Os Legados da
Reforma Protestante
Sobre a Economia
7/9
Criado por Pedro Siena Neto em 04/2015
O legado da reforma sobre
• o indivíduo
• o trabalho
• a comunidade
• a intervenção divina
• a educação
• a economia
• o p...
Economia é o conjunto de atividades
desenvolvidas pelos homens visando a
produção, distribuição e o consumo de
bens e serv...
Economia Capitalista é a organização das
atividades econômicas por meio do
mercado, baseada na propriedade privada
e na qu...
A Microeconomia é o ramo da Ciência
Econômica que estuda a formação de
preços, a principal variável que orienta a
alocação...
A Macroeconomia é o ramo da Ciência
Econômica que estuda o comportamento
da Economia como um todo, tendo como
focos o Prod...
Economia é o homem tomando decisões
sobre como melhor usar seus recursos
limitados a fim de ser um bom mordomo
diante de D...
Protestantismo & Economia
Protestantismo
Tradução das
Escrituras
Divulgação das
Escrituras
Estudo das
Escrituras
Demanda p...
Os pontos de vista social e econômico de João
Calvino são muito próximos dos de Lutero.
Existem apenas duas principais áre...
Para isso é necessário que para a preservação da
sociedade humana, cada um deve possuir o que
é seu; que alguns devem adqu...
11 Esforcem-se para ter uma vida tranqüila,
cuidar dos seus próprios negócios e
trabalhar com as próprias mãos, como nós
o...
Usura é a prática de fazer empréstimos
monetários de forma não ética ou imoral que
injustamente enriquecem o credor. Um
em...
Calvino, filho de um importante tabelião em
Noyon tinha total desprezo para o argumento
aristotélico de que o dinheiro é e...
25 Se emprestares dinheiro ao meu povo,
ao pobre que está contigo, não te haverás
com ele como um usurário; não lhe
impore...
35 E, quando teu irmão empobrecer, e as
suas forças decaírem, então sustentá-lo-ás,
como estrangeiro e peregrino viverá
co...
19 A teu irmão não emprestarás com juros,
nem dinheiro, nem comida, nem qualquer
coisa que se empreste com juros.
20 Ao es...
13 E emprestar com usura, e receber
demais, porventura viverá? Não viverá.
Todas estas abominações ele fez,
certamente mor...
12 Presentes receberam no meio de ti para
derramarem sangue; usura e juros ilícitos
tomaste, e usaste de avareza com o teu...
26 Respondendo, porém, o seu senhor,
disse-lhe: Mau e negligente servo; sabias
que ceifo onde não semeei e ajunto onde
não...
22 Porém, ele lhe disse: Mau servo, pela
tua boca te julgarei. Sabias que eu sou
homem rigoroso, que tomo o que não pus,
e...
Calvino e seus discípulos colocaram o trabalho
no centro da sua teologia social... Todo o
trabalho na sociedade está inves...
O foco Escolástico era sobre o consumo, o
consumidor como o objetivo do trabalho e da
produção. Em contraste, uma ênfase b...
Por isso, a Grã-Bretanha, fortemente influenciada
pelo pensamento e cultura Calvinista, e sua
glorificação do mero exercíc...
Não há trabalho , por mais
ordinário ou desprezível que ele
seja, que não brilhe diante de
Deus.
João Calvino
Calvino e o ...
23 Em todo trabalho há proveito, mas ficar
só em palavras leva à pobreza.
Provérbios 14
8 Porque pela graça sois salvos, por meio
da fé; e isto não vem de vós, é dom de
Deus.
9 Não vem das obras, para que ningu...
• Ezekiel 18:8 ESV / 29 helpful votes
• Does not lend at interest or take any profit, withholds his hand from injustice, e...
