SlideShare uma empresa Scribd logo
Texto de  Carlos Alberto Libânio Christo (Frei Betto)
Sou muito especial. Minha tecnologia é insuperável. Funciono sem fios, bateria, pilhas ou circuitos eletrônicos. Sou útil até mesmo onde não há energia elétrica. E posso ser usado mesmo por uma criança: basta abrir-me.
Nunca falho, não necessito de manual de instruções, nem de técnicos que me consertem. Dispenso oficinas e ferramentas. Sou isento a vírus, embora figure no cardápio das traças. Se algo em mim o leitor não entende, há um similar que explica todos os meus vocábulos.
Através de mim as pessoas viajam sem sair do lugar. Não é fantástico? Basta abrir-me e posso levá-las a Roma dos Césares ou à Índia dos brâmanes, aos estúdios de Hollywood ou ao Egito dos faraós, ao modo como as baleias cuidam de seus filhos e aos paradoxos dos buracos negros.
Sou feito de papiro, pergaminho, papel, plástico e, hoje, existo até como matéria virtual. Domino todos os ramos do conhecimento humano. E, ao contrário dos seres humanos, jamais esqueço. Se me consultam, elucido dúvidas, respondo indagações, estimulo a reflexão, desperto emoções e idéias.
Posso ensinar qualquer idioma: tupi, grego, chinês ou russo. Até línguas mortas, como o latim. Introduzo as pessoas na meditação zen-budista e nos segredos da culinária mineira, nas partículas subatômicas e na história do automóvel, nas maravilhas dos jardins suspensos da Babilônia e nos hábitos dos escorpiões.
Para utilizar-me, a pessoa escolhe o lugar mais confortável: cama, sofá da sala, tamborete da cozinha, degrau da escada ou banco do ônibus. Trago a ela os poemas de Fernando Pessoa e os salmos da Bíblia; as noções de como operar um monitor de TV e a biografia de John Lennon; as viagens de Marco Pólo e os cálculos da propulsão das naves espaciais.
Trabalho em silêncio, e nunca incomodo ninguém, pois jamais insisto. É o meu leitor que se cansa e, neste caso, pode fechar-me e continuar a leitura horas ou dias depois.
Não fujo, não saio do lugar, não abandono quem cuida de mim. Fico ali à espera, em cima de uma mesa ou enfiado numa prateleira, sem alterar o meu humor. Exceto quando sou alvo da cobiça de pessoas sem escrúpulos, que me roubam de meus legítimos donos.
Revelo a quem me procura o que for de seu interesse: como cuidar do jardim ou detalhes da Guerra do Paraguai; a incrível paixão entre Romeu e Julieta ou a atribulada vida amorosa de Elvis Presley; os segredos de fabricação de um bom vinho ou as mil e uma interpretações de As Mil e Uma Noites.
Pode-se estar comigo e, ao mesmo tempo, ouvir música ou viajar de trem, navio ou avião, sem necessidade de pagar a minha passagem.
Sou transportável, manipulável e até descartável. Mas costumo enganar a quem confia nas aparências: nem sempre o meu rosto revela o conteúdo.
Sem mim, a humanidade teria perdido a memória. E, possivelmente, não ficaria sabendo que Deus se revelou a ela.
Sou portador de epifanias e sonhos, tragédias e esperanças, dores e utopias. E sou também uma obra de arte, dependendo de como os meus autores tecem e bordam as letras que preenchem as minhas páginas.
Livre e lido, sou livro.
Formatação: Miriam Catão Texto: Carlos Alberto Libânio Christo (Frei Betto) Música: Ebb Tide Imagens: Corbis "Faça como o piloto perdido fora da rota: prepare-se para o pouso imprevisto, desligue as turbinas, apague as luzes, corte a eletricidade, mantenha o trem de aterrissagem recolhido e deixe-se acolher pelo chão, que é sempre mais firme do que todas as idéias que pululam em sua cabeça. Não tema o real. Adequada a ele, a inteligência encontra a verdade."  (Frei Betto)
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Despedida uma pequena maravilha
Despedida   uma pequena maravilhaDespedida   uma pequena maravilha
Despedida uma pequena maravilha
Amadeu Wolff
 
