SlideShare uma empresa Scribd logo
Biografia de J. C. Serroni
José Carlos Serroni é arquiteto, cenógrafo e figurinista de teatro, televisão e shows. É também
artista plástico. Formou-se em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da
Universidade de São Paulo - FAU/USP - em 1977. No período de 1977 a 1982, foi cenógrafo-
figurinista e um dos coordenadores do Departamento de Cenografia e Arte da R.T.C - Rádio e
televisão Cultura de São Paulo, onde realizou inúmeros projetos de cenografia e figurinos,
como: Teatro 2, Telecurso 2ºgrau, Musicais, Shows, Tele-Aulas, Tele-Contos, etc. Realizou
também, alguns projetos para a TV Globo e para a MTV - São Paulo.

J.C.Serroni tem Tese de Graduação Interdisciplinar em Cenografia e Arquitetura de Edifícios
Teatrais. Realizou entre os anos de 1985 e 1990 inúmeras consultorias para diversos espaços
teatrais por todo o Brasil, contratado pelo Ministério da Cultura do Brasil.

Desde 1989 realiza projetos de arquitetura e consultorias para elaboração de edifícios teatrais.
Entre outros, participou dos projetos: Novo Teatro Oficina - SP, reformas dos Teatros Paulo Eiró
e Artur Azevedo, Teatro do SESC - Vila Mariana, Teatro do SESC de Araraquara, reforma do
Teatro São Pedro de SP, Teatro da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Teatro do Colégio Santa
Cruz, Teatros dos Centros Educacionais unificados - CEU da Prefeitura de São Paulo, Espaços
Teatrais do Complexo do antigo presídio do Carandiru, etc. Foi coordenador em junho de 1992,
no Rio de Janeiro, do 1º Encontro Internacional de Arquitetura Cênica no projeto Resgate e
Desenvolvimento de Técnicas Cênicas promovido pela O.E.A. no Centro Técnico de Artes
Cênicas do I.B.A.C.

Participou das Quadrienais de Cenografia, Indumentária e Arquitetura Teatral de Praga,
República Tcheca, nos anos de 1987, 1991, 1995, 1999 e 2003. Em 1987 foi o Comissário Geral
do Brasil na exposição e recebeu uma das 03 Menções Honrosas do júri internacional, entre
mais de 40 países participantes. Na Quadrienal de 1991 expôs os trabalhos realizados no C.P.T.
(SESC) durante os anos de 1987 a 1991. Em 1995 recebe o grande prêmio da Quadrienal: a
'Golden Triga', conferida por um júri internacional que contava com a presença, entre outros,
de Mel Gusson (EEUU), Jaroslav Malina (Rep. Tcheca), Iain Mackintosh (UK), Helmut Grosser
(Alemanha), etc. Em 1999, também foi o Comissário Geral tendo recebido a medalha de ouro
pelo conjunto dos projetos apresentados na Seção de Arquitetura Teatral. No ano de 2003
participou de todas as secções onde foi também o Comissário Geral do Brasil.

Participou da XX e XXI Bienal Internacional de São Paulo com instalações de cenografia e
figurinos. Participou de diversos Festivais Internacionais de teatro com espetáculos do Grupo
Macunaíma, sendo sempre o responsável pela cenografia e figurinos. Entre outros se destacam:
Festival de Toga no Japão, Festival de Seul, durante as Olimpíadas de 1988, Festival Cervantino
do México, Festival de Cádis (Espanha), Summer Festival de Nova Iorque, Summer Festival da
Alemanha, Festival de Caracas, Festivais de Londrina, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre no
Brasil, Festival de Hong Kong, etc.Em Julho e Agosto de 1997 participou do programa "People to
People" sediado pela República Popular da China, coordenado pela USSIT (EUA) - Encontro para
discussão de Arquitetura Teatral, Cenografia, Figurinos, Iluminação Cênica e Produção Teatral,
nas cidades de São Francisco (EUA) e Beijing, Nanjing, Souzhou e Shanghai (China).

Recebeu diversos prêmios em cenografia e figurinos no Brasil, dos quais podemos citar: APCA,
MAMBEMBE, GOVERNADOR DO ESTADO, SHELL e por quatro vezes o prêmio MOLIÈRE,
considerado um dos mais importantes prêmios de teatro no Brasil, além de prêmios
internacionais, tais como o "Association of Hispanic Critics of New York" e do AICT - Associação
Internacional de Críticos de Teatro da América Latina.

