SlideShare uma empresa Scribd logo
A armadura de deus
Portanto, tomai toda a armadura de 
Deus, para que possais resistir no dia 
mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. 
Estai, pois, firmes, tendo cingidos os 
vossos lombos com a verdade, e vestida a 
couraça da justiça; E calçados os pés na 
preparação do evangelho da paz; 
Tomando sobretudo o escudo da fé, com 
o qual podereis apagar todos os dardos 
inflamados do maligno. Tomai também o 
capacete da salvação, e a espada do 
Espírito, que é a palavra de Deus. Orando 
em todo o tempo com toda a oração e 
súplica no Espírito, e vigiando nisto com 
toda a perseverança e súplica por todos 
os santos 
Efésios 6:13-18 
Lombos cingidos com a 
verdade 
Vestido com a couraça da 
justiça 
Pés calçados com o 
evangelho 
Na mão esquerda o 
escudo da fé 
Na cabeça o capacete da 
salvação 
Nas mão direita a espada 
do Espírito 
Orando e vigiando em 
todo o tempo
A armadura de deus
Diabo, com suas artimanhas 
Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, 
bramando como leão, buscando a quem possa tragar; Ao qual resisti firmes na fé, 
sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo. 
(1 Pedro 5:8-9) 
Mundo caído, distante de Deus 
Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor 
do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, 
a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo (1 
João 2:15-16) 
Nossa própria carne 
Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito 
mortificardes as obras do corpo, vivereis (Romanos 8:13)
Lombos cingidos com a verdade
O soldado romano usava um Lombos cingidos com a verdade 
cinto de couro para segurar a 
bainha da espada e proteger 
seu abdome 
Para o judeu cingir os lombos significava 
levantar a borda da túnica para uma 
caminhada mais rápida. Tardiamente veio a 
noção de cingir como um cinto abaixo do 
peito (Ap 1:13; 15:6) 
Em ambos os casos a conotação é de retaguarda, prontidão para a 
Obra do Senhor, perímetro revestido
Note, porém, que o cinto era Lombos cingidos com a verdade 
a parte mais interior da 
armadura, em contato direto 
com o corpo. Se nosso 
interior não estiver 
preparado, não sabemos 
pelo que lutamos, seremos 
não soldados, mas radicais, 
não servos, mas militantes... 
O homem bom tira boas coisas do bom tesouro do seu coração, e o 
homem mau do mau tesouro tira coisas más (Mateus 12:35)
Vestido com a couraça da justiça
A couraça era feita de couro e Vestido com a couraça da justiça 
bronze para auxiliar na segurança 
do tórax e das costas. Algumas 
couraças embutiam uma cota 
feita de elos de corrente para 
reforçar a proteção, outras 
imitavam escamas 
Conta-se que alguns soldados não a 
tiravam em hipótese alguma, ao ponto 
de se tornarem uma só peça colada a 
seu corpo 
Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele 
procedem as fontes da vida (Provérbios 4:23)
Pés calçados com o Evangelho
Igualmente de couro eram as Pés calçados com o evangelho 
sandálias. Muitos soldados usavam 
um anteparo na frente na tíbia, com 
uma armação mais resistente para 
amortecer eventuais choques 
Os pés calçados com o Evangelho podem 
se sobrepor no terreno acidentado dos 
desvios doutrinários e disposto a levar a 
Palavra a quem precisa. Significam 
prontidão para a marcha em busca de 
almas 
Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, 
sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos (Salmos 
126:6)
Na mão esquerda o escudo da fé
Parte traseira do escudo na qual o soldado segurava
Os escudos eram confeccionados Na mão esquerda o escudo da fé 
em couro e metal e serviam para 
defender o corpo, desviando 
golpes de espada ou apagando os 
terríveis dardos 
Era comum molhar os escudos para que 
as chamas não se propagassem 
Haviam dois escudos, um curto para 
defesa rápida e outro mais comprido que 
cobria todo o corpo, era mais pesado, mas 
mais eficiente. É a esse que Paulo se 
refere aqui
Um soldado que perdesse Na mão esquerda o escudo da fé 
seu escudo se tornava um 
alvo fácil na mão do Inimigo 
