SlideShare uma empresa Scribd logo
Liberalismo e Nacionalismo
Liberalismo O Liberalismo é uma doutrina baseada na defesa da liberdade individual, nos campos econômico, político, religioso e intelectual, contra as ingerências e atitudes coercitivas do poder estatal. Apesar de diversas culturas e épocas apresentarem indícios das idéias liberais, o liberalismo definitivamente ganhou expressão moderna com os escritos de John Locke e Adam Smith (Estes também, iluministas). O liberalismo é totalmente controverso aos princípios do  Nazismo e do fascismo, onde empregava uma idéia liberal e livre, diferente do nazismo que era  	empregada uma ditadura sem liberdade e opções. 		Perceba  X
Seus principais conceitos incluem liberdade de pensamento, liberdade religiosa, direitos fundamentais, estado de direito, governo limitado, ordem espontânea, propriedade privada, e livre mercado. O Liberalismo começou a se fortalecer em meados do século XIX, após as décadas de 1830-1840, teve sua maior representação na França. Se juntou mais tarde à ideia no Nacionalismo, onde foi usado como pilar da Unificação da Alemanha e a Unificação da Itália. X
Nacionalismo É uma tese. Em sentido estrito, seria um sentimento de valorização marcado pela aproximação e identificação com uma nação, mais precisamente com o ponto de vista ideológico.  Segundo Ernst Gellner (1983) o nacionalismo é a ideologia fundamental da terceira fase da história da humanidade, a fase industrial, quando os estados nação se tornam a forma de organização político cultural que substitui o império.
São vários os movimentos dentro do espectro político-ideológico que se apropriam do nacionalismo, ora como elemento programático, ora como forma de propaganda. Durante o século XX, o nacionalismo permeou movimentos radicais como o fascismo, o nacional-socialismo e o integralismo no Brasil e em Portugal, especialmente durante o Estado Novo (Portugal).
Nazismo e Fascismo
Situação da Alemanha Instauração da República de Weimar Muitas dificuldades Cláusulas do Tratado de Versalhes Crise económica Ocupação da região alemã pelos franceses Desemprego Inflação Instabilidade social
Hitler nomeadoPrimeiro-Ministro Partido Nazi torna-se no maiorPartidoAlemão Eliminação de Partidos de Oposição e sindicatos Morte do Presidente da Repúblicaem 1934 Hitler torna-se o Führer (guia) da Alemanha
Benito Mussolini 		Benito Amilcare Andrea Mussolinifoi um político italiano que liderou o Partido Nacional Fascista e é creditado como sendo uma das figuras-chave na criação do Fascismo. Tornou-se o Primeiro-Ministro da Itália em 1922 e começou a usar o título Il Duce desde 1925.  	Após 1936, seu título oficial era  Chefe de Governo, Duce do Fascismo, e Fundador do Império. Teve controle total das forças armadas italianas. Mussolini permaneceu no poder até  	pouco antes de sua morte em1943. 	Mussolini não chegou a ver as bombas  atômicas caindo em Hiroshima, morreu em 1945.
Adolf Hitler Em 1933, Hitler foi nomeado Chanceler (Primeiro-Ministro) pelo Presidente da  República. 	Mas antes de Hitler ser Primeiro-Ministro, tentou tomar o poder no estado de Baviera em 1923 com a ajuda de militares, mas não conseguindo e foi para a prisão onde escreveu grande parte do livro “Mein Kampf” (Minha Luta).
O Fascismo 		 A palavra "fascismo" deriva de fascio, nome de grupos políticos ou de militância que surgiram na Itália. Os fascistas italianos também ficaram conhecidos pela expressão camisas negras, em virtude do uniforme que utilizavam. Mesmo com a exaltação da nação e muitas vezes da raça acima do indivíduo, o fascismo não chegou a ser semelhante igual ao nazismo que utilizava violência e práticas modernas de propaganda e censura para suprimir pela força a oposição política e econômica severa e sustentar o nacionalismo utilizando  práticas de xenofobias.
O Fascismo 	 O Fascismo tinha como principais características: o totalitarismo,  o nacionalismo, o militarismo ,o expansionismo, Unipartidarismoe o companheirismo entre os nazistas.
