPJ do estabeleci- mento. b.1) No caso de apresentação de recibo de pessoa física, adicionalmente, deverão ser informados CPF, endereço e telefone do pro ssional que realizou o exame. Quando forem realizados exames de imagem (Raio-X, Tomogra- a Computadorizada, Ressonância Magnética etc.), na documen- tação apresentada para reembolso, deverão constar também a região examinada e, se for o caso, a descrição dos materiais e medicamentos, com seus valores unitários discriminados. Nos casos de realização de exames genéticos, adicionalmente, deverão ser enviados: a) Relatório médico acompanhado da justi cativa relacionada à conduta terapêutica, quadro clínico, histórico familiar, laudo dos exames realizados para o diagnóstico da doença, indicação de um geneticista clínico e a metodologia utilizada, se forem reali- zados em território nacional. Procedimentos Ambulatoriais Quando da realização de cirurgias de pequeno porte ou atendi- mentos em prontos-socorros, em prestadores não integrantes da rede referenciada do produto contratado, o Bene ciário deverá apresentar: a) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, no qual devem constar: nome do paciente, diagnóstico e tratamento realiza- do. Nos casos de pequenas cirurgias, deverá ser apresentada a correspondente indicação clínica, contendo a descrição de- talhada das lesões e os procedimentos realizados para cada uma delas e os resultados dos principais exames pré e pós- operatórios; b) Laudo anatomopatológico, se houver; c) Boletim operatório, se houver; e
  • 19. 3736 d) Recibo, original e quitado, contendo: nome do paciente, des- crição e data do atendimento, valor pago e dados do médico (nome, CRM, CPF, endereço, telefone, especialidade, assinatura e carimbo); ou e) Nota Fiscal, original e quitada, contendo: nome do paciente, descrição e data do atendimento, valor pago, razão social e CNPJ do estabelecimento. Caso o procedimento realizado seja a Vasectomia/Laqueadura Tubária, deverá ser enviado documento complementar, rmado com a expressa manifestação da vontade do Bene ciário/pacien- te, em que constem informações a respeito dos riscos da cirurgia, possíveis efeitos colaterais, di culdades de sua reversão e op- ções de contracepção reversíveis existentes. Em se tratando de casais, também deve ser enviado documento em que conste o expresso consentimento do cônjuge/companheiro(a). Quando da realização de Cirurgias Refrativas, será necessário o envio, em complemento à documentação constante no item Pro- cedimentos Ambulatoriais, de relatório do médico assistente in- formando o erro de refração (expresso em graus) que justi cou o referido procedimento cirúrgico. Nos documentos citados nas alíneas “a”, “d” e “e”, devem constar as descrições dos materiais, medicamentos, taxas e outras even- tuais despesas, com seus respectivos valores unitários. Internação, inclusive as de Natureza Obstétrica As internações clínicas ou cirúrgicas que venham a ser realizadas em hospitais que não façam parte da rede referenciada do produ- to contratado serão reembolsadas mediante o atendimento, por parte do Bene ciário, das seguintes condições: Despesas Hospitalares a) Apresentação de relatório médico no qual devem constar: nome do paciente, diagnóstico, tempo de evolução da doença, justi - cativa para a internação e descrição e período do atendimento; b) Apresentação de Nota Fiscal, original e quitada, emitida pelo hospital, contendo: nome do paciente, data do evento, valor pago, razão social e CNPJ do hospital; e c) Apresentação de Fatura emitida pelo hospital com a descrição detalhada da conta hospitalar, inclusive diárias, taxas, relação de materiais e medicamentos utilizados e exames efetuados e cobrados do Bene ciário durante a internação, com os respec- tivos valores unitários, data da alta e período de cobrança. Honorários Médicos Para a solicitação do reembolso da equipe médica e/ou do médico assistente que tenha realizado o atendimento durante o período de internação, o Bene ciário deverá apresentar: a) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, no qual devem constar: nome do paciente, diagnóstico, tempo de evolução da doença, justi cativa para a internação, descrição e período do atendimento; b) Laudo anatomopatológico, se houver; c) Boletim operatório com a descrição do ato cirúrgico; d) Laudo dos exames de imagem e laboratoriais pré e pós-opera- tórios relacionados à doença; e) Pareceres de especialistas relacionados à doença, se houver; e f) Recibo, original e quitado, emitido pelo médico, contendo: nome do paciente, valor pago, descrição e período do atendimento e dados do médico (nome, CRM, CPF, endereço, telefone, especia- lidade, assinatura e carimbo); ou g) Nota Fiscal, original e quitada, emitida pelo hospital, contendo: nome do paciente, valor pago, descrição e período do atendi- mento, razão social e o CNPJ do estabelecimento. Caso o procedimento realizado seja a Vasectomia/Laqueadura Tubária, deverá ser enviado o documento complementar descrito no item Procedimentos Ambulatoriais.
