SlideShare uma empresa Scribd logo
COSMÉTICA ARTESANAL E
VEGANA
APRESENTAÇÃO DOS CONTEÚDOS
• COSMETOLOGIA ARTESANAL
• DIFERENÇA ENTRE O CONCEITO DE VEGANO E NATURAL
• ESTRUTURA DA PELE
• MATERIAL PARA INICIAR A PRODUÇÃO
• PRÁTICA DE SABONETES, HIDRATANTES, SÉRUNS, MÁSCARAS E PERFUMES
• + BÔNUS: DICAS PARA EMPREENDER
PRODUÇÃO ARTESANAL
• AS FORMULAÇÕES COSMÉTICAS SÃO PRODUZIDAS MANUALMENTE
• PODE SER MAIS OU MENOS ARTESANAL DE ACORDO COM AS
TÉCNICAS UTILIZADAS
• A UTILIZAÇÃO DE BASES PRONTAS TORNA O PROCESSO MAIS
RÁPIDO
NATURAL X VEGANO
• O COSMÉTICO NATURAL NÃO POSSUI - NÃO POSSUI NENHUM ATIVO DE
NENHUM ATIVO SINTÉTICO ORIGEM ANIMAL
• É FORMULADO A PARTIR DE MATÉRIA PRIMA - CERA DE ABELHA, MEL NÃO SÃO
• 100% NATURAL VEGANOS
• UM COSMÉTICO PODE SER NATURAL E NÃO SER VEGANO, ASSIM COMO O
CONTRÁRIO
A PELE
• MAIOR ÓRGÃO DO CORPO
HUMANO
• POSSUI CARACTERÍSTICAS DIFERENTES
EM CADA REGIÃO CORPORAL
• FATORES COMO IDADE E MUDANÇAS
CLIMÁTICAS ALTERAM SEU ASPECTO
4 TIPOS DE PELE
- NORMAL: POROS
FINOS, TEXTURA
SUAVE E MACIA
- SECA: ÁSPERA,
TENDÊNCIA A DESCAMAR
E RESSECAR
- MISTA: OLEOSA NA ZONA
´´T´´ DO ROSTO (TESTA,
NARIZ E QUEIXO), POROS
ABERTOS
- OLEOSA: POROS ABERTOS,
BRILHO INTENSO, TENDÊNCIA
A CRAVOS E ACNES
SKINCARE
• CADA TIPO DE PELE NECESSITA DE ATIVOS ESPECÍFICOS
• ROTINA DE CUIDADOS COM A PELE
• PRINCIPAIS ETAPAS: HIGIENIZAÇÃO, HIDRATAÇÃO E PROTEÇÃO
SOLAR
• ATIVOS EMOLIENTES E UMECTANTES SÃO IMPORTANTES ATIVOS
HIDRATANTES
EMOLIENTES X UMECTANTES
• PELE MACIA E FLEXÍVEL - RETÉM A HIDRATAÇÃO DA PELE
• ÓLEOS VEGETAIS - GLICERINA, ALOE VERA
• FORMA UMA PELÍCULA NA PELE - ATRAEM MOLÉCULAS DE ÁGUA
• DIMINUI A PERDA DE ÁGUA PARA A SUPERFÍCIE DA PELE
ÓLEOS ESSENCIAIS
- ATIVOS 100% NATURAIS, ORIGEM
VEGETAL
- ADVÉM DA MACERAÇÃO DE PLANTAS E
FLORES
- POSSUI PROPRIEDADES FITOTERÁPICAS
- PREÇO MAIS ELEVADO
- ATIVOS MAIS CONCENTRADOS
ESSÊNCIAS
• FRAGRÂNCIA SINTÉTICA
• MAIS POSSIBILIDADES DE AROMAS
• OPÇÃO HIPOALERGÊNICA PARA
COSMÉTICOS
• MENOR CUSTO
• NÃO POSSUI ATIVOS PARA A PELE
INGREDIENTES POLUENTES
• PETROLATOS: PRODUTO DERIVADO DE PETRÓLEO QUE PODE ESTAR
CONTAMINADO POR IMPUREZAS CAUSADORAS DE CÂNCER.
• PARABENOS: USADOS COMO CONSERVANTES
• SILICONE: USADOS EM COSMÉTICOS PARA SUAVIZAR, ALISAR O TOQUE DA PELE
• SULFATOS (LAURIL): FORMAM ESPUMA COMO XAMPUS, SABONETES LÍQUIDOS,
ESPUMAS PARA BANHO. RESSECAM A PELE E PODEM CAUSAR ALERGIAS E
DERMATITES
EXTRATOS GLICERINADOS X GLICÓLICOS
• OS EXTRATOS IRÃO POTENCIALIZAR OS COSMÉTICOS, ATRIBUINDO
OS ATIVOS DE HIDRATAÇÃO, REPARAÇÃO E NUTRIÇÃO DA PELE
• EXTRAÍDOS A PARTIR DE MATÉRIA PRIMA VEGETAL OU ANIMAL
• HÁ UMA DIFERENÇA NO TIPO DE EXTRAÇÃO FEITA, DIFERENCIANDO
A COMPOSIÇÃO DOS EXTRATOS GLICERINADOS E GLICÓLICOS.
• GLICERINADOS SÃO NATURAIS, JÁ OS GLICÓLICOS É SINTÉTICO
ÓLEOS, MANTEIGAS E CERAS VEGETAIS
• PROPRIEDADES EMOLIENTES,
HIDRATANTES E ANTIOXIDANTES
• PROMOVE NUTRIÇÃO DA PELE
• DIFERENTES TEXTURAS
• ATENÇÃO AO TIPO DE CERA
UTILIZADA NA PRODUÇÃO
ARGILAS MEDICINAIS
• MINERAIS ADVINDO DE ROCHAS
SEDIMENTARES, ALCALINAS E
OXIDANTES
• AUXILIAM NA RECONSTITUIÇÃO
DOS TECIDOS
• AÇÃO BACTERICIDA
• DIVERSAS PROPRIEDADES E TIPOS
