SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
A ORAÇÃO DOS CRISTÃOS: COMUNHÃO COM O PROJETO DE DEUS
LECIONÁRIO DOMINICAL – ANO C – 17° DOMINGO DO TEMPO COMUM – TEXTOS BÍBLICOS: BÍBLIA J. F. DE ALMEIDA REVISTA E ATUALIZADA
cf. LECIONÁRIO em: CCT - Consultation on Common Texts, (www.commontexts.org/Default.html) - DESENHO: www.servicioskoinonia.org/cerezo/
1ª Leitura: Abraão nos ensina a orar
“32 ... Não se ire o Senhor, se lhe falo...”
Leitura do Livro do Gênesis (Gn 18, 20-32)
[Naqueles dias, falando à Abraão,]
20 Disse mais o SENHOR:
Com efeito, o clamor de Sodoma e Gomorra tem-se multiplicado,
e o seu pecado se tem agravado muito.
21 Descerei e verei se, de fato, o que têm praticado
corresponde a esse clamor que é vindo até mim;
e, se assim não é, sabê-lo-ei.
22 Então, partiram dali aqueles homens e foram para Sodoma;
porém Abraão permaneceu ainda na presença do SENHOR.
23 E, aproximando-se a ele, disse: Destruirás o justo com o ímpio?
24 Se houver, porventura, cinqüenta justos na cidade, destruirás ainda assim
e não pouparás o lugar por amor dos cinqüenta justos que nela se encontram?
25 Longe de ti o fazeres tal coisa, matares o justo com o ímpio,
como se o justo fosse igual ao ímpio; longe de ti.
Não fará justiça o Juiz de toda a terra?
26 Então, disse o SENHOR:
Se eu achar em Sodoma cinqüenta justos dentro da cidade,
pouparei a cidade toda por amor deles.
27 Disse mais Abraão: Eis que me atrevo a falar ao Senhor, eu que sou pó e cinza.
28 Na hipótese de faltarem cinco para cinqüenta justos,
destruirás por isso toda a cidade? Ele respondeu:
Não a destruirei se eu achar ali quarenta e cinco.
29 Disse-lhe ainda mais Abraão: E se, porventura, houver ali quarenta?
Respondeu: Não o farei por amor dos quarenta.
30 Insistiu: Não se ire o Senhor, falarei ainda: Se houver, porventura, ali trinta?
Respondeu o SENHOR: Não o farei se eu encontrar ali trinta.
31 Continuou Abraão:
Eis que me atrevi a falar ao Senhor: Se, porventura, houver ali vinte?
Respondeu o SENHOR: Não a destruirei por amor dos vinte.
32 Disse ainda Abraão: Não se ire o Senhor, se lhe falo somente mais esta vez:
Se, porventura, houver ali dez?
Respondeu o SENHOR: Não a destruirei por amor dos dez.
Salmo responsorial: Salmo 138, 1-2a, 2bc-3, 6-7ab, 7c-8 (R./3a)
R. “3a No dia em que eu clamei, tu me acudiste...”
1 Render-te-ei graças, SENHOR, de todo o meu coração;
na presença dos poderosos te cantarei louvores.
2a Prostrar-me-ei para o teu santo templo... R.
2bc ...louvarei o teu nome, por causa da tua misericórdia e da tua verdade,
pois magnificaste acima de tudo o teu nome e a tua palavra.
3 No dia em que eu clamei, tu me acudiste
e alentaste a força de minha alma. [...] R.
6 O SENHOR é excelso, contudo, atenta para os humildes;
os soberbos, ele os conhece de longe.
7ab Se ando em meio à tribulação, tu me refazes a vida;
estendes a mão contra a ira dos meus inimigos... R.
7c ...a tua destra me salva.
8 O que a mim me concerne o SENHOR levará a bom termo;
a tua misericórdia, ó SENHOR, dura para sempre;
não desampares as obras das tuas mãos. R.
2ª Leitura: Em Cristo fazemos a experiência do amor gratuito de Deus
“13 ... Vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos”
Leitura da Carta de Paulo aos Colossenses (Cl 2,12-14)
[Irmãos,]
12 tendo sido sepultados, juntamente com ele, no batismo,
no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fé no poder de Deus
que o ressuscitou dentre os mortos.
13 E a vós outros, que estáveis mortos pelas vossas transgressões
e pela incircuncisão da vossa carne, vos deu vida juntamente com ele,
perdoando todos os nossos delitos;
14 tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós
e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial,
removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz;
Aclamação ao Evangelho: (Rm 8,15bc)
“...Recebeste o espírito de adoção,
baseado no qual clamamos: Aba, Pai”
Evangelho: Jesus ensina os cristãos a orar
“9 ... Pedi, e dar-se-vos-á...”
O Santo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo conforme Lucas
(Lc 11,1-13)
1 De uma feita, estava Jesus orando em certo lugar;
quando terminou, um dos seus discípulos lhe pediu:
Senhor, ensina-nos a orar como também João ensinou aos seus discípulos.
2 Então, ele os ensinou: Quando orardes, dizei:
Pai, santificado seja o teu nome; venha o teu reino;
3 o pão nosso cotidiano dá-nos de dia em dia;
4 perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos
a todo o que nos deve; e não nos deixes cair em tentação.
5 Disse-lhes ainda Jesus: Qual dentre vós, tendo um amigo,
e este for procurá-lo à meia-noite e lhe disser: Amigo, empresta-me três pães,
6 pois um meu amigo, chegando de viagem, procurou-me,
e eu nada tenho que lhe oferecer.
7 E o outro lhe responda lá de dentro, dizendo:
Não me importunes; a porta já está fechada,
e os meus filhos comigo também já estão deitados.
Não posso levantar-me para tos dar;
8 digo-vos que, se não se levantar para dar-lhos por ser seu amigo,
todavia, o fará por causa da importunação
e lhe dará tudo o de que tiver necessidade.
9 Por isso, vos digo:
Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á.
10 Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra;
e a quem bate, abrir-se-lhe-á.
11 Qual dentre vós é o pai que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra?
Ou se pedir um peixe, lhe dará em lugar de peixe uma cobra?
12 Ou, se lhe pedir um ovo lhe dará um escorpião?
13 Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos,
quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?
Oração do dia – Próprio 12 (Livro de Oração Comum – LOC, pg. 130)
Permite, ó Senhor,
que a tua contínua misericórdia purifique e defenda a tua Igreja;
e, porquanto ela não pode continuar em segurança sem teu socorro,
preserva-a sempre com teu auxílio e bondade;
por Jesus Cristo, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo,
um só Deus, agora e sempre. Amém.
Benção (Livro de Oração Comum – LOC, pg. 104):
Que o amor de Deus nos uma;
a alegria de Deus nos inspire;
a paz de Deus nos envolva;
a coragem de Deus nos sustente;
e a benção de Deus, Pai, Filho e Espírito Santo,
repouse sobre nós para sempre. Amém.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Quemodeusverdadeiro1joao520 110610181330-phpapp02
Quemodeusverdadeiro1joao520 110610181330-phpapp02Quemodeusverdadeiro1joao520 110610181330-phpapp02
Quemodeusverdadeiro1joao520 110610181330-phpapp02
Monteiro07
 