Despedida uma pequena maravilha
Despedida   uma pequena maravilhaDespedida   uma pequena maravilha
Despedida uma pequena maravilha
Edu Carrega
 
Despedida!
Despedida!Despedida!
Despedida!
julianafalcrh2012
 
Eu Em Veneza
Eu Em VenezaEu Em Veneza
Eu Em Veneza
genyramos
 
Despedida uma pequena maravilha
Despedida   uma pequena maravilhaDespedida   uma pequena maravilha
Despedida uma pequena maravilha
Roberto Rabat Chame
 
DespedidadumgéNio Paris.Pps
DespedidadumgéNio Paris.PpsDespedidadumgéNio Paris.Pps
DespedidadumgéNio Paris.Pps
cab3032
 
Despedida uma pequena maravilha
Despedida   uma pequena maravilhaDespedida   uma pequena maravilha
Despedida uma pequena maravilha
Paulo Bachur
 
Despedida
Despedida Despedida
Despedida
G. Gomes
 
Carta de despedida de Gabriel García Marques
Carta de despedida de Gabriel García Marques Carta de despedida de Gabriel García Marques
Carta de despedida de Gabriel García Marques
Luar Cicuta
 
Despedida - Gabriel Garcia Marques
Despedida - Gabriel Garcia MarquesDespedida - Gabriel Garcia Marques
Despedida - Gabriel Garcia Marques
Irene Aguiar
 
Antes do antes - Millor Fernandes
Antes do antes - Millor FernandesAntes do antes - Millor Fernandes
Antes do antes - Millor Fernandes
Mima Badan
 
Quem é a Carolina?
Quem é a Carolina?Quem é a Carolina?
Quem é a Carolina?
guest04f783
 
12 sono calmo e mulheres mendigas
12   sono calmo e mulheres mendigas12   sono calmo e mulheres mendigas
12 sono calmo e mulheres mendigas
Grupo Educacional Ávila
 
Lucas e victor 1 a
Lucas e victor 1 aLucas e victor 1 a
Lucas e victor 1 a
Grupo Educacional Ávila
 
ALUGO O MEU CORPO
ALUGO O MEU CORPOALUGO O MEU CORPO
ALUGO O MEU CORPO
paulalee
 

Mais procurados (15)

Despedida uma pequena maravilha
Despedida   uma pequena maravilhaDespedida   uma pequena maravilha
Despedida uma pequena maravilha
 
Despedida uma pequena maravilha
Despedida   uma pequena maravilhaDespedida   uma pequena maravilha
Despedida uma pequena maravilha
 
Despedida!
Despedida!Despedida!
Despedida!
 
Eu Em Veneza
Eu Em VenezaEu Em Veneza
Eu Em Veneza
 
Despedida uma pequena maravilha
Despedida   uma pequena maravilhaDespedida   uma pequena maravilha
Despedida uma pequena maravilha
 
DespedidadumgéNio Paris.Pps
DespedidadumgéNio Paris.PpsDespedidadumgéNio Paris.Pps
DespedidadumgéNio Paris.Pps
 
Despedida uma pequena maravilha
Despedida   uma pequena maravilhaDespedida   uma pequena maravilha
Despedida uma pequena maravilha
 
Despedida
Despedida Despedida
Despedida
 
Carta de despedida de Gabriel García Marques
Carta de despedida de Gabriel García Marques Carta de despedida de Gabriel García Marques
Carta de despedida de Gabriel García Marques
 
Despedida - Gabriel Garcia Marques
Despedida - Gabriel Garcia MarquesDespedida - Gabriel Garcia Marques
Despedida - Gabriel Garcia Marques
 
Antes do antes - Millor Fernandes
Antes do antes - Millor FernandesAntes do antes - Millor Fernandes
Antes do antes - Millor Fernandes
 
Quem é a Carolina?
Quem é a Carolina?Quem é a Carolina?
Quem é a Carolina?
 
