SlideShare uma empresa Scribd logo
LECIONÁRIO DOMINICAL – ANO A – 32° DOMINGO DO TEMPO COMUM – TEXTOS BÍBLICOS: BÍBLIA J. F. DE ALMEIDA REVISTA E ATUALIZADA (*) 
cf. LECIONÁRIO em: CCT - Consultation on Common Texts, (www.commontexts.org/Default.html) - DESENHO: www.servicioskoinonia.org/cerezo/indexAgraf.html 
VIGIAR É PRATICAR A JUSTIÇA 
1ª Leitura: A busca de um sentido para a vida 
“12 A Sabedoria... se deixa encontrar pelos que a procuram”. 
Leitura do Livro da Sabedoria (Sb 6,12-16) 
12 A Sabedoria é resplandecente e não murcha; 
mostra-se facilmente àqueles que a amam 
e se deixa encontrar pelos que a procuram. 
13 Antecipa-se, revelando-se espontaneamente aos que a desejam. 
14 Quem por ela madruga, não terá grande trabalho, 
pois a encontrará assentada à sua porta. 
15 Refletir sobre ela é a perfeição da prudência; 
e quem velar por causa dela estará muito breve sem inquietações. 
16 Ela mesma vai por toda parte, procurando os que dela são dígnos. 
Aparece-lhes benevolamente nos caminhos 
e vai ao encontro deles em todos os seus pensamentos. 
*(Bíblia, Editora Vozes, 1982) 
Salmo responsorial: Salmo 63,1,2-3,4-5,6-7 (R/1b) 
R. “1b ...Eu te busco ansiosamente; 
a minha alma tem sede de ti...” 
1 Ó Deus, tu és o meu Deus forte; 
eu te busco ansiosamente; 
a minha alma tem sede de ti; 
meu corpo te almeja, como terra árida, exausta, sem água. R. 
2 Assim, eu te contemplo no santuário, 
para ver a tua força e a tua glória. 
3 Porque a tua graça é melhor do que a vida; 
os meus lábios te louvam. R. 
4 Assim, cumpre-me bendizer-te enquanto eu viver; 
em teu nome, levanto as mãos. 
5 Como de banha e de gordura farta-se a minha alma; 
e, com júbilo nos lábios, a minha boca te louva, R. 
6 no meu leito, quando de ti me recordo 
e em ti medito, durante a vigília da noite. 
7 Porque tu me tens sido auxílio; 
à sombra das tuas asas, eu canto jubiloso. R. 
2ª Leitura: Estaremos sempre com o Senhor 
“14b ... Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem.” 
Leitura da Carta de Paulo aos Tessalonicenses (1Ts 4,13-18) 
13 Não queremos, porém, irmãos, 
que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, 
para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. 
14 Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, 
assim também Deus, mediante Jesus, 
trará, em sua companhia, os que dormem. 
15 Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: 
nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, 
de modo algum precederemos os que dormem. 
16 Porquanto o Senhor mesmo, 
dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, 
e ressoada a trombeta de Deus, 
descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; 
17 depois, nós, os vivos, os que ficarmos, 
seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, 
para o encontro do Senhor nos ares, 
e, assim, estaremos para sempre com o Senhor. 
18 Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras. 
Aclamação ao Evangelho (Mt 24,42a.44) 
“42 Portanto, vigiai, 
porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor. 
44a Por isso, ficai também vós apercebidos...” 
Evangelho: Vigiar é praticar a justiça 
“6b ... Eis o noivo! Saí ao seu encontro!” 
Leitura do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus (Mt 25,1-13) 
[Naquele tempo, 
disse Jesus a seus discípulos esta parábola:] 
1 ... o reino dos céus será semelhante a dez virgens 
que, tomando as suas lâmpadas, saíram a encontrar-se com o noivo. 
2 Cinco dentre elas eram néscias, e cinco, prudentes. 
3 As néscias, ao tomarem as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo; 
4 no entanto, as prudentes, além das lâmpadas, levaram azeite nas vasilhas. 
5 E, tardando o noivo, foram todas tomadas de sono e adormeceram. 
6 Mas, à meia-noite, ouviu-se um grito: 
Eis o noivo! Saí ao seu encontro! 
7 Então, se levantaram todas aquelas virgens 
e prepararam as suas lâmpadas. 
8 E as néscias disseram às prudentes: 
Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas estão-se apagando. 
9 Mas as prudentes responderam: 
Não, para que não nos falte a nós e a vós outras! 
Ide, antes, aos que o vendem e comprai-o. 
10 E, saindo elas para comprar, chegou o noivo, 
e as que estavam apercebidas entraram com ele para as bodas; 
e fechou-se a porta. 
11 Mais tarde, chegaram as virgens néscias, clamando: 
Senhor, senhor, abre-nos a porta! 
12 Mas ele respondeu: 
Em verdade vos digo que não vos conheço. 
13 Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora. 
Oração do dia (Livro de Oração Comum – LOC, pg. 134, Próprio 27 
Ó Deus, cujo Filho, para sempre bendito, 
foi manifestado para destruir as obras do maligno 
e tornar-nos filhos de Deus e herdeiros da vida eterna; 
permite, nós te suplicamos, que nesta esperança nos purifiquemos, 
assim como Ele é puro; 
para que, quando vier outra vez com poder e grande glória, 
sejamos feitos semelhantes a Ele no seu eterno e glorioso reino, 
onde contigo, ó Pai, e com o Espírito Santo, vive e reina sempre, um só Deus, 
pelos séculos dos séculos. Amém. 
Benção (Livro de Oração Comum – LOC, pg. 104): 
O Senhor vos abençoe, e vos guarde. 
O Senhor faça resplandecer o seu semblante sobre vós, e tenha misericórdia de vós. 
O Senhor sobre vós levante a sua face, e vos dê a paz, agora e sempre. 
Amém.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Novo pentecostes
Novo pentecostesNovo pentecostes
Novo pentecostes
Rcc Anápaolis - Go
 