O mesmo princípio se aplica ao 
salvo que perde sua fé. A seguir 
teremos uma ilustração de como 
um dardo apagava as flechas do 
inimigo 
Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é 
necessário que aquele que se aproxima de 
Deus creia que ele existe, e que é galardoador 
dos que o buscam (Hebreus 11:6)
A armadura de deus
Na cabeça o capacete da salvação
Os capacetes eram feitos de Na cabeça o capacete da salvação 
metal e protegiam a cabeça 
do soldado 
Os romanos inovaram com um 
capacete que protegia o queixo. 
Somente um machado podia quebrá-lo 
Note também o prolongamento para 
proteger a parte posterior da cabeça, 
sem essa parte o pescoço e a coluna 
cervical restavam vulneráveis 
Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo 
que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e 
assentou-se à destra do trono de Deus (Hebreus 12:2)
Na mão direita a espada do Espírito
A espada e a lança eram as Na mão direita a espada do Espírito 
armas de ataque do soldado. 
Porém, a lança era 
extremamente pesada 
A espada, por sua vez, era fácil de 
manusear e, ao mesmo tempo, de alta 
letalidade no combate corpo a corpo 
A espada do Espírito é usada para atacar o pecado e o mundo, foi 
com ela que Jesus venceu a tentação. Mas é utilizada também para 
defender a fé dos inúmeros ataques inimigos 
Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre 
preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos 
pedir a razão da esperança que há em vós (I Pedro 3:15)
Orando e vigiando em todo o tempo
A oração é a arma mais Orando e vigiando em todo o tempo 
poderosa do soldado cristão. 
Mas ele não pode abrir mão da 
vigilância, sob pena de fracassar 
por falta de atenção 
A maior guerra que se processa neste 
mundo não é senão a guerra pelo 
coração e pela mente das pessoas 
Na oração você fala com o comandante e recebe instruções dele. 
Lhe repassa as angústias e recebe consolo e força para avançar na 
guerra espiritual! 
Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito 
está pronto, mas a carne é fraca (Mateus 26:41)
A vida cristã não é um parque de 
diversões 
Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em 
derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar (I 
Pedro 5:8)
A nossa armadura vem de Deus, não é 
fruto da engenharia humana 
Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo 
vive em mim... (Gálatas 2:20)
Aceitar a Cristo nos torna de imediato 
inimigos do Diabo e do mundo 
Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é 
inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo 
do mundo constitui-se inimigo de Deus (Tiago 4:4)
A armadura de Deus nos dá autoridade 
sobre nossos inimigos! 
Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar 
firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que 
lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, 
contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, 
contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. 
Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais 
resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes (Efésios 
6:11-13)
A armadura de Deus nos dá autoridade 
sobre nossos inimigos! 
Havia dois tipos de armadura a elekoi, comum à maioria dos 
soldados, e a panoplian, que os oficiais portavam. Paulo utiliza 
esta segunda palavra. Os oficiais portavam nesta armadura um 
brasão do Império Romano. Isto lhes conferia autoridade. Se 
um inimigo atacasse um oficial vestido com tal armadura, era 
como atacar a César e, por conseguinte, todo o império. Vestir 
tal armadura conferia automaticamente o privilégio e a 
obrigação de defender o reino! Quem não corre riscos não 
precisa de autoridade
Bíblia Sagrada, Almeida Corrigida Fiel 
Concordância Fiel do Novo Testamento 
Barclay, William, Comentários no Novo Testamento, Editora CLIE 
Chave Linguística do Novo Testamento Grego, Edições Vida Nova 
Ronaldo Lidório, A Armadura de César e a Panoplian de Deus artigo on-line 
em http://www.ronaldo.lidorio.com.br, acessado em Outubro/2014