  • 20. 3938 Adicionalmente, devem constar, em um dos documentos citados nas alíneas “a”, “f” e “g”, a participação e os valores correspon- dentes a cada membro da equipe que realizou o atendimento (ci- rurgião, 1º auxiliar, 2º auxiliar etc.). No caso de atendimento clíni- co, devem ser informados a especialidade, o número e as datas das visitas cobradas. Remoção em Ambulância Nos casos em que haja necessidade de remoção do Bene ciário entre prestadores hospitalares, sendo utilizada empresa de re- moção não integrante da rede referenciada do produto contrata- do, a solicitação do reembolso deverá ser feita mediante a apre- sentação de: a) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, informando o nome do paciente, diagnóstico e justi cativa clínica para a re- moção; e b) Nota Fiscal, original e quitada, emitida pela empresa de remo- ção,contendo:onomedopaciente,datadaremoção,valorpago, quilometragem percorrida, local de partida e destino, tempo de espera, se houver, tipo de ambulância (UTI ou simples), descri- ção do valor dos honorários médicos, se houver, razão social e CNPJ da empresa. Terapias Fisioterapia, Fonoterapia, Psicologia, Fonoaudiologia, Terapia Ocupacional Quando o Bene ciário optar por um prestador não integrante da rede referenciada do produto contratado para realização das te- rapias descritas nesse item, o reembolso deverá ser solicitado mediante a apresentação de: a) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, realizado ex- clusivamente por pro ssional médico regularmente inscrito no CRM, no qual devem constar: nome do paciente, diagnóstico, quadro clínico atual, descrição e justi cativa para a terapia indi- cada e o correspondente planejamento terapêutico (quantida- de de sessões programadas para um determinado período de tempo); e b) Recibo, original e quitado, contendo: nome do paciente, número de sessões e as datas em que foram realizadas, valores pagos, descrição da terapia e dados do pro ssional que realizou a te- rapia (nome, CPF e número de inscrição no respectivo Conselho Regional - CREFITO-F, CRP/CRM, CRFa, CREFITO-TO, endereço, telefone, assinatura e carimbo); ou c) Nota Fiscal, original e quitada, contendo, além de todas as in- formações descritas na alínea anterior, razão social e CNPJ do estabelecimento onde foi/foram realizada(s) a(s) sessão(ões) de terapia. d) Caso a terapia seja realizada de forma continuada, o relatório médico, descrito na alínea “a”, deverá ser atualizado 4 (quatro) meses após sua emissão. Quando da realização de sioterapia, adicionalmente, deverá ser enviado laudo do exame de imagem realizado relacionado à pa- tologia, se houver, e que justi que a indicação da referida terapia. Quimioterapia, Radioterapia e Diálise Nos casos em que o Bene ciário realizar os procedimentos de quimioterapia, radioterapia e diálise em prestador não integrante da rede referenciada do produto contratado, o reembolso deverá ser solicitado mediante a apresentação de: a) Relatório emitido pelo médico assistente, datado, assinado e carimbado, no qual devem constar: nome do paciente, número de sessões e suas datas, diagnóstico, descrição e justi cativa para o tratamento solicitado, histórico dos tratamentos já rea- lizados e planejamento terapêutico; e b) Recibo, original e quitado, contendo: nome do paciente, número de sessões e as datas em que foram realizadas, valores pagos, descrição do tratamento e dados do médico (nome, CRM, CPF, endereço, telefone, assinatura e carimbo); ou
  • 21. 4140 c) Nota Fiscal, original e quitada, contendo: nome do paciente, nú- mero de sessões e as datas em que foram realizadas, valores pagos, descrição do tratamento, razão social e CNPJ do esta- belecimento; e d) Fatura descrevendo todos os itens da conta (materiais, medi- camentos, taxas etc.) com seus valores unitários. Quando da realização de quimioterapia, deverá ser enviada a se- guinte documentação complementar: a) Laudos dos exames relacionados à patologia em questão (ana- tomopatológico, imuno-histoquímico, imagem etc.); b) Laudo dos exames, no caso da utilização de adjuvantes, assim como justi cativa médica para o seu uso; e c) Novo relatório médico, em caso de troca de esquema terapêu- tico, contendo a justi cativa e laudo de exames, se houver. Acupuntura O Bene ciário poderá realizar os procedimentos de acupuntura em prestador que não faça parte da rede referenciada do produ- to contratado e solicitar, posteriormente, o reembolso, desde que apresente: a) Recibo, emitido pelo médico, no qual devem constar: nome do paciente, número de sessões e as datas em que foram realiza- das, valores pagos, descrição do tratamento e dados do médico (nome, CRM, CPF, endereço, telefone, assinatura e carimbo); ou b) Nota Fiscal, emitida pelo prestador onde foi/foram realizada(s) a(s) sessão(ões), contendo: nome do paciente, número de ses- sões e as datas em que foram realizadas, valores pagos, des- crição do tratamento, razão social e CNPJ do estabelecimento e nome e CRM do médico que realizou a(s) sessão(ões). c) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, realizado ex- clusivamente por pro ssional médico regularmente inscrito no CRM, no qual devem constar: nome do paciente, diagnóstico, quadro clínico atual, descrição e justi cativa para o tratamento indicado. d) Caso as sessões de acupuntura sejam realizadas de forma continuada, o relatório médico, descrito na alínea “c”, deverá ser atualizado 4 (quatro) meses após sua emissão. Nutrição Para a solicitação de reembolso das sessões de nutrição indica- das por pro ssional médico regularmente inscrito no CRM e reali- zadas por pro ssionais não integrantes da rede referenciada do produto contratado, o Bene ciário deverá apresentar a seguinte documentação: a) Recibo, emitido pelo pro ssional que realizou as sessões, no qual devem constar: nome do paciente, número de sessões e as datas em que foram realizadas, valores pagos, descrição do atendimento e dados do nutricionista (nome, CRN, CPF, endere- ço, telefone, assinatura e carimbo); ou b) Nota Fiscal, emitida pelo pro ssional que realizou as sessões, na qual devem constar: nome do paciente, número de sessões e as datas em que foram realizadas, valores pagos, descrição do atendimento e dados do nutricionista (nome, CRN, CPF, en- dereço, telefone e carimbo). c) Relatório médico, datado, assinado e carimbado, realizado ex- clusivamente por pro ssional médico regularmente inscrito no CRM, no qual devem constar: nome do paciente, diagnóstico, quadro clínico atual, descrição e justi cativa para o tratamento indicado. d) Caso as sessões de nutrição sejam realizadas de forma con- tinuada, o relatório médico, descrito na alínea “c”, deverá ser atualizado 4 (quatro) meses após sua emissão.