Leituras: 6° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 6° Domingo da Pascoa - Ano ALeituras: 6° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 6° Domingo da Pascoa - Ano A
José Lima
 
O Que é a Santificação
O Que é a SantificaçãoO Que é a Santificação
O Que é a Santificação
lucena
 
O banquete
O banqueteO banquete
O banquete
jose aparecido
 
21 convite a graça
21 convite a graça21 convite a graça
21 convite a graça
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Segunda carta aos corintios 3
Segunda carta aos corintios 3Segunda carta aos corintios 3
Segunda carta aos corintios 3
Elva Judy Nieri
 
Leituras: 23° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 23° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 23° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 23° Domingo Tempo Comum - Ano C
José Lima
 
Tessalonicenses 1
Tessalonicenses 1Tessalonicenses 1
Tessalonicenses 1
Mensagens Virtuais
 
Encontro Com Deus
Encontro Com DeusEncontro Com Deus
Encontro Com Deus
lucena
 
Quem somos em cristo
Quem somos em cristoQuem somos em cristo
Quem somos em cristo
João Campos
 
O que é a santificacao
O que é a santificacaoO que é a santificacao
O que é a santificacao
Pastor Robson Colaço
 
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIROLIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
Lourinaldo Serafim
 
Ano do conhecimento!
Ano do conhecimento!Ano do conhecimento!
Ano do conhecimento!
Cleusa Reis
 
PRIMEIRA CARTA DE PEDRO, CAPÍTULO 3
PRIMEIRA CARTA DE PEDRO, CAPÍTULO 3PRIMEIRA CARTA DE PEDRO, CAPÍTULO 3
PRIMEIRA CARTA DE PEDRO, CAPÍTULO 3
Elva Judy Nieri
 
Sete compromissos para 2011
Sete compromissos para 2011Sete compromissos para 2011
Sete compromissos para 2011
CharlesBronson16
 
Lei de deus
Lei de deusLei de deus
Passagens biblicas
Passagens biblicasPassagens biblicas
Passagens biblicas
Fer Nanda
 