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os três campos de batalha parte 1 - NA MENTE
Os três campos de batalha   parte 1 - NA MENTEOs três campos de batalha   parte 1 - NA MENTE
Os três campos de batalha parte 1 - NA MENTE
Escola Bíblica Sem Fronteiras
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
Joselito Machado
 
Conhecendo a salvação
Conhecendo a salvaçãoConhecendo a salvação
Conhecendo a salvação
Josue Lima
 
Batalhas7 batalha espiritual
Batalhas7   batalha espiritualBatalhas7   batalha espiritual
Batalhas7 batalha espiritual
Eliezer Almeida
 
Qual é a nossa função no corpo da igreja?
Qual é a nossa função no corpo da igreja?Qual é a nossa função no corpo da igreja?
Qual é a nossa função no corpo da igreja?
Leandro Sales
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
valmarques
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Éder Tomé
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
Eduardo Sousa Gomes
 
JESUS E A ORAÇÃO
JESUS E A ORAÇÃOJESUS E A ORAÇÃO
Lição 6 - O Valor da Obediência
Lição 6 - O Valor da ObediênciaLição 6 - O Valor da Obediência
Lição 6 - O Valor da Obediência
Éder Tomé
 
Jejum
JejumJejum
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de Deus
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de DeusCombate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de Deus
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de Deus
Michel Plattiny
 
LIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃOLIBERTAÇÃO
Fortalezas espirituais
Fortalezas espirituaisFortalezas espirituais
Fortalezas espirituais
Anderson Damasceno
 
12 LIÇÕES DO DISCIPULADO - NOVA.pdf
12 LIÇÕES DO DISCIPULADO - NOVA.pdf12 LIÇÕES DO DISCIPULADO - NOVA.pdf
12 LIÇÕES DO DISCIPULADO - NOVA.pdf
SEDUC-PA
 
Armadura de deus
Armadura de deusArmadura de deus
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
IBMemorialJC
 
Palestra maturidade cristã
Palestra   maturidade cristãPalestra   maturidade cristã
Palestra maturidade cristã
Junior Cesar Santiago
 
Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
Dagmar Wendt
 
Slides batalha espiritual
Slides   batalha espiritualSlides   batalha espiritual
Slides batalha espiritual
Abdias Barreto
 

Mais procurados (20)

Os três campos de batalha parte 1 - NA MENTE
Os três campos de batalha   parte 1 - NA MENTEOs três campos de batalha   parte 1 - NA MENTE
Os três campos de batalha parte 1 - NA MENTE
 
As obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do EspíritoAs obras da carne e do Espírito
As obras da carne e do Espírito
 
Conhecendo a salvação
Conhecendo a salvaçãoConhecendo a salvação
Conhecendo a salvação
 
Batalhas7 batalha espiritual
Batalhas7   batalha espiritualBatalhas7   batalha espiritual
Batalhas7 batalha espiritual
 
Qual é a nossa função no corpo da igreja?
Qual é a nossa função no corpo da igreja?Qual é a nossa função no corpo da igreja?
Qual é a nossa função no corpo da igreja?
 
estudo biblico
estudo biblicoestudo biblico
estudo biblico
 
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nósLição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
Lição 10 - Santificação: vontade e chamado de Deus para nós
 
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristãoO fruto do espírito a essencia do carater cristão
O fruto do espírito a essencia do carater cristão
 
JESUS E A ORAÇÃO
JESUS E A ORAÇÃOJESUS E A ORAÇÃO
JESUS E A ORAÇÃO
 
Lição 6 - O Valor da Obediência
Lição 6 - O Valor da ObediênciaLição 6 - O Valor da Obediência
Lição 6 - O Valor da Obediência
 
Jejum
JejumJejum
Jejum
 
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de Deus
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de DeusCombate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de Deus
Combate Espiritual,Armadura de Deus - Espada do Espírito, a palavra de Deus
 
LIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃOLIBERTAÇÃO
LIBERTAÇÃO
 
Fortalezas espirituais
Fortalezas espirituaisFortalezas espirituais
Fortalezas espirituais
 
12 LIÇÕES DO DISCIPULADO - NOVA.pdf
12 LIÇÕES DO DISCIPULADO - NOVA.pdf12 LIÇÕES DO DISCIPULADO - NOVA.pdf
12 LIÇÕES DO DISCIPULADO - NOVA.pdf
 
Armadura de deus
Armadura de deusArmadura de deus
Armadura de deus
 
Princípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de SantidadePrincípios para uma Vida de Santidade
Princípios para uma Vida de Santidade
 
Palestra maturidade cristã
Palestra   maturidade cristãPalestra   maturidade cristã
Palestra maturidade cristã
 
Dons espirituais
Dons espirituaisDons espirituais
Dons espirituais
 
Slides batalha espiritual
Slides   batalha espiritualSlides   batalha espiritual
Slides batalha espiritual
 

Semelhante a A armadura de deus

A armadura de deus
A armadura de deusA armadura de deus
A armadura de deus
ConsultorEmpresarial1
 
A armadura de deus
A armadura de deusA armadura de deus
A armadura de deus
Marcos Francisco
 
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
Presentepravoce SOS
 
batalhaespiritual-161226223340 (1).pdf
batalhaespiritual-161226223340 (1).pdfbatalhaespiritual-161226223340 (1).pdf
batalhaespiritual-161226223340 (1).pdf
Tiago Silva
 
Armas de gurra
Armas de gurraArmas de gurra
Armas de gurra
crentewagner
 
As Armaduras
As ArmadurasAs Armaduras
As Armaduras
ArturEscobar
 
Vencido
VencidoVencido
Efésios 6
Efésios 6Efésios 6
Armadura do cristão
Armadura do cristãoArmadura do cristão
Armadura do cristão
Camila Carvalho
 
Licao 9 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 9 - 1T - 2019 - CPAD  16x9.pptxLicao 9 - 1T - 2019 - CPAD  16x9.pptx
Licao 9 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
AndreLuizMontanheiro
 
As armas da nossa milícia 2
As armas da nossa milícia 2As armas da nossa milícia 2
As armas da nossa milícia 2
Jovens Do Caminho
 
As armas da nossa milícia
As armas da nossa milíciaAs armas da nossa milícia
As armas da nossa milícia
Instituto Teológico Gamaliel
 
Fortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marcharFortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marchar
Vilma Longuini
 
a-armadura-de-Deus - Os recursos de Deus para vencermos a batalha espiritual.ppt
a-armadura-de-Deus - Os recursos de Deus para vencermos a batalha espiritual.ppta-armadura-de-Deus - Os recursos de Deus para vencermos a batalha espiritual.ppt
a-armadura-de-Deus - Os recursos de Deus para vencermos a batalha espiritual.ppt
AlceirFerreira
 
A armadura de deus 3
A armadura de deus 3A armadura de deus 3
A armadura de deus 3
Antonio Proclamai Santos
 
Armadura de deus
Armadura de deusArmadura de deus
Armadura de deus
Herlon Carvalho
 
licao9-1t-2019-cpad-190224210926.pptx
licao9-1t-2019-cpad-190224210926.pptxlicao9-1t-2019-cpad-190224210926.pptx
licao9-1t-2019-cpad-190224210926.pptx
IvairCampos1
 
A Vida é Uma Guerra – Até Feridos Devemos Lutar
A Vida  é Uma Guerra  – Até Feridos Devemos LutarA Vida  é Uma Guerra  – Até Feridos Devemos Lutar
A Vida é Uma Guerra – Até Feridos Devemos Lutar
Silvio Dutra
 
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do CrenteLição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Éder Tomé
 
aarmaduradedeuscompleta-130922135004-phpapp02 (1).pdf
aarmaduradedeuscompleta-130922135004-phpapp02 (1).pdfaarmaduradedeuscompleta-130922135004-phpapp02 (1).pdf
aarmaduradedeuscompleta-130922135004-phpapp02 (1).pdf
Tiago Silva
 