  • 22. 4342 Próteses e Órteses de Implantação Cirúrgica A solicitação de reembolso referente a próteses e órteses implan- tadas cirurgicamente e que estejam previstas na cobertura con- tratada deve ser encaminhada mediante a apresentação de: a) Relatório, emitido pelo médico assistente, contendo o nome do paciente, descrição e data do procedimento, diagnóstico e jus- ti cativa para a solicitação do material; e b) Nota Fiscal, original e quitada, do fornecedor/distribuidor/fa- bricante com nome do paciente, data da emissão, valor pago, descrição do material, marca, modelo, fabricante, número de registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), nome e CNPJ do emitente. b.1) Não serão aceitos recibo do médico, Nota Fiscal ou recibo do hospital ou clínica onde foi realizada a cirurgia. Independente do procedimento realizado pelo Bene ciário, para o efetivo reembolso, não serão aceitos, como documentos compro- batórios da prestação de serviço: Recibos de Pagamentos de Au- tônomos (RPA), Recibos Provisórios de Serviços (RPS) e/ou tem- porários, nota de serviço, nota de débito, duplicatas e Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica (DANFE). Atenção Antes de enviar todos os documentos originais com a Solicitação de Reembolso, tire cópia e guarde com você para sua Declaração de Imposto de Renda. Assistência Pessoal Caso o plano contratado ofereça essa cobertura, seu Cartão de Identi cação trará impressas as palavras “ASSIST. PESSOAL”, na parte da frente. A Assistência Pessoal oferece a cobertura de uma série de servi- ços de assistência pessoal no caso de acidente, acontecimentos imprevistos e doenças com manifestação súbita e aguda, quando o Bene ciário estiver em viagem no Brasil a mais de 100km do município de sua residência e desde que não esteja afastado de sua residência permanente por período superior a 90 (noventa) dias em uma mesma viagem. Basta acionar a Central de Alarme, que funciona 24 horas por dia, inclusive domingos e feriados, e informar o número de seu cartão (veja os telefones na pág. 51). Qualquer pessoa pode acionar a Central de Alarme com o Cartão de Identi cação do Bene ciário em mãos, caso o mesmo esteja impossibilitado de comunicar-se. Quando uma situação envolver risco de vida, o Bene ciário deve tomar as providências cabíveis e depois contatar a Central de Alar- me. Telefone a cobrar (caso não seja possível, guarde o comprovante de seu telefonema e solicite reembolso) e informe: O nome do Bene ciário e o número do Cartão de Identi cação. O tipo de emergência e a ajuda que necessita. O local e um telefone em que o Bene ciário poderá ser encon- trado para receber o atendimento. Coberturas da Assistência Pessoal no Brasil e Exterior Remoção médica No caso de acidente ou doença do Bene ciário ocorridos durante viagem e de acordo com a natureza e gravidade dos ferimentos ou enfermidade, a Assistência Pessoal se responsabilizará por:
  • 23. 4544 1. Remoção do Bene ciário para o hospital mais próximo do lo- cal da ocorrência; 2. Transferência do Bene ciário para centro hospitalar mais ade- quado ao seu atendimento, a critério do médico assistente, em comum acordo com a equipe médica da empresa prestadora de serviços, podendo ser feita por ambulância, carro, avião co- mercial ou avião UTI. A transferência em avião UTI só será co- berta quando for realizada dentro de um mesmo continente e se a natureza dos ferimentos ou enfermidade exigir esse meio de locomoção, a critério do médico assistente ou da equipe médica da empresa prestadora de serviços. Se necessário, um médico ou uma enfermeira deverá acompanhar o paciente. Regresso domiciliar por razão médica Se o Bene ciário, após tratamento no local da ocorrência, não es- tiver em condições de retornar à sua residência permanente como passageiro regular, a critério do médico assistente, em comum acordo com a equipe médica indicada pela empresa prestadora de serviços, essa organizará o regresso do Bene ciário pelo meio de transporte mais adequado às suas condições clínicas. Com essa nalidade, a empresa prestadora de serviços poderá, em nome do Bene ciário, usar, negociar, providenciar, compensar, junto a companhias aéreas, marítimas e terrestres ou a agentes de viagem e operadores turísticos, os bilhetes de transporte do Bene ciário, sejam esses tarifas integrais ou com limites espe- ciais de fretamentos ou excursões, dentro ou fora do prazo esti- pulado, de forma a assegurar o retorno do Bene ciário à sua resi- dência permanente. Localização e encaminhamento de bagagem extraviada Em caso de extravio de bagagem do Bene ciário, dentro dos limi- tes da área de responsabilidade da companhia transportadora, a empresa prestadora de serviços prestará a assessoria necessária para a denúncia do fato junto aos responsáveis, as providências de busca, bem como o envio da bagagem até onde se encontra o Bene ciário ou a sua residência permanente. Ajuda nanceira por extravio de bagagem No caso de extravio de bagagens que estejam sob responsabili- dade de companhias aéreas regulares a liadas à IATA e que não sejam entregues para o Bene ciário em 48 (quarenta e oito) horas subsequentes à declaração de perda (PIR - Property Irregularity Report), a empresa prestadora de serviços entregará ao Bene ci- ário o equivalente a R$ 200,00 (duzentos reais) em vale-compras ou em moeda local para gastos emergenciais. Passagem aérea para visita de parente quando o Bene ciário car internado por causa de emergência médica fora de sua cidade Se o Bene ciário permanecer hospitalizado por mais de 10 (dez) dias no Brasil ou por mais de 5 (cinco) dias no exterior, estando desacompanhado, a empresa prestadora de serviços colocará, à disposição de um parente ou de uma pessoa residente no Bra- sil indicada pelo Bene ciário, um bilhete aéreo de linha comercial, classe econômica, de ida e volta, para que possa visitá-lo. Hospedagem de parente do Bene ciário Quando o Bene ciário permanecer hospitalizado por mais de 10 (dez) dias no Brasil ou por mais de 5 (cinco) dias no exterior, a em- presa prestadora de serviços assumirá os gastos com a hospe- dagem da pessoa que se bene ciar da cobertura prevista no subi- tem anterior, no limite diário de até R$ 100,00 (cem reais), por até 10 (dez) dias, para o pagamento de diárias de hotel, com exclusão de qualquer outra despesa. Garantia de viagem de regresso Quando o Bene ciário possuir uma passagem de transporte aé- reo com data ou limitação de regresso e, em razão de doença ou acidente, acompanhados pela equipe médica indicada pela em- presa prestadora de serviços, estiver obrigado a retardar seu re- gresso programado, a empresa prestadora de serviços assumirá