5 Domigo de Pascoa
5 Domigo de Pascoa5 Domigo de Pascoa
5 Domigo de Pascoa
Jose Aroso
 
Do fracasso ao sucesso
Do fracasso ao sucessoDo fracasso ao sucesso
Do fracasso ao sucesso
Marcos De Oliveira Leite
 
Cartas de Amor
Cartas de AmorCartas de Amor

Mais procurados (20)

Novo pentecostes
Novo pentecostesNovo pentecostes
Novo pentecostes
 
Leituras: 6° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 6° Domingo da Pascoa - Ano ALeituras: 6° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 6° Domingo da Pascoa - Ano A
 
O Que é a Santificação
O Que é a SantificaçãoO Que é a Santificação
O Que é a Santificação
 
O banquete
O banqueteO banquete
O banquete
 
21 convite a graça
21 convite a graça21 convite a graça
21 convite a graça
 
Segunda carta aos corintios 3
Segunda carta aos corintios 3Segunda carta aos corintios 3
Segunda carta aos corintios 3
 
Leituras: 23° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 23° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 23° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 23° Domingo Tempo Comum - Ano C
 
Tessalonicenses 1
Tessalonicenses 1Tessalonicenses 1
Tessalonicenses 1
 
Encontro Com Deus
Encontro Com DeusEncontro Com Deus
Encontro Com Deus
 
Quem somos em cristo
Quem somos em cristoQuem somos em cristo
Quem somos em cristo
 
O que é a santificacao
O que é a santificacaoO que é a santificacao
O que é a santificacao
 
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIROLIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
LIÇÃO 07 - AS BODAS DO CORDEIRO
 
Ano do conhecimento!
Ano do conhecimento!Ano do conhecimento!
Ano do conhecimento!
 
PRIMEIRA CARTA DE PEDRO, CAPÍTULO 3
PRIMEIRA CARTA DE PEDRO, CAPÍTULO 3PRIMEIRA CARTA DE PEDRO, CAPÍTULO 3
PRIMEIRA CARTA DE PEDRO, CAPÍTULO 3
 
Sete compromissos para 2011
Sete compromissos para 2011Sete compromissos para 2011
Sete compromissos para 2011
 
Lei de deus
Lei de deusLei de deus
Lei de deus
 
Passagens biblicas
Passagens biblicasPassagens biblicas
Passagens biblicas
 
5 Domigo de Pascoa
5 Domigo de Pascoa5 Domigo de Pascoa
5 Domigo de Pascoa
 
Do fracasso ao sucesso
Do fracasso ao sucessoDo fracasso ao sucesso
Do fracasso ao sucesso
 
Cartas de Amor
Cartas de AmorCartas de Amor
Cartas de Amor
 

Destaque

Dom quixote
Dom quixoteDom quixote
Dom quixote
Rodrigo Silva
 
Depoimento2
Depoimento2Depoimento2
Depoimento2
soubeta
 
Clase 1 llegada del hombre al continente americano.
Clase 1  llegada del hombre al continente americano.Clase 1  llegada del hombre al continente americano.
Clase 1 llegada del hombre al continente americano.
cochisse
 
Você pode falar agora? é rapidinho...Atendimento ao cliente?
Você pode falar agora? é rapidinho...Atendimento ao cliente?Você pode falar agora? é rapidinho...Atendimento ao cliente?
Você pode falar agora? é rapidinho...Atendimento ao cliente?
command-coaching
 
Programa en c
Programa en cPrograma en c
Programa en c
Carlos Alexis Arana
 
Tipos de topologias
Tipos de topologiasTipos de topologias
Tipos de topologias
maryimillanjuanias
 
El maquillaje
El maquillajeEl maquillaje
El maquillaje
kisseeeer
 
Clase 7 - Taller 16
Clase 7 - Taller 16Clase 7 - Taller 16
Clase 7 - Taller 16
laurabernal1995
 