Semelhante a A armadura de deus (20)

A armadura de deus
A armadura de deusA armadura de deus
A armadura de deus
 
A armadura de deus
A armadura de deusA armadura de deus
A armadura de deus
 
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
Revesti vos-da-armadura-de-deus-ef-6
 
batalhaespiritual-161226223340 (1).pdf
batalhaespiritual-161226223340 (1).pdfbatalhaespiritual-161226223340 (1).pdf
batalhaespiritual-161226223340 (1).pdf
 
Armas de gurra
Armas de gurraArmas de gurra
Armas de gurra
 
As Armaduras
As ArmadurasAs Armaduras
As Armaduras
 
Vencido
VencidoVencido
Vencido
 
Efésios 6
Efésios 6Efésios 6
Efésios 6
 
Armadura do cristão
Armadura do cristãoArmadura do cristão
Armadura do cristão
 
Licao 9 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
Licao 9 - 1T - 2019 - CPAD  16x9.pptxLicao 9 - 1T - 2019 - CPAD  16x9.pptx
Licao 9 - 1T - 2019 - CPAD 16x9.pptx
 
As armas da nossa milícia 2
As armas da nossa milícia 2As armas da nossa milícia 2
As armas da nossa milícia 2
 
As armas da nossa milícia
As armas da nossa milíciaAs armas da nossa milícia
As armas da nossa milícia
 
Fortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marcharFortalecei vos - a ordem e marchar
Fortalecei vos - a ordem e marchar
 
a-armadura-de-Deus - Os recursos de Deus para vencermos a batalha espiritual.ppt
a-armadura-de-Deus - Os recursos de Deus para vencermos a batalha espiritual.ppta-armadura-de-Deus - Os recursos de Deus para vencermos a batalha espiritual.ppt
a-armadura-de-Deus - Os recursos de Deus para vencermos a batalha espiritual.ppt
 
A armadura de deus 3
A armadura de deus 3A armadura de deus 3
A armadura de deus 3
 
Armadura de deus
Armadura de deusArmadura de deus
Armadura de deus
 
licao9-1t-2019-cpad-190224210926.pptx
licao9-1t-2019-cpad-190224210926.pptxlicao9-1t-2019-cpad-190224210926.pptx
licao9-1t-2019-cpad-190224210926.pptx
 
A Vida é Uma Guerra – Até Feridos Devemos Lutar
A Vida  é Uma Guerra  – Até Feridos Devemos LutarA Vida  é Uma Guerra  – Até Feridos Devemos Lutar
A Vida é Uma Guerra – Até Feridos Devemos Lutar
 
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do CrenteLição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
Lição 13 - A Batalha Espiritual e as Armas do Crente
 
aarmaduradedeuscompleta-130922135004-phpapp02 (1).pdf
aarmaduradedeuscompleta-130922135004-phpapp02 (1).pdfaarmaduradedeuscompleta-130922135004-phpapp02 (1).pdf
aarmaduradedeuscompleta-130922135004-phpapp02 (1).pdf
 

Mais de Daladier Lima

Nova Almeida - Sociedade Bíblica do Brasil
Nova Almeida - Sociedade Bíblica do BrasilNova Almeida - Sociedade Bíblica do Brasil
Nova Almeida - Sociedade Bíblica do Brasil
Daladier Lima
 
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era Digital
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era DigitalSubsídio para EBD - Evangelização real na Era Digital
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era Digital
Daladier Lima
 
Que igreja somos nós?
Que igreja somos nós?Que igreja somos nós?
Que igreja somos nós?
Daladier Lima
 
Seitas e heresias
Seitas e heresiasSeitas e heresias
Seitas e heresias
Daladier Lima
 
Os comunistas e a questão sexual
Os comunistas e a questão sexualOs comunistas e a questão sexual
Os comunistas e a questão sexual
Daladier Lima
 