Participou de Exposição sobre cenografia em 1993 durante o congresso da OISTAT em Caracas,
juntamente com os cenográfos Joseph Svoboda da República Tcheca e Lopes Mancera do
México.

Coordena desde, de 1987, o núcleo de cenografia e figurinos do C.P.T. - Centro de Pesquisa
Teatral do SESC, dirigido por Antunes Filho. Realiza anualmente um curso de cenografia, além
de todos os cenários e figurinos das montagens do C.P.T. Em maio de 1998, inaugurou o Espaço
Cenográfico, que reúne seu atelier e diversas atividades relacionadas à cenografia e arquitetura
cênica abertas ao público, tais como biblioteca especializada, exposições, publicação de um
boletim informativo sobre o assunto e um disputado curso.

J.C. Serroni foi responsável pela cenografia de produções brasileiras de espetáculos tais como
Calderon (Teatro Stabile di Torino/Luca Ronconi), Anthony and Cleopatra (Vanessa Redgrave),
Ascensão e Queda de Arturo Ui (Berliner Ensemble/Heiner Müller), Festival de Cultura Indiana
com Madhavi Mudgal.

J.C.Serroni já realizou cenografia e figurinos para dezenas de espetáculos teatrais desde o ano
de 1976.

Entre eles, destacam-se os seguintes trabalhos: Sonhos de uma Noite de Verão, Hamlet,
Macbeth e Rei Lear, de W. Shakespeare; Morte Acidental de um Anarquista e Um orgasmo
Adulto Escapa do Zoológico, de Dario Fo; Katastrophe e Dias Felizes, de Samuel Beckett; Tartufo
de Molière; Madame Blavatsky de Plínio Marcos; Nelson 2 Rodrigues e Paraíso Zona Norte de
Nelson Rodrigues/Antunes Filho; A Morte do Caixeiro Viajante de Artur Miller; Santa Joana de
Bernard Shaw; As Raposas do Café de A. Bivar e Celso L. Paulini; Zero de Inácio Loiola Brandão,
Ópera dos Três Vinténs de B. Brecht; A Gaivota, de A. Tchecov; Nova Velha Estória, Gilgamesh e
Drácula e Outros Vampiros de Antunes Filho, Òpera do Malandro, A Gota D'água e
Saltimbancos de Chico Buarque de Holanda com direção de Gabriel Vilella, A Mãe Coragem de
Brecht e A Peça sobre o Bebê de E. Albee.

Na área de teatro infanto-juvenil, trabalhou com os mais importantes diretores da área, entre
eles Márcio Aurélio, Roberto Lage, Carlos Meceni, Antonio do Vale e Vladimir Capella, na
realização de mais de 20 espetáculos.
Fez projetos para inúmeras exposições teatrais e de arte em geral, entre elas Fernanda En
Cena, uma retrospectiva de 50 anos do trabalho da atriz Fernanda Montenegro; O Palco em
Cena, no SESC Vila Mariana, em São Paulo; Modos Cenográficos, em Caracas, Rio de Janeiro,
Belo Horizonte, São Paulo e Londrina. Realizou a exposição Plínio Marcos - "Um grito de
liberdade" no Memorial da América Latina. Por Dentro da Cenografia na Galeria do BNDES no
Rio de Janeiro e Pantanal Frente e Verso, uma exposição interativa para o Ministério do Meio
Ambiente no Jardim Botânico (RJ) em Junho de 2001 e no Parque do Ibirapuera em Setembro
de 2001. No ano de 2001 teve seu trabalho publicado no livro "Stage Design" organizado por
Tony Davis para a Editora Rotho Vision, lançado em Londres em Maio. Em Setembro de 2002,
lançou o livro "Teatros: uma memória do espaço cênico no Brasil" - Editora Senac - 360págs.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Segunda aplicação do enem 2011, artes
Segunda aplicação do enem 2011, artesSegunda aplicação do enem 2011, artes
Segunda aplicação do enem 2011, artes
ma.no.el.ne.ves
 
Diagnostica arte 9 ano (1)
Diagnostica arte 9 ano (1)Diagnostica arte 9 ano (1)
Diagnostica arte 9 ano (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Provadeartemusicadançaeteatro
ProvadeartemusicadançaeteatroProvadeartemusicadançaeteatro
Provadeartemusicadançaeteatro
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino MédioAvaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
Marcia Oliveira
 
