Brava Eco News - Ed 001

357 visualizações

Publicada em

O Grupo Brava Beach lançou o Brava Eco News, um jornal informativo destinado especialmente aos moradores, visitantes e amantes da Praia Brava, de Itajaí (SC).
A construtora e incorporadora desenvolveu a publicação com o objetivo de levar conhecimento, entretenimento e cultura à comunidade em geral, contribuindo com o desenvolvimento da região e criando maior proximidade com os frequentadores da praia.
Temas como histórias do bairro, informações sobre o ecossistema, programas socioambientais do Grupo e uma sessão divertida com dicas e jogos são contemplados no material. Com 16 páginas, o jornal foi impresso em material reciclado com gramatura elevada, aumentando o tempo de vida. Na contracapa, há uma sessão onde o público pode participar da galeria de belas imagens registradas na praia.
Para aqueles pouco familiarizados com o Grupo Brava Beach, a empresa é responsável pelos empreendimentos Brava Beach Internacional e Mirage Residence, sendo a primeira construtora de alto padrão a se instalar de forma regular e sustentável na Praia Brava. Assim, com o material, a intenção é também mostrar ao público os benefícios e melhorias que a empresa busca trazer para o bairro e para a região. Alguns destaques são a construção do Boulevard em 2013 – espaço de lazer aberto ao público que já se tornou um ponto turístico na região – e recentemente a instalação de um ponto de ônibus ecológico próximo ao Brava Beach Internacional.
De periodicidade semestral, o Brava Eco News tem essa missão, de levar ao conhecimento de todos informações relevantes sobre a região. Além da distribuição na Mostra Ambiental o jornal também está disponível em estabelecimentos comerciais da Praia Brava.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
357
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Brava Eco News - Ed 001

  1. 1. a; ÍMIXZÀÁ- -; _1< J 'JA í; àó a u 1 Edição 001 NOVIDADES pg', mui_ PRIAIA. BRAVA. GA . I IIIARA . IJMA BECERVÀI. IIATIJRAIL Á RPPN (Reserva Particular do Patrimônio ÍVaturzzl) sera' imp/ arntzzrla pelo Grupo Brava Beac/ i em, 2016. O espaço contará com trilha pela área verde, mirante para visita/ mio pública! e ira sediar um Centro de Estudos I _i ~ a L' _ . , ' _ VEIO AMBIENTE SOLIDARIEDADE SEMANA TERA . » -. -_ CAMPANHA DO * A PROGRAMAÇÃO ' ' 4:¡ AGASALHO SEGUE *= “ . - v ESPECIAL E_ 7 ~ ' ATE AGOSTO . Í Com o Dia . Mundial do . VÍeio Ámbienle f «- QJ/ ,Í _É Praia Brava possui um ponto de a u comemorado no dia . í zZejun/ io e Itajaí de V -_ J' '. W ~ ' arreeazlzicâo de roupas, cobertores e _ aniversario no 111a 15, semana contará com calçados na Central de lendas do _, diversas atividades. .Woxtra organizada pela Grupo Brava Beac/ I, O HZYJBWZO inicia Hnnai no Centreventos tera' participação de o/ irialmente em 21 dejun/ zo e as doações MHPTFAYIA' parceiras ocorrerão durante toda a estação
  2. 2. p, i Brava Eco New L: FALA IRA DO DIRETOR ------------------------------------------------------- -- BRAVA ECO NEWS TRAZ A COMUNIDADE MAIS INFORMAÇAO SOBRE A PRAIA BRAVA Na semana em que comemoramos o Dia lWundial do Meio r . Ambiente, o de _junho, o Grupo Brava Beach tem a satisfação de lançar o Brava Eco News, um _jornal informativo destinado especialmente aos Inoradores, visitamos e amantes da Praia Brava. A (tonstrutora e Incorporadora (lesenvolveu esta publicação com o objetivo de levar Conhecimento, entretenimento e Cultura à comunidade em geral, (tontribiiiiido com o de : nvolviiiieiito da região e ctriando Inaior proximidade com os frequentadores da praia. você CIICOIIÍTHF ia, histórias do stema da regiao e muito ma' 2 A cada edição do Brava lico Nen', cturiosidzides a respeito desta encantadora pi bairro, informações sobre o ee Além d" "o, traremos notícias do Grupo que po' mi intere. r aos leitores, como programas sociais, ambientais e ações de envolvimento que contain com a participação de no Os Colaboradores e da comunidade. Ainda, para entreter e (leseontrair, selecionamos sugestões de filmes, livros, dicas de saúde, decoração criativa e culinária. Para aqueles pouco lIlII1lll2l1'lZa(l()S com o Grupo Brava Beach, nossa empresa e responsável pelos (rnipreentliinentos Brava Beach Internacional e Mirage Residence, sendo a primeira Construtora de alto padrão a se instalar de forma regular e sustentável na Praia Brax a. Assim, com este inateriail, nossa intenção é tznnbém mostrar a você todos os benefícios e melhorias que buscamos trazer para O bairro e para a região. Alguns destaques são a construção do Boulevard em 2013 r espaço de lazer aberto ao publico que _já se tornou inn ponto turístico na região - e recentemente a instalação de um ponto de ônibus ecológico próximo ao Brava Beach Internacional. Alem destes, temos projetos futuros como a implantação da Reserva Natural Praia Brava e Centro de Estudos Ambientais que serão inaugurados em 2016. Estes espaços serão de grande importãiicizi para a região e trarão uma forma inovadora e criativa de estudar a natureza de maneira integrada. Em conjunto (tom a Reserva e o Centro, também será c iado um Parque Linear zirborizado que promete ser mais um ponto turístico no bairro. Sabemos que o desenvolvimento urbano de qualquer região é natural e esperado. Quantlo feito de maneira correta, plancgjatla e responsavel, pode zigregar, e muito, eiIi toda a infraestrutura e valorização do local, eontribiiintlo para o bem-ttstai' tanto dos moradores quanto dos visitantes. Nosso objetivo é contribuir para a criação de um bairro residencial e turístico, com movimentação econômica e uma gama de serviços e produtos e1Ii expansão. A tendência é que a realidadt: local Inelliore a (tada dia, e nos a sim como você, estamos fazendo parte desta evolução e liistóri Esperamos que goste do material que preparamos! Boa leitura. . IIaar/ 'eio Busato Seoz, diretor gera¡ do Grupo Brava Beach rERIAnoS E PRINCIPAIS DATAS COM EMORATIVAS no SEGUNDO SEMESTRE DE 201: ----------------------------------------------- -- JUNHO OUTUBRO Corpus Christi 04/06 Dia Inu i n' nal da 'Terceira Idade Dia llundial do lleio Ambiente ALE/ UI; . Dia da Imunização 09/06 Dia Nlundizil dos Animais Dia dos Namorados IQ/ Uh Dia da Criança I)ia Mundial do Dosidoi' de Sangue 11/017' I)ia do Protcssoi' . Anixers/ IIII) de Iniiaí lJ/ Uo' Dia Iundial da . Aliiiieiitiição Inicio do lll('l'Il() QI / Uti Dia Nacional do I, i ro Dia llL' Sao _lnão 21/01; Dia das Bruxas - I lallrmceii JULHO NOVEMBRO Dia do Amigo e da Amizade *.70 “UT Dia de FÍYHidOS Dia da Vovó ggç/ (n Dia do (Íinema Brasileiro AGOSTO Dia Nacional da Altaliet I)ia Nacional da Saúde 0.3/ Uh” liImlamaçal' da , RepVlÍhça , Dm dos PMS (MAM Dia Nacional da (onseiciicia Negra m. (lt) (loiiilwitc a_ L7!) m 3:3: §¡: 'II: ;¡; ¡;1' íífãí'›*lfl“_'_'êlfl'_q SETEMBRO “ ' “ * “ ' ' Inicio da Semana da Iiiítria (HI/ US) _ Independência do Brasil 07/09 Dia da Iiuçta contra a AIDS Dia lnuzrnaciniiiil da Allalielixacão ns/ os) mflfll' ('“““Êll' li^llulml l)lil th) (lllCIIÍC 15/05) “mim d” l (Tlm Início da Primax 213/09 Natal Dia Nacional do 'Fransito iii/ US) Rm “no” ni/ io AVI/ IU oii io 12/10 17,' io 1o/ io 25)/ io : zi/ Io 02/11 U5/ll II/ ii 15/11 20/II ea/ II ZS/ ll l” / ' U AGRADECIMENTO oo/ I E 22/12 O Grupo Brava Beacl 'ap' 'iKlLLL' ao protessrwi* Marcus Polette 25/12 pela sua rica contribui io no coiiteudi) Llestt- Inaterial. 3 l/ IQ Expediente: O Brava Eco News e uma iniciatiui do Brava Beach Internacional_ CNPJ 10.7-1102 'oooi-To, Av k : se lWedciros, lsm, Praia Brava_ Imjaí, s( _ CEP ssauvi-u( ILZ. Cmsrtlena (jrupo Brava Beach. Conteúdo: Ariana Russi Deschaiiips_ . Varens Pcdettc* e X viane Olandciski. I)iagraIIiziçãr› e Projeto Grafico: Fator+ Comunit-ag-acx Tiragem: 1.000 Iniizlzules, Telelonc: +7, . arlvittoloi.
  3. 3. HISTÓRIAS e ESTÓRIAS DA PRAIA BRAVA ------------------------- -- saum 'Qomáilam 3 | É A ESTRADA DO TURISMO Conheça um pouco ? nel/ zur sobre a história da Praia Brava e entenda o difícil avesso a regado no século passado. l ' '. -” _ y F _ff_ -YT/ l / i _l V' f , I A e, y i . i 'i - A _- J Z e "i / . hum-Brum» . Jbqülnílq, wümntw-ihulntgwtç. xnunilínrthnih- EE¡ Nesta sessão iremos apresentar um pouco das histórias e estórias deste Ioairro que desperta tanta atenção, polêmica e amor dos seus moradores: Praia Brava, Este e, sem tlúvidas, um lugar especial. O bairro é também chamado de Balneário de Santa (Ílara, e está localizado na porção sudoeste de Itajaí. A Praia Brava tem como limites o Oceano Atlântico ao leste, a IIIorraria da Ressacada ao oeste, o IIIunicípio de Balneário (Íamborifi ao sul e os bairros de Cabeçudzis e Fazenda ao norte. A praia possui cerca de três quilômetros, sendo limitada ao norte pelo Promontório do Canto do Morcego e ao sul pelo ribeirão Aririhá, que faz o limite com o Inunittípit) de Balneário Camboriú. A Praia Brava possui singularidades hein interessantes. O ribeirão Lagoa do Cassino, por exemplo, divide a Praia Brava em duas porções. A porção sul, chamada Praia dos Amores, em intenso processo de ocupação urbana, é a porção do bairro que experimenta o maior processo de (ÍOIIUFbaÇãO em relação ao Iminicípio de Balneário Camboriu. Na porção central localiza-se um importante fragmento de Mata Atlântica num morro isolado, e ao norte está o encantador Canto do Morcego. algumas A ocupação da Praia Rrava reInonta a ligação de Itajaí com Balneário Camboriú. Desde a década de 19x30, haviam sido implantados no bairro alguns loteamentos, como o Vila Íris e o Jardim (Íopacabana, entre outros. No entanto, cabe destacar que o fator indutor de nlesenvolvimento do bairro de Santa Clara foi a rodovia Osvaldo Reis, que faz a ligação entre Itajai' e Balneário Camboriú. A historiadora Gloria Alejandra Guarnizo Luna relata na sua obra: As ondas e o tempo, uma análise sobre a transformação de um território Praia Brava, (1970 r 2003), Itajaí, SC, uma iIIIportante Iiarração acerca da formação da Praia Brava. Provavelmente um dos únicos documentos sobre o tema. O historiador Isaque Borba Correia, por exemplo, tanIbéIII i iJ 1l| , _d _f j/ w › '~' m' t¡ relata que nos anos de [920, a população da região se tleslocavzi através dos chamados “picadões de ttargnsriro", e que a Estrada Geral (atual Osvaldo Reis) foi aberta graças ao Coronel Benjamin Vieira, superintendente do IIIuIIicípio de Camboriú. Na epoca havia uma tliscussão se esta estrada deveria ser feita onde hoje é a BR-101 ou se seria construída na Praia Brava. Segundo o historiador, a decisão de abrir a estrada na região da Praia Brava ocorreu em função do custo da obra, pois para executar a outra opção seria IIecessária a construção de inúmeras pontes. No entanto, a obra era fundamental, pois o Inunicípio de Camboriú necessitava de um melhor acesso para escoar a sua produção para o Porto de Itajaí. De acordo com a historiadora Gloria, a Estrada Geral foi estratégica para que Balneário de Camboriú passasse a receber os primeiros turistas, principalmente os teutobrasileiros que vinlIanI do Vale do Itajaí em busca do contato com o IIIar. Balneário (Íamborifi passou a ser IHUIIÍCÍPÍO em 1964, mas somente na década de 1970 a Estrada Geral foi denominada pela Prefeitura de Itajaí como “Estrada do 'l'urismo". Na epoca esta ainda era de (lifícil acesso, o que fazia com que os IIIoradores da Praia Brava tivessem que dispor de um dia inteiro somente para ir ao Centro de ItaJaí, Morar na Praia Brava era como morar num sítio, um lugar longe de tudo. A Estrada Geral era de difícil tráfego até início da decada de 1970. Subir o Inorro cortado era uma tarefa complicada. O caminho estreito do morro era cortado como uma serpentina. A curva existente no topo do morro era fechada e até denominada de curva do anzol. Depois de passar por esta, (thegar na praia Brava era uma descida sinuosa até a planície. O caminho longo e quase impossível para o trafego de carros, era caminho rapido na epoca para cavalos, uma das formas para se chegar à cidade.