12 sono calmo e mulheres mendigas
12   sono calmo e mulheres mendigas12   sono calmo e mulheres mendigas
12 sono calmo e mulheres mendigas
 
Lucas e victor 1 a
Lucas e victor 1 aLucas e victor 1 a
Lucas e victor 1 a
 
ALUGO O MEU CORPO
ALUGO O MEU CORPOALUGO O MEU CORPO
ALUGO O MEU CORPO
 

Semelhante a Eu, O Livro

Tabacaria - Álvaro de Campos
Tabacaria - Álvaro de CamposTabacaria - Álvaro de Campos
Tabacaria - Álvaro de Campos
AMLDRP
 
Textos autores biblioteca
Textos autores bibliotecaTextos autores biblioteca
Textos autores biblioteca
Ies Numeroun
 
Sem Ao Menos Um Aceno
Sem Ao Menos Um AcenoSem Ao Menos Um Aceno
Sem Ao Menos Um Aceno
guesta47b474
 
Acre004ago set-outde2014e-book-140924131458-phpapp01(1)
Acre004ago set-outde2014e-book-140924131458-phpapp01(1)Acre004ago set-outde2014e-book-140924131458-phpapp01(1)
Acre004ago set-outde2014e-book-140924131458-phpapp01(1)
Ana Fonseca
 
Acre 004 (ago set-out de 2014) e-book revista de arte e poesia em geral circ...
Acre 004 (ago set-out de 2014)  e-book revista de arte e poesia em geral circ...Acre 004 (ago set-out de 2014)  e-book revista de arte e poesia em geral circ...
Acre 004 (ago set-out de 2014) e-book revista de arte e poesia em geral circ...
AMEOPOEMA Editora
 
Crônicas selecionadas nu, de botas - av2
Crônicas selecionadas   nu, de botas - av2Crônicas selecionadas   nu, de botas - av2
Crônicas selecionadas nu, de botas - av2
Josi Motta
 
O Crânio de Cristal
O Crânio de CristalO Crânio de Cristal
O Crânio de Cristal
Paulo José Valente
 
Sem ao menos_um_aceno
Sem ao menos_um_acenoSem ao menos_um_aceno
Sem ao menos_um_aceno
HBMenezes
 
Suplemento acre 0011 e book
Suplemento acre 0011 e book Suplemento acre 0011 e book
Suplemento acre 0011 e book
AMEOPOEMA Editora
 
Apresentação.pdf
Apresentação.pdfApresentação.pdf
Apresentação.pdf
AdrianoKurek
 
Oficinas de escrita
Oficinas de escritaOficinas de escrita
Oficinas de escrita
davidaaduarte
 
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdftexto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
Denise De Ramos
 
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdftexto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
Denise De Ramos
 
Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020
Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020
Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020
AMEOPOEMA Editora
 
Ana Cristina César / a teus pés
Ana Cristina César / a teus pésAna Cristina César / a teus pés
Ana Cristina César / a teus pés
sullbreda
 
Mundo fabuloso
Mundo fabulosoMundo fabuloso
Mundo fabuloso
CrisBiagio
 
Osentimentodomundo completo-121106125654-phpapp01
Osentimentodomundo completo-121106125654-phpapp01Osentimentodomundo completo-121106125654-phpapp01
Osentimentodomundo completo-121106125654-phpapp01
SA Asperger
 
Quintana 08 03_2013_rapallo
Quintana 08 03_2013_rapalloQuintana 08 03_2013_rapallo
Quintana 08 03_2013_rapallo
Patrizia Ercole
 
D 11.pptx
D 11.pptxD 11.pptx
D 11.pptx
MilenaDoCarmo3
 
DUAS HORAS MUITO LOUCAS I
DUAS HORAS MUITO LOUCAS IDUAS HORAS MUITO LOUCAS I
DUAS HORAS MUITO LOUCAS I
Wendell Santos
 

Semelhante a Eu, O Livro (20)

Tabacaria - Álvaro de Campos
Tabacaria - Álvaro de CamposTabacaria - Álvaro de Campos
Tabacaria - Álvaro de Campos
 
Textos autores biblioteca
Textos autores bibliotecaTextos autores biblioteca
Textos autores biblioteca
 
