Universidade Aberta 2012/2013U.C. Voz e Dicção -Tertúlia Natalícia Online              Equipa Amêndoa                 Leit...
A minhoca RosinhaTexto - Agrupamento Vertical Professora Diamantina NegrãoIncluído no Livro:
Era uma vez uma minhoca chamada Rosinha. Estavivia num sítio de que não gostava, porque era muitoseco, árido, faltava água...
Por isso um belo dia partiu em busca de qualidade devida. Deixou a sua terra natal e lá foi.Mas o MUNDO era muito GRANDE e...
Se bem o pensou, melhor o fez! E lá foi.Andou, andou, andou, passou por montes e vales, atéque avistou, ao longe, uma casi...
Perguntou a um senhor que ia a passar de bicicleta:“Como é que se chama este sítio?” E ele respondeu: “Aquié Vale Navio. É...
No exterior, existe uma horta biológica, cultivada coma ajuda das crianças. A D. Minhoca vai gostar deconhecer, porque a h...
A minhoca seguiu as indicações que o senhor lhe deu elá conseguiu chegar à horta, depois de uma subidaextenuante, que a de...
Finalmente tinha encontrado um LAR, onde podiaconstituir família e viver feliz. Comeu umas ricasfolhinhas de alface, bebeu...
sonhando com as nuvens, com a chuva, essa amigapoderosa que lhe proporcionara este magnífico lugar, ecom as crianças que t...
A minhoca rosinha  grupo amêndoa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A minhoca rosinha grupo amêndoa

367 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
367
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A minhoca rosinha grupo amêndoa

  1. 1. Universidade Aberta 2012/2013U.C. Voz e Dicção -Tertúlia Natalícia Online Equipa Amêndoa Leitura de : Paulo Peixoto Sandra Peralta Sandra Silva Sara Lages
  2. 2. A minhoca RosinhaTexto - Agrupamento Vertical Professora Diamantina NegrãoIncluído no Livro:
  3. 3. Era uma vez uma minhoca chamada Rosinha. Estavivia num sítio de que não gostava, porque era muitoseco, árido, faltava água e comida, desidratava-secom o calor.
  4. 4. Por isso um belo dia partiu em busca de qualidade devida. Deixou a sua terra natal e lá foi.Mas o MUNDO era muito GRANDE e a minhoca eramuito PEQUENINA e sentiu-se perdida, sozinha e semsaber para onde ir.Mas, como era uma minhoca muito corajosa, pensou:“vou na direcção das nuvens. Onde há nuvens, háchuva e talvez encontre um local húmido, bom paraviver”.
  5. 5. Se bem o pensou, melhor o fez! E lá foi.Andou, andou, andou, passou por montes e vales, atéque avistou, ao longe, uma casinha com uma hortatoda catita ao lado, cheia de alfaces e couves muitotenrinhas!
  6. 6. Perguntou a um senhor que ia a passar de bicicleta:“Como é que se chama este sítio?” E ele respondeu: “Aquié Vale Navio. É onde fica o Jardim de Infância de ValeCarro, onde existem duas salas de crianças muitotrabalhadoras!
  7. 7. No exterior, existe uma horta biológica, cultivada coma ajuda das crianças. A D. Minhoca vai gostar deconhecer, porque a horta está muito bem cuidada!”.
  8. 8. A minhoca seguiu as indicações que o senhor lhe deu elá conseguiu chegar à horta, depois de uma subidaextenuante, que a deixou sem forças. Fraquinha,faminta, farta de tanto andar, ao ver a horta, ficou tãofeliz, tão feliz, que até lhe vieram as lágrimas aos olhos- lágrimas de felicidade, é claro!
  9. 9. Finalmente tinha encontrado um LAR, onde podiaconstituir família e viver feliz. Comeu umas ricasfolhinhas de alface, bebeu um pouco de orvalho dasfolhas das favas e adormeceu,
  10. 10. sonhando com as nuvens, com a chuva, essa amigapoderosa que lhe proporcionara este magnífico lugar, ecom as crianças que tinham trabalhado nele - o seuPARAÍSO, ao qual pôs o nome de

×