Aval arte 6 pip
Aval arte 6 pipAval arte 6 pip
A rte cidade e patrimonio cultural
A rte cidade e patrimonio culturalA rte cidade e patrimonio cultural
A rte cidade e patrimonio cultural
Ana Costa E Silva
 
Ivo Meirelles Apresentação
Ivo Meirelles ApresentaçãoIvo Meirelles Apresentação
Ivo Meirelles Apresentação
deejaydony
 
CCSP mob
CCSP mobCCSP mob
CCSP mob
paulabassi
 
Biografias
BiografiasBiografias
Linguagens da artes (atividades )
Linguagens da artes (atividades )Linguagens da artes (atividades )
Linguagens da artes (atividades )
graduartes
 
Tropicalia
TropicaliaTropicalia
Tropicalia
Elvis Live
 
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Silvia Escobar
 
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - A HISTÓRIA DAS CORES E O TEATRO.
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - A HISTÓRIA DAS CORES E O TEATRO.EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - A HISTÓRIA DAS CORES E O TEATRO.
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - A HISTÓRIA DAS CORES E O TEATRO.
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 

Mais procurados (13)

Segunda aplicação do enem 2011, artes
Segunda aplicação do enem 2011, artesSegunda aplicação do enem 2011, artes
Segunda aplicação do enem 2011, artes
 
Diagnostica arte 9 ano (1)
Diagnostica arte 9 ano (1)Diagnostica arte 9 ano (1)
Diagnostica arte 9 ano (1)
 
Provadeartemusicadançaeteatro
ProvadeartemusicadançaeteatroProvadeartemusicadançaeteatro
Provadeartemusicadançaeteatro
 
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino MédioAvaliação de Arte 2º Ensino Médio
Avaliação de Arte 2º Ensino Médio
 
Aval arte 6 pip
Aval arte 6 pipAval arte 6 pip
Aval arte 6 pip
 
A rte cidade e patrimonio cultural
A rte cidade e patrimonio culturalA rte cidade e patrimonio cultural
A rte cidade e patrimonio cultural
 
Ivo Meirelles Apresentação
Ivo Meirelles ApresentaçãoIvo Meirelles Apresentação
Ivo Meirelles Apresentação
 
CCSP mob
CCSP mobCCSP mob
CCSP mob
 
Biografias
BiografiasBiografias
Biografias
 
Linguagens da artes (atividades )
Linguagens da artes (atividades )Linguagens da artes (atividades )
Linguagens da artes (atividades )
 
Tropicalia
TropicaliaTropicalia
Tropicalia
 
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
 
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - A HISTÓRIA DAS CORES E O TEATRO.
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - A HISTÓRIA DAS CORES E O TEATRO.EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - A HISTÓRIA DAS CORES E O TEATRO.
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - A HISTÓRIA DAS CORES E O TEATRO.
 

Destaque

Comportamientos digitales
Comportamientos digitalesComportamientos digitales
Comportamientos digitales
danielatorresvillamil
 
Alpine Journal 2012
Alpine Journal 2012Alpine Journal 2012
manual vvtk camera_st7501
manual vvtk camera_st7501manual vvtk camera_st7501
manual vvtk camera_st7501
TSOLUTIONS
 
Graphic card driver_issue
Graphic card driver_issueGraphic card driver_issue
Graphic card driver_issue
TSOLUTIONS
 
Android Mobile Application
Android Mobile ApplicationAndroid Mobile Application
Android Mobile Application
TSOLUTIONS
 
Issues with screen_saver
Issues with screen_saverIssues with screen_saver
Issues with screen_saver
TSOLUTIONS
 
Issues of added_ip_devices
Issues of added_ip_devicesIssues of added_ip_devices
Issues of added_ip_devices
TSOLUTIONS
 
faq symbian nokia player can access 3 gpp
faq symbian nokia player can access 3 gppfaq symbian nokia player can access 3 gpp
faq symbian nokia player can access 3 gpp
TSOLUTIONS
 