Sem Ao Menos Um Aceno
Sem Ao Menos Um AcenoSem Ao Menos Um Aceno
Sem Ao Menos Um Aceno
 
Acre004ago set-outde2014e-book-140924131458-phpapp01(1)
Acre004ago set-outde2014e-book-140924131458-phpapp01(1)Acre004ago set-outde2014e-book-140924131458-phpapp01(1)
Acre004ago set-outde2014e-book-140924131458-phpapp01(1)
 
Acre 004 (ago set-out de 2014) e-book revista de arte e poesia em geral circ...
Acre 004 (ago set-out de 2014)  e-book revista de arte e poesia em geral circ...Acre 004 (ago set-out de 2014)  e-book revista de arte e poesia em geral circ...
Acre 004 (ago set-out de 2014) e-book revista de arte e poesia em geral circ...
 
Crônicas selecionadas nu, de botas - av2
Crônicas selecionadas   nu, de botas - av2Crônicas selecionadas   nu, de botas - av2
Crônicas selecionadas nu, de botas - av2
 
O Crânio de Cristal
O Crânio de CristalO Crânio de Cristal
O Crânio de Cristal
 
Sem ao menos_um_aceno
Sem ao menos_um_acenoSem ao menos_um_aceno
Sem ao menos_um_aceno
 
Suplemento acre 0011 e book
Suplemento acre 0011 e book Suplemento acre 0011 e book
Suplemento acre 0011 e book
 
Apresentação.pdf
Apresentação.pdfApresentação.pdf
Apresentação.pdf
 
Oficinas de escrita
Oficinas de escritaOficinas de escrita
Oficinas de escrita
 
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdftexto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
 
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdftexto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
texto 1-Alves, Rubens -Conversas_com_quem_gosta_ensinar.pdf
 
Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020
Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020
Acre 016+1 e book - abril, maio e junho 2020
 
Ana Cristina César / a teus pés
Ana Cristina César / a teus pésAna Cristina César / a teus pés
Ana Cristina César / a teus pés
 
Mundo fabuloso
Mundo fabulosoMundo fabuloso
Mundo fabuloso
 
Osentimentodomundo completo-121106125654-phpapp01
Osentimentodomundo completo-121106125654-phpapp01Osentimentodomundo completo-121106125654-phpapp01
Osentimentodomundo completo-121106125654-phpapp01
 
Quintana 08 03_2013_rapallo
Quintana 08 03_2013_rapalloQuintana 08 03_2013_rapallo
Quintana 08 03_2013_rapallo
 
D 11.pptx
D 11.pptxD 11.pptx
D 11.pptx
 
DUAS HORAS MUITO LOUCAS I
DUAS HORAS MUITO LOUCAS IDUAS HORAS MUITO LOUCAS I
DUAS HORAS MUITO LOUCAS I
 

Mais de miriam catao

Alma de Palhaço
Alma de PalhaçoAlma de Palhaço
Alma de Palhaço
miriam catao
 
Antigas Fotografias
Antigas FotografiasAntigas Fotografias
Antigas Fotografias
miriam catao
 
Breve HistóRia Da Bicicleta (Nacionais)
Breve HistóRia Da Bicicleta (Nacionais)Breve HistóRia Da Bicicleta (Nacionais)
Breve HistóRia Da Bicicleta (Nacionais)
miriam catao
 
Se O Amor For Grande
Se O Amor For GrandeSe O Amor For Grande
Se O Amor For Grande
miriam catao
 
Cada Quadro Uma HistóRia
Cada Quadro Uma HistóRiaCada Quadro Uma HistóRia
Cada Quadro Uma HistóRia
miriam catao
 
Brinquedos A Pedal E Biciclo
Brinquedos A Pedal E BicicloBrinquedos A Pedal E Biciclo
Brinquedos A Pedal E Biciclo
miriam catao
 
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte Ii
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte IiBreve HistóRia Da Bicicleta Parte Ii
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte Ii
miriam catao
 
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte I
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte IBreve HistóRia Da Bicicleta Parte I
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte I
miriam catao
 
