Ensino religioso

66.347 visualizações

Publicada em

2 comentários
16 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
66.347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
403
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.341
Comentários
2
Gostaram
16
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ensino religioso

  1. 1. EDUCAÇÃO RELIGIOSA Tema - Cooperação Texto – A Galinha Ruiva Era uma vez uma galinha ruiva que morava com os seuspintainhos num sitio. Um dia, mamãe galinha observou que o milho estava bompara colher, moer, peneirar e depois fazer um delicioso bolo. Pôr isso, resolveu chamar seus amigos para ajuda-la, poisseus filhotes eram muito pequenos para o trabalho. primeiropediu ao gato, ele disse que estava cansado e precisavadormir um pouco. Depois, mamãe galinha falou com o senhor porco, masquando soube o que era para fazer, ele disse que precisavaarrumar o seu chiqueiro. Então, mamãe galinha pediu ajuda ao pato. ao saber dotrabalho, ele também desculpou-se e não foi ajudar a galinharuiva.Sozinha nesta tarefa, mamãe galinha colheu o milho, tirou apalha, moeu o milho, peneirou a farinha e , então, seguiupara para casa. Agora sim ele poderia preparar um deliciosobolo para seus pintinhos.quando o bolo estava assado, o aroma foi longe e atraiu ogato, o porco e o pato, que ficaram esperando para comer umpedaço. Ao tirar o bolo do formo, mamãe galinha disse que todotrabalho tinha sido dela e, pôr isso, iria comer o bolo sozinhacom seus filhotes. Sem trabalho não há recompensa, e eles prometeramajuda-la quando precisassem deles outra vez.Moral da historia - ‘’ Esta história ensina-nos que otrabalho e a cooperação ajudam-nos a alcançar aquiloque queremos.’’ (Fonte – Clássicos Eternos das virtudes)
  2. 2. Atividades1 – Responda as perguntas de acordo com o texto dahistória a “A Galinha Ruiva”a) Quais foram os animais que se negou em ajudar a galinha ruiva? Coloque o nome de cada um deles.b) Qual foi a desculpa que o porco deu para a galinha? Escreva o que ele falou.c) O que a galinha ruiva queria fazer e precisava de ajuda?d) Pôr que os seus pintinhos não poderiam ajudar ela?e) Qual foi a desculpa do gato para não ajudar a galinha?f) O que a galinha preparou após muito trabalho?g) Você acha justo o pato, o porco e gato querem comer um pedaço do bolo após ter negado ajuda para a galinha? Responda com suas palavras o que o que você pensa.h) Você nega ajuda quando alguém pede para ajuda-lo? Responda com suas palavras o que você faz.i) Qual a moral da história?j) Faca um desenho da história.Observação – As respostas das perguntas devem serrespondidas no caderno, colocando a letra de cadapergunta e dando a resposta.