CONSERVANTES X ANTIOXIDANTES
• EVITAM O CRESCIMENTO DE MICRÓBIOS
E PROLIFERAÇÃO DE BACTÉRIAS
• AUMENTAM O TEMPO DE VALIDADE DOS
PRODUTOS
• NIPAGUARD, SORBATO DE POTÁSSIO
•OS ANTIOXIDANTES, POR OUTRO LADO,
EVITAM A OXIDAÇÃO DE ÓLEOS E GORDURAS
• MANTER O ASPECTO FRESCO DOS SEUS
PRODUTOS, ESPECIALMENTE NOS QUE
POSSUEM MUITO ÓLEO
• EXEMPLOS DE ANTIOXIDADES NATURAIS:
-EXTRATO DE SEMENTE DE TORANJA
-VITAMINA E
-ÓLEO RESINA DE ALECRIM
MATERIAL DE PRODUÇÃO
- BALANÇA
- BECKER MEDIDOR
- FOGÃO DE INDUÇÃO
- TERMÔMETRO
- ESPÁTULAS
- LEITEIRAS ESMALTADAS
- MATÉRIA PRIMA: CERAS, ESSÊNCIAS, EXTRATOS
- MOLDES DE SILICONE
- TÁBUA
- FACA
- LUVAS
- EMBALAGENS
INDICAÇÃO DE FORNECEDORES
• PROCURE SEMPRE ENTRAR EM CONTATO COM A LOJA E CERTIFICAR-SE
DA COMPOSIÇÃO DOS PRODUTOS. QUESTIONE SE SÃO 100%
VEGETAIS E HIPOALERGÊNICOS
• LOJAS ONLINE CONFIÁVEIS E DE QUALIDADE:
- LOJA PETER PAIVA - IMPÉRIO DO BANHO - SABÃO E GLICERINA
BOAS PRÁTICAS SANITÁRIAS DE PRODUÇÃO
• LUGAR RESERVADO PARA A PRODUÇÃO, COM AS JANELAS E PORTAS
FECHADAS
• SEMPRE LIMPE OS UTENSÍLIOS E APOIOS COM ÁLCOOL
• RESERVE OS MATERIAIS APENAS PARA A PRODUÇÃO, COMO FACAS,
ESPÁTULAS, TÁBUAS ETC
• PROCURE DEIXAR O AMBIENTE ORGANIZADO PARA FACILITAR O MANEJO
• USE LUVAS NOS MOMENTOS DE CONTATO COM A MATÉRIA PRIMA
EXTRA: DICAS PARA EMPREENDER
• PRECIFICAÇÃO
- INCLUA TODOS OS SEUS GASTOS NO CUSTO DO PRODUTO E ADICIONE O
SEU LUCRO AO VALOR FINAL DE VENDA
• PESQUISE REFERÊNCIAS
• ESTUDE O MERCADO E SE ATUALIZE DAS NOVIDADES
• DESENVOLVA UMA IDENTIDADE VISUAL PARA A SUA MARCA
IDENTIDADE VISUAL
• DEFINA UMA PALETA DE CORES
• LOGO QUE REPRESENTARÁ A MARCA
- POUCOS DETALHES, VISUALMENTE MARCANTE
• FERRAMENTA DE CRIAÇÃO PRÁTICA E
GRATUITA: CANVA
ANVISA E EMPREENDIMENTO ARTESANAL
• A ANVISA TAMBÉM RECONHECE ESSE TIPO DE EMPREENDIMENTO
• ATRAVÉS DA RDC 49/13, QUE “DISPÕE SOBRE A REGULARIZAÇÃO PARA O EXERCÍCIO
DE ATIVIDADE DE INTERESSE SANITÁRIO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL´´
• A É POSSÍVEL, REGISTRAR-SE COMO MEI (MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL) E, EM
SEGUIDA, CADASTRAR-SE NO SIES (SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM ECONOMIA
SOLIDÁRIA)
• CLASSIFICAÇÃO DE RISCO DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS, DEFINIDA PELA PRÓPRIA
ANVISA
RENDA EXTRA: LEMBRANCINHAS
• FOQUE EM DIVULGAR A PRODUÇÃO DE
LEMBRANCINHAS PERSONALIZADAS
• PEGUE A ENCOMENDA ANTECIPADAMENTE E
PEÇA METADE DO VALOR PARA A PRODUÇÃO
• DICAS: MINI HIDRATANTES, MINI
SABONETES, PERFUMES ETC
TIPOS DE SABONETES ARTESANAIS
• HIDRATANTES
• FITOTERÁPICOS: UTILIZA-SE ERVAS E PLANTAS COM PROPRIEDADES
MEDICINAIS
• PELE ACNEICA
• LÍQUIDOS E EM BARRA
• CRIATIVOS: UTILIZA-SE DIFERENTES FORMAS E CORES
INDICAÇÃO EXTRATOS VEGANOS
• PELE SECA: AVELÃ, AMÊNDOAS, GÉRMEN DE TRIGO, CACAU, CASTANHA DA
ÍNDIA, FOLHA DE OLIVA, UVA
• PELE NORMAL: MAÇÃ, FRAMBOESA, TANGERINA, PAPAIA, MENTA,
CALÊNDULA, CENOURA, MARACUJÁ, CHÁ VERDE
• PELE OLEOSA: ALECRIM, ALGAS MARINHAS, PEPINO, LIMÃO, ERVA DOCE,
LAVANDA, BARBATIMÃO (ACNE)
TIPOS DE FABRICAÇÃO
• SAPONIFICAÇÃO: REAÇÃO QUÍMICA A PARTIR DE ÓLEOS E SODA
CÁUSTICA OU OUTRA SUBSTÂNCIA ALCALINA