O Nazismo O que foi o Nazismo?  		A palavra NAZI, resulta da abreviatura da palavra: nazionalsozialistiche. 		O Nazismo foi um regime politico instaurado em 1934 até 1945 na Alemanha por AdolfHitler. 		As principais características do Nazismo eram:	 Totalitarismo– Estado forte e disciplinado acima do tudo. Anti-semitismo– ódio aos Judeus.   Racismo - Era a diferença de raças, ou seja, a raça dos arianos (povo indo-europeu), de onde os Alemães se consideravam descendentes, era a superior de todas as outras. O Nazismo de Hitler teve como base na Ditadura fascista Italiana de Mussolini.
O Nazismo Hitler  dizia que a razão dos problemas que a Alemanha atravessava eram por causa  de:  Tratado de Versalhes (assinadoem 1919). Governo  ter aceitado o Tratado. Hitler perseguiu: Ciganos;  Judeus; 	 Homossexuais ; Deficientes. 	Hitler foi um líder único e carismático que arrastava consigo, milhões de  Alemães com os seus delirantes discursos.
A Juventude Hitleriana  Na época Nazi, foi criada a JuventudeHitleriana.  A Juventude Hitleriana, era a educação dos jovens alemães de acordo com as ideias Nazi, onde todos os Jovens tiveram de pertencer.
Meios de Propagação Os meios de propagação das ideias de Hitler foram através de: jornais;  rádio;  manifestações;  comícios. Usavam também  a violência como forma de propagação de idéias.
 	Classificações destas definições empregadas tanto pelo fascismo quanto o nazismo: Totalitarismo: o sistema fascista era antidemocrático e concentrava poderes totais nas mãos do líder de governo. Este líder podia tomar qualquer tipo de decisão ou decretar leis sem consultar políticos ou representantes da sociedade.  Nacionalismo: entre os fascistas era a ideologia baseada na idéia de que só o que é do país tem valor. Valorização extrema da cultura do próprio país em detrimento das outras, que são consideradas inferiores.
Militarismo: altos investimentos na produção de armas e equipamentos de guerra. Fortalecimento das forças armadas como forma de ganhar poder entre as outras nações. Objetivo de expansão territorial através de guerras. Culto à força física: Nos países fascistas, desde jovens os jovens eram treinados e preparados fisicamente para uma possível guerra. O objetivo do estado fascista era preparar soldados fortes e saudáveis. Violência contra as minorias: na Alemanha, por exemplo, os nazistas perseguiram, enviaram para campos de concentração e mataram milhões de judeus, ciganos, homossexuais e até mesmo deficientes físicos.
Censura: Hitler e Mussolini usaram este dispositivo para coibir qualquer tipo de crítica aos seus governos. Nenhuma notícia ou idéia, contrária ao sistema, poderia ser veiculadas em jornais, revistas, rádio ou cinema. Aqueles que arriscavam criticar o governo eram presos e até condenados a morte. Propaganda: os líderes fascistas usavam os meios de comunicação (rádios, cinema, revistas e jornais) para divulgarem suas ideologias. Os discursos de Hitler eram constantemente transmitidos pelas rádios ao povo alemão. Desfiles militares eram realizados para mostrar o poder bélico do governo.
Anti-socialismo: os fascistas eram totalmente contrários ao sistema socialista. Defendiam amplamente o capitalismo, tanto que obtiveram apoio político e financeiro de banqueiros, ricos comerciantes e industriais alemães e italianos.
Campos de concentração e extermínio:
A Tortura dos Judeus 	Quando se fala no nazismo, um fato que é realçado de imediato é o ódio e a discriminação dos judeus e dos ciganos, que eram perseguidos e enviados para campos de concentração, onde eram torturados.
Campo de concentração de Auschwitz/ Birkenau Local onde eram aprisionados e torturados os judeus e ciganos.
	Fornalha de um dos campos de concentração onde eram queimados os judeus, após torturados.
Curiosidades Apesar de umas das características do Nazismo ser o anti-semitismo, a avó de Hitler era Judaica.  Hitler não admitia que seus oficiais e aliados fumassem. Embora Itália e Alemanha tenham sido os exemplos mais nítidos de funcionamento do sistema fascista, em Portugal (governo de Salazar) e Espanha (governo de Francisco Franco), neste período, características fascistas se fizeram presentes. 
Grupo Nazista e Fascista, porém não-nazista e não-fascista: Higor de Lucas Vieira Silva		N°16 Fábio Rodrigo Luz				N°12 Filipi Canto					N°13 Igor Jesus dos Santos			N°17 Caíque Marques 				N°03