Frases Que Ficam
Frases Que FicamFrases Que Ficam
Frases Que Ficam
miriam catao
 
Eu NãO Sei Quem Te Perdeu
Eu NãO Sei Quem Te PerdeuEu NãO Sei Quem Te Perdeu
Eu NãO Sei Quem Te Perdeu
miriam catao
 
DecisõEs
DecisõEsDecisõEs
DecisõEs
miriam catao
 
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
miriam catao
 
FáBulas
FáBulasFáBulas
FáBulas
miriam catao
 
ElegâNcia
ElegâNciaElegâNcia
ElegâNcia
miriam catao
 
Estatutos
EstatutosEstatutos
Estatutos
miriam catao
 
Mensagem (Fernando Pessoa)
Mensagem (Fernando Pessoa)Mensagem (Fernando Pessoa)
Mensagem (Fernando Pessoa)
miriam catao
 
Frederico Garcia Lorca
Frederico Garcia LorcaFrederico Garcia Lorca
Frederico Garcia Lorca
miriam catao
 
Hoje é Tempo De Ser Feliz
Hoje é Tempo De Ser FelizHoje é Tempo De Ser Feliz
Hoje é Tempo De Ser Feliz
miriam catao
 
Se Você Me Esquecer
Se Você Me EsquecerSe Você Me Esquecer
Se Você Me Esquecer
miriam catao
 
FernãO Capelo Gaivota
FernãO Capelo GaivotaFernãO Capelo Gaivota
FernãO Capelo Gaivota
miriam catao
 

Mais de miriam catao (20)

Alma de Palhaço
Alma de PalhaçoAlma de Palhaço
Alma de Palhaço
 
Antigas Fotografias
Antigas FotografiasAntigas Fotografias
Antigas Fotografias
 
Breve HistóRia Da Bicicleta (Nacionais)
Breve HistóRia Da Bicicleta (Nacionais)Breve HistóRia Da Bicicleta (Nacionais)
Breve HistóRia Da Bicicleta (Nacionais)
 
Se O Amor For Grande
Se O Amor For GrandeSe O Amor For Grande
Se O Amor For Grande
 
Cada Quadro Uma HistóRia
Cada Quadro Uma HistóRiaCada Quadro Uma HistóRia
Cada Quadro Uma HistóRia
 
Brinquedos A Pedal E Biciclo
Brinquedos A Pedal E BicicloBrinquedos A Pedal E Biciclo
Brinquedos A Pedal E Biciclo
 
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte Ii
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte IiBreve HistóRia Da Bicicleta Parte Ii
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte Ii
 
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte I
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte IBreve HistóRia Da Bicicleta Parte I
Breve HistóRia Da Bicicleta Parte I
 
Frases Que Ficam
Frases Que FicamFrases Que Ficam
Frases Que Ficam
 
Eu NãO Sei Quem Te Perdeu
Eu NãO Sei Quem Te PerdeuEu NãO Sei Quem Te Perdeu
Eu NãO Sei Quem Te Perdeu
 
DecisõEs
DecisõEsDecisõEs
DecisõEs
 
Auto Estima
Auto EstimaAuto Estima
Auto Estima
 
FáBulas
FáBulasFáBulas
FáBulas
 
ElegâNcia
ElegâNciaElegâNcia
ElegâNcia
 
Estatutos
EstatutosEstatutos
Estatutos
 
Mensagem (Fernando Pessoa)
Mensagem (Fernando Pessoa)Mensagem (Fernando Pessoa)
Mensagem (Fernando Pessoa)
 
Frederico Garcia Lorca
Frederico Garcia LorcaFrederico Garcia Lorca
Frederico Garcia Lorca
 
Hoje é Tempo De Ser Feliz
Hoje é Tempo De Ser FelizHoje é Tempo De Ser Feliz
Hoje é Tempo De Ser Feliz
 
Se Você Me Esquecer
Se Você Me EsquecerSe Você Me Esquecer
Se Você Me Esquecer
 
FernãO Capelo Gaivota
FernãO Capelo GaivotaFernãO Capelo Gaivota
FernãO Capelo Gaivota
 

