SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 67
Professor: PB Vinicius Tiago
A MISSÃO ENSINADORA
DA IGREJA
Estudo bíblico
TEXTO BASE
“E o que de mim, entre muitas testemunhas,
ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam
idôneos para também ensinarem os
outros” (2Tm 2.2).
Visão Panorâmica
O ensino da Palavra faz com que a
Igreja cresça, se fortaleça e possa
resistir aos ataques do mundo e
de Satanás.
TEXTO BÍBLICO
Marcos 16.15-20.
15 — E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o
evangelho a toda criatura.
16— Quem crer e for batizado será salvo; mas quem
não crer será condenado.
17— E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu
nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas;
TEXTO BÍBLICO
Marcos 16.15-20.
18— pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa
mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre
os enfermos e os curarão.
19— Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no
céu e assentou-se à direita de Deus.
20— E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes,
cooperando com eles o Senhor e confirmando a palavra com
os sinais que se seguiram. Amém!
0
INTRODUÇÃO
INTRODUÇÃO
Mandamento
Bíblico
INTRODUÇÃO
Mais do que pregar, Jesus esmerou-se em ENSINAR.
Ministério:
Anunciar
Verdades sobre o
Reino de DEUS
INTRODUÇÃO
“Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em
nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-as
a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado [...] ”
(Mt 28.19,20).
IDE
INTRODUÇÃO
Nesta lição, veremos a importância do
ensino bíblico e o seu alcance dentro da
igreja local. Estudaremos a respeito dos
grupos que devemos alcançar para que
cumpramos a nossa vocação de agência de
ensino do Reino de Deus.
I
O QUE É ENSINAR
1. Definindo o
termo.
1. Definindo o termo.
ENSINAR
Doutrinar Orientar Conduzir
Transmitir
conhecimento
1. Definindo o termo.
ENSINO CRISTÃO
Transformação Espiritual Transformação Moral
SER HUMANO
1. Definindo o termo.
Participativo
Expectador
1. Definindo o termo.
Participativo
Compartilhando
Conhecimento
Experiências
2. A Igreja ensinando a
verdade.
2. A Igreja ensinando a verdade.
Reino de DEUS
Cumpre um papel
fundamental na expansão
Através
2. A Igreja ensinando a verdade.
Precisam ser Crescer espiritualmente
edificadas
Através
Escrituras
Sagradas
ENSINO
Pessoas que são evangelizadas
e aceitam a Cristo
Quem nasce de novo deve ser
alimentado de forma constante, ou
morrerá por inanição.
2. A Igreja ensinando a verdade.
2. A Igreja ensinando a verdade.
Deve ser encarado pela Igreja
Tarefa
ESSENCIAL
Escrituras
Sagradas
Ela é a VERDADE
2. A Igreja ensinando a verdade.
3. A importância do
mestre na igreja local.
3. A importância do mestre na igreja local.
PROFESSOR
auxilia
PASTOR
3. A importância do mestre na igreja local.
PROFESSOR
Edificação do povo de Deus
Através
Sua aplicação na vida dos alunos
Escrituras
Sagradas
ENSINO
3. A importância do mestre na igreja local.
na
TRANSMISSÃO DE CONHECIMENTO
Deve ser trabalhado de forma constante através
PESQUISA
3. A importância do mestre na igreja local.
Mestre Pregador
Pregar a Palavra
Escrituras
Sagradas
ENSINAR
3. A importância do mestre na igreja local.
PROFESSOR
Igreja é edificada
3. A importância do mestre na igreja local.
Importante para a Igreja
Pregação da Palavra
Deve ser ministrado na Igreja
Escrituras
Sagradas
ENSINAR
2. A Igreja ensinando a verdade.
PROFESSOR
BUSCA CONHECIMENTO DESEJA REPASSÁ-LO
Paulo ensinou à Timóteo
“E o que de mim ouviste de muitas testemunhas,
transmite-o a homens fiéis, que sejam idôneos
para também ensinarem os outros” (2Tm 2.2).
II
O ENSINO NA
BÍBLIA
1. No Antigo
Testamento.
1. No Antigo Testamento
Os hebreus não possuíam um sistema organizado de
transmissão de ensino.
As primeiras lições eram geralmente ministradas
no lar.
1. No Antigo Testamento
Os hebreus não possuíam um sistema organizado de
transmissão de ensino.
A
s
A
p
m
r
i
m
ã
e
e
s
i
r
e
a
e
s
n
l
i
c
ç
a
õ
r
e
r
s
e
g
e
a
r
v
a
a
m
d
g
e
e
e
r
n
a
l
s
m
i
n
e
a
n
r
t
à
e
s
m
f
i
i
l
n
h
i
a
s
s
t
r
o
a
s
d
a
s
afazeres
nd
oo
lm
aré
. sticos.
1. No Antigo Testamento
Os hebreus não possuíam um sistema organizado de
transmissão de ensino.
A
O
s
A
p
m
a
i
i
m
ã
s
e
e
s
i
e
r
e
n
a
e
s
c
n
a
l
i
c
r