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Governo Collor
Governo Collor Governo Collor
Governo Collor
Valéria Shoujofan
 
Grande depressão
Grande depressãoGrande depressão
Grande depressão
Simone P Baldissera
 
O governo de José Sarney
O governo de José SarneyO governo de José Sarney
O governo de José Sarney
Bianca Vasconcelos
 
Jk e Jânio - Resumo
Jk e Jânio - ResumoJk e Jânio - Resumo
Jk e Jânio - Resumo
Lú Carvalho
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Douglas Barraqui
 
Brasil república
Brasil repúblicaBrasil república
Brasil república
dmflores21
 
Resumo a guerra fria
Resumo   a guerra friaResumo   a guerra fria
Resumo a guerra fria
historiando
 
Fim da União Soviética
Fim da União SoviéticaFim da União Soviética
Fim da União Soviética
Valéria Shoujofan
 
Período entreguerras
Período entreguerrasPeríodo entreguerras
Período entreguerras
profcacocardozo
 
Governo Juscelino (1955 1960)
Governo Juscelino (1955 1960)Governo Juscelino (1955 1960)
Governo Juscelino (1955 1960)
Alê Maldonado
 
Guerra Civil Espanhola/Crise 29
Guerra Civil Espanhola/Crise 29Guerra Civil Espanhola/Crise 29
Guerra Civil Espanhola/Crise 29
Elaine Bogo Pavani
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
Isabel Aguiar
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
patriciacaralo
 
PERÍODO DEMOCRÁTICO DA HISTÓRIA DO BRASIL 1985 A 2013
PERÍODO DEMOCRÁTICO DA HISTÓRIA DO BRASIL 1985 A 2013PERÍODO DEMOCRÁTICO DA HISTÓRIA DO BRASIL 1985 A 2013
PERÍODO DEMOCRÁTICO DA HISTÓRIA DO BRASIL 1985 A 2013
Douglas Barraqui
 
Governo jk - Disma
Governo jk - DismaGoverno jk - Disma
Governo jk - Disma
Dismael Sagás
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Fabiana Tonsis
 
A República Populista
A República PopulistaA República Populista
A República Populista
Pérysson Nogueira
 
A Era Vargas
A Era Vargas A Era Vargas
A Era Vargas
Edenilson Morais
 
9º ano Brasil República
9º ano Brasil República9º ano Brasil República
9º ano Brasil República
Expedito Martins
 

Mais procurados (20)

Governo Collor
Governo Collor Governo Collor
Governo Collor
 
Grande depressão
Grande depressãoGrande depressão
Grande depressão
 
O governo de José Sarney
O governo de José SarneyO governo de José Sarney
O governo de José Sarney
 
Jk e Jânio - Resumo
Jk e Jânio - ResumoJk e Jânio - Resumo
Jk e Jânio - Resumo
 
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda GuerraPeríodo Entre Guerras e Segunda Guerra
Período Entre Guerras e Segunda Guerra
 
Brasil república
Brasil repúblicaBrasil república
Brasil república
 
Resumo a guerra fria
Resumo   a guerra friaResumo   a guerra fria
Resumo a guerra fria
 
Fim da União Soviética
Fim da União SoviéticaFim da União Soviética
Fim da União Soviética
 
Período entreguerras
Período entreguerrasPeríodo entreguerras
Período entreguerras
 
Governo Juscelino (1955 1960)
Governo Juscelino (1955 1960)Governo Juscelino (1955 1960)
Governo Juscelino (1955 1960)
 
Guerra Civil Espanhola/Crise 29
Guerra Civil Espanhola/Crise 29Guerra Civil Espanhola/Crise 29
Guerra Civil Espanhola/Crise 29
 
Ditaduras na america latina
Ditaduras na america latinaDitaduras na america latina
Ditaduras na america latina
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
Governos Totalitários (nazismo e fascismo)
 