Eu, O Livro

  • 1. Texto de Carlos Alberto Libânio Christo (Frei Betto)
  • 2. Sou muito especial. Minha tecnologia é insuperável. Funciono sem fios, bateria, pilhas ou circuitos eletrônicos. Sou útil até mesmo onde não há energia elétrica. E posso ser usado mesmo por uma criança: basta abrir-me.
  • 3. Nunca falho, não necessito de manual de instruções, nem de técnicos que me consertem. Dispenso oficinas e ferramentas. Sou isento a vírus, embora figure no cardápio das traças. Se algo em mim o leitor não entende, há um similar que explica todos os meus vocábulos.
  • 4. Através de mim as pessoas viajam sem sair do lugar. Não é fantástico? Basta abrir-me e posso levá-las a Roma dos Césares ou à Índia dos brâmanes, aos estúdios de Hollywood ou ao Egito dos faraós, ao modo como as baleias cuidam de seus filhos e aos paradoxos dos buracos negros.
  • 5. Sou feito de papiro, pergaminho, papel, plástico e, hoje, existo até como matéria virtual. Domino todos os ramos do conhecimento humano. E, ao contrário dos seres humanos, jamais esqueço. Se me consultam, elucido dúvidas, respondo indagações, estimulo a reflexão, desperto emoções e idéias.
  • 6. Posso ensinar qualquer idioma: tupi, grego, chinês ou russo. Até línguas mortas, como o latim. Introduzo as pessoas na meditação zen-budista e nos segredos da culinária mineira, nas partículas subatômicas e na história do automóvel, nas maravilhas dos jardins suspensos da Babilônia e nos hábitos dos escorpiões.
  • 7. Para utilizar-me, a pessoa escolhe o lugar mais confortável: cama, sofá da sala, tamborete da cozinha, degrau da escada ou banco do ônibus. Trago a ela os poemas de Fernando Pessoa e os salmos da Bíblia; as noções de como operar um monitor de TV e a biografia de John Lennon; as viagens de Marco Pólo e os cálculos da propulsão das naves espaciais.
  • 8. Trabalho em silêncio, e nunca incomodo ninguém, pois jamais insisto. É o meu leitor que se cansa e, neste caso, pode fechar-me e continuar a leitura horas ou dias depois.
  • 9. Não fujo, não saio do lugar, não abandono quem cuida de mim. Fico ali à espera, em cima de uma mesa ou enfiado numa prateleira, sem alterar o meu humor. Exceto quando sou alvo da cobiça de pessoas sem escrúpulos, que me roubam de meus legítimos donos.
  • 10. Revelo a quem me procura o que for de seu interesse: como cuidar do jardim ou detalhes da Guerra do Paraguai; a incrível paixão entre Romeu e Julieta ou a atribulada vida amorosa de Elvis Presley; os segredos de fabricação de um bom vinho ou as mil e uma interpretações de As Mil e Uma Noites.
  • 11. Pode-se estar comigo e, ao mesmo tempo, ouvir música ou viajar de trem, navio ou avião, sem necessidade de pagar a minha passagem.
  • 12. Sou transportável, manipulável e até descartável. Mas costumo enganar a quem confia nas aparências: nem sempre o meu rosto revela o conteúdo.
  • 13. Sem mim, a humanidade teria perdido a memória. E, possivelmente, não ficaria sabendo que Deus se revelou a ela.
  • 14. Sou portador de epifanias e sonhos, tragédias e esperanças, dores e utopias. E sou também uma obra de arte, dependendo de como os meus autores tecem e bordam as letras que preenchem as minhas páginas.
  • 15. Livre e lido, sou livro.
  • 16. Formatação: Miriam Catão Texto: Carlos Alberto Libânio Christo (Frei Betto) Música: Ebb Tide Imagens: Corbis "Faça como o piloto perdido fora da rota: prepare-se para o pouso imprevisto, desligue as turbinas, apague as luzes, corte a eletricidade, mantenha o trem de aterrissagem recolhido e deixe-se acolher pelo chão, que é sempre mais firme do que todas as idéias que pululam em sua cabeça. Não tema o real. Adequada a ele, a inteligência encontra a verdade." (Frei Betto)
  • 17.