ç
r
a
õ
e
r
e
g
r
s
e
a
g
v
e
a
r
v
a
d
a
m
e
d
e
g
e
n
e
e
r
s
n
a
i
n
l
s
m
a
i
n
r
e
a
a
n
r
o
t
à
e
s
s
f
m
i
f
l
i
i
h
l
n
h
o
i
a
s
s
t
u
r
o
a
m
s
d
a
a
s
afazerpersnodofioslmasrãé.os.ticos.
O próprio Jesus era
carpinteiro (Mt 13.55),
profissão que aprendeu
com seu pai, José.
1. No Antigo Testamento
Moisés, orientado por Deus, disse ao
povo que procurasse ensinar os filhos
sobre as tradições recebidas de seus
pais, e que esses ensinos fossem
repassados aos seus descendentes.
Principalmente as
verdades sobre Deus,
que os havia retirado
do Egito.
2. No Novo
Testamento.
2. No Novo Testamento
Após o retorno do exílio.
Povo teve que estudar a
Lei de Deus novamente.
2. No Novo Testamento
Com o surgimento das
sinagogas
SISTEMATIZADO
SOLIDIFICADO
2. No Novo Testamento
Escribas e Fariseus
passaram a ensinar.
Jesus aprendeu
a Lei de Deus.
E ensinava com
autoridade.
3. Jesus como
mestre.
3. Jesus como mestre.
Jesus dedicou muito mais tempo para
ensinar às pessoas do que
necessariamente pregando. Ele ensinou
com autoridade (Mt 7.29).
Sobre o Reino de DEUS
Jesus aproveitou cada
ocasião para ministrar.
3. Jesus como mestre.
Zaqueu Mulher Samaritana Nicodemos
3. Jesus como mestre.
“Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai,
e do Filho, e do Espírito Santo;
Ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu
estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos” (Mt 28.19,20).
3. Jesus como mestre.
Ele tinha interesse por
seus alunos.
E era criativo (utilizou um
barco como plataforma para
ensinar, Lc 5).
ORAÇÃO
3. Jesus como mestre.
ENSINO
ORAÇÃO
3. Jesus como mestre.
ENSINAR
Importante
Ele chegou a
explicar mais de
uma vez um
assunto quando
seus discípulos
não entendiam
(Mt 15.16).
III
ENSINO E TRANSFORMAÇÃO
NA IGREJA
1. Crianças.
1. Crianças.
Escola Dominical
começou com
algumas crianças
inglesas.
1. Crianças.
O trabalho de Robert Raikes
junto às crianças.
Escola Dominical como a
conhecemos hoje.
1. Crianças.
ENSINO
CRISTÃO
Devemos
priorizar
1. Crianças.
Devemos ENSINO
priorizar CRISTÃO
“Então disse Jesus: "Deixem vir a mim as crianças e não as
impeçam; pois o Reino dos céus pertence aos que são
semelhantes a elas“ (Mateus 19.14).
2. Jovens e adultos.
2. Jovens e adultos.
JOVENS ADULTOS
Devem ser igualmente
ensinados.
2. Jovens e adultos.
JOVENS
Estudos
Vida
Profissional
2. Jovens e adultos.
JOVENS
2. Jovens e adultos.
Parte dos adultos Não tiveram O que demanda da
igreja ensinar a
essas pessoas.
2. Jovens e adultos.
IGREJA
ENSINAR O QUÊ AOS
ADULTOS?
Nova forma de vida. Nova forma de pensar.
3. Portadores
de necessidades
especiais.
3. Portadores de necessidades especiais.
SOCIEDADE
Escrituras
Sagradas
ENSINO
3. Portadores de necessidades especiais.
Em alguns ambientes eclesiásticos, sem perceber, acabamos
excluindo os deficientes de nossos cultos de ensino e da Escola
Dominical por não termos professores treinados, ou por achar
que Jesus vai operar um milagre na vida dessas pessoas.
3. Portadores de necessidades especiais.
Devemos prover dentro da igreja, crentes capacitados a
lidar com esse público-alvo.
IGREJA
3. Portadores de necessidades especiais.
Nenhuma pessoa seja deixada de fora do ensino e
crescimento espiritual.
Escrituras
Sagradas
ENSINO
Crescimento
Espiritual
CONCLUSÃO
Ensinar é uma ordenança de Deus para a sua
Igreja. E a Igreja deve cumprir com seu papel
ensinador alcançando a todas as pessoas.
CONCLUSÃO
1. O ensino é um mandamento bíblico?
Sim. Jesus ordenou o ensino e o discipulado (Mt 28.19,20).
2. Segundo a lição, o que é ensinar?
Ensinar é um o ato de doutrinar, transmitir conhecimento a outra pessoa, orientar, conduzir.
3. Qual o objetivo do ensino cristão?
O ensino cristão tem como objetivo a transformação espiritual e moral do ser humano,
tornando-o uma pessoa melhor.
4. Na igreja, quem é o professor?
O professor é aquele que auxilia o pastor na área do ensino.
5. Como era o ensino no Novo Testamento?
Após o retorno do exílio, o povo teve de estudar a Lei de Deus novamente, e com o surgimento
das sinagogas, o ensino da lei de Deus foi sistematizado e solidificado. Com o passar do tempo,
os fariseus e escribas passaram a ensinar. O próprio Jesus aprendeu a Lei de Deus, e em seu
ministério, ensinou com autoridade aos que o ouviam.
PERGUNTAS