PERÍODO DEMOCRÁTICO DA HISTÓRIA DO BRASIL 1985 A 2013
PERÍODO DEMOCRÁTICO DA HISTÓRIA DO BRASIL 1985 A 2013PERÍODO DEMOCRÁTICO DA HISTÓRIA DO BRASIL 1985 A 2013
PERÍODO DEMOCRÁTICO DA HISTÓRIA DO BRASIL 1985 A 2013
 
Governo jk - Disma
Governo jk - DismaGoverno jk - Disma
Governo jk - Disma
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
A República Populista
A República PopulistaA República Populista
A República Populista
 
A Era Vargas
A Era Vargas A Era Vargas
A Era Vargas
 
9º ano Brasil República
9º ano Brasil República9º ano Brasil República
9º ano Brasil República
 

Semelhante a Liberalismo, nacionalismo, nazismo e fascismo

Slide nazismo
Slide nazismoSlide nazismo
Slide nazismo
Isabel Aguiar
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
Робертта Чиба
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
Робертта Чиба
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
Jainny F.
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
jbmaxdesigner
 
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1   regimes totalitarismosSit 4 vol 1   regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
AprendendoHistoriacomNemeis
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
Barbara Brito
 
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo
Adail Silva
 
Fascismo e Fascistas
Fascismo e FascistasFascismo e Fascistas
Fascismo e Fascistas
Phyllipa
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Fatima Freitas
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Rita Quaresma Avellar
 
Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
kyzinha
 
Nazismo
NazismoNazismo
Totalitarios
TotalitariosTotalitarios
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
aygres
 
Totalitarismos
Totalitarismos Totalitarismos
Totalitarismos
RaQuel Oliveira
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
Maria Gomes
 
Você sabe o que é Fascismo.pdf
Você sabe o que é Fascismo.pdfVocê sabe o que é Fascismo.pdf
Você sabe o que é Fascismo.pdf
Henrique Pontes
 
O tempo-das-ditaduras
O tempo-das-ditadurasO tempo-das-ditaduras
O tempo-das-ditaduras
Nuno Faustino
 
O Tempo Das Ditaduras
O Tempo Das DitadurasO Tempo Das Ditaduras
O Tempo Das Ditaduras
Rainha Maga
 

Semelhante a Liberalismo, nacionalismo, nazismo e fascismo (20)

Slide nazismo
Slide nazismoSlide nazismo
Slide nazismo
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
 
Regimes Totalitários
Regimes TotalitáriosRegimes Totalitários
Regimes Totalitários
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1   regimes totalitarismosSit 4 vol 1   regimes totalitarismos
Sit 4 vol 1 regimes totalitarismos
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo Nazismo Fascismo
Nazismo Fascismo
 
Fascismo e Fascistas
Fascismo e FascistasFascismo e Fascistas
Fascismo e Fascistas
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Totalitarios
TotalitariosTotalitarios
Totalitarios
 
Slide totalitarismo
Slide totalitarismoSlide totalitarismo
Slide totalitarismo
 
Totalitarismos
Totalitarismos Totalitarismos
Totalitarismos
 
Fascismo
FascismoFascismo
Fascismo
 
Você sabe o que é Fascismo.pdf
Você sabe o que é Fascismo.pdfVocê sabe o que é Fascismo.pdf
Você sabe o que é Fascismo.pdf
 
O tempo-das-ditaduras
O tempo-das-ditadurasO tempo-das-ditaduras
O tempo-das-ditaduras
 
O Tempo Das Ditaduras
O Tempo Das DitadurasO Tempo Das Ditaduras
O Tempo Das Ditaduras
 