Os legados da reforma protestante 7
Os legados da reforma protestante 7
Os legados da reforma protestante 7
Os legados da reforma protestante 7
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os legados da reforma protestante 7

260 visualizações

Publicada em

31 de outubro de 1517, quase 500 anos atrás, Martinho Lutero, através da publicação de suas 95 teses na porta do Igreja do Castelo de Wittemberg protestou contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana, propondo uma reforma no catolicismo romano. Avaliaremos o impacto destas teses no pensamento da igreja e da sociedade naquele momento, bem como, nesta nossa geração.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
260
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os legados da reforma protestante 7

  1. 1. Os Legados da Reforma Protestante Sobre a Economia 7/9 Criado por Pedro Siena Neto em 04/2015
  2. 2. O legado da reforma sobre • o indivíduo • o trabalho • a comunidade • a intervenção divina • a educação • a economia • o poder e as autoridades • as artes & a ciência
  3. 3. Economia é o conjunto de atividades desenvolvidas pelos homens visando a produção, distribuição e o consumo de bens e serviços necessários à sobrevivência e à qualidade de vida. FEA USP http://www.fea.usp.br/conteudo.php?i=202 Economia | Definição
  4. 4. Economia Capitalista é a organização das atividades econômicas por meio do mercado, baseada na propriedade privada e na qual a grande maioria das transações é mediada pelo dinheiro. FEA USP Economia | Definição
  5. 5. A Microeconomia é o ramo da Ciência Econômica que estuda a formação de preços, a principal variável que orienta a alocação de recursos no contexto das Economias Capitalistas. Discute a funcionalidade do mercado para garantir a organização e distribuição eficientes dos recursos escassos. Sua unidade de análise são os mercados específicos, examinando o comportamento e a interação dos agentes (consumidores e produtores)
  6. 6. A Macroeconomia é o ramo da Ciência Econômica que estuda o comportamento da Economia como um todo, tendo como focos o Produto, o Emprego, a Inflação, e o Comércio Internacional. É o campo que embasa a atuação do Estado em suas três funções fundamentais: Alocativa, Distributiva e Estabilizadora.
  7. 7. Economia é o homem tomando decisões sobre como melhor usar seus recursos limitados a fim de ser um bom mordomo diante de Deus. R. C. Sproul Jr. Economia | Definição
  8. 8. Protestantismo & Economia Protestantismo Tradução das Escrituras Divulgação das Escrituras Estudo das Escrituras Demanda por Aprendizado Criação de Escolas Cultura da Educação Revolução Industrial Desenvolvimento das Nações
  9. 9. Os pontos de vista social e econômico de João Calvino são muito próximos dos de Lutero. Existem apenas duas principais áreas de diferença: os seus pontos de vista sobre a usura, e sobre o conceito de "vocação“ ou “chamado”. Embora a última diferença é mais aprofundade pelos Calvinistas Puritanos posteriores ao século 17. Usura & Vocação
  10. 10. Para isso é necessário que para a preservação da sociedade humana, cada um deve possuir o que é seu; que alguns devem adquirir sua propriedade por compra, que outros venham a tê-la por direito hereditário, e para outros pelo título de posse, que cada um deve aumentar sua porção de acordo com a sua diligência, ou força física, ou outras qualificações. Em suma, exigi-se do governo político, que cada um deve desfrutar o que lhe pertence ... João Calvino
  11. 11. 11 Esforcem-se para ter uma vida tranqüila, cuidar dos seus próprios negócios e trabalhar com as próprias mãos, como nós os instruímos; 12 a fim de que andem decentemente aos olhos dos que são de fora e não dependam de ninguém. 1 Tessalonicenses 4 • exercitar, praticar, estar ocupado com, dar continuidade • realizar, executar • cumprir, performar • se compromissar a cometer, fazer inteiramente • gerir, transacionar • pagar e receber tributos, receitas, dívidas • agir
  12. 12. Usura é a prática de fazer empréstimos monetários de forma não ética ou imoral que injustamente enriquecem o credor. Um empréstimo pode se considerar usurário devido a taxas de juros excessivas ou abusivas ou ainda outros fatores. No entanto, de acordo com alguns dicionários, simplesmente cobrar qualquer juro seria considerado usura. Definição
