SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
VOCÊ VAI CONHECER UM
POUCO DA HISTÓRIA DO
CASTELO “A QUINTA DOS
LAGOS” DE PROPRIEDADE DE
JOSÉ SARNEY
EM PORTUGAL, AVALIADO EM
10 MILHÕES DE EUROS
CERCA DE 30 MILHÕES DE
REAIS
CASTELO ‘QUINTA
DOS LAGOS”

ENTRADA DO
CASTELO
Todos acompanham de perto os
sucessivos escândalos que vem
acontecendo no Prostíbulo, digo,
senado.
Então, recentemente, um Jornal sério
que existe há 44 anos, denominado de
JORNAL PEQUENO, resolveu dar sua
contribuição ao caso “SARNEY”
publicando na primeira página sobre o
CASTELO DO SARNEY como poderão
ver adiante.
Chamado pela revista inglesa “The Economist”, em
fevereiro passado, de representante do
semifeudalismo na política brasileira, o presidente
do Senado, José Sarney (PMDB), adquiriu, no final
de sua Presidência, em 1990, um castelo em estilo
que lembra o período medieval, na cidade de
Sintra, em Portugal (a 20 km de Lisboa). Trata-se
da “Quinta dos Lagos” - imóvel de 23.400 metros
quadrados de área total, avaliado atualmente em
R$ 30 milhões (10 milhões de euros), sem contar o
valor histórico -, que teria pertencido a Sarney por
pelo menos 4 anos. A propriedade nunca foi
declarada à Justiça Eleitoral nem à Receita
brasileira.
De acordo com uma reportagem investigativa publicada na
ocasião pela revista portuguesa “Olá”, Sarney comprou a
Quinta dos Lagos por meio da Almonde Securities S.A.,
uma offshore com sede no Panamá, mas que tem os
fundos geridos na Suíça. Os dois países - Panamá e Suíça
- são “paraísos fiscais” (locais que gente endinheirada
busca para abrir empresas quando pretende driblar o
Fisco).
A reportagem do Jornal Pequeno esteve em Sintra e
Lisboa, de 14 a 22 de abril, e teve acesso, embora restrito,
ao registro da transação imobiliária na 1ª e na 2ª
Conservatórias (Cartórios) de Registro Predial de Sintra. A
Quinta dos Lagos teria sido comprada por José
Sarney/Almonde de representantes legais de uma certa
família Sibourg.
Pego na ratoeira, como todo bom político
brasileiro, parlapatão por natureza, o Sarney
NEGOU é claro, tal qual fez o Paulo Maluf:
“NEGO! ISSO NÃO É MEU!
CATEGORICAMENTE e VEEMENTEMENTE EU
DECLARO – NÃO É MEU!!!
Então, em total desespero, resolveu o Sarney
enviar uma Carta desaforada ao Jornal, eis que
agora ficou à mercê do Ministério Público
Federal pelos crimes de: Evasão de Divisas,
Formação de Quadrilha, Peculato, mal
Versação do dinheiro público e por aí vai.
ÍNTEGRA DA CARTA
Brasília, Maio de 2009
Ao Senhor
LOURIVAL MARQUES BOGÉA
Diretor-Geral, Jornal Pequeno
Prezado senhor,
1- A respeito da matéria publicada por esse jornal, afirmando
haver tido eu a propriedade de uma quinta, castelo ou seja lá
o que for, quero desmentir essa divulgação. Aliás, essa
notícia, agora reproduzida com o objetivo de atingir a minha
honra, surgiu há vinte anos, quando eu era Presidente da
República, foi por mim contestada com documento do
Cartório Imobiliário de Lisboa, certificando não ter nem haver
tido eu nenhuma propriedade naquela cidade. Repito: não
tenho e nunca tive nenhum imóvel ou o que quer que seja
em Lisboa. Por Lisboa sempre tive amor, de suas cores, de
sua história.
Continua....
Continuação...
2- Mas, para que não paire qualquer dúvida sobre o meu
hipotético imóvel, que nunca existiu, quero doá-lo à
empresa editora do Jornal Pequeno, que tem como
presidente sua progenitora, Hilda Bogéa, e seus filhos,
para dele usufruírem todo o seu valor, podendo usá-lo,