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a lio9-pdf-170224210739.pptx

Discipulado: uma necessidade urgente!
Discipulado: uma necessidade urgente!Discipulado: uma necessidade urgente!
Discipulado: uma necessidade urgente!Viva a Igreja
 
Lição 1 - A tarefa de testemunhar de Cristo
Lição 1 - A tarefa de testemunhar de CristoLição 1 - A tarefa de testemunhar de Cristo
Lição 1 - A tarefa de testemunhar de CristoÉder Tomé
 
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015Joary Jossué Carlesso
 
A família e a escola dominical
A família e a escola dominicalA família e a escola dominical
A família e a escola dominicalMoisés Sampaio
 
LIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
LIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTORLIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
LIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTORIsmael Isidio
 
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOAndrew Guimarães
 
O discipulado e o crescimento da igreja imperatriz aulas 02 e 03
O discipulado e o crescimento da igreja imperatriz aulas 02 e 03O discipulado e o crescimento da igreja imperatriz aulas 02 e 03
O discipulado e o crescimento da igreja imperatriz aulas 02 e 03Joary Jossué Carlesso
 
Projeto Isaque - Evangelização
Projeto Isaque - EvangelizaçãoProjeto Isaque - Evangelização
Projeto Isaque - EvangelizaçãoAry Queiroz Jr
 
Resumo do 3 Trimestre de 2016 - Promissao.pptx
Resumo do 3 Trimestre de 2016 - Promissao.pptxResumo do 3 Trimestre de 2016 - Promissao.pptx
Resumo do 3 Trimestre de 2016 - Promissao.pptxssuser4629fb
 
2021 1º Trimestre Adulto Lição 12.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 12.pptx2021 1º Trimestre Adulto Lição 12.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 12.pptxJoel Silva
 
Discipuladoibbp 110320130926-phpapp01
Discipuladoibbp 110320130926-phpapp01Discipuladoibbp 110320130926-phpapp01
Discipuladoibbp 110320130926-phpapp01Leandro Barbosa
 