Comentário: 18º Domingo do Tempo Comum - Ano B
Comentário: 18º Domingo do Tempo Comum - Ano BComentário: 18º Domingo do Tempo Comum - Ano B
Comentário: 18º Domingo do Tempo Comum - Ano B
José Lima
 
Mapa de Sergipe (IBGE)
Mapa de Sergipe (IBGE)Mapa de Sergipe (IBGE)
Mapa de Sergipe (IBGE)
Darlan Zurc
 
Organizador visual
Organizador visualOrganizador visual
Organizador visual
Aldo Briceño
 
Vibradorcaipira
VibradorcaipiraVibradorcaipira
Vibradorcaipira
Logansant
 
Futsal Cabedelo Tabela 1ª Divisão (Atualizada)
Futsal Cabedelo Tabela 1ª Divisão (Atualizada)Futsal Cabedelo Tabela 1ª Divisão (Atualizada)
Futsal Cabedelo Tabela 1ª Divisão (Atualizada)
Fábio Fernandes
 
Regulamento particular
Regulamento particularRegulamento particular
Regulamento particular
amieiracompeticoes
 
Procedimentos e Critérios de Avaliação Pedagógica num Contexto Online
Procedimentos e Critérios de Avaliação Pedagógica num Contexto Online Procedimentos e Critérios de Avaliação Pedagógica num Contexto Online
Procedimentos e Critérios de Avaliação Pedagógica num Contexto Online
Elizabeth Batista
 
Guerra destruiu figura do homem herói e consagrou mulher no trabalho
Guerra destruiu figura do homem herói e consagrou mulher no trabalhoGuerra destruiu figura do homem herói e consagrou mulher no trabalho
Guerra destruiu figura do homem herói e consagrou mulher no trabalho
Tiago Roseanne
 
Ccma 2008
Ccma 2008Ccma 2008
Ccma 2008
EsperancaConduru
 

Destaque (20)

Dom quixote
Dom quixoteDom quixote
Dom quixote
 
Depoimento2
Depoimento2Depoimento2
Depoimento2
 
Clase 1 llegada del hombre al continente americano.
Clase 1  llegada del hombre al continente americano.Clase 1  llegada del hombre al continente americano.
Clase 1 llegada del hombre al continente americano.
 
Você pode falar agora? é rapidinho...Atendimento ao cliente?
Você pode falar agora? é rapidinho...Atendimento ao cliente?Você pode falar agora? é rapidinho...Atendimento ao cliente?
Você pode falar agora? é rapidinho...Atendimento ao cliente?
 
Emblema ucm
Emblema ucmEmblema ucm
Emblema ucm
 
T.O.R
T.O.RT.O.R
T.O.R
 
Programa en c
Programa en cPrograma en c
Programa en c
 
Tipos de topologias
Tipos de topologiasTipos de topologias
Tipos de topologias
 
El maquillaje
El maquillajeEl maquillaje
El maquillaje
 
Clase 7 - Taller 16
Clase 7 - Taller 16Clase 7 - Taller 16
Clase 7 - Taller 16
 
Comentário: 18º Domingo do Tempo Comum - Ano B
Comentário: 18º Domingo do Tempo Comum - Ano BComentário: 18º Domingo do Tempo Comum - Ano B
Comentário: 18º Domingo do Tempo Comum - Ano B
 
Mapa de Sergipe (IBGE)
Mapa de Sergipe (IBGE)Mapa de Sergipe (IBGE)
Mapa de Sergipe (IBGE)
 
Organizador visual
Organizador visualOrganizador visual
Organizador visual
 
Vibradorcaipira
VibradorcaipiraVibradorcaipira
Vibradorcaipira
 
Futsal Cabedelo Tabela 1ª Divisão (Atualizada)
Futsal Cabedelo Tabela 1ª Divisão (Atualizada)Futsal Cabedelo Tabela 1ª Divisão (Atualizada)
Futsal Cabedelo Tabela 1ª Divisão (Atualizada)
 
Regulamento particular
Regulamento particularRegulamento particular
Regulamento particular
 