  4. 4. PRAIA BRAVA ----------------------------------------------------------------------- -- (E 1) Brava Eco News 2 O PROJETO ORLA NA PRAIA BRAVA Em Itajaí o projeto visa guiar o rlesenvolvimerzto do município_ focando na (liversiríarle dos setores Costeiros O Projeto de Gestão Integrada da Orla Marítima (Projeto Orla) e uma ação conjunta entre o Ministerio do Meio Ambiente - MMA e o Ministerio do Planejamento, Orçamento e Gestão, no âmbito da sua Secretaria do Patrimônio da União (SPLI). As zições do Projeto Orla buscaIn o (Irdenamento dos espaços Iitorâneos sob donIínio da União, aproximando as políticas ambiental e patrimonial, com anIpla articulação entre as três esferas de governo e a sociedade. Os seus objetivos estão baseados no desenvolvimento de Inecanismos de particp' , ao e controle social para sua gestão integrada e na valorização de ações inovadoras de gestão voltadas ao uso sustentável dos recursos naturais e da ottupação dos espaços litorâneos. Os limites considerados para o Projeto Orla em todo o território brasileiro são: .50 Inetros para as áreas urbanizadas e 200 metros pa 'a ártras não-urhariizadas a partir do fiIIal da praia ou das dunas frontais. Itajaí realizou dois Projetos Orla. O priIIIeiro em 20015 foi realizado apenas na praia Brava e buscava responder a uma série de desafios, tais como a jiroteçtão dos ecossistemas, o desenvolvimento ordenado e a IIIetIiação de interesses existentes a fim de construir um pleno processo de governança. Com ações daquele Inomento foi possível restaurar o campo de dunas da Praia Brava. Em 2()1 1 foi realizada uma nova versão do Projeto Orla, na qual foi feito o diagnóstico e planejamento de toda a orla do nIuIIicipio de Itajaí. O processo contou com a presença de 65 diferentes instituições do Inunicíjiit), o que LIeu legitimidade ao Inesmo nas suas tomadas de (Iecisão. LIMITE PARA ORLA NÃO URÉANIZADA 200m LIMITE PARA ORLA 5 URBANIZADA 50m Os principais itens considerados para a gestão do Projeto Orla em Itajaí são o turismo (esporte e lazer, IIIariIIas e portos de recreio, entre outros), a Iiormatizacgão da orla (uso da faixa de areia no veraneio, fiscalização e IIIoIIitoraIIIento, etc), meio aIIIbieIIte (recuperação de zireas degradadas, ambiental, paisagismo), infraestrutura (passeios públicos, rede Ltoletorzi de esgoto, LIrenageIII) e Iirbanização (critérios de uso e ocupação do solo). O Projeto Orla de Itajaí se constitui de um plano que visa guiar o desenvolvimeIIto do IIIuIIicipio de forma definitiva, tendo como foco a heterogeneidade dos setores costeiros do IIIUDICÍPIO. Optou-se pela valoriz' ção da paisagem, dos atrativos turísticos e da proteção física da orla de forma Inadurzi e consciente, tendo também como base a realidade atual e possível do IIIuIIicIpio ttconomicamente mais rico de Santa Catarina. O tlesafit) de superar as injustiças sociais, manter a conservação da orla e tlesenvolver trechos dentro dos limites possíveis da sua resiliência, são Lionsiderados elementos fundamentais a fim de procurar a valorização do convívio e respeito IIIútIIo entre os diferentes interessados. Cabe tlestacai' que o Projeto Orla possui um Comitê Gestor, que e um (ârgãt) colegiado que deverá colocar em prática as ações e Inedidas Iiecessárias ao equacionamentz) e/ ou Initigaçãt) dos mesmos. esperado ainda que sejam estabelecidas estrategias para a implemeIItação e legitimação, seguidas pela tlesttrição da sistemática de acompanhamento, avaliação e revisão do plano independente do período e ciclos políticos existentes. Y P' DUNA FRONTAL OU FINAL DE PRAIA ISÓBATA DE 10m i TERRENOS DE MARINHA (33m) FAIXA EMERSA ÁGUAS LITORÂNEAS ADJACENTES
  5. 5. IB mw Íikoloáilawci 5 ECOSSISTEMAS DA PRAIA BRAVA: RIBEIRÃO LAGOA DO CASSINO / ÍJÊIHZOAVI lograr loail/ zzzzla ao (Ímtrr) da praiaftzz a nítida divixiit) entre i1 Bram¡ ÍVorte o Sul ? niniuzílag-: :ai-i. Í- ; numa . Localizado na porção (tentral da praia Brava, o Ribeirão Lagoa do Cassino divide nitidamente duas areas distintas. O setor siil, onde a planície costeira e mais expressiva, foi historicamente ocupado de fiorma espontânea, permitindo uma ocupação maior. .lã o setor norte, isolado, tem seu 'acesso prefiereiittial pela praia de (Íabeçiudas. O ribeirão constitui o eixo principal da mais importante bacia hitlrografiea deste setor costeiro. Suas nascentes estão localizadas há cerca de 2.300 metros da sua foz, nas morrarizis cobertas de Mata Atlântica. O ribeirão Lagozi do CL sino tem Lim interessante fiincionamtsntc). Nos meses de maior precipitaçúão, suas zígiias correm livremente por Lima pequena barra formando uni tliininutt) estuário em tlireção ao mai'. Nos meses mais secos, a barra se fecha e o ribeirão ganha Lim zispecto de lagoa. Este processo secular levou a Lima impressionante riqueza da sua flora. Ao longo do ribeirão persiste Lim importante CUILiULIÍO de ecossistemas, tais como liikliiglltV/ àl, marisnia, restiiigzi e mata ciliar. O ribeirão Lagoa do Cassino recebeu esta denominação (levido a Lima antiga casa de _jogos localizada ao lado da lagoa. (Íonstruidzi na Llecatla de 19:30, o ('21. 