-NECESSÁRIO MAIOR CONHECIMENTO E ESTUDO DE QUÍMICA
• MÉTODO COM BASE GLICERINADA: DERRETER E MISTURAR OS
ATIVOS
TIPOS DE PERFUME
• AROMAS FRACOS, MÉDIOS E FORTES
• FIXAÇÃO DEPENDE DA QUALIDADE DA ESSÊNCIA UTILIZADA
• NOTAS OLFATIVAS: CLASSIFICADAS DE ACORDO COM A ORDEM
DE EVAPORAÇÃO
• SÃO RESPONSÁVEIS PELO AROMA DO PERFUME MUDAR NA
NOSSA PELE COM O PASSAR DAS HORAS
• - NOTAS DE SAÍDA: PRIMEIRAS A SEREM SENTIDAS, POIS SÃO MAIS VOLÁTEIS.
RESPONSÁVEIS PELA IMPRESSÃO INICIAL DA FRAGRÂNCIA. (LEVES OU
CÍTRICOS)
• - NOTAS DE CORAÇÃO: EVAPORAM MAIS DEVAGAR DO QUE AS NOTAS
DE SAÍDA. ELAS DÃO PERSONALIDADE AO PERFUME E FUNCIONAM
COMO O CORPO DA FRAGRÂNCIA. (FLORAIS E FUTAIS)
• - NOTAS DE FUNDO: MAIS FIXAM NA PELE, PORTANTO, SÃO AS ÚLTIMAS A
DEIXAREM DE SER SENTIDAS PELO NOSSO OLFATO (AMADEIRADOS E
ESPECIARIAS)
PRINCÍPIOS DE FORMULAÇÃO
• TESTE DE FRAGRÂNCIA: CONSIDERAR 100% DE ESSÊNCIA
• CADA GOTA REPRESENTA 10%
• ANOTE A QUANTIDADE UTILIZADA
• EX: 6 GOTAS ERVA-DOCE + 4 GOTAS CAPIM-LIMÃO =
60% ED + 40% CL
FATOR DE COMBINAÇÃO
• FAMÍLIAS OLFATIVAS: AROMAS COM AS MESMAS CARACTERÍSTICAS
• FRUTAS CÍTRICAS: FRAGRÂNCIAS LEVES E REFRESCANTES.
• FRUTAS ADOCICADAS: PERFUMES COM NOTAS FRUTAIS. PREDOMINANDO
AS NOTAS MAIS DOCES, COM CARACTERÍSTICAS MARCANTES
• HERBAIS: NOTAS VERDES NATURAIS, AROMAS FORTES E
CARACTERÍSTICOS. NOTAS
FRESCAS E COM UM TOQUE CÍTRICO.
• FLORAIS: RESULTADO DA MISTURA DE AROMAS DE VÁRIAS FLORES. PODEM SER
APRESENTADAS EM SUAS FORMAS PURAS OU MODIFICADA.
• AMADEIRADOS: MISTURAS DE MADEIRAS QUE RESULTAM EM AROMAS MAIS
SECOS
E ADOCICADOS. NORMALMENTE COM NOTAS NATURAIS MAIS PICANTES
• ADOCICADOS: TOQUES ADOCICADOS, E MUITO MARCANTES. COM MISTURAS
DENSAS
E ENCORPADAS EM SUA COMPOSIÇÃO, POSSUI PERFUMES DE DIFERENTES
CATEGORIAS.
• ESPECIARIAS: INGREDIENTES NATURAIS, CONHECIDOS COMO TEMPEROS. SÃO
NOTAS DE TONS SECOS, ARENOSOS, CONDIMENTADOS E PICANTES.
FATOR DE COMBINAÇÃO:
• INICIALMENTE É INDICADO TESTAR COMBINAÇÕES DE FRAGRÂNCIAS DA
MESMA FAMÍLIA
• PINGUE A MISTURA EM UM PAPEL TOALHA E AGUARDE A SECAGEM
• SINTA O AROMA FINAL E TESTE EM UMA FORMULAÇÃO
• FAMÍLIAS QUE SE HARMONIZAM:
HERBAL + CÍTRICA
AMADEIRADA + ESPECIARIAS
FRUTAIS + ADOCICADAS
FORMULAÇÕES EM KG/L
• SABONETE EM BARRA:
1KG BASE ; 40ML EXTRATO HIDRATANTE ; 30ML OUTRO EXTRATO HIDRATANTE
• FACIAL:
1KG BASE ; 60GR ARGILA ; 60ML EXTRATO ; 10 ML ESSÊNCIA
• LÍQUIDO:
1L BASE ; 100ML EXTRATO ; 100ML ESSÊNCIA
FORMULAÇÕES EM KG/L
• HIDRATANTE FACIAL:
1KG BASE ROSA DE MOSQUETA ; 50ML ÓLEO VEGETAL ; 50 ML EXTRATO ; 10ML ESSÊNCIA
• HIDRATANTE CORPORAL:
1 KG BASE CREME ; 30GR MANTEIGA DE KARITÉ ; 20ML EXTRATO ; 100ML ESSÊNCIA
• SÉRUM FACIAL AQUOSO:
200GR BASE CREME ; 700ML ÁGUA MINERAL ; 30GR AMIDO ; 30ML ÓLEO VEGETAL ; 30GR
GLICERINA BIDESTILADA VEGETAL ; 100GR EXTRATO ; 10ML ESSÊNCIA
• SÉRUM EM ÓLEO:
100ML ÓLEO VEGETAL ; 30 GOTAS ÓLEO ESSENCIAL
• MÁSCARA DE ARGILA:
1KG BASE CREME ; 100 ML EXTRATO ; 50GR ARGILA ; 20MG ESSÊNCIA
• PERFUME:
650ML DE ÁLCOOL DE CEREAIS ; 200ML DE ESSÊNCIA ; 150ML DE ÁGUA
MINERAL
*SEMPRE PERGUNTE AO FORNECEDOR A QUANTIDADE DE ATIVOS QUE CADA
BASE SUPORTA: PORCENTAGEM ACEITA DE ESSÊNCIA, ÓLEOS E EXTRATOS*