  • 24. 4746 a diferença de tarifa para o regresso do Bene ciário ou para o prosseguimento da viagem interrompida. Traslado de corpo Na hipótese de falecimento do Bene ciário durante a viagem, a empresa prestadora de serviços custeará e cuidará das formali- dades necessárias ao retorno do corpo, inclusive dos restos mor- tais, para o município de residência permanente do Bene ciário no Brasil. Não estarão cobertas despesas relativas ao funeral, enterro ou à cremação. Coberturas válidas apenas no exterior Além das coberturas previstas anteriormente, o Bene ciário, em viagem ao exterior, terá, à sua disposição, as seguintes garantias: Assistência médica Caso o Bene ciário, em decorrência de acidente, doença ou en- fermidade de manifestação súbita e aguda, necessite de atendi- mento médico imediato, a empresa prestadora de serviços custe- ará as despesas médicas e hospitalares até os seguintes limites: 1. R$ 10.000,00 (dez mil reais) para honorários de médicos, clíni- cos e cirurgiões, diárias e outras despesas hospitalares, ser- viços médicos, enfermagem e exames complementares pres- critos por um médico; 2. R$ 500,00 (quinhentos reais) por evento, para despesas com intervenções odontológicas de emergência e para medica- mentos prescritos por um médico. O atendimento imediato pode ser absoluto ou relativo. Absoluto é aquele que envolve qualquer enfermidade que neces- site de intervenção médica, clínica ou cirúrgica, nas 24 (vinte e quatro) horas subsequentes à sua manifestação e de que depen- da o prognóstico vital e/ou funcional do Bene ciário. Relativo é aquele que envolve toda enfermidade que necessite de intervenção médica, clínica ou cirúrgica, com ou sem inves- tigação laboratorial e/ou radiológica, e que deva ser realizada, impreterivelmente, antes do retorno do Bene ciário ao seu mu- nicípio de domicílio. As intervenções médicas ou cirúrgicas nas condições citadas aci- ma deverão estar devidamente comprovadas e justi cadas por meio de laudo médico detalhado, por escrito, no qual esteja cli- nicamente claro que disso depende a expectativa de vida e/ou funções orgânicas do Bene ciário. Adiantamento de ança Em caso de exigência de prestação de ança prevista em lei pro- cessual penal, a empresa prestadora de serviços adiantará o valor dessa ança, mediante a assinatura de um documento de reconhecimento de dívida, até o limite de R$ 10.000,00 (dez mil re- ais), valor esse que deverá ser devolvido, no prazo máximo de 60 (sessenta) dias, pelo Bene ciário ou por sua conta. Indicação de assistência jurídica Se o Bene ciário necessitar de um advogado, a empresa pres- tadora de serviços fornecerá referências e informações, inclusive com marcação de consultas, cabendo ao Bene ciário o pagamen- to de eventuais despesas diretamente ao advogado indicado. Regresso antecipado por morte de parente de primeiro grau A empresa prestadora de serviços organizará e assumirá as des- pesas adicionais resultantes da volta antecipada do Bene ciário à sua residência permanente, em virtude de falecimento de paren- te de primeiro grau (cônjuge, lhos, pais e irmãos do Bene ciário). Será providenciado o retorno do Bene ciário ao Brasil, em com- panhia aérea comercial, caso não possa utilizar o bilhete original emitido com prazo determinado.
  • 25. 4948 Orientação em caso de perda de documentos A empresa prestadora de serviços indicará ao Bene ciário as pro- vidências necessárias em caso de perda de documentos, infor- mando-lhe endereços e telefones consulares e auxiliando-o no cancelamento de cartões de crédito e na substituição de bilhetes de transporte e de cheques de viagem. Prolongamento de estada em hotel A empresa prestadora de serviços arcará com as despesas ne- cessárias para o prolongamento de estada em hotel escolhido pelo Bene ciário, imediatamente após a alta hospitalar, se essa permanência tiver sido prescrita pelo médico local ou por equipe médica indicada pela empresa prestadora de serviços. Essa ga- rantia limita-se ao valor de até R$ 100,00 (cem reais) por diária do Bene ciário em hotel, até, no máximo, 10 (dez) dias, sendo exclu- ídas da garantia quaisquer despesas que não integrem a diária. Limitações A Assistência Pessoal não será prestada em caso de situações que venham a ocorrer durante a viagem do Bene ciário e que se- jam decorrentes da inobservância de recomendações feitas pelo médico que o assiste habitualmente. Exclusões Estão excluídos dessa cobertura os seguintes casos: a) doenças ou lesões existentes anteriormente à data de viagem; b) doenças, lesões ou processos resultantes de ação criminal dolosa perpetrada pelo Bene ciário, salvo lesões ocasiona- das por acidentes de trânsito; c) doenças ou lesões resultantes de tentativa de suicídio ou provocadas intencionalmente pelo Bene ciário em si mesmo; Embarque de menores de 14 anos Quando o Bene ciário estiver em viagem, tendo sob sua respon- sabilidade crianças menores de 14 (quatorze) anos e, por razões de acidente ou doença, não puder embarcá-las para o retorno ao domicílio, a empresa prestadora de serviços cuidará dos seguin- tes serviços: acompanhamento do menor até o aeroporto; formalidades de embarque; coordenação com a companhia aérea para condição de “menor desacompanhado”; informação aos pais ou parentes, no Brasil, dos dados referen- tes ao retorno do menor. Adiantamento nanceiro em caso de roubo ou furto de dinheiro A empresa prestadora de serviços adiantará a importância de até R$ 400,00 (quatrocentos reais) para o pagamento de despesas de hospedagem e transporte do Bene ciário que tenha sido vítima de roubo ou furto de dinheiro (excluindo cheques de viagem). O adiantamento só será concedido se sua solicitação for acompa- nhada de termo de reconhecimento de dívida, de declaração de autoridade policial, assim como do nome do emissor ou cedente das faturas e deverá ser restituído à empresa prestadora de ser- viços, no prazo de 60 (sessenta) dias da data de sua efetivação, em moeda local. Repatriamento de familiar Em caso de o Bene ciário ter sido vitimado por doença súbita ou acidente que torne necessário o seu regresso antecipado ao Bra- sil ou o prolongamento de sua permanência no país do evento, a empresa prestadora de serviços tomará providências relaciona- das à organização e ao custeio do regresso antecipado de fami- liares do Bene ciário, se necessário.