  3. 3. EDUCAÇÃO RELIGIOSA Tema- “ Respeito e Sabedoria” Respeito aos mais velhos. Texto – ‘’O cavalo e a raposa’’ Era uma vez um camponês muito trabalhador. Duranteanos, seu fiel servidor foi um belo cavalo, que o ajudou nastarefas mais difíceis. Após tantos anos juntos, o cavalo estava velho e cansadoe já não suportava o trabalho pesado. Então, o camponês,com muita tristeza, pediu ao amigo que fosse embora, poisprecisaria da cocheira vazia para o novo animal. Com lagrimas nos olhos, o cavalo foi saindo devagar.Porém, o camponês resolveu dar-lhe mais uma chance.Pediu ao cavalo que lhe trouxesse um leão e assim, elesaberia que ainda poderia contar com o animal. O cavalo saiu sem demonstrar satisfação. Afinal, achava-se incapaz. Como conseguiria derrotar uma fera como oleão? Desanimado, sentou-se na floresta. Nesse momentoChegou a raposa, sua velha amiga, que, ao vê-lo tão abatido,quis saber o que se passava. O cavalo contou, seria descartado pôr seu dono, poisestava velho e sua única saída seria caçar um leão. A raposa , que era muito esperta, pediu ao cavalo que sefingisses de morto e o resto ela resolveria. A raposa partiu em busca do senhor leão. Ao encontrai-lo, ele queixou-se de que há dias não comia e seria capaz dequalquer coisa pôr uma boa refeição. A astuta raposa disse, então, que na entrada da florestahavia um cavalo morto e, se ele fosse ligeiro, teria umbanquete fresquinho para desfrutar. Ao chegarem ao local indicado, a raposa comentou queseria melhor o leão amarrar seu rabo á pata do cavalo e leva-lo para sua toca, onde poderia comer sem ser incomodado. O
  4. 4. leão concordou. Quando ele estava com o seu rabo bempreso, a raposa bateu no dorso do velho cavalo, que saiu emdisparada arrastando o leão. Foi assim que o camponês viu seu velho amigo derrotarum leão. Cumprindo sua promessa, ele cuidou do velho cavalo pôrmuitos anos, enquanto outro mais jovem, fazia o trabalhopesado.Moral da história - ‘’Esta historia ensina-nos a valorizarao mais velhos. Eles tem muita experiência e sabedoriapara passar ao mais jovens.”’ (Fonte – Clássicos Eternos das Virtudes)---------------------------------------------------------------------------------- ATIVIDADES1- Leia o texto ‘’O CAVALO E A RAPOSA ‘ e responda as perguntas abaixo de acordo com o texto.a)- Quem era o fiel amigo do camponês?b)- Pôr que o camponês pediu que seu fiel amigo fosseembora?c)- Qual a chance que o camponês deu ao cavalo para queele pudesse ficar?d)- O cavalo achava que era capaz de caçar um leão? Porque?e)- Quem o cavalo encontrou ,e o ajudou a pegar o leão?f)- O que a raposa pediu que o cavalo fizesse?g)- O que aconteceu com o leão?h)- O cavalo conseguiu o que queria?i)- Qual a moral da história?j)- Responda com suas palavras. Você respeita e valoriza asabedoria das pessoas mais idosas, como tios, avos?Atenção – coloque as respostas das perguntas nocaderno .
  5. 5. EDUCAÇÃO RELIGIOSA Tema - ‘’Coragem “ Texto – ‘’João e o Pé de Feijão’’ Era uma vez uma pobre viúva. Ela tinha u, filho muitorebelde e esbanjador chamado João. O seu pai tinha sido umhomem muito rico até que um dia, um gigante roubou suaharpa mágica e a galinha dos ovos de ouro. O pai morreu pobre. O pouco que restou João acabougastando. A única coisa que sobrou foi uma vaquinha. Um dia, não tendo mais o que comer, a mãe pediu queJoão vendessem a vaquinha para que eles pudessemcomprar pão. Assim, o menino foi levar