Fisheye integration notes_updated101217
Fisheye integration notes_updated101217Fisheye integration notes_updated101217
Fisheye integration notes_updated101217
TSOLUTIONS
 
faq using blackb..._view_7000_series_cameras
faq using blackb..._view_7000_series_camerasfaq using blackb..._view_7000_series_cameras
faq using blackb..._view_7000_series_cameras
TSOLUTIONS
 

Destaque (10)

Comportamientos digitales
Comportamientos digitalesComportamientos digitales
Comportamientos digitales
 
Alpine Journal 2012
Alpine Journal 2012Alpine Journal 2012
Alpine Journal 2012
 
manual vvtk camera_st7501
manual vvtk camera_st7501manual vvtk camera_st7501
manual vvtk camera_st7501
 
Graphic card driver_issue
Graphic card driver_issueGraphic card driver_issue
Graphic card driver_issue
 
Android Mobile Application
Android Mobile ApplicationAndroid Mobile Application
Android Mobile Application
 
Issues with screen_saver
Issues with screen_saverIssues with screen_saver
Issues with screen_saver
 
Issues of added_ip_devices
Issues of added_ip_devicesIssues of added_ip_devices
Issues of added_ip_devices
 
faq symbian nokia player can access 3 gpp
faq symbian nokia player can access 3 gppfaq symbian nokia player can access 3 gpp
faq symbian nokia player can access 3 gpp
 
Fisheye integration notes_updated101217
Fisheye integration notes_updated101217Fisheye integration notes_updated101217
Fisheye integration notes_updated101217
 
faq using blackb..._view_7000_series_cameras
faq using blackb..._view_7000_series_camerasfaq using blackb..._view_7000_series_cameras
faq using blackb..._view_7000_series_cameras
 

Semelhante a Biografia de jc serroni

Lota Moncada histórico artístico (2014)
Lota Moncada  histórico artístico (2014)Lota Moncada  histórico artístico (2014)
Lota Moncada histórico artístico (2014)
Lota Moncada
 
Curriculum artístico 2018
Curriculum artístico 2018Curriculum artístico 2018
Curriculum artístico 2018
Lota Moncada
 
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Fabiola Oliveira
 
Dramaturgos
DramaturgosDramaturgos
Dramaturgos
neusarocha
 
Dramaturgos
DramaturgosDramaturgos
Dramaturgos
neusarocha
 
Dramaturgos
DramaturgosDramaturgos
Dramaturgos
neusarocha
 
José Dias
José DiasJosé Dias
José Dias
leticiag94
 
Solos Poéticos
Solos PoéticosSolos Poéticos
Solos Poéticos
Sandra Corradini
 
3º Ano - Conteúdo do Provão
3º Ano - Conteúdo do Provão3º Ano - Conteúdo do Provão
3º Ano - Conteúdo do Provão
Profº Ferreira
 
Arte 3º ano 2º bim 2011
Arte 3º ano 2º bim 2011Arte 3º ano 2º bim 2011
Arte 3º ano 2º bim 2011
Profº Ferreira
 
Revista moin moin_5
Revista moin moin_5Revista moin moin_5
Revista moin moin_5
Ariane Mafra
 
Lygia Pape 2C15
Lygia Pape 2C15Lygia Pape 2C15
Lygia Pape 2C15
www.historiadasartes.com
 
Antunes Filho, Macunaíma e CPT
Antunes Filho, Macunaíma e CPTAntunes Filho, Macunaíma e CPT
Antunes Filho, Macunaíma e CPT
Taís Ferreira
 
A linguagem cenográfia
A linguagem cenográfiaA linguagem cenográfia
A linguagem cenográfia
Luara Schamó
 
A linguagem cenografica
A linguagem cenograficaA linguagem cenografica
A linguagem cenografica
Marcelo Blanco
 
Histórico do Teatro Popular de Ilhéus
Histórico do Teatro Popular de IlhéusHistórico do Teatro Popular de Ilhéus
Histórico do Teatro Popular de Ilhéus
casadosartistas
 
arte-planejamento-9-ano-www.-22bf7af0fd94729b.docx
arte-planejamento-9-ano-www.-22bf7af0fd94729b.docxarte-planejamento-9-ano-www.-22bf7af0fd94729b.docx
arte-planejamento-9-ano-www.-22bf7af0fd94729b.docx
MariadeFtimaPinheiro7
 