  13. 13. Calvino, filho de um importante tabelião em Noyon tinha total desprezo para o argumento aristotélico de que o dinheiro é estéril. Uma criança, ele afirmava, sabe que o dinheiro é estéril apenas quando trancado em algum lugar; mas quem, em sã consciência toma dinheiro emprestado para manter o dinheiro ocioso? Mercadores pegam emprestado a fim de obter lucros em suas compras, e então, o dinheiro dá frutos. Calvino e a Usura
  14. 14. 25 Se emprestares dinheiro ao meu povo, ao pobre que está contigo, não te haverás com ele como um usurário; não lhe imporeis usura. Êxodo 22
  15. 15. 35 E, quando teu irmão empobrecer, e as suas forças decaírem, então sustentá-lo-ás, como estrangeiro e peregrino viverá contigo. 36 Não tomarás dele juros, nem ganho; mas do teu Deus terás temor, para que teu irmão viva contigo. 37 Não lhe darás teu dinheiro com usura, nem darás do teu alimento por interesse. Levítico 25
  16. 16. 19 A teu irmão não emprestarás com juros, nem dinheiro, nem comida, nem qualquer coisa que se empreste com juros. 20 Ao estranho emprestarás com juros, porém a teu irmão não emprestarás com juros; para que o Senhor teu Deus te abençoe em tudo que puseres a tua mão, na terra a qual vais a possuir. Deuteronômio 23
  17. 17. 13 E emprestar com usura, e receber demais, porventura viverá? Não viverá. Todas estas abominações ele fez, certamente morrerá; o seu sangue será sobre ele. (NVI) 13 empreste com usura, e receba mais do que emprestou; porventura viverá ele? Não viverá! Todas estas abominações, ele as praticou; certamente morrerá; o seu sangue será sobre ele. (JFA) Ezequiel 18
  18. 18. 12 Presentes receberam no meio de ti para derramarem sangue; usura e juros ilícitos tomaste, e usaste de avareza com o teu próximo, oprimindo-o; mas de mim te esqueceste, diz o Senhor DEUS. 13 E eis que bati as mãos contra a avareza que cometeste, e por causa do sangue que houve no meio de ti. Ezequiel 22
  19. 19. 26 Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei? 27 Devias então ter dado o meu dinheiro aos banqueiros e, quando eu viesse, receberia o meu com os juros. 28 Tirai-lhe pois o talento, e dai-o ao que tem os dez talentos. Mateus 25
  20. 20. 22 Porém, ele lhe disse: Mau servo, pela tua boca te julgarei. Sabias que eu sou homem rigoroso, que tomo o que não pus, e sego o que não semeei; 23 Por que não puseste, pois, o meu dinheiro no banco, para que eu, vindo, o exigisse com os juros? 24 E disse aos que estavam com ele: Tirai- lhe a mina, e dai-a ao que tem dez minas. Lucas 19
  21. 21. Calvino e seus discípulos colocaram o trabalho no centro da sua teologia social... Todo o trabalho na sociedade está investido de aprovação divina. Qualquer filósofo social ou economista exposto ao Calvinismo será tentado a dar ao trabalho uma posição elevada em seu tratado social ou econômico, e não há melhor maneira de exaltar o trabalho do que conciliar com a teoria do valor-trabalho, tradicionalmente a base de um sistema econômico. Thus Kauder Calvino e o Chamado ao Trabalho
  22. 22. O foco Escolástico era sobre o consumo, o consumidor como o objetivo do trabalho e da produção. Em contraste, uma ênfase bem mais severa sobre o trabalho e sobre a poupança passou a ser salientada na cultura calvinista. A falta de ênfase no lazer abastecia a iconoclastia que atingiu o seu ápice no Calvinismo - a condenação da exaltação dos sentidos como um meio de expressar a devoção religiosa. Uma das expressões deste conflito são os feriados religiosos, que os países Católicos tanto apreciam. Para os Puritanos, isto era idolatria; e nem o Natal deveria ser uma ocasião para a apreciação sensorial.
  23. 23. Por isso, a Grã-Bretanha, fortemente influenciada pelo pensamento e cultura Calvinista, e sua glorificação do mero exercício do trabalho, veio desenvolver a teoria do valor-trabalho, enquanto a França e a Itália, ainda influenciadas pelos conceitos aristotélicos e tomistas, continuou com a ênfase Escolástica no consumidor e sua valoração subjetiva como a fonte de valor econômico. Embora não haja nenhuma maneira de provar esta hipótese de forma conclusiva, a percepção de Kauder tem grande valor para explicar a evolução comparativa do pensamento econômico na Grã-Bretanha e nos clubes de países católicos da Europa a partir do século 16.
