O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Apresentação do TCC: FERRAMENTAS COLABORATIVAS DA WEB 2.0: uso por alunos de pós-graduação em ciência da informação na pesquisa bibliográfica

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 46 Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Semelhante a Apresentação do TCC: FERRAMENTAS COLABORATIVAS DA WEB 2.0: uso por alunos de pós-graduação em ciência da informação na pesquisa bibliográfica (20)

Mais de Patricia Neubert (20)

Anúncio

Apresentação do TCC: FERRAMENTAS COLABORATIVAS DA WEB 2.0: uso por alunos de pós-graduação em ciência da informação na pesquisa bibliográfica

  1. 1. Patricia da Silva Neubert FERRAMENTAS COLABORATIVAS DA WEB 2.0: uso por alunos de pós graduação em ciência da informação na pesquisa bibliográfica Orientadora: Profª Rosângela Schwarz Rodrigues
  2. 2. SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 1.1 Justificativa 1.2 Objetivos 2 REVISÃO DE LITERATURA 2.1 Pesquisa científica 2.2 Pesquisa bibliográfica e revisão de literatura 2.3 Internet e Web 2.0 3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS 4 ANÁLISE E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS 4.1 Perfil dos alunos do PGCIN/UFSC 4.2 Uso de ferramentas colaborativas 4.3 Uso científico-acadêmico da Web 2.0 5 CONSIDERAÇÕES FINAIS REFERÊNCIAS
  3. 3. 1 INTRODUÇÃO As ferramentas para interação e comunicação social disponibilizadas no ambiente web, favorecem e contribuem para a comunicação – formal e informal - entre os membros da comunidade científica. O espaço colaborativo disponível na Internet é amplificado pelo surgimento da Web 2.0. (AQUINO, 2009; FUJINO; RAMOS; MARICATO, 2009; MOREIRA, 2005; MUELLER, 2006; WEITZEL, 2006 ).
  4. 4. 1 INTRODUÇÃO Para as comunidades acadêmico- científicas, a Internet possibilita a disponibilização de conteúdos que ainda não se encontram publicados ou que não serão publicados em canais de comunicação formal, permitindo que qualquer usuário da rede possa acessar este conteúdo. (AQUINO, 2009; FUJINO; RAMOS; MARICATO, 2009; MOREIRA, 2005; MUELLER, 2006; WEITZEL, 2006 ).
  5. 5. 1 INTRODUÇÃO Como as ferramentas colaborativas disponíveis na Web 2.0 tem auxiliado os pesquisadores na obtenção de literatura para a execução de sua pesquisa?
  6. 6. 1.1 Justificativa É inegável a repercussão causada pelas TIC’s no desenvolvimento da ciência. A Internet não somente possibilita novas formas de comunicação entre os cientistas, promovendo o contato, o debate e a colaboração, como é também uma ferramenta de promoção e divulgação da ciência, tornando possível o acesso aos resultados de pesquisas produzidas por pesquisadores ao redor do mundo.
  7. 7. 1.1 Justificativa A ciência é ainda mais influenciada pelo desenvolvimento tecnológico, no que refere-se à questão do livre acesso ao conhecimento, por meio dos repositórios institucionais e temáticos e dos periódicos científicos de acesso aberto. Há também, as questões que envolvem a comunicação entre os pares, altamente modificadas pelas TIC’s e com um novo potencial de interação e comunicação em função das ferramentas Web 2.0.
  8. 8. 1.1 Justificativa A justificativa para a execução desta pesquisa se dá pelo misto de dois fatores: a) pelo desafio de medir e registrar os aspectos relacionados à comunicação científica informal; b) pelas modificações que a Internet causou a forma de se fazer pesquisa.
  9. 9. 1.2 Objetivos Objetivo Geral Analisar o uso de ferramentas colaborativas disponíveis na web pelos alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina (PGCIN/UFSC), no processo de construção do referencial teórico de suas pesquisas.