vendê-lo e transmiti-lo a seus herdeiros.
3- Assim, esse castelo que não existe passará a pertencer
à família Bogéa, que há 50 anos insulta-me, desrespeita,
injuria e difama a minha pessoa.
Desfrutem de mais essa patranha. Saudações,
JOSÉ SARNEY
AQUI, A AUTENTICIDADE DA CARTA ASSINADA POR SARNEY.
Como era de se esperar, o diretor do Jornal deu a devida
resposta ao SARNEY.
1- Como o senador José Sarney gosta de numerar
parágrafos, o Jornal Pequeno vai acompanhá-lo em mais
essa sua mania:
Nem a reportagem sobre o castelo de Sintra nem
qualquer outra que envolva o senhor Sarney e seu clã são
feitas pelo JP com o objetivo de atingir sua honra, como
acusa o senador, e sim o que ele representa: um
coronelismo político, econômico e midiático antiético, que
oprime e mantém sob seu jugo uma legião de miseráveis
num dos estados mais pobres do país. O senhor Sarney
diz que um documento do Cartório Imobiliário de Lisboa
certifica que ele não tem nem nunca teve “nenhuma
propriedade naquela cidade”. “Repito: não tenho e nunca
tive nenhum imóvel ou o que quer que seja em Lisboa”,
complementou o senador.
Continua...
Continuação..
Vale esclarecer que a reportagem do JP diz que ele teve, por
pelo menos 4 anos (1990 a 1993), a Quinta dos Lagos, em
Sintra, e não em Lisboa. Por que o senador não nos envia
uma cópia do documento fornecido pelo Cartório de Lisboa?
2. Em resposta à chacota do senador, “doando” a Quinta dos
Lagos à família Bogéa, proprietária do JP, agradecemos mas
rejeitamos o oferecimento. Primeiro porque nenhum dos
Bogéa compartilha com o senhor Sarney o gosto por imóveis
que lembram os senhores feudais da Idade Média (a Era das
Trevas). Segundo porque o castelo não é mais do senador,
portanto ele não pode doá-lo.
Mas se o senhor Sarney abandonar o sarcasmo e quiser
exercitar seriamente sua generosidade, pode doar aos
desabrigados pelas enchentes do Maranhão uma de suas
mansões de Curupu ou toda a dinheirama que recebeu
ilegalmente – sem saber, é claro... – de auxílio-moradia do
Senado.
Continua........
Continuação....
Aliás, essa é a sugestão da jornalista Ruth de Aquino, da revista
Época. No mais, em contrapartida à boa ação do senhor Sarney, a
família Bogéa e seu JP aceitam doar a ele e seu império de
Comunicação um pouco de credibilidade e dignidade, que nos
sobram e faltam à mídia sarneysista.
3. A família Bogéa não insulta, desrespeita, injuria e difama o
senhor José Sarney há 50 anos. Como já foi dito no início,
combatemos (há 44 anos, e não 50) o que ele representa: um
modo antiético e imoral de fazer política, responsável pela
perpetuação da miséria do Maranhão e que recentemente se
estendeu ao Congresso Nacional, conforme o JP e todos os
veículos sérios da imprensa nacional vêm mostrando à exaustão.
Insulto, desrespeito, injúria e difamação tivemos a oportunidade de
ver correndo solto no Sistema Mirante na campanha sem tréguas
que resultou no golpe, via judicial (segundo o renomado jurista
Francisco Rezek), que tirou do cargo um governador legitimamente
eleito pelo povo e colocou em seu lugar a filha do senhor Sarney,
derrotada nas urnas.
Continuação...
4. Traduzindo o vocabulário arcaico do senador,
“patranha” quer dizer mentira. Vide “caso Reis Pacheco”,
farsa da encomenda de morte do prefeito de Imperatriz
Ildon Marques por parte do deputado Sebastião Madeira,
as oito versões para a “bufunfa” de 1,34 milhão
encontrada na Lunus etc. etc.
A Direção do JP

