Também tu Podes Ser Um Empreendedor

1.816 visualizações

Publicada em

Apresentação no IPG sobre empreendedorismo.

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.816
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • \n
  • Também tu Podes Ser Um Empreendedor

    1. 1. TAMBÉM TU PODES SER UM EMPREENDEDOR RICARDO SOUSA www. ri oooooooo same
    2. 2. RICARDO SOUSA c' -Microsoft Student Partner; -Organizer at SWITCH Conf. -CEO at AiediLabs; -Founder @ MCE; SAYH | twitter: @ricardojrsousa facebook: fb. com/ rsousa Iinkedin: /in/ ricardojrsousa email: mail@ricardosousa. me
    3. 3. TU
    4. 4. é í
    5. 5. TU SAB ES PROGRAMAR NUM MUNDO DE | .T. ESSA É UMA VANTAGEM COMPETITIVA SclUpÍahltau : - Hodultu), (n, n) n Dlrtnslonxn! ) - (1, 1): M1 n 'laktcnltn-¡MUL n): M2 - 'laktcnltn-MUL (n . 1)): 'I' - 'lah1z[l<ronzcktrl>c1ta[1,)l›(1, n . 1), (j, n)): n . appemmmmtkppenzmmmtru, tl. m): 1! u hppemmmmnt, tema-un), (n . 1))): rrxnqtahn-rompz, tahmceazungs. . [Nona, nppenapxppendlfahlrrxu, u, 1, n ~ n)), -n, -¡, - . ll-nn, a. , V . Íah1t[I, ,(1,1, 11)): É - tabu-IL_ (1, n . 1, n . ro): Prlnqv, ' are th: non-baxa: var1ah1es. ']: ?rn-KB , ' are the baxa: var1ah1ts. ']: ?rlntrthc ohjzcun- tuncuon 1s'): Pr1nt['t[', V, -1 . -, -ZH(4¡¡)I¡]2 1:1 ? rn-trthc censurar-t: : are): tnr[¡ . 1, x s n, u. , Pr1nt[1'au[)! ¡,¡, n). V, - x -, ›z¡, _,__, ¡,]: ]: ]:
    6. 6. OS TEUS OUTROS SKILLS PARTICIPA EM ACTIVIDADES FORA DA TUA ÁREA
    7. 7. AH E TAL E DIFÍCIL. ESTES E OUTROS MITOS FX Em FESB na area
    8. 8. EQUILÍBRIO NÃO O VEJAS COMO UMA TROCA
    9. 9. QUEBRA O SISTEMA A ESCOLA/ UNIV NÃO TE VAI AJUDAR MUITO com; moram BE viuioomxwwr¡ WANT to 9a A cmo
    10. 10. I"I. ”~›ÇT'EÉ Tt: I ' íIIÊEr ~I* Í IIÀAÍÍ l I_. Ir-I'; -¡I_I. !«. Í HI I_r"I. .A*~. r«Ilusq agf". p* 'r-: r - z n - y. . A Hr' IL = ÍÍÉÍIF" 'F' ' ' WII Ir-: íav rÍii-'L'II? ?ÍI_I. F'L. _II~I. Á"». ÍÍ Pa» : Rrfzí: nryi; ›.: r
    11. 11. DIZ O QUE PENSAS A TUA OPINIÃO CONTA (SE ALGUÉM A LER)
    12. 12. MOSTRA QUE EXISTES EM BLOGS, FORUMS, EVENTOS, ETC. . f: x . É . f _ | 4 . N j. , , . _JJ . UGT ~ v I, imagine gcup'
    13. 13. A MARCA PESSOAL COMO VENDER AO MERCADO AS TUAS QUALIDADES? IwrIIIHIIIy Niche Involvement Your Personal Brand
    14. 14. OLHA A TUA VOLTA VÊ AS OPORTUNIDADES QUE EXISTEM *Ni w í
    15. 15. CRIA UMA REDE ONLINE & OFFLINE
    16. 16. NOVAS FERRAMENTAS O FACEBOOK ALEM DO 'PHOTO TAGGING'
    17. 17. OUVE AQUILO QUE OS OUTROS TÊM A DIZER
    18. 18. IDEA & EXECUTION APENAS ESTES DOIS ASPECTOS TÊM PAPEL RELEVANTE
    19. 19. NÃO ESTÁS SOZINHO HÁ MENTORES, APOIO FINANCEIRO, FEEDBACK. .. ' / /, _ ' / // / / / XIJÇ H 'I 'I H H n / / I li» V. I / |// I i/ i ' x, / / I /
    20. 20. tiéeerisxçi, í~à›z“iiittíàj* V 'hu-V ¡lkçnc/ 'Tíaâw I u. ; »Apm-qa tam», , -, K n q' z, O _T W122
    21. 21. CRIA PARCERIAS SOZINHO NÃO CONSEGUES FAZER TUDO
    22. 22. PENSA INTERNACIONAL O MERCADO NACIONAL É MUITO PEQUENO Ma5hable TechCrLiiTCIT All That's New on the Web
    23. 23. PENSA FORA DA CAIXA SÊ CRIATIVO MAIS DO QUE NUNCA
    24. 24. DESENVOLVE RÁPIDO MOSTRA RAPIDAMENTE AO MERCADO QUE PRODUTO TENS
    25. 25. MEXE- E' L O DE SONHO NÃO TE VAI BATER A P RTA
    26. 26. EXCITING TIMES A MELHOR ALTURA PARA COMEÇAR A EMPREENDER _ kvzourfedge PCMÓIOF¡ " t¡ I Anatomy of an Entrepreneur
    27. 27. AP ROVEITA ESTAS EM TEMPOS VERDADEIRAMENTE DESAFIADORES
    28. 28. c: F _ g4" 44v - ou. - . .'- F ar . .. . a. . .cue- f' na_ › 4 . ..n - - . n a . ..- . .N an. - . - ___ - 0-. ç. :- -_, _ , e- -o o 4a O 3"”. - . ou, .nww -u _ . r o ' _ - . -__. ›_. u. _ . a g-za. . 0- - _ . ..4:. _. í J - . ..a gs - _ : M» n: n _. ~o t _. .-c V , M_ . . _ . _-_. " . .- " 4- ° '. --_' a". .. ___. . _ --. . - › . _. ¡_ - › _ a; cp T' - À , .. - _ c-cñããcuo-. í. Co ~ ' l E -¡_ “ 4,0- 5.: É à u. .., ,J§, .. 'Ha' - . . nã' 1_ l- . w- _ - . .Jyj-sftn. : _ - _ -. ,Buu _ __ r . , . . .. . °' v' ¡. _ n ' I í. _- - as _o' _c_ - v 45 - b ^'^4 _ . . -. - . ,~ T _ _ -_ -. _ - °. - : r . .* s_ ___ q- - - *4 “ u. - *cm s. -' T g_ T' . à Égua-n- »- . _ 4.. .. . _ - . ..-__' ' J _- < _ . Acá- “- '6- à 45 . .Sá-gq »nun-w- 4 "1- Ju.
    29. 29. IN THE END THE wo RST F WE C AND LEARNO TRY AGAIN DO IS:
    30. 30. OBRIGADO.

    ×