  10. 10. 1.2 Objetivos Objetivos específicos: a)Identificar o perfil dos alunos do PGCIN/UFSC; b)Verificar o uso de ferramentas colaborativas utilizadas pelos alunos; c)Verificar o uso de ferramentas colaborativas para a construção do referencial teórico da pesquisa.
  11. 11. 2 REVISÃO DE LITERATURA A fundamentação teórica para esta pesquisa aborda dois temas centrais: o processo de pesquisa científica e a Web 2.0. A revisão de literatura está estruturada em três partes: a)Pesquisa Científica; b)Revisão de Literatura; c)Web 2.0.
  12. 12. 2.1 Pesquisa Científica Pesquisa é um procedimento formal, um conjunto de ações, utilizados para encontrar a solução para um determinado problema, cuja base contém uma série de procedimentos sistematizados. O estabelecimento de uma metodologia eficiente, de acordo com os objetivos estipulados é o que permite o alcance dos resultados esperados. (CERVO, BERVIAN, SILVA, 2007; DEMO, 1987; LAKATOS, MARCONI, 1992; SILVA, MENEZES, 2005; ZIMAN, 1996)
  13. 13. 2.1 Pesquisa Científica Para a realização de uma pesquisa faz-se necessário o planejamento dos procedimentos para a execução da mesma. Etapas para realização da pesquisa científica 1.Escolha do tema; 2.Revisão de literatura; 3.Justificativa; 4.Formulação do problema; 5.Determinação de objetivos; 6.Metodologia; 7.Coleta de dados; 8.Tabulação de dados; 9.Análise e discussão dos resultados; 10.Conclusão da análise dos resultados; 11.Redação e apresentação do trabalho científico Figura 1 – Etapas para realização da pesquisa científica Fonte: Silva e Menezes, 2005.
  14. 14. 2.1 Pesquisa Científica Tanto para a execução de uma pesquisa, quanto para a comunicação dos resultados, o cientista mantém-se em contato com a comunidade cientifica da área. A Internet juntamente com outras TIC’s tem servido de canal para a comunicação, auxiliando os processos de comunicação científica. (ANDALÉCIO, MARTELETO, 2006; BASTOS, SILVA, 2005; FUJINO, et al., 2007; MOREIRA, 2005; MUELLER, 2007; STUMPF, 1997; TARGINO, 2000)
  15. 15. 2.2 Pesquisa bibliográfica e revisão de literatura A revisão de literatura é importante inicialmente para que se obtenha uma visão geral da temática estudada. Além de auxiliar a delimitação da pesquisa e possibilitar a identificação das limitações da área, a revisão de literatura contribui para o desenvolvimento da criticidade do pesquisador em relação às abordagens realizadas pelos demais pesquisadores. (ALVES, 1992; ECHER, 2001; MOREIRA, 2004; NORONHA, FERREIRA, 2000; SILVA; MENEZES, 2005; WEBSTER; WATSON, 2002)
  16. 16. 2.2 Pesquisa bibliográfica e revisão de literatura A revisão de literatura identifica as pesquisas realizadas em determinada área, os pesquisadores dedicados à pesquisa do tema, lacunas e oportunidades de pesquisa nos estudos já realizados sobre a temática e possibilita acompanhar os trabalhos realizadas em um determinado campo do conhecimento. (ALVES, 1992; ECHER, 2001; MOREIRA, 2004; SILVA; MENEZES, 2005; WEBSTER; WATSON, 2002)
  17. 17. 2.3 Internet e Web 2.0 As possibilidades oferecidas pela rede mundial de computadores, especialmente no sentido de aproximar um cientista do outro, proporcionando uma comunicação mais rápida, promovendo a circulação da comunicação formal e a obtenção de fontes de informação on-line fomentam o desenvolvimento científico e aumentam a visibilidade das pesquisas científicas, estimulando a colaboração entre os pares. (GARCIA, 2009; MANESS, 2007; MARCOS, 2009; O’REILLY, 2005; PAVAN, 2007; PISCIOTTA, 2006; PRIMO, 2007; RECUERO, 2007
  18. 18. 2.3 Internet e Web 2.0 O aumento da participação e a criação de novas ferramentas Web com esta finalidade contribuíram para o ‘aprimoramento’ da Web. A Web 2.0 surge como uma evolução da chamada Web 1.0, cuja característica primordial está associada à participação ativa dos usuários. Figura 5 – Web 1.0 X Web 2.0 Fonte: COZIC, Fréderic, 2007
  19. 19. 2.3 Internet e Web 2.0 A partir de ferramentas que possibilitam a publicação, compartilhamento e organização de informações a Web 2.0 mostra potencial para auxiliar a circulação da comunicação científica formal, por meio da disseminação dos lançamentos formais, avisos de eventos e publicações. Cabe destacar o potencial de uso científico- acadêmico destas ferramentas para a organização das informações úteis a pesquisa na Web.
