Tabagismo cn

330 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
330
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tabagismo cn

  1. 1. • O tabagismo é caracterizado pela dependência física e psicológica do consumo de nicotina, substância presente no tabaco. • É considerado pela OMS a principal causa de morte evitável em todo o mundo. Estima-se que um terço da população mundial adulta, é fumante.
  2. 2. • Cerca de 80% dos fumadores inicia o consumo de tabaco antes dos 18 anos e o pico da iniciação nos países ocidentais, incluindo Portugal, ocorre entre os 11 e os 15 anos. • Começar a fumar nesta fase prejudica o processo de maturação dos pulmões e do sistema nervoso central.
  3. 3. • Os adolescentes que experimentam fumar nesta idade têm um risco elevado de se tornarem dependentes. Quanto mais cedo ocorrer a iniciação, maior será a dificuldade para deixar de fumar, mais longo será o percurso como fumador e piores serão os danos para a saúde.
  4. 4. • AMIGOS - Quando alguns amigos da turma ou não, fumarem, as probabilidade de ele/ela também começar a fumar multiplicam-se.
  5. 5. IRMÃOS- O mais velho já é fumador? Então o risco de o mais jovem fumar é enorme. 47%
  6. 6. • PAIS- Crescer num ambiente de tabagistas induz ao hábito. Para piorar, pesquisas mostram que a dependência química pode ser herdada.
  7. 7. • DESEMPENHO ESCOLAR - Os jovens que não têm boas notas na escola são os que começam mais cedo a fumar.
  8. 8. • Retarda o normal desenvolvimento de determinados processos inatos, designadamente os que envolvem funções elementares de órgãos vitais como os pulmões ou o sistema cardiovascular, podendo vir a causar sérias falhas de crescimento irrecuperáveis; • Acelera o envelhecimento da pele através da absorção de nutrientes que o corpo tem de consumir para compensar as perdas que acontecem na sequência do processamento que o organismo tem de fazer da nicotina ingerida ao longo do dia; • Tem efeitos muito nefastos no esmalte dos dentes, torna-os igualmente mais sensíveis e dá-lhes um tom amarelado, algo que tem notórios efeitos no aspecto estético da boca, não esquecendo o hálito desagradável que favorece. Mesmo com os cuidados adequados o tabaco irá contribuir para a deterioração dos dentes a médio e longo prazo.
  9. 9. • Os primeiros cigarros fumados têm consequências negativas para a saúde, bastam sete segundos para a nicotina atingir o cérebro, estimulando os neurónios. As complicações incluem: a ocorrência de vertigens, olhos a chorar, as mãos a tremer, os músculos tensos, enjoo, alteração no gosto e no cheiro, aumento da pressão sanguínea. • Investigações comprovam que fumar, mesmo que seja só um cigarro, pode trazer graves consequências para a “saúde do seu coração”, podendo, inclusivamente, resultar numa diminuição da capacidade respiratória. Fumar, mesmo que seja apenas um cigarro, pode provocar uma mudança na função principal de bombeamento do coração.
  10. 10. • As consequências do tabagismo não surgem imediatamente. Uma pessoa pode continuar a fumar ignorando completamente o mal que está a provocar ao seu corpo. • Muitas vezes, as vítimas da dependência do tabaco vêem o seu vício como “prazer”. Mas estas pessoas não se apercebem que o hábito de fumar está a danificar o seu organismo lentamente. • Muitos estudos desenvolvidos até o momento evidenciam sempre o mesmo: o consumo de derivados do tabaco causa quase 50 doenças diferentes, principalmente doenças cardiovasculares (enfarte, angina, AVC), cancro e doenças respiratórias obstrutivas crónicas (enfisema e bronquite).
  11. 11. • Alem disso, estudos mostram que o tabagismo é responsável por: • Impotência sexual no homem; • Complicações durante a gravidez; • Aneurismas arteriais; • Ulcera no aparelho digestivo;
  12. 12. • Infeções respiratórias; • Trombose vascular
  13. 13. • O tabagismo é a principal causa de cancro, sendo responsável por mais de 30% das mortes por cancro. O risco de cancro aumenta em todos os órgãos do corpo por onde o tabaco passa até chegar aos pulmões e no seu caminho de eliminação do organismo e ainda noutros órgãos intermédios. • 90% dos cancros do pulmão são por causa do tabagismo.
  14. 14. • Os cigarros eletrónicos são a nova aposta do mercado direcionado aos fumadores. Têm como objetivo ajudarem a combater um dos grandes vícios da atualidade – o tabaco; • Os cigarros eletrónicos surgem como uma alternativa mais económica e saudável.
  15. 15. • O cigarro eletrónico é um dispositivo atomizador não inflamável, que transforma a nicotina líquida em vapor, aquecendo-a numa câmara atomizadora e permitindo, depois, que seja aspirada pelo fumador. • Esta opção possibilita que o utilizador possa satisfazer o seu desejo instantâneo de nicotina de uma forma mais saudável e segura e, ao mesmo tempo, permite não estar sujeito a políticas restritivas de fumo em determinados locais.
  16. 16. • Por cada cigarro que fumamos perdemos em média 8 minutos de vida. • No total, um homem fumador está a arriscar perder cerca de 13 anos de vida, enquanto uma mulher perde cerca de 15 anos de vida. • O tabagismo é responsável por mais de 8000 mortes em Portugal, das quais cerca de 4000 por doenças cardiovasculares, 2000 por cancro do pulmão e as restantes por enfisema do pulmão e cancro noutros órgãos.

×