a vaquinha aomercado. No caminho, encontrou um açougueiro que lhepropôs trocar a vaca pôr uns grãos mágicos de feijão. João,achando que era uma grande oferta, acabou, aceitando. Quando ele chegou em casa, a mãe ficou furiosa com atroca que ele havia feito. Ela pegou os grãos de feijão ejogou-os pela janela. A mãe foi dormir chorando porque nãotinham o que comer. Na manha seguinte, João acordou bem cedo e com muitafome. Ficou espantado quando olhou pela janela: viu um péde feijão tão grande que chegava ao topo do céu. João, quegostava de aventuras, resolveu subir nele. Depois de subir pôr algumas horas, encontrou um casteloentre as nuvens. A porta do castelo estava aberta e eleresolveu entrar, dentro do castelo e encontrou um malvadogigante dormindo. Era mesmo gigante que tinha roubado o seu pai.Rapidamente, foi até a sala do castelo encontrou a harpamágica e a galinha dos ovos de ouro, quando João pegou aharpa e a galinha, esta começou a cacarejar e o gigantedespertou com o barulho. O gigante ainda conseguiu ver o menino fugindo, masele desceu mais depressa pelo pé de feijão. O gigante foi
  6. 6. atrás, mas como não tinha a mesma agilidade, não conseguiualcança-lo. Quando João desceu, pegou um machado e cortou áárvore. Á árvore caiu e o gigante levou um tombo muitogrande e com a queda, o gigante acabou morrendo. João contou a aventura para a mãe, que orgulhosa com acoragem do menino. De posse da harpa mágica e da galinha dos ovos deouro, João e sua mãe nunca mais sentiriam fome. E viveramfelizes para sempre.Moral da História – ‘’Esta história ensina-nos que acoragem e a persistência ajudam-nos a alcançar nossosobjetivos. ( Fonte – Clássicos Eternos das Virtudes)_________________________________________________ Atividades1_ Responda as perguntas de acordo com a história “João eo Pé de Feijão’’.a)- Quem são os personagens da história?b)- Quem gostava de esbanjar muito dinheiro?c)- O que a mãe de João pediu para ele vender?d)- Pôr que a mãe de João ficou brava e nevosa quando elechegou em casa sem a vaquinha? O que ele fez?e)- A mãe de João jogou fora os feijões, o que aconteceu nooutro dia?f)- Pôr onde João subiu e o que ele encontrou lá?g)- Qual foi a esperteza de João?h)- O que aconteceu com o gigante?i)- Qual foi o final a história? Qual a moral da história?j)- Você é uma pessoa persistente e corajosa, como o João ?Responda com suas palavras, dando sua opinião .Atenção – As respostas das perguntas acima, devem serrespondidas no caderno, de acordo com a letra de cadapergunta.
  7. 7. Educação Religiosa Tema – ‘’Honestidade’’ Texto – ‘’A Princesa e a Ervilha’’ Era uma vez um príncipe que queria muito se casar. Eleviajou para os mais diversos lugares em busca da noiva ideal,porem, todas que ele escolha possuíam algum defeito. O rapaz, desiludido, voltou para casa e disse que só secasaria quando encontrasse uma princesa de sanguerealmente puro, da mais alta nobreza. Uma noite, caia uma forte tempestade, quando alguémbateu á porta do palácio. Ao abrir os criados encontraramuma jovem toda molhada, com o cabelo desalinhado, asroupas grudadas ao corpo, os sapatos imundos... E ela aindadizia que era uma princesa... Com aquela aparência, ninguém acreditaria em talhistória. Mas a moca insistiu tanto que a rainha decidiu dar-lhe uma chance e pediu á criada que preparasse umaposento para hospedar a jovem.Ma a rainha era esperta e queria verificar a ‘’realeza’’ dajovem. Pôr isso, disse á criada que colocasse um grão deervilha sobre o colchão e , sobre ele outros dezenovecolchões. A moca achou muito estranho dormir numa pilha decolchões tão alta, porém não questionou, afinal, no estadoem que se encontrava, deveria agradecer a hospedagem. Elasubiu e deitou-se na pilha de colchões. Durante a noite, a moca tentou dormir, mas parecia quehavia algo na cama que a incomodava. Várias vezes elalevantou-se e procurou algo sobre o colchão, mas nadaencontrou. Na manhã seguinte, a moça levantou-se muito cansadadevido á noite mal dormida. Durante o café da manhã arainha quis saber se ela dormirá bem. A moça a desculpou-se
  8. 8. mas confessou que dormira muito mal, pois havia algo emsua cama que lhe incomodara durante toda a noite,machucando-lhe as costas. Todas tiveram certeza de que ajovem era realmente uma nobre princesa, pois apenas umapele tão delicada sentiria o incomodo daquele minúsculo grãode ervilha. Assim, o príncipe casou-se com a princesa e forammuito felizes.Moral da História – ‘’Esta história ensina-nos queimportante agir com honestidade _ falar a verdade_ e quenão devemos nos deixar levar pelas aparências, pois elaspodem enganar.” ( Fonte – Clássicos Eternos das Virtudes)_________________________________________________ ATIVIDADES1- Responda as perguntas abaixo de acordo com a história’’A Princesa e a Ervilha’’.a)- Quem são os personagens da história?b)- O que a história conta? Escreva o que ela conta.c)-Quem voltou para casa desiludido? Por que?d)- O que aconteceu durante á noite, quando caia uma fortechuva?e)-Quem estava a porta do palácio, toda maltrapilha?f)- O que a rainha decidiu fazer com a moca?g)- O que ocorreu durante a noite na cama da moca?h)-Quando perguntaram a ela se havia dormido bem o queela respondeu?i)- A que conclusão chegou a rainha?j)- Qual o final da história? Qual a moral da história?l)- Responda com suas palavras, você tem o hábito dereparar nas pessoas, levando em conta a aparência ou o queelas são no coração?Atenção- As respostas as perguntas devem serrespondidas no caderno
  9. 9. Educação Religiosa Tema – ‘’ Perdão’ Texto – ‘’Cachinhos Dourados’’ Era uma vez uma menina de cabelos louros eencaracolados chamada Cachinhos Dourados. Ela moravaem um bosque florido perto de uma enorme e misteriosafloresta, que despertava a curiosidade da menina.Certo dia, um coelho passou rápido perto dela e a meninasaiu correndo a persegui-lo, quando o animal pôr fim parou,ela percebeu que estava na floresta ato misteriosa, diante deuma casa construída entre as grosas raízes de um carvalhoantigo. -Que casinha graciosa! – Disse ela ao coelhinho - Vamos ver quem mora aí? Ao pôr a mão na maçaneta , a aporta abriu-se. - Ô de casa! _Disse curiosa. Mas não houve resposta. - Parece ser linda vá, os conhece-la? Havia sobre a mesa três tigelas cheias de mingau. Uma pequena, uma média, outra grande. - Hm... deve estar delicioso! Provou da tigela grande. - Argh! Esta muito salgado. O mingau da tigela média estava doce demais. Mas napequena, estava ótimo. E rápido, muito rápido, tomou todo omingau. Na sala encontrou três poltronas: A grande era muito alta,a média era muito dura e a pequena era perfeita para ela.Então, sentou-se de uma vez.. cras! Os quatros pésquebraram e ela foi ao chão toda assustada. - Oh!!! Só espero que o dono perdoe-me. No quarto havia três camas: Uma pequena, uma média euma grande.