  • 26. 5150 d) tratamentos de moléstias ou estados patológicos provoca- dos pela ingestão intencional de drogas e narcóticos ou pelo abuso de bebidas alcoólicas ou, ainda, pelo uso de remédios sem prescrição médica; e) doenças mentais de qualquer natureza; f) eventos relacionados à gravidez após a 24ª semana de ges- tação, exames pré-natais e parto; g) próteses e órteses em geral; h) viagens em aviões não projetados para o transporte de pas- sageiros; i) casos de calamidade pública, atos da natureza, comoções sociais, guerras, revoluções, terrorismo e sabotagem, greves, restrições ao livre trânsito, irradiações ou emanações nucle- ares ou ionizantes, transmutação nuclear, desintegração ou radioatividade, bem como casos de força maior, salvo se o Bene ciário provar que a causa do atendimento solicitado não teve relação com os referidos eventos; j) serviços prestados por pessoas que tenham grau de paren- tesco com o Bene ciário, salvo quando forem previamente autorizados pela empresa prestadora de serviços. Atenção O Bene ciário só terá direito às coberturas de remoção médica, regresso domiciliar por razão médica, passagem aérea para visita de parente e traslado de corpo se elas tiverem sido informadas e autorizadas pela Assistência Pessoal. Para mais informações, procure a sua empresa e consulte as Condições Gerais do Seguro Bradesco Saúde SPG Top. Para acionar a Assistência Pessoal ou obter informações sobre os serviços disponíveis, ligue, a qualquer hora, para: Central de Alarme - Assistência Pessoal Ligações no Brasil – 0800 14 02 02 Ligações no exterior – 55 11 4133 9111 (A ligação pode ser feita a cobrar.) Manutenção do Seguro-saúde após Desligamento da Empresa De acordo com a Resolução Normativa – RN nº 279, de 24 de no- vembro de 2011, o Bene ciário que contribuir, enquanto for fun- cionário, para o pagamento do seguro-saúde tem direito de per- manecer no plano quando for demitido ou exonerado sem justa causa ou quando vier a se aposentar, desde que assuma o paga- mento integral do prêmio (mensalidade). São considerados contribuição: o pagamento integral ou de parte do prêmio mensal do seguro- saúde, inclusive com desconto em folha de pagamento; e/ou o pagamento da diferença entre o valor do plano oferecido pela empresa e o escolhido pelo Bene ciário em função de upgrade. Não são considerados contribuição: o pagamento integral ou de parte do prêmio mensal do seguro- saúde relativo aos dependentes e agregados; e/ou a coparticipação ou franquia paga única e exclusivamente na utilização de procedimentos cobertos pelo seguro-saúde. Atenção Não possuem direito ao benefício os Bene ciários demi- tidos por justa causa, os demissionários, os estagiários, os trabalhadores temporários após o m do contrato e os administradores.
  • 27. 5352 O direito à manutenção no seguro-saúde não exclui eventuais vantagens que o Bene ciário tenha direito em função de negociações coletivas de trabalho. Em alguns casos, o resultado obtido nessas negociações substitui- rá ou agregará benefícios, devendo prevalecer o que for mais favorável para o Bene ciário. Período de Manutenção do Seguro-saúde Rescisão ou Exoneração sem justa causa O Bene ciário poderá permanecer no plano por período equivalen- te a 1/3 (um terço) do tempo de sua contribuição, sendo o prazo mínimo de 6 (seis) meses e o máximo de 24 (vinte e quatro) meses. Aposentadoria Quando o período de contribuição durante o contrato de trabalho for inferior a 10 (dez) anos O Bene ciário poderá permanecer no plano por período corres- pondente a 1 (um) ano para cada ano de contribuição. Quando o período de contribuição durante o contrato de trabalho for igual ou superior a 10 (dez) anos Nesse caso, é garantida a permanência do Bene ciário no plano por prazo indeterminado. Atenção Serão considerados, para cálculo do período de contribui- ção, os pagamentos efetuados a qualquer tempo, mesmo que não esteja ocorrendo contribuição no momento da demissão, exoneração sem justa causa ou aposentadoria. Caso sua empresa tenha contratado planos com mais de uma seguradora/operadora, após 1º de janeiro de 1999, ou adaptados à Lei nº 9656/98, o período de contribuição nesses planos também será considerado no cálculo, des- de que não tenha havido descontinuidade de cobertura. Também deverá ser contabilizado o período de contribui- ção realizada anteriormente à adaptação ou migração de sua apólice à Lei 9656/98, quando for o caso. É de responsabilidade do Bene ciário (demitido ou apo- sentado), quando for admitido em novo emprego, comu- nicar o fato imediatamente ao contratante, para que seja processado o cancelamento do seguro-saúde. Condições para Manutenção do Seguro-saúde Será de responsabilidade de sua empresa a comunicação expres- sa e clara do seu direito à permanência no seguro-saúde, no ato da comunicação do aviso prévio ou da aposentadoria. Nesse caso, você poderá optar por permanecer no seguro-saúde, mas, para isso, deverá manifestar-se formalmente no prazo de 30 (trinta) dias a contar da comunicação da empresa. Havendo a op- ção, será assegurada a permanência no mesmo plano em que se encontrava quando da vigência do contrato de trabalho, podendo manter todo o seu grupo familiar. No decorrer de sua permanência, não serão admitidas inclusões, ex- ceto quando se tratar de novo cônjuge e lhos. Caso essa inclusão se dê fora dos prazos previstos, haverá aplicação de carência e CPT. Em caso de morte do titular, os dependentes cobertos pelo segu- ro-saúde poderão permanecer na apólice, sendo mantida a obri- gatoriedade de pagamento do prêmio. Cobrança do Prêmio Para permanecer no seguro-saúde, o Bene ciário deverá arcar com o valor total do prêmio (mensalidade), que poderá ser cobrado por Faixa Etária ou por Custo Médio, conforme opção de sua empresa.