UM ABRIGO DE UNIVERSOS DAS ARTES
UM ABRIGO DE UNIVERSOS DAS ARTESUM ABRIGO DE UNIVERSOS DAS ARTES
UM ABRIGO DE UNIVERSOS DAS ARTES
curtocircuito08
 
Agenda julho 2010
Agenda julho 2010Agenda julho 2010
Agenda julho 2010
Colégio Parthenon
 
Espetáculo deolindo e genoveva
Espetáculo deolindo e genoveva Espetáculo deolindo e genoveva
Espetáculo deolindo e genoveva
CIA. LÚDICA
 

Semelhante a Biografia de jc serroni (20)

Lota Moncada histórico artístico (2014)
Lota Moncada  histórico artístico (2014)Lota Moncada  histórico artístico (2014)
Lota Moncada histórico artístico (2014)
 
Curriculum artístico 2018
Curriculum artístico 2018Curriculum artístico 2018
Curriculum artístico 2018
 
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
 
Dramaturgos
DramaturgosDramaturgos
Dramaturgos
 
Dramaturgos
DramaturgosDramaturgos
Dramaturgos
 
Dramaturgos
DramaturgosDramaturgos
Dramaturgos
 
José Dias
José DiasJosé Dias
José Dias
 
Solos Poéticos
Solos PoéticosSolos Poéticos
Solos Poéticos
 
3º Ano - Conteúdo do Provão
3º Ano - Conteúdo do Provão3º Ano - Conteúdo do Provão
3º Ano - Conteúdo do Provão
 
Arte 3º ano 2º bim 2011
Arte 3º ano 2º bim 2011Arte 3º ano 2º bim 2011
Arte 3º ano 2º bim 2011
 
Revista moin moin_5
Revista moin moin_5Revista moin moin_5
Revista moin moin_5
 
Lygia Pape 2C15
Lygia Pape 2C15Lygia Pape 2C15
Lygia Pape 2C15
 
Antunes Filho, Macunaíma e CPT
Antunes Filho, Macunaíma e CPTAntunes Filho, Macunaíma e CPT
Antunes Filho, Macunaíma e CPT
 
A linguagem cenográfia
A linguagem cenográfiaA linguagem cenográfia
A linguagem cenográfia
 
A linguagem cenografica
A linguagem cenograficaA linguagem cenografica
A linguagem cenografica
 
Histórico do Teatro Popular de Ilhéus
Histórico do Teatro Popular de IlhéusHistórico do Teatro Popular de Ilhéus
Histórico do Teatro Popular de Ilhéus
 
arte-planejamento-9-ano-www.-22bf7af0fd94729b.docx
arte-planejamento-9-ano-www.-22bf7af0fd94729b.docxarte-planejamento-9-ano-www.-22bf7af0fd94729b.docx
arte-planejamento-9-ano-www.-22bf7af0fd94729b.docx
 
UM ABRIGO DE UNIVERSOS DAS ARTES
UM ABRIGO DE UNIVERSOS DAS ARTESUM ABRIGO DE UNIVERSOS DAS ARTES
UM ABRIGO DE UNIVERSOS DAS ARTES
 
Agenda julho 2010
Agenda julho 2010Agenda julho 2010
Agenda julho 2010
 
Espetáculo deolindo e genoveva
Espetáculo deolindo e genoveva Espetáculo deolindo e genoveva
Espetáculo deolindo e genoveva
 

Mais de leticiag94

Objetos de cena - Herança
Objetos de cena - HerançaObjetos de cena - Herança
Objetos de cena - Herança
leticiag94
 
Objetos de cena - Vida-game
Objetos de cena - Vida-gameObjetos de cena - Vida-game
Objetos de cena - Vida-game
leticiag94
 
Apresentação de referência - VIDA-GAME
Apresentação de referência - VIDA-GAMEApresentação de referência - VIDA-GAME
Apresentação de referência - VIDA-GAME
leticiag94
 
Apresentação de referências - VIDEOCLIPE
Apresentação de referências - VIDEOCLIPEApresentação de referências - VIDEOCLIPE
Apresentação de referências - VIDEOCLIPE
leticiag94
 
Decoupagem do roteiro - HERANÇA
Decoupagem do roteiro - HERANÇADecoupagem do roteiro - HERANÇA
Decoupagem do roteiro - HERANÇA
leticiag94
 