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2Segunda carta do Aposto Paulo aos 2
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2
Mensagens Virtuais
 
8 porque não guardamos o sábado gary fisher
8 porque não guardamos o sábado   gary fisher8 porque não guardamos o sábado   gary fisher
8 porque não guardamos o sábado gary fisher
ssuser615052
 

Mais procurados (19)

DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?
DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?
DEUS APROVA O HOMOSSEXUALISMO?
 
Quemodeusverdadeiro1joao520 110610181330-phpapp02
Quemodeusverdadeiro1joao520 110610181330-phpapp02Quemodeusverdadeiro1joao520 110610181330-phpapp02
Quemodeusverdadeiro1joao520 110610181330-phpapp02
 
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2Segunda carta do Aposto Paulo aos 2
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2
 
Tenha paz com Deus
Tenha paz com DeusTenha paz com Deus
Tenha paz com Deus
 
hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.hamartiologia - Doutrina do pecado.
hamartiologia - Doutrina do pecado.
 
Admoestações
AdmoestaçõesAdmoestações
Admoestações
 
Verdade
VerdadeVerdade
Verdade
 
Licao16
Licao16Licao16
Licao16
 
licao16.pps
licao16.ppslicao16.pps
licao16.pps
 
VIDA CRISTÃ REAL
VIDA CRISTÃ REALVIDA CRISTÃ REAL
VIDA CRISTÃ REAL
 
8 porque não guardamos o sábado gary fisher
8 porque não guardamos o sábado   gary fisher8 porque não guardamos o sábado   gary fisher
8 porque não guardamos o sábado gary fisher
 
Um novo estilo de vida
Um novo estilo de vidaUm novo estilo de vida
Um novo estilo de vida
 
Um novo estilo de vida
Um novo estilo de vidaUm novo estilo de vida
Um novo estilo de vida
 
Segunda carta de Paulo aos corintios 5
Segunda carta de Paulo aos corintios 5Segunda carta de Paulo aos corintios 5
Segunda carta de Paulo aos corintios 5
 
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
 
Último Convite!
Último Convite!   Último Convite!
Último Convite!
 