  • 28. 5554 Quando a cobrança for por Faixa Etária O Bene ciário terá acesso, por intermédio de sua empresa ou no Portal da Bradesco Saúde (www.bradescosaude.com.br), na área exclusiva do Bene ciário, à Tabela de Custos correspondente a seu prêmio, que conterá os valores por Faixa Etária. Quando a cobrança for por Custo Médio Caso a empresa tenha optado por um preço único (custo médio) para o grupo de inativos, serão disponibilizados, em uma única tabela: - O valor do Custo Médio que, de fato, será cobrado do Bene ciá- rio a título de prêmio; e - Os valores por Faixa Etária, meramente indicativos, que deram origem ao prêmio e que serão utilizados para efeito da Portabili- dade Especial de Carências para o Plano Individual ou Familiar ou Coletivo por Adesão em outra seguradora/operadora. A eventual diferença entre o prêmio efetivamente pago e o valor estabelecido para sua faixa etária corresponderá ao subsídio da empresa ou dos ativos. O valor do prêmio será reajustado anualmente, tendo, por base, a data de aniversário da apólice, independente da data em que o Bene ciário tenha optado por sua permanência no plano. Cancelamento do Seguro-saúde O seguro-saúde será cancelado nas seguintes hipóteses: a) ao nal dos prazos estabelecidos no item Período de Manuten- ção do Seguro-saúde; b) por solicitação formal do Bene ciário à empresa, mediante co- municação dessa à seguradora; c) se o Bene ciário (demitido ou aposentado) deixar de pagar o prêmio por mais de 60 (sessenta) dias, consecutivos ou não, a cada ano de vigência do seguro-saúde; d) por inexatidão ou omissão no preenchimento do documento de inclusão, que tenha in uenciado na aceitação do seguro-saúde, mediante apresentação de prova pela seguradora e comunica- ção escrita à empresa; e) em caso de infrações ou fraudes comprovadas; f) se a apólice de seguro-saúde for cancelada. Atenção O Bene ciário poderá exercer a portabilidade especial de carências para plano individual ou familiar ou coletivo por adesão, em outra seguradora/operadora, nos termos da legislação em vigor. Informações Importantes Sintonizada com as melhores tecnologias do mercado, dispomos de um Portal na internet que oferece várias funcionalidades que podem ser acessadas a qualquer hora e de qualquer lugar. Por meio do site www.bradescosaude.com.br, você terá, dentre outros serviços, acesso à Lista de Referência atualizada. Sempre que for utilizar um serviço da Lista de Referência, não se esqueça de levar o seu Cartão de Identi cação e o seu documen- to de identidade. Caso seja menor, sem a referida documentação, o acompanhante deverá apresentar sua própria identi cação. No caso de internação em hospital, veri que, na Lista de Referên- cia, se o estabelecimento de sua escolha traz a mesma opção de acomodação indicada em seu cartão: - Enfermaria: internação em quarto coletivo. - Quarto: internação em quarto individual com banheiro privativo.
  • 29. 5756 Procure fazer as consultas de rotina em consultório médico, evite fazê-las em hospital ou pronto-socorro. Deixe o atendimento em hospital e pronto-socorro para os casos de urgência. O Bene ciário deve estar sempre atento às mudanças quanto à cobertura mínima de procedimentos determinada pela Agência Na- cional de Saúde Suplementar (ANS). Para isso, basta acessar o site www.ans.gov.br. Orientações Básicas aos Bene ciários quanto ao Melhor Aproveitamento de suas Consultas Médicas A consulta médica é o momento no qual você obtém informações a respeito de algum problema de saúde. É nesse momento que o médico toma conhecimento da sua condição de saúde. Portanto, as informações devem ser as mais precisas possíveis. Para melhor aproveitamento de sua consulta médica, relate, com clareza, todos os seus sintomas, leve os resultados dos exames realizados anteriormente e informe os procedimentos aos quais foi submetido, a lista dos medicamentos usados atualmente e, se possível, apresente receitas médicas anteriores. Existem diferentes tipos de consultas médicas, seja para acom- panhamento de rotina, seja em caso de doença. Nesse último caso, é importante conhecer melhor sobre todos os aspectos que envolvem a doença. Certi que-se de que, ao sair da consulta, você tenha os seguintes questionamentos respondidos: - Diagnóstico: o primeiro passo em conjunto com seu médico é conhecer a causa de sua doença e o surgimento dela, se é con- tagiosa ou não, se ela tem causa hereditária (se transmite de pais para lhos), quais são os principais sintomas dessa doença ou se a mesma apresenta complicações. Seu médico também informará qual o tipo de alimentação ou quais restrições você poderá fazer a partir de então. - Exames:comrelaçãoaosexamesqueseumédicosolicitaráavocê, é interessante conhecer se o exame requer alguma recomendação (preparo) para a realização e se apresenta riscos ou não. - Tratamento: nesse aspecto, é necessário esclarecer, com seu médico, quais são as alternativas possíveis de tratamento, seja medicamentoso, seja por cirurgia. Em relação aos medicamen- tos, veri que, com seu médico, quais são os efeitos colaterais, qual é a duração do tratamento e se você poderá receber suas receitas com o nome genérico do medicamento. Já em relação à cirurgia, conhecer melhor o tipo de intervenção, suas complica- ções e as chances de cura após o procedimento torna melhores as decisões relativas ao cuidado. Lembre-se: Não leve dúvida para casa! O resultado do tratamento depende muito de você, de suas infor- mações, de sua dedicação em tomar a medicação e do cumpri- mento dos cuidados recomendados. Direitos e Deveres do Bene ciário Direitos: Ter acesso a informações adequadas e claras sobre o seu se- guro-saúde por intermédio do seu corretor, pelo Cliente de seu contrato ou pela Bradesco Saúde, que poderá auxiliá-lo por meio dos Canais de Atendimento; Ser tratado com dignidade, ética e respeito; Receber o Cartão de Identi cação; Ter acesso à relação atualizada da rede referenciada por meio da Lista de Referência ou do Site da Bradesco Saúde (www.bradescosaude.com.br);