Procedimentos e Critérios de Avaliação Pedagógica num Contexto Online
Procedimentos e Critérios de Avaliação Pedagógica num Contexto Online Procedimentos e Critérios de Avaliação Pedagógica num Contexto Online
Procedimentos e Critérios de Avaliação Pedagógica num Contexto Online
 
Destak 17-7-15 1
Destak 17-7-15  1Destak 17-7-15  1
Destak 17-7-15 1
 
Guerra destruiu figura do homem herói e consagrou mulher no trabalho
Guerra destruiu figura do homem herói e consagrou mulher no trabalhoGuerra destruiu figura do homem herói e consagrou mulher no trabalho
Guerra destruiu figura do homem herói e consagrou mulher no trabalho
 
Ccma 2008
Ccma 2008Ccma 2008
Ccma 2008
 

Semelhante a Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A

Voz da Paróquia - Novembro 2011
Voz da Paróquia - Novembro 2011Voz da Paróquia - Novembro 2011
Voz da Paróquia - Novembro 2011
jesmioma
 
Voz da Paróquia - Novembro 2011
Voz da Paróquia - Novembro 2011Voz da Paróquia - Novembro 2011
Voz da Paróquia - Novembro 2011
Fernando Chapeiro
 
Segunda Epistolade Pedro
Segunda Epistolade PedroSegunda Epistolade Pedro
Segunda Epistolade Pedro
JNR
 
Leituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano C
Leituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano CLeituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano C
Leituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano C
José Lima
 
Leituras: 5° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 5° Domingo da Pascoa - Ano ALeituras: 5° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 5° Domingo da Pascoa - Ano A
José Lima
 
“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”
JUERP
 
Quarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano CQuarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano C
José Lima
 
Leituras: A Sagrada Família de Jesus - Ano B
Leituras: A Sagrada Família de Jesus - Ano BLeituras: A Sagrada Família de Jesus - Ano B
Leituras: A Sagrada Família de Jesus - Ano B
José Lima
 
Segunda Epistolaaos Tessalonicenses
Segunda Epistolaaos TessalonicensesSegunda Epistolaaos Tessalonicenses
Segunda Epistolaaos Tessalonicenses
JNR
 
Celebrando a Apresentação do Senhor no Templo
Celebrando a Apresentação do Senhor no TemploCelebrando a Apresentação do Senhor no Templo
Celebrando a Apresentação do Senhor no Templo
José Lima
 
Um Canteiro Moldável Ao Pai
Um Canteiro Moldável Ao PaiUm Canteiro Moldável Ao Pai
Um Canteiro Moldável Ao Pai
Calebe Santos
 
Leituras: 14° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 14° Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 14° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 14° Domingo do Tempo Comum - Ano A
José Lima
 
13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf
13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf
13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf
TasaAgapito
 
Leituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano A
José Lima
 
Leituras: 33° Domingo do Tempo Comum - Ano C
Leituras: 33° Domingo do Tempo Comum - Ano CLeituras: 33° Domingo do Tempo Comum - Ano C
Leituras: 33° Domingo do Tempo Comum - Ano C
José Lima
 
É Tempo do senhor operar
É Tempo do senhor operarÉ Tempo do senhor operar
É Tempo do senhor operar
PR_ALEX70
 
Primeira Epistolade Pedro
Primeira Epistolade PedroPrimeira Epistolade Pedro
Primeira Epistolade Pedro
JNR
 
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
José Lima
 
Leituras: 14° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 14° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 14° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 14° Domingo Tempo Comum - Ano C
José Lima
 
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano A
José Lima
 

Semelhante a Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A (20)

Voz da Paróquia - Novembro 2011
Voz da Paróquia - Novembro 2011Voz da Paróquia - Novembro 2011
Voz da Paróquia - Novembro 2011
 
Voz da Paróquia - Novembro 2011
Voz da Paróquia - Novembro 2011Voz da Paróquia - Novembro 2011
Voz da Paróquia - Novembro 2011
 