A Bondade que Confere Vida.
A Bondade que Confere Vida.A Bondade que Confere Vida.
A Bondade que Confere Vida.
 
O que difere o Filho do Pai?
O que difere o Filho do Pai?O que difere o Filho do Pai?
O que difere o Filho do Pai?
 
Em boa terra
Em boa terraEm boa terra
Em boa terra
 

Destaque

Rei fraco faz fraca a forte gente dezembro 2012
Rei fraco faz fraca a forte gente   dezembro 2012Rei fraco faz fraca a forte gente   dezembro 2012
Rei fraco faz fraca a forte gente dezembro 2012
António Querido
 
Alevin a
Alevin aAlevin a
Alevin a
fbcat
 
report_casamento_crise
report_casamento_crisereport_casamento_crise
report_casamento_crise
Maria_Papoila
 
Limiares da fé segunda aula
Limiares da fé  segunda aulaLimiares da fé  segunda aula
Limiares da fé segunda aula
Joao Rumpel
 
Convocatoria Distintivo Empresa Socialmente Responsable (ESR®)
Convocatoria Distintivo Empresa Socialmente Responsable (ESR®) Convocatoria Distintivo Empresa Socialmente Responsable (ESR®)
Convocatoria Distintivo Empresa Socialmente Responsable (ESR®)
Perú 2021
 

Destaque (20)

Riscos De Investir Em Bitcoins
Riscos De Investir Em Bitcoins
Riscos De Investir Em Bitcoins
Riscos De Investir Em Bitcoins
 
Cbf
CbfCbf
Cbf
 
Rei fraco faz fraca a forte gente dezembro 2012
Rei fraco faz fraca a forte gente   dezembro 2012Rei fraco faz fraca a forte gente   dezembro 2012
Rei fraco faz fraca a forte gente dezembro 2012
 
Alevin a
Alevin aAlevin a
Alevin a
 
Jornada 2 muro cuenca
Jornada 2 muro cuencaJornada 2 muro cuenca
Jornada 2 muro cuenca
 
report_casamento_crise
report_casamento_crisereport_casamento_crise
report_casamento_crise
 
Ventos na Tempestade
Ventos na TempestadeVentos na Tempestade
Ventos na Tempestade
 
Fórmula Aditivo para Radiadores
Fórmula Aditivo para RadiadoresFórmula Aditivo para Radiadores
Fórmula Aditivo para Radiadores
 
Etiqeutas libretas mana
Etiqeutas libretas manaEtiqeutas libretas mana
Etiqeutas libretas mana
 
Limiares da fé segunda aula
Limiares da fé  segunda aulaLimiares da fé  segunda aula
Limiares da fé segunda aula
 
Convocatoria Distintivo Empresa Socialmente Responsable (ESR®)
Convocatoria Distintivo Empresa Socialmente Responsable (ESR®) Convocatoria Distintivo Empresa Socialmente Responsable (ESR®)
Convocatoria Distintivo Empresa Socialmente Responsable (ESR®)
 
Relevo altitude 7desrp
Relevo altitude 7desrpRelevo altitude 7desrp
Relevo altitude 7desrp
 
A1 Posters
A1 PostersA1 Posters
A1 Posters
 
Horario 7º semestre
Horario   7º semestreHorario   7º semestre
Horario 7º semestre
 
O setor juventude deseja a todos um feliz natal
O setor juventude deseja a todos um feliz natalO setor juventude deseja a todos um feliz natal
O setor juventude deseja a todos um feliz natal
 
Fórmula Amaciante Têxtil Doméstico à Quente
Fórmula Amaciante Têxtil Doméstico à QuenteFórmula Amaciante Têxtil Doméstico à Quente
Fórmula Amaciante Têxtil Doméstico à Quente
 
Ficha operacoes-com-potencias
Ficha operacoes-com-potenciasFicha operacoes-com-potencias
Ficha operacoes-com-potencias
 
OAP: Vivienda adaptada (II)
OAP: Vivienda adaptada (II)OAP: Vivienda adaptada (II)
OAP: Vivienda adaptada (II)
 
Diploma EREPS PDF
Diploma EREPS PDFDiploma EREPS PDF
Diploma EREPS PDF
 
Um ano de conquistas para a Abemd
Um ano de conquistas para a AbemdUm ano de conquistas para a Abemd
Um ano de conquistas para a Abemd
 