Lessson 2, july 12, 2015
Lessson 2, july 12, 2015Lessson 2, july 12, 2015
Lessson 2, july 12, 2015
Daladier Lima
 
Lesson 13, june 28, 2015
Lesson 13, june 28, 2015Lesson 13, june 28, 2015
Lesson 13, june 28, 2015
Daladier Lima
 
Lesson 12, june 21, 2015
Lesson  12, june 21, 2015Lesson  12, june 21, 2015
Lesson 12, june 21, 2015
Daladier Lima
 
Secularização
SecularizaçãoSecularização
Secularização
Daladier Lima
 
Lesson 11, june 14, 2015
Lesson  11, june 14, 2015Lesson  11, june 14, 2015
Lesson 11, june 14, 2015
Daladier Lima
 
A ultima-pascoa macarthur
A ultima-pascoa macarthurA ultima-pascoa macarthur
A ultima-pascoa macarthur
Daladier Lima
 
Lesson 10, june 7, 2015
Lesson 10, june 7, 2015Lesson 10, june 7, 2015
Lesson 10, june 7, 2015
Daladier Lima
 
Lesson 9, may31, 2015
Lesson 9, may31, 2015Lesson 9, may31, 2015
Lesson 9, may31, 2015
Daladier Lima
 
Lesson 8, may24, 2015
Lesson 8, may24, 2015Lesson 8, may24, 2015
Lesson 8, may24, 2015
Daladier Lima
 
Lesson 7, may 17, 2015
Lesson 7, may 17, 2015Lesson 7, may 17, 2015
Lesson 7, may 17, 2015
Daladier Lima
 
Lesson 6, may 10, 2015
Lesson 6, may 10, 2015Lesson 6, may 10, 2015
Lesson 6, may 10, 2015
Daladier Lima
 
Ensaio sobre a palavra amor
Ensaio sobre a palavra amorEnsaio sobre a palavra amor
Ensaio sobre a palavra amor
Daladier Lima
 
Mensageiro da-paz 1288-1994_007
Mensageiro da-paz 1288-1994_007Mensageiro da-paz 1288-1994_007
Mensageiro da-paz 1288-1994_007
Daladier Lima
 
Lesson 5, may 3, 2015
Lesson 5, may 3, 2015Lesson 5, may 3, 2015
Lesson 5, may 3, 2015
Daladier Lima
 
Lesson 4, april 26, 2015
Lesson 4, april 26, 2015Lesson 4, april 26, 2015
Lesson 4, april 26, 2015
Daladier Lima
 

Mais de Daladier Lima (20)

Nova Almeida - Sociedade Bíblica do Brasil
Nova Almeida - Sociedade Bíblica do BrasilNova Almeida - Sociedade Bíblica do Brasil
Nova Almeida - Sociedade Bíblica do Brasil
 
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era Digital
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era DigitalSubsídio para EBD - Evangelização real na Era Digital
Subsídio para EBD - Evangelização real na Era Digital
 
Que igreja somos nós?
Que igreja somos nós?Que igreja somos nós?
Que igreja somos nós?
 
Seitas e heresias
Seitas e heresiasSeitas e heresias
Seitas e heresias
 
Os comunistas e a questão sexual
Os comunistas e a questão sexualOs comunistas e a questão sexual
Os comunistas e a questão sexual
 
Lessson 2, july 12, 2015
Lessson 2, july 12, 2015Lessson 2, july 12, 2015
Lessson 2, july 12, 2015
 
Lesson 13, june 28, 2015
Lesson 13, june 28, 2015Lesson 13, june 28, 2015
Lesson 13, june 28, 2015
 
Lesson 12, june 21, 2015
Lesson  12, june 21, 2015Lesson  12, june 21, 2015
Lesson 12, june 21, 2015
 
Secularização
SecularizaçãoSecularização
Secularização
 
Lesson 11, june 14, 2015
Lesson  11, june 14, 2015Lesson  11, june 14, 2015
Lesson 11, june 14, 2015
 