  24. 24. Não há trabalho , por mais ordinário ou desprezível que ele seja, que não brilhe diante de Deus. João Calvino Calvino e o Chamado ao Trabalho
  25. 25. 23 Em todo trabalho há proveito, mas ficar só em palavras leva à pobreza. Provérbios 14
  26. 26. 8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. 9 Não vem das obras, para que ninguém se glorie; 10 Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas. Efésios 2
  27. 27. • Ezekiel 18:8 ESV / 29 helpful votes • Does not lend at interest or take any profit, withholds his hand from injustice, executes true justice between man and man, • Leviticus 25:35-37 ESV / 29 helpful votes • “If your brother becomes poor and cannot maintain himself with you, you shall support him as though he were a stranger and a sojourner, and he shall live with you. Take no interest from him or profit, but fear your God, that your brother may live beside you. You shall not lend him your money at interest, nor give him your food for profit. • Leviticus 25:36 ESV / 23 helpful votes • Take no interest from him or profit, but fear your God, that your brother may live beside you. • Luke 6:35 ESV / 22 helpful votes • But love your enemies, and do good, and lend, expecting nothing in return, and your reward will be great, and you will be sons of the Most High, for he is kind to the ungrateful and the evil. • Proverbs 22:7 ESV / 20 helpful votes • The rich rules over the poor, and the borrower is the slave of the lender. • Ezekiel 18:17 ESV / 18 helpful votes • Withholds his hand from iniquity, takes no interest or profit, obeys my rules, and walks in my statutes; he shall not die for his father's iniquity; he shall surely live. • Proverbs 28:8 ESV / 16 helpful votes • Whoever multiplies his wealth by interest and profit gathers it for him who is generous to the poor. • Psalm 15:5 ESV / 16 helpful votes • Who does not put out his money at interest and does not take a bribe against the innocent. He who does these things shall never be moved. • Psalm 112:5-6 ESV / 14 helpful votes • It is well with the man who deals generously and lends; who conducts his affairs with justice. For the righteous will never be moved; he will be remembered forever. • Matthew 25:27 ESV / 12 helpful votes • Then you ought to have invested my money with the bankers, and at my coming I should have received what was my own with interest. • Nehemiah 5:1-13 ESV / 11 helpful votes • Now there arose a great outcry of the people and of their wives against their Jewish brothers. For there were those who said, “With our sons and our daughters, we are many. So let us get grain, that we may eat and keep alive.” There were also those who said, “We are mortgaging our fields, our vineyards, and our houses to get grain because of the famine.” And there were those who said, “We have borrowed money for the king's tax on our fields and our vineyards. Now our flesh is as the flesh of our brothers, our children are as their children. Yet we are forcing our sons and our daughters to be slaves, and some of our daughters have already been enslaved, but it is not in our power to help it, for other men have our fields and our vineyards.” ... • Jeremiah 15:10 ESV / 10 helpful votes • Woe is me, my mother, that you bore me, a man of strife and contention to the whole land! I have not lent, nor have I borrowed, yet all of them curse me. • Isaiah 10:1-34 ESV / 10 helpful votes • Woe to those who decree iniquitous decrees, and the writers who keep writing oppression, to turn aside the needy from justice and to rob the poor of my people of their right, that widows may be their spoil, and that they may make the fatherless their prey! What will you do on the day of punishment, in the ruin that will come from afar? To whom will you flee for help, and where will you leave your wealth? Nothing remains but to crouch among the prisoners or fall among the slain. For all this his anger has not turned away, and his hand is stretched out still. Ah, Assyria, the rod of my anger; the staff in their hands is my fury! ... • Psalm 15:1-5 ESV / 10 helpful votes • A Psalm of David. O Lord, who shall sojourn in your tent? Who shall dwell on your holy hill? He who walks blamelessly and does what is right and speaks truth in his heart; who does not slander with his tongue and does no evil to his neighbor, nor takes up a reproach against his friend; in whose eyes a vile person is despised, but who honors those who fear theLord; who swears to his own hurt and does not change; who does not put out his money at interest and does not take a bribe against the innocent. He who does these things shall never be moved. • Deuteronomy 15:7-11 ESV / 10 helpful votes • “If among you, one of your brothers should become poor, in any of your towns within your land that the Lord your God is giving you, you shall not harden your heart or shut your hand against your poor brother, but you shall open your hand to him and lend him sufficient for his need, whatever it may be. Take care lest there be an unworthy thought in your heart and you say, ‘The seventh year, the year of release is near,’ and your eye look grudgingly on your poor brother, and you give him nothing, and he cry to the Lord against you, and you be guilty of sin. You shall give to him freely, and your heart shall not be grudging when you give to him, because for this the Lord your God will bless you in all your work and in all that you undertake. For there will never cease to be poor in the land. Therefore I command you, ‘You shall open wide your hand to your brother, to the needy and to the

×