  20. 20. 2.3 Internet e Web 2.0 Canessa e Zennaro (2008) destacam a aplicação de ferramentas Web 2.0 para a manutenção de uma coleção de documentos e informações organizadas na web, como um portfólio eletrônico (e-portfólio). Este e-portfólio funciona como uma espécie de Portal Pessoal de Pesquisa (PRP) onde cada pesquisador armazena as informações que são de seu uso e interesse para que mediante a necessidade, estas informações possam ser facilmente localizadas e consultadas de qualquer local.
  21. 21. 3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS A pesquisa caracteriza-se: Quanto aos objetivos, como pesquisa descritiva e exploratória; Quanto aos procedimentos técnicos, como levantamento e pesquisa bibliográfica; Quanto a forma de abordagem, como pesquisa quali-quantitativa.
  22. 22. 3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS A população objeto de estudo nesta pesquisa são os alunos do curso de Mestrado do Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina PGCIN/UFSC regularmente matriculados em 2010, totalizando 34 alunos. A listagem com o nome dos alunos matriculados foi obtida na página do Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação.
  23. 23. 3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Foi adotado o questionário como instrumento de coleta de dados, elaborado a partir da adaptação do questionário utilizado por Galdo (2010) durante pesquisa sobre o uso científico- acadêmico da Web 2.0 na comunicação científica por docentes de pós-graduação stricto sensu em Ciência da Informação no Brasil. Foram necessárias adaptações quanto ao compartilhamento de informações através do uso da Web 2.0, freqüência, uso e obtenção das informações durante a formação do referencial teórico no processo de pesquisa.
  24. 24. 3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS O pré-teste on-line do questionário foi realizado com 4 pessoas: 2 graduandos, 1 mestrando e 1 doutorando, sendo 3 não integrantes da amostra da pesquisa e, a partir das dificuldades apresentadas e sugestões efetuaram- se as devidas correções. Os dados foram coletados entre os dias 26 de agosto e 03 de setembro de 2010 a partir do envio do questionário eletrônico por e-mail aos alunos do PGCIN/UFSC regularmente matriculados em agosto de 2010.
  25. 25. 3 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS Participaram da pesquisa 15 alunos do PGCIN/UFSC, representando 44,18% da população pesquisada. Após obtenção da resposta dos alunos ao instrumento de coleta de dados foi realizada a tabulação dos dados obtidos a fim de viabilizar sua análise. A análise das questões de múltipla escolha receberam tratamento estatístico simples, e a questão 26, discursiva, tratamento qualitativo após categorização das respostas conforme a proximidade do conteúdo das mesmas.