Decoupagem do roteiro - HISTÓRIA DE LIGAÇÃO
Decoupagem do roteiro - HISTÓRIA DE LIGAÇÃODecoupagem do roteiro - HISTÓRIA DE LIGAÇÃO
Decoupagem do roteiro - HISTÓRIA DE LIGAÇÃO
leticiag94
 
Decoupagem do roteiro - VIDA-GAME
Decoupagem do roteiro - VIDA-GAMEDecoupagem do roteiro - VIDA-GAME
Decoupagem do roteiro - VIDA-GAME
leticiag94
 
Decoupagem do roteiro - VIDEOCLIPE
Decoupagem do roteiro - VIDEOCLIPEDecoupagem do roteiro - VIDEOCLIPE
Decoupagem do roteiro - VIDEOCLIPE
leticiag94
 
Roteiros - Trabalho Final
Roteiros - Trabalho FinalRoteiros - Trabalho Final
Roteiros - Trabalho Final
leticiag94
 
Roteiro - Trabalho Final
Roteiro - Trabalho FinalRoteiro - Trabalho Final
Roteiro - Trabalho Final
leticiag94
 
Prancha de referências
Prancha de referênciasPrancha de referências
Prancha de referências
leticiag94
 
Roteiro
RoteiroRoteiro
Roteiro
leticiag94
 
Decoupagem
DecoupagemDecoupagem
Decoupagem
leticiag94
 
Roteiro
RoteiroRoteiro
Roteiro
leticiag94
 
Decoupagem
DecoupagemDecoupagem
Decoupagem
leticiag94
 
Decoupagem
DecoupagemDecoupagem
Decoupagem
leticiag94
 
Prancha de referências1
Prancha de referências1Prancha de referências1
Prancha de referências1
leticiag94
 
Prancha de referências2
Prancha de referências2Prancha de referências2
Prancha de referências2
leticiag94
 
Roteiros - Video Minuto - Turma VIII
Roteiros - Video Minuto - Turma VIIIRoteiros - Video Minuto - Turma VIII
Roteiros - Video Minuto - Turma VIII
leticiag94
 
Seres imaginários contos
Seres imaginários   contosSeres imaginários   contos
Seres imaginários contos
leticiag94
 

Mais de leticiag94 (20)

Objetos de cena - Herança
Objetos de cena - HerançaObjetos de cena - Herança
Objetos de cena - Herança
 
Objetos de cena - Vida-game
Objetos de cena - Vida-gameObjetos de cena - Vida-game
Objetos de cena - Vida-game
 
Apresentação de referência - VIDA-GAME
Apresentação de referência - VIDA-GAMEApresentação de referência - VIDA-GAME
Apresentação de referência - VIDA-GAME
 
Apresentação de referências - VIDEOCLIPE
Apresentação de referências - VIDEOCLIPEApresentação de referências - VIDEOCLIPE
Apresentação de referências - VIDEOCLIPE
 
Decoupagem do roteiro - HERANÇA
Decoupagem do roteiro - HERANÇADecoupagem do roteiro - HERANÇA
Decoupagem do roteiro - HERANÇA
 
Decoupagem do roteiro - HISTÓRIA DE LIGAÇÃO
Decoupagem do roteiro - HISTÓRIA DE LIGAÇÃODecoupagem do roteiro - HISTÓRIA DE LIGAÇÃO
Decoupagem do roteiro - HISTÓRIA DE LIGAÇÃO
 
Decoupagem do roteiro - VIDA-GAME
Decoupagem do roteiro - VIDA-GAMEDecoupagem do roteiro - VIDA-GAME
Decoupagem do roteiro - VIDA-GAME
 
Decoupagem do roteiro - VIDEOCLIPE
Decoupagem do roteiro - VIDEOCLIPEDecoupagem do roteiro - VIDEOCLIPE
Decoupagem do roteiro - VIDEOCLIPE
 
Roteiros - Trabalho Final
Roteiros - Trabalho FinalRoteiros - Trabalho Final
Roteiros - Trabalho Final
 
Roteiro - Trabalho Final
Roteiro - Trabalho FinalRoteiro - Trabalho Final
Roteiro - Trabalho Final
 
Prancha de referências
Prancha de referênciasPrancha de referências
Prancha de referências
 