'ino tambem fLincionoLi como hotel, espaço para festas e casa de _jogos fíiiiiilieires para a elite da região. ¡, A edificação, que se encontrava em visível estado de zibandont) a ação do tempo, foi demolida em 200k. Atualmente são inúmeros os problemas existentes ao longo do ribeirão. Mas os mais importantes e 'tão relacionados à poluiçtãci por esgotos, tlesmzitamcánlo e Llescarzitticsriy' ão do curso tbágua. Neste sentido, passam a ser fiintlamtrntais açtôtrs para l ertei* os problemas existentes por meio da ficalizaçtao e nionitoraiiieiitt) da sua qllali(líl(l(f ambiental. Fiintlzniiental também e sua conservação por meio da delimitação da faixa de proteção legal de 30 metros. Outra importante zição esta em transformar o Ribeirão Lagoa do (Ía. sino em Lima [Inidadcs de (Íonservaçtão inunicipiil e o que pode levar a região a uma importante área não zipenzis a ser Ltonservada, mas tambem Lim elemento paisagístico que pode tornar a Praia Brava Lim lugar ainda mais espe il. Importante ctonsitlerai" que zitualmente o Ribeirão Lagoa do Cassino fiinttioiia Ltomo Lima barreira entre o sLil e o norte da praia Brava, quanto ao fluxo de veículos, devendo assim COIIÚIIIIAI'. Uma ponte para pesdestres e ciclistas pode ser uma opção para a mobilidade* na região. No entanto, a medida deve ser objeto de zinalise de biólogos, oceziiiógi'afí›s, engenheiros, zirquitetos e Lirbanistzis para sua execução. . *t . l K i I . "ii (lz/
  6. 6. PRliSliliY. -(_Í-i() ANIRlIiÍVlÍÀl. --------------------------------------------- -- GRUPO BRAVA BEACH CRIARÁ A RESERVA NATURAL PRAIA BRAVA É», v Brava Eco News 6 L¡ A RPPN wi ser implantada no setor central da Praia o lerá acesso aberto ao público Criado no ano de 2000, o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) se constitui em um conjunto de Unidades de Conservação (UC) federais, estaduais e municipais com o objetivo de contribuir para a conservação da natureza e valorizar econômica e socialmente a diversidade bioló rica assim como favorecer à, y condi , ões a fim de womover a educa , ão a inter ›reta ão ambiental . c a recreação em contato com a natureza. A visão estratégica que o SNUC oferece aos tomadores de decisão possibilita que estes possam gerar renda, emprego, desenvolvimento e uma efetiva melhora na qualidade de vida das populações locais. Dentre as categorias de Unidades de COHSCYWIÇÊLO estão as de Proteção Integral, que tem como objetivos a preservação da natureza e a realização de pesquisas científicas. Neste caso, só é permitido o uso indireto dos recursos naturais, oLi seja, apenas a utilização que não envolva Consumo, coleta, dano ou destruição destes recursos. proibida a visitação pública, exceto se for com objetivo educacional, conforme definir o Plano de Manejo ou regulamento específico desta categoria de Unidade de Conservação. Já as Unidades de Conservação de uso sustentável permitem certo grau de ocupação humana, com atributos bióticos, abióticos, estéticos ou culturais importantes para a qualidade de vida e o bem-estar das populações humanas, neste contexto está a Reserva Particular do Patrimônio Natural r RPPN, Esta é Lima categoria de Unidade de Conservação particular criada em área privada por ato voluntário do proprietário. Ela possui cziráter perpétuo e é instituída pelo poder público. As RPPNs assumem, cada vez mais, objetivos de proteção de recursos hídricos, manejo de recursos naturais, desenvolvimento de pesquisas científicas, manutenção de equilíbrios climáticos, ecológicos, entre vários outros serviços ambientais. O mecanismo de reconhecimento de Unidades de Conservação particulares, possibilita Lim aumento de áreas protegidas e colabora para a constituição de corredores ecológicos e, consequente, aumento da conectividade da paisagem, estratégia importante não apenas na conservação da biodiversidade, mas na manutenção de condições ambientais e microcliináticas adequadas. A espontaneidade na criação de RPPNs possibilita que elas se dispersem por locais estratégicos c ecos. stcinas ameaçados. O Brasil conta atualmente com centenas de Reservas Particulares do Patrimônio Natural que, juntas, somam quase 480 mil hectares. O número pode até ser tímido, mas a meta do governo brasileiro é ampliar o número dessas reservas cuja característica principal é a sensibilização do cidadão comum para a conservação de parte da biodiversidade existente em sua propriedade particular. Com o intuido de conservar um fragmento isolado de Mata Atlântica, o Grupo Brava Beach está implementando a segunda RPPN na Praia Brava Localizada na bacia hidrográfica dos ribeirões Cassino da Lagoa e Ariribá, será Lima importante referência para programas e projetos de educação ambiental na região. Esta contará com Lim Centro de Estudos Ambientais de referência, trilhas ecológicas, mirante e um Parque Linear Urbano com áreas exclusivas para bicicletas. A outra RPPN existente na região é a Aroeira Vermelha, localizada no setor norte da Praia Brava A nova RPPN, batizada de Reserva Natural Praia Brava, com aproximadamente 60.000 m2, pa a ser uma importante iniciativa a fim de estreitar e tornar ainda mais profundos os laços afetivos e de pertencimento dos proprietários com suas terras. Uma forma de diversificar as diretrizes de gestão ambiental e o envolvimento comunitario em escala local e regional. É Lima maneira de conservar, desenvolvendo atividades de educação ambiental e pesquisas com a participação da Liniversidade, escolas municipais, estaduais e privadas, além das 'sociaçôes de moradores da região.