Último

atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 

Último (20)

atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 

Liberalismo, nacionalismo, nazismo e fascismo

  • 2. Liberalismo O Liberalismo é uma doutrina baseada na defesa da liberdade individual, nos campos econômico, político, religioso e intelectual, contra as ingerências e atitudes coercitivas do poder estatal. Apesar de diversas culturas e épocas apresentarem indícios das idéias liberais, o liberalismo definitivamente ganhou expressão moderna com os escritos de John Locke e Adam Smith (Estes também, iluministas). O liberalismo é totalmente controverso aos princípios do Nazismo e do fascismo, onde empregava uma idéia liberal e livre, diferente do nazismo que era empregada uma ditadura sem liberdade e opções. Perceba  X
  • 3. Seus principais conceitos incluem liberdade de pensamento, liberdade religiosa, direitos fundamentais, estado de direito, governo limitado, ordem espontânea, propriedade privada, e livre mercado. O Liberalismo começou a se fortalecer em meados do século XIX, após as décadas de 1830-1840, teve sua maior representação na França. Se juntou mais tarde à ideia no Nacionalismo, onde foi usado como pilar da Unificação da Alemanha e a Unificação da Itália. X
  • 4. Nacionalismo É uma tese. Em sentido estrito, seria um sentimento de valorização marcado pela aproximação e identificação com uma nação, mais precisamente com o ponto de vista ideológico. Segundo Ernst Gellner (1983) o nacionalismo é a ideologia fundamental da terceira fase da história da humanidade, a fase industrial, quando os estados nação se tornam a forma de organização político cultural que substitui o império.
  • 5. São vários os movimentos dentro do espectro político-ideológico que se apropriam do nacionalismo, ora como elemento programático, ora como forma de propaganda. Durante o século XX, o nacionalismo permeou movimentos radicais como o fascismo, o nacional-socialismo e o integralismo no Brasil e em Portugal, especialmente durante o Estado Novo (Portugal).
  • 7. Situação da Alemanha Instauração da República de Weimar Muitas dificuldades Cláusulas do Tratado de Versalhes Crise económica Ocupação da região alemã pelos franceses Desemprego Inflação Instabilidade social
  • 8. Hitler nomeadoPrimeiro-Ministro Partido Nazi torna-se no maiorPartidoAlemão Eliminação de Partidos de Oposição e sindicatos Morte do Presidente da Repúblicaem 1934 Hitler torna-se o Führer (guia) da Alemanha
  • 9. Benito Mussolini Benito Amilcare Andrea Mussolinifoi um político italiano que liderou o Partido Nacional Fascista e é creditado como sendo uma das figuras-chave na criação do Fascismo. Tornou-se o Primeiro-Ministro da Itália em 1922 e começou a usar o título Il Duce desde 1925. Após 1936, seu título oficial era Chefe de Governo, Duce do Fascismo, e Fundador do Império. Teve controle total das forças armadas italianas. Mussolini permaneceu no poder até pouco antes de sua morte em1943. Mussolini não chegou a ver as bombas atômicas caindo em Hiroshima, morreu em 1945.
  • 10. Adolf Hitler Em 1933, Hitler foi nomeado Chanceler (Primeiro-Ministro) pelo Presidente da República. Mas antes de Hitler ser Primeiro-Ministro, tentou tomar o poder no estado de Baviera em 1923 com a ajuda de militares, mas não conseguindo e foi para a prisão onde escreveu grande parte do livro “Mein Kampf” (Minha Luta).
  • 11. O Fascismo A palavra "fascismo" deriva de fascio, nome de grupos políticos ou de militância que surgiram na Itália. Os fascistas italianos também ficaram conhecidos pela expressão camisas negras, em virtude do uniforme que utilizavam. Mesmo com a exaltação da nação e muitas vezes da raça acima do indivíduo, o fascismo não chegou a ser semelhante igual ao nazismo que utilizava violência e práticas modernas de propaganda e censura para suprimir pela força a oposição política e econômica severa e sustentar o nacionalismo utilizando práticas de xenofobias.
  • 12. O Fascismo O Fascismo tinha como principais características: o totalitarismo, o nacionalismo, o militarismo ,o expansionismo, Unipartidarismoe o companheirismo entre os nazistas.