  • 30. 5958 Receber informações claras relativas à negativa de procedi- mentos, se houver; Ter conhecimento de que as informações de natureza médica a que a seguradora venha a ter acesso, em razão da assistência médico-hospitalar prestada por médicos, hospitais, clínicas e la- boratórios aos Bene ciários cobertos pela apólice contratada, carão sob a égide da legislação concernente ao sigilo médico, e o uxo dessas informações observará, ainda, a forma prevista na regulamentação em vigor; Ser reembolsado das despesas cobertas de acordo com as con- dições gerais de seu seguro-saúde, quando o atendimento co- berto se der fora da rede referenciada Bradesco Saúde; Ter acesso a orientações sobre promoção da saúde e preven- ção de doenças oferecidas pela Bradesco Saúde; Ter acesso aos Canais de Atendimento ao Bene ciário para diri- mir dúvidas, registrar reclamações ou denúncias. Os telefones são: Central de Relacionamento com o Cliente: veja o número no verso do seu Cartão de Identi cação. SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente: 0800 727 99 66. CAS – Central de Atendimento ao Surdo: 0800 701 27 08. Ter garantido o sigilo pro ssional acerca de suas informações médicas, desde que não acarrete riscos a terceiros ou à saúde pública; Ter acesso ao Manual de Orientação para Contratação de Pla- nos de Saúde – MPS e ao Guia de Leitura Contratual – GLC, se contratou ou foi incluído no contrato de seguro-saúde após 03/11/2009; Consultar a Bradesco Saúde sobre a previsão de cobertura do tratamento indicado pelo pro ssional de saúde. Deveres: Fornecer informações corretas e completas sobre seu estado de saúde e/ou de seus familiares à Bradesco Saúde e a todos os pro ssionais de saúde; Ler seu contrato de seguro-saúde com atenção; Manter o pagamento em dia, garantindo a cobertura contrata- da, evitando a suspensão do atendimento e consequente can- celamento do seguro-saúde; Tratar os pro ssionais que o atendem com ética, dignidade e respeito; Comunicar à Bradesco Saúde situações que possam indicar fraude ou prejuízos ao seu seguro-saúde; Cuidar de forma consciente do seu contrato, utilizando-o quan- do for necessário; Não emprestar o Cartão de Identi cação para o atendimento de outras pessoas. Isso é considerado fraude, com consequente penalidade prevista em lei; Apresentar recibos originais e outros documentos para reem- bolso de procedimentos efetivamente realizados. Saber sobre os seus direitos e deveres como Bene ciário é fun- damental para garantir a qualidade ao acesso às ações e aos serviços de saúde. Para mais informações a respeito dos seus direitos e deveres, consulte a Carta dos Direitos dos Usuários da Saúde elaborada pelo Ministério da Saúde, acessando o site con- selho.saude.gov.br/biblioteca/livros/cartaaosusuarios02.pdf. Canais de Comunicação da Bradesco Saúde Para garantir a comodidade de seus Bene ciários, a Bradesco Saúde coloca, à sua disposição, canais de comunicação que fun- cionam 24 horas por dia, 365 dias por ano, e que oferecem ampla
  • 31. 6160 gama de informações e diversos serviços on-line. Com atendi- mento rápido e fácil, os Bene ciários poderão esclarecer dúvidas e obter informações a qualquer hora e de qualquer lugar. Conheça, a seguir, as opções: Central de Relacionamento com o Cliente Presta serviços e informações de caráter pessoal em todo aten- dimento que demande consulta à apólice e envolva identi cação detalhada do cliente, tais como informações sobre coberturas contratadas, rede referenciada, prévia de reembolso, Assistência 24 horas, entre outros. Com uma simples ligação, você esclarece dúvidas, dá sugestões e solicita informações e serviços. A Bradesco Saúde tem sempre um número personalizado para você; portanto, consulte o verso do seu Cartão de Identi cação para conhecer o telefone da Central de Relacionamento com o Cliente. SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente Serviço telefônico gratuito, disponível todos os dias, ininterrupta- mente, para resolução de problemas na relação de consumo, por meio do fornecimento de informações públicas e de recebimento de reclamações de todos os produtos e serviços comercializados e pedidos de cancelamento de produtos e serviços que o estabe- lecimento disponibilize por telefone. São informações públicas aquelas de caráter institucional do Grupo Bradesco de Seguros, endereços e telefones de sucursais, corretores e prestadores de serviços vinculados ao negócio, ho- rários de funcionamento das