Lição 1 - A Igreja e o Plano Divino
Lição 1 - A Igreja e o Plano DivinoLição 1 - A Igreja e o Plano Divino
Lição 1 - A Igreja e o Plano DivinoÉder Tomé
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)Antonio Filho
 
O ministério de mestre e doutor
O ministério de mestre e doutorO ministério de mestre e doutor
O ministério de mestre e doutorAdenísio dos Reis
 
2016 3 TRI LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
2016 3 TRI LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA2016 3 TRI LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
2016 3 TRI LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORANatalino das Neves Neves
 

Semelhante a lio9-pdf-170224210739.pptx (20)

Ev efetivo 002
Ev efetivo 002Ev efetivo 002
Ev efetivo 002
 
Discipulado: uma necessidade urgente!
Discipulado: uma necessidade urgente!Discipulado: uma necessidade urgente!
Discipulado: uma necessidade urgente!
 
A função de discipulado da igreja
A função de discipulado da igrejaA função de discipulado da igreja
A função de discipulado da igreja
 
Lição 1 - A tarefa de testemunhar de Cristo
Lição 1 - A tarefa de testemunhar de CristoLição 1 - A tarefa de testemunhar de Cristo
Lição 1 - A tarefa de testemunhar de Cristo
 
Ev efetivo 002
Ev efetivo 002Ev efetivo 002
Ev efetivo 002
 
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
AS BASES DO DISCIPULADO - EBO CURITIBA 2015
 
A família e a escola dominical
A família e a escola dominicalA família e a escola dominical
A família e a escola dominical
 
LIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
LIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTORLIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
LIÇÃO 10 – O MINISTÉRIO DE MESTRE OU DOUTOR
 
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
 
O discipulado e o crescimento da igreja imperatriz aulas 02 e 03
O discipulado e o crescimento da igreja imperatriz aulas 02 e 03O discipulado e o crescimento da igreja imperatriz aulas 02 e 03
O discipulado e o crescimento da igreja imperatriz aulas 02 e 03
 
Projeto Isaque - Evangelização
Projeto Isaque - EvangelizaçãoProjeto Isaque - Evangelização
Projeto Isaque - Evangelização
 
Resumo do 3 Trimestre de 2016 - Promissao.pptx
Resumo do 3 Trimestre de 2016 - Promissao.pptxResumo do 3 Trimestre de 2016 - Promissao.pptx
Resumo do 3 Trimestre de 2016 - Promissao.pptx
 
2021 1º Trimestre Adulto Lição 12.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 12.pptx2021 1º Trimestre Adulto Lição 12.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 12.pptx
 
Discipuladoibbp 110320130926-phpapp01
Discipuladoibbp 110320130926-phpapp01Discipuladoibbp 110320130926-phpapp01
Discipuladoibbp 110320130926-phpapp01
 
Lição 1 - A Igreja e o Plano Divino
Lição 1 - A Igreja e o Plano DivinoLição 1 - A Igreja e o Plano Divino
Lição 1 - A Igreja e o Plano Divino
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
 
O ministério de mestre e doutor
O ministério de mestre e doutorO ministério de mestre e doutor
O ministério de mestre e doutor
 
Lição 1 - O que é Evangelização
Lição 1 - O que é EvangelizaçãoLição 1 - O que é Evangelização
Lição 1 - O que é Evangelização
 
Celula
CelulaCelula
Celula
 
2016 3 TRI LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
2016 3 TRI LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA2016 3 TRI LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
2016 3 TRI LIÇÃO 13 - A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA
 

Mais de Tiago Silva

aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptx
aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptxaexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptx
aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptxTiago Silva
 
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdf
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdfdokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdf
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdfTiago Silva
 
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptx
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptxEstudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptx
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptxTiago Silva
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...Tiago Silva
 
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdfolivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdfTiago Silva
 
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...Tiago Silva
 
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...Tiago Silva
 
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...Tiago Silva
 
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...Tiago Silva
 
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...Tiago Silva
 
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...Tiago Silva
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...Tiago Silva
 
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptx
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptxESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptx
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptxTiago Silva
 
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...Tiago Silva
 
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...Tiago Silva
 
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptx
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptxA RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptx
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptxTiago Silva
 