Segunda Epistolade Pedro
Segunda Epistolade PedroSegunda Epistolade Pedro
Segunda Epistolade Pedro
 
Leituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano C
Leituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano CLeituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano C
Leituras: 1° Domingo da Quaresma - Ano C
 
Leituras: 5° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 5° Domingo da Pascoa - Ano ALeituras: 5° Domingo da Pascoa - Ano A
Leituras: 5° Domingo da Pascoa - Ano A
 
“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”“Andeis como sábios”
“Andeis como sábios”
 
Quarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano CQuarta feira de cinzas - Ano C
Quarta feira de cinzas - Ano C
 
Leituras: A Sagrada Família de Jesus - Ano B
Leituras: A Sagrada Família de Jesus - Ano BLeituras: A Sagrada Família de Jesus - Ano B
Leituras: A Sagrada Família de Jesus - Ano B
 
Segunda Epistolaaos Tessalonicenses
Segunda Epistolaaos TessalonicensesSegunda Epistolaaos Tessalonicenses
Segunda Epistolaaos Tessalonicenses
 
Celebrando a Apresentação do Senhor no Templo
Celebrando a Apresentação do Senhor no TemploCelebrando a Apresentação do Senhor no Templo
Celebrando a Apresentação do Senhor no Templo
 
Um Canteiro Moldável Ao Pai
Um Canteiro Moldável Ao PaiUm Canteiro Moldável Ao Pai
Um Canteiro Moldável Ao Pai
 
Leituras: 14° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 14° Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 14° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 14° Domingo do Tempo Comum - Ano A
 
13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf
13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf
13-SETIMO-DOM-TEMPO-COMUM.pdf
 
Leituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 5° Domingo do Tempo Comum - Ano A
 
Leituras: 33° Domingo do Tempo Comum - Ano C
Leituras: 33° Domingo do Tempo Comum - Ano CLeituras: 33° Domingo do Tempo Comum - Ano C
Leituras: 33° Domingo do Tempo Comum - Ano C
 
É Tempo do senhor operar
É Tempo do senhor operarÉ Tempo do senhor operar
É Tempo do senhor operar
 
Primeira Epistolade Pedro
Primeira Epistolade PedroPrimeira Epistolade Pedro
Primeira Epistolade Pedro
 
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
 
Leituras: 14° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 14° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 14° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 14° Domingo Tempo Comum - Ano C
 
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 13° Domingo do Tempo Comum - Ano A
 

Último

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
Sammis Reachers
 
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICAINTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
AlineGoulartSchneide
 
Oração Da Família
Oração Da FamíliaOração Da Família
Oração Da Família
Nilson Almeida
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdfApostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
PatriciaTanureNutril
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
PIB Penha
 
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
adamasatoshi
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 

Último (17)

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
 
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICAINTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
INTRODUÇÃO À HERMENÊUTICA BÍBLICA | INTERPRETAÇÃO BÍBLICA
 
Oração Da Família
Oração Da FamíliaOração Da Família
Oração Da Família
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdfApostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
Apostila Caracteristica Seres-Estelares.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
 
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
Revista Juvenis 10 - Aluno (1).pdf free .
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 

Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A

  • 1. LECIONÁRIO DOMINICAL – ANO A – 32° DOMINGO DO TEMPO COMUM – TEXTOS BÍBLICOS: BÍBLIA J. F. DE ALMEIDA REVISTA E ATUALIZADA (*) cf. LECIONÁRIO em: CCT - Consultation on Common Texts, (www.commontexts.org/Default.html) - DESENHO: www.servicioskoinonia.org/cerezo/indexAgraf.html VIGIAR É PRATICAR A JUSTIÇA 1ª Leitura: A busca de um sentido para a vida “12 A Sabedoria... se deixa encontrar pelos que a procuram”. Leitura do Livro da Sabedoria (Sb 6,12-16) 12 A Sabedoria é resplandecente e não murcha; mostra-se facilmente àqueles que a amam e se deixa encontrar pelos que a procuram. 13 Antecipa-se, revelando-se espontaneamente aos que a desejam. 14 Quem por ela madruga, não terá grande trabalho, pois a encontrará assentada à sua porta. 15 Refletir sobre ela é a perfeição da prudência; e quem velar por causa dela estará muito breve sem inquietações. 16 Ela mesma vai por toda parte, procurando os que dela são dígnos. Aparece-lhes benevolamente nos caminhos e vai ao encontro deles em todos os seus pensamentos. *(Bíblia, Editora Vozes, 1982) Salmo responsorial: Salmo 63,1,2-3,4-5,6-7 (R/1b) R. “1b ...Eu te busco ansiosamente; a minha alma tem sede de ti...” 1 Ó Deus, tu és o meu Deus forte; eu te busco ansiosamente; a minha alma tem sede de ti; meu corpo te almeja, como terra árida, exausta, sem água. R. 2 Assim, eu te contemplo no santuário, para ver a tua força e a tua glória. 3 Porque a tua graça é melhor do que a vida; os meus lábios te louvam. R. 4 Assim, cumpre-me bendizer-te enquanto eu viver; em teu nome, levanto as mãos. 5 Como de banha e de gordura farta-se a minha alma; e, com júbilo nos lábios, a minha boca te louva, R. 6 no meu leito, quando de ti me recordo e em ti medito, durante a vigília da noite. 7 Porque tu me tens sido auxílio; à sombra das tuas asas, eu canto jubiloso. R. 2ª Leitura: Estaremos sempre com o Senhor “14b ... Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem.” Leitura da Carta de Paulo aos Tessalonicenses (1Ts 4,13-18) 13 Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. 14 Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem. 15 Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem. 16 Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; 17 depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor. 18 Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras. Aclamação ao Evangelho (Mt 24,42a.44) “42 Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor. 44a Por isso, ficai também vós apercebidos...” Evangelho: Vigiar é praticar a justiça “6b ... Eis o noivo! Saí ao seu encontro!” Leitura do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus (Mt 25,1-13) [Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos esta parábola:] 1 ... o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram a encontrar-se com o noivo. 2 Cinco dentre elas eram néscias, e cinco, prudentes. 3 As néscias, ao tomarem as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo; 4 no entanto, as prudentes, além das lâmpadas, levaram azeite nas vasilhas. 5 E, tardando o noivo, foram todas tomadas de sono e adormeceram. 6 Mas, à meia-noite, ouviu-se um grito: Eis o noivo! Saí ao seu encontro! 7 Então, se levantaram todas aquelas virgens e prepararam as suas lâmpadas. 8 E as néscias disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas estão-se apagando. 9 Mas as prudentes responderam: Não, para que não nos falte a nós e a vós outras! Ide, antes, aos que o vendem e comprai-o. 10 E, saindo elas para comprar, chegou o noivo, e as que estavam apercebidas entraram com ele para as bodas; e fechou-se a porta. 11 Mais tarde, chegaram as virgens néscias, clamando: Senhor, senhor, abre-nos a porta! 12 Mas ele respondeu: Em verdade vos digo que não vos conheço. 13 Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora. Oração do dia (Livro de Oração Comum – LOC, pg. 134, Próprio 27 Ó Deus, cujo Filho, para sempre bendito, foi manifestado para destruir as obras do maligno e tornar-nos filhos de Deus e herdeiros da vida eterna; permite, nós te suplicamos, que nesta esperança nos purifiquemos, assim como Ele é puro; para que, quando vier outra vez com poder e grande glória, sejamos feitos semelhantes a Ele no seu eterno e glorioso reino, onde contigo, ó Pai, e com o Espírito Santo, vive e reina sempre, um só Deus, pelos séculos dos séculos. Amém. Benção (Livro de Oração Comum – LOC, pg. 104): O Senhor vos abençoe, e vos guarde. O Senhor faça resplandecer o seu semblante sobre vós, e tenha misericórdia de vós. O Senhor sobre vós levante a sua face, e vos dê a paz, agora e sempre. Amém.