  • 13. O Nazismo O que foi o Nazismo? A palavra NAZI, resulta da abreviatura da palavra: nazionalsozialistiche. O Nazismo foi um regime politico instaurado em 1934 até 1945 na Alemanha por AdolfHitler. As principais características do Nazismo eram: Totalitarismo– Estado forte e disciplinado acima do tudo. Anti-semitismo– ódio aos Judeus. Racismo - Era a diferença de raças, ou seja, a raça dos arianos (povo indo-europeu), de onde os Alemães se consideravam descendentes, era a superior de todas as outras. O Nazismo de Hitler teve como base na Ditadura fascista Italiana de Mussolini.
  • 14. O Nazismo Hitler dizia que a razão dos problemas que a Alemanha atravessava eram por causa de: Tratado de Versalhes (assinadoem 1919). Governo ter aceitado o Tratado. Hitler perseguiu: Ciganos; Judeus; Homossexuais ; Deficientes. Hitler foi um líder único e carismático que arrastava consigo, milhões de Alemães com os seus delirantes discursos.
  • 15. A Juventude Hitleriana Na época Nazi, foi criada a JuventudeHitleriana. A Juventude Hitleriana, era a educação dos jovens alemães de acordo com as ideias Nazi, onde todos os Jovens tiveram de pertencer.
  • 16. Meios de Propagação Os meios de propagação das ideias de Hitler foram através de: jornais; rádio; manifestações; comícios. Usavam também a violência como forma de propagação de idéias.
  • 17. Classificações destas definições empregadas tanto pelo fascismo quanto o nazismo: Totalitarismo: o sistema fascista era antidemocrático e concentrava poderes totais nas mãos do líder de governo. Este líder podia tomar qualquer tipo de decisão ou decretar leis sem consultar políticos ou representantes da sociedade.  Nacionalismo: entre os fascistas era a ideologia baseada na idéia de que só o que é do país tem valor. Valorização extrema da cultura do próprio país em detrimento das outras, que são consideradas inferiores.
  • 18. Militarismo: altos investimentos na produção de armas e equipamentos de guerra. Fortalecimento das forças armadas como forma de ganhar poder entre as outras nações. Objetivo de expansão territorial através de guerras. Culto à força física: Nos países fascistas, desde jovens os jovens eram treinados e preparados fisicamente para uma possível guerra. O objetivo do estado fascista era preparar soldados fortes e saudáveis. Violência contra as minorias: na Alemanha, por exemplo, os nazistas perseguiram, enviaram para campos de concentração e mataram milhões de judeus, ciganos, homossexuais e até mesmo deficientes físicos.
  • 19. Censura: Hitler e Mussolini usaram este dispositivo para coibir qualquer tipo de crítica aos seus governos. Nenhuma notícia ou idéia, contrária ao sistema, poderia ser veiculadas em jornais, revistas, rádio ou cinema. Aqueles que arriscavam criticar o governo eram presos e até condenados a morte. Propaganda: os líderes fascistas usavam os meios de comunicação (rádios, cinema, revistas e jornais) para divulgarem suas ideologias. Os discursos de Hitler eram constantemente transmitidos pelas rádios ao povo alemão. Desfiles militares eram realizados para mostrar o poder bélico do governo.
  • 20. Anti-socialismo: os fascistas eram totalmente contrários ao sistema socialista. Defendiam amplamente o capitalismo, tanto que obtiveram apoio político e financeiro de banqueiros, ricos comerciantes e industriais alemães e italianos.
  • 21. Campos de concentração e extermínio:
  • 22. A Tortura dos Judeus Quando se fala no nazismo, um fato que é realçado de imediato é o ódio e a discriminação dos judeus e dos ciganos, que eram perseguidos e enviados para campos de concentração, onde eram torturados.
  • 23. Campo de concentração de Auschwitz/ Birkenau Local onde eram aprisionados e torturados os judeus e ciganos.
  • 24. Fornalha de um dos campos de concentração onde eram queimados os judeus, após torturados.
  • 25. Curiosidades Apesar de umas das características do Nazismo ser o anti-semitismo, a avó de Hitler era Judaica. Hitler não admitia que seus oficiais e aliados fumassem. Embora Itália e Alemanha tenham sido os exemplos mais nítidos de funcionamento do sistema fascista, em Portugal (governo de Salazar) e Espanha (governo de Francisco Franco), neste período, características fascistas se fizeram presentes. 
  • 26. Grupo Nazista e Fascista, porém não-nazista e não-fascista: Higor de Lucas Vieira Silva N°16 Fábio Rodrigo Luz N°12 Filipi Canto N°13 Igor Jesus dos Santos N°17 Caíque Marques N°03