  7. 7. É ; hmm Íittmáltavw 7 | PRAIA BRAVA CONTARÁ COM UM CENTRO DE ESTUDOS AMBIENTAIS Lim zicort o CHÍTC o Ministerio Público do tado de Santa (Íatarinzi, por meio da 10"' Promotoria de . lustiçzi, Niunicípit) de Itajaí, FATMA (Fundação Estadual de Meio Ambiente) e Grupo Brava Beach. estabeleceu em um Termo de Aiustainento de Conduta a implemenaçãc) e criação do primeiro Centro de Estudos . Ambientais c a Praia Brava. O Centro de Estudos Ambientais, para uso público, será localizado na lateral norte do empreentliriieiito Brava Beach lnt(3FI121(Íi()nE1 e tera acesso pela Rua . lucília Maria da Silva hliguel. A implementação será realizada até o filial de 2016. O Centro de Estudos Ambientais r CEA sera estruturado com uma sala mu tiuso para palestras e aulas com capacidade para 50 (cinquenta) pessoas, além de uma sala de exposição, espaço para laboratório e biblioteca. A intenção é tornar o local uma referência de estudos so )re os crcossistcrmas da Praia Brava. A ideia e ter uma exposição permanente sobre a história natural dos ecossistemas locais (Mata . Atlântica, restinga, praias, dunas, costão, manguezais, entre outros), expos” . . itinerantes de museus e institutos de pesqui ' do Br; il. O espaço da biblioteca sera tlisponibilizado para receber um acervo com as principais publicações nas areas de biologia, Oceanografia e geografia, as im como vídeos sobre conservação da natureza. O local sera um crspaço de pesquisa para professores de toda a rede escolar de crnsino de Itajai'. HS 'im LÍOHIO Neste sentido, a proposta do CEA buscará a capacitação regular de mofessores e alunos nas mais (liversas areas de conhecimento com o zipoio da Universidade do Vale do Itajaí r [TNIVALI, por meio dos alunos do mestrado e (loutorado dos Programas de Pós Graduação em Direito e Ciencia e Tecnologia Ambiental. O Centro de Estudos . Ambientais sera integrado ao novo Parque Linear, que fará divisa com todo o ctomplexo Brava Bezich na lateral Norte, assim como com a RPPN. As iniciativas permitirão uma forma inovadora e criativa de estudar a natureza de maneira integrada. Tais atividades terão (tomo objetivo entender a estrutura e o funcionamento dos ambientes da Praia Brava e mostrar como e possível contribuir' para a melhoria da qualidade de vida e conservação zunbientzil utilizando indicadores zimbientziis, sociais e econômicos permanentes para analise da região. Em um futuro próximo, o CEA poderei ser uma importante referencia para a comunidade, da Praia Brava. *
  8. 8. . Ibiuna Íikxoglkaon ê l BRAVA BEACH E CONTEMPLADO coM SETE sELos SGCIAIS Há qua/ ro anos a eniprexa e' recon/ zetrída 123/11 rerzyfízraçzío, oblmzdo, neste ano, o ; IMZ/ mr nau/ lado O Grupo Brava Beach foi reconhecido pelo quarto ano (tonsecíutivi) com o Selo Social da Prefeitura de Itajaí, estando _ _ _ _ « llwn-ni: m›-e'n 101-1 listado entre as empresas que C| _-*1x':4-1;$i›2D15 fazem a Lliferenctzi, promovendo e , executando ações sociais de _ I acordo com os Objetivos de _ , Desenvolvimento do Milênio I ' Í h (ODM), estabelecidos pela à l Organizagtão das Nlações Unidas -ONU Na (Edição 2011/2(')15, o Brava Beach foi ctontemplado com Selos Sociais referentes a sete entre os oito ODMs, Ltonquistzmtlo: ODM 1 - Acabar (tom a fome e a miséria; ODM 2 - Educação Básica de Qualidade; ODM /1- - Reduzir a Mortalidade Infantil; ODÍVl õ - hlelhorar a saúde das Gestantes; ODM G - Combater a Aids, a Malaria e outras (loenças, ODM 7 ~ Qualidade (Je Vida e Respeito ao meio ambiente; ODlí 8 r Todo mundo trabalhando pelo (leser1Vol'inierito. . .nau- u nu . mu. _nu-nun II1XV| ')L$_I turn uu nur¡ n¡ ; nuno , __ _. . Mía-Mú numa-um um. .. "Neste ano, fi›iii()s reconhecidos com o maior número de selos que obtix emos, caminhando em uma constante crescente. Em 2012 e 2013 recebemos dois selos sociaisJá no ano passado foram quatro, e agora são sete, o que demonstra nossa exoluçaav e preoeupzicão em realizar programas e projetos voltados a Comunidade, Colaboradores, meio ambiente_ saúde, enfim, consolidando ações que estão de acordo com os Objetivos do Milênio. lista (íonquista e resultado de um trabalho intenso da nossa equipe e engajamento de todos”, ressalta o diretor geral do Grupo, Maurício Scoz. Os selos foram concedidos a partir das iniciativas: Alimentação saudável para todos, Campanha doe alimentos, Papa Papel, Unibrava, Leite é Vida, Yoga para Gestantes, Direito das Gestantes, Ginástica Laboral, Pega Bike, Outubro Rosa, Saúde de qualidade para todos, Novembro Azul, Yoga para a Comunidade, Semana do Meio Ambiente, Carbono OK, Dia das Crianças Beneficente, Brava News, Final de ano recheado e Campanha do Agasalho e cobertores. Qua i1 . Bmdhmmtov 4km Íhlllàoflm 'MI ommmdhn ami xalimoihlow dia ; uma anita* 21m? :: uma *hlommlw om¡ oxozmplonollsslm _prum oxoxootinliar a¡ IAÍÍIHIIRI piolho-moi o onoinro» 'oouikw dhi audi-Idioma! ” ; laio ¡nroxoommou IIIIÍMOIII ao xonmnlñmm ow um : i Clhjplihoxa dia Çmwouolknioomuoniow ikow ; Hllholb (CIDMQ) opta dkavaúnom : mr alkmlogomikom uam. _ploxgloomxowooou Íh¡Küllvlllvllllllpúlltllllíl~üliiisilükdmllñlim nom . Qui : :faminto Ika- 1mm, ow m ow omnonrom onuoxoqpxloxolúemow par: : anraikmmr ow O 151mm¡ _Ii uluupvfun iniqgnlloonuolio uma (hu oomiua um¡ 4401,59., muito no pxonuomoiiogum (to ; remonta «um mlumrow i1 tam: : o mw aegoimmaoúow muutmm» _Iii animam 16min¡ ih¡ onaiinita 1km ¡nat! lia : uma AÉdtaIouúq, ominw : Itaim pnralíaoúkaon¡ : lar ailumgqoxdhw n15 ! (09101 ; mir 'ouoítodkc : mu: Indlbmw : úgoúñmuñvaa ow iídhi dia ; mkv mano: : *um 'ooillimuci dk¡ inimimniuo íkmmuolinoomuonioxo pII-mflíloxa ; annual , Blow . ihlmíiL, a¡ _pxqpolhmtow Ilibmmuanuoromllkmawdka tomaram 'Iondkaqplndhu _'51 uma Ita mmü›«aoou ; mam pula imwwâwani ! (01144
  9. 9. k j IBM-oa : matam 9 l P211¡ 11s fotos de algumas' das' ações 1'e11li: ad11.s'[›elo Bum¡ Bear/ z 1"ee(›11/1e1*11l11.spelo Selo Social: 4'» F .1 o. :: null-ca . IIIIlIll '. . ' v ; nulos-10mLitowhlílnaJutññuanluutnu. Ilhního-«Íhllumnuñmóhíí i f , /ÍllluILuüo-AIIIQMA. Hawl/ :íbfánolnsllluñmo-. llá-tñill¡ . ¡nummuqta, ímpcguuiffmni 'a _ _ 1 01thlí¡¡mdhymvnnmlülnm(IagúInlimU-lllbâ Á R_ , . p v¡ 11 , . ' c 1 u ' '¡ ' ¡c! a? r ' _ Í l- ' . " ' ' 1 _ / /" L r 7 É M¡ Í | I _ Í , l _ z ç ; al i0 1 l i Jmyitmu-Ullh/ ¡t-¡II-lhilrudw01111111111.. kun›: ~:1¡1hlñ1nrr¡1~auus-uqrlugizntirn 9111;: :-tlttattrdumnnoáh¡hri-vmfíçzgawltng-IrÍlmfnltlíup(belgamlñlr . A . . l .
