Discbas 2-vida

186 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
186
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Discbas 2-vida

  1. 1. A COMUNIDADE DA VIDA SOBREVOANDO O TEXTOO Novo Nascimento: João 3.5,6,31; João 3.16; 5.24; 10.10; 11.25; 14.6; 20.30,31;1João 5.11,12O Novo Homem: Romanos 8.28-30; 1Coríntios 15.42-49; 2Coríntios 3.18; 5.17;Gálatas 4.19; Efésios 4.11-13; Colossenses 1.28,29; 2Pedro 1.4A Nova Vida: 1Pedro 1.13-16; 2Coríntios 7.1; 1Tessalonicenses 4.1-8; 5.23; Hebreus12.14; Romanos 6.1-14; Filipenses 2.12,13; Colossenses 3.1-5 ILUMINANDO A PISTA1. O que é necessário para que uma pessoa participe do reino de Deus? (João 3.3-6) __________________________________________________________________ __________________________________________________________________ __________________________________________________________________2. Como pode uma pessoa nascer duas vezes? (João 3.16) __________________________________________________________________ __________________________________________________________________ __________________________________________________________________3. Quais são as duas dimensões básicas de vida? (1Coríntios 15.42-49) __________________________________________________________________ __________________________________________________________________ __________________________________________________________________4. Qual é o principal propósito de Deus para a vida de um cristão? (Romanos 8.28- 30) __________________________________________________________________ __________________________________________________________________ __________________________________________________________________5. Qual é o padrão de integridade para a vida cristã? (1Pedro 1.13-16) __________________________________________________________________ __________________________________________________________________ __________________________________________________________________
  2. 2. ATERRISSANDO NA PALAVRA1. O NOVO NASCIMENTOA conversão é o ato voluntário do ser humano que se rende a Cristo. O novonascimento é obra exclusiva de Deus, pois quem nasce de novo, nasce de cima, doalto, do Espírito Santo de Deus (João 3.5,6,31). A mensagem mais elementar doEvangelho deixa claro que a salvação que recebemos de Deus é a vida eterna: porqueDeus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho Unigênito para que todo o quenele crer não pereça, mas tenha a vida eterna ... E este é o testemunho: Deus nosdeu a vida eterna, e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho, tem a vida; quemnão tem o Filho de Deus, não tem a vida (João 3.16; 5.24; 10.10; 11.25; 14.6;20.30,31; 1João 5.11,12). Muitas pessoas pensam na vida eterna como pós vida ouvida depois da morte, mas como vemos, a Bíblia ensina que a comunhão com Jesusnos dá acesso imediato à vida de Deus.Os gregos usavam duas palavras para se referir à vida: bios, de onde derivamosnossa palavra em português que diz respeito à vida natural, compartilhada por todosos seres vivos, e zoé, a vida espiritual, própria de Deus. Quando Jesus disse que eranecessário nascer de novo para que se pudesse entrar no reino de Deus, Ele estava sereferindo a este acesso à vida zoé, vida de Deus. O primeiro nascimento é biológico, osegundo, espiritual. Este novo nascimento espiritual acontece quando uma pessoa sereconcilia com Deus através de sua fé em Jesus (João 3.16).Ser cristão, portanto, não é apenas uma questão de crenças e perdão para pecados,mas a transformação pessoal, mediante a conversão e o novo nascimento, que nosdão acesso à experiência da vida eterna, que o apóstolo Pedro chama de “participar danatureza divina” (2Pedro 1.4). A salvação em Cristo, portanto, é essencialmente umtipo de relacionamento com Deus no qual o Espírito Santo nos possibilita experimentarmais e mais a vida abundante que há em Jesus.2. O NOVO HOMEMDeus está construindo uma nova humanidade a partir de Jesus Cristo (1Coríntios15.42-49), de modo que o cristão não é apenas uma pessoa que tem seus pecadosperdoados, mas fundamentalmente uma nova criatura, ou nova criação de Deus, umnovo homem (2Coríntios 5.17). Cristão quer dizer “pequeno Cristo”. Nada maisverdadeiro para descrever alguém que experimentou o novo nascimento e agora vivepredestinado a tornar-se semelhante a Jesus Cristo (Romanos 8.28-30; 2Coríntios3.18; Gálatas 4.19; Efésios 4.11-13; Colossenses 1.28,29).Este novo homem ou nova humanidade não diz respeito apenas ao cristãoindividualmente, mas também aos cristãos em unidade com Cristo. Este novo homemé, por assim dizer, um homem coletivo, pois a Bíblia chama a igreja de corpo deCristo, como se Cristo e os cristãos formassem um homem, ou uma nova humanidade(Efésios 2.11-22; 1Coríntios 12.12,13). 2
  3. 3. 3. A NOVA VIDAO processo de transformação pessoal até nos tornarmos semelhantes a Cristo échamado de santificação. Uma vez identificados com Cristo em sua morte eressurreição, somos desafiados por Deus a andar em novidade de vida (Romanos 6.3).Esta nova vida em Cristo possui o padrão do caráter de Deus, e portanto deve seruma vida santa (1Pedro 1.13-16). Uma vida santa é totalmente dedicada a Deus emobediência, pureza e serviço (2Coríntios 7.1; 1Tessalonicenses 4.1-8; 5.23; Hebreus12.14).Este processo de santificação pode ser melhor compreendido com duas expressões:POSIÇÃO e CONDIÇÃO. Em termos de nossa POSIÇÃO, conforme já verificamos, nóscristãos estamos em Cristo, e compartilhamos de sua vida divina, mas em termos denossa CONDIÇÃO, devemos agir diligentemente para nos apropriarmos eexperimentarmos todas as riquezas espirituais que já são nossas em Cristo (Efésios1.3; 1João 3.2). Leia os textos bíblicos indicados (Romanos 6.1-14; Filipenses2.12,13; Colossenses 3.1-5) e observe o quadro a seguir.POSIÇÃO CONDIÇÃOMorto com Cristo e vivo para Deus Fazendo morrer a natureza terrenaLivre da escravidão do pecado Oferecendo o corpo como escravo da justiçaDeus opera em vós Desenvolvei a vossa salvaçãoCristo vos libertou Permanecei livresCONCLUSÃOA vida cristã não se explica por um conjunto de doutrinas e procedimentos morais,mas sim pelo relacionamento dinâmico com Cristo, sob a ação do Espírito Santo, quenaturalmente resulta em um estilo de vida que reflete o caráter e a natureza de Deus.Por esta razão Jesus iniciou o Sermão do Monte, que descreve a ética do reino deDeus, descrevendo as pessoas bem-aventuradas, para mostrar que somente pessoastransformadas de dentro para fora podem viver de acordo com os padrões de Deus.Nesse caso, a essência da vida cristã está baseada no novo nascimento, que dáorigem ao novo homem que é capaz de experimentar uma nova vida. PONDO OS PÉS NO CHÃO1. Aliste os princípios fundamentais que você descobriu ou reafirmou através deste estudo da palavra de Deus.2. Compartilhe suas respostas pessoais da fase Iluminando a pista.3. Qual a diferença essencial entre um cristão e um não cristão?4. Qual a diferença entre a VIDA BIOS e a VIDA ZOÉ?5. O que você entende por NOVO HOMEM COLETIVO, e de que maneira isso afeta a sua vida?6. O que significa ser santo?7. Quais as implicações práticas dos conceitos POSIÇÃO e CONDIÇÃO em Cristo?8. Escreva uma oração que sintetize sua experiência estudando A Comunidade da Vida. 3

×