  26. 26. 4 ANÁLISE E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS A discussão dos resultados está estruturada em três partes, de acordo com os objetivos específicos que pretendem responder: 4.1 Perfil dos alunos do PGCIN/UFSC 4.2 Uso de ferramentas colaborativas 4.3 Uso científico-acadêmico da Web 2.0
  27. 27. 4.1 Perfil dos alunos do PGCIN/UFSC Questão 1- Faixa Etária % Questão -2- Gênero Questão 2 Gênero 21 a 25 anos 6 40% Masculino 26 a 30 anos 4 26,67% 13,33% Masculino (2) ; 13,33% 31 a 35 anos 3 20% 36 a 40 anos 1 6,66% Feminino; 41 a 45 anos 0 0% 86,66% 46 a 50 anos 1 6,66% Feminino Total de Respostas 15 100% 86,66% Não responderam 0 0 (13)
  28. 28. 4.1 Perfil dos alunos do PGCIN/UFSC Questão 3 – Área de % Universidade de Graduação % Graduação CEFET/PR PR 1 6,66% Administração 1 6,66% UDESC SC 5 33,33% Biblioteconomia 13 86,67% UFAM AM 1 6,66% Informática 1 6,66% UFG GO 1 6,66% Total de Respostas 15 100% UFRGS RS 1 6,66% Não responderam 0 0 UFSC SC 4 26,66% UNIVALI SC 1 6,66% UnB Brasília 1 6,66% Total de Respostas 15 100% Não responderam 0 0
  29. 29. 4.1 Perfil dos alunos do PGCIN/UFSC Questão 4 – Titulação Tabela 4: Pós Graduação Questão 4 - Titulação MBA MBA; Questão 4 – Pós Graduação % Especialização Especializa 6,66% 6,66% 26,66% ção; (1) Especialização em Gestão da 1 6,66% 26,66% (4) Informação e Inovações Tecnológicas 1 6,66% Graduação; Graduação Especialização em Gestão de 66,66% 66,66% Arquivos Públicos e Privados (10) Questão 5 – Ano de Questão 5 - Ano de ingresso no Especialização em Gestão 1 6,66% Ingresso Mestrado no PGCIN/UFSC Estratégica de Pessoas em 2008; 2008 Especialização em Marketing 1 6,66% 20,00% 20% Empresarial 2010 (3) MBA em Gerenciamento de 1 6,66% 60% em 2009; projetos (9) em 2010; 2009 20,00% Total de Respostas 5 33,33% 60,00% 20% (3)
  30. 30. 4.2 Uso de Ferramentas colaborativas Questão 12 - Barreiras ao uso da Web 2.0 Nenhu Peque Desco Tot Média Grande ma na nheço al Complexidade das 40% 26,66% 20% 13,33% 0% 15 tecnologias (6) (4) (3) (2) Diversidade de 40% 26,66% 20% 13,33% 0% 15 ferramentas (6) (4) (3) (2) Idioma 20% 33,33% 26,66% 6,66% 13,33% 15 (3) (5) (4) (1) (2) Largura de banda 46,66% 20% 13,33% 6,66% 13,33% 15 (7) (3) (2) (1) (2) Ausência de 33,33% 26,66% 13,33% 13,33% 13,33% 15 suporte (5) (4) (2) (2) (2)
  31. 31. 4.3 Uso científico-acadêmico da Web 2.0 Questão 13 - Finalidade de uso da Web 2.0 Quatro a Várias Uma a três Diaria- seis Não vezes por vezes por Total mente vezes por uso dia semana semana Social (contato com amigos, familiares e 26,66% 53,33% 13,33% 6,66% 0% 15 colegas) (4) (8) (2) (1) Profissional (contato com profissionais da 20% 60% 13,33% 6,66% 0% 15 sua área de atuação) (3) (9) (2) (1) Acadêmica (como fonte de informação 26,66% 46,66% 6,66% 20% 0% 15 para pesquisa) (4) (7) (1) (3) Lazer 26,66% 53,33% 13,33% 6,66% 0% 15 (4) (8) (2) (1)