  10. 10. l f lingua¡ Íikxoglkami PROGRAMAS SUSTENTÁVEIS DO BRAVA BEACH SÃO SUCESSO NA COMUNIDADE Ações como descer/ e de nzedícamea/ os vencidos e pilhas usadas e arrecazízzção de nzanzimenlos têm apoío dos momdonas f / *' - l f ° . r à - ____ i¡ _ . _ ' Papa Pilha -v ~ y . ' . r- 'l a' v* Í f q* _JÁ l l É ~ l ' _Á_ ^ t» j ' ' 1 - l 4'¡ V . . a ' l » _ -_ , '~ x / s u# , ' i . a 4 ' a. ° 1 h. O Brava Beach se destaca por ser uma empresa que trabalha com responsabilidade zmibientzil e social. A construtora mantém COIIÍlTIlIÉIIIICIIIE* programas (tomo o Papa Pilha, (jam pílula _ Cata Pílula e Papa Papel que visam o (lCSCZFÍC correto de medicamentos, papeis, pilhas e baterias usadas c o envolvimento da comunidade e dos colaboradores nessas ações tem surtido resultados positivos. O Grupo ainda e certificado pelo (ÍarbonOK, que reconhece as empresas que tlemonstram seu compromisso pela busca da sustentabilidade nas zitividzides das suas construções. () programa quantificar a emissão dos gases do efeito estufa que são liberados pelas zitivitlades Llesenvolx idas pela empresa. Após mensurad<: ›s, é realizado o plantio de árvores para efetivar a compensação. De acordo com o (liretor geraldo Grupo, Maurício Scoz, “uma postura (ÍOTlSCl6Y1tt“ nas papa papo] mais (liversas etapas da construção civil e indispensável para combater a imagem da construçao como uma atividade nociva ao planeta. Assim, os princípios da construção sustentável são uma nova maneira de abordar a elaboração do programa da edificação, a realização e a gestão dos empreendimentos, caracterizando a empresa como preocupada com o meio ambiente”. Além de todos estes programas PQFlÍXllLÍOS. a empresa realiza 'ações pontuais de cunho ecológico e social em ¡vericdos especiais, como palestras de conscientização, Natal Solidário, gincanas de arrettatlagíão de alimentos, projeto de aprendizagem para universitarios. entre outros. O conjunto de acoes levou a empresa a conquistar outras certificações importantes como ISOQOOI, Selo Social e PBQP-H. “L'A"'CI<: ~Í^É, _A. ,, l LA AÍ/ .SRÍH ÍFÀAÍÊ: LA (Í) C5( >Éi: iff'< > ! E7 'mw¡nmwttlhangnülññtwth' ! liga . mn-qíhtldñltaw/ Içihnítqptnuuma¡ Clan¡oudbftañtondtaojfalauar *imitar*-qpnlmhdkallríllhqpnmuauuonnlulnltlhxlla »Cilqpxmjàlstlai . Bi-Jardin _Plillllníi Mi "imã-anulou, animo-lia ; ngm gniimhu . nnusraxdlamldilnnnminlhni, m¡ , Puma , faltam an¡ ! uma Aka nlihla : ntwoilhvaetíhw um ; fübnldkomilaw-Ofãllu lia-mlk . A, :animaram Lmitom fluida-lim i uma lhes iihlousvdkor 'puqkaiu #gundo Liaittmc ¡uwonnqw : :eum , _ MZ. .. lüuulklhxlls : um maquiar lügllllñ atentados¡ mm ilqtq, _In p n¡ q» pnníílw s IIQHIHQgIIO : hum FG* É' 'M' hldhlleñvs a invalíllht, ¡Itaúnrxaliíov an¡ um 'flw lts' uam-m _pular nham : mu: 0x4 ; tás autuado» para¡ 611m; à ; Mining yàgxufgunñilmu bnumlnnlmniwluún, 'Imaging em¡ ; gm à "montam : aqui hi¡ ¡Iíllhtllw "g, - - _ din-mma um hum 510110, ; mm 'unit-sáb ÂIÍFÍÍÍÍHIHIIÍH 'Mimi lks-uolniiluúíkwb-o 'hliinn ? aqui ° "' Quan¡ ñvur Íliiülllmxs : um uqpunnnxumau, nato C pumnmr *hum llllliiÍlllÍhL, Lumi: : . r um numa» e . É á? - ~- . kmnll Ihrullhi, que flow na¡ , àwlúlkcÇloiexã ; ülalksnlw italia¡ @hdmi atum), 2,57m, m¡ , Mam Emma
  11. 11. É j lingua¡ Íikxwitami 1_1 l NO'l“Í(ÉIi-S DO BRAVA BEACH ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- -- DE ÔNIBUS ECOLÓGICOS i4gwardar o ônibus na Rua Delfim de Pzídua Pezlzrolo, na Praia Brava, 651d mel/ zur r¡ : '32: _' É . f GRUPO PROMOVE CAMPANHA DO AGASALHO _ 4g Foram instalados cinco PCHIÍOS de ônibus ecológicos na rua, sendo quatro pelo município c um pelo Grupo Brava Reach. .Alem da Rua Delfim de Pádua Peixoto, a Avenida Abrahão . loão Francisco e a Rua (Éarolina Vailatti possuem POIIÍOS de ônibus ecológicos. O abrigo tem três metros de comprimento, 1,5 metro de profundidade e 2,20 metros de altura. De longe ele se assemelha à madeira, mas sua Ltomposição é de gariafas IJET', sacolas, resquícios de material de informzíticzi e 20% de casca de arroz. A cada ponto de ônibus feito de "madeira plástica" se evita a nlerrubanla de seis arvores e se recicla mais de 300 quilos de plastico, que seriam jogados no meio ; imbiente. O lixo reciclável é moído e colocado em uma Ináquina de alta pressão junto com a casca de arroz, que dá a liga e também a aparência de madeira. A iluminação do ponto e 1005343 'autônoma e gerada através de energia solar com autonomia para quatro dias sem sol. As lâmpadas de LED são zicesas através de fotocelula sensor que percebe a diferença entre o dia e a noi e, fazendo com que as mesmas acendain e apagueni. 5/ C-irfteiifffdU CI_RíÍÃteÀ. LF*[ÇCÇ/ QAL ; Pitt ¡fÍf*'*ÃcALMeL_AÀ. Ç,LÀ. lÍ> LEÀPÂÍÉGALLeQ¡ '. ¡ _ . ._ __ : .