Mais conteúdo relacionado

Mais de Monique Vieira Botelho Machado

Mais de Monique Vieira Botelho Machado (20)

CARTAZES.doc
CARTAZES.docCARTAZES.doc
CARTAZES.doc
 
Cardapio.doc
Cardapio.docCardapio.doc
Cardapio.doc
 
PRODU__O_LACUNADA_SUPERMERCADO.pdf
PRODU__O_LACUNADA_SUPERMERCADO.pdfPRODU__O_LACUNADA_SUPERMERCADO.pdf
PRODU__O_LACUNADA_SUPERMERCADO.pdf
 
Psicopedagogia
Psicopedagogia Psicopedagogia
Psicopedagogia
 
Historia-Maluca-Bolacha-Pedagogica (1).pdf
Historia-Maluca-Bolacha-Pedagogica (1).pdfHistoria-Maluca-Bolacha-Pedagogica (1).pdf
Historia-Maluca-Bolacha-Pedagogica (1).pdf
 
bilhete leitura e interpretação.pdf
bilhete leitura e interpretação.pdfbilhete leitura e interpretação.pdf
bilhete leitura e interpretação.pdf
 
Denotação.docx
Denotação.docxDenotação.docx
Denotação.docx
 
Caça letra A.pdf
Caça letra A.pdfCaça letra A.pdf
Caça letra A.pdf
 
JOGO QUANTIDADE HORIZONTAL (1).pdf
JOGO QUANTIDADE HORIZONTAL (1).pdfJOGO QUANTIDADE HORIZONTAL (1).pdf
JOGO QUANTIDADE HORIZONTAL (1).pdf
 
CHAPÉU E VOLTA ÁS AULAS.pdf
CHAPÉU E VOLTA ÁS AULAS.pdfCHAPÉU E VOLTA ÁS AULAS.pdf
CHAPÉU E VOLTA ÁS AULAS.pdf
 
FICHAS DE LEITURA - LETRA BASTÃO.pdf
FICHAS DE LEITURA - LETRA BASTÃO.pdfFICHAS DE LEITURA - LETRA BASTÃO.pdf
FICHAS DE LEITURA - LETRA BASTÃO.pdf
 