  32. 32. Questão 14 - Como usa ferramentas da Web 2.0? Compartil Leio/ Crio ho Não tenho Não Não Acom- Total Conteúdo informa- interesse uso conheço panho ções Blogs 13,33 6,66% 26,66% 80% 0% % 0% 19 (1) (4) (12) (2) Microblog 20% 13,33% 46,66% 6,66% 20% 13,33% 18 (3) (2) (7) (1) (3) (2) Sites de redes 33,33% 60% 40% 6,66% sociais 0% 0% 21 (5) (9) (6) (1) Compartilhamento de vídeos, 13,33 13,33% 40% 53,33% 6,66% apresentações, aulas % 0% 19 (2) (6) (8) (1) (2) Social bookmarks 13,33% 13,33% 20% 13,33% 20% 33,33% 17 (2) (2) (3) (2) (3) (5) Plataformas para a 13,33 comunidade 6,66% 26,66% 73,33% 0% % 0% 18 científica (1) (4) (11) (2)
  33. 33. Questão 15 - Contato com a comunidade científica Compartilhament Plataformas Sites de Micro Ferramen o de vídeos, Social para a To- Blog Tabela 13: Contato com a comunidade científica redes Não uso blog tas Wiki apresentações, bookmarks comunidade tal sociais aulas científica Mantenho contato com 26,66 26,66 13,33% 40% 40% 6,66% 6,66% 13,33% pesquisadores brasileiros % (4) % (4) (2) (6) (6) (1) (1) (2) 31 Mantenho contato com 13,33% 13,33% 6,66% 26,66 13,33% 6,66% 20% 80% pesquisadores (2) (2) (1) (2) (1) (3) 24 % (4) (9) estrangeiros Participo de redes 33,33 13,33% 13,33% 13,33% 13,33% 6,66% 26,66% 46,66 25 científicas nacionais % (5) (2) (2) (2) (2) (1) (4) % (7) Participo de redes 6,66% 6,66% 13,33% 6,66% 6,66% 13,33% 80% 6,66% (1) 21 científicas internacionais (1) (1) (2) (1) (1) (2) (12) Já me envolvi ou estou 6,66% 213,33% 13,33% 6,66% 40% 40% envolvido em trabalho(s) 0 (1) 0 (2) (2) (1) 18 (6) (6) científico-acadêmicos Mantenho discussões 13,33% 6,66% 33,33% 26,66% 6,66% 33,33% 26,66 20% (3) 25 científico-acadêmicas (2) (1) (5) (4) (1) (5) % (4) Mantenho contato com 46,66 40% 20% 73,33 40% 13,33% 26,66% 6,66% 40 colegas % (7) (6) (3) % (11) (6) (2) (4) (1) Mantenho contato com 46,66 33,33% 13,33% 46,66 26,66% 13,33% 26,66% 13,33 (2) 33 professores % (7) (5) (2) % (7) (4) (2) (4) Em função da Web 2.0 fiz novos contatos na 40% 13,33% 13,33% 60% 26,66% 6,66% 20% 20% (3) 30 (6) (2) (2) (9) (4) (1) (3) comunidade científica
  34. 34. 4.3 Uso científico-acadêmico da Web 2.0 Documentos Documentos recebidos compartilhados semanalmente semanalmente Número de Frequência % Frequência % Documentos 1a3 11 73,33% 7 46,66% 4a6 3 20% 2 13,33% 7a9 1 6,66% 1 6,66% 10 ou mais 0 0% 5 33,33% Total de respostas 15 100% 15 100%
  35. 35. Ferramentas Uso para envio Uso para recebimento Nenhum Pouco Médio Muito Nenhum Pouco Médio Muito E-mail 6,66% 6,66% 6,66% 80% 13,33% 86,66% 0% 0% (1) (1) (1) (12) (2) (13) Blogs 66,66% 20% 6,66% 6,66% 60% 20% 13,33% 6,66% (10) (3) (1) (1) (9) (3) (2) (1) Microblog 80% 20% 80% 6,66% 6,66% 6,66% 0% 0% (12) (3) (12) (1) (1) (1) Sites de redes 26,66 33,33% 33,33% 6,66% 33,33% 46,66% 20% sociais % 0% (5) (5) (1) (5) (7) (3) (4) Compartilha- 26,66 dores de 33,33% 33,33% 6,66% 40% 26,66% 20% 13,33% % vídeos, (5) (5) (1) (6) (4) (3) (2) (4) apresentações Social 80% 20% 80% 13,33% 6,66% bookmarks 0% 0% 0% (12) (3) (12) (2) (1) Plataformas 13,33 para a 33,33% 46,66% 6,66% 20% 53,33% 6,66% 20% % comunidade (5) (7) (1) (3) (8) (1) (3) (2) científica