___, _, , “«_ . a ' LFÉAJLAÀ A ÊÍ__LW_LIA'X. JFLJAà l IU , LVLLJU , ALWLJÍLLJW I L3, Í l '-¡ 5 « O Lñxpüllltdhdhdkoáhkú . _ : lindinho-rumoulunmludkonnuovíhtu»ikqiIuüxI-Q, .tlnluiintuniu, »Brunno Braun¡ 1*- ~ , . ' . f, ¡rí A , Bambi pnmnmu 1mm xâlto-ikuduülmugpuúm : ilumina i¡ 4km¡ lex l'. M ; N-Lüaanmaanñ¡, humilde Imu-mlnupmliiuuliaannmdtmiümgmomxoihn-z¡ímpralühxdhudh¡! pm1ar~n; §lto~4ko› , . " _ v , V ; Elmo , Ahnliítatlis- um¡ "ranma emma¡ anunmnm¡ lb' 413W. .., lkaugxallltíkm lis- pnypxãL, immnñvm t¡ «diwillo 4h¡ «CB , gr bttnttdkam¡ amuw 'Indio-Itu 'iumzqpmiig, ruíldhgults-c *uam Iamtnnndkwdtwuuluqiki - i ' Amam, Iw-dlh¡ 'lCFdkíilllÍblu-qlllllldkh“illlIÍÓÊIIMlitlliiilà-lhñHlllllIllI-ÍÍOI, N11lIÍÍÍÍPÍI~üllwl0llllilllllllgül0~llm _LL _ ¡ snmralemíko¡ dk: liqitll fílilmjx o» Chqpim Lpmññnjpnlnt¡ dia mu¡ : manto uqpmlhll m¡ Chmilavmiion an¡ y nnmaih¡ OIQIIII a¡ ÍPmdisumo› lb¡ ; Nkafkm , ÊIIlÍhÍHIlÍã lia , light Hanna) 519a¡ dia a¡ xomnr a¡ uma, 1¡ amplam¡ UA# ÍPLES P P ' Am : pose ' *itaim _pnaemnis lanllhunib¡ 4Iiail1§númo› lts ¡Iudkw e l Inügtlnlko- Im¡ 'uuliaútll illñnnmlñvor : rolhas 3*' " ”““°°- pmgnnlunuw «oxdhmvs unibítuulixúswqptxs 'Iridium m» 'knugowlkowauloi F" J Hom¡ _pmgmulnugmonunvoihvuuikonjñúlum, miitlndkma-uihlmlñvoisij ¡qpnizxaniitmtovmiinll-íku ; hum-a WIIL r É -A ' : uma oniinmm, a¡ 'Mutum aqpun¡ relembrar 1mm¡ alilnma 4h¡ Reiki ; llllulldjynll íta- , n'mll. l a *iniqimgnr nn¡ , , , - _ f_ f_ piflilhunvlka i4 nal pagam» úiimudkowa¡ *Miss-dh . ca-mm. ih¡ mmol
  12. 12. p, *E Brava Eco New VARIEDAIJES ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- -- o LIVRO MAIS VENDIDO *É ' DO TRIMESTRE l 1 l o 'í DE(HJH)NASAÚDE 11111717 .1111111 1111111 1¡ 1117131111191 11¡1f1^11g'1'1]1e e 11g TODA LUZ QUENÃO poosnos VER 17111111 ” s estações de frio, eomo outono e inverno, as gripes e restriatl<1seost11n1a111 ser 111211. frequentes. Para saber como ex itar e lidar em 21111l›os os casos, tiqne atento às i11tor1I121eõt-s. A pri11eip211 (litere11ç21 entre a gripe e o resfriado e a intensidade de seus sintomas. De modo geral, os sintomas da gripe são mai intensos enq112111toq11eos sintomas tlo 1'esÍi'i21Ll(› são mais lex es e tem 1111111 lnenor dnr A. lll(). DULHR Alem disso, a gripe oeorre, prineipaliIieiite, (lnrante o inverno e o eontagio e Imiito 131111, l1astando ter alguem gripado 111111121 sala para que e111 pouco tempo tmlos sejam contaminados com a tloença N21 tabela 21 seguir estão resinnitlas 21s principais tliterenças entre gripe e restiaad<1: Autor: . R N R P R R 1 Preço sugerido: DIFE E ÇAS G I E ESF IÂDO Paglnas¡ : , 1111111111111/111111 11'/1/¡111711'1'11.x' 1111 Cal 12 111111111111/111111 1111111 111/111111151¡ Sinopse. - 111111111 _11»11111/111¡11111.v Duração 1)111'11 1111 711 111 11111.1 1)111'11 11v 1711 I~ 11111.1 1111/1111111 111/11 1111111» 11111.11¡ 1111 1111111171111¡ 1111 11112111, 11111' 1111111111111'11/11111* 1111 11112111, 11115111111¡ 11111' 1111111111111' 1' SIHÍOIIIaS 11111' 1111 111111111¡ 1111111 1111,11 1111/'11111111111111 H1¡ 11111'r11gg111g1zi111z. 1111.» 1111111» 11 1111 ¡1111/-¡c1'1111' 1* 111111:: 111111111411111, 11111' , . 1*_s'1,(1I'I'1'1[11(1 1* /1111111 11117111' 111111/11/111111 Complicações I'111›111111›11111 011/11, . s¡1¡11›'111a 111111111111111 111111111' 1111111111' 1/'1/11/11111 1' 1101115111115 , . , . , (WW ¡WWW! “mw” H 111111111*111111111111111111111 111111111111111111, Tratalnento , / t* / 111111111111110 1» 1111111111111¡ ( 1/11111111111111111 111111111111111¡ 1111 _111111/1111 1'1111.›11/111r - , 1 , . 111* .111111/111* 1111111111111' 11111 11111111111! 11111 11111111111¡ / Ótimos remedios caseiros para gripe e resfri21tlo são o 11151 de limão eom mel e o sneo de laranja eom própolis, pois eles são rieos em vitamina C e zmtioxidantes que 2111.ilian1 1121 ree11per21çãt1 do orga11is111o. Eles podem ser eonsumitlos (liari21111e11te1 e não possuem contr21i111lie21ções. Outros euitlados importantes e111 Ltaso de gripe on resfriado são: AgasalIIar-se bem, nIanter os pes aquecidos, lavar as mãos sempre Ilepois de espirrar ou tossir, Ltoloefar o 2111tel1r21ço 1121 frente da boca sempre que tossir ou espirrar, evitar 21111bie11tes tk:1tl1211l11s, evitar o (TUIISHIIK) de alimentos gelados, manter o nariz sermprt* limpo e dese(mgestionatlo. Estes cuidados ser em, espeeialtiieiite, para evitar que 21 exposição a 11111d2111ças hrnse s de te111per21t11r21. I- 11V/ 12 1)¡ 11111111 I-1.1:1111 1111/1111¡ 11111 &111111
  13. 13. 25mm: : Íitxogitaxw E3' j t; x . “j . _ _ NAS TELINHAS DO CINEMA _í )E¡ÉÍEÊLJCTA. _[ t > Con/ ira um dos [ançaznenlos amis asjbanzdos ¡Jdfíll/ Àltl/ lí). Preríszío de estreia: 16/ 07 Chun ; Hmwmu CKFATZGDVHDUHAO VPEZOHLEQSKBOLX Elenco: RAVELHPDFRMYXET -NálÍV0ll OOMLKALIJSXDXRP -CaraDelevingne W T L E V T N A R C E W P T E OYNFHCNATSYVZSD Diretor: RRRAFSEXQNESKEV . lakeSclireier C I o N K P I U O T A G K K M WRATETEAUFOPNMM Sinopse: AEAENLUHRZQFSNO Baseado no best-seller de John Green, M 5 F T E I R U V V A o R E N Cidades de Papel é uma história sobre x c L T o U T U 5 T F J' U E J amadurecimento, centrada em Quentin A A o o 3 A H x y g o 5 D I g e em sua enigmática vizinha, Margo, 5 o v M 5 Q x x E K 5 J 3 T A que gostava tanto de mistóri(›s, que Q A 5 H v p 5 I c J' o o 5 J L acabou se tornando um. Depois de leva-lo a uma noite de aventuras pela _Bqm-. ggg, , cidade, Margo desaparece, deixando _gkgihnb j _hmm j ggwnhgnu, j _g1¡¡. ¡4¡. ¡¡, , j _ginga j j _ gzzgfà; :: A para trás pistas para Quentin (lecifrar. ;gnnunn j ; tw n.8,, j “puma, j qm. , DICA DE DECORAÇÃO CRIATIVA Paleta' de Hzazlairzz na zíaroraçzío Para contribuir com o meio ambiente, são necessarias maneiras de reaproveitar materiais e dar a eles uma nova utilidade. Os paletes de madeira são ideais para esse assunto e ficam um ctharme na decoração. Ao (rscolher os paletes, e importante saber a procedência, pois pode ter sito utilizado para transporte de agrotóxicos ou outros produtos nocivos à saúde. Neste caso, deve ser evitado para guardar alimentos ou mesmo no quarto das crianças. Antes de reaprox eitar é necessário lixar e tratar contra pragas, tiingos ou bactérias e deixa-lo impermeabilizaido. Urna ideia muito bacana ó utilizar paletes como mesas de (ÍCTIIFO. CULINARIA ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- ›- a - x Ingredientes: j , lVIodo de preparo: v i ' _/ j. : f Í _ 1 ll O r i l x . .z ,