(26) Os Evangelhos.pdf
(26) Os Evangelhos.pdf(26) Os Evangelhos.pdf
(26) Os Evangelhos.pdfTiago Silva
 
2_07-05-2019_15-06-05.pdf
2_07-05-2019_15-06-05.pdf2_07-05-2019_15-06-05.pdf
2_07-05-2019_15-06-05.pdfTiago Silva
 
Slide Licao 7 - A responsabilidade da igreja com os missionários.pptx
Slide Licao 7 -  A responsabilidade da igreja com os missionários.pptxSlide Licao 7 -  A responsabilidade da igreja com os missionários.pptx
Slide Licao 7 - A responsabilidade da igreja com os missionários.pptxTiago Silva
 
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdf
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdflio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdf
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdfTiago Silva
 

Mais de Tiago Silva (20)

aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptx
aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptxaexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptx
aexpansodoevangelhoforadejerusalm-160402003643.pptx
 
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdf
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdfdokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdf
dokumen.tips_lbj-licao-12-a-familia-de-jesus.pdf
 
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptx
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptxEstudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptx
Estudo bíblico - Pneumatologista a doutrina do Espírito santo.pptx
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
 
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdfolivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
olivrodexodoeocativeirodeisraelnoegito-140102033744-phpapp02.pdf
 
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-05-15-pentate...
 
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...
dokumen.tips_atos-dos-apstolos-pr-erivelton-rodrigues-nunes-2018-5-15-advogad...
 
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...
dokumen.tips_lei-historicos-poticos-profetas-obadias-5-jonas-6-miquias-7-naum...
 
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...
dokumen.tips_aula-1-tiago-ma-f-prtica-deus-os-que-so-pobres-aos-olhos-do-mund...
 
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...
dokumen.tips_a-f-de-elias-a-f-de-elias-era-um-f-slida-alimentada-pela-prtica-...
 
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...
dokumen.tips_pentateuco-exodo-pr-erivelton-rodrigues-estivesse-no-pensamento-...
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
 
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptx
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptxESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptx
ESTUDO BÍBLICO - 2 CORÍNTIOS.pptx
 
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...
dokumen.tips_dizimo-pr-erivelton-rodrigues-nunes-dzimos-e-ofertas-keywords-dz...
 
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...
dokumen.tips_evangelhos-pr-erivelton-rodrigues-os-quatro-livros-do-evangelho-...
 
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptx
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptxA RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptx
A RESSURREIÇÃO DE MUITOS SANTOS NA ÉPOCA DA MORTE DE CRISTO.pptx
 
(26) Os Evangelhos.pdf
(26) Os Evangelhos.pdf(26) Os Evangelhos.pdf
(26) Os Evangelhos.pdf
 
2_07-05-2019_15-06-05.pdf
2_07-05-2019_15-06-05.pdf2_07-05-2019_15-06-05.pdf
2_07-05-2019_15-06-05.pdf
 
Slide Licao 7 - A responsabilidade da igreja com os missionários.pptx
Slide Licao 7 -  A responsabilidade da igreja com os missionários.pptxSlide Licao 7 -  A responsabilidade da igreja com os missionários.pptx
Slide Licao 7 - A responsabilidade da igreja com os missionários.pptx
 
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdf
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdflio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdf
lio5-asconsequnciasdasescolhasprecipitadas-161020222357.pdf
 