  36. 36. 4.3 Uso científico-acadêmico da Web 2.0 Questão 20 - Quem envia os documentos Nenhum Pouco Médio Muito Total Colegas 13,33% 13,33% 73,33% 0% 15 (2) (2) (11) Professores 20% 40% 40% 0% 15 (3) (6) (6) Autores que referencio 60% 33,33% 6,66% 0% 15 (9) (5) (1) Demais pesquisadores 46,66% 40% 13,33% 0% 15 da área (7) (6) (2) Listas e Grupos de 13,33% 33,33% 26,66% 26,66% 15 discussões (2) (5) (4) (4)
  37. 37. 4.3 Uso científico-acadêmico da Web 2.0 Questão 21: Utilidade das informações recebidas através das ferramentas Web 2.0 Nenhum Pouco Médio Muito Total Blogs 40% 26,66% 33,33% 0% 15 (6) (4) (5) Microblog 73,33% 26,66% 0% 0% 15 (11) (4) Sites de redes sociais 40% 46,66% 13,33% 0% 15 (6) (7) (2) Compartilhamento de vídeos, 26,66% 26,66% 40% 6,66% apresentações, aulas 15 (4) (4) (6) (1) Social bookmarks 66,66% 33,33% 0% 0% 15 (10) (5) Plataformas para a 13,33% 20% 26,66% 40% 15 comunidade científica (2) (3) (4) (6)
  38. 38. Questão 22: Ferramentas utilizadas para obtenção de bibliografia Nenhum Pouco Médio Muito Total E-mail 26,66% 33,33% 40% 0% 15 (4) (5) (6) Blogs 53,33% 26,66% 6,66% 13,33% 15 (8) (4) (1) (2) Microblog 73,33% 13,33% 6,66% 6,66% 15 (11) (2) (1) (1) Sites de redes sociais 46,66% 26,66% 13,33% 13,33% 15 (7) (4) (2) (2) Compartilhamento de vídeos, apresentações, aulas 26,66% 26,66% 20% 26,66% 15 (4) (4) (3) (4) Social bookmarks 66,66% 26,66% 6,66% 0% 15 (10) (4) (1) Plataformas para a 20% 13,33% 20% 46,66% comunidade científica 15 (3) (2) (3) (7) Portais de Periódicos 6,66% 13,33% 80% 0% 15 (1) (2) (12)
  39. 39. Questão 23: principais fontes de informação compartilhada em ferramentas Web 2.0 Nenhum Pouco Médio Muito Total Normas 20% 46,66% 20% 6,66% 15 (3) (7) (3) (1) Manuais 33,33% 53,33% 6,66% 0% 15 (5) (8) (1) Livros e resenhas de livros 13,33% 53,33% 26,66% 0% 15 (2) (8) (4) Artigos de Periódicos nacionais 6,66% 13,33% 73,33% 0% 15 (1) (2) (11) Artigos de Periódicos Internacionais 26,66% 6,66% 60% 0% 15 (4) (1) (9) Anais de Eventos 20% 26,66% 46,66% 0% 15 (3) (4) (7) Teses e dissertações 13,33% 13,33% 66,66% 0% 15 (2) (2) (10) Patentes 46,66% 46,66% 0% 0% 15 (7) (7) Links de Blogs 26,66% 46,66% 20% 0% 15 (4) (7) (3) Links de Bibliotecas Virtuais/ digitais 6,66% 20% 40% 26,66% 15 (1) (3) (6) (4)