sucursais e canais de atendimento, endereços de sites do Grupo Bradesco de Seguros, dentre outras. Ligue para: 0800 727 9966 CAS – Central de Atendimento ao Surdo Serviço colocado à disposição pela Bradesco Seguros para aten- der aos surdos que utilizam telefones especiais, dotados de te- clado alfanumérico e visor. O atendimento é realizado por troca de mensagens, permitindo que o cliente se comunique diretamente com os pro ssionais da Central de Relacionamento com o Cliente e SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente) sem a ajuda de inter- mediários. A Central de Atendimento ao Surdo vai facilitar o con- tato do surdo com a Bradesco Seguros, oferecendo uma solução simples e e ciente para a troca de informações e prestação de serviços. Ligue para: 0800 701 2708 Ouvidoria Além dos canais mencionados acima, a Bradesco Seguros dispõe de uma Ouvidoria. Trata-se de um sistema exclusivo de relacio- namento com os clientes e corretores, destinado a receber e a responder a reclamações, sugestões e elogios. A ótima relação com seus clientes e a excelência no atendimento são prioridades absolutas da Bradesco Seguros. A Ouvidoria foi instituída para garantir um atendimento de qualidade, nos segmentos de segu- ro, previdência complementar aberta e capitalização, em qualquer canal de comunicação: telefone, e-mail, carta etc. O prazo de res- posta é de até cinco dias úteis. Reconhecido pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), o Ouvidor é um diretor designado pela alta administração para exercer suas funções com autonomia e encaminhar internamente as sugestões, as reclamações e os elogios, atuando junto a todas as empresas do Grupo em defesa dos direitos dos clientes e vi- sando à correção de falhas ou omissões. Entre em contato com a Ouvidoria pelo canal Alô Bradesco Segu- ros, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h (horário de Brasília). Ligue para: 0800 701 7000
  • 32. 6362 Florianópolis/SC Rua Dom Jaime Câmara, nº 229 – Centro CEP 88015-120 Horário: 8h30min às 17h Fortaleza/CE Av. Desembargador Moreira, 1.250 Aldeota CEP 60170-001 Horário: 8h30min às 17h Goiânia/GO Rua Sete, 800, 1º andar Setor Oeste CEP 74130-011 Horário: 8h30min às 17h Joinville/SC Rua XV de Novembro, nº 672 – Centro CEP 89201-600 Horário: 8h30min às 17h Núcleos de Atendimento Bradesco Saúde Matriz Rio de Janeiro/RJ Rua Barão de Itapagipe, 225 – Rio Comprido Rio de Janeiro – RJ – CEP 20261-901 Demais Dependências Belém/PA Rua Santo Antônio, 317, sobreloja – Campina CEP 66010-105 Horário: 8h30min às 17h Belo Horizonte/MG Rua da Bahia, 951, 3º andar – Centro CEP 30160-011 Horário: 8h30min às 17h Blumenau/SC Rua Sete de Setembro, nº 431 – Centro CEP 89010-201 Horário: 8h30min às 17h Brasília/DF SCS – Quadra 2, bloco A, 81, 5º andar Asa Sul CEP 70329-900 Horário: 8h30min às 17h Campinas/SP Av. Dr. Moraes Salles, 668, 6º andar – Centro CEP 13010-000 Horário: 8h30min às 17h Campo Grande/MS Rua 13 de Maio, 2.929 Centro – CEP 79002-356 Horário: 8h30min às 17h Juiz de Fora/MG Rua Espírito Santo, 967 Centro – CEP 36010-041 Horário: 8h30min às 17h Macaé/RJ Rua Marechal Deodoro, nº 421, loja – Centro CEP 27910-310 Horário: 8h30min às 17h Maceió/AL Rua do Imperador, 272 Centro – CEP 57020-670 Horário: 8h30min às 17h Manaus/AM Av. Constantino Nery, nº 1.408 A – São Geraldo CEP 69050-000 Horário: 8h30min às 17h Niterói/RJ Av. Ernani do Amaral Peixoto, 211, 5º andar Centro – CEP 24020-071 Horário: 10h às 16h Porto Alegre/RS Av. Independência, nº 1.299, 2º andar Moinhos de Vento CEP 90035-077 Horário: 8h30min às 17h Porto Velho/RO Av. Sete de Setembro, nº 711, 1º andar Centro – CEP 76801-073 Horário: 8h30min às 17h Recife/PE Av. Agamenon Magalhães, 3.139 – Boa Vista CEP 50070-160 Horário: 8h30min às 17h Rio de Janeiro/RJ Centro Rua da Candelária, 19, térreo – CEP 20091-020 Horário: 10h às 16h Copacabana Av. N. S. de Copacabana, nº 1.380, 1º andar CEP 22070-010 Horário: 10h às 16h Cuiabá/MT Rua Barão de Melgaço, nº 3.445 – Centro CEP 78005-300 Horário: 8h30min às 17h Curitiba/PR Rua Comendador Araújo, nº 120, 6º andar – Centro CEP 80420-000 Horário: 8h30min às 17h Feira de Santana/BA Rua Barão de Cotegipe, nº 1.140 – Centro CEP 44001-170 Horário: 8h30min às 17h
  • 33. 64 Salvador/BA Av. Antônio C. Magalhães, nº 3.752, 3º andar Pituba – CEP 41820-020 Horário: 8h30min às 17h Santo André/SP Rua Bernardino de Campos, 241, 2º andar – Centro CEP 09015-900 Horário: 8h30min às 16h30min Santos/SP Av. Ana Costa, 434 Gonzaga CEP 11060-002 Horário: 8h30min às 17h São José dos Campos/SP Av. Dr. Nélson D’Ávila, nº 282 – Centro CEP 12245-031 Horário: 8h30min às 17h São Luís/MA Av. Magalhães de Almeida, 300 e 334 Centro – CEP 65015-250 Horário: 8h30min às 17h São Paulo/SP Av. Ipiranga, 210, 1º subsolo – República CEP 01046-010 Horário: 10h às 16h Uberlândia/MG Av. dos Municípios, nº 146 – 3º andar Sala 7 – Tabajaras CEP 38400-254 Horário: 8h30min às 17h Vitória/ES Av. Desembargador Santos Neves, 98 Praia de Santa Helena CEP 29055-720 Horário: 8h30min às 17h Volta Redonda/RJ Rua 33, nº 124 Vila Santa Cecília CEP 27261-310 Horário: 8h30min às 17h Qualquer dúvida ligue para a Central de Relacionamento com o Cliente. O número do telefone consta no verso do seu Cartão de Identi cação.