lio9-pdf-170224210739.pptx

  • 1. Professor: PB Vinicius Tiago A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA Estudo bíblico
  • 2. TEXTO BASE “E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros” (2Tm 2.2).
  • 3. Visão Panorâmica O ensino da Palavra faz com que a Igreja cresça, se fortaleça e possa resistir aos ataques do mundo e de Satanás.
  • 4. TEXTO BÍBLICO Marcos 16.15-20. 15 — E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. 16— Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. 17— E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas;
  • 5. TEXTO BÍBLICO Marcos 16.15-20. 18— pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão. 19— Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu e assentou-se à direita de Deus. 20— E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Amém!
  • 8. INTRODUÇÃO Mais do que pregar, Jesus esmerou-se em ENSINAR. Ministério: Anunciar Verdades sobre o Reino de DEUS
  • 9. INTRODUÇÃO “Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado [...] ” (Mt 28.19,20). IDE
  • 10. INTRODUÇÃO Nesta lição, veremos a importância do ensino bíblico e o seu alcance dentro da igreja local. Estudaremos a respeito dos grupos que devemos alcançar para que cumpramos a nossa vocação de agência de ensino do Reino de Deus.
  • 11. I O QUE É ENSINAR
  • 13. 1. Definindo o termo. ENSINAR Doutrinar Orientar Conduzir Transmitir conhecimento
  • 14. 1. Definindo o termo. ENSINO CRISTÃO Transformação Espiritual Transformação Moral SER HUMANO
  • 15. 1. Definindo o termo. Participativo Expectador
  • 16. 1. Definindo o termo. Participativo Compartilhando Conhecimento Experiências
  • 17. 2. A Igreja ensinando a verdade.
  • 18. 2. A Igreja ensinando a verdade. Reino de DEUS Cumpre um papel fundamental na expansão Através
  • 19. 2. A Igreja ensinando a verdade. Precisam ser Crescer espiritualmente edificadas Através Escrituras Sagradas ENSINO Pessoas que são evangelizadas e aceitam a Cristo
  • 20. Quem nasce de novo deve ser alimentado de forma constante, ou morrerá por inanição. 2. A Igreja ensinando a verdade.
  • 21. 2. A Igreja ensinando a verdade. Deve ser encarado pela Igreja Tarefa ESSENCIAL Escrituras Sagradas Ela é a VERDADE
  • 22. 2. A Igreja ensinando a verdade.
  • 23. 3. A importância do mestre na igreja local.
  • 24. 3. A importância do mestre na igreja local. PROFESSOR auxilia PASTOR
  • 25. 3. A importância do mestre na igreja local. PROFESSOR Edificação do povo de Deus Através Sua aplicação na vida dos alunos Escrituras Sagradas ENSINO
  • 26. 3. A importância do mestre na igreja local. na TRANSMISSÃO DE CONHECIMENTO Deve ser trabalhado de forma constante através PESQUISA
  • 27. 3. A importância do mestre na igreja local. Mestre Pregador Pregar a Palavra Escrituras Sagradas ENSINAR
  • 28. 3. A importância do mestre na igreja local. PROFESSOR Igreja é edificada
  • 29. 3. A importância do mestre na igreja local. Importante para a Igreja Pregação da Palavra Deve ser ministrado na Igreja Escrituras Sagradas ENSINAR
  • 30. 2. A Igreja ensinando a verdade. PROFESSOR BUSCA CONHECIMENTO DESEJA REPASSÁ-LO Paulo ensinou à Timóteo “E o que de mim ouviste de muitas testemunhas, transmite-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros” (2Tm 2.2).
  • 33. 1. No Antigo Testamento Os hebreus não possuíam um sistema organizado de transmissão de ensino. As primeiras lições eram geralmente ministradas no lar.
  • 34. 1. No Antigo Testamento Os hebreus não possuíam um sistema organizado de transmissão de ensino. A s A p m r i m ã e e s i r e a e s n l i c ç a õ r e r s e g e a r v a a m d g e e e r n a l s m i n e a n r t à e s m f i i l n h i a s s t r o a s d a s afazeres nd oo lm aré . sticos.
  • 35. 1. No Antigo Testamento Os hebreus não possuíam um sistema organizado de transmissão de ensino. A O s A p m a i i m ã s e e s i e r e n a e s c n a l i c r ç r a õ e r e g r s e a g v e a r v a d a m e d e g e n e e r s n a i n l s m a i n r e a a n r o t à e s s f m i f l i i h l n h o i a s s t u r o a m s d a a s afazerpersnodofioslmasrãé.os.ticos. O próprio Jesus era carpinteiro (Mt 13.55), profissão que aprendeu com seu pai, José.