Roteiro
RoteiroRoteiro
Roteiro
 
Decoupagem
DecoupagemDecoupagem
Decoupagem
 
Roteiro
RoteiroRoteiro
Roteiro
 
Decoupagem
DecoupagemDecoupagem
Decoupagem
 
Decoupagem
DecoupagemDecoupagem
Decoupagem
 
Prancha de referências1
Prancha de referências1Prancha de referências1
Prancha de referências1
 
Prancha de referências2
Prancha de referências2Prancha de referências2
Prancha de referências2
 
Roteiros - Video Minuto - Turma VIII
Roteiros - Video Minuto - Turma VIIIRoteiros - Video Minuto - Turma VIII
Roteiros - Video Minuto - Turma VIII
 
Seres imaginários contos
Seres imaginários   contosSeres imaginários   contos
Seres imaginários contos
 

Biografia de jc serroni

  • 1. Biografia de J. C. Serroni José Carlos Serroni é arquiteto, cenógrafo e figurinista de teatro, televisão e shows. É também artista plástico. Formou-se em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo - FAU/USP - em 1977. No período de 1977 a 1982, foi cenógrafo- figurinista e um dos coordenadores do Departamento de Cenografia e Arte da R.T.C - Rádio e televisão Cultura de São Paulo, onde realizou inúmeros projetos de cenografia e figurinos, como: Teatro 2, Telecurso 2ºgrau, Musicais, Shows, Tele-Aulas, Tele-Contos, etc. Realizou também, alguns projetos para a TV Globo e para a MTV - São Paulo. J.C.Serroni tem Tese de Graduação Interdisciplinar em Cenografia e Arquitetura de Edifícios Teatrais. Realizou entre os anos de 1985 e 1990 inúmeras consultorias para diversos espaços teatrais por todo o Brasil, contratado pelo Ministério da Cultura do Brasil. Desde 1989 realiza projetos de arquitetura e consultorias para elaboração de edifícios teatrais. Entre outros, participou dos projetos: Novo Teatro Oficina - SP, reformas dos Teatros Paulo Eiró e Artur Azevedo, Teatro do SESC - Vila Mariana, Teatro do SESC de Araraquara, reforma do Teatro São Pedro de SP, Teatro da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Teatro do Colégio Santa Cruz, Teatros dos Centros Educacionais unificados - CEU da Prefeitura de São Paulo, Espaços Teatrais do Complexo do antigo presídio do Carandiru, etc. Foi coordenador em junho de 1992, no Rio de Janeiro, do 1º Encontro Internacional de Arquitetura Cênica no projeto Resgate e Desenvolvimento de Técnicas Cênicas promovido pela O.E.A. no Centro Técnico de Artes Cênicas do I.B.A.C. Participou das Quadrienais de Cenografia, Indumentária e Arquitetura Teatral de Praga, República Tcheca, nos anos de 1987, 1991, 1995, 1999 e 2003. Em 1987 foi o Comissário Geral do Brasil na exposição e recebeu uma das 03 Menções Honrosas do júri internacional, entre mais de 40 países participantes. Na Quadrienal de 1991 expôs os trabalhos realizados no C.P.T. (SESC) durante os anos de 1987 a 1991. Em 1995 recebe o grande prêmio da Quadrienal: a 'Golden Triga', conferida por um júri internacional que contava com a presença, entre outros, de Mel Gusson (EEUU), Jaroslav Malina (Rep. Tcheca), Iain Mackintosh (UK), Helmut Grosser (Alemanha), etc. Em 1999, também foi o Comissário Geral tendo recebido a medalha de ouro pelo conjunto dos projetos apresentados na Seção de Arquitetura Teatral. No ano de 2003 participou de todas as secções onde foi também o Comissário Geral do Brasil. Participou da XX e XXI Bienal Internacional de São Paulo com instalações de cenografia e figurinos. Participou de diversos Festivais Internacionais de teatro com espetáculos do Grupo Macunaíma, sendo sempre o responsável pela cenografia e figurinos. Entre outros se destacam: Festival de Toga no Japão, Festival de Seul, durante as Olimpíadas de 1988, Festival Cervantino do México, Festival de Cádis (Espanha), Summer Festival de Nova Iorque, Summer Festival da Alemanha, Festival de Caracas, Festivais de Londrina, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre no Brasil, Festival de Hong Kong, etc.Em Julho e Agosto de 1997 participou do programa "People to People" sediado pela República Popular da China, coordenado pela USSIT (EUA) - Encontro para