  14. 14. i; lingua¡ 'iluminam PARA INSPIRAR ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- ›- A HORTA MANDALA Você conhece oujá oiwíizfa/ ar 11a Horta ; Múmia/ M f" ; L ' j* x92?” . --I ' Ã_ . >" , r - 'T" r «Í c 2 . =n›¡n. ii1n¡i¡¡n1n› ' E um sistema de produção que, numa area pequena e com poucos recursos, consegue produzir alimtzntr) pa *a uma família e ainda gerar rendimento. Este tipo de agricultura (tomeçou a ser popular inicialmente em África, em locais secos e quentes, pois tem a capacidade de reter humidade e nutrientes devido a Lima pilha de restos orgânicos colocada iio centro. Embora seja muito útil em locais quentes e secos, uma Horta . Vlandala irá melhorar as ciondiçõeês de CFSSClITIEÉTIÍÚ em praticamente (jualquer clima. Este sistema de _jardinagem sustentável ainda aproveita restos orgânicos da cozinha e dojzirdim e agua de lavagens. Como fazer uma Horta Mandala: 1 e líscolha uni local que apanhe sol de preferência o dia todo Q r Defina o tamanho e a forma do canteiro : à r lWarque o canteiro e caminhos a volta Cave uin camiiiht) por onde você irá circular ein volta da horta. Deve ter no IIIÍIIÍIHO IF cm de jirofiindidade, permitindo a &Cllllllllêlção de agua e uma infiltracãr) lenta quando chover. A terra retirada para fazer os ctaminhos deve . er colocada na área do canteiro. 11 r Prepare, no (ÍOHIFO, o local para a (iomjiostzigzcni: (Íoloque madeiras na vertical para marcar o futuro coiiipostor e V envolva-o com rede. No fundo, coloque pedras e terra, para facilitar a *É drenagem da agua. j . '› - (Íoloque pedras em volta do canteiro Ao colocar as pedras deixe um CSpHÇO para que você consiga aceder ao compostor. Coloque também pedras ou vasos partidos para facilitar a drenagem da água. (S r Faca uma "pirâmide" iio canteiro Coloque camadas de estrume, cinzas de madeira, palha e terra. Certifique-se de que a melhor terra fique no topo. 7 - Espere uma semana antes de semear Inicialmente regue diretamente a terra, ate as plantas ganharem raízes, depois coloque água no centro, onde colocarás também os restos da comida. Deste modo, você vai fornecer muitos nutrientes aos vegetais. Feito isto, cultive c<›iifi)riiie sua preferência e aproveite deste importante _ sistema de forma saudável e proveitosa. Detalhe | atera| Cesta compostas Materiais de compostagem
  15. 15. É 25mm¡ Íikxoáitami 1_5l BRAVA BEACH PROMOVE CONCURSO CULTURAL FOTOGRÁFICO (70777, o tema "Í/ 'íver Brava Beat/ z ", a autora da 777eZ/70r_f0t0 gun/ Lou um Samsung Galaaçy A ã . mIi›-ü(_u7:((xíh)n~(It~ &Jimmy; ülíÍllãlíílñvur-íhnmarffattti: O (Jrupo Brava Beach realizou recentemente o concurso cultural 'otográfitto “Viver Brava Bezitth”, com o objetivo de reunir e divulg' " 'otos de momentos prazerosos de uma “vida na praia". A iniciativa também teve como intenção inspirar as pessoas para que registrassem cenas únicas e instigar a criatividade, alem de promover a integração entre o público geral e a empresa. Cada participante teve o direito de inscrever uma fotografia que traduzisse o tema “vida na praia", podendo estar relacionada à saúde, felicidade, bem-estar, esporte, ou seja, o que a imaginação permitisse e de zicortlo com a interpretação de cada um. : Xpós as inscrições e conferênttizi do regulamento, ttinquenta e uma fotos foram consideradas válidas e seguiram para a votação. Em uma primeira etapa, os colaboradores do (Jrupo Brava Beach escolheram as dez melhore ' fotos. As mais otadas seguiram para a avaliação de uma comi io especial, fcirmatla pela equipe de Comunicação e Marketing da (3IT1pl'(*Sñ e um fotógrafo convidado, que (êlegeu a melhor foto, A vence(lora foi Sabrina Soldzitelli, que publicou uma imagen] sua durante uma corrida na praia. (Íomz) inspiração Sabrina destacou: “Pé na zireia, nascer do sol e uma corrida para iniciar bem o dia. Isso é felicidade". A vencedora foi premiada com um Samsung Galaxy Sã. Todas as fotos válidas no concurso podem ser conferidas na fan page oficial da empresa no facebook (/ grupobravabeaclú ou pela hashtag #vivcrbravaheatíh no lnstagram.
  16. 16. K: «' 'JL ; Quatis . kz. .. wa, 1,. cantora Rihanna. Com águas límpidas, e' : impossível não sentir a sensação de bem estar ' Foto de Raquel Kodiins/ ci. 'Has olhos, o azul do horizonte, aospés o_ frescor das ondas que a [W117i PTOPOTCZ-'Ylü 11,0 097,130, à_ menú” B, frinêlfülmfntô. à úlmú- P07 655d razão i e m¡ [oraçãg, Paz e tranquilidade resolvi cometer uma estripulza e tirar essa foto . . Á; '-' ÉTÉÍÍ7_' ›'i ¡ 3 Foto de Rafael Silvério: 'Ãtravés desta imagem tentei transmitir a qualidade de vida de nós, brasileiros_ juntando nossa esporte e hobby preferido eom as belezas de nossa região. "

×