  10. 10. A grande tinha colchão muito duro. A média o colchão eramuito mole. Já a pequena era macia, mas tão macia que,sem preocupar-se com quem poderia chegar, deitou-se edormiu profundamente, enquanto o coelho falava com umboneco de pelúcia. Á tarde, o três ursos que moravam na casa chegaram. - Que estranho! A porta está aberta .- Rugiu o papai urso. - Olha, mamãe! Comeram todo o meu mingau! Mamãe estranhou a casa toda desarrumada. – Bua! Também quebraram minha poltroninha. – Se eu pego quem fez isto. Ameaçou papai enquanto subia para o quarto. Papai urso ouviu desconfiado um ronco abafado, mas sorriu ao levantar o cobertor. -Oh! Que gracinha! - Brincou mamãe ursa. Cachinhos Dourados, muito assustada com os ursos, saltou da cama e fugiu descendo as escadas tão depressa que esqueceu os sapatos. O coelhinho, que estava junto com cachinhos dourados, também, saiu correndo. Já estava escuro quando cachinhos dourados encontrou sua mãe, que estava preocupada, e contou- lhe o que acontecera. - Bem, amanha poderá voltar-lá e desculpar-se. Cachinhos dourados foi perdoada e tornou-se amiga da família. Junto com o bebe urso podia conhecer, a cada dia , os segredos da misteriosa floresta.Moral da História - ‘’Esta história ensina-nos que operdão é muito importante para que possamos vivermelhor conosco e com os outros.”’ ( Fonte – Clássicos Eternos das Virtudes)
  11. 11. ATIVIDADES1)- Leia a história Cachinhos Dourados com atenção eresponda as perguntas abaixo, de acordo com a história.a)- Quem são os personagens da história?b)- Quem era a pessoa que tinha os cabelos louros? Comoela se chamava?c)- Onde cachinhos dourados foi parar quando seguiu ocoelho?d)- O que ela encontrou lá?e)- O que cachinhos dourados viu e fez dentro do local ondeencontrou?f)- Onde cachinhos dourados dormiu?g)- Quem era os donos da casa?h)- O que os donos da casa falaram quando viu cachinhosdourados dormindo em uma das camas?i)- Escreva qual é o final da história?j)- Qual é a lição de vida que a história cachinhos douradospassou para você?l)- Responda com suas palavras. Você saber perdoar um errode alguém?Atenção – Responda as perguntas acima no caderno.
  12. 12. EDUCAÇÃO RELIGIOSATema – “Amor” - Natal Texto –“ A pequena vendedora de Fósforos” Era uma vez, numa grande cidade, uma linda meninamuito pobre, que ganhava a vida vendendo caixas defósforos para ajudar o pai. Numa noite, véspera de natal, com a neve caindoabundantemente, a pequena vendedora vagava pelas ruasafundando seus pés descalços e roxos de frio. Nas mãosgeladas levava as caixinhas de fósforos. Dentro das casas aquecidas, as famílias cantavam ao pédas árvores de natal repletas de presentes. E o cheiro dosassados quentinhos espalhava-se pelas ruas. Ninguém queria comprar seus fósforos... muitocansada sentou-se em um canto e lembrou-se das bonitasfábulas que sua doce mãezinha contava-lhe enquanto a fazianinar em seus braços quentes. O frio aumentava. Com lágrimas nos olhos, olhou ascaixinhas de fósforos. Se acendesse apenas um paraaquecer as mãos, o pai talvez não notasse. Pegou um fósforo e riscou. Uma chaminha quente eluminosa brilhou. Para ela parecia o calor de um grandefogão de lenha bem ali perto. Pegou outro fósforo e riscou... diante dela surgiu umamesa posta com porcelanas e um delicioso peru assado,recheado com ameixas e maçãs, que exalava um cheiromaravilhoso. Quando estendeu a mão, a chama apagou-se etudo desapareceu. Só neve caía diante dela. Acendeu um terceiro fósforo. Agora parecia estarsentada junto a uma enorme árvore de natal, em quemilhares de bolas coloridas e estrelinhas cintilantes. De
  13. 13. repente, a chama tremeu, o fósforo apagou e tudodesapareceu. A menina riscou mais um fósforo e lembrou- se de suaavó, que sempre a tratara com ternura. Mas o fósforoapagou-se, e a imagem desfez-se. O frio aumentava, então,acendeu todos os fósforos que ainda restavam, e ,á suavolta, tudo brilhou. E seus olhos brilharam ao ver dois braços estendidosem sus direção. Quando acordou, estava em uma cama bemquentinha. Todos olhavam para ela com muito amor. Agora tinha uma família que a adotara. Naquele lar, oamos tinha acendido uma nova chama, que nunca iriaapagar.Moral da História – “Esta história ensina-nos que o amorpode aquecer nossa vida, tornando-a mais feliz.’’ ( Fonte – Clássicos Eternos das Virtudes)_________________________________________________ Atividades1)- Leia a história ‘’A Pequena Vendedora de Fósforos” eresponda as perguntas abaixo:a)- O que a história conta?b)- Quem é a principal personagem da história?c)- Em que época se passa a história?d)- O que a menina vendia?c)- Quando a menina caminhava pela rua o que ela via?e)- O que a vendedora de fósforos lembrou quando acendeuo primeiro fósforo, o segundo fósforo e os demais?f)- O que a menina viu quando tudo brilhou a sua volta?g)- O que ela ganhou de presente no natal?h)- Qual a moral a história?i)- Responda com suas palavras. Você acredita na forca doamor ao próximo?Atenção – Responda as perguntas no caderno.