  • 2. discussão de Arquitetura Teatral, Cenografia, Figurinos, Iluminação Cênica e Produção Teatral, nas cidades de São Francisco (EUA) e Beijing, Nanjing, Souzhou e Shanghai (China). Recebeu diversos prêmios em cenografia e figurinos no Brasil, dos quais podemos citar: APCA, MAMBEMBE, GOVERNADOR DO ESTADO, SHELL e por quatro vezes o prêmio MOLIÈRE, considerado um dos mais importantes prêmios de teatro no Brasil, além de prêmios internacionais, tais como o "Association of Hispanic Critics of New York" e do AICT - Associação Internacional de Críticos de Teatro da América Latina. Participou de Exposição sobre cenografia em 1993 durante o congresso da OISTAT em Caracas, juntamente com os cenográfos Joseph Svoboda da República Tcheca e Lopes Mancera do México. Coordena desde, de 1987, o núcleo de cenografia e figurinos do C.P.T. - Centro de Pesquisa Teatral do SESC, dirigido por Antunes Filho. Realiza anualmente um curso de cenografia, além de todos os cenários e figurinos das montagens do C.P.T. Em maio de 1998, inaugurou o Espaço Cenográfico, que reúne seu atelier e diversas atividades relacionadas à cenografia e arquitetura cênica abertas ao público, tais como biblioteca especializada, exposições, publicação de um boletim informativo sobre o assunto e um disputado curso. J.C. Serroni foi responsável pela cenografia de produções brasileiras de espetáculos tais como Calderon (Teatro Stabile di Torino/Luca Ronconi), Anthony and Cleopatra (Vanessa Redgrave), Ascensão e Queda de Arturo Ui (Berliner Ensemble/Heiner Müller), Festival de Cultura Indiana com Madhavi Mudgal. J.C.Serroni já realizou cenografia e figurinos para dezenas de espetáculos teatrais desde o ano de 1976. Entre eles, destacam-se os seguintes trabalhos: Sonhos de uma Noite de Verão, Hamlet, Macbeth e Rei Lear, de W. Shakespeare; Morte Acidental de um Anarquista e Um orgasmo Adulto Escapa do Zoológico, de Dario Fo; Katastrophe e Dias Felizes, de Samuel Beckett; Tartufo de Molière; Madame Blavatsky de Plínio Marcos; Nelson 2 Rodrigues e Paraíso Zona Norte de Nelson Rodrigues/Antunes Filho; A Morte do Caixeiro Viajante de Artur Miller; Santa Joana de Bernard Shaw; As Raposas do Café de A. Bivar e Celso L. Paulini; Zero de Inácio Loiola Brandão, Ópera dos Três Vinténs de B. Brecht; A Gaivota, de A. Tchecov; Nova Velha Estória, Gilgamesh e Drácula e Outros Vampiros de Antunes Filho, Òpera do Malandro, A Gota D'água e Saltimbancos de Chico Buarque de Holanda com direção de Gabriel Vilella, A Mãe Coragem de Brecht e A Peça sobre o Bebê de E. Albee. Na área de teatro infanto-juvenil, trabalhou com os mais importantes diretores da área, entre eles Márcio Aurélio, Roberto Lage, Carlos Meceni, Antonio do Vale e Vladimir Capella, na realização de mais de 20 espetáculos.
  • 3. Fez projetos para inúmeras exposições teatrais e de arte em geral, entre elas Fernanda En Cena, uma retrospectiva de 50 anos do trabalho da atriz Fernanda Montenegro; O Palco em Cena, no SESC Vila Mariana, em São Paulo; Modos Cenográficos, em Caracas, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo e Londrina. Realizou a exposição Plínio Marcos - "Um grito de liberdade" no Memorial da América Latina. Por Dentro da Cenografia na Galeria do BNDES no Rio de Janeiro e Pantanal Frente e Verso, uma exposição interativa para o Ministério do Meio Ambiente no Jardim Botânico (RJ) em Junho de 2001 e no Parque do Ibirapuera em Setembro de 2001. No ano de 2001 teve seu trabalho publicado no livro "Stage Design" organizado por Tony Davis para a Editora Rotho Vision, lançado em Londres em Maio. Em Setembro de 2002, lançou o livro "Teatros: uma memória do espaço cênico no Brasil" - Editora Senac - 360págs.