Semelhante a Leituras: 17° Domingo Tempo Comum - Ano C

Celebração da palavra 10 11-2012
Celebração da palavra 10 11-2012Celebração da palavra 10 11-2012
Celebração da palavra 10 11-2012
Fábio Soares
 
Quarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano CQuarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano C
José Lima
 

Semelhante a Leituras: 17° Domingo Tempo Comum - Ano C (20)

Oração...
Oração... Oração...
Oração...
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
 
13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf
13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf
13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf
 
O sacrificio e o perdão
O sacrificio e o perdãoO sacrificio e o perdão
O sacrificio e o perdão
 
Leituras: 10° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 10° Domingo do Tempo Comum - Ano BLeituras: 10° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 10° Domingo do Tempo Comum - Ano B
 
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano BLeituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
Leituras: 27° Domingo do Tempo Comum - Ano B
 
Celebração da palavra 10 11-2012
Celebração da palavra 10 11-2012Celebração da palavra 10 11-2012
Celebração da palavra 10 11-2012
 
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
 
Quarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano CQuarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano C
 
Votos para uma Nova Vida.pptx
Votos para uma Nova Vida.pptxVotos para uma Nova Vida.pptx
Votos para uma Nova Vida.pptx
 
Missa 25.07.10
Missa 25.07.10Missa 25.07.10
Missa 25.07.10
 
Missa 25.07.10
Missa 25.07.10Missa 25.07.10
Missa 25.07.10
 
Missa 25.07.10
Missa 25.07.10Missa 25.07.10
Missa 25.07.10
 
Missa 25.07.10
Missa 25.07.10Missa 25.07.10
Missa 25.07.10
 
Leituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano A
Leituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano ALeituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano A
Leituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano A
 
O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32
O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32
O arrependimento - Texto Básico: Salmos 32
 
Leituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano C
Leituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano CLeituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano C
Leituras: 5° Domingo da Quaresma - Ano C
 
Leturas: 6° Domingo da Pascoa - Ano B
Leturas: 6° Domingo da Pascoa - Ano BLeturas: 6° Domingo da Pascoa - Ano B
Leturas: 6° Domingo da Pascoa - Ano B
 
Leituras: Quarta-Feira de Cinzas - Ano A
Leituras: Quarta-Feira de Cinzas - Ano ALeituras: Quarta-Feira de Cinzas - Ano A
Leituras: Quarta-Feira de Cinzas - Ano A
 
Leituras para Quinta Feira Santa
Leituras para Quinta Feira SantaLeituras para Quinta Feira Santa
Leituras para Quinta Feira Santa
 

Último

Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
thandreola
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
StelaWilbert
 

Último (15)

Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 

Leituras: 17° Domingo Tempo Comum - Ano C

  • 1. A ORAÇÃO DOS CRISTÃOS: COMUNHÃO COM O PROJETO DE DEUS LECIONÁRIO DOMINICAL – ANO C – 17° DOMINGO DO TEMPO COMUM – TEXTOS BÍBLICOS: BÍBLIA J. F. DE ALMEIDA REVISTA E ATUALIZADA cf. LECIONÁRIO em: CCT - Consultation on Common Texts, (www.commontexts.org/Default.html) - DESENHO: www.servicioskoinonia.org/cerezo/ 1ª Leitura: Abraão nos ensina a orar “32 ... Não se ire o Senhor, se lhe falo...” Leitura do Livro do Gênesis (Gn 18, 20-32) [Naqueles dias, falando à Abraão,] 20 Disse mais o SENHOR: Com efeito, o clamor de Sodoma e Gomorra tem-se multiplicado, e o seu pecado se tem agravado muito. 21 Descerei e verei se, de fato, o que têm praticado corresponde a esse clamor que é vindo até mim; e, se assim não é, sabê-lo-ei. 22 Então, partiram dali aqueles homens e foram para Sodoma; porém Abraão permaneceu ainda na presença do SENHOR. 23 E, aproximando-se a ele, disse: Destruirás o justo com o ímpio? 24 Se houver, porventura, cinqüenta justos na cidade, destruirás ainda assim e não pouparás o lugar por amor dos cinqüenta justos que nela se encontram? 25 Longe de ti o fazeres tal coisa, matares o justo com o ímpio, como se o justo fosse igual ao ímpio; longe de ti. Não fará justiça o Juiz de toda a terra? 26 Então, disse o SENHOR: Se eu achar em Sodoma cinqüenta justos dentro da cidade, pouparei a cidade toda por amor deles. 27 Disse mais Abraão: Eis que me atrevo a falar ao Senhor, eu que sou pó e cinza. 28 Na hipótese de faltarem cinco para cinqüenta justos, destruirás por isso toda a cidade? Ele respondeu: Não a destruirei se eu achar ali quarenta e cinco. 29 Disse-lhe ainda mais Abraão: E se, porventura, houver ali quarenta? Respondeu: Não o farei por amor dos quarenta. 30 Insistiu: Não se ire o Senhor, falarei ainda: Se houver, porventura, ali trinta? Respondeu o SENHOR: Não o farei se eu encontrar ali trinta. 31 Continuou Abraão: Eis que me atrevi a falar ao Senhor: Se, porventura, houver ali vinte? Respondeu o SENHOR: Não a destruirei por amor dos vinte. 32 Disse ainda Abraão: Não se ire o Senhor, se lhe falo somente mais esta vez: Se, porventura, houver ali dez? Respondeu o SENHOR: Não a destruirei por amor dos dez. Salmo responsorial: Salmo 138, 1-2a, 2bc-3, 6-7ab, 7c-8 (R./3a) R. “3a No dia em que eu clamei, tu me acudiste...” 1 Render-te-ei graças, SENHOR, de todo o meu coração; na presença dos poderosos te cantarei louvores. 2a Prostrar-me-ei para o teu santo templo... R. 2bc ...louvarei o teu nome, por causa da tua misericórdia e da tua verdade, pois magnificaste acima de tudo o teu nome e a tua palavra. 3 No dia em que eu clamei, tu me acudiste e alentaste a força de minha alma. [...] R. 6 O SENHOR é excelso, contudo, atenta para os humildes; os soberbos, ele os conhece de longe. 7ab Se ando em meio à tribulação, tu me refazes a vida; estendes a mão contra a ira dos meus inimigos... R. 7c ...a tua destra me salva. 8 O que a mim me concerne o SENHOR levará a bom termo; a tua misericórdia, ó SENHOR, dura para sempre; não desampares as obras das tuas mãos. R. 2ª Leitura: Em Cristo fazemos a experiência do amor gratuito de Deus “13 ... Vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos” Leitura da Carta de Paulo aos Colossenses (Cl 2,12-14) [Irmãos,] 12 tendo sido sepultados, juntamente com ele, no batismo, no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fé no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos. 13 E a vós outros, que estáveis mortos pelas vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne, vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos; 14 tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz; Aclamação ao Evangelho: (Rm 8,15bc) “...Recebeste o espírito de adoção, baseado no qual clamamos: Aba, Pai” Evangelho: Jesus ensina os cristãos a orar “9 ... Pedi, e dar-se-vos-á...” O Santo Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo conforme Lucas (Lc 11,1-13) 1 De uma feita, estava Jesus orando em certo lugar; quando terminou, um dos seus discípulos lhe pediu: Senhor, ensina-nos a orar como também João ensinou aos seus discípulos. 2 Então, ele os ensinou: Quando orardes, dizei: Pai, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; 3 o pão nosso cotidiano dá-nos de dia em dia; 4 perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a todo o que nos deve; e não nos deixes cair em tentação. 5 Disse-lhes ainda Jesus: Qual dentre vós, tendo um amigo, e este for procurá-lo à meia-noite e lhe disser: Amigo, empresta-me três pães, 6 pois um meu amigo, chegando de viagem, procurou-me, e eu nada tenho que lhe oferecer. 7 E o outro lhe responda lá de dentro, dizendo: Não me importunes; a porta já está fechada, e os meus filhos comigo também já estão deitados. Não posso levantar-me para tos dar; 8 digo-vos que, se não se levantar para dar-lhos por ser seu amigo, todavia, o fará por causa da importunação e lhe dará tudo o de que tiver necessidade. 9 Por isso, vos digo: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. 10 Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e a quem bate, abrir-se-lhe-á. 11 Qual dentre vós é o pai que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou se pedir um peixe, lhe dará em lugar de peixe uma cobra? 12 Ou, se lhe pedir um ovo lhe dará um escorpião? 13 Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que lho pedirem? Oração do dia – Próprio 12 (Livro de Oração Comum – LOC, pg. 130) Permite, ó Senhor, que a tua contínua misericórdia purifique e defenda a tua Igreja; e, porquanto ela não pode continuar em segurança sem teu socorro, preserva-a sempre com teu auxílio e bondade; por Jesus Cristo, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus, agora e sempre. Amém. Benção (Livro de Oração Comum – LOC, pg. 104): Que o amor de Deus nos uma; a alegria de Deus nos inspire; a paz de Deus nos envolva; a coragem de Deus nos sustente; e a benção de Deus, Pai, Filho e Espírito Santo, repouse sobre nós para sempre. Amém.