Potinhos B e P, F e V, T e D.pdf
 Potinhos B e P, F e V, T e D.pdf Potinhos B e P, F e V, T e D.pdf
Potinhos B e P, F e V, T e D.pdf
 
Aplicativo de olho na água.pdf
Aplicativo de olho na água.pdfAplicativo de olho na água.pdf
Aplicativo de olho na água.pdf
 
ATIVIDADE FUNÇÕES DA AGUA.pdf
ATIVIDADE FUNÇÕES DA AGUA.pdfATIVIDADE FUNÇÕES DA AGUA.pdf
ATIVIDADE FUNÇÕES DA AGUA.pdf
 
vasinho de cacto das sílabas da letra V.pdf
vasinho de cacto das sílabas da letra V.pdfvasinho de cacto das sílabas da letra V.pdf
vasinho de cacto das sílabas da letra V.pdf
 
DECORAÇÃO PORTA.pdf
DECORAÇÃO PORTA.pdfDECORAÇÃO PORTA.pdf
DECORAÇÃO PORTA.pdf
 
HISTÓRIA O RATO DO CAMPO E O RATO DA CIDADE.pdf
HISTÓRIA O RATO DO CAMPO E O RATO DA CIDADE.pdfHISTÓRIA O RATO DO CAMPO E O RATO DA CIDADE.pdf
HISTÓRIA O RATO DO CAMPO E O RATO DA CIDADE.pdf
 
Papinhas
PapinhasPapinhas
Papinhas
 
Desmontando a caixa
Desmontando a caixa Desmontando a caixa
Desmontando a caixa
 
Lista de filmes cujo tema é a deficiência física
Lista de filmes cujo tema é a deficiência físicaLista de filmes cujo tema é a deficiência física
Lista de filmes cujo tema é a deficiência física
 

Apostila - Cosméticos Artesanais (1) (1).pdf

  • 2. APRESENTAÇÃO DOS CONTEÚDOS • COSMETOLOGIA ARTESANAL • DIFERENÇA ENTRE O CONCEITO DE VEGANO E NATURAL • ESTRUTURA DA PELE • MATERIAL PARA INICIAR A PRODUÇÃO • PRÁTICA DE SABONETES, HIDRATANTES, SÉRUNS, MÁSCARAS E PERFUMES • + BÔNUS: DICAS PARA EMPREENDER
  • 3. PRODUÇÃO ARTESANAL • AS FORMULAÇÕES COSMÉTICAS SÃO PRODUZIDAS MANUALMENTE • PODE SER MAIS OU MENOS ARTESANAL DE ACORDO COM AS TÉCNICAS UTILIZADAS • A UTILIZAÇÃO DE BASES PRONTAS TORNA O PROCESSO MAIS RÁPIDO
  • 4. NATURAL X VEGANO • O COSMÉTICO NATURAL NÃO POSSUI - NÃO POSSUI NENHUM ATIVO DE NENHUM ATIVO SINTÉTICO ORIGEM ANIMAL • É FORMULADO A PARTIR DE MATÉRIA PRIMA - CERA DE ABELHA, MEL NÃO SÃO • 100% NATURAL VEGANOS • UM COSMÉTICO PODE SER NATURAL E NÃO SER VEGANO, ASSIM COMO O CONTRÁRIO
  • 5. A PELE • MAIOR ÓRGÃO DO CORPO HUMANO • POSSUI CARACTERÍSTICAS DIFERENTES EM CADA REGIÃO CORPORAL • FATORES COMO IDADE E MUDANÇAS CLIMÁTICAS ALTERAM SEU ASPECTO
  • 6. 4 TIPOS DE PELE - NORMAL: POROS FINOS, TEXTURA SUAVE E MACIA - SECA: ÁSPERA, TENDÊNCIA A DESCAMAR E RESSECAR
  • 7. - MISTA: OLEOSA NA ZONA ´´T´´ DO ROSTO (TESTA, NARIZ E QUEIXO), POROS ABERTOS - OLEOSA: POROS ABERTOS, BRILHO INTENSO, TENDÊNCIA A CRAVOS E ACNES
  • 8. SKINCARE • CADA TIPO DE PELE NECESSITA DE ATIVOS ESPECÍFICOS • ROTINA DE CUIDADOS COM A PELE • PRINCIPAIS ETAPAS: HIGIENIZAÇÃO, HIDRATAÇÃO E PROTEÇÃO SOLAR • ATIVOS EMOLIENTES E UMECTANTES SÃO IMPORTANTES ATIVOS HIDRATANTES
  • 9. EMOLIENTES X UMECTANTES • PELE MACIA E FLEXÍVEL - RETÉM A HIDRATAÇÃO DA PELE • ÓLEOS VEGETAIS - GLICERINA, ALOE VERA • FORMA UMA PELÍCULA NA PELE - ATRAEM MOLÉCULAS DE ÁGUA • DIMINUI A PERDA DE ÁGUA PARA A SUPERFÍCIE DA PELE
  • 10. ÓLEOS ESSENCIAIS - ATIVOS 100% NATURAIS, ORIGEM VEGETAL - ADVÉM DA MACERAÇÃO DE PLANTAS E FLORES - POSSUI PROPRIEDADES FITOTERÁPICAS - PREÇO MAIS ELEVADO - ATIVOS MAIS CONCENTRADOS
  • 11. ESSÊNCIAS • FRAGRÂNCIA SINTÉTICA • MAIS POSSIBILIDADES DE AROMAS • OPÇÃO HIPOALERGÊNICA PARA COSMÉTICOS • MENOR CUSTO • NÃO POSSUI ATIVOS PARA A PELE
  • 12. INGREDIENTES POLUENTES • PETROLATOS: PRODUTO DERIVADO DE PETRÓLEO QUE PODE ESTAR CONTAMINADO POR IMPUREZAS CAUSADORAS DE CÂNCER. • PARABENOS: USADOS COMO CONSERVANTES • SILICONE: USADOS EM COSMÉTICOS PARA SUAVIZAR, ALISAR O TOQUE DA PELE • SULFATOS (LAURIL): FORMAM ESPUMA COMO XAMPUS, SABONETES LÍQUIDOS, ESPUMAS PARA BANHO. RESSECAM A PELE E PODEM CAUSAR ALERGIAS E DERMATITES
  • 13. EXTRATOS GLICERINADOS X GLICÓLICOS • OS EXTRATOS IRÃO POTENCIALIZAR OS COSMÉTICOS, ATRIBUINDO OS ATIVOS DE HIDRATAÇÃO, REPARAÇÃO E NUTRIÇÃO DA PELE • EXTRAÍDOS A PARTIR DE MATÉRIA PRIMA VEGETAL OU ANIMAL • HÁ UMA DIFERENÇA NO TIPO DE EXTRAÇÃO FEITA, DIFERENCIANDO A COMPOSIÇÃO DOS EXTRATOS GLICERINADOS E GLICÓLICOS. • GLICERINADOS SÃO NATURAIS, JÁ OS GLICÓLICOS É SINTÉTICO
  • 14. ÓLEOS, MANTEIGAS E CERAS VEGETAIS • PROPRIEDADES EMOLIENTES, HIDRATANTES E ANTIOXIDANTES • PROMOVE NUTRIÇÃO DA PELE • DIFERENTES TEXTURAS • ATENÇÃO AO TIPO DE CERA UTILIZADA NA PRODUÇÃO
  • 15. ARGILAS MEDICINAIS • MINERAIS ADVINDO DE ROCHAS SEDIMENTARES, ALCALINAS E OXIDANTES • AUXILIAM NA RECONSTITUIÇÃO DOS TECIDOS • AÇÃO BACTERICIDA • DIVERSAS PROPRIEDADES E TIPOS
  • 16. CONSERVANTES X ANTIOXIDANTES • EVITAM O CRESCIMENTO DE MICRÓBIOS E PROLIFERAÇÃO DE BACTÉRIAS • AUMENTAM O TEMPO DE VALIDADE DOS PRODUTOS • NIPAGUARD, SORBATO DE POTÁSSIO •OS ANTIOXIDANTES, POR OUTRO LADO, EVITAM A OXIDAÇÃO DE ÓLEOS E GORDURAS • MANTER O ASPECTO FRESCO DOS SEUS PRODUTOS, ESPECIALMENTE NOS QUE POSSUEM MUITO ÓLEO • EXEMPLOS DE ANTIOXIDADES NATURAIS: -EXTRATO DE SEMENTE DE TORANJA -VITAMINA E -ÓLEO RESINA DE ALECRIM
  • 17. MATERIAL DE PRODUÇÃO - BALANÇA - BECKER MEDIDOR - FOGÃO DE INDUÇÃO - TERMÔMETRO - ESPÁTULAS - LEITEIRAS ESMALTADAS - MATÉRIA PRIMA: CERAS, ESSÊNCIAS, EXTRATOS - MOLDES DE SILICONE - TÁBUA - FACA - LUVAS - EMBALAGENS
  • 18. INDICAÇÃO DE FORNECEDORES • PROCURE SEMPRE ENTRAR EM CONTATO COM A LOJA E CERTIFICAR-SE DA COMPOSIÇÃO DOS PRODUTOS. QUESTIONE SE SÃO 100% VEGETAIS E HIPOALERGÊNICOS • LOJAS ONLINE CONFIÁVEIS E DE QUALIDADE: - LOJA PETER PAIVA - IMPÉRIO DO BANHO - SABÃO E GLICERINA
  • 19. BOAS PRÁTICAS SANITÁRIAS DE PRODUÇÃO • LUGAR RESERVADO PARA A PRODUÇÃO, COM AS JANELAS E PORTAS FECHADAS • SEMPRE LIMPE OS UTENSÍLIOS E APOIOS COM ÁLCOOL • RESERVE OS MATERIAIS APENAS PARA A PRODUÇÃO, COMO FACAS, ESPÁTULAS, TÁBUAS ETC • PROCURE DEIXAR O AMBIENTE ORGANIZADO PARA FACILITAR O MANEJO • USE LUVAS NOS MOMENTOS DE CONTATO COM A MATÉRIA PRIMA
  • 20. EXTRA: DICAS PARA EMPREENDER • PRECIFICAÇÃO - INCLUA TODOS OS SEUS GASTOS NO CUSTO DO PRODUTO E ADICIONE O SEU LUCRO AO VALOR FINAL DE VENDA • PESQUISE REFERÊNCIAS • ESTUDE O MERCADO E SE ATUALIZE DAS NOVIDADES • DESENVOLVA UMA IDENTIDADE VISUAL PARA A SUA MARCA
  • 21. IDENTIDADE VISUAL • DEFINA UMA PALETA DE CORES • LOGO QUE REPRESENTARÁ A MARCA - POUCOS DETALHES, VISUALMENTE MARCANTE • FERRAMENTA DE CRIAÇÃO PRÁTICA E GRATUITA: CANVA
  • 22. ANVISA E EMPREENDIMENTO ARTESANAL • A ANVISA TAMBÉM RECONHECE ESSE TIPO DE EMPREENDIMENTO • ATRAVÉS DA RDC 49/13, QUE “DISPÕE SOBRE A REGULARIZAÇÃO PARA O EXERCÍCIO DE ATIVIDADE DE INTERESSE SANITÁRIO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL´´ • A É POSSÍVEL, REGISTRAR-SE COMO MEI (MICRO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL) E, EM SEGUIDA, CADASTRAR-SE NO SIES (SISTEMA DE INFORMAÇÕES EM ECONOMIA SOLIDÁRIA) • CLASSIFICAÇÃO DE RISCO DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS, DEFINIDA PELA PRÓPRIA ANVISA
  • 23. RENDA EXTRA: LEMBRANCINHAS • FOQUE EM DIVULGAR A PRODUÇÃO DE LEMBRANCINHAS PERSONALIZADAS • PEGUE A ENCOMENDA ANTECIPADAMENTE E PEÇA METADE DO VALOR PARA A PRODUÇÃO • DICAS: MINI HIDRATANTES, MINI SABONETES, PERFUMES ETC
  • 24. TIPOS DE SABONETES ARTESANAIS • HIDRATANTES • FITOTERÁPICOS: UTILIZA-SE ERVAS E PLANTAS COM PROPRIEDADES MEDICINAIS • PELE ACNEICA • LÍQUIDOS E EM BARRA • CRIATIVOS: UTILIZA-SE DIFERENTES FORMAS E CORES
  • 25. INDICAÇÃO EXTRATOS VEGANOS • PELE SECA: AVELÃ, AMÊNDOAS, GÉRMEN DE TRIGO, CACAU, CASTANHA DA ÍNDIA, FOLHA DE OLIVA, UVA • PELE NORMAL: MAÇÃ, FRAMBOESA, TANGERINA, PAPAIA, MENTA, CALÊNDULA, CENOURA, MARACUJÁ, CHÁ VERDE • PELE OLEOSA: ALECRIM, ALGAS MARINHAS, PEPINO, LIMÃO, ERVA DOCE, LAVANDA, BARBATIMÃO (ACNE)
  • 26. TIPOS DE FABRICAÇÃO • SAPONIFICAÇÃO: REAÇÃO QUÍMICA A PARTIR DE ÓLEOS E SODA CÁUSTICA OU OUTRA SUBSTÂNCIA ALCALINA -NECESSÁRIO MAIOR CONHECIMENTO E ESTUDO DE QUÍMICA • MÉTODO COM BASE GLICERINADA: DERRETER E MISTURAR OS ATIVOS
  • 27. TIPOS DE PERFUME • AROMAS FRACOS, MÉDIOS E FORTES • FIXAÇÃO DEPENDE DA QUALIDADE DA ESSÊNCIA UTILIZADA • NOTAS OLFATIVAS: CLASSIFICADAS DE ACORDO COM A ORDEM DE EVAPORAÇÃO • SÃO RESPONSÁVEIS PELO AROMA DO PERFUME MUDAR NA NOSSA PELE COM O PASSAR DAS HORAS
  • 28. • - NOTAS DE SAÍDA: PRIMEIRAS A SEREM SENTIDAS, POIS SÃO MAIS VOLÁTEIS. RESPONSÁVEIS PELA IMPRESSÃO INICIAL DA FRAGRÂNCIA. (LEVES OU CÍTRICOS) • - NOTAS DE CORAÇÃO: EVAPORAM MAIS DEVAGAR DO QUE AS NOTAS DE SAÍDA. ELAS DÃO PERSONALIDADE AO PERFUME E FUNCIONAM COMO O CORPO DA FRAGRÂNCIA. (FLORAIS E FUTAIS) • - NOTAS DE FUNDO: MAIS FIXAM NA PELE, PORTANTO, SÃO AS ÚLTIMAS A DEIXAREM DE SER SENTIDAS PELO NOSSO OLFATO (AMADEIRADOS E ESPECIARIAS)
  • 29. PRINCÍPIOS DE FORMULAÇÃO • TESTE DE FRAGRÂNCIA: CONSIDERAR 100% DE ESSÊNCIA • CADA GOTA REPRESENTA 10% • ANOTE A QUANTIDADE UTILIZADA • EX: 6 GOTAS ERVA-DOCE + 4 GOTAS CAPIM-LIMÃO = 60% ED + 40% CL
  • 30. FATOR DE COMBINAÇÃO • FAMÍLIAS OLFATIVAS: AROMAS COM AS MESMAS CARACTERÍSTICAS • FRUTAS CÍTRICAS: FRAGRÂNCIAS LEVES E REFRESCANTES. • FRUTAS ADOCICADAS: PERFUMES COM NOTAS FRUTAIS. PREDOMINANDO AS NOTAS MAIS DOCES, COM CARACTERÍSTICAS MARCANTES • HERBAIS: NOTAS VERDES NATURAIS, AROMAS FORTES E CARACTERÍSTICOS. NOTAS FRESCAS E COM UM TOQUE CÍTRICO.
  • 31. • FLORAIS: RESULTADO DA MISTURA DE AROMAS DE VÁRIAS FLORES. PODEM SER APRESENTADAS EM SUAS FORMAS PURAS OU MODIFICADA. • AMADEIRADOS: MISTURAS DE MADEIRAS QUE RESULTAM EM AROMAS MAIS SECOS E ADOCICADOS. NORMALMENTE COM NOTAS NATURAIS MAIS PICANTES • ADOCICADOS: TOQUES ADOCICADOS, E MUITO MARCANTES. COM MISTURAS DENSAS E ENCORPADAS EM SUA COMPOSIÇÃO, POSSUI PERFUMES DE DIFERENTES CATEGORIAS. • ESPECIARIAS: INGREDIENTES NATURAIS, CONHECIDOS COMO TEMPEROS. SÃO NOTAS DE TONS SECOS, ARENOSOS, CONDIMENTADOS E PICANTES.
  • 32. FATOR DE COMBINAÇÃO: • INICIALMENTE É INDICADO TESTAR COMBINAÇÕES DE FRAGRÂNCIAS DA MESMA FAMÍLIA • PINGUE A MISTURA EM UM PAPEL TOALHA E AGUARDE A SECAGEM • SINTA O AROMA FINAL E TESTE EM UMA FORMULAÇÃO • FAMÍLIAS QUE SE HARMONIZAM: HERBAL + CÍTRICA AMADEIRADA + ESPECIARIAS FRUTAIS + ADOCICADAS
  • 33. FORMULAÇÕES EM KG/L • SABONETE EM BARRA: 1KG BASE ; 40ML EXTRATO HIDRATANTE ; 30ML OUTRO EXTRATO HIDRATANTE • FACIAL: 1KG BASE ; 60GR ARGILA ; 60ML EXTRATO ; 10 ML ESSÊNCIA • LÍQUIDO: 1L BASE ; 100ML EXTRATO ; 100ML ESSÊNCIA
  • 34. FORMULAÇÕES EM KG/L • HIDRATANTE FACIAL: 1KG BASE ROSA DE MOSQUETA ; 50ML ÓLEO VEGETAL ; 50 ML EXTRATO ; 10ML ESSÊNCIA • HIDRATANTE CORPORAL: 1 KG BASE CREME ; 30GR MANTEIGA DE KARITÉ ; 20ML EXTRATO ; 100ML ESSÊNCIA • SÉRUM FACIAL AQUOSO: 200GR BASE CREME ; 700ML ÁGUA MINERAL ; 30GR AMIDO ; 30ML ÓLEO VEGETAL ; 30GR GLICERINA BIDESTILADA VEGETAL ; 100GR EXTRATO ; 10ML ESSÊNCIA • SÉRUM EM ÓLEO: 100ML ÓLEO VEGETAL ; 30 GOTAS ÓLEO ESSENCIAL
  • 35. • MÁSCARA DE ARGILA: 1KG BASE CREME ; 100 ML EXTRATO ; 50GR ARGILA ; 20MG ESSÊNCIA • PERFUME: 650ML DE ÁLCOOL DE CEREAIS ; 200ML DE ESSÊNCIA ; 150ML DE ÁGUA MINERAL *SEMPRE PERGUNTE AO FORNECEDOR A QUANTIDADE DE ATIVOS QUE CADA BASE SUPORTA: PORCENTAGEM ACEITA DE ESSÊNCIA, ÓLEOS E EXTRATOS*