  14. 14. EDUCAÇÃO RELIGIOSA Tema – Coragem Texto - Coragem é... A coragem é a firmeza de espirito diante de situaçõesde perigo, situações difíceis. O corajoso é aquele que nãodemostra ter medo, arrisca, ousa, é perseverante, pacientenão desanima nunca, não desiste e sempre acredita que épossível encontrar soluções para todo tipo de problema dodia-a-dia. O corajoso enfrenta seus próprios medos, insegurançase sempre alcança a vitória. Além disso, ele respeita a simesmo e aos outros, pois muitas vezes é a coragem que lhedá forcas para dizer” não” quando é necessário. Exemplos:é preciso coragem para dizes “não ás drogas ! É precisocoragem para perdoar àqueles que nos ofendem! ( Fonte – Livro – As Magias das Virtudes)_________________________________________________ ATIVIDADES1)- Responda as questões abaixo:a)- O que é coragem para você?b)- Você é uma pessoa corajosa? Explique?c)- Procure o significado no dicionário, das seguintespalavras: paciência, perseverança, insegurança.d)- Responda com suas palavras, dando sua opinião. Vocêsabe perdoar de coração as pessoas que lhe prejudicam?e)- Você é uma pessoa que age pôr inpluso ou procurapensar antes de agir? Explique com suas palavras.Atenção – Responda as perguntas no caderno.
  15. 15. EDUCAÇÃO RELIGIOSA Tema – Amor Texto – História - Bambi Mensagem da História “Amar é cuidar, respeitar e querer bem. Bambi amavatodos os animais da floresta e foi esse amor que lhe deuforca e coragem para enfrentar o incêndio e salvar seuamigo”. (Fonte - Virtudes e Atitudes – A arte de Conviver) Atividades1)- Responda as perguntas de acordo com o entendimentoda história ‘Bambi’’.a)- Quais são os personagens da história?b)- Quem era Bambi ?c)- Qual o local em que a história se passa?d)- O que a mãe de Bambi fez para salvar o filho?e)- O que Bambi descobriu ?f)- O que aconteceu na floresta que apavorou os animais?g)- Qual o título que Bambi recebeu do velho Cervo dafloresta? Pôr que?h) – Qual foi o final da história?i)- Qual a mensagem que a história passa para você?Atenção – Responda estas perguntas no caderno.
  16. 16. EDUCAÇÃO RELIGIOSA Tema - “Bondade” Texto – História –“ Branca de Neve” Mensagem da História“Bondoso é aquele que age com amor. Tem coraçãogeneroso e quer o bem para todos.” ( Fonte – Virtudes e Atitudes – A arte do Conviver) Atividades1)- Responda as perguntas de acordo com a historia “Brancade Neve”.a)- Quais os personagens da história?b)- Quem era Branca de Neve?c)- Qual o local onde se passa a história?d)- Branca de Neve tinha mãe ou madrasta?e)- Quem mandou matar Branca de Neve?f)- O caçador teve coragem de matar Branca de Neve?g)- Qual o local em que Branca de Neve foi se esconder?h)- Quem Branca de Neve encontrou e lhe ajudou?i)- Quem foi que lhe ofereceu uma maca?j)- Escreva o final da história?l)- Qual a mensagem em que a história passa para você?

×