  40. 40. Questão 24 – Fatores que influenciam o compartilhamento de documentos Nenhum Pouco Médio Muito Total Saber a linha de pesquisa em que 40% 53,33% atua 0% 0% (6) (8) 14 46,66% 46,66% Interesse na área 0% 0% (7) (7) 14 13,33% 66,66% 13,33% Atualização da fonte 0% (2) (10) (2) 14 20% 13,33% 40% 20% Dificuldade de localização da fonte (3) (2) (6) (3) 14 Dificuldade de acesso a fonte de 26,66% 13,33% 40% 13,33% informação (4) (2) (6) (2) 14 6,66% 33,33% 26,66% 26,66% Idioma da fonte (1) (5) (4) (4) 14 6,66% 13,33% 33,33% 40% Relevância da fonte (1) (2) (5) (6) 14 13,33% 6,66% 33,33% 40% Escassez de publicação sobre o tema (2) (1) (5) (6) 14 13,33% 20% 26,66% 33,33% Parceria para realização de pesquisa (2) (3) (4) (5) 14 6,66% 20% 33,33% 33,33% Conversa informal (1) (3) (5) (5) 14
  41. 41. Questão 25 - Uso da Web 2.0 como e-portfólio Referên- Versões Não utilizo Rese- cias Disser- To- Artigos Livros Teses dos Tra- com esta nhas Biblio- tações tal balhos finalidade gráficas 60% 60% 66,66% 53,33% 46,66% 60% 53,33% 13,33% E-mail 62 (9) (9) (10) (8) (7) (9) (8) (2) 20% 13,33% 26,66% 13,33% 13,33% 13,33% 13,33% 60% Blogs 26 (3) (2) (4) (2) (2) (2) (2) (9) Micro- 13,33% 80% 0 0 0 0 0 0 14 blog (2) (12) Sites de 20% 6,66% 6,66% 6,66% 6,66% 73,33% redes 0 0 18 (3) (1) (1) (1) (1) (11) sociais Social 6,66% 13,33% 6,66% 6,66% 80% book- 0 0 0 17 (1) (2) (1) (1) (12) marks Platafor- mas para a 26,66% 46,66% 66,66% 40% 53,33% 53,33% 13,33% 33,33% 50 comuni- (4) (7) (10) (6) (8) (8) (2) (5) dade científica
  42. 42. 4.3 Uso científico-acadêmico da Web 2.0 Tabela 26: Avaliação do estudante sobre o uso da Baixo retorno: ausência de orientação; Web 2.0 na pesquisa Questão 26 – Avaliação do retorno do uso da Web 2.0 % Médio retorno: Nenhum 0 0% vantagem: possibilidade de Baixo 2 13,33% buscar e encontrar explicações Médio 7 46,66% mais simples; Muito 5 33,33% o retorno varia conforme o tipo Total de de ferramenta que você utiliza e 14 93,33% respostas Não conforme a sua rede de contatos. 1 6,66% responderam o retorno obtido pelo uso tende a crescer quanto maior é o número de usuários de cada Fonte: Questionário ferramenta
  43. 43. 4.3 Uso científico-acadêmico da Web 2.0 Muito comunicação instantânea; a rapidez nas respostas; compartilhamento de documentos; colaboração na pesquisa; indicação de material bibliográfico.
  44. 44. 5 CONSIDERAÇÕES FINAIS Observa-se a o baixo uso das ferramentas Web 2.0 com finalidades científico-acadêmicas, até mesmo as ferramentas voltadas exclusivamente para essa finalidade tem um baixo índice de uso entre os alunos. Existe a preferência pelo uso de e-mail para comunicação e circulação de material. Tal fato dá- se pelo foco do direcionamento e na personalização do contato, do compartilhamento.
  45. 45. REFERÊNCIAS Referências bibliográficas disponíveis em: NEUBERT, Patricia da Silva. Ferramentas colaborativas da Web 2.0: uso por alunos de pós-graduação em ciência da informação para pesquisa bibliográfica. 2010. 97 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) – Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Cataria, Florianópolis, 2010.
  46. 46. Muito Obrigada!!! Patrícia Neubert Contatos patyneubert@hotmail.com @neubertpaty

×