Quem quiser conferir as cartas de ambos, fique à vontade:

http://riodasmacas.blogspot.com/2009/06/quinta-dos-lagos-em-sintra-
PARA QUEM QUISER CONFERIR A MATÉRIA, É SÓ IR NOS
SITES:

http://riodasmacas.blogspot.com/2009/06/quinta-dos-lagos-em-sintra-cria.htm

http://jorgeroriz.wordpress.com/httpjorgeroriz-wordpress-com20090715o-cast
http://blog.direitodopovo.com.br/2009/07/03/jose-sarney-escondeu-dajustica-e-da-receita-federal-castelo-em-portugal/
http://www.jornalpequeno.com.br/2009/5/24/Pagina109315.htm
http://resistenciadomaranhao.com.br/2009/07/20/caso-do-castelo-depropriedade-de-jose-sarney-em-portugal/

ESSE É O MAR DE LAMA EM QUE VIVEM HOJE NOSSOS
POLITICOS CHEFIADOS PELO QUADRILHEIRO LULA E SUA
SECRETÁRIA ASSALTANTE DE BANCOS E TERRORISTA,
DILMA RUSSELF
...FIM...

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Mansao do jose sarney

Jb news informativo nr. 2167
Jb news   informativo nr. 2167Jb news   informativo nr. 2167
Jb news informativo nr. 2167JB News
 
Jornal Inconfidência - Edição 224A
Jornal Inconfidência - Edição 224AJornal Inconfidência - Edição 224A
Jornal Inconfidência - Edição 224ALucio Borges
 
Edição Extra do Jornal Inconfidência‏
Edição Extra do Jornal Inconfidência‏Edição Extra do Jornal Inconfidência‏
Edição Extra do Jornal Inconfidência‏Lucio Borges
 
Jb news informativo nr. 1115
Jb news   informativo nr. 1115Jb news   informativo nr. 1115
Jb news informativo nr. 1115JBNews
 
Artigo publicado Revista Brava Gente Brasileira
Artigo publicado Revista Brava Gente BrasileiraArtigo publicado Revista Brava Gente Brasileira
Artigo publicado Revista Brava Gente BrasileiraFernanda Caprio
 
Discurso em homenagem ao Jornal A Região
Discurso em homenagem ao Jornal A RegiãoDiscurso em homenagem ao Jornal A Região
Discurso em homenagem ao Jornal A Regiãopmdbilheus
 
Aroeira III
Aroeira IIIAroeira III
Aroeira IIIMANE
 
Jb news informativo nr. 0403
Jb news   informativo nr. 0403Jb news   informativo nr. 0403
Jb news informativo nr. 0403JB News
 
Unic 03 - coração cabeçaestômago-1862-2019-prwsf
Unic 03 - coração cabeçaestômago-1862-2019-prwsfUnic 03 - coração cabeçaestômago-1862-2019-prwsf
Unic 03 - coração cabeçaestômago-1862-2019-prwsfWelington Fernandes
 
Jb news informativo nr. 1.020
Jb news   informativo nr. 1.020Jb news   informativo nr. 1.020
Jb news informativo nr. 1.020Informativojbnews
 
Um desviou € 600 e matou-se. Outro roubou 90 milhões e setá na maior
Um desviou € 600  e matou-se. Outro roubou 90 milhões e setá na maiorUm desviou € 600  e matou-se. Outro roubou 90 milhões e setá na maior
Um desviou € 600 e matou-se. Outro roubou 90 milhões e setá na maiorpr_afsalbergaria
 
a face oculta do sacramento - sérgio oliveira.pdf
a face oculta do sacramento - sérgio oliveira.pdfa face oculta do sacramento - sérgio oliveira.pdf
a face oculta do sacramento - sérgio oliveira.pdfHudsonPicoreli
 
Juíza negou a censura
Juíza negou a censuraJuíza negou a censura
Juíza negou a censuraEmilio Gusmão
 

Semelhante a Mansao do jose sarney (20)

Mansão do José Sarney
Mansão do José SarneyMansão do José Sarney
Mansão do José Sarney
 
36867811 jorge-kajuru-condenado-a-falar
36867811 jorge-kajuru-condenado-a-falar36867811 jorge-kajuru-condenado-a-falar
36867811 jorge-kajuru-condenado-a-falar
 
Jb news informativo nr. 2167
Jb news   informativo nr. 2167Jb news   informativo nr. 2167
Jb news informativo nr. 2167
 
Repassando
RepassandoRepassando
Repassando
 
Jornal Inconfidência - Edição 224A
Jornal Inconfidência - Edição 224AJornal Inconfidência - Edição 224A
Jornal Inconfidência - Edição 224A
 
Edição Extra do Jornal Inconfidência‏
Edição Extra do Jornal Inconfidência‏Edição Extra do Jornal Inconfidência‏
Edição Extra do Jornal Inconfidência‏
 
Jb news informativo nr. 1115
Jb news   informativo nr. 1115Jb news   informativo nr. 1115
Jb news informativo nr. 1115
 
Artigo publicado Revista Brava Gente Brasileira
Artigo publicado Revista Brava Gente BrasileiraArtigo publicado Revista Brava Gente Brasileira
Artigo publicado Revista Brava Gente Brasileira
 
Pagina 2
Pagina   2Pagina   2
Pagina 2
 
Discurso em homenagem ao Jornal A Região
Discurso em homenagem ao Jornal A RegiãoDiscurso em homenagem ao Jornal A Região
Discurso em homenagem ao Jornal A Região
 
Aroeira III
Aroeira IIIAroeira III
Aroeira III
 
Jb news informativo nr. 0403
Jb news   informativo nr. 0403Jb news   informativo nr. 0403
Jb news informativo nr. 0403
 
cidade perdida
cidade perdidacidade perdida
cidade perdida
 
Unic 03 - coração cabeçaestômago-1862-2019-prwsf
Unic 03 - coração cabeçaestômago-1862-2019-prwsfUnic 03 - coração cabeçaestômago-1862-2019-prwsf
Unic 03 - coração cabeçaestômago-1862-2019-prwsf
 
Brasil 175 Anos de Independência
Brasil 175 Anos de IndependênciaBrasil 175 Anos de Independência
Brasil 175 Anos de Independência
 
Jb news informativo nr. 1.020
Jb news   informativo nr. 1.020Jb news   informativo nr. 1.020
Jb news informativo nr. 1.020
 
O Foco 153 Pdf
O Foco 153 PdfO Foco 153 Pdf
O Foco 153 Pdf
 
Um desviou € 600 e matou-se. Outro roubou 90 milhões e setá na maior
Um desviou € 600  e matou-se. Outro roubou 90 milhões e setá na maiorUm desviou € 600  e matou-se. Outro roubou 90 milhões e setá na maior
Um desviou € 600 e matou-se. Outro roubou 90 milhões e setá na maior
 
a face oculta do sacramento - sérgio oliveira.pdf
a face oculta do sacramento - sérgio oliveira.pdfa face oculta do sacramento - sérgio oliveira.pdf
a face oculta do sacramento - sérgio oliveira.pdf
 
Juíza negou a censura
Juíza negou a censuraJuíza negou a censura
Juíza negou a censura
 

Mais de Amebas

Blog cozinha internacional da dona sinhá
Blog cozinha internacional da dona sinháBlog cozinha internacional da dona sinhá
Blog cozinha internacional da dona sinháAmebas
 
Borboletas da vida
Borboletas da vidaBorboletas da vida
Borboletas da vidaAmebas
 
Um passeio pelo mundo da cerveja
Um passeio pelo mundo da cervejaUm passeio pelo mundo da cerveja
Um passeio pelo mundo da cervejaAmebas
 
Birds high fashion show
Birds high fashion show   Birds high fashion show
Birds high fashion show Amebas
 
Honoráveis terroristas
Honoráveis terroristasHonoráveis terroristas
Honoráveis terroristasAmebas
 
Honoráveis terroristas
Honoráveis terroristasHonoráveis terroristas
Honoráveis terroristasAmebas
 

Mais de Amebas (6)

Blog cozinha internacional da dona sinhá
Blog cozinha internacional da dona sinháBlog cozinha internacional da dona sinhá
Blog cozinha internacional da dona sinhá
 
Borboletas da vida
Borboletas da vidaBorboletas da vida
Borboletas da vida
 
Um passeio pelo mundo da cerveja
Um passeio pelo mundo da cervejaUm passeio pelo mundo da cerveja
Um passeio pelo mundo da cerveja
 
Birds high fashion show
Birds high fashion show   Birds high fashion show
Birds high fashion show
 
Honoráveis terroristas
Honoráveis terroristasHonoráveis terroristas
Honoráveis terroristas
 
Honoráveis terroristas
Honoráveis terroristasHonoráveis terroristas
Honoráveis terroristas
 

Mansao do jose sarney

  • 1. VOCÊ VAI CONHECER UM POUCO DA HISTÓRIA DO CASTELO “A QUINTA DOS LAGOS” DE PROPRIEDADE DE JOSÉ SARNEY EM PORTUGAL, AVALIADO EM 10 MILHÕES DE EUROS CERCA DE 30 MILHÕES DE REAIS
  • 3. Todos acompanham de perto os sucessivos escândalos que vem acontecendo no Prostíbulo, digo, senado. Então, recentemente, um Jornal sério que existe há 44 anos, denominado de JORNAL PEQUENO, resolveu dar sua contribuição ao caso “SARNEY” publicando na primeira página sobre o CASTELO DO SARNEY como poderão ver adiante.
  • 4.
  • 5. Chamado pela revista inglesa “The Economist”, em fevereiro passado, de representante do semifeudalismo na política brasileira, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB), adquiriu, no final de sua Presidência, em 1990, um castelo em estilo que lembra o período medieval, na cidade de Sintra, em Portugal (a 20 km de Lisboa). Trata-se da “Quinta dos Lagos” - imóvel de 23.400 metros quadrados de área total, avaliado atualmente em R$ 30 milhões (10 milhões de euros), sem contar o valor histórico -, que teria pertencido a Sarney por pelo menos 4 anos. A propriedade nunca foi declarada à Justiça Eleitoral nem à Receita brasileira.
  • 6. De acordo com uma reportagem investigativa publicada na ocasião pela revista portuguesa “Olá”, Sarney comprou a Quinta dos Lagos por meio da Almonde Securities S.A., uma offshore com sede no Panamá, mas que tem os fundos geridos na Suíça. Os dois países - Panamá e Suíça - são “paraísos fiscais” (locais que gente endinheirada busca para abrir empresas quando pretende driblar o Fisco). A reportagem do Jornal Pequeno esteve em Sintra e Lisboa, de 14 a 22 de abril, e teve acesso, embora restrito, ao registro da transação imobiliária na 1ª e na 2ª Conservatórias (Cartórios) de Registro Predial de Sintra. A Quinta dos Lagos teria sido comprada por José Sarney/Almonde de representantes legais de uma certa família Sibourg.
  • 7. Pego na ratoeira, como todo bom político brasileiro, parlapatão por natureza, o Sarney NEGOU é claro, tal qual fez o Paulo Maluf: “NEGO! ISSO NÃO É MEU! CATEGORICAMENTE e VEEMENTEMENTE EU DECLARO – NÃO É MEU!!! Então, em total desespero, resolveu o Sarney enviar uma Carta desaforada ao Jornal, eis que agora ficou à mercê do Ministério Público Federal pelos crimes de: Evasão de Divisas, Formação de Quadrilha, Peculato, mal Versação do dinheiro público e por aí vai.
  • 8. ÍNTEGRA DA CARTA Brasília, Maio de 2009 Ao Senhor LOURIVAL MARQUES BOGÉA Diretor-Geral, Jornal Pequeno Prezado senhor, 1- A respeito da matéria publicada por esse jornal, afirmando haver tido eu a propriedade de uma quinta, castelo ou seja lá o que for, quero desmentir essa divulgação. Aliás, essa notícia, agora reproduzida com o objetivo de atingir a minha honra, surgiu há vinte anos, quando eu era Presidente da República, foi por mim contestada com documento do Cartório Imobiliário de Lisboa, certificando não ter nem haver tido eu nenhuma propriedade naquela cidade. Repito: não tenho e nunca tive nenhum imóvel ou o que quer que seja em Lisboa. Por Lisboa sempre tive amor, de suas cores, de sua história. Continua....
  • 9. Continuação... 2- Mas, para que não paire qualquer dúvida sobre o meu hipotético imóvel, que nunca existiu, quero doá-lo à empresa editora do Jornal Pequeno, que tem como presidente sua progenitora, Hilda Bogéa, e seus filhos, para dele usufruírem todo o seu valor, podendo usá-lo, vendê-lo e transmiti-lo a seus herdeiros. 3- Assim, esse castelo que não existe passará a pertencer à família Bogéa, que há 50 anos insulta-me, desrespeita, injuria e difama a minha pessoa. Desfrutem de mais essa patranha. Saudações, JOSÉ SARNEY
  • 10. AQUI, A AUTENTICIDADE DA CARTA ASSINADA POR SARNEY.
  • 11. Como era de se esperar, o diretor do Jornal deu a devida resposta ao SARNEY. 1- Como o senador José Sarney gosta de numerar parágrafos, o Jornal Pequeno vai acompanhá-lo em mais essa sua mania: Nem a reportagem sobre o castelo de Sintra nem qualquer outra que envolva o senhor Sarney e seu clã são feitas pelo JP com o objetivo de atingir sua honra, como acusa o senador, e sim o que ele representa: um coronelismo político, econômico e midiático antiético, que oprime e mantém sob seu jugo uma legião de miseráveis num dos estados mais pobres do país. O senhor Sarney diz que um documento do Cartório Imobiliário de Lisboa certifica que ele não tem nem nunca teve “nenhuma propriedade naquela cidade”. “Repito: não tenho e nunca tive nenhum imóvel ou o que quer que seja em Lisboa”, complementou o senador. Continua...
  • 12. Continuação.. Vale esclarecer que a reportagem do JP diz que ele teve, por pelo menos 4 anos (1990 a 1993), a Quinta dos Lagos, em Sintra, e não em Lisboa. Por que o senador não nos envia uma cópia do documento fornecido pelo Cartório de Lisboa? 2. Em resposta à chacota do senador, “doando” a Quinta dos Lagos à família Bogéa, proprietária do JP, agradecemos mas rejeitamos o oferecimento. Primeiro porque nenhum dos Bogéa compartilha com o senhor Sarney o gosto por imóveis que lembram os senhores feudais da Idade Média (a Era das Trevas). Segundo porque o castelo não é mais do senador, portanto ele não pode doá-lo. Mas se o senhor Sarney abandonar o sarcasmo e quiser exercitar seriamente sua generosidade, pode doar aos desabrigados pelas enchentes do Maranhão uma de suas mansões de Curupu ou toda a dinheirama que recebeu ilegalmente – sem saber, é claro... – de auxílio-moradia do Senado. Continua........
  • 13. Continuação.... Aliás, essa é a sugestão da jornalista Ruth de Aquino, da revista Época. No mais, em contrapartida à boa ação do senhor Sarney, a família Bogéa e seu JP aceitam doar a ele e seu império de Comunicação um pouco de credibilidade e dignidade, que nos sobram e faltam à mídia sarneysista. 3. A família Bogéa não insulta, desrespeita, injuria e difama o senhor José Sarney há 50 anos. Como já foi dito no início, combatemos (há 44 anos, e não 50) o que ele representa: um modo antiético e imoral de fazer política, responsável pela perpetuação da miséria do Maranhão e que recentemente se estendeu ao Congresso Nacional, conforme o JP e todos os veículos sérios da imprensa nacional vêm mostrando à exaustão. Insulto, desrespeito, injúria e difamação tivemos a oportunidade de ver correndo solto no Sistema Mirante na campanha sem tréguas que resultou no golpe, via judicial (segundo o renomado jurista Francisco Rezek), que tirou do cargo um governador legitimamente eleito pelo povo e colocou em seu lugar a filha do senhor Sarney, derrotada nas urnas.
  • 14. Continuação... 4. Traduzindo o vocabulário arcaico do senador, “patranha” quer dizer mentira. Vide “caso Reis Pacheco”, farsa da encomenda de morte do prefeito de Imperatriz Ildon Marques por parte do deputado Sebastião Madeira, as oito versões para a “bufunfa” de 1,34 milhão encontrada na Lunus etc. etc. A Direção do JP Quem quiser conferir as cartas de ambos, fique à vontade: http://riodasmacas.blogspot.com/2009/06/quinta-dos-lagos-em-sintra-
  • 15. PARA QUEM QUISER CONFERIR A MATÉRIA, É SÓ IR NOS SITES: http://riodasmacas.blogspot.com/2009/06/quinta-dos-lagos-em-sintra-cria.htm http://jorgeroriz.wordpress.com/httpjorgeroriz-wordpress-com20090715o-cast http://blog.direitodopovo.com.br/2009/07/03/jose-sarney-escondeu-dajustica-e-da-receita-federal-castelo-em-portugal/ http://www.jornalpequeno.com.br/2009/5/24/Pagina109315.htm http://resistenciadomaranhao.com.br/2009/07/20/caso-do-castelo-depropriedade-de-jose-sarney-em-portugal/ ESSE É O MAR DE LAMA EM QUE VIVEM HOJE NOSSOS POLITICOS CHEFIADOS PELO QUADRILHEIRO LULA E SUA SECRETÁRIA ASSALTANTE DE BANCOS E TERRORISTA, DILMA RUSSELF ...FIM...