  • 36. 1. No Antigo Testamento Moisés, orientado por Deus, disse ao povo que procurasse ensinar os filhos sobre as tradições recebidas de seus pais, e que esses ensinos fossem repassados aos seus descendentes. Principalmente as verdades sobre Deus, que os havia retirado do Egito.
  • 38. 2. No Novo Testamento Após o retorno do exílio. Povo teve que estudar a Lei de Deus novamente.
  • 39. 2. No Novo Testamento Com o surgimento das sinagogas SISTEMATIZADO SOLIDIFICADO
  • 40. 2. No Novo Testamento Escribas e Fariseus passaram a ensinar. Jesus aprendeu a Lei de Deus. E ensinava com autoridade.
  • 42. 3. Jesus como mestre. Jesus dedicou muito mais tempo para ensinar às pessoas do que necessariamente pregando. Ele ensinou com autoridade (Mt 7.29). Sobre o Reino de DEUS Jesus aproveitou cada ocasião para ministrar.
  • 43. 3. Jesus como mestre. Zaqueu Mulher Samaritana Nicodemos
  • 44. 3. Jesus como mestre. “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos” (Mt 28.19,20).
  • 45. 3. Jesus como mestre. Ele tinha interesse por seus alunos. E era criativo (utilizou um barco como plataforma para ensinar, Lc 5).
  • 46. ORAÇÃO 3. Jesus como mestre. ENSINO
  • 47. ORAÇÃO 3. Jesus como mestre. ENSINAR Importante Ele chegou a explicar mais de uma vez um assunto quando seus discípulos não entendiam (Mt 15.16).
  • 50. 1. Crianças. Escola Dominical começou com algumas crianças inglesas.
  • 51. 1. Crianças. O trabalho de Robert Raikes junto às crianças. Escola Dominical como a conhecemos hoje.
  • 53. 1. Crianças. Devemos ENSINO priorizar CRISTÃO “Então disse Jesus: "Deixem vir a mim as crianças e não as impeçam; pois o Reino dos céus pertence aos que são semelhantes a elas“ (Mateus 19.14).
  • 54. 2. Jovens e adultos.
  • 55. 2. Jovens e adultos. JOVENS ADULTOS Devem ser igualmente ensinados.
  • 56. 2. Jovens e adultos. JOVENS Estudos Vida Profissional
  • 57. 2. Jovens e adultos. JOVENS
  • 58. 2. Jovens e adultos. Parte dos adultos Não tiveram O que demanda da igreja ensinar a essas pessoas.
  • 59. 2. Jovens e adultos. IGREJA ENSINAR O QUÊ AOS ADULTOS? Nova forma de vida. Nova forma de pensar.
  • 61. 3. Portadores de necessidades especiais. SOCIEDADE Escrituras Sagradas ENSINO
  • 62. 3. Portadores de necessidades especiais. Em alguns ambientes eclesiásticos, sem perceber, acabamos excluindo os deficientes de nossos cultos de ensino e da Escola Dominical por não termos professores treinados, ou por achar que Jesus vai operar um milagre na vida dessas pessoas.
  • 63. 3. Portadores de necessidades especiais. Devemos prover dentro da igreja, crentes capacitados a lidar com esse público-alvo. IGREJA
  • 64. 3. Portadores de necessidades especiais. Nenhuma pessoa seja deixada de fora do ensino e crescimento espiritual. Escrituras Sagradas ENSINO Crescimento Espiritual
  • 66. Ensinar é uma ordenança de Deus para a sua Igreja. E a Igreja deve cumprir com seu papel ensinador alcançando a todas as pessoas. CONCLUSÃO
  • 67. 1. O ensino é um mandamento bíblico? Sim. Jesus ordenou o ensino e o discipulado (Mt 28.19,20). 2. Segundo a lição, o que é ensinar? Ensinar é um o ato de doutrinar, transmitir conhecimento a outra pessoa, orientar, conduzir. 3. Qual o objetivo do ensino cristão? O ensino cristão tem como objetivo a transformação espiritual e moral do ser humano, tornando-o uma pessoa melhor. 4. Na igreja, quem é o professor? O professor é aquele que auxilia o pastor na área do ensino. 5. Como era o ensino no Novo Testamento? Após o retorno do exílio, o povo teve de estudar a Lei de Deus novamente, e com o surgimento das sinagogas, o ensino da lei de Deus foi sistematizado e solidificado. Com o passar do tempo, os fariseus e escribas passaram a ensinar. O próprio Jesus aprendeu a Lei de Deus, e em seu ministério, ensinou com autoridade aos que o ouviam. PERGUNTAS