A ultima-pascoa macarthur
A ultima-pascoa macarthurA ultima-pascoa macarthur
A ultima-pascoa macarthur
 
Lesson 10, june 7, 2015
Lesson 10, june 7, 2015Lesson 10, june 7, 2015
Lesson 10, june 7, 2015
 
Lesson 9, may31, 2015
Lesson 9, may31, 2015Lesson 9, may31, 2015
Lesson 9, may31, 2015
 
Lesson 8, may24, 2015
Lesson 8, may24, 2015Lesson 8, may24, 2015
Lesson 8, may24, 2015
 
Lesson 7, may 17, 2015
Lesson 7, may 17, 2015Lesson 7, may 17, 2015
Lesson 7, may 17, 2015
 
Lesson 6, may 10, 2015
Lesson 6, may 10, 2015Lesson 6, may 10, 2015
Lesson 6, may 10, 2015
 
Ensaio sobre a palavra amor
Ensaio sobre a palavra amorEnsaio sobre a palavra amor
Ensaio sobre a palavra amor
 
Mensageiro da-paz 1288-1994_007
Mensageiro da-paz 1288-1994_007Mensageiro da-paz 1288-1994_007
Mensageiro da-paz 1288-1994_007
 
Lesson 5, may 3, 2015
Lesson 5, may 3, 2015Lesson 5, may 3, 2015
Lesson 5, may 3, 2015
 
Lesson 4, april 26, 2015
Lesson 4, april 26, 2015Lesson 4, april 26, 2015
Lesson 4, april 26, 2015
 

Último

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
carla983678
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 

Último (12)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf radedgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
edgard-armond-passes-e-radiacoes.pdf rad
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 

A armadura de deus

  • 2. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça; E calçados os pés na preparação do evangelho da paz; Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus. Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos Efésios 6:13-18 Lombos cingidos com a verdade Vestido com a couraça da justiça Pés calçados com o evangelho Na mão esquerda o escudo da fé Na cabeça o capacete da salvação Nas mão direita a espada do Espírito Orando e vigiando em todo o tempo
  • 4. Diabo, com suas artimanhas Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo. (1 Pedro 5:8-9) Mundo caído, distante de Deus Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo (1 João 2:15-16) Nossa própria carne Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis (Romanos 8:13)
  • 6. O soldado romano usava um Lombos cingidos com a verdade cinto de couro para segurar a bainha da espada e proteger seu abdome Para o judeu cingir os lombos significava levantar a borda da túnica para uma caminhada mais rápida. Tardiamente veio a noção de cingir como um cinto abaixo do peito (Ap 1:13; 15:6) Em ambos os casos a conotação é de retaguarda, prontidão para a Obra do Senhor, perímetro revestido
  • 7. Note, porém, que o cinto era Lombos cingidos com a verdade a parte mais interior da armadura, em contato direto com o corpo. Se nosso interior não estiver preparado, não sabemos pelo que lutamos, seremos não soldados, mas radicais, não servos, mas militantes... O homem bom tira boas coisas do bom tesouro do seu coração, e o homem mau do mau tesouro tira coisas más (Mateus 12:35)
  • 8. Vestido com a couraça da justiça
  • 9. A couraça era feita de couro e Vestido com a couraça da justiça bronze para auxiliar na segurança do tórax e das costas. Algumas couraças embutiam uma cota feita de elos de corrente para reforçar a proteção, outras imitavam escamas Conta-se que alguns soldados não a tiravam em hipótese alguma, ao ponto de se tornarem uma só peça colada a seu corpo Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida (Provérbios 4:23)
  • 10. Pés calçados com o Evangelho
  • 11. Igualmente de couro eram as Pés calçados com o evangelho sandálias. Muitos soldados usavam um anteparo na frente na tíbia, com uma armação mais resistente para amortecer eventuais choques Os pés calçados com o Evangelho podem se sobrepor no terreno acidentado dos desvios doutrinários e disposto a levar a Palavra a quem precisa. Significam prontidão para a marcha em busca de almas Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos (Salmos 126:6)
  • 12. Na mão esquerda o escudo da fé
  • 13. Parte traseira do escudo na qual o soldado segurava
  • 14. Os escudos eram confeccionados Na mão esquerda o escudo da fé em couro e metal e serviam para defender o corpo, desviando golpes de espada ou apagando os terríveis dardos Era comum molhar os escudos para que as chamas não se propagassem Haviam dois escudos, um curto para defesa rápida e outro mais comprido que cobria todo o corpo, era mais pesado, mas mais eficiente. É a esse que Paulo se refere aqui
  • 15. Um soldado que perdesse Na mão esquerda o escudo da fé seu escudo se tornava um alvo fácil na mão do Inimigo O mesmo princípio se aplica ao salvo que perde sua fé. A seguir teremos uma ilustração de como um dardo apagava as flechas do inimigo Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam (Hebreus 11:6)
  • 17. Na cabeça o capacete da salvação
  • 18. Os capacetes eram feitos de Na cabeça o capacete da salvação metal e protegiam a cabeça do soldado Os romanos inovaram com um capacete que protegia o queixo. Somente um machado podia quebrá-lo Note também o prolongamento para proteger a parte posterior da cabeça, sem essa parte o pescoço e a coluna cervical restavam vulneráveis Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus (Hebreus 12:2)
  • 19. Na mão direita a espada do Espírito
  • 20. A espada e a lança eram as Na mão direita a espada do Espírito armas de ataque do soldado. Porém, a lança era extremamente pesada A espada, por sua vez, era fácil de manusear e, ao mesmo tempo, de alta letalidade no combate corpo a corpo A espada do Espírito é usada para atacar o pecado e o mundo, foi com ela que Jesus venceu a tentação. Mas é utilizada também para defender a fé dos inúmeros ataques inimigos Antes, santificai ao Senhor Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós (I Pedro 3:15)
  • 21. Orando e vigiando em todo o tempo
  • 22. A oração é a arma mais Orando e vigiando em todo o tempo poderosa do soldado cristão. Mas ele não pode abrir mão da vigilância, sob pena de fracassar por falta de atenção A maior guerra que se processa neste mundo não é senão a guerra pelo coração e pela mente das pessoas Na oração você fala com o comandante e recebe instruções dele. Lhe repassa as angústias e recebe consolo e força para avançar na guerra espiritual! Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca (Mateus 26:41)
  • 23. A vida cristã não é um parque de diversões Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar (I Pedro 5:8)
  • 24. A nossa armadura vem de Deus, não é fruto da engenharia humana Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim... (Gálatas 2:20)
  • 25. Aceitar a Cristo nos torna de imediato inimigos do Diabo e do mundo Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus (Tiago 4:4)
  • 26. A armadura de Deus nos dá autoridade sobre nossos inimigos! Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes (Efésios 6:11-13)
  • 27. A armadura de Deus nos dá autoridade sobre nossos inimigos! Havia dois tipos de armadura a elekoi, comum à maioria dos soldados, e a panoplian, que os oficiais portavam. Paulo utiliza esta segunda palavra. Os oficiais portavam nesta armadura um brasão do Império Romano. Isto lhes conferia autoridade. Se um inimigo atacasse um oficial vestido com tal armadura, era como atacar a César e, por conseguinte, todo o império. Vestir tal armadura conferia automaticamente o privilégio e a obrigação de defender o reino! Quem não corre riscos não precisa de autoridade
  • 28. Bíblia Sagrada, Almeida Corrigida Fiel Concordância Fiel do Novo Testamento Barclay, William, Comentários no Novo Testamento, Editora CLIE Chave Linguística do Novo Testamento Grego, Edições Vida Nova Ronaldo Lidório, A Armadura de César e a Panoplian de Deus artigo on-line em http://www.ronaldo